You are on page 1of 3

LIBRAS Consultoria Assessoria e Empresarial LTDA

GRAMÁTICAS
1. LÍNGUA: Conjunto do vocabulário de um idioma, e de suas regras gramaticais
cada língua tem seu estilo e difere de um país para outro como por exemplo:
Português, Inglês, LIBRAS;
2. LINGUAGEM: Conjunto de sinais falados, escritos ou gesticulados serve ao
homem para exprimir suas idéias e sentimentos. Como exemplo podemos utilizar:
Linguagem Artística: música, poesia, pintura;
Linguagem de Transito: placas de trânsitos, semáforo, faixas pintadas nas ruas;
Linguagem Computacional: programas de computador, Word;
Linguagem dos Insetos: abelhas, formigas que se comunicam entre si para
informar onde há alimentos.
3. LÍNGUA DE SINAIS: é uma língua oficial dos surdos e que possui a sua própria
estrutura e gramática através do canal visual-gestual. Esse canal visual-gestual é
composto por Canal Emissor – movimento das mãos e expressão facial e corporal;
Canal Receptor – olhos.
A língua de sinais é a língua materna dos surdos, não é universal, cada país tem a
sua própria língua e é importante na comunicação com as pessoas surdas, nas
comunidades, nas escolares e na família, servindo de suporte para o ensino da
língua oral/escrita essenciais ao convívio com a comunidade ouvinte.
a) LIBRAS – LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS
Porque seguem a convenção:
Língua de Sinais (L.S.) + Letra do País.
A.S.L. – Língua de Sinais Americana.
L.S.B - Língua de Sinais Britânica
L.S.F - Língua de Sinais Francesa
L.S.P - Língua de Sinais Portuguesa
4. PORTUGUÊS: é uma língua oficial falada no Brasil, em Portugal e em alguns
países da África. Para os surdos é a 2º língua, muito importante na comunicação
com os ouvintes e na expressão e recepção da informação escrita.
5. MÍMICA: Expressão do pensamento por gestos, movimentos fisionômicos, etc.
que imitam o que ser quer fazer compreender; por extensão, movimentos
expressivos do corpo e, principalmente do rosto.

6. mas considerada na base da sua manifestação como língua. 11. o que é igual ou diferente nas línguas através de levantamentos descritivos de dados das línguas. misturando as duas línguas e deformando-as. só ensinam a língua portuguesa e geralmente não aceitam a língua de sinais. d. Existem dois tipos de Bilingüismo: . 8. maneira ordenada de fazer as coisas. Bilingüismo: o uso de duas línguas por uma pessoa. O surdo que sabe a língua de sinais e o português é “bilíngüe”. GESTOS: Movimento do corpo. a) Numa dada língua. arte de dirigir o espírito na investigação da verdade.verbos tonal. sistema educativo ou conjunto de processos didáticos. 10. Aqui no Brasil. MÉTODO: Processo racional para chegar a determinado fim. Aqui no Brasil. c. 7. e outros. estuda a estrutura das línguas. FILOSOFIAS EDUCACIONAIS NO BRASIL: a. Oralismo: É a filosofia educacional que só se preocupe com o ensino da língua oral através de vários métodos tais como: . os sinais. METODOLOGIA: parte da lógica que estuda os métodos das diversas ciências segundo as leis do raciocínio. b) Numa família ou bloco de línguas. LINGÜÍSTICA: O estudo da linguagem humana. as pessoas que seguem a filosofia oralista. Trata-se de uma ciência descritiva. a mímica. Bimodalismo: É utilização simultânea das duas modalidade de língua: a oral-auditiva e a gestual – visual. na comunicação total usa-se muito o “Bimodalismo”. 9. movimento obsceno. A escola que ensina duas língua tem uma educação bilíngüe. leitura labial. b. audição. c) Nas línguas em geral. que observa e interpreta os fenômenos lingüísticos. ordem prudência. LINGUISTA: é a pessoa que estuda lingüística. principalmente da cabeça e dos braços. conjunto de regras empregadas no ensino de uma ciência ou arte. obras que contém os princípios elementares de uma ciência ou arte. para depreender os princípios fundamentais que regem a organização e o funcionamento da faculdade da linguagem entre os homens. É a ciência da linguagem. Comunicação Total: É a filosofia educacional que procura desenvolver todas as capacidades da comunicação tais como: a fala.

. BILINGUISMO INDIVIDUAL: quando o individuo aprende outra língua além da primeira língua materna. II. BILINGUISMO SOCIAL: quando a comunidade precisa usar duas línguas.I.