You are on page 1of 210

HP StoreOnce Backup System

Guia do usuário
Resumo
Este é o guia do usuário para os seguintes HP StoreOnce Backup Systems G2:
• Série HP D2D4300: HP D2D4324 e HP D2D4312
• Série HP D2D4100: HP D2D4112 e HP D2D4106
• HP série D2D2500: HP D2D2504 e HP D2D2502
Alguns recursos descritos neste guia podem não estar ativados em seu produto. Consulte as Especificações
rápidas em http://www.hp.com para obter os recursos compatíveis com o seu modelo e o status atual. Consulte a
versão em PDF do Guia de instalação e configuração do produto (disponível no site da HP) para obter todas
as instruções de instalação e de cabeamento de hardware.
NOTA
Muitas informações também são relevantes para os produtos G1, mais antigos. Embora esses produtos tenham
sido descontinuados, eles ainda são compatíveis. O Apêndice A inclui todas as informações específicas aos
produtos G1 anteriores.

IMPORTANTE
As versões localizadas deste guia foram produzidas antes do lançamento. A versão em inglês disponível na
Web a partir do lançamento pode ter atualizações posteriores. Sempre consulte http://www.hp.com/support/
manuals para obter a documentação mais atualizada sobre seu produto.

Número de peça: EH985-90911
1 edição: fevereiro de 2011

Informação legal e de aviso
© Copyright 2011 Hewlett-Packard Development Company, L.P.
Software confidencial de computador. Licença válida de HP necessária para posse, utilização ou cópia. Em conformidade
com as normas da FAR 12.211 e 12.212, software comercial de computador, documentação de software de computador e
dados técnicos para itens comerciais, licenciados ao governo americano sob o acordo comercial padrão do fornecedor.
As informações contidas aqui estão sujeitas a alteração, sem prévio aviso. As únicas garantias dos produtos e serviços HP
estão estabelecidas nas declarações expressas de garantia que acompanham tais produtos e serviços. Nenhuma garantia
adicional está subentendida aqui. A HP não deve ser responsabilizada por erros técnicos, de edição ou por omissões contidas
aqui.
DECLARAÇÃO DE GARANTIA: Para obter uma cópia da garantia deste produto, consulte o site com informações sobre a
garantia:
http://www.hp.com/go/storagewarranty
Linear Tape-Open, LTO, o logotipo LTO, Ultrium e o logotipo Ultrium são marcas comerciais da Quantum Corp, HP e IBM nos
Estados Unidos e/ou em outros países.
Microsoft, Windows, Windows NT e Windows XP são marcas comerciais registradas nos EUA da Microsoft Corporation.
Intel e Itanium são marcas comerciais ou marcas registradas de Intel Corporation ou suas subsidiárias nos Estados Unidos e
outros países.
AMD é uma marca registrada de Advanced Micro Devices, Inc.
O firmware do produto StoreOnce Backup System inclui software desenvolvido pelo OpenSSL Project para uso no OpenSSL
Toolkit. (http://www.openssl.org/. Consulte a declaração de direitos autorais à parte, incluída no CD.

Índice
1 Primeiros passos ................................................................................ 9
Introdução ................................................................................................................................. 9
O que é a interface Web Management? ....................................................................................... 9
Para executar a interface Web Management ................................................................................ 10
Logon inicial e mensagem de boas-vindas ................................................................................... 11

2 Início, Resumo ................................................................................. 13
Resumo (Início) ......................................................................................................................... 13

3 Dispositivos de fita virtual .................................................................. 17
Dispositivos (dispositivos de fita virtual) ........................................................................................ 17
Tornar as bibliotecas de destino de replicação visíveis para o host ................................................. 25
Cartuchos (Dispositivos de fita virtual) .......................................................................................... 27

4 NAS .............................................................................................. 31
Compartilhamentos (NAS) .........................................................................................................
Configuração de destinos de NAS em CIFS .................................................................................
Configuração de usuários no AD (somente compartilhamentos CIFS) ...............................................
Configuração dos compartilhamentos NAS para NFS ...................................................................

31
32
35
39

5 Configuração de utilitário ................................................................. 43
Rede (Configuração) .................................................................................................................
Fibre Channel (Configuração) ....................................................................................................
iSCSI (Configuração) .................................................................................................................
SNMP (Configuração) ...............................................................................................................
HP Systems Insight Manager ................................................................................................
Alertas de email (Configuração) .................................................................................................
Para configurar o Microsoft Exchange Server .........................................................................

43
47
48
48
50
54
55

6 Status ............................................................................................. 57
Atividade do sistema (Status) ......................................................................................................
Armazenamento (Status) ............................................................................................................
Guia Pool de armazenamento ..............................................................................................
Guia Discos ......................................................................................................................
RAID ................................................................................................................................
Prateleiras .........................................................................................................................
Disco (Status) ...........................................................................................................................
RAID (Status) ............................................................................................................................
Rede (Status) ............................................................................................................................
iSCSI (Status) ............................................................................................................................
Fibre Channel (Status) ...............................................................................................................
Relatórios de armazenamento (Status) .........................................................................................

Guia do usuário

57
58
59
60
61
63
64
66
67
68
68
69

3

Log (Status) .............................................................................................................................. 70

7 Replicação ...................................................................................... 71
Status (Replicação) ...................................................................................................................
Mapeamentos de fita virtual (Replicação) ....................................................................................
Execução do Assistente de replicação (dispositivos de fita virtual) .............................................
Mapeamentos de NAS (Replicação) ...........................................................................................
Execução do Assistente de replicação (NAS) .........................................................................
Utilitários de parceiros (Replicação) ............................................................................................
Guia de permissões de utilitário de origem ............................................................................
Utilitário local (Replicação) ........................................................................................................
Histórico de eventos (Replicação) ................................................................................................

71
72
75
80
83
87
90
92
97

8 Administração ................................................................................. 99
Conta de usuário (Administração) ............................................................................................... 99
Segurança (Administração) ...................................................................................................... 100
Data e hora (Administração) .................................................................................................... 102
Manutenção do sistema (Administração) .................................................................................... 104
Desligamento (Administração) .................................................................................................. 106
Software (Administração) ......................................................................................................... 106
Suporte (Administração) .......................................................................................................... 109
Backup e restauração (Administração) ....................................................................................... 110
Licença (Administração) ........................................................................................................... 111

9 Copiar com um dispositivo de fita conectado ao host ......................... 113
Requisitos .............................................................................................................................. 113
Processo de arquivamento do host para fita ............................................................................... 114
Compactação ........................................................................................................................ 114

10 Restaurar processos com replicação ............................................... 115
Recuperação de um utilitário de origem (dispositivos de fita virtual) ............................................... 115
Replicação reversa com uso do assistente ............................................................................ 115
Promoção de uma biblioteca de destino pela WAN com uso de SCSI .................................... 119
Promoção de uma biblioteca de destino com uso de compartilhamento de localização ............. 121
Recuperação do utilitário de origem, compartilhamentos NAS ...................................................... 124
Replicação reversa com uso do assistente ............................................................................ 124
Promoção de um compartilhamento de destino pela WAN com uso de NAS ........................... 128
Promoção de um compartilhamento de destino com uso de compartilhamento de localização .... 130

11 Restaurar processos sem replicação ................................................ 133
Cenários de restauração ..........................................................................................................
Restauração de arquivos individuais ..........................................................................................
Restauração e desduplicação ...................................................................................................
Reconexão a dispositivos VTL iSCSI após uma falha do host ........................................................

133
134
134
134

12 Entender os LEDs ......................................................................... 139
HP D2D4324/4312 Backup System ..........................................................................................
HP D2D4112/4106 Backup System .........................................................................................
HP D2D2502/2504 Backup System ..........................................................................................
LEDs de unidade hot-plug ........................................................................................................
LEDs da placa Fibre Channel ...................................................................................................
LEDs do kit de atualização de capacidade ................................................................................

4

139
141
142
143
144
145

...................................................... Substituição dos discos (séries HP D2D4300/4100) ....................................................................................................................................... Como saber se um disco falhou? ................................................................................................................. Após substituir o disco com defeito .. Upgrades de peças de componentes .................................................................................................................................................................................................... Trabalhos ativos (Conexão de fita) ............................................................................ Trabalhos manuais (Conexão de fita) .................................................................................................................................................................... 157 RAID ......................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 147 Conexão ao StoreOnce Backup System a partir do aplicativo de backup ..... Não é possível autenticar uma sessão iSCSI ................................................................................................................................................... Criação de cartuchos (apenas dispositivos de fita virtual) .................. Se o HP StoreOnce Backup System não tem espaço em disco ....................... 157 158 163 166 168 168 170 175 Glossário ............................................................. 181 181 181 182 182 183 183 186 191 197 198 Sobre este guia ........................................................................................................................................................................................................ Configuração (Conexão de fita) ......................................................... 147 148 149 149 149 151 152 152 153 153 153 153 154 154 155 155 14 Substituição do disco rígido .................... Se vários discos falharem ............................................................................ Substituição de discos (série HP D2D2500) ....................... Dispositivos NAS ...................................................................... StoreOnce Backup System – problemas de configuração .............................................................. Se houver falha no backup ou na replicação ........................................................................................................................................................................................................................................................................................... 181 Visão geral ....................................................................................................................................... Não é possível conectar-se à interface Web Management .................................................13 Solução de problemas ............................................ Erros e avisos da interface Web Management ...................................................................................................................................................... Erro de manipulação de estado NFS ..................................................................................................................... 201 Índice Remissivo ................................................................................................................... Conexão de fita .................................................................................. Atualizar licenças ............................................... Problemas com o botão Liga/Desliga .................................. Desempenho ......................... Histórico do trabalho (Conexão de fita) ............... Uso das portas de 10 Gb (somente série HP D2D4300) ........... Propagação de dispositivos de fita virtual com a conexão de fita .. Trabalhos agendados (Conexão de fita) .......... Conexão à rede ........................................................................ Dispositivos VTL ......................................................................................................................................... Principais diferenças ................................................................. 205 Guia do usuário 5 .............................. Não é possível acessar uma prateleira de armazenamento (Backup Systems séries HP D2D4100 e 4300) .......................................................................................... 177 A Informações adicionais para produtos G1 ................................................. Remoção de disco rígido hot-plug .................................................. Substituição do hardware ...............................

....... 114 8 Recuperação usando replicação reversa ....... 142 25 LEDs do painel traseiro do HP D2D2502/2504 ............................................................................................ 124 15 Processo reverso de replicação: origem perdida ............................................................................................................................................................................... 119 10 Recuperação por promoção de uma biblioteca de destino ........ 128 16 Recuperação por promoção de um compartilhamento de destino pelo NAS ......................................................................................... 129 17 Processo de recuperação: promoção de um compartilhamento de destino pela WAN ........................................................................................................................................................................ 142 24 Visão dianteira do HP D2D2502/2504 Backup System ......................................................................................................... 143 26 LEDs de unidade .................................... 140 22 LEDs frontais do HP D2D4112 e 4106 Backup System ...................................... 123 14 Recuperação por propagação reversa dos compartilhamentos de NAS em um utilitário sobressalente de origem .................................................. 145 28 LEDs de unidade .... 80 2 Propagação de dados iniciais usando um disco USB ........ 84 3 Processo de criação de replicação ................................................................................................ 102 7 Arquivamento em fita ............................................................... 130 19 Processo de recuperação: promoção de um compartilhamento de destino com uso de compartilhamento de localização ............. 87 4 Criar novo utilitário de destino ............................................. 139 21 LEDS da LAN no painel traseiro do HP D2D4324/4312 .................................................................................................................................................. 89 5 Informações genéricas sobre o certificado ................. 129 18 Recuperação pelo compartilhamento de localização do utilitário de destino . 131 20 LEDs frontais no HP D2D4324/4312 Backup System ............ 158 29 Página de resumo com alerta de status do RAID (o exemplo mostra o HP D2D4112 ) .................................................... 144 27 LEDs de atualização de capacidade ............................... 122 13 Processo de recuperação: promoção de uma biblioteca de destino com uso de compartilhamento de localização ....Lista de Figuras 1 Processo de criação de replicação ................................. 141 23 LEDs da LAN no HP D2D4112/4106 .............................................................................. 120 11 Processo de recuperação: promoção de uma biblioteca de destino pela WAN .................... 102 6 Informações sobre o certificado gerado pelo usuário ..... 116 9 Processo reverso de replicação: origem perdida ............................ 121 12 Recuperação pelo compartilhamento de localização do utilitário de destino ..................... 159 6 ...........................................................................................................................................

....................................................................................................................................... 173 57 Página Resumo enquanto o armazenamento é criado .. 160 32 Guia Pool de armazenamento com aviso de status do RAID (séries HP D2D4300/4100) ............................. 174 59 Página Status — Armazenamento após a criação do armazenamento .............. 159 31 Identificação do disco com falha (série HP D2D2500) ..................................................... 165 42 Instalação de um disco rígido de reposição ......................................................................... 161 34 Identificação dos discos com falha (séries HP D2D4300/4100) ............... 178 Guia do usuário 7 ................... 169 48 Página Dispositivos esperando pela inicialização do RAID (série HP D2D2500) ........................ 175 60 Dados armazenados após a desduplicação .................. 164 40 Numeração de discos das prateleiras de expansão (série HP D2D4300/4100) ............. 169 50 Status mostrando falha de vários discos em uma prateleira (séries HP D2D4300/4100) ......... 169 49 Console do sistema depois da substituição de dois discos (série HP D2D2500) ..................................................................... 172 53 Guia Armazenamento – Pool de armazenamento..................................... 165 41 Remoção do disco rígido (o exemplo mostra a série D2D4100) ..................................................................................................................................... 164 39 Numeração de discos (série HP D2D2500) .. 173 56 Guia Armazenamento – Pool de armazenamento.......... 166 43 Reconstrução do RAID (série HP D2D2500) .. 168 46 Status mostrando falha de vários discos (série HP D2D2500) ................................................................................................ 162 36 Log mostrando falha do disco (séries HP D2D4300/4100) ............................................................................. 164 38 Numeração de discos da prateleira interna (série HP D2D4300) .............................................................................................................................................................. 167 45 Console do sistema durante a recriação do RAID (série HP D2D2500) ............................................................... 166 44 Console do sistema durante a recriação do RAID (série HP D2D4300) .............. 173 55 Página Resumo após a exclusão do armazenamento ........... 171 52 Armazenamento – Prateleiras depois da substituição dos discos (séries HP D2D4300/4100) .............. 170 51 Armazenamento – Prateleiras mostrando falhas de três discos (séries HP D2D4300/4100) ................ 161 35 Console do sistema mostrando os discos com falha (série HP D2D2500) .......................................................................................................................... 169 47 RAID mostrando falha de dois discos (série HP D2D2500) ........................................................... exclusão do pool de armazenamento ............................................................ 172 54 Página Resumo enquanto o armazenamento é excluído .................................................................................................. 174 58 Página Resumo após a criação do armazenamento .................. 160 33 Guia RAID com aviso de status do RAID (séries HP D2D4300/4100) ................................................................................................................... 163 37 Numeração de discos (série HP D2D4100) ................30 Página de resumo com alerta de status do RAID (o exemplo mostra a série HP D2D2500) .............. criação do pool de armazenamento ....

..................... 82 20 Resumo dos detalhes do utilitário ............ 23 5 Parâmetros do cartucho ................................................................................................................................. 196 30 Convenções do documento .................................................................................................................... 101 26 LEDs da placa FC ............ 33 7 Parâmetros de rede .................................................................................. 65 14 Parâmetros de disco usado de compartilhamentos de NAS ............ 73 17 Parâmetros do mapeamento de slots ..................................................................................................................................................................................................................................................................................... 181 28 Parâmetros de agendamento de trabalho ............................ 65 13 Parâmetros de disco usado do dispositivo ........... 46 9 Configurações da porta de 10 Gb (somente série HP D2D4300) ................................................................................................................................................................................................................................... 49 11 Parâmetros de e-mail ............ 91 24 Configurações gerais (Replicação) ..................................... 27 6 Configurações de autenticação ......... 55 12 Parâmetros de disco usado ................................................Lista de Tabelas 1 Layout da página de resumo ....................................................... 81 19 Parâmetros de mapeamentos de compartilhamento ....... 90 23 Parâmetros dos utilitários de origem .................................................. 144 27 Número máximo de bibliotecas e unidades por utilitário G1 .... 18 3 Guias Dispositivo (metade inferior da página) ............................................................... 88 21 Parâmetros do utilitário de destino .......................................................................................... 195 29 Detalhes de trabalhos agendados ......................................................... 201 8 .................................. 67 16 Parâmetros da biblioteca local ........................................................................................ 46 10 Parâmetros de SNMP .......................... 14 2 Parâmetros do dispositivo (metade superior da página) ..................................................................................................................................... 93 25 Parâmetros de segurança ......... 89 22 Parâmetros do utilitário de origem .......................................................................................................................................................................................................................... 73 18 Parâmetros do compartilhamento local .. 21 4 Guias Dispositivo ...................................................................................... 45 8 Configurações da porta de 1 Gb .. 66 15 Parâmetros do disco físico ............................................................................................................................................................................................continuação (metade inferior da página) ..........................................

usando tanto um console do sistema quanto a porta de gerenciamento iLO2. replicação e manutenção do sistema que competem por recursos. página 9 “O que é a interface Web Management”. página 10 “Logon inicial e mensagem de boas-vindas”. O que é a interface Web Management? É a interface principal para: • Monitorar o status e a integridade do HP StoreOnce Backup System e de todos os dispositivos de backup configurados • Criar e modificar destinos de backup StoreOnce VTL e NAS • Gerenciar relacionamentos de replicação • Configurar definições do utilitário Guia do usuário 9 . página 9 “Para executar a interface Web Management”. Ele é atualizado regularmente. • D2D Best Practices for VTL. Consulte o Guia de instalação e configuração do HP StoreOnce Backup System para obter mais informações sobre essas opções.1 Primeiros passos Neste capítulo: • • • • “Introdução”. Ele descreve a tecnologia StoreOnce. • Guia de instalação e configuração do HP StoreOnce Backup System: este guia descreve como instalar e realizar a configuração inicial de seu HP StoreOnce Backup System. Os seguintes documentos também estão disponíveis: • Guia de conceitos básicos do HP StoreOnce Backup System: se você é novo no HP StoreOnce Backup System. NAS and Replication implementations: este white paper recomenda como planejar a carga de trabalho que está sendo colocada no HP StoreOnce Backup System para otimizar o desempenho e minimizar o impacto das operações de desduplicação. NOTA Este guia descreve principalmente como monitorar e configurar o HP StoreOnce Backup System usando a interface Web Management. Existem outras formas de se conectar ao utilitário. é importante ler este guia antes de configurar o sistema. página 11 Introdução Este guia contém informações detalhadas sobre como usar a interface Web Management do HP StoreOnce Backup System. Contém também informações sobre resolução de problemas.

10 Primeiros passos . na opção do menu “Conta de usuário (Administração)”. Forçar login está habilitado por padrão e isso desconectará uma sessão ativa. Ambos os nomes reconhecem maiúsculas e minúsculas. Caso contrário. Não é possível estabelecer a conexão a um HP StoreOnce Backup System se outra pessoa estiver conectada à interface Web Management.mydomain. Após um período de 20 minutos de inatividade do usuário.com) do HP StoreOnce Backup System no navegador da Web. criado pelo Assistente de instalação. • A partir de qualquer máquina conectada à rede: o HP StoreOnce Backup System usa uma conexão de rede segura.Para executar a interface Web Management Existem duas formas de fazer o registro: • A partir do servidor host ou PC: use o atalho da área de trabalho. página 99. será automaticamente encaminhado para a conexão de rede segura https:. É possível alterar o tempo de logout inativo na página Contas de usuário (Administração). Digite https:// seguido do endereço IP ou o nome de domínio totalmente qualificado (por exemplo. uma parte dos botões do navegador pode não ser exibida. A interface Web Management exibe a solicitação de login: O login é Administrador com uma senha inicial de Admin. É oferecido suporte somente a uma sessão ativa. NOTA O navegador da Web usado para se comunicar com o StoreOnce Backup System deve ter os recursos de scripts ativos ou JavaScript habilitados. myhpd2d. A senha pode ser alterada posteriormente. a sessão expirará e retornará à tela Login. NOTA Se você usar http: na URL. Entretanto.

Mensagem de boas-vindas Sempre que for realizada a atualização do software. com o resumo de todas as mudanças da atualização. Isso é normal e não requer nenhuma ação. uma janela pop-up será exibida na interface Web Management. Guia do usuário 11 . Clique em Fechar para fechar a fechar a janela pop-up. use a opção na página Conta de usuário para restabelecê-la. mas isso pode levar algum tempo.Logon inicial e mensagem de boas-vindas Logon inicial A primeira vez que você fizer logon após a instalação. O status ficará ”OK” logo que a inicialização for concluída. Clique em Não mostrar novamente para evitar que a janela pop-up seja exibida novamente. Se desejar visualizar a janela pop-up novamente. perceberá uma mensagem informativa avisando que está sendo feita a ”Inicialização de paridade RAID”. Ela será mostrada novamente da próxima vez que você fizer logon na interface Web Management.

12 Primeiros passos .

2 Início. Essa informação é importante na atualização do software. O exemplo a seguir mostra a página Resumo para um HP D2D4312 Backup System. as prateleiras também serão exibidas na página Resumo. • Para descobrir se você tem um produto G1 ou G2 (no campo Tipo). O exemplo a seguir mostra a página Resumo para um HP D2D4112 Backup System. Os produtos da série HP D2D2500 não dão suporte à conexão de um kit de atualização de capacidade. Use essa página: • Para exibir informações sobre seu HP StoreOnce Backup System e a respectiva conexão de rede. Guia do usuário 13 . Ela também poderá ser acessada em Início na barra de navegação. • Para monitorar a integridade e o status do sistema. a página Resumo é exibida. Resumo Resumo (Início) Sempre que você se registrar. NOTA Se for instalado um kit de atualização de capacidade.

o Nome. 14 Início. ela também exibe o Endereço MAC e o Endereço IPv6. 3 Informações do StoreOnce Backup System Esta seção fornece informações que identificam seu HP StoreOnce Backup System. Resumo . O Tempo de ativação registra a duração da execução do HP StoreOnce Backup System. Estado do utilitário: mostra se o StoreOnce Backup System está em inicialização/execução/desligamento ou interrupção. o Nome da rede. O Estado do sistema é o estado geral do sistema e está relacionado ao ícone Status localizado no canto superior direito de todas as páginas. Esse é um link relacionado ao contexto que mostra a ajuda apropriada para a página selecionada no momento.Tabela 1 Layout da página de resumo 1 Barra de navegação Selecione a opção apropriada na barra superior. Em redes IPv6. você sairá automaticamente. Se alguém mais se conectar. Fazer logout encerra sua seção no HP StoreOnce Backup System. o Número de série e a Revisão do software do HP StoreOnce Backup System. o Endereço IP. Também inclui todas as indicações de falha de hardware. 2 Ajuda e logout A opção Ajuda abre as páginas de ajuda. Ela exibe o Tipo (geração do produto).

4

Detalhes do status

Esta seção fornece detalhes sobre o status geral do sistema e o status da rede
(série HP D2D4300) ou das portas de rede (todos os outros modelos), RAID,
uso de disco, dados do usuário armazenados, taxa de desduplicação e
quaisquer recursos licenciados, como replicação. São fornecidas outras
informações se o status não estiver OK. Consulte também Ícones de
status, página 15.
Espaço em disco usado é a quantidade de espaço em disco que foi usada.
Taxa de desduplicação é atualizada sempre que forem gravados dados no
armazenamento. Dados do usuário armazenados exibe o volume de dados
do usuário dos quais foi feito backup para a unidade.
Armazenamento é o primeiro local a ser investigado a fim de identificar
qualquer problema com o pool de armazenamento (prateleiras e discos, nas
séries HP D2D4100/4300). Um disco com defeito deve ser substituído o
mais breve possível. Consulte “Substituição do disco rígido”, página 157.
RAID e Bateria RAID são os primeiros lugares a serem investigados a fim de
identificar qualquer problema com o status do RAID e a bateria RAID.
Uma bateria com defeito deve ser substituída o mais breve possível. Consulte
o Guia de manutenção e serviço do HP StoreOnce Backup System.
A opção Dispositivos informa o usuário sobre o status das bibliotecas e dos
compartilhamentos NAS no HP StoreOnce Backup System. Após ligar ou
redefinir, cada dispositivo é verificado e colocado on-line. Isso pode levar
muito tempo, especialmente após uma queda de energia não agendada,
onde a mensagem exibirá “Iniciando”.
O licenciamento de disco para modelos compatíveis com o kit de atualização
de capacidade exibirão uma mensagem caso você ainda não tenha
especificado as informações de licenciamento. Consulte “Licença
(Administração)”, página 111.
O status Replicação é exibido se você licenciou e habilitou esse recurso.
Se habilitou o NTP (Network Time Protocol, protocolo de tempo de rede) (na
página Data e hora [Status]), o status do processo de NTP também será
exibido.

Ícones de status
Indica um sistema ou um componente do sistema íntegro. Tudo está OK e o sistema está funcionando
corretamente.
Indica informações padrão.
Indica um estado de advertência. Algum item requer atenção, mas não é crítico para a operação
bem-sucedida do dispositivo. Por exemplo, pode ter havido falha em um disco ou os discos podem
estar instalados em uma prateleira de expansão, mas não licenciados.
Indica um estado crítico. Algum item requer atenção. Verifique imediatamente.

Guia do usuário

15

16

Início, Resumo

3 Dispositivos de fita virtual
O menu Dispositivos de fita virtual permite que você monitore e configure dispositivos e cartuchos
VTL. As seguintes opções estão disponíveis:
• Dispositivos (dispositivos de fita virtual)
• Aplicativos de backup e bibliotecas de destino de replicação
• Cartuchos (Dispositivos de fita virtual)
Essas páginas permitem monitorar e configurar dispositivos VTL. Se você é um novo usuário, é
altamente recomendável ler os documentos a seguir, que estão disponíveis no site da HP. Eles fornecem
uma discussão detalhada sobre estratégias de implantação de replicação e terminologia, incluindo
exemplos práticos.
• Guia de conceitos básicos do HP StoreOnce Backup System: descreve a tecnologia StoreOnce
e orienta como planejar a carga de trabalho que está sendo colocada no HP StoreOnce Backup
System para otimizar o desempenho e minimizar o impacto das operações de desduplicação,
replicação e manutenção do sistema que competem por recursos.
• D2D Best Practices for VTL, NAS and Replication implementations: este guia descreve as práticas
recomendadas e também inclui exemplos usando diferentes aplicativos de backup.

Dispositivos (dispositivos de fita virtual)
Se estiver usando iSCSI para conectar seus hosts a dispositivos de fita virtual, uma biblioteca padrão
é criada automaticamente quando um novo host se conecta ao HP StoreOnce Backup System. Use essa
página para visualizar e configurar a biblioteca padrão e criar dispositivos adicionais, se necessário,
para o host.
NOTA
Se o HP StoreOnce Backup System estiver conectado a uma rede Fibre Channel, não será possível
criar uma biblioteca padrão para o host automaticamente durante a instalação. Você deve usar esta
página para criar e configurar dispositivos que possam ser acessados pelo host.
A metade superior da página mostra uma lista dos dispositivos disponíveis no HP StoreOnce Backup
System. Ela também mostra uma Caixa Exibir/ocultar detalhes, que oferece informações sobre o
número máximo de bibliotecas/compartilhamentos e unidades disponíveis para o tipo de emulação
selecionado e o número real de bibliotecas/compartilhamentos e unidades restantes. Isso é útil porque
os detalhes de Resumo para um determinado dispositivo mostram somente os valores em Máximo.

Guia do usuário

17

As informações de resumo são fornecidas para cada dispositivo, como a seguir:
Tabela 2 Parâmetros do dispositivo (metade superior da página)
Nome

Este é o nome que é usado para identificar esse dispositivo (biblioteca ou
carregador automático). Talvez você prefira digitar um nome que identifique o
host ou o trabalho de backup ao qual está associado.

Cartuchos

Este é o número de cartuchos disponíveis no dispositivo, que é determinado pelo
tipo de emulação selecionado quando o dispositivo foi criado. É possível reduzir
o número de slots na página, mas isso somente removerá os slots em branco
mais altos. Quando for atingido um número de slot com dados, ela não permitirá
que você reduza mais o número nessa página, mesmo se os slots anteriores
estiverem em branco. Você deve usar primeiro a guia Cartuchos para deixar o
slot em branco.

Função

Esta é a função da biblioteca, que pode ser sem replicação, origem de replicação
ou destino de replicação.

Status

Este é o status da biblioteca, que pode ser on-line, off-line ou falha ao iniciar.

Conexão

Se um dispositivo aparecer como não conectado, isso indica que o iniciador
iSCSI do host não entrou.
Com um dispositivo FC, esse campo mostrará o status de conexão do link FC e
sua velocidade: descendente; 1 G, 2 G ou 4 G para a série HP D2D4100; 2
G, 4 G ou 8 G para a série HP D2D4300).

Tipo de dispositivo

18

Este é o tipo de emulação usado pelo software de backup. Ele é selecionado
durante a instalação ou quando você cria um dispositivo.

Dispositivos de fita virtual

duas unidades internas de fita Ultrium e 24 slots para cartuchos. portanto. Por exemplo. por isso. • Biblioteca da série MSL G3 (2x24): é um dispositivo de biblioteca de fita com. Com a série HP D2D4300. em que apenas um trabalho de backup será executado por vez. Deve ser utilizado na implementação Guia do usuário 19 . É o mais flexível dos tipos de emulação disponíveis. Se o tipo de emulação não estiver na lista suspensa. a série HP D2D2500 não é compatível com os tipos de emulação de biblioteca ESL-E e EML-E.096 cartuchos por biblioteca Caso seu aplicativo de backup seja compatível. Deve ser utilizado em esquemas simples de rodízio. no entanto. tanto as portas de 1 Gb quanto as de 10 Gb podem ser usadas para a conexão de dados iSCSI. Sempre há uma porta iSCSI. no máximo. O número de portas disponíveis no menu suspenso dependerá da configuração da sua rede.024 cartuchos por biblioteca • HP D2D4312/4324: até 200 unidades por biblioteca e até 4. NOTA A Symantec recomenda a seus consumidores o uso desse tipo de emulação com os produtos BackupExec e Netbackup. mas não tão completo quanto o tipo de biblioteca D2DBS. é possível selecionar Ultrium VT na emulação de unidade. 24 slots para cartuchos. que estão relacionados abaixo. este é o tipo de emulação recomendado porque não emula nenhum tipo de biblioteca física existente e. O suporte a aplicativos de backup para o Ultrium VT é razoável. Esse tipo de emulação é amplamente compatível com aplicativos de backup. NOTA Nem todos os produtos são compatíveis com todos os tipos de emulação. mas as portas de 10 Gb são recomendadas para a transferência de dados. é facilmente identificado como um dispositivo StoreOnce. Isso é configurado na página Rede (Configuração). ele não é compatível com o seu modelo. Tipos de emulação para dispositivos de fita Os HP StoreOnce Backup Systems emulam uma série de dispositivos de fita física. o suporte a aplicativos de backup varia de acordo com o fabricante do software. • Carregador automático HP 1x8 G2: é um carregador automático com uma única unidade de fita Ultrium com. no máximo. mas pode ser usado principalmente com a série HP D2D2500.Porta Isso identifica a porta na qual o host é conectado para backup e restauração. Os produtos FC têm duas portas FC na placa FC pré-instalada e são relacionados no menu suspenso Porta. Se você tiver selecionado a biblioteca genérica D2DBS no tipo de emulação. • Biblioteca genérica D2DBS: é um dispositivo de biblioteca de fitas que permite configurar muitas unidades e muitos cartuchos por biblioteca • HP D2D2502/2504: até 16 (HP D2D2502) e 32 (HP D2D2504) unidades por biblioteca e até 96 cartuchos por biblioteca • HP D2D4106/4112: até 64 (HP D2D4106) e 96 (HP D2D4112) unidades por biblioteca e até 1. Este é um dispositivo Ultrium genérico que é claramente identificável como virtual. não é possível usá-lo com todos os software de backup.

no máximo. o armazenamento desduplicado) contenha dados semelhantes de backups que devam ser executados paralelamente para aumentar a taxa de desduplicação. Biblioteca da série MSL G3 (4x48): é um dispositivo de biblioteca de fita com. quatro unidades internas de fita Ultrium e 48 slots para cartuchos. Esse tipo de emulação é compatível com diversos aplicativos de backup. não poderá configurar nenhum compartilhamento NAS para o utilitário. Se você configurar uma biblioteca com 200 unidades em um HP D2D4312 Backup System. Biblioteca da série MSL G3 (8x96): é um dispositivo de biblioteca de fita com. há limites quanto ao número total de dispositivos e compartilhamentos que podem ser configurados em um utilitário. além dos números reais usados. NAS and Replication implementations para obter os valores máximos e recomendados. Use a caixa Exibir detalhes na parte superior da tela para visualizar detalhes sobre os máximos para unidades e bibliotecas. Use a caixa Exibir detalhes na parte superior da tela para visualizar detalhes sobre os máximos e os números reais usados. quatro unidades internas de fita Ultrium e 96 slots para cartuchos. Biblioteca da série ESL-E: este tipo de solução de fita corporativa permite configurar muitas unidades e muitos cartuchos por biblioteca (consulte os valores para a emulação do D2DBS acima). • Permite que uma biblioteca única (e. Bibliotecas. no máximo. Se estiver usando tipos de emulação flexíveis. Se você configurar o valor total de 250 como dispositivos VTL. portanto. • O valor total também se aplica a compartilhamentos NAS. NOTA Produtos G1 não são compatíveis com emulação flexível. Isso tem dois benefícios principais: • Permite mais fluxos simultâneos em backups que são acelerados devido à taxa de transferência do aplicativo host. em teoria. ainda terá 49 bibliotecas disponíveis. Emulação flexível (apenas produtos G2) Se compatíveis. como backups de vários fluxos de um banco de dados.• • • • de esquemas de rodízio que envolvem trabalhos de backup simultâneos para dois dispositivos. • Consulte D2D Best Practices for VTL. Biblioteca da série EML-E: este tipo de solução de biblioteca de fita corporativa permite configurar muitas unidades e muitos cartuchos por biblioteca (consulte os valores para a emulação do D2DBS acima). mas não haverá mais unidades. os seguintes fatores também devem ser considerados: • Embora não haja limites físicos para o número de unidades que podem ser configuradas por biblioteca. Deve ser utilizado na implementação de sistemas de rodízio que envolvem trabalhos de backup simultâneos para mais de dois dispositivos ou que utilizam um grande número de dispositivos de cartuchos. EML e D2DBS são particularmente flexíveis porque permitem configurar um grande número de unidades por biblioteca. slots e capacidade de armazenamento É recomendado para: • Configurar apenas as bibliotecas necessárias • Configurar apenas a quantidade de cartuchos que você possivelmente necessitará 20 Dispositivos de fita virtual . eles possuem valores fixos para os tipos de emulação acima (alguns produtos não têm suporte para todos os tipos de emulação). Esse tipo de emulação é compatível com diversos aplicativos de backup. as emulações ESL.

clique em Criar biblioteca. Para criar um novo dispositivo 1. as bibliotecas de destino normalmente não estão visíveis para o host. onde você também pode editar e excluir detalhes. página 19. O HP StoreOnce Backup System é compatível com alguns tipos de emulação.Você pode adicionar cartuchos posteriormente. As bibliotecas de destino para replicação podem ser criadas com 0 unidades. O tipo de emulação determina quantas unidades internas e slots para cartuchos estão disponíveis. Tipo de emulação Este é o tipo de emulação usado pelo software de backup. Consulte as informações de suporte técnico do aplicativo de backup para obter detalhes adicionais. consulte Tipos de emulação para dispositivos de fita. excluindo toda a biblioteca. e remover cartuchos individuais em branco de uma biblioteca. Há três guias com informações sobre o dispositivo. para expandir o sistema. Todas as informações que você inserir nessa guia devem corresponder às informações que você tiver configurado no próprio iniciador iSCSI. Bibliotecas de destino e de origem As bibliotecas de destino são criadas se você tiver uma licença de replicação ao criar um mapeamento de replicação. Consulte o Guia de instalação e configuração do HP StoreOnce Backup System para obter mais informações sobre como configurar o iniciador iSCSI. Também há uma guia para habilitar e configurar a autenticação iSCSI. Esse recurso deve ser usado com cuidado porque haverá falha em alguns aplicativos de backup se eles detectarem códigos de barra de cartuchos duplicados em duas bibliotecas simultaneamente. se você selecionar a série HP MSL G3 (2x24). se for necessário. Consulte “Guias Dispositivo”. mas é possível configurar os dispositivos para torná-los visíveis aos aplicativos de backup. Por exemplo. Tabela 3 Guias Dispositivo (metade inferior da página) Guia Bibliotecas Nome da biblioteca Este é o nome usado para identificar esse dispositivo. As bibliotecas de origem estão sempre visíveis para o host. o dispositivo emulará uma biblioteca MSL 2024 com duas unidades de fita internas e um total possível de 24 slots de cartucho. mas não pode remover cartuchos gravados. Para criar um novo dispositivo para o host. Insira os detalhes apropriados na guia Bibliotecas e clique em Criar. 2. Guia do usuário 21 . Para visualizar detalhes do dispositivo Clique em um dispositivo na parte superior da página para visualizar seus detalhes na metade inferior da página. página 21. Talvez você prefira digitar um nome que identifique o host ou o trabalho de backup ao qual está associado.

não é possível usá-lo com todos os software de backup. desde que o cartucho esteja vazio. verá somente códigos de barra com 6 caracteres. Além disso. Essa será a porta utilizada pelo dispositivo de biblioteca. 22 Dispositivos de fita virtual .5 GB. O suporte a aplicativos de backup para o Ultrium VT é razoável. Se você aumentar o número de discos. Defini-la como justificar à esquerda significará que os primeiros 6 caracteres do código de barras serão informados ao aplicativo de backup. Isso significa que você apenas pode mudar o valor imediatamente depois do dispositivo ser criado e antes de ter sido acessado pelo aplicativo de backup. cuja capacidade será apropriada para o tipo de emulação da unidade. 4 ou 5. por isso. tome cuidado para não exceder o número máximo de bibliotecas e discos que um host pode acessar fisicamente (64 para interfaces iSCSI e 128 para interfaces FC). você define apenas a capacidade padrão dos cartuchos no dispositivo da biblioteca. que ainda mostrará códigos de barra com 8 caracteres. quando um aplicativo de backup executa um comando de inventário. bem como a porta padrão para unidades de fita internas. Não é possível desabilitar a desduplicação em nenhum HP StoreOnce G2 Backup System. (LTO-2 = 200 GB. Esta opção permite-lhe selecionar se os códigos de barra devem ter seis ou oito caracteres. As opções no menu suspenso dependem da configuração da sua rede. Desduplicação A desduplicação de dados é habilitada por padrão para o dispositivo da biblioteca. independentemente do número de geração da unidade. se você tiver o modelo FC. justificar à direita informará os 6 últimos caracteres. Justificativa do código de barras Essa opção permite que você especifique quais seis caracteres serão informados ao aplicativo de backup quando forem usados códigos de barras com 6 caracteres. LTO-3 = 400 GB. Quando o usuário selecionar códigos de barra com 6 caracteres. Note que usar justificar à esquerda pode fazer com que o aplicativo de backup veja os códigos de barra que parecem estar duplicados. Número total de slots de cartucho Aqui é definido o número de slots necessários para a estratégia de rodízio de fitas. É possível alterar as portas do dispositivo de fita depois da criação. O número de slots disponíveis depende do tipo de emulação que selecionado. LTO-4 = 800 GB. Se você tiver selecionado a biblioteca genérica D2DBS no tipo de emulação. No entanto. Este é um dispositivo Ultrium genérico que é claramente identificável como virtual. Os usuários de FC podem optar por conectar o dispositivo a uma porta iSCSI ou FC. cada slot será preenchido automaticamente com um novo cartucho. Número de caracteres do código de barras O HP StoreOnce Backup System gera automaticamente códigos de barras para cartuchos. Há duas portas iSCSI (isso depende do seu modo de rede) e duas portas FC. se à esquerda ou à direita. é possível selecionar Ultrium VT na emulação de unidade.) Ele não afeta a capacidade do aplicativo de backup de gravar no dispositivo. Número de unidades O número padrão de unidades é determinado pelo tipo de emulação que você selecionou. Durante a criação. a capacidade dos cartuchos de fita pode ser aumentada a qualquer momento (mas não reduzida). mas não tão completo quanto o tipo de biblioteca D2DBS. Você pode mudar o tamanho máximo de um cartucho enquanto estiver em branco.Emulação de unidade Ao selecionar um tipo de emulação de unidade. LTO5 = 1. 3. HP LTO-2. isso não será refletido na interface Web Management. Os seis caracteres informados ao aplicativo de backup são determinados pela definição da opção justificar. Porta Isso identifica a porta de rede no HP StoreOnce Backup System ao qual o dispositivo está conectado.

apropriada para o tipo de emulação selecionado. Porta Se a biblioteca FC estiver conectada. (No iniciador Microsoft iSCSI. Guia Autenticação iSCSI (somente dispositivos iSCSI) Requer iniciador para fazer logon Marque esta caixa se for necessário o iniciador para fazer logon.continuação (metade inferior da página) Guia Informações da interface Nome do dispositivo Esse é o nome do dispositivo. Nº de série do dispositivo Esse é um número de série exclusivo do dispositivo. Tabela 4 Guias Dispositivo . caso seja necessário. esse é o segredo do destino. mas não para nenhum nome que esteja sendo usado por bibliotecas ou discos no dispositivo local. poderá descobrir o nome executando o iniciador iSCSI no host e copiando o nome do nó iniciador a partir da guia Geral. Haverá uma entrada para cada unidade.) Segredo do iniciador CHAP Esse deve ser o mesmo segredo do CHAP que você configurar para o destino no iniciador iSCSI. mas não para nenhum nome que esteja sendo usado por bibliotecas ou discos no dispositivo local. Você pode alterar isso. como está configurado na guia Targets em Log On to Target Advanced Settings. caso seja necessário. Nome mundial do nó É fornecido durante a fabricação de todos os dispositivos possíveis. Se você estiver usando o iniciador Microsoft iSCSI. você pode escolher em que porta está cada unidade usando esta seleção. criado quando se executa o assistente de instalação em um host pela primeira vez. Mas você necessita de o introduzir manualmente se você estiver criando um novo dispositivo nessa página. Ele é gerado automaticamente pelo HP StoreOnce Backup System e não poderá ser editado. Você pode alterar isso. É fornecido automaticamente para a biblioteca padrão. Você também deve fornecer o nome de usuário e senha do iniciador CHAP.Nome do iniciador iSCSI (somente dispositivos iSCSI) Esse é o nome do nó iniciador do host que fará o backup para este dispositivo. Nome mundial de porta Isso é gerado automaticamente pelo HP StoreOnce Backup System para dispositivos FC. como permutador de mídia ou unidade 1. Nome de usuário do iniciador CHAP O nome deve ser o mesmo nome de usuário CHAP que você configurar para o alvo no iniciador iSCSI.) Guia do usuário 23 . esse é o nome de usuário como configurado na guia Targets em Log On to Target Advanced Settings. (No iniciador Microsoft iSCSI.

número de cartuchos) que o definido atualmente.) Nome de usuário de CHAP de destino Isso pode ser qualquer nome de usuário do CHAP significativo. mas isso removerá somente os slots em branco com números mais altos.Destino necessário para fazer logon no iniciador Marque esta caixa de seleção se você precisa de autenticação CHAP mútua. 2. Segredo de CHAP de destino Esse deve ser o mesmo segredo do CHAP que você configurar para o destino no iniciador iSCSI. Em particular. mas se você alterar para 0. consulte o Guia de configuração e instalação do HP StoreOnce Backup System. a definição da porta passará a ser ”Nenhuma porta”. mas não todos. • Você pode reduzir o número de discos. esse é o Segredo como configurado a partir da guia Geral. Ele não precisa corresponder a qualquer informação no Iniciador iSCSI. Será solicitado que você confirme se é isso que deseja fazer. • Não é possível alterar o tipo de biblioteca para um tipo que tenha um número menor de valores máximos (por exemplo. não serão alterados os tamanhos dos cartuchos criados anteriormente. certifique-se de que a opção Perform mutual authentication esteja selecionada na guia Targets em Log On to Target Advanced Settings. Altere os detalhes conforme for preciso e clique em Atualizar para aplicá-los. 24 Dispositivos de fita virtual . Os dados da guia Informações da interface são gerados automaticamente e não podem ser alterados. ela não permitirá que você reduza mais o número na página Detalhes. que significa que o destino deve fazer logon no iniciador. Para excluir um dispositivo Selecione o dispositivo necessário e clique em Excluir na seção Detalhes para excluí-lo. Você deve usar primeiro a guia Cartuchos para deixar o slot em branco. você também deve se certificar de que a autenticação mútua esteja habilitada. isso alterará somente os cartuchos recémagregados. No Iniciador iSCSI. Quando a operação de exclusão atingir um número de slot com dados. mesmo se os slots anteriores estiverem em branco. em seguida. (No iniciador Microsoft iSCSI. Para editar detalhes do dispositivo Depois de criar um dispositivo. Selecione o dispositivo na lista para exibir seus detalhes e. você deve estar ciente do seguinte: • Você pode excluir cartuchos reduzindo o número de slots na página Dispositivos. • Se você alterar o tamanho do cartucho nessa página.) NOTA Para obter mais informações sobre como configurar o iniciador iSCSI Microsoft. 1. (No iniciator Microsoft iSCSI. Você também deve fornecer o nome de usuário e senha do CHAP de destino. clique em Editar. é possível editar alguns detalhes do dispositivos.

Caso o aplicativo de backup consiga visualizar as bibliotecas de origem e de destino. O armazenamento da desduplicação da biblioteca também será excluído. Tornar as bibliotecas de destino de replicação visíveis para o host NOTA Consulte “Replicação”. você só pode carregá-los temporariamente em um dispositivo de fita física para lê-los. Isso permite que o aplicativo de backup possa: • Mover cartuchos de slots de armazenamento para unidades na biblioteca • Executar comandos SCSI no dispositivo de biblioteca • Realizar leitura e verificar operações no cartucho (mas sem gravar) • Realizar operações de carregamento/descarregamento no dispositivo de fita ATENÇÃO Esse recurso deve ser usado com cuidado. página 71 para obter mais detalhes sobre configuração de replicação. ele não será capaz de distinguir entre essas bibliotecas. • Confirmar se a replicação está funcionando corretamente e verificar a integridade do backup replicado efetuando uma restauração de teste • Realizar tarefas de cópia manual de fita para qualquer dispositivo de fita da rede que esteja usando o aplicativo de backup IMPORTANTE Não é possível alterar os dados em um cartucho de biblioteca de destino. pois os códigos de barra são duplicados nos dois locais. Por que deixar visíveis as bibliotecas de destino? Há duas ocasiões em que talvez seja útil deixar uma biblioteca de destino visível para o aplicativo de backup no host. A exclusão de todos os arquivos e a liberação de espaço do HP StoreOnce Backup System poderá levar até 15 minutos.ATENÇÃO Todos os dados no dispositivo serão apagados. mas é possível configurar os dispositivos para deixá-los visíveis para os aplicativos de backup. As bibliotecas de destino de replicação normalmente não são visíveis para o host. Guia do usuário 25 .

verifique se nenhum trabalho de backup está agendado para os cartuchos de origem mapeados. selecione a biblioteca de destino na lista Dispositivos. insira o Nome do iniciador iSCSI. 3. página 75. na página Dispositivos de fita virtual Dispositivos. A Porta retorna ao padrão Nenhuma. 6. • Certifique-se de que nenhuma instância do servidor de mídia do aplicativo de backup a ser usada não esteja na mesma célula/domínio que pode acessar o cartucho de origem. de maneira normal. página 83 ou “Execução do Assistente de replicação (dispositivos de fita virtual)”. A partir do host que tem acesso à biblioteca de destino. 5. efetue logon na biblioteca de destino usando o iniciador iSCSI. 7. Clique em Editar. Crie um mapeamento de replicação. • Execute a operação desejada no cartucho. conforme apropriado. Se você selecionou uma porta iSCSI. podem ocorrer instabilidade e resultados possivelmente prejudiciais. Agora é possível tornar a biblioteca de destino visível a partir de outros hosts. conforme o caso. Selecione uma porta iSCSI ou FC. configure a malha FC para deixar o host visível. 4. Consulte “Execução do Assistente de replicação (NAS)”. • Em condições ideais. 26 Dispositivos de fita virtual . 2. • Importe os dados do cartucho de destino para o aplicativo de backup (esta operação deve ser repetida após cada operação de replicação para o cartucho). A visibilidade do destino persiste mesmo se houver falha de energia ou se o mapeamento de replicação for removido. Os cartuchos podem ser marcados como inutilizáveis ou o aplicativo de backup pode tentar gravar nos cartuchos de destino. Clique em Atualizar. • Certifique-se de que nenhum trabalho de replicação para o cartucho de destino selecionado esteja em andamento. Para dispositivos FC. Para dispositivos iSCSI. que pode ser: • Verificar o cartucho usando o aplicativo de backup com o uso de um comando de verificação ou realizando uma restauração • Copiar o cartucho para um dispositivo de fita física conectado ao servidor de mídia Como se deixa uma biblioteca de destino visível? 1.Práticas recomendadas para usar este recurso ATENÇÃO Se você não seguir estas práticas.

Você perderá o Nome do nó iniciador iSCSI e deverá reinseri-lo para restabelecer a visibilidade do destino. Também é possível mover um cartucho para uma unidade de fita usando o menu suspenso de transferência de cartucho no modo Editar. Cartuchos (Dispositivos de fita virtual) Use essa página para ver e configurar as definições do cartucho. embora também haja um menu suspenso Transferência de cartucho no modo Editar. Tabela 5 Parâmetros do cartucho Local A coluna Local identifica cada elemento da biblioteca disponível para suportar um cartucho. O número de slots para cartucho. Há três tipos de elementos: • Slot de Correio: que é um slot dedicado para suportar um cartucho pronto para a exportação ou importação a partir da fita física. • Unidade de fita: que é preenchida quando há atividade em um cartucho. determina o número de linhas do cartucho disponíveis para edição nesta página. • Slot n: que é um dos slots de biblioteca padrão Guia do usuário 27 . simplesmente redefina a Porta para Nenhuma. Os cartuchos são transferidos para o slot de correio pelo aplicativo de backup da máquina host.NOTA Para remover a visibilidade do destino. configurados na página Dispositivos para uma biblioteca.

Tamanho usado Indica a capacidade atual utilizada. Ele não é usado com produtos G2. Slots mapeados Essa caixa de seleção indica se o slot está incluído em uma configuração de mapeamento de replicação. se houver menos de oito caracteres. espaço e hífen. Se estiver em branco. a-z. Os cartucho que não estão em branco não podem ser removidos. • deve ter quatro caracteres. O aplicativo de backup também pode atribuir seu próprio identificador interno ao cartucho. ele não poderá atribuir esse identificador ao código de barra do cartucho. em MB ou GB.Código de barras Um código de barras é um identificador alfanumérico exclusivo de 6 ou 8 dígitos. ao fazer isso. mas podem ser editados pelo usuário. Mover cartucho essa lista suspensa é exibida no modo Editar e permite mover o cartucho para um slot vazio (em branco). portanto o botão Remover não será exibido. Tamanho máx Isso é o padrão para a capacidade apropriada para o tipo de emulação de unidade selecionada na guia Devices. no mínimo. 0–9. se solicitado. Última Escrita Isso o avisa quando o cartucho foi gravado pela última vez. o cartucho poderá ser excluído usando-se o ícone excluir. Consulte o item abaixo. Protegido contra gravação Esta é uma caixa de seleção que permite habilitar (marcada) e desabilitar (desmarcada) a proteção contra gravação. • Fileira Slot n: Esse slot se esvazia após uma operação com Deletar ou depois que o aplicativo de backup mover dados para o slot de correio. todos os campos estão vazios. para exportação. serão acrescidos caracteres de espaço. Consulte Para criar um cartucho. Os caracteres ASCII válidos são A-Z. para um cartucho do HP StoreOnce Backup System. mas. Consulte o item abaixo. Só os cartuchos em branco podem ser removidos do slot de correio. Se você optar por editar o código de barra: • Ele deverá ser único e não poderá começar com as letras “CLN” nem “DG” porque estas são denominações reservadas para cartuchos de limpeza e diagnóstico. consulte abaixo. será disponibilizado um botão Criar para criar um novo cartucho vazio. Essa localização é relacionada ao elemento unidade de fita da biblioteca. Os códigos de barras são compartilhados com o aplicativo de backup. Ela não pode ser editada nessa página. página 29. • Fileira Unidade de fita: Uma biblioteca consiste em dois dispositivos: uma unidade de fita e um dispositivo permutador. Quando um slot numerado estiver vazio. Slots vazios Os slots vazios não contêm cartuchos. O valor máximo permitido é de 3200 GB. Os códigos de barras são gerados automaticamente. Ela só é preenchida quando o aplicativo de backup no host estiver fazendo leitura ou gravação na biblioteca. É possível alterar esse valor se Tamanho usado estiver Em branco. e é útil na identificação de dados para cópia ou exportação. • Fileira Slot de Correio: Esse local se refere ao slot usado para importar e exportar dados para uma unidade de fita conectada fisicamente. Para excluir um cartucho Se o parâmetro Tamanho usado de um cartucho estiver Em branco. 28 Dispositivos de fita virtual . slot de correio ou unidade de fita. você poderá removê-lo.

Se Tamanho usado não for Em Branco. Excluir cartucho. Para proteger um cartucho Clique Editar para o cartucho adequado. Seu aplicativo de backup não estará preparado para escrever mais dados nela. Adicionar cartucho. este os formata para uso e eles deixam de estar em branco. NOTA O tamanho máximo indica o volume máximo de dados do usuário que podem ser gravados nesse cartucho. mesmo que você ainda não tenha escrito dados neles. Selecione um valor do menu da barra e clique Atualizar. mas se Tamanho usado for Em branco. clique em Excluir. Há uma caixa de seleção para os slots vazios nessa coluna. O valor máximo permitido é de 3200 GB. ele só será confirmado quando os dados forem gravados nele. a função de apagar na maioria dos aplicativos de backup não retorna o cartucho ao status completamente em branco. Após selecionar os slots nos quais os cartuchos devem ser adicionados. presumindo dados não compactados. mas somente o espaço ocupado por dados exclusivos será liberado. mas isso removerá somente os slots em branco mais altos. Clique Editar para o slot adequado. Você pode selecionar cartuchos individuais clicando nas caixas de seleção apropriadas. Alterar o espaço máximo não afeta o uso do disco atual nem economiza espaço em disco. Há uma nova coluna à direita. Para criar um cartucho Clique no botão Criar. você poderá editar esse valor. Há uma nova coluna à direita. A opção Tamanho máx terá o padrão para a capacidade adequada do tipo de emulação da unidade selecionada na guia Dispositivos. Depois de selecionar os slots onde os cartuchos devem ser excluídos. mesmo se os slots anteriores estiverem em branco. Verifique a caixa de checagem Protegido Contra Gravação para o cartucho. Você deve usar primeiro a guia Cartuchos para deixar o slot em branco. Guia do usuário 29 . Outra opção é clicar em Excluir todos para excluir todos os cartuchos da biblioteca. Da mesma forma. mas pode ser útil se você souber que estará movendo dados para uma fita física com uma capacidade de cartucho menor. Para editar o tamanho máximo do cartucho A única altura em que você pode redimensionar os cartuchos é quando você cria pela primeira vez uma biblioteca ou adiciona cartuchos e eles estão em branco. Quando a operação de exclusão atingir um número de slot com dados. NOTA Você também pode excluir cartuchos reduzindo o número de slots na página Dispositivos. Depois dos cartuchos estarem disponíveis para o aplicativo de backup. clique em Criar. Você pode selecionar cartuchos individuais clicando nas caixas de seleção apropriadas. ela não permitirá que você reduza mais o número na página Detalhes. você ainda poderá removê-lo.Clique no botão Excluir.

caso eles não estejam sincronizados. Talvez seja necessário reiniciar os aplicativos de backup para ver os novos cartuchos.) Use o botão Descarregar todos os cartuchos para retornar todos os cartuchos a seus slots. o aplicativo de backup precisará inventariá-lo (adicioná-lo a seu banco de dados ou catálogo) antes de poder acessá-lo. Mover cartucho. 30 Dispositivos de fita virtual . talvez porque o aplicativo de backup tenha travado ou não aceite o comando Mover meio. serão criados slots vazios numerados. mas podem ser úteis se o usuário precisar realinhar a configuração de sua biblioteca em relação ao aplicativo de backup. sem precisar executar um inventário. poderá utilizar o aplicativo de backup para mover o novo cartucho em branco para um slot de cartucho vazio. Clique no botão Mover. (Se for excluído um cartucho. O menu suspenso de transferência de cartucho relaciona os slots vazios disponíveis. • Se você criar um cartucho em um slot vazio. mas só para um local vazio (unidade de fita ou slot numerado). Isso economiza tempo de processamento. Há uma coluna à direita.Outra opção é clicar em Criar todos para criar um cartucho em branco do tamanho/tipo de emulação selecionado quando a biblioteca foi configurada pela primeira vez em todos os slots vazios. Para mover ou descarregar cartuchos É fornecida a capacidade de mover cartuchos. As opções de mover e descarregar provavelmente não serão necessárias. • Se você criar um cartucho em um slot de correio vazio.

Eles fornecem uma discussão detalhada sobre estratégias de implantação de replicação e terminologia. incluindo exemplos práticos. que estão disponíveis no site da HP. As seguintes opções estão disponíveis: • • • • Compartilhamentos (NAS) Servidor CIFS (NAS) Configuração de usuários no AD (somente compartilhamentos CIFS) Servidor NFS (NAS) Essas páginas permitem monitorar e configurar compartilhamentos NAS.4 NAS O menu NAS permite que você monitore e configure compartilhamentos NAS. Se você é um novo usuário. página 33 • Criação de um compartilhamento de NFS. Compartilhamentos (NAS) Esta guia é usada para gerenciar todos os dispositivos de destino de NAS (denominados compartilhamentos) para os servidores CIFS e NFS. replicação e manutenção do sistema que competem por recursos. Não use o dispositivo de destino NAS como armazenamento geral de arquivos de arrastar e soltar. Guia do usuário 31 . Consulte: • Criação de um compartilhamento de CIFS. • Guia de conceitos básicos do HP StoreOnce Backup System: descreve a tecnologia StoreOnce e orienta como planejar a carga de trabalho que está sendo colocada no HP StoreOnce Backup System para otimizar o desempenho e minimizar o impacto das operações de desduplicação. NOTA É importante entender que o compartilhamento de rede do HP StoreOnce se destina ao uso APENAS pelos aplicativos de backup que fazem “backup em disco”. NAS and Replication implementations: este guia descreve as práticas recomendadas e também inclui exemplos usando diferentes aplicativos de backup. página 40 Edição de detalhes do compartilhamento Um compartilhamento NAS existente pode ser editado para alterar qualquer um dos parâmetros. • D2D Best Practices for VTL. Criação de compartilhamentos NAS O processo varia um pouco dependendo se você está criando um compartilhamento CIFS ou NAS. A única exceção a essa regra é se você estiver usando o compartilhamento NAS para propagar um utilitário para replicação. é altamente recomendável ler os documentos a seguir.

essas configurações se aplicam a todos os compartilhamentos CIFS. haverá um aviso ao usuário. Se um compartilhamento for convertido de leitura/gravação para somente leitura. Faça as alterações necessárias e clique em Atualizar. 2. Depois. 4.1. Observe que você não pode alterar o nome do compartilhamento uma vez que ele tiver sido criado. ambos os estágios são implementados a partir da interface Web Management: • Configurar a autenticação do servidor CIFS do StoreOnce Backup System. que pode aceitá-lo para permitir que todos os compartilhamentos fiquem off-line temporariamente. Selecione o compartilhamento na guia Compartilhamentos e clique em Editar. O usuário será avisado que isso pode ocorrer antes que a alteração seja feita. Existem três opções de autenticação que fornecem diferentes níveis de segurança para compartilhamentos CIFS NAS. Clique em Editar para modificar as configurações de autenticação. Efetue logon na interface Web Management para o utilitário. usuário e Windows Active Directory. provocando inconsistências se ele for gravado por um aplicativo de backup. 2. O nome do servidor CIFS é o mesmo que o nome do dispositivo HP StoreOnce Backup System. qualquer item aberto será forçado a fechar. • Criar compartilhamentos CIFS em NAS no HP StoreOnce Backup System Configuração do servidor CIFS 1. Se o servidor NAS (serviço) precisar ser reiniciado. 3. entrarão em vigor imediatamente. Selecione a guia Servidor CIFS. verifique se você conhece qual delas é apropriada para a sua rede e todas as outras informações que possam ser necessárias durante a configuração. Antes de fazer as configurações. Selecione NAS. Quando as alterações forem aplicadas. Nenhum (padrão). Configuração de destinos de NAS em CIFS Os HP StoreOnce Backup Systems oferecem uma interface de CIFS para fornecer compartilhamentos acessíveis para os servidores Windows. Consulte a próxima seção para obter exemplos e mais informações sobre a autenticação de CIFS. 32 NAS . Há dois estágios de configuração ao criar um compartilhamento de arquivos que os usuários Windows podem acessar.

Consulte “Configuração de usuários no AD (somente compartilhamentos CIFS)”. Tabela 6 Configurações de autenticação Sem autenticação A definição da autenticação como Nenhuma fornece uma configuração simples de servidor CIFS que permite a criação de compartilhamentos sem proteção. Selecione NAS e exiba a guia Compartilhamentos. Criação de um compartilhamento de CIFS 1. Esta guia é usada para gerenciar todos os compartilhamentos nos servidores CIFS e NFS. receber permissão individual para acessar qualquer um dos compartilhamentos que forem criados.5. Autenticação do usuário NOTA Ao criar um novo compartilhamento no modo Autenticação do usuário. A definição da autenticação como usuário fornece um método de proteção dos compartilhamentos de CIFS para que eles só possam ser acessados por usuários “locais” específicos. o usuário deve fazer logout e depois fazer login novamente no cliente Windows antes de que possa acessar o compartilhamento recém-criado. é possível criar novos usuários locais selecionando Criar Usuário e fornecendo o nome do usuário e a senha. 2. Depois de configurar o servidor no modo de Usuário. Todos os usuários podem acessar os compartilhamentos criados no HP StoreOnce Backup System com esta configuração de autenticação. página 35 para obter instruções detalhadas. Guia do usuário 33 . em seguida. Consulte a próxima seção para obter exemplos práticos dos diversos tipos de autenticação. Autenticação do Active Directory (AD) Definir a autenticação para AD permite que o servidor CIFS associe-se a um domínio do Windows Active Directory. o usuário deve fazer logout e depois fazer login novamente no cliente Windows para que as novas configurações de autenticação funcionem. O acesso aos compartilhamentos CIFS individuais é gerenciado a partir do servidor controlador do domínio do Windows que consegue fornecer os nomes de usuários do domínio com acesso. Esses usuários podem. NOTA Ao alternar os modos de autenticação. Faça as mudanças necessárias e clique em Atualizar. Efetue logon na interface Web Management para o utilitário.

Se estiver usando Autenticação de usuário. clique em Editar para modificar as permissões do dispositivo de destino de NAS. selecione a guia Permissões. Você poderá modificar as permissões para os dispositivos individuais de destino de NAS. 4.3. NOTA Você deverá fazer logout e depois fazer login novamente no cliente Windows antes de que possa acessar o compartilhamento recém-criado. todos os trabalhos de backup que atualmente usam esse compartilhamento falharão. Se você o ativar. Se for necessário. Clique em Criar compartilhamento. Isso só deve ser usado se você deseja evitar futuros backups no compartilhamento. 5. 34 NAS . Também é possível conectar usando \\<Nome do domínio totalmente qualificado>\<nome do compartilhamento>. porque você alterou as Permissões padrão. que exibirá a lista de usuários disponíveis no servidor e que podem ter o acesso atribuído a dispositivos de destino de NAS. Forneça as seguintes informações: • Nome: o nome que será usado para identificar o compartilhamento no Windows • Descrição: uma descrição em texto do compartilhamento (opcional) • Protocolo de acesso: selecione CIFS O Caminho da rede é <endereço IP>/<nome do compartilhamento>. Marque a caixa apropriada Acessar e clique em Atualizar. Também há uma opção de ativar Proteger contra gravação.

Conexão ao dispositivo de destino de NAS no Windows Para acessar o dispositivo de destino de NAS a partir de um servidor Windows na rede. O dispositivo de destino de NAS agora está disponível como unidade de rede e você pode usá-lo como destino a partir do aplicativo de backup. Também é possível conectar usando \\<Nome do domínio totalmente qualificado>\<nome do compartilhamento>. Consulte “Data e hora (Administração)”. Se a autenticação de usuário ou AD for definida para o servidor CIFS. NOTA O dispositivo de destino de NAS não é otimizado para armazenamento geral de arquivos. Se este não for o caso. Ele também pode ser mapeado como unidade de rede no Windows.6. digite o <nome do servidor>/<nome do compartilhamento> ou o <endereço IP>/<nome do compartilhamento> no Internet Explorer. que será <nome do servidor>/<nome do usuário> <senha>. Configuração de usuários no AD (somente compartilhamentos CIFS) Pré-requisitos • Controlador do Domínio em execução: • Windows server 2003 • Windows server 2003 R2 • Windows server 2008 • Windows server 2008 R2 • Conta do usuário no Controlador do domínio com autoridade para adicionar computadores ao AD • Conta do usuário no servidor executando DNS para adicionar entradas • O nome do host StoreOnce Backup System DEVE conter 15 caracteres ou menos. você será avisado para digitar um nome de usuário e senha. página 102. Usar o modo NTP do StoreOnce Backup System para sincronizá-lo com um servidor de hora é uma boa maneira de garantir uma precisa manutenção da hora. ele deverá ser alterado antes de tentar associá-lo ao domínio. Guia do usuário 35 . mas não aceitam topologias de domínio com vários bosques. O HP StoreOnce Backup System é um utilitário de desduplicação NAS que é otimizado para backup. IMPORTANTE Suporte para domínio AD: Os produtos StoreOnce aceitam configuração em um bosque de árvores com vários domínios. • A hora do sistema no StoreOnce Backup System deve estar correta e sincronizada com a do controlador do domínio.

local” 4. uma janela pop-up solicitará as credenciais do usuário com permissão para associar o domínio. Selecione o botão Editar e escolha AD no menu suspenso. que seja criada uma entrada com o nome do servidor. Especifique o nome do domínio que você deseja associar. Observe que associar o domínio ou sair dele provocará a falha de todas as operações de backup ou restauração em execução. Depois de um pequeno atraso. por exemplo “meudomínio. Forneça as credenciais (nome de usuário e senha) de um usuário do domínio que tenha permissão para adicionar computadores ao domínio e selecione Registrar. 6. 3. NOTA Em algumas configurações. Se o controlador do domínio for encontrado. antes de poder adicionar o dispositivo ao domínio. Conecte-se à interface Web Management do StoreOnce e navegue até a página NAS -> Servidor CIFS 2. 5. o computador se tornará um membro do domínio.Inclusão do dispositivo StoreOnce em um domínio AD Para associar um domínio: 1. o Controlador do Domínio de Diretório requer. Selecione Atualizar. 36 NAS .

1. crie um compartilhamento no Backup System que será usado com destino de backup selecionando NAS -> Compartilhamentos na interface Web Management e clicando em Criar. Especifique um nome e uma descrição de compartilhamento. 4. existem dois “compartilhamentos padrão” chamados C$ e IPC$. Agora é necessário fornecer uma lista de usuários que podem acessar esse compartilhamento. o compartilhamento será iniciado e o passará para o status “Online”. Guia do usuário 37 . 3. Inicie a ferramenta de gerenciamento “Usuários e computadores do Active Directory” (digite dsa.7. Isso é feito com a ferramenta Windows Computer Management. Além dos compartilhamentos configurados pelo usuário. Depois de alguns segundos. depois selecione o protocolo CIFS e clique em Criar. Primeiro. 2. é possível criar compartilhamentos e conceder a eles permissão de acesso a contas de usuários ou grupos do domínio. Selecione a opção Pastas compartilhadas -> Compartilhamentos para exibir os compartilhamentos disponíveis no StoreOnce Backup System. Gerenciamento de compartilhamentos Agora que o HP StoreOnce Backup System é parte de um domínio e pode ser gerenciado. eles não podem ser usados para backup.msc na linha de comando ou inicie a partir das Ferramentas administrativas) para verificar se há uma entrada para o servidor CIFS do dispositivo StoreOnce e se o StoreOnce Backup System pode ser “gerenciado” (Ação -> Gerenciar no menu) pelo domínio.

ao alternar o StoreOnce Backup System de Sem autenticação ou Autenticação do usuário para o modo AD. o acesso ao compartilhamento será concedido automaticamente com essas permissões.5. Se o usuário quiser sair e depois se associar novamente ao domínio. Depois. NOTA Em alguns casos. há a opção na página GUI NAS -> Servidor CIFS para Sair do AD. o usuário pode se associar novamente ao mesmo 38 NAS . Sair de um domínio AD O • • • usuário pode deseja sair de um domínio AD para: Sair temporariamente e depois se associar novamente ao mesmo domínio Associar-se a um domínio AD diferente Colocar o StoreOnce Backup System nos modos Sem autenticação ou Autenticação de usuário local. clique em Aplicar. especifique o nível de permissão que os usuários receberão. selecione o compartilhamento de backup recém-criado e selecione Propriedades no menu Ação. Selecione a guia Permissões de compartilhamento e adicione um usuário ou grupos de usuários do domínio. pode ser necessário fazer logout e depois fazer login novamente em um cliente Windows para que seja possível ter acesso aos compartilhamentos. 7. Depois. Agora. 6. Agora. Se um usuário com permissão fizer login no Windows. de qualquer servidor Windows no domínio é possível acessar o compartilhamento recém-criado usando as credenciais de qualquer pessoa que tenha permissão para acessar o compartilhamento. Finalmente.

Clique em Atualizar. primeiro será solicitado que o usuário forneça as credenciais de um usuário com autoridade para sair do domínio. 3. Configuração dos compartilhamentos NAS para NFS Os HP StoreOnce Backup Systems fornecem uma interface de NFS que permite configurar o HP StoreOnce Backup System com compartilhamentos de arquivos NFS como destino para backups em servidores UNIX e Linux. Há dois estágios de configuração ao criar um compartilhamento de arquivos que os usuários UNIX e Linux podem acessar. Selecione a guia Servidor NFS. Efetue logon na interface Web Management para o utilitário. o usuário deve selecionar o botão “Editar” na página e selecionar o novo domínio ou modo. permitindo acesso a qualquer compartilhamento pelo host.domínio. 2. NOTA Um host com o símbolo “*” é exibido por padrão. Clique em Adicionar e forneça um nome e descrição do host. o StoreOnce Backup System irá reconfigurar seu próprio modo de autenticação. Selecione NAS. Se forem fornecidas credenciais incorretas. ambos os estágios são implementados a partir da interface Web Management: • Criar uma lista de hosts de NFS que possa montar os compartilhamentos de NFS • Criar compartilhamentos de NAS em NFS no StoreOnce Backup System e especificar permissões de acesso para lista de hosts Especificar hosts de NFS 1. 4. Se for se associar a um domínio AD diferente ou alterar o modo. mas não informará corretamente ao controlador do domínio que o computador saiu do domínio. Em qualquer um dos casos. Guia do usuário 39 .

2. 40 NAS . 6. Forneça as seguintes informações: • Nome: o nome que será usado para identificar o compartilhamento no Windows • Descrição: uma descrição em texto do compartilhamento (opcional) • Protocolo de acesso: selecione NFS O Caminho da rede é o <endereço IP> ou o <Nome do domínio totalmente qualificado>/nas/<nome do compartilhamento>. 7. 5. 4. O HP StoreOnce Backup System é um utilitário de desduplicação NAS que é otimizado para backup.Criação de um compartilhamento de NFS 1. Clique em Atualizar. Acesso somente leitura ou Sem acesso. Selecione a caixa apropriada: Acesso de leitura/gravação. Isso só deve ser usado se você deseja evitar futuros backups no compartilhamento. O compartilhamento agora está disponível como unidade de rede a ser montada a partir de um servidor UNIX ou Linux para que possa ser um destino do aplicativo de backup. Se você o ativar. Efetue logon na interface Web Management para o utilitário. Também há uma opção de ativar Proteger contra gravação. Clique em Criar compartilhamento. Agora selecione a guia Permissões e defina as permissões de acesso desse compartilhamento para cada host da lista. NOTA O compartilhamento não é otimizado para armazenamento geral de arquivos. Essa guia é usada para gerenciar todos os compartilhamentos: para os servidores CIFS e NFS. Selecione NAS e exiba a guia Compartilhamentos. 3. todos os trabalhos de backup que atualmente usam esse compartilhamento falharão.

não poderá se conectar. portanto. Guia do usuário 41 . Exclua o compartilhamento no StoreOnce Backup System sem desmontá-lo da máquina Linux. ele usará o conjunto anterior de inodes e. 3. 1. 2. o cliente Linux atribuirá um novo conjunto de inodes ao novo compartilhamento. NOTA Consulte o Linux and UNIX Configuration Guide para obter informações mais detalhadas. Reinicie o sistema Linux host e a conexão voltará a funcionar. Crie novamente o compartilhamento com o mesmo nome. Nesse caso. Problemas ao conectar A seguinte sequência causará problemas ao se conectar a um compartilhamento NFS. mas ao tentar acessar o ponto de montagem antigo.Conexão ao compartilhamento de NAS no UNIX ou Linux Para acessar o compartilhamento de NAS a partir de um servidor UNIX ou Linux na rede. A sintaxe real do comando depende do sistema operacional sendo usado. use o comando mount. Crie um compartilhamento NFS e monte-o em uma caixa Linux.

42 NAS .

Por isso.5 Configuração de utilitário O menu Configuração permite configurar a rede de utilitários e as configurações da interface. NOTA Somente série HP D2D4300: É possível desligar a porta de 1 Gb sem ligar a porta de 10 Gb. sempre é exibido um alerta quando você altera as configurações de rede. Tambem é usada para ligar e desligar o Modo de marcador. A seguinte captura de tela foi tomada de um modelo da série HP D2D4300. As seguintes opções estão disponíveis: • • • • • Rede (Configuração) Fibre Channel (Configuração) iSCSI (Configuração) SNMP (Configuração) Alertas de email (Configuração) Rede (Configuração) Essa página é usada para ver e editar as definições de rede. Guia do usuário 43 . e definir alertas de e-mail.

que estará ativado por padrão. Tenha atenção pois quaisquer mudanças que você faça nas definições de rede podem afetar a forma como você vai se conectar novamente ao HP StoreOnce Backup System. Por exemplo. há suporte para o DHCP para redes IPv4. Portas de 1 Gb e 10 Gb (somente série HP D2D4300) A série HP D2D4300 tem duas portas de 1 Gb e duas portas de 10 Gb. NOTA A resolução de nomes NetBIOS não é compatível com compartilhamentos CIFS. Essa também é a porta recomendada para a execução da interface Web Management. ou mover o host para um modo de rede diferente. Você deve se conectar à porta de 1 Gb (denominada porta 3 da LAN) para executar o Assistente de instalação e detectar o HP StoreOnce Backup System em sua rede. deve utilizar o novo endereço para fazer login em um navegador web. se você mudar o endereço IP. 44 Configuração de utilitário . No HP StoreOnce Backup System.Configuração da rede Os detalhes nessa secção refletem as definições de IP que foram especificadas durante a instalação. Você pode necessitar de editar os detalhes se houver um conflito no endereço IP.

Guia do usuário 45 . Tabela 7 Parâmetros de rede Modo de rede É onde você define o modo de rede de 1 Gb. Usar gateway DHCP Essa opção estará disponível se houver alguma porta configurada para DHCP. Se você estiver usando a(s) porta(s) de 10 Gb para transferir dados. porta dupla. alta disponibilidade (failover de porta) ou alta disponibilidade (agregação de link). pois o HP StoreOnce Backup System suporta apenas um endereço de gateway. Consulte o Guia de Instalação e Configuração HP StoreOnce Backup System para obter mais informações sobre como configurar modos de rede. bem como as portas disponíveis na página Devices. Série HP D2D4300: O modo de rede de 10 Gb está desativado por padrão. deverá primeiro ativá-la na seção Configurações de porta de 10 Gb desta página. O gateway deve residir em uma das sub-redes. 3. Se você não souber como ativar essa configuração. Ao utilizar o DHCP. esses podem ser obtidos automaticamente. • Pode ser necessário editar o iniciador iSCSI em todos os hosts que estejam conectados ao HP StoreOnce Backup System. você deverá informar as configurações específicas para o Gateway padrão. Clique Editar para editar os detalhes. Mais sobre o gateway padrão Se qualquer porta de rede (1 Gb ou 10 Gb) estiver definida como DHCP. Se as redes de 1 Gb e 10 Gb estiverem configuradas no mesmo domínio e o backup e o tráfego de replicação parecem lentos. 2. Consulte o Guia de Instalação e Configuração HP StoreOnce Backup System. Você pode usar o nome de rede. Peça para seu administrador de rede aconselhar você quanto ao que deve introduzir.As portas de 10 Gb estão disponíveis para backup e tráfego de replicação. agora se reconectar ao HP StoreOnce Backup System usando as novas definições. a caixa de seleção Usar Gateway DHCP será exibida. • Se você tiver mudado o endereço IP. Para editar as configurações de rede 1. Nome do servidor DNS 1/2/3 São os endereços IP DNS. certifique-se de que os hosts estejam configurados corretamente para selecionar a rede de 10 Gb para a transferência de dados. Nome da rede É o nome do HP StoreOnce Backup System. em vez do endereço IP.) Será necessário um gateway padrão se todas as portas estiverem configuradas como estáticas ou se a opção Usar Gateway DHCP não estiver ativada. Você deve. Tome cuidado se for configurar com o DHCP. se alterar o endereço IP. Marque esta caixa de seleção para selecionar o endereço IP do gateway alocado para DHCP em vez do gateway padrão. A seleção que você fizer determinará o número de guias de porta de rede na metade inferior dessa página. precisará utilizar o novo endereço para fazer login em um navegador web. Gateway padrão É o nó que conecta o HP StoreOnce Backup System à rede que atende às páginas web. que pode ser uma porta única. Faça as alterações necessárias e clique em Atualizar. (Endereçamento IP estático apenas. para acessar a interface Web Management.

Tabela 8 Configurações da porta de 1 Gb DHCP Marque ou desmarque a caixa para ativar ou desativar esse recurso. mas nem sempre isso é necessário.) Tabela 9 Configurações da porta de 10 Gb (somente série HP D2D4300) Portas de 10 Gb desativadas Essa é a configuração padrão. No HP StoreOnce Backup System. Outras configurações Depois de habilitar as portas de 10 Gb. É possível substituir as configurações automáticas pelas inseridas por você. são opcionais. a maioria das configurações de rede será obtida automaticamente. O endereço IP deve ser único na rede. Se DHCP estiver ligado. há suporte tanto para o endereço IP dinâmico (DHCP). Ao habilitá-la. por conseguinte.) Nome do domínio É o grupo de dispositivos na rede ao qual o HP StoreOnce Backup System pertence. Redefinição das configurações de rede e da senha da interface Web Management Existem algumas condições nas quais um dispositivo previamente configurado pode deixar de ser detectado em uma rede e. Se estiver utilizando um endereçamento IP estático. se necessário. pode se tornar inalcançável se os parâmetros da rede 46 Configuração de utilitário . o gateway padrão e. (Endereçamento IP estático apenas. Endereço IP É o endereço IP do dispositivo. como Domain Name (nome de domínio) e DNS Server Address (endereço do servidor DNS). Outros parâmetros. forneça também a máscara de sub-rede. você pode editar os mesmos campos que para as portas de 1 Gb. Máscara de subrede Determina a sub-rede à qual o endereço IP pertence. quanto para o endereçamento IP estático. o nome do domínio. as configurações serão as mesmas que as exibidas para as portas de 1 Gb. mesmo quando o DHCP estiver ligado. Se o DHCP estiver desligado. Consulte a tabela anterior. o nome da rede deverá ser especificado. opcionalmente. especifique manualmente todas as configurações de rede para o HP StoreOnce Backup System. Contudo. (Endereçamento IP estático apenas.

Para usuários que desejam corrigir a velocidade. continuará por 5 minutos. que é a opção recomendada. o dispositivo estará no modo DHCP e disponível também para detecção. e N_Port. A configuração de rede tem o padrão de configuração de porta única. NOTA O HP StoreOnce Backup System será reinicializado com as configurações de rede de fábrica e a senha do Administrador será redefinida para Admin. 3. Fibre Channel (Configuração) Essa página permite que você visualize e edite as configurações de SAN Fibre Channel. Para editar a configuração de FC Clique Editar para tornar os campos editáveis para cada porta. • Clique em Ligar Marcador para ativar o modo de marcador. Após a reinicialização. para reiniciá-lo. Nesse caso. 1. Loop. onde o HP StoreOnce Backup System simula um grande número de dispositivos FC. quando um único dispositivo de destino cria vários dispositivos virtuais em uma porta conectada à malha. também são compatíveis. se necessário. 2. 4 Gbs ou 2 Gbs (não recomendado) • Série HP D2D4100: 4 Gbs (preferencialmente). Aproximadamente depois de 5 segundos. outros valores disponíveis são: • Série HP D2D4300: 8 Gbs (preferencialmente). É útil se você tiver vários HP StoreOnce Backup Systems em sua rede e quiser confirmar qual unidade está sendo configurada. Ela mostra as definições de FC para cada porta na placa FC. usando o assistende de instalação fornecido no CD StorageWorks. 2 Gbs ou 1 Gbs (não recomendado) • Topologia: o padrão é Auto. Verifique se não há trabalhos de backup ou restauração em andamento no dispositivo. Modo de marcador O modo de marcador pisca os LEDs no HP StoreOnce Backup System.forem inválidos para a rede à qual o dispositivo está conectado. Guia do usuário 47 . de modo que você pode precisar editar as configurações nessa página. pode ser necessário repor os parâmetros da rede e nome do dispositivo para os valores de origem. Pressione o botão Liga/Desliga na parte dianteira do HP StoreOnce Backup System três vezes em sucessão rápida. • Se você não desligar o Modo de marcador da página Rede. que é a opção recomendada. Faça as alterações necessárias e clique em Atualizar. o HP StoreOnce Backup System começará sua sequência de reinicialização. Nenhum dado do usuário será perdido. N_Port requer que a porta do comutador seja compatível com NPIV (N_Port ID Virtualisation). • Velocidade: o padrão é Auto.

de modo que possa comunicar-se efetivamente com as estações de gerenciamento de rede usando SNMP (Protocolo de Gerenciamento de Rede Simples). tendo sido testada também com essa ferramenta. uma nova biblioteca é criada automaticamente sempre que um novo servidor se conectar pela primeira vez ao HP StoreOnce Backup System usando o iniciador iSCSI. 2. SNMP (Configuração) Esse recurso oferece um HP StoreOnce Backup System com a capacidade de atuar como um elemento de rede em uma rede SNMP. página 49. 48 Configuração de utilitário . conforme o caso. A implementação de SNMP do StoreOnce é compatível com HP System Insight Manager (HP-SIM). Faça qualquer mudança nos parâmetros padrão. Consulte também “Parâmetros de SNMP”.iSCSI (Configuração) Por padrão. 1. Use esta página caso deseje desativar esse recurso. clique em Editar e marque a caixa SNMP ativado. Para ativar o SNMP. como descrito abaixo. Você usa a guia SNMP para ativar esse recurso e configurar diversas opções.

como exibido na página Resumo da interface Web Management. É permitido usar no máximo 20 caracteres. Informações do sistema Localização do sistema localização física do HP StoreOnce Backup System. mas não é nada crítico. Autorização Comunidade de leitura Define a string da Comunidade de leitura do SNMP. ele relata o status geral do sistema. • Crítico – Algo no sistema precisa de atenção imediata. Contato do sistema Informações de contato do administrador do sistema.3. página 50). Tabela 10 Parâmetros de SNMP Status Status Quando o recurso SNMP é ativado. Se você não especificar os destinos. Clique em Adicionar na seção Destinos para especificar o(s) endereço(s) IP do(s) host(s) de gerenciamento SNMP que serão monitorados no HP StoreOnce Backup System. como relatado no registro de eventos e nos alertas de e-mails ou na interface Web Management. É permitido usar no máximo 20 caracteres. digite um string com até 20 caracteres. (Para remover um host SNMP. Guia do usuário 49 . Clique em Atualizar para aplicar os parâmetros. Essa string funciona como uma senha para o acesso de leitura e deve ser configurada manualmente no aplicativo de gerenciamento para que possa acessar eventos (consulte “HP Systems Insight Manager”. que podem ser um nome. os eventos serão informados a todas as pessoas na rede. basta selecionar seu endereço IP e clicar em Remover. Ele também relata mensagens de status do software ou do hardware. um endereço de e-mail ou um número de telefone.) 4. Ativação do SNMP Marque esta caixa para ativar o SNMP. O padrão é “público”. Caso deseje restringir o acesso de leitura. Nome do sistema É o nome de rede do StoreOnce Backup System. • Alerta – Algo precisa ser verificado no sistema. da seguinte forma: • OK – O status do sistema está bom. O estado padrão está desativado.

Descrição Descrição do host de gerenciamento de destino.hp. Existem três estágios para configurar o HP Systems Insight Manager para ser usado com o HP StoreOnce Backup System: 1. Registre o SEMI-MIB.mib e TRAP-DESTINATIONS-MIB. Interceptação Eventos de interceptação Define os eventos que serão relatados. 2. Por exemplo. Management Information Bases. consulte o “HP Systems Insight Manager Technical Reference Guide”. Configuração de utilitário . As Estações de gerenciamento de rede não podem gravar dados no HP StoreOnce Backup System. Atualize o banco de dados de tipos de sistemas com o novo tipo de sistema do HP StoreOnce Backup System. Só altere esse nome se alterar a string da Comunidade de leitura.mib. Esses bancos de dados precisam ser compilados e registrado no HP Systems Insight Manager para que as informações do StoreOnce Backup System possam ser transmitidas para um host de gerenciamento e interpretadas por esse host. É possível configurar até 16 endereços de destino. Registre o MIB do HP StoreOnce Backup System 1. e estão incluídos no CD fornecido com o produto (também pode-se fazer download deles em http://www. baseado no identificar de objeto de sistema exclusivo. mas pode ser redefinido para: • Alertas (relata apenas eventos de alerta) • Informações (relata apenas eventos de informações) • Ambos (relata eventos de alertas e de informações) String da comunidade Deve ser o nome da Comunidade de leitura e o padrão é “público”. Detecte o HP StorageWorks StoreOnce Backup System no HP Systems Insight Manager NOTA Para obter instruções detalhadas sobre como trabalhar com o HP-SIM. não há suporte para esse recurso. usados para representar as informações gerenciadas pelo HP StoreOnce Backup System também são chamados de SEMI-MIB. Endereço Endereço IP do(s) host(s) de gerenciamento do SNMP que farão o monitoramento do HP StoreOnce Backup System.mib e o TRAP-DESTINATION-MIB na base de MIBs compatíveis com o HP Systems Insight Manager.com/support). 50 Faça login no HP Systems Insight Manager.Comunidade de gravação Atualmente. HP Systems Insight Manager Os MIBs. para garantir a notificação de alertas e eventos de informação. O padrão é nenhum. 3. um endereço que pode ser digitado é o do servidor de gerenciamento HP-SIM. Destinos: É recomendável que elas sejam configuradas para sinalizar o servidor apropriado de gerenciamento HP SIM de sua rede.

Atualização do banco de dados de tipos de sistema 1.. nl 5.cfg.2. Role a lista de MIBs disponíveis para localizar o SEMI-MIB e o TRAP-DESTINATION-MIB. Abra uma janela de comando e vá para Program Files\HP\Systems Insight Manager\mibs. para adicionar um novo tipo de sistema. 3. Compile o TRAP-DESTINATIONS-MIB. nl 6. 8. Selecione Options — Manage System Types… na página inicial para exibir uma lista de todos os tipos de sistema gerenciados. Para verificar se o SEMI-MIB e o TRAP-DESTINATION-MIB foram registrados no HP System Insight Manager. Registre o TRAP-DESTINATIONS-MIB. Na janela de comando. digite o comando mxmib —a SEMI-MIB. Guia do usuário 51 . Registre o SEMI-MIB. 2. Na janela de comando. Digite o comando mcompile SEMI-MIB. digite o comando mxmib —a TRAP-DESTINATIONS-MIB. 7.mib.mib.. Faça logout do HP System Insight Manager e faça login novamente. selecione Options — Events — SNMP Trap Settings… na página inicial do HP-SIM. nl 3.cfg. Clique em New. Compile o SEMI-MIB. nl 4. Digite o comando mcompile TRAP-DESTINATIONS-MIB. Abra uma janela de comando e vá para Program Files\HP\Systems Insight Manager\mibs. Faça login no HP System Insight Manager se ainda não estiver conectado.

O HP StoreOnce Backup System será incluído como um produto no grupo de tipos de sistemas gerenciados.3. Selecione Options — Discovery… na página inicial para exibir uma lista dos sistemas detectados.1.3. 1. Defina uma nova regra preenchendo apenas os campos obrigatórios da seguinte forma: • System object identifier: 1.3.6.4. 2. Clique em OK. (Para verificar isso. 3.11.10.27 • Compare rule: match • Priority: 1 (mais alta) • System type: Storage Device • Product Model: HP StorageWorks D2D 5.1. selecione Storage Device no menu suspenso System Type.1.4. Clique em Edit… para configurar a regra de detecção do HP StoreOnce Backup System 52 Configuração de utilitário . Faça login no HP System Insight Manager se ainda não estiver conectado.) Detecção do HP StoreOnce Backup System NOTA Sempre configure a página SNMP na interface Web Management antes de detectar o HP StoreOnce Backup System no HP-SIM.

Clique em OK para confirmar. digite “public”. Se você estiver usando a configuração padrão. Clique em Credentials….4. 6. Guia do usuário 53 . Clique em Save para salvar a regra de detecção. 5. selecione a guia SNMP e digite a string Comunidade de leitura. que permite que todas as pessoas na rede leiam os alertas relatados. Use um único IP ou um intervalo de endereços IP para detectar a(s) nova(s) máquina(s) em Ping inclusion ranges… . Essa string deve ser igual à da Comunidade de leitura na página SNMP da interface Web Management.

O HP StorageWorks StoreOnce Backup System utiliza o SMTP (Simple Mail Transfer Protocol). O Microsoft Exchange tem um servidor SMTP virtual disponível. Para localizar o HP StoreOnce Backup System. no painel esquerdo. Alertas de email (Configuração) Esta página é usada para definir detalhes dos servidores de email que serão usados para encaminhar mensagens sobre o HP StoreOnce Backup System e especificar até oito recipientes de email. digite o seu endereço IP na caixa Pesquisar. se o sistema reinicializar. que é o padrão estabelecido para transferir correio através da Internet. que pode ser utilizado para receber esses e-mails e fazer um encaminhamento. e clique em Search. 8. verifique se a rede está funcionando corretamente e se o HP StoreOnce Backup System está on-line. encaminhar mensagens de e-mail. certifique-se de que o(s) HP StoreOnce Backup System(s) esteja(m) dentro do firewall. clique em Run Now. 54 Configuração de utilitário . As mensagens são geradas se um disco falhar ou alcançar a sua capacidade limite. Para configurar as definições de email. O Sendmail usa o protocolo SMTP para receber e. O processo de detecção adiciona novas máquinas à coleção de sistemas gerenciados. NOTA Se o processo de detecção falhar. se existirem problemas de rede ou se existir uma falha crítica de hardware.7. Os sistemas operacionais UNIX e Linux têm um programa Sendmail incluído. o HP StoreOnce Backup System deve estar na mesma rede de que enquanto servidor SMTP possa usar. se necessário. NOTA Se um firewall estiver em operação na máquina que executa o HP Systems Insight Manager. se necessário. Para iniciar o processo de detecção.

Por exemplo. Abra o console do Exchange Management. Podem ser especificados até oito endereços de e-mail.. Guia do usuário 55 . use o botão Teste para enviar um teste de e-mail para o endereço especificado. Faça as mudanças necessárias e clique em Atualizar. 3. utilize o botão Teste para certificar-se de que os e-mails podem ser enviados com êxito. É importante verificar os parâmetros de configuração de segurança do servidor SMTP.. Nome de usuário e senha Para enviar alertas de e-mail. 2. Após configurar um destinatário de e-mail./8 Esse é o endereço de e-mail da pessoa que deve receber a mensagem. Para exibir ou modificá-los: 1. Você pode usar apenas um endereço por linha.• Clique Editar para tornar os campos editáveis. Endereço de e-mail do destinatário 1/2/3.com”. Se necessário. você pode criar uma conta chamada “MeuD2D@MeuServidor. Conta de e-mail do remetente Essa é a conta de email à qual o e-mail será atribuído na caixa de entrada do receptor. Clique em Servers e depois no servidor a ser configurado. Para configurar o Microsoft Exchange Server NOTA Consulte o Linux and UNIX Configuration Guide no CD-ROM para obter informações sobre a configuração do SMTP para UNIX e Linux. A conta deve existir no servidor de email. Clique em Protocols e depois em SMTP. alguns servidores de e-mail exigem autenticação. Os parâmetros de configuração da segurança podem ser encontrados nas páginas de propriedade do servidor virtual SMTP. • Após criar um endereço de e-mail do destinatário. para garantir que a Conta de e-mail do remetente pode ser reconhecida. Tabela 11 Parâmetros de e-mail Servidor SMTP É o endereço IP do servidor de e-mail. digite aqui um Nome de usuário e palavra passe válidos no servidor SMTP informado na caixa anterior.

Se o seu servidor SMTP exigir essa forma de autenticação e você tiver uma porta de rede extra. Neste caso. Clique com o botão direito nesse servdor e selecione Properties. 5. selecione Authentication. permitindo conexão somente com o HP StoreOnce Backup System.4. em seguida. Você verá o servidor SMTP virtual padrão. não é necessário fornecer um Nome de usuário e palavra passe ao configurar os alertos de e-mails) • Basic Authentication. Selecione a guia Access Control e. é recomendável criar um novo servidor SMTP virtual. O HP StoreOnce Backup System pode ser utilizado com uma das seguintes configurações: • Anonymous Authentication (qualquer pessoa pode fazer login. você pode bloquear o servidor SMTP para usar só o endereço IP do HP StoreOnce Backup System e a autenticação poderá ser definida com segurança como anônimo para o servidor SMTP dedicado. onde um nome de usuário e palavra passe são exigidos e devem ser fornecidos ao configurar os alertas de e-mail NOTA Não há suporte para Integrated Windows Authentication no HP StoreOnce Backup System. 6. 56 Configuração de utilitário .

somente séries HP D2D4100 e 4300 Disco (Status). somente série HP D2D2500 RAID (Status). e qual seria a ação apropriada. Estes gráficos mostram a taxa de transferência de Virtual Tape e NAS. o que demonstra a atividade de backup e a taxa de transferência de replicação atuais. Eles são atualizados a cada 5 segundos e oferecem informações úteis sobre as atividades no HP StoreOnce Backup System. implementações NAS e de replicação para obter mais informações sobre como usar esses gráficos em conjunto com outras informações para decidir se é necessário realizar alguma ação para melhorar o desempenho. As seguintes opções estão disponíveis: • • • • • • • • • Atividade do sistema (Status) Armazenamento (Status). somente série HP D2D2500 Rede (Status) iSCSI (Status) Fibre Channel (Status) Relatórios de armazenamento (Status) Log (Status) Atividade do sistema (Status) Esta guia exibe dois gráficos que ilustram a atividade do sistema. Guia do usuário 57 .6 Status O menu Status permite monitorar a atividade do sistema e a integridade dos elementos de armazenamento e as conexões/interfaces de rede. Consulte as Práticas recomendadas D2D para VTL.

discos. essas prateleiras são identificadas pelo slot na placa e pela porta na placa RAID à qual a prateleira está conectada). São exibidos dois campos na parte superior de cada uma das três guias. o disco sobressalente on-line será imediatamente utilizado para substitui-lo. Prateleira é usado como um termo da interface Web Management Interface para identificar o espaço físico de armazenamento fornecido pelo HP StoreOnce Backup System (prateleira interna para a série HP D2D4300 e prateleira 0 para a série HP D2D4100) e pelo kit de atualização de capacidade (prateleira 1 para a série HP D2D4100. • Status do pool de armazenamento: Este é o resumo da integridade geral do armazenamento e do RAID • Status do gerenciador de armazenamento: Esta é a mensagem mais recente enviada pelo sistema de gerenciamento de armazenamento. Cada prateleira contém 12 discos físicos. O Pool de armazenamento diz respeito ao espaço geral de armazenamento disponível no HP StoreOnce Backup System que tem os hosts para armazenar dados. NOTA Essa página não é exibida com os HP Backup Systems série D2D2500. para a série HP D2D4300. sendo que um dos discos é um disco sobressalente on-line. RAID e prateleiras para HP Backup Systems séries D2D4100 e D2D4300.Armazenamento (Status) Essa página contém quatro guias que especificam informações sobre pool de armazenamento. Se um dos outros discos da prateleira falhar. O disco com erro deve ser substituído o mais breve possível. Ele é composto por prateleiras e discos. 58 Status . O processo de reconstrução do RAID ocorre automaticamente.

No momento. Pool de armazenamento Esta seção exibe o status geral do pool de armazenamento e o número de prateleiras configuradas no pool de armazenamento. • Clique em Descobrir para pesquisar por prateleiras e atualizar as informações desta página. Essa função é usada somente se o pool de armazenamento tiver falhado. Prateleiras configuradas Esta seção exibe o status das prateleiras configuradas e a quantidade de discos. Ela só deve ser usada sob orientação do atendimento ao cliente HP. por exemplo. Status Mostra o status geral do pool de armazenamento. As informações do pool de armazenamento não podem ser exibidas se o gerenciador de armazenamento estiver ocupado. É a guia utilizada para adicionar uma prateleira ao pool de armazenamento. Esse processo em geral ocorre automaticamente. estiver adicionando uma prateleira. Guia do usuário 59 . após a instalação física do kit de atualização de capacidade. Número de prateleiras Mostra o número de prateleiras configuradas no pool de armazenamento. há apenas um pool de armazenamento por HP StoreOnce Backup System. por exemplo.Guia Pool de armazenamento Esta guia exibe o status geral do pool de armazenamento e o número de prateleiras no pool de armazenamento e seu status de configuração. • Clique em Excluir para retornar às configurações originais do pool de armazenamento. Os seguintes exemplos mostram a Guia Pool de armazenamento para um produto da série HP D2D4300. Você tem como saber em que prateleira o disco está na seção Prateleiras configuradas. Uma mensagem de aviso é exibida se um disco tiver falhado e um RAID estiver sendo reconstruído. As informações da prateleira não podem ser exibidas se o gerenciador de armazenamento estiver ocupado. se estiver adicionando uma prateleira. mas será necessário verificar a página Prateleiras para encontrar o local exato do disco que falhou. Identificação do pool de armazenamento Esta é uma ID única.

Consulte o Guia do kit de atualização de capacidade fornecido com a prateleira de expansão para obter mais informações. verifique se não há trabalhos em execução. o segundo número é o sobressalente on-line. pode levar de 5 minutos a mais de 24 horas para adicionar uma nova prateleira. Os sistemas HP D2D4312 Backup podem ter até três prateleiras. 60 Status . Série HP D2D4300: Este é o nome da prateleira. Estado da configuração Este é o status da configuração da prateleira.A prateleira Interna identifica os discos no HP D2D4312 Backup System. Guia Discos Essa guia fornece informações sobre o uso total do armazenamento e os dispositivos (bibliotecas e compartilhamentos de NAS) que fazem uso do StoreOnce Backup System. Os sistemas HP D2D4312 com várias prateleiras podem ter consideravelmente mais requisitos. É mostrado como não configurada se ainda não for parte do pool de armazenamento. O primeiro número refere-se ao número de discos no RAID. Discos Mostra o número de discos por prateleira. Dependendo do volume de dados no StoreOnce Backup System. Prateleira 1 é o kit de upgrade de capacidade. • Clique em Adicionar para acrescentar prateleiras ao RAID do pool de armazenamento e expandir a capacidade do HP StoreOnce Backup System. IMPORTANTE Quando você adiciona uma prateleira. Use-a para verificar como os dispositivos individuais estão usando o espaço total de armazenamento e quando este está atingindo sua capacidade. • Clique em Criar para criar um pool de armazenamento. as prateleiras externas são identificadas pelo slot da placa e pela porta na placa RAID à qual a prateleira está conectada. Status Este é o status da prateleira. o StoreOnce Backup System é desconectado. se estiver instalado. dependendo da configuração das prateleiras e da quantidade de dados. Normalmente é 11+1 mas pode ser alterado para exibir o número de discos ativos em uso. Prateleira Este é o número da prateleira. Você deverá verificar a página Prateleiras para encontrar o local exato do disco que falhou. Uma mensagem de aviso é exibida se um disco tiver falhado e um RAID estiver sendo reconstruído. Ela também mostra a taxa de desduplicação por biblioteca ou compartilhamento. As plataformas externas são identificadas como 1. Não poderão ser executados trabalhos de backup nem replicação. Isso só seria necessário se você tivesse deletado o pool de armazenamento e necessitasse recriar o ambiente. Antes de usar esta opção. Interna é o HP StoreOnce Backup System. As prateleiras externas são identificadas pelo slot da placa e pela porta na placa RAID à qual a prateleira está conectada. A prateleira 0 identifica os discos no HP D2D4100 Series Backup System. Também pode ser feito o download desse guia no site da HP. Essa informação é mostrada na última coluna e é atualizada sempre que os dados são gravados em disco. Série HP D2D4100: Prateleira 0 é o HP StoreOnce Backup System.

Disco usado do dispositivo de fita Esta seção exibe uma lista de bibliotecas disponíveis com seu número de cartuchos. Disco usado de compartilhamentos de NAS Esta seção exibe uma lista de compartilhamentos de NAS disponíveis. A lista estará vazia se o HP StoreOnce Backup System estiver off-line ou se não tiver sido criado nenhum compartilhamento de NAS. e se a desduplicação de dados está habilitada. Guia do usuário 61 .Uso do armazenamento Esta seção fornece informações sobre o uso total do disco. O sistema enviará mensagens de aviso a destinatários de e-mail (se configurado) quando o armazenamento estiver atingindo a capacidade. A captura de tela a seguir é de um modelo da série HP D2D4300. A capacidade máxima de armazenamento é exibida à direita da barra. Os modelos da série HP D2D4100 têm somente um controlador de RAID. A barra Armazenamento utilizado indica quanto do espaço em disco foi usado para armazenar dados de backup do(s) host(s). quantidade de dados de usuários armazenados e se a deduplicação de dados está ativada. O ícone Armazenamento na página Resumo também indicará que esse espaço está atingindo seu limite. volume de dados de usuários armazenados e tamanho no disco. Use-a para verificar o espaço total do disco e quando esse espaço estiver atingindo sua capacidade. RAID A guia RAID mostra o status do controlador RAID e das unidades lógicas. A lista estará vazia se o StoreOnce Backup System estiver off-line ou se não tiver sido criada nenhuma biblioteca de fita virtual.

Tamanho Este é o tamanho da unidade lógica. Status Este é o status da unidade lógica. Série HP D2D4300: Existe uma entrada para a prateleira interna e para cada prateleira de expansão instalada. a unidade maior contém os dados. As prateleiras de expansão são identificadas pelo número do slot. O status do RAID e da bateria RAID também são mostrados na página Resumo. A unidade menor contém informações de configuração. Série HP D2D4100: Há apenas um no sistema atual. Estado do RAID Este é o estado do RAID da unidade lógica. ID da unidade lógica Esta é uma ID única para a unidade lógica. Consulte o Guia de manutenção e serviços do HP StoreOnce Backup System para obter mais informações sobre a troca da bateria RAID. Prateleira identifica a placa RAID e a porta às quais a prateleira está conectada se você tiver realçado uma prateleira externa na lista do controlador RAID. O botão Apagar só fica ativo se algum RAID tiver falhado e não puder ser recuperado. Bateria RAID Em operação normal.Controladores de RAID Controladores RAID Está é a ID do controlador RAID. OK. O único momento em que o estado do RAID pode estar diferente para os pares de unidades lógicas é quando o RAID está reconstruindo ou inicializando/otimizando. substitua o mais rápido possível. Essas unidades sempre funcionam como pares. As unidades lógicas devem ser apagadas de cima para baixo (inicie pela unidade lógica com o número maior e continue de trás para frente) Use com cuidado e só quando o atendimento ao cliente HP o orientar a fazê-lo. é exibido em verde. 62 Status . Selecione uma prateleira para exibir informações sobre as suas unidades lógicas. Se a bateria falhar. Unidades lógicas Cada prateleira é composta de duas unidades lógicas.

é exibido em verde. Esses Backup Systems podem ter até três prateleiras adicionais. Prateleira 1 é o kit de upgrade de capacidade. Consulte “Substituição do disco rígido”.Prateleiras Esta página mostra o status das prateleiras e dos discos físicos. Se um ou mais discos falharem. Status Em operação normal. página 157 para obter mais informações sobre a substituição do disco. Prateleiras Clique na prateleira (marcada em azul) para exibir os discos localizados nessa prateleira na seção Discos físicos. Guia do usuário 63 . É mostrado como não configurada se ainda não for parte do pool de armazenamento. Discos O número de discos físicos disponíveis na prateleira incluindo o disco sobressalente on-line. Você também pode usá-la para marcar um disco no StoreOnce Backup System. OK. Série HP D2D4300: Interna refere-se ao HP StoreOnce Backup System. O disco deve ser substituído o mais rápido possível. se estiver instalado. O LED de marcação na parte dianteira do disco individual pisca na cor Azul. Prateleiras adicionais mostram o número do slot da placa e da porta às quais estão conectadas. Série HP D2D4100: Prateleira 0 é o HP StoreOnce Backup System. é exibido um ícone de falha e uma mensagem. Prateleira Este é o número da prateleira. Estado da configuraçao Indica se a prateleira foi configurada.

No entanto. Após substituir o disco e reconstruir o RAID. Use-a para verificar se o espaço total em disco está atingindo a capacidade. 1 TB (HP D2D4112/4312) ou 500 GB (HP D2D4106). Ela também exibe as taxas de deduplicação de dados. Consulte a entrada do glossário Armazenamento para obter mais informações. Disco Indica a localização física do disco e é útil se você necessitar substituir um disco. Com falha. 64 Status . a caixa ao lado do Disco 1 ou do Disco 12 é novamente marcada ao reiniciar sua função como disco sobressalente on-line Marcador Marque esta caixa de seleção para marcar o LED na parte dianteira do disco. Sempre verifique o número de série antes de remover o disco. Falha preditiva. é muito importante obter o número de série e a localização física do disco com erro nesta página antes de fazer a troca. Versão do FW É a versão do software do disco. Muito pequeno. Disco (Status) Esta página fornece informações sobre o uso total de disco e o uso de disco de cada biblioteca e compartilhamento de NAS configurados no Backup System série HP D2D2500. A soma dos discos apresenta a capacidade total bruta disponível. É altamente recomendável que você use esta página para marcar um disco no StoreOnce Backup System. os discos internos são exibidos na seção Discos físicos. Geralmente é: • Série HP D2D4300: Disco 1 para a prateleira interna e disco 12 para a prateleira de expansão • Série HP D2D4100: Disco 12 A caixa será desmarcada se um disco falhar e o sobressalente on-line substituir o disco com falha. Sobressalente Indica o local do disco sobressalente on-line. IMPORTANTE Se precisar trocar um disco. Use as informações desta seção para identificar discos que possam estar falhando ou que estejam atingindo a capacidade. Em reconstrução. Número de série É o número de série do disco. O LED marcador na parte dianteira do disco individual é azul uniforme. Anote-o sempre. Isso ajuda a identificar o disco que exige atenção e a prateleira que o contém. Pode ser útil para solução de problemas e quando um disco for substituído. Exibe o tamanho de cada disco no StoreOnce Backup System. Tamanho É de 2 TB (HP D2D4324).Discos físicos Quando você seleciona uma prateleira. Status Este é o status do disco físico. Descrição É o número de produto do disco. antes de substituir um disco com falha. Os estados possíveis são: OK. a capacidade que pode ser usada é sempre inferior por causa da configuração de RAID usada pelos discos.

A capacidade máxima do disco é exibida à direita do gráfico. Disco usado do dispositivo de fita Esta seção mostra como as bibliotecas individuais estão usando o espaço em disco. se os discos começarem a ficar cheios. Opções para criação de espaço. incluem: • Verifique se você consegue reduzir o tamanho do backup ou o tempo de retenção em seus trabalhos de backup.NOTA A página não é exibida nos Backup Systems série HP D2D4100 e HP D2D4300. Taxa de deduplicação de dados A taxa de deduplicação de dados é atualizada sempre que forem gravados dados no disco. O sistema lhe enviará mensagens de aviso para recipientes de email que os discos estão alcançando a capacidade. O ícone de uso do disco na página Resumo também indicará que esse espaço em disco está atingindo seu limite. Tabela 13 Parâmetros de disco usado do dispositivo Nome Este é o nome da biblioteca. Utilização do disco Essa secção exibe pra você quanto disco já foi usado. Número de cartuchos Este é o número de cartuchos configurados para essa biblioteca na página Dispositivos. Guia do usuário 65 . Tabela 12 Parâmetros de disco usado GB usados A área vermelha indica quanto do espaço em disco foi usado para armazenar dados de backup do host. • Utilize as configurações dos trabalhos do aplicativo de backup para sobrescrever ou apagar dados.

OK. Use-o para identificar discos que possam estar falhando ou discos que estejam atingindo a capacidade. Deduplicação de dados Indica que a desduplicação foi habilitada para essa biblioteca na página Dispositivos. 66 Status . é exibido em verde. Você também pode usá-la para marcar um disco no StoreOnce Backup System. É o volume de dados dos quais o aplicativo de backup fez backup no compartilhamento. Deduplicação de dados Indica que a desduplicação foi habilitada para esse compartilhamento NAS. Se um ou mais discos falharem. NOTA A página não é exibida nos HP Backup Systems séries D2D4100 e D2D4300. RAID (Status) Esta página fornece informações sobre o status do RAID e o status dos discos físicos no HP Backup System série D2D2500. é exibido um ícone de falha. Esse valor é de dados com deduplicação. Tabela 14 Parâmetros de disco usado de compartilhamentos de NAS Nome Este é o nome do compartilhamento de NAS. O LED marcador na parte dianteira do disco individual é azul uniforme. Status do RAID Em operação normal. Disco usado de compartilhamentos de NAS Esta página exibe informações sobre disco usado dos destinos de backup de NAS.Dados do usuário armazenados Esta é a quantidade de dados do usuário armazenados nessa biblioteca. Dados do usuário armazenados Esta é a quantidade de dados do usuário armazenados nesse compartilhamento de NAS.

o sistema exibirá um alerta. Tamanho É de 500 GB para o HP D2D2502i. 1 TB para o HP D2D2504i. Marcador Marque esta caixa de seleção para marcar o LED na parte dianteira do disco. Guia do usuário 67 . é muito importante obter o número de série e a localização física do disco com erro nesta página antes de fazer a troca. Use esta página para obter mais informações sobre o status de portas individuais. Versão do SW É a versão do software do disco. Se precisar trocar um disco. Verde indica OK. mas não identificará a porta que falhou. Sempre verifique o número de série após remover o disco. Isso ajuda a identificar o disco que requer atenção. Estado Indica o estado do disco. Se houver um problema em uma das portas. Anote-o sempre antes de substituir um disco com falha. Tabela 15 Parâmetros do disco físico Disco Indica a localização física do disco e é útil se você necessitar substituir um disco.Discos físicos Essa seção fornece informações sobre os discos físicos. Rede (Status) Esta página mostra o status da rede do HP Backup System série D2D4300 e o status da(s) porta(s). Descrição É o número de produto do disco. vermelho indica um disco com falha. A página Resumo mostra apenas o status geral da rede. O ícone de falha é um quadrado vermelho com um X branco. Número de série É o número de série do disco. Pode ser útil para solução de problemas e quando um disco for substituído.

isso indica que o Iniciador iSCSI no host não entrou. Esta página serve principalmente para fins informativos e é útil na solução de problemas.iSCSI (Status) Essa página exibe os detalhes de iSCSI para todos os dispositivos que estejam configurados no HP StoreOnce Backup System. Esta página serve principalmente para fins informativos e é útil na solução de problemas. Existem duas guias: Detalhes de iSCSI do permutador de mídia e detalhes de iSCSI da unidade. Se todas as sessões forem inativas (não conectadas). essa guia não será exibida. Ela não poderá ser editada. Se um dispositivos estiver exibido como não conetado. Isso assegura que entrará novamente automaticamente sempre que o host for inicializado. NOTA Também há uma guia Conexões ativas que exibe as informações sobre sessões iSCSI abertas. 68 Status . Faça login usando o iniciador iSCSI e defina o dispositivo como um Persistent Target para esse host. Ela não poderá ser editada. Selecione uma biblioteca na lista de dispositivos para visualizar os detalhes da conexão par ao permutador de mídia da biblioteca e unidades. Fibre Channel (Status) Essa página exibe os detalhes de todos os dispositivos FC que estejam configurados no HP StoreOnce Backup System. Clique em um dispositivo para selecioná-lo e exibir as informações sobre iSCSI associado.

NAS and Replication implementations para obter mais informações sobre como usar esses gráficos em conjunto com outras informações para decidir se é necessário realizar alguma ação para melhorar o desempenho e qual seria a ação apropriada. Um número muito alto indica que o dispositivo foi zoneado inadequadamente e poderia causar problemas. Essas definições podem ser editadas somente na página Configuração apropriada. pelo menos uma conexão ativa é necessária. • O Número de logins é o número de hosts atualmente com uma conexão lógica ativa com este dispositivo. Biblioteca ou Compartilhamentos. verifique a conexão FC física.Seção Dispositivos Os detalhes nessa sessão refletem as definições que foram configuradas para essa biblioteca quando ela foi criada na página Dispositivos ou quando o Fibre Channel foi configurado. esse campo será deixado em branco. • O Tipo da porta descreve a natureza da conexão e deve corresponder aos detalhes de topologia. • A ID da porta consiste em três números hexadecimais e é conhecida como o endereço FC pelos mesmos fabricantes. Se o dispositivo não estiver conectado. a Taxa de desduplicação foi selecionada como o tipo de Dados. Se o campo Conexão para todos os dispositivos na mesma porta estiver mostrando Não conectado. Algumas alterações de configuração podem ser necessárias ou a configuração pode não ser compatível. Relatórios de armazenamento (Status) Essa página tem três guias que permitem selecionar relatórios de armazenamento Geral. Cada guia permite selecionar Dados e/ou o Período nas caixas suspensas para especificar os eixos do gráfico. Seção Biblioteca Há uma linha para cada dispositivo associado à biblioteca. O Tipo de dispositivo determina a quantidade de unidades. Existem três tipos de Dados: • Taxa de desduplicação • Armazenamento em disco • Armazenamento de dados O Período pode ser semanalmente ou mensalmente. Para ser usado. No seguinte exemplo. Guia do usuário 69 . Consulte as D2D Best Practices for VTL. Examine o comutador FC para visibilidade dos dispositivos.

para exibir todas as mensagens de Erro. de erro ou de aviso. Classificação e pesquisa de log Clique no cabeçalho de qualquer coluna para classificar as mensagens de acordo com o critério. Os ícones identificam se as mensagens são informativas. Os dados mais recentes são exibidos no topo da lista. O registro será mantido mesmo se o HP StoreOnce Backup System for desligado e religado. 70 Status . Por exemplo.Log (Status) Essa página apresenta uma lista de data e hora de eventos importantes do sistema. Use o botão Limpar registro para limpar a lista. por exemplo. • Use o menu suspenso à direita para filtrar a gravidade. Clique em Exibir caixa de pesquisa para exibir o campo Filtro e dois menus suspensos. • Use o menu suspenso central para selecionar uma coluna (ou todas) e digite uma string de pesquisa na caixa do filtro. clique em Data para classificar as mensagens de acordo com a data.

portanto. • Guia de Conceitos Básicos HP StoreOnce Backup System:se você é novo no HP StoreOnce Backup System.7 Replicação O menu Replicação permite que você monitore e configure todos os aspectos da replicação. por exemplo: um utilitário de destino ficou off-line ou um compartilhamento mapeado (NAS) ou um par de slots (VTL) não está em sincronia. ou se encontra fora por um certo número de dias (horas). não irão produzir dados precisos de imediato A metade inferior da página contém três guias. dependendo das configurações de horas fora de sincronia com aviso/crítico Também há uma segunda linha que indica se o utilitário está licenciado como um destino de replicação ou não. • Práticas recomendadas D2D para VTL. que estão disponíveis no site da HP. incluindo exemplos que usam os Assistentes de replicação e recuperação. dependendo da configuração para avisos de horas fora de sincronia • Trabalhos ativos da origem • Trabalhos ativos do destino Guia do usuário 71 . Se você é um novo em replicação. implementações NAS e de replicação: este guia descreve as práticas recomendadas e também inclui exemplos usando diferentes aplicativos de backup. que pode ser: OK Um utilitário de destino off-line Um compartilhamento mapeado (NAS) ou par de slots (VTL) não está sincronizado. é uma boa ideia ler este guia antes de configurar seu sistema. é altamente recomendável que você leia os seguintes documentos. replicação e manutenção do sistema que competem por recursos. Ele descreve a tecnologia StoreOnce e orienta como planejar a carga de trabalho que está sendo colocada no HP StoreOnce Backup System para otimizar o desempenho e minimizar o impacto das operações de desduplicação. Status (Replicação) A • • • parte superior desta página exibe o resumo do status de replicação do utilitário. Estas tabelas mostram o rendimento médio durante um determinado período. ou fora de sincronia. As seguintes opções estão disponíveis: • • • • • • Status (Replicação) Mapeamentos de fita virtual (Replicação) Mapeamentos de NAS (Replicação) Utilitários de parceiros (Replicação) Utilitário local (Replicação) Histórico de eventos (Replicação) Essas páginas permitem monitorar e configurar a replicação. que exibem os detalhes de status de: • Problemas atuais. durante determinado número de dias (horas). Eles fornecem uma discussão detalhada sobre estratégias de implantação de replicação e terminologia. A parte central dessa página contém informações sobre a taxa de transferência da replicação e as sessões ativas.

Clique e destaque qualquer um dos detalhes do status para exibir mais informações sobre o problema. (Os mapeamentos de compartilhamento de NAS são gerenciados em uma guia separada. 72 Replicação .) NOTA Você só pode mapear e replicar as bibliotecas de deduplicação de dados e só pode mapear bibliotecas da mesma versão. Mapeamentos de fita virtual (Replicação) Esta página permite configurar e ver como os cartuchos são mapeados entre as bibliotecas de origem e de destino.

A opção está disponível para recuperar cartuchos individuais de bibliotecas de destino de replicação. Slots mapeados Número de slots que foram mapeados. Tamanho em disco A quantidade de espaço usado no disco. que pode ser Sincronizado. que pode ser sem replicação. Tipo de dispositivo O tipo de emulação configurado para essa biblioteca. Versão da biblioteca Número da versão da biblioteca. definido quando o dispositivo da biblioteca foi criado. As bibliotecas locais são as que foram configuradas no HP StoreOnce Backup System. Tabela 17 Parâmetros do mapeamento de slots Biblioteca de origem de replicação ou de destino de replicação selecionada Nome do mapeamento de slot Este é o nome do mapeamento de slot. Slots totais Número total de slots configurados no dispositivo da biblioteca. Status da replicação Status da replicação. até que os slots sejam configurados usando esta página. Tabela 16 Parâmetros da biblioteca local Nome da biblioteca Nome da biblioteca. on-line) Função Função. Guia do usuário 73 . Você também pode remover um mapeamento de slots clicando no botão Remover. Os assistentes de replicação e recuperação só estão disponíveis em bibliotecas sem replicação.Biblioteca local Esta seção contém uma lista de todas as bibliotecas locais disponíveis. Ele é criado quando você executa o assistente para definir o agrupamento de slots que selecionou. Inicialmente. Sincronizando ou Sincronização pendente. Dados do usuário armazenados O volume em GB de dados do usuário armazenados. em todos os dispositivos de biblioteca não há replicação. Nome do utilitário de origem/destino Nome do utilitário de destino no qual os cartuchos serão replicados. Não é necessário mapear todos os cartuchos em uma biblioteca de origem de replicação e a biblioteca de destino de replicação não precisa conter o mesmo número de cartuchos que a biblioteca de origem de replicação. origem da replicação ou destino da replicação. • Biblioteca de destino de replicação: uma biblioteca nesse HP StoreOnce Backup System com slots que contêm cartuchos replicados de uma biblioteca de origem de replicação. Mapeamentos de slots Selecione uma biblioteca local para exibir os mapeamentos de slots para essa biblioteca. Status da biblioteca O status da biblioteca local (por exemplo. • Biblioteca sem replicação: uma biblioteca nesse HP StoreOnce Backup System com slots que ainda não foram mapeados para replicação. • Biblioteca de origem da replicação: uma biblioteca nesse HP StoreOnce Backup System com cartuchos que foram mapeados para replicação.

Janela de blecaute ativa Está relacionada ao utilitário local em sua função de utilitário de origem ou de destino. Guia de detalhes da biblioteca Esta guia detalha o mapeamento entre as bibliotecas de origem e de destino. Se você selecionou uma biblioteca de origem. Nome da biblioteca de origem/destino Nome da biblioteca na qual os cartuchos serão replicados no utilitário de destino. que possibilita que o usuário solicite que um slot mapeado seja recuperado do destino para a origem. Não será iniciado nenhum trabalho de replicação se o utilitário de origem ou de destino de um mapeamento estiver em blecaute e todos os trabalhos em execução para o mapeamento sofrerão uma pausa. Número de série do utilitário de origem/destino Número de série do utilitário de destino no qual os cartuchos serão replicados. você será informado se a recuperação está sendo processada. se necessário. Detalhes do mapeamento de slots As duas guias da parte inferior dessa página exibem informações mais detalhadas do mapeamento da biblioteca selecionada e do mapeamento de slots. Se foi selecionada uma biblioteca de origem. use esta guia para saber: • O número de slots mapeados e o status da replicação • A capacidade média de produção dos dados Você só pode editar o Nome do mapeamento nesta guia. poderá executar o assistente de replicação ou recuperação. • Ativar a caixa de seleção Recuperar primeiro. Todas as outras informações são idênticas para as bibliotecas de origem e de destino. Status da replicação Mostra se o mapeamento está sincronizado. você será informado se a biblioteca de destino está visível para o host. Por exemplo. Status da biblioteca de origem/destino O status da biblioteca de parceiro (como a on-line). Ela contém a capacidade média de produção dos dados de cada slot. Guia Detalhes dos slots Esta guia exibe os detalhes de cada slot mapeado no mapeamento de slots selecionado.Endereço do utilitário de origem/destino Endereço IP do utilitário de destino no qual os cartuchos serão replicados. Consulte Execução do Assistente de replicação (dispositivos de fita virtual) para obter mais informações. Os assistentes de replicação Quando você seleciona uma biblioteca sem replicação. • Use o assistente de replicação para criar mapeamentos de slots para a biblioteca sem replicação. Utilitário de origem/destino on-line Indica se um link de replicação está estabelecido com o utilitário de parceiro. ela se torna uma biblioteca de origem. Se foi selecionada uma biblioteca de destino. 74 Replicação . poderá: • Editar o slot de destino ao qual um slot de origem está mapeado.

Guia do usuário 75 . dispositivos VTL para obter mais informações. Decida como você propagará o primeiro backup completo no utilitário de destino. 2. Execução do Assistente de replicação (dispositivos de fita virtual) O Assistente de replicação é usado para criar novos mapeamentos entre as bibliotecas sem replicação (que se transformam em bibliotecas de origem de replicação) e as bibliotecas de destino existentes ou novas. Consulte Recuperação do utilitário de origem. DICA Clique no link exibir/ocultar detalhes para verificar a quantidade permitida de utilitários de destino e o número de utilitários de destino configurados no momento. Clique em Iniciar assistente de replicação e continue para a etapa Selecionar utilitário de destino.Mapeamentos de fita virtual e selecione uma biblioteca sem replicação para ser convertida em biblioteca de origem de replicação. Você está propagando pela WAN ou conseguiu compartilhar a localização do utilitário de destino na mesma LAN que o utilitário de origem? Consulte o Guia de conceitos básicos do HP StoreOnce Backup System para obter uma discussão mais detalhada sobre propagação.• Use o Assistente de recuperação para recuperar cartuchos de uma biblioteca de destino. 3. 4. Crie uma biblioteca sem replicação no utilitário de origem. Acesse a página Replicação . Crie um esquema de rodízio de backup e permita a execução do primeiro backup completo. 5. 1.

Os valores padrão dos números de porta do protocolo de comando e de dados geralmente são aceitos. (Se a replicação precisar ocorrer através de um firewall. NOTA Se você deseja selecionar um utilitário que não consta da lista. mas podem ser editados em caso de conflito. Selecione um utilitário de destino na lista e clique em Próxima. clique em Adicionar utilitário de destino. Digite o endereço IP do utilitário de destino ou um nome de domínio completo. o administrador da rede precisará abrir as portas (TCP) 9387 (protocolo de comando) e 9388 (protocolo de dados) para permitir que o tráfego da replicação passe de e para os HP StoreOnce Backup Systems.6. 76 Replicação .) Clique em Adicionar utilitário de destino.

clique em Criar nova biblioteca de destino.7. Ao criar bibliotecas em um utilitário de destino. é possível criar bibliotecas com 0 (zero) discos. com uma sugestão de que podem haver discos demais em uso no destino. a biblioteca deve ser criada no destino antes de mapear a partir da origem. NOTA Se você precisa criar uma nova biblioteca no utilitário de destino. Não é possível criar uma nova biblioteca de destino se a opção Permissões de utilitário de origem estiver habilitada no utilitário de destino selecionado. Guia do usuário 77 . Tentar criar uma biblioteca com mais discos que os disponíveis no destino provocará falha. Configure os detalhes como você faz normalmente quando cria um novo dispositivo de biblioteca. Em vez disso. Selecione uma biblioteca no utilitário de destino na lista e clique em Próxima. O assistente avança para a etapa Selecionar biblioteca de destino.

Se você deseja desmarcar cartuchos dessa configuração de mapeamento de slots. Clique em Próximo para exibir um resumo da configuração de replicação que você criou. selecione Não mapeado no menu suspenso Nome de slot de destino. Digite um Nome de mapeamento de slot. Um novo código de barras é gerado para eles na biblioteca de destino (esses códigos de barras serão sobrescritos com os da origem quando for iniciada a replicação). 9. São exibidos o número de slots e os códigos de barra de todos os cartuchos de origem. Por padrão. todos os slots da origem são selecionados para mapeamento e mapeados para slots disponíveis na biblioteca de destino. 78 Replicação .8. Isso o direcionará à etapa Editar mapeamento de slots.

lembre-se de transferir o utilitário de destino para o local de origem logo que os cartuchos forem sincronizados.10. Clique em Aplicar para criar a configuração do mapeamento de slots. Consulte o campo Status de replicação na guia Detalhes da biblioteca da página Mapeamentos de fita virtual. A replicação dos cartuchos começará assim que as bibliotecas forem sincronizadas. NOTA Se você compartilhou a localização do utilitário de destino na mesma LAN que o utilitário de origem para melhorar o desempenho da replicação. Ele muda de “Sincronização pendente” para “Sincronizando” e depois “Sincronizado”. Guia do usuário 79 .

(Os mapeamentos de bibliotecas de fita virtual são gerenciados em uma guia separada.Figura 1 Processo de criação de replicação Mapeamentos de NAS (Replicação) Esta página permite configurar e ver como os compartilhamentos de NAS são mapeados entre os utilitários de origem e de destino.) 80 Replicação .

Tabela 18 Parâmetros do compartilhamento local Nome do compartilhamento O nome do compartilhamento. Status da replicação Status da replicação. até que os mapeamentos sejam configurados por meio desta página. que pode ser Sincronizado. Versão do compartilhamento Número da versão do compartilhamento. Função Função. • Sem replicação: um compartilhamento no HP StoreOnce Backup System que ainda não foi mapeado para replicação. Inicialmente. Sincronizando Guia do usuário 81 . Tamanho em disco A quantidade de espaço usado no disco. Dados do usuário armazenados O volume em GB de dados do usuário armazenados. Entradas O número de arquivos e diretórios existente no compartilhamento local (todos os arquivos e diretórios existentes serão replicados se o compartilhamento for mapeado). • Destino de replicação: um compartilhamento no HP StoreOnce Backup System que foi replicado de um compartilhamento de origem de replicação. on-line. Protocolo de acesso O protocolo de acesso que foi configurado quando o compartilhamento de NAS foi criado: CIFS ou NFS. Status do compartilhamento O status do compartilhamento local.Compartilhamentos locais Esta seção contém uma lista de todos os compartilhamento de NAS disponíveis que foram configurados neste HP StoreOnce Backup System. por exemplo. definido quando este foi criado. origem da replicação ou destino da replicação. • Origem de replicação: um compartilhamento no HP StoreOnce Backup System que foi mapeado para replicação. que pode ser sem replicação. não há replicação em nenhum compartilhamento. Os assistentes de replicação e recuperação só estão disponíveis em compartilhamentos sem replicação.

IMPORTANTE Não exclua um mapeamento de replicação quando um backup ou uma operação de restauração estiverem em andamento porque o dispositivo de origem ficará temporariamente off-line e todos os backups ou restaurações falharão. Janela de blecaute ativa Está relacionada ao utilitário local em sua função de utilitário de origem ou de destino. Detalhes do mapeamento de compartilhamento As duas guias da parte inferior dessa página exibem informações mais detalhadas do compartilhamento selecionado e do mapeamento de compartilhamentos. Nome do utilitário de origem/destino Nome do utilitário de destino no qual as entradas serão replicadas. Utilitário de origem/destino on-line Indica se um link de replicação está estabelecido com o utilitário de parceiro. por exemplo. ele avisará se a recuperação está em processamento. Se foi selecionado um compartilhamento de origem. Status do compartilhamento de origem/destino O status do compartilhamento de parceiro. Todas as outras informações são idênticas para os compartilhamentos de origem e de destino. Tabela 19 Parâmetros de mapeamentos de compartilhamento Compartilhamento de origem ou de destino de replicação selecionado Nome do mapeamento de compartilhamento Este é o nome do mapeamento de compartilhamento. Status da replicação Mostra se o mapeamento está sincronizado.Mapeamentos do compartilhamento Selecione um compartilhamento local para exibir seu mapeamento. Ele é criado quando você executa o assistente para criar o mapeamento de compartilhamento. Por exemplo. Não será iniciado nenhum trabalho de replicação se o utilitário de origem ou de destino de um mapeamento estiver em blecaute e todos os trabalhos em execução para o mapeamento sofrerão uma pausa. Endereço do utilitário de origem/destino Endereço IP do utilitário de destino no qual as entradas serão replicadas. Você também pode remover um mapeamento de compartilhamento clicando no botão Remover. use esta guia para saber: 82 Replicação . Número de série do utilitário de origem/destino Número de série do utilitário de destino no qual as entradas serão replicadas. on-line. Guia de detalhes de compartilhamento Esta guia detalha o mapeamento entre os compartilhamentos de origem e de destino. Nome do compartilhamento de origem/destino Nome do compartilhamento no qual as entradas serão replicadas no utilitário de destino.

• Use o Assistente de recuperação para recuperar arquivos de um compartilhamento de destino. página 124 para obter informações sobre o Assistente de recuperação. 2. Crie um compartilhamento sem replicação no utilitário de origem. Consulte “Recuperação do utilitário de origem. Guia de detalhes de arquivos Essa guia exibe detalhes do mapeamento de cada diretório e arquivos existentes nele. compartilhamentos de NAS”. ele se torna um compartilhamento de origem. Permita que o primeiro backup completo seja executado. compartilhamentos de NAS”. poderá executar o assistente de replicação ou recuperação. Você não pode editar nenhum detalhe desta guia. Os assistentes de replicação Quando você seleciona um compartilhamento sem replicação.• O status dos mapeamentos • A capacidade média de produção dos dados Você só pode editar o Nome do mapeamento nesta guia. mas pode clicar no cabeçalho de qualquer coluna para classificar os detalhes do arquivo de acordo com essa coluna. • Use o assistente de replicação para criar mapeamentos de slots para o compartilhamento sem replicação.) 1. (Consulte “Recuperação do utilitário de origem. Execução do Assistente de replicação (NAS) O Assistente de replicação é usado para criar novos mapeamentos entre os compartilhamentos de NAS sem replicação (que se transformam em compartilhamentos de origem de replicação) e os compartilhamentos de destino existentes ou novos. Ela contém a capacidade média de produção dos dados de cada arquivo. Consulte a próxima seção para obter mais informações. página 124 para obter mais informações. Guia do usuário 83 .

Transfira o disco USB para o local de destino de replicação. Acesse a página Mapeamentos de NAS. Consulte também o Guia de conceitos básicos do HP StoreOnce Backup System. Insira o disco USB em um servidor host na mesma sub-rede que o utilitário de destino.3. • Se você estiver propagando pela WAN ou conseguiu compartilhado a localização do utilitário de destino na mesma LAN que o utilitário de origem. vá para a etapa 4. Mapeie para o compartilhamento de NAS no utilitário de origem e copie os arquivos do compartilhamento de NAS em um disco USB. Figura 2 Propagação de dados iniciais usando um disco USB 4. 84 Replicação . • Se você estiver propagando com uma mídia física: 1. Decida como você propagará o primeiro backup completo no utilitário de destino. 5. 2. Selecione um compartilhamento sem replicação a ser convertido para um compartilhamento de origem de replicação e clique em Iniciar assistente de replicação. Mapeie para o compartilhamento de NAS no utilitário de destino e copie os arquivos do disco USB. 4. 3. Crie o primeiro backup completo no compartilhamento do local remoto.

6. Vá para a etapa Selecionar utilitário de destino. NOTA Se você deseja selecionar um utilitário que não consta da lista. Digite o endereço IP do utilitário de destino ou um nome de domínio completo. mas podem ser editados em caso de conflito. Selecione um utilitário de destino na lista e clique em Próximo.) Clique em Adicionar utilitário de destino. Os valores padrão dos números de porta do protocolo de comando e de dados geralmente são aceitos. (Se a replicação precisar ocorrer através de um firewall. 7. o administrador da rede precisará abrir as portas (TCP) 9387 (protocolo de comando) e 9388 (protocolo de dados) para permitir que o tráfego da replicação passe de e para os HP StoreOnce Backup Systems. Guia do usuário 85 . clique em Adicionar utilitário de destino. DICA Clique no link exibir/ocultar detalhes para verificar a quantidade permitida de utilitários de destino e o número de utilitários de destino configurados no momento.

O assistente avança para a etapa Selecionar compartilhamento de destino.8. A tela Resumo é exibida. Configure os detalhes como você faz normalmente quando cria um novo compartilhamento. 9. clique em Criar novo compartilhamento de destino. 10. Dê um nome ao mapeamento do compartilhamento e clique em Próximo. A replicação dos arquivos iniciará imediatamente. NOTA Se você precisa criar um novo compartilhamento no utilitário de destino. Clique em Aplicar para criar a configuração do mapeamento de compartilhamento. Selecione um compartilhamento no utilitário de destino e clique em Próxima. 86 Replicação . NOTA Se você compartilhou a localização do utilitário de destino na mesma LAN que o utilitário de origem para melhorar o desempenho da replicação. Não é possível criar um novo compartilhamento de destino se o utilitário a ser usado tiver a opção Permissões de origem de replicação habilitada. lembre-se de transferir o utilitário de destino para o local de destino logo que os arquivos estiverem sincronizados.

Você também pode adicionar HP StoreOnce Backup Systems de destino a esta página. não é necessário Guia do usuário 87 . No entanto.Figura 3 Processo de criação de replicação Utilitários de parceiros (Replicação) Esta página exibe o status da replicação de todos os HP StoreOnce Backup System de destino e de origem que foram configurados para ser usados com este HP StoreOnce Backup System.

São exibidos os seguintes detalhes de status para o utilitário. Versão do protocolo O protocolo do software do utilitário. Endereço do utilitário O endereço do utilitário. Espaço livre A quantidade de espaço livre no utilitário. durante a execução do assistente e a configuração dos mapeamentos. Só os utilitários de origem atualmente conectados ao utilitário de destino são relacionados. NOTA Os utilitários de origem são utilitários que foram adicionados ao utilitário local como de destino. Mostra se o utilitário está em execução. pode haver diversos utilitários. • A guia Utilitário de destino permite adicionar. outra para utilitário de origem e uma guia separada para configurar permissões do utilitários de origem. Tabela 20 Resumo dos detalhes do utilitário Nome do utilitário O nome do utilitário. porque essa opção também está disponível ao executar o Assistente de replicação. • A guia Permissões do utilitários de origem permite que você bloqueie a capacidade de criar mapeamentos de compartilhamentos e bibliotecas para que. Integridade do utilitário A integridade do utilitário. Se o HP StoreOnce Backup System também tiver bibliotecas de replicação de destino. Existem três guias.fazê-lo antes do mapeamento das configurações. 88 Replicação . Número de série É o número de série do utilitário. o destino somente tenha acesso a uma lista de fontes com permissão para fazer replicação para ele. On-line Se o utilitário está on-line. uma para utilitários de destino. editar e remover detalhes do Utilitário de destino. na parte inferior da página. • A guia Utilitários de origem não pode ser editada. Localize. Resumo dos detalhes do utilitário Clique em uma guia para exibir uma lista dos utilitários desse tipo disponíveis. informações sobre janelas de blecaute que se aplicam ao utilitário selecionado.

Executar Traçar rota Clique em Executar Traçar rota para verificar se o utilitário local pode se comunicar com o utilitário de destino e identificar o número de saltos e latência no roteamento. Para adicionar um utilitário de destino 1. Para editar ou remover um utilitário de destino • Selecione o utilitário e clique em Editar para editar o nome. Número da porta do protocolo de comando Este é o número da porta que será usada para o protocolo de comando. Figura 4 Criar novo utilitário de destino 2. página 89. • Selecione o utilitário e clique em Excluir para remover um utilitário da lista de utilitários de destino disponíveis para essa origem. o administrador da rede precisará abrir as portas (TCP) 9387 (Protocolo de comando) e 9388 (Protocolo de dados). Endereço do utilitário Este é o endereço IP do utilitário de destino. Você o especifica ao adicionar o utilitário de destino e pode editá-lo posteriormente. Guia do usuário 89 .Clique em um utilitário para ver informações mais detalhadas de status na metade inferior de tela. 3.Alguns campos podem ser editados. Os valores padrão dos números de porta do protocolo de comando e de dados geralmente são aceitos. o endereço IP e os detalhes da porta do protocolo do utilitário de destino. (Se a replicação precisar ser feita através de um firewall.) 4. Classe de produto A classe de produto do utilitário. Nº de série Este é o número de série do utilitário de destino. como descrito em Executar Traçar rota. como HP D2D4100. ele não pode ser editado. Você as especifica na guia Utilitário local do utilitário de parceiro. Clique em Adicionar utilitário de destino. Clique em Adicionar utilitário de destino. mas podem ser editados em caso de conflito. Nome do utilitário Este é o nome utilizado para identificar o utilitário de destino. Guia Utilitário de destino Tabela 21 Parâmetros do utilitário de destino Guia Utilitário de destino . Insira o Endereço do utilitário de destino.

Hora do sistema Exibe a hora atual do sistema. Endereço do utilitário Este é o endereço IP do utilitário de origem. Janelas de blecaute Qualquer janela de blecaute que tenha sido especificada será refletida nesse calendário semanal. Nº de série Este é o número de série do utilitário de origem. Significa que não ocorrerá nenhuma replicação. Classe de produto A classe de produto do utilitário. Nesses momentos. Disponível Este campo indica se o utilitário de origem está disponível. 90 Replicação . Capacidade Exibe a capacidade do utilitário de destino. Versão de software Exibe a versão do software do utilitário de destino. Nesses momentos. Espaço livre Exibe a quantidade de espaço livre no utilitário de origem. Protocolo de replicação Identifica o protocolo de replicação em uso. como HP D2D4000. Guia de permissões de utilitário de origem As permissões de utilitário de origem estão desabilitadas por padrão. Janela de blecaute ativa Exibe se uma janela de blecaute está ativa no momento. Capacidade Exibe a capacidade do utilitário de origem. Janelas de blecaute Qualquer janela de blecaute que tenha sido especificada será refletida nesse calendário semanal.Número da porta do protocolo de comando Este é o número da porta que será usada para o protocolo de dados. Versão de software Exibe a versão do software do utilitário de origem. Espaço livre Exibe a quantidade de espaço livre no utilitário de destino. não há controle sobre o mapeamento entre dispositivos de compartilhamento e de biblioteca nos utilitário de origem e de destino. o utilitário de origem selecionado não estará disponível para replicação. o utilitário de destino selecionado não estará disponível para replicação. Guia Resumo do utilitário Tabela 22 Parâmetros do utilitário de origem Guia Utilitário de origem . Nome do utilitário Este é o nome do utilitário de origem. Disponível Este campo indica se o utilitário de destino está disponível. Nesse estado.Nenhum campo pode ser editado.

No entanto. se você deseja bloquear a capacidade de criar mapeamentos de compartilhamentos e bibliotecas para que. Nome do utilitário Este é o nome do utilitário para o qual você especificou o número de série e não pode ser alterado. Um assistente mostrará as etapas necessárias para adicionar um novo utilitário de origem à lista. A seguir. você precisará criar uma lista de utilitários de origem e habilitar as permissões de biblioteca e compartilhamento de forma correspondente. No entanto. clique em Editar e marque a caixa Habilitado. Você precisará inserir o número de série do utilitário e também poderá especificar permissões iniciais de acesso para todas as bibliotecas e todos os compartilhamentos nesse utilitário. Clique em Adicionar. é preferível configurar as permissões para cada utilitário individualmente. Guia do usuário 91 . durante a execução do assistente e a configuração dos mapeamentos. Para adicionar um utilitário de origem Quando você clica em Editar e marca a caixa Habilitado. uma lista de utilitários de origem é exibida. Existe uma entrada de caractere curinga na lista de utilitários de origem que permite configurar as permissões para todos os utilitários de origem. Essa informação pode ser encontrada pela execução da interface Web Management no utilitário requisitado e procurando na página Resumo. Tabela 23 Parâmetros dos utilitários de origem Número de série Esse é o número de série do utilitário de origem. o destino somente tenha acesso a uma lista de fontes que têm permissão para fazer replicação para ele.

Utilitário local (Replicação) Esta página contém três guias que exibem configurações gerais do HP StoreOnce Backup System. 3. Não será possível criar um compartilhamento ou uma biblioteca novos a partir do assistente. Endereço do utilitário Este é o endereço do utilitário para o qual você especificou o número de série e não pode ser alterado. 2. você pode marcar a caixa Acessar para os compartilhamentos e bibliotecas para os quais o acesso deve ser liberado. Em seguida. 92 Replicação . independentemente de qualquer permissão de acesso que você crie posteriormente para bibliotecas e compartilhamentos no utilitário. configurações das janelas de blecaute e configurações de limitação de largura de banda. Essas são as guias que lhe permitem visualizar e modificar informações sobre o utilitário em cuja interface Web Management você efetuou login. Selecione o utilitário de origem na lista. Para habilitar permissões 1. É importante ter essa informação porque todos os mapeamentos já existentes serão mantidos.Status do utilitário Este é o status do utilitário para o qual você especificou o número de série e não pode ser alterado. Há duas guias. Clique em Editar. Esses são os compartilhamentos e bibliotecas que serão exibidos quando a etapa de configuração de mapeamento for executada no Assistente de replicação. Clique em Atualizar para aplicar as permissões. Mapeamentos configurados Esta caixa de seleção indica se algum mapeamento foi configurado no utilitário de origem. uma para bibliotecas e outra para compartilhamentos.

Configurações de notificação fora de sincronia Use esses campos para especificar o tempo que o mapeamento necessita estar fora de sincronização antes que um problema de sincronização seja exibido na guia Problemas e que um evento seja gerado. indicando quantos slots ou entradas ainda estão fora de sincronia. caso o utilitário esteja configurado para isso. O nome padrão é o nome do host de rede do utilitário (conforme definido nas configurações de rede). Talvez convenha reduzir o número máximo de trabalhos de origem para evitar o uso de muita largura de banda na WAN. Use estes campos para ativar o registro do andamento da sincronização de bibliotecas e compartilhamentos e especificar o intervalo de registro. Em caso de dúvida. se você estiver executando backups ou descarregamentos de fita ao mesmo tempo. Configurar portas de replicação As portas de replicação só devem ser alteradas se a replicação estiver bloqueada por um roteador na WAN. Tabela 24 Configurações gerais (Replicação) Utilitário Exibe o nome do utilitário e seu status atual. Elas devem ser as mesmas nos utilitários de origem e de destino. são enviados e-mails periodicamente. resultando em uma entrada no Registro de eventos do usuário. HP D2D4000. Além dessas notificações. como replicação. o que pode resultar em e-mails (se os e-mails estiverem configurados). e também um e-mail e/ou uma interrupção de SNMP. Enquanto a biblioteca ou compartilhamento estiverem fora de sincronia. que facilite a identificação do utilitário na interface Web Management de replicação dos utilitários local e de parceiro. Clique em Editar para tornar os campos editáveis. 2. Pode ser alguma coisa significativa para o usuário. HP D2D4106/4112 ou HP D2D4312/4324. Selecione a guia Configurações gerais. Você pode editar somente o nome do utilitário. Também informa a classe de produto: HP D2D2500. NÃO as altere. Registro do andamento da sincronização Um evento é gerado cada vez que o mapeamento sai de sincronização e a volta a se sincronizar. Clique em Aplicar para aplicar as configurações. você pode reduzir o valor padrão nessa página. Se necessário. Máximo de trabalhos É o número máximo de trabalhos de origem e de destino que podem ser executados simultaneamente. é enviada uma notificação de e-mail sempre que um mapeamento sai de sincronização e outra quando a sincronização é restabelecida. Você pode alterá-lo para um nome mais amigável. Um e-mail é enviado para cada entrada de log efetuada para cada biblioteca ou compartilhamento fora de sincronia. mas não em interrupções de SNMP.Configurações gerais 1. Essas informações também são registradas no log de eventos do usuário. Consulte a tabela abaixo. 3. Guia do usuário 93 . Convém reduzir o número máximo de trabalhos de destino para evitar a sobrecarga do utilitário de destino e preservar o desempenho do utilitário. como o local geográfico do utilitário. Esse campo se aplica às atualizações periódicas do progresso da sincronização enquanto o mapeamento permanece não sincronizado.

IMPORTANTE Se a replicação precisar ser feita através de um firewall. Uma calculadora de utilização da largura de banda é oferecida para criar um limite de largura de banda recomendado a partir das informações de velocidade da WAN e da porcentagem de utilização. caso seja necessário. Esses limites se aplicam a todas as tarefas de replicação de resposta desse dispositivo local. A limitação da largura de banda pode ser usada para impedir a sobrecarga da WAN com replicação de baixa largura de banda. é possível trabalhar com o limite geral de largura de banda recomendado. Limitação de largura de banda Essa guia permite que você aplique configurações gerais de largura de banda e configure janelas de limitação de largura de banda. 94 Replicação . 1. Uma calculadora de limite de largura de banda é fornecida nessa página para calcular os valores máximos. 2. e os StoreOnce Backup Systems entrarem em conflito com outros dispositivos na rede. Se for necessário. que é um cálculo simples da Velocidade da WAN x % Utilização máxima da WAN. Recomenda-se no mínimo 2 Mps por trabalho simultâneo. que são fornecidas nos campos Utilização máxima da WAN e Velocidade da WAN. Agora. o administrador de rede deverá abrir as portas (TCP) 9387 (protocolo de comando) e 9388 (protocolo de dados) para permitir o tráfego de replicação nos HP StoreOnce Backup Systems. Marque a caixa Limitação geral habilitada. São necessários no mínimo 512 kps por trabalho simultâneo para uma operação confiável. Exiba a guia Limitação de largura de banda. liberando-a para outros processos e utilitários que possam estar em execução. essas portas poderão ter seus padrões alterados em General Settings.

Fora das janelas de Limite de largura de banda. Clique em Aplicar. Você pode configurar várias janelas de blecaute. os horários serão ignorados. Então. digite o valor geral que você acabou de calcular para o limite recomendado em cada janela necessária. Se não estiverem selecionadas. As janelas Limite de largura de banda sobrescrevem o Limite geral quando o tempo especificado para a janela estiver ativo.3. Você pode configurar duas janelas para cada dia. Não será iniciado nenhum trabalho de replicação se o utilitário de origem ou de destino de um mapeamento estiver em blecaute e todos os trabalhos em execução para o mapeamento sofrerão uma pausa. por exemplo. NOTA Esta configuração está relacionada ao utilitário local em sua função de dispositivo de origem ou de destino. Isso garante a habilitação dos horários que foram especificados. NOTA Todas as configurações serão aplicadas ao HP StoreOnce Backup System. 4. Não é possível definir configurações para trabalhos individuais. Guia do usuário 95 . durante uma manutenção planejada ou um tráfego pesado de rede. Certifique-se de marcar as caixas de seleção Aplicar primeira/segunda restrição apropriadas. Janelas de blecaute Esta opção permite especificar os momentos nos quais a replicação não deve ocorrer como. Clique em Editar para editar as janelas de limitação de largura de banda. aplica-se o Limite geral.

Pausa nos trabalhos de replicação O botão Pausa nos trabalhos de replicação. Configure quantas janelas de blecaute forem necessárias. na guia Janelas de blecaute. 8. A segunda janela de blecaute de cada dia deve ocorrer depois da primeira janela de blecaute desse dia. 5. 7. Essa opção garante a ativação nos horários que foram especificados. os horários serão ignorados. 6. Em seguida. 2. Clique em Editar. As caixas temporizadoras se tornam editáveis. Verifique se a caixa Aplicar restrição de primeira vez está selecionada. 4. Selecione a guia Janelas de blecaute. Se a opção não estiver selecionada.1. Se você quiser ativar uma segunda janela de blecaute. fornece um modo fácil de colocar todos os trabalhos de replicação em suspenso imediatamente. perceberá que o calendário do utilitário de origem e de destino corresponde às alterações que você fez. Use os menus suspensos para selecionar os horários desejados. não esqueça de marcar a caixa Aplicar restrição de segunda vez. se você verificar a guia Utilitário. 3. Clique em Aplicar. Clique uma segunda vez para voltar aos trabalhos de replicação. 96 Replicação . Marque a caixa ao lado do dia da semana desejado.

Use o menu suspenso central para selecionar uma coluna (ou todas) e digite uma string de pesquisa na caixa do filtro. • O histórico será mantido se o HP StoreOnce Backup System for desligado e ligado novamente. • O botão Apagar histórico de eventos pode ser usado para apagar a lista. Os dados mais recentes são exibidos no topo da lista. Classificação e pesquisa do histórico de eventos Clique no cabeçalho de qualquer coluna para classificar as mensagens de acordo com o critério. Use o menu suspenso à direita para filtrar a Gravidade. clique em Data para classificar as mensagens de acordo com a data. Por exemplo.Histórico de eventos (Replicação) Esta página exibe o log de todos os eventos de replicação concluídos no utilitário. Clique em Exibir caixa de pesquisa para exibir o campo Filtro e dois menus suspensos. Selecione um evento na lista para visualizar seus detalhes abaixo. para exibir todas as mensagens de erro. por exemplo. Guia do usuário 97 . Esta página apresenta uma lista nomeada de data e hora de eventos significativos de replicação com o status de gravidade e mensagens associadas. • Selecione um evento na lista para visualizar seus detalhes abaixo.

98 Replicação .

• Clique Editar para tornar os campos editáveis. Senha Quando você se registrar no usuário do Administrador.8 Administração O menu Administração permite que você configure definições básicas do utilitário. A senha nova deve conter no mínimo 8 caracteres. tenha uma palavra passe de Admin. Guia do usuário 99 . e licenças. As seguintes opções estão disponíveis: • • • • • • • • • Conta de usuário (Administração) Segurança (Administração) Data e hora (Administração) Manutenção do sistema (Administração) Desligamento (Administração) Software (Administração) Suporte (Administração) Backup e restauração (Administração) Licença (Administração) Conta de usuário (Administração) Essa página permite gerenciar a senha do administrador. como data e hora. • Faça as alterações necessárias e clique em Atualizar para aplicá-las (ou Cancelar para excluílas). Ela também inclui seções para configuração da quantidade de tempo ocioso antes que um usuário seja automaticamente desconectado e para ativar/desativar a mensagem de boas-vindas na janela pop-up. você pode desejar mudar isso. Por razões de segurança.

É seguro continuar. Aproximadamente cinco segundos depois. os erros de certificado serão exibidos. Portanto. Clique em Editar e faça alterações. Use a ferramenta Discovery do dispositivo no CD-ROM HP StorageWorks StoreOnce Backup System para reconfigurar as definições de rede do HP StoreOnce Backup System. o HP StoreOnce Backup System será reinicializado. Outra opção é clicar em Não mostrar novamente na própria mensagem de boas-vindas. Uma vez que ela estiver desabilitada. se necessário. Nenhum dado do usuário será perdido. 2. Mensagem de boas-vindas A mensagem de boas-vindas é exibida automaticamente sempre que o software é atualizado. Tempo de logout inativo É possível configurar uma quantidade de tempo ocioso. você deverá usar o botão Habilitar na página Conta de usuário para restabelecê-la. como se segue: NOTA A redefinição da senha redefinirá as configurações de rede para os valores de origem e a redefinição da senha do administrador para Admin. É uma maneira útil de atrair a atenção do usuário para modificações e novos recursos.NOTA A senha que você configurar nesta página também é a senha necessária ao acessar a configuração do HP StoreOnce Backup System a partir do console do sistema. Certifique-se de que ninguém está usando o HP StoreOnce Backup System antes de você o tentar repor. 1. quando você fizer login no HP StoreOnce Backup System pela primeira vez a partir de um host. Segurança (Administração) Por padrão. o HP StoreOnce Backup System gera um certificado SSL genérico que significa que ele não é exclusivo do HP StoreOnce Backup System. Pressione o botão de Ligar na parte dianteira do HP StoreOnce Backup System três vezes em rápida sucessão. Redefinição da senha Se você esqueceu sua palavra passe. Você também pode usar a tela do console. em minutos. Clique em Desabilitar para desabilitar a mensagem de boas-vindas. antes que um usuário seja automaticamente desconectado. você pode repor o HP StoreOnce Backup System. mas um Erro de certificado será reportado na barra de navegação. 3. 100 Administração .

Guia do usuário 101 . Tabela 25 Parâmetros de segurança Nome comum O nome do host ou o endereço IP do HP StoreOnce Backup System. 1. e não o conteúdo do SSL gerado. Isso evitará que erros de certificado sejam exibidos no futuro porque o certificado não foi assinado por uma autorizada de certificação confiável. Endereço de e-mail O seu endereço de e-mail. Forneça informações relevantes conforme descrito abaixo.Esta página permite que você crie um certificado SSL autoassinado depois de fazer login. Localidade Sua cidade. Nome da unidade Nome do seu departamento na empresa. A caixa de verificação Usar o certificado gerado pelo usuário estará em branco enquanto esse recurso não for habilitado. Nome do estado ou da província O nome do estado ou da província onde você mora. Código do país Selecione o identificador de dois caracteres apropriado na caixa suspensa. As informações do certificado SSL na interface Web Management sempre exibirão os valores do certificado SSL padrão. Organização O nome da sua empresa. Número de dias válidos O certificado expirará depois deste número de dias e um erro será exibido no navegador da Web. 2. mas qualquer tentativa de falsificar o site do HP StoreOnce usando um certificado diferente resultará em falha.

Figura 5 Informações genéricas sobre o certificado Figura 6 Informações sobre o certificado gerado pelo usuário Data e hora (Administração) Esta página permite visualizar e gerenciar as seguintes configurações: • Configurações de data e hora • Formato de exibição da data • Configurações do protocolo de tempo de rede (NTP) 102 Administração . Clique em Gerar. Os erros de certificado ainda estarão presentes. o HP StoreOnce Backup System reiniciará o servidor da Web e exibirá novamente a página de login. 5. mas. mas a mensagem “Erro de certificado” continuará sendo exibida na barra de navegação. 4. O navegador da Web não exibirá mais a página da Web do erro inicial quando você fizer log-in.3. desta vez. o certificado conterá dados válidos e exclusivos. Depois de gerado. você pode instalar esse certificado no navegador da Web do sistema host. Agora.

protocolo de tempo de rede) oferece suporte para a sincronização de tempo automática. • Marque a caixa NTP ativada e forneça o endereço IP ou nome de domínio completamente qualificado de um servidor NTP na rede local. Configurações do protocolo de tempo de rede (NTP) O NTP (Network Time Protocol. Formato de exibição da data Clique em Editar para alterar o modo como o formato da data é exibido em logs de replicação e de eventos do sistema. NOTA Se você habilitar o NTP. é importante sincronizar o relógio em tempo real do utilitário StoreOnce com a mesma origem de hora do Servidor do Active Directory. um deles deve ser um controlador de domínio ou o servidor NTP que o controlador de domínio também está usando para sincronizar a hora. não afetará a hora no sistema HP StoreOnce. Guia do usuário 103 . Eles poderão ser editados apenas se o processo de NTP estiver desativado. não será possível configurar data e hora manualmente. Se estiver usando um controlador de domínio do Serviço do Active Directory. • É possível sincronizar o HP StoreOnce Backup System com até três servidores NTP. Se estiver usando o Active Directory do Windows. O fornecimento de vários servidores NTP garante que se um único servidor falhar ou sair de sincronização. • Marque a caixa próxima a cada um dos servidores que você vai ativar. Selecione o formato desejado no menu suspenso e clique em Atualizar. e você deverá configurar o Local atual corretamente para garantir que a hora local seja correta. Não é possível alterar a data e hora depois que as bibliotecas ou compartilhamentos tiverem sido configuradas.• Configurações do horário de verão Configurações de data e hora Estes campos possibilitam configurar manualmente a data e a hora.

Se isso acontecer. Backups em execução e operações de restauração sem pausa. e não como GMT+9. que está disponível em http:www. mas os ajustes corretos serão feitos.5). 24 horas por dia) resultarão na falta de tempo para o término da manutenção. 104 Administração . por isso. Essa página mostra as atividades de manutenção em andamento em forma de gráfico e permite que você configure janelas de blecaute para a manutenção. descarga em fita e replicação (por exemplo. Manutenção do sistema (Administração) IMPORTANTE A manutenção é um processo importante para maximizar a eficiência da desduplicação do dispositivo e.5 hora não será exibido na lista suspensa Localização atual (por exemplo. Para obter instruções mais detalhadas. precisam ativar o horário de verão para que a hora local atual seja exibida.com/ support/manuals. é recomendável que você leia D2D Best Practices for VTL. Os usuários que se encontram em localidades com incrementos de fuso horário de 0. Use esta seção para ativar o horário de verão e também visualizar o fuso horário/localização atual.hp. NAS and Replication implementations e replicação. Horário de verão Por padrão. O gráfico pode ser alternado da visualização Dia à visualização Semana. é essencial garantir que ela tenha tempo suficiente para ser concluída. Austrália/Darwin e Austrália/Adelaide são exibidas como GMT+9. como Austrália/Darwin e Ásia/Calcutá. Os fusos horários que possuem incrementos de meia hora (em vez de incrementos de uma hora) são totalmente compatíveis. O incremento de fuso horário de 0.IMPORTANTE Se o servidor NTP (para a atualização automática de data e hora) não se conectar ao servidor por algum motivo. o exemplo mostra a visualização Dia. Este é um assunto complexo. um alerta será enviado por e-mail e o usuário precisará reiniciar manualmente o NTP na interface Web Management.5 hora e que não possuem horário de verão.O HP StoreOnce Backup System não faz ajustes automáticos em relação ao horário de verão. o servidor falhará e interromperá o funcionamento do servidor NTP.

Clique em Editar e digite os horários apropriados para cada janela. Duas guias adicionais permitem que você visualize a atividade de bibliotecas e compartilhamentos. os horários serão ignorados. • Advertência significa que a manutenção não esteve ociosa nas últimas 24 horas. Guia do usuário 105 . Verifique se a caixa Aplicar primeira restrição está selecionada. As configurações se aplicam a todos os dispositivos no HP StoreOnce Backup System. Você pode configurar no máximo duas janelas para cada dia. Configuração das janelas de blecaute Agendar as janelas de blecaute da manutenção para cobrir o período em que os backups estão sendo feitos pode melhorar significativamente o desempenho do backup. Essa opção garante a ativação dos horários que foram especificados. Um status de Advertência ou Cuidado exige mais investigação porque significa que o desempenho do backup e da replicação serão afetados. • OK significa que a manutenção estava ociosa e. Ele mostra a atividade geral para o utilitário HP StoreOnce Backup.Utilização do gráfico O gráfico é exibido quando a guia Geral é selecionada. Use as Estatísticas de manutenção para verificar o status. portanto. Se a opção não estiver selecionada. • Cuidado significa que a manutenção não esteve ociosa nos últimos 7 dias. provavelmente não estava afetando o desempenho da replicação ou do backup.

106 Administração . A manutenção não deve ser deixada em pausa por um período significativo. Software (Administração) Esta página fornece informações sobre a versão de software de seu HP StoreOnce Backup System e a respectiva data de versão. ATENÇÃO Antes de encerrar verifique sempre se não há trabalhos de backup ou de restauro em progresso e que não estão agendados trabalhos futuros para começar enquanto o sistema está encerrado. com o resumo de todas as mudanças da atualização. Se você desligar de qualquer outra forma e o host estiver executando um backup ou restauração. Também permite fazer o upgrade do software e do pacote de idiomas. use-o somente como uma ferramenta de teste. Clique Desligar e Sim para confirmar. IMPORTANTE Depois de fazer upgrade do software. consulte o Guia de Instalação e Configuração HP StoreOnce Backup System. você deve reconectar manualmente a partir do Iniciador iSCSI em cada host. você verá uma mensagem de boas-vindas na interface Web Management. Essas configurações se aplicam a todos os dispositivos. Para pausar a manutenção do sistema Clique em Pausar manutenção do sistema para pausar a manutenção de uma vez (talvez enquanto você decide como melhor configurar as janelas de blecaute). Se os hosts não se reconectarem automaticamente ao HP StoreOnce Backup System quando reinicia. É a única forma recomendada de desligar o dispositivo. Consulte as D2D Best Practices for VTL. Sempre que você fizer a atualização do software. Sempre leia atentamente as notas da versão que acompanham o upgrade do software para verificar se ele é compatível com a sua configuração. pode perder ou corromper dados. NAS and Replication implementations e de replicação para obter recomendações. Elas não serão mantidas se acontecer um corte de energia ou se o HP StoreOnce Backup System for desligado.DICA O ideal é que as janelas de blecaute de manutenção sejam definidas para os horários em que o HP StoreOnce Backup System esteja realizando backup ou replicação. bibliotecas e compartilhamentos no HP StoreOnce Backup System. Desligamento (Administração) Essa opção lhe permite encerrar claramente o HP StoreOnce Backup System. você não poderá voltar à versão anterior.

poderá haver alterações nas telas e mensagens.x.xx . você também pode receber avisos sobre upgrades desses componentes. Acesse http://www. 2. Pacote de idiomas O pacote de idiomas contém todas as traduções para a interface Web Management e as mensagens que são exibidas ao usá-lo. muito importante se certificar de fazer o download delas no momento da atualização do software. Sempre que um novo software é lançado. Você não poderá reverter para um software de versão anterior depois de executar o upgrade. Selecione Software na interface Web Management e clique em Atualizar na seção Software da página. • HP D2D2503i. A atualização de software remove todos os pacotes de idiomas.br/suporte para obter o software mais recente (você pode fazer isso selecionando o link da página Software ) e faça download em seu disco rígido. como de unidades de disco rígido e BIOS. se ele mostrar software 2. HP D2D4004/4009i/fc estão disponíveis somente como produtos G1 • HP D2D4106i/fc e HP D2D4312 estão disponíveis somente como produtos G2 • HP D2D2502i. mas nem sempre. HP D2D2504i e HP D2D4112 estão disponíveis como produtos tanto G1 quanto G2 A geração pode ser identificada nas páginas Resumo e Software na interface Web Management.hp. ou consulte o campo Revisão do software. portanto. Identificação do software para o seu produto É importante escolher o software correto para o seu produto.xx.x.NOTA Ocasionalmente. Atualização do software 1. trata-se de um produto G1. portanto sempre é necessário um novo pacote de idioma para obter idiomas localizados e garantir que tudo esteja atualizado. Isso abrange a ajuda on-line. 3. trata-se de um produto G2.com. que deve dizer G1 ou G2. Guia do usuário 107 . Use a página Suporte para verificar o status atual desses componentes e determinar se é necessário um upgrade. Consulte o campo Tipo. Às vezes. é fácil identificar a versão a partir do número do modelo. Existem duas versões do HP StoreOnce Backup Systems. Se ele mostrar software 1. Leia as notas da versão que acompanham o upgrade do software e confirme se ele é compatível com a configuração do StoreOnce. É. independentemente dos upgrades do software do HP StoreOnce Backup System.

4.

Se certifique de que não há trabalhos de backup e de restauro em progresso e que não estão
agendados trabalhos futuros para começar enquanto o software estiver se atualizando. Clique em
Sim.

5.

Clique em Pesquisar... e localize o arquivo de upload que você acabou de transferir.

6.

Clique Enviar para atualizar o software. Um medidor do progresso é exibido enquanto o
carregamento tem lugar. O sistema se reinicializará depois de ter sido atualizado. A informação
e dados de configuração não são afetados por esse processo.
ATENÇÃO
Depois de iniciar o upgrade do software, é importante permitir a sua conclusão. Não tente
cancelar o processo de atualização, ou desligar a máquina.

IMPORTANTE
Recomendamos que seja feita a atualização do pacote de idiomas imediatamente após a atualização
do software. A atualização de software remove todos os pacotes de idiomas, portanto sempre é
necessário um novo pacote de idioma para obter idiomas localizados e garantir que tudo esteja
atualizado. Se você não fizer download do pacote de idiomas, todas as strings de mensagens, a
ajuda online e os avisos de tela estarão somente em inglês.

Atualização do pacote de idiomas
NOTA
Os idiomas compatíveis são: inglês, francês, alemão, espanhol, português, russo, japonês e chinês
simplificado.
1.

108

Acesse http://www.hp.com.br/suporte para obter o pacote de idiomas mais recente (você pode
fazer isso selecionando o link da página Software) e faça download em seu disco rígido.

Administração

2.

Selecione Software na interface Web Management e clique em Upgrade na seção Pacote de
idiomas da página.

NOTA
A ajuda on-line também está incluída neste pacote.
3.

Clique em Pesquisar... e localize o arquivo de upload que você acabou de transferir.

4.

Clique em Enviar para atualizar o pacote de idiomas. A mensagem a seguir será exibida se a
operação for concluída com êxito.

5.

Clique em OK. Todas as telas e mensagens estarão corretas para todos os idiomas a partir de
agora.

Suporte (Administração)
Use esta página para visualizar as informações do sistema e para gerar um ticket de suporte.

Informações do sistema
Esta seção fornece informações sobre os seguintes componentes do HP StoreOnce Backup System:
• Placa-mãe BIOS
• Versão do software do painel posterior
• Versão do controlador Smart Array
• Discos físicos (este é um link para a página Status-RAID)
Você pode receber avisos sobre upgrades desses componentes de vez em quando, independentemente
de upgrades do software do HP StoreOnce Backup System. Use esta página para verificar o status
atual e determinar se é necessária um upgrade.

Guia do usuário

109

Ticket de suporte
Se ocorrerem problemas, o Suporte HP lhe pedirá para gerar um tíquete de assistência, para ajudar
na solução de problemas. Fornece um registro de tudo o que aconteceu em seu sistema.
NOTA
Verifique se as configurações de segurança do seu navegador permitem a transferência de arquivos
do HP StoreOnce Backup System para a sua máquina host.
1.

Clique em Gerar para criar um ticket de suporte.

2.

De imediato, guarde o arquivo no disco.

Backup e restauração (Administração)
É possível salvar as definições de configuração do HP StoreOnce Backup System fazendo o respectivo
download no sistema host. Se o HP StoreOnce Backup System ou o host forem reparados ou
substituídos, as configurações podem ser restauradas. Também é possível restaurar as configurações
de fábrica do HP StoreOnce Backup System se uma falha crítica não puder ser resolvida de outra
forma. Isso normalmente só deverá ser feito se for recomendado pelo atendimento ao cliente HP.

Recomendações
Certas combinações de falha de hardware gerarão a necessidade de recuperar definições de
configuração. É recomendado que você exporte o arquivo de configuração:
• Depois de configurar inicialmente o HP StoreOnce Backup System e a configuração estiver estável
• Sempre que você mudar a configuração
• Antes de fazer upgrade do software
• Imediatamente após a atualização do software
• Antes de mudar qualquer componente de hardware
NOTA
Os arquivos de configuração gerados no software anterior não serão compatíveis depois do upgrade
do software, portanto um novo arquivo de configuração deve ser feito depois da atualização do
software.

110

Administração

Fazendo backup do arquivo de configuração
1.

Clique em Exportar para criar o arquivo de configuração.

2.

Ao ser solicitado, selecione Salvar no disco.

Restaurando o arquivo de configuração
Só é possível restaurar arquivos de configuração quando não houver outra configuração presente;
para isso, pode ser usada a redefinição para os padrões de fábrica.
1.

Clique em Importar para carregar o arquivo de configuração.

2.

Você receberá um aviso de que isso substituirá todas as configurações atuais. Clique em OK
para continuar.

3.

Ao ser solicitado, localize o arquivo de configuração e clique em Carregar para concluir o
processo. Isso restaurará os seguintes parâmetros de configuração:
• configurações de rede
• configuração do dispositivo de fita virtual
• configurações de alerta de e-mail
• configurações fibre channel, se seu modelo é compatível com FC
• configurações de data e hora

Redefinição dos padrões de fábrica
Só use esse recurso se recomendado pelo Suporte e se não houver outra forma de restaurar o sistema
a um estado válido. Ele apagará todos os dados de usuário e excluirá todos os detalhes de
configuração e informações de licença. Ele redefine o sistema e o coloca em um estado pronto para
criar armazenamento.

Licença (Administração)
O licenciamento é usado para ativar a funcionalidade opcional do produto, como upgrades de
capacidade e replicação. A página Licenças exibe uma lista de recursos disponíveis para o seu
produto, além de mostrar se eles foram ativados e licenciados. A maioria dos recursos só é ativada
depois que eles forem licenciados. Se você tiver adquirido um recurso que requer uma licença,
receberá um certificado de concessão de licença com o seu produto. É um documento impresso que
contém todas as informações necessárias para que você obtenha sua chave exclusiva de licença
para uso (LTU). Se você tiver acesso à Internet, poderá obter a chave do site Webware da HP ao
conectar-se ao endereço da web especificado no certificado e seguir as instruções na web.
(Os usuários sem acesso à Internet podem usar os números de contato fornecidos com o certificado
de concessão.)
Você deverá inserir o número de série do produto quando solicitar uma chave de licença para uso.

Saiba mais sobre licenciamento de replicação
Replicação é um recurso licenciado. Cada HP StoreOnce Backup System usado como utilitário de
destino deve ter uma licença de replicação ativada.

Guia do usuário

111

Saiba mais sobre licenciamento de upgrades de capacidade Não pode ser feita a atualização da capacidade do HP D2D2500 Series Backup System. Não é recomendado digitar a licença de uso manualmente. O HP StoreOnce Backup System é fornecido com onde discos RAID de conexão hot-plug e um disco sobressalente on-line (no compartimento 12 da série HP D2D4100 e no compartimento 1 da série HP D2D4300). Para aplicar a chave de licença 1. Selecione a página Licenças na interface Web Management para exibir uma lista de recursos licenciáveis. IMPORTANTE Quando você adiciona o kit de atualização de capacidade.DAT. a série HP D2D4300 permite conectar até três kits de atualização de capacidade.webware. Você não pode usar os discos no kit de atualização de capacidade enquanto eles não estiverem licenciados. 3.hp. Ela geralmente é obtida a partir do site de licenciamento da HP em http:// www. A chave é específica para o HP StoreOnce Backup System e não pode ser transferida. NOTA Se você estiver expandindo a capacidade de disco do RAID em um produto da série HP D2D4000.DAT. clique em Upload de arquivo de licença e use a opção Pesquisar para localizar o arquivo. Selecione o recurso que deseja licenciar e clique na caixa de seleção para habilitá-lo. conforme instruído no certificado de concessão da licença.com. o HP StoreOnce Backup System é desconectado enquanto o RAID é expandido. O arquivo também pode ser enviado por e-mail para o endereço do proprietário da licença registrada ou você pode recortá-la e colá-la em um arquivo temporário. recorte e cole a string exatamente como a obteve do site de licenças da HP e clique em Insira a string LTU. O kit de atualização de capacidade fornece mais onze discos sobressalentes on-line hot-plug +1. Obtenha a chave exclusiva de licença para uso. será informado de que deve reiniciar o sistema. 112 Administração . 2. Se você tiver salvo a LTU como um arquivo . Não pode ser feita a atualização da capacidade do HP D2D2500 Series Backup System. Se você usou o e-mail ou arquivo temporário. A série HP 4100 permite conectar um kit de atualização de capacidade. Recomendamos que você selecione a opção para salvar a licença em um arquivo .

executado no host. Você necessita de: • Um dispositivo de fita separado. como uma biblioteca de fita ou uma unidade de fita HP StorageWorks Ultrium LTO de altura completa ou meia altura. abrangendo diversas fitas. NOTA Consulte sempre o site http://www. que pode ser conectado diretamente ao host ou a uma SAN fibre channel. configurado no HP StoreOnce Backup System. No entanto.hp. como uma unidade de fita HP StorageWorks DAT 72. talvez seja preciso usar a interface Web Management para reduzir o tamanho máximo do cartucho. Se o aplicativo de backup não permitir a expansão de fitas. Consulte Para editar o tamanho máximo do cartucho. que permita copiar dados do compartilhamento de NAS ou cartucho de biblioteca em seu HP StoreOnce Backup System para o cartucho físico. você também pode usar uma unidade de fita com capacidade menor.hp.com/go/connect ou http://www.com/go/ebs para conhecer os modelos de dispositivos de fita recomendados. • Um aplicativo de backup. pois o tamanho do cartucho físico corresponde ao tamanho máximo de cartucho configurado no HP StoreOnce Backup System.9 Copiar com um dispositivo de fita conectado ao host Neste capítulo: • Requisitos • Usar unidade de fita conectada ao host • Compactação Requisitos Esta opção é apropriada se você deseja copiar dados de um dispositivo de fita virtual ou compartilhamento de NAS no HP StoreOnce Backup System em uma biblioteca de fita ou unidade de fita conectada a uma máquina host. página 29. No entanto. Guia do usuário 113 . você deve fazer isso quando criar a biblioteca ou outros slots pela primeira vez e antes de ter usado a biblioteca de qualquer modo com seu aplicativo de backup. Dispositivos de fita compatíveis As bibliotecas de fita HP StorageWorks LTO são os dispositivos ideais para todos os processos de cópia.

imagens JPEG. Consulte http://www. arquivos de texto. mas isso pode ser alcançado apenas se os dados ainda não estiverem compactados. Quando estiver movendo dados para um cartucho físico para armazenamento externo. A HP oferece algumas publicações técnicas que descrevem como utilizar esta função com aplicativos específicos.com. gráficos em alta resolução não estão. Compactação Quando você estiver movendo dados do HP StoreOnce Backup System para a fita física. já estão em formatos compactados: folhas de cálculo. A capacidade prevista para mídia física presume que a unidade de fita estará apta para compactar dados e reduzir arquivos em 50%.br/suporte. o host está fazendo backup em um Backup System série HP D2D4100 e uma unidade de fita foi conectada ao host. A maioria dos usuários tem um mix de dados compactados e não compactados e raramente alcança 50% de compactação.Processo de arquivamento do host para fita Esse processo é controlado pelo aplicativo de backup. não se preocupe se os dados parecerem ocupar menos espaço. Por exemplo. Por exemplo. 114 Copiar com um dispositivo de fita conectado ao host . portanto os dados do HP StoreOnce Backup System provavelmente exigirão menos espaço em um cartucho de fita física.hp. Consulte a documentação fornecida com o aplicativo de backup. Na ilustração a seguir. o HP StorageWorks Data Protector Express o denomina trabalho de cópia. filmes. Figura 7 Arquivamento em fita Mais informações Não é possível descrever a execução desta operação porque ela é controlada unicamente pelo aplicativo de backup e os diversos aplicativos funcionam de modos diferentes. arquivos de música ou ZIP. é importante que saiba que o tamanho máximo do cartucho é o tamanho nativo (sem compactação). As unidades de fita HP StorageWorks aplicam compactação de hardware.

perderá dados de backup nas bibliotecas de origem e de destino. Antes da falha. Você. Guia do usuário 115 . dispositivos VTL • Recuperação do utilitário de origem. o mapeamento de origem para destino ainda existirá no StoreOnce Backup System reparado. com certeza. Replicação reversa com uso do assistente O local remoto perdeu os servidores host e o sistema StoreOnce. o mapeamento talvez exista ou não. compartilhamentos de NAS Recuperação de um utilitário de origem (dispositivos de fita virtual) IMPORTANTE Se você substituir os discos no StoreOnce Backup System de origem e mantiver o utilitário original.10 Restaurar processos com replicação Neste capítulo: • Recuperação do utilitário de origem. existia um mapeamento entre a biblioteca de origem no StoreOnce Backup System do local remoto e a biblioteca de destino no StoreOnce Backup System do data center. a biblioteca de origem. Você DEVE interromper esse mapeamento ANTES de executar a recuperação. Após a falha. sobregravará os dados na biblioteca de destino. a biblioteca de origem está ausente. em seguida. agora em branco (nos discos substituídos). Foi adquirido e instalado um novo hardware e agora o administrador deseja recuperar os dados para o StoreOnce Backup System e. Se não o fizer. para o servidor do host.

Mapeamento de fita virtual e selecione a nova biblioteca sem replicação. 3. Crie uma nova biblioteca sem replicação no utilitário de origem (executando o Assistente de replicação ou usando a página Dispositivos).Figura 8 Recuperação usando replicação reversa 1. Acesse a página Replicação . Clique em Iniciar assistente de recuperação. 2. 116 Restaurar processos com replicação .

Guia do usuário 117 . Selecione a biblioteca de destino existente ou a biblioteca sem replicação que era biblioteca de destino antes do mapeamento ser interrompido.4. Na etapa Selecionar utilitário de destino. selecione Adicionar o utilitário de destino e especifique o endereço IP do utilitário de destino de replicação anterior. da qual os slots devem ser recuperados. 5.

Por padrão. todos os slots da biblioteca de destino serão selecionados. mas você deve desmarcar os cartuchos que não deseja recuperar para a biblioteca de origem. Se a biblioteca de destino tiver suporte para Fan In de várias bibliotecas. 118 Restaurar processos com replicação . crie um novo mapeamento de slots.6. Clique em Adotar para executar a replicação reversa. Se for uma biblioteca de destino existente. adote o mapeamento de slots que foi configurado. Agora você pode fazer a recuperação adicionando o mapeamento novamente para mapear os slots não mapeados para a nova biblioteca de origem. Se o mapeamento foi interrompido e a biblioteca foi revertida para sem replicação. ela ainda pode ser um destino de replicação se houver outros mapeamentos.

Guia do usuário 119 . NOTA O procedimento descrito abaixo mantém a capacidade de fazer backup na biblioteca de destino. uma solução mais simples seria tornar a biblioteca de destino visível (mas somente leitura). os dados poderão ser recuperados para o host com o uso do aplicativo de backup original. página 25. Assim que a replicação reversa for concluída em cada slot. Agora podem ser executados novos backups para o utilitário de origem e a replicação será executada normalmente. Se isso não for necessário. pela WAN (que levará muito tempo). 8. sem nenhuma outra configuração. a partir do StoreOnce Backup System do data center. Consulte “Aplicativos de backup e bibliotecas de destino de replicação”. Figura 9 Processo reverso de replicação: origem perdida Promoção de uma biblioteca de destino pela WAN com uso de SCSI O local remoto perdeu os servidores host e o sistema StoreOnce. Foi adquirido e instalado um novo hardware de servidor e o administrador agora deseja recuperar dados para o servidor. O administrador não instalou um novo StoreOnce Backup System e vai recuperar os dados diretamente para o servidor.7.

IMPORTANTE Este método de recuperação não é adequado se a biblioteca de destino também tiver mapeamentos de slots das biblioteca de origem em outros locais remotos. Desde que haja um só mapeamento de slots para a biblioteca de destino. existia um mapeamento entre a biblioteca de origem no StoreOnce Backup System do local remoto e a biblioteca de destino no StoreOnce Backup System do data center. no local remoto. A biblioteca de destino no data center StoreOnce Backup System ainda está no modo de biblioteca de destino e seus mapeamentos não foram removidos. 7. o mapeamento ainda existirá. Não prossiga porque este método não é adequado. 3. vá para a página Replicação . Instale o iniciador iSCSI na máquina host. selecione a biblioteca de destino e remova o mapeamento de slots entre ela e a biblioteca de origem que foi perdida. no local remoto onde a recuperação deve ocorrer.Figura 10 Recuperação por promoção de uma biblioteca de destino Antes da falha. 2. Importe os cartuchos para o aplicativo de backup e recupere os dados pela WAN. No utilitário de destino. e instale o aplicativo de backup. 6. 5. Faça a conexão ao utilitário do data center e da biblioteca via iSCSI a partir do host. mas a biblioteca de origem será perdida. 4. ela se transforma em biblioteca sem replicação. Após a falha. não os remova se isso quebrar outra replicação de biblioteca. 120 Restaurar processos com replicação .Configuração do mapeamento. Edite a configuração da porta da nova biblioteca sem replicação recém promovida para torná-la iSCSI. NOTA Se houver outros mapeamentos. 1. Configure o nome do iniciador iSCSI da nova biblioteca sem replicação recém promovida para ser igual ao nome do sistema do host. no data center.

O administrador decide transferir o utilitário StoreOnce Backup System que estava no data center para o escritório remoto (talvez só temporariamente) para recuperar os dados do servidor. página 115. como foi descrito na “Replicação reversa com uso do assistente”. Nesse ponto. não há nenhum utilitário de origem HP StoreOnce no local remoto.8. Guia do usuário 121 . você poderá reverter a recuperação dos dados e configurar a replicação. Se um for instalado depois. Figura 11 Processo de recuperação: promoção de uma biblioteca de destino pela WAN Promoção de uma biblioteca de destino com uso de compartilhamento de localização Foi adquirido e instalado um novo hardware de servidor e o administrador agora deseja recuperar dados para o servidor.

ela se transforma em biblioteca sem replicação. Transfira o utilitário do data center para o local remoto e reconfigure a rede etc.Mapeamentos de fita virtual. NOTA Se houver outros mapeamentos. A biblioteca de destino no data center StoreOnce Backup System ainda está no modo de biblioteca de destino e seus mapeamentos não foram removidos. instale uma placa FC no servidor. Desde que haja um só mapeamento de slots para a biblioteca de destino. porque interromperá todos os outros backups ou replicações no utilitário do data center. • Para uma conexão de iSCSI. 2. 122 Restaurar processos com replicação . e instale o aplicativo de backup.Figura 12 Recuperação pelo compartilhamento de localização do utilitário de destino Antes da falha. No utilitário de destino (agora no local remoto). Faça a conexão ao utilitário e biblioteca com compartilhamento de localização a partir do host. instale o iniciador iSCSI na máquina host. existia um mapeamento entre a biblioteca de origem no StoreOnce Backup System do local remoto e a biblioteca de destino no StoreOnce Backup System do data center. 3. conforme o caso. 6. em um cenário simples ativo-para-passivo. Configure o nome do iniciador iSCSI da nova biblioteca sem replicação recém promovida para ser igual ao nome do sistema do host. não os remova se isso quebrar outra replicação de biblioteca. mas a biblioteca de origem será perdida. • Para uma conexão FC. o mapeamento ainda existirá. (Se necessário. Após a falha. 4. selecione a biblioteca de destino e remova o mapeamento de slots entre ela e a biblioteca de origem que foi perdida. No entanto. acesse a página Replicação .) 5. Importe os cartuchos para o aplicativo de backup e recupere os dados pela WAN. faça a conexão à SAN. Decida qual interface. iSCSI ou FC. IMPORTANTE Essa configuração só é possível em situações limitadas. este pode ser um modelo muito eficiente. 1. você vai usar para conectar a biblioteca ao host e edite a configuração da porta da biblioteca sem replicação recém promovida para torná-la iSCSI ou FC. Não prossiga porque este método não é adequado. no local remoto onde a recuperação deve ocorrer.

não há nenhum utilitário de origem HP StoreOnce no local remoto. página 115. Se um for instalado depois. Nesse ponto. você poderá reverter a recuperação dos dados e configurar a replicação. Figura 13 Processo de recuperação: promoção de uma biblioteca de destino com uso de compartilhamento de localização Guia do usuário 123 . como foi descrito na “Replicação reversa com uso do assistente”.7.

Após a falha. perderá dados de backup nos compartilhamentos de origem e de destino. para o servidor do host. Replicação reversa com uso do assistente Neste exemplo. o local remoto perdeu os servidores host e o sistema StoreOnce. Mapeie de um host no local de origem para o novo compartilhamento na origem de replicação e copie os dados do disco USB antes de executar o Assistente de recuperação. com certeza. existia um mapeamento entre a biblioteca de origem no StoreOnce Backup System do local remoto e a biblioteca de destino no StoreOnce Backup System do data center. Se não o fizer. Propagação É possível reverter a propagação da primeira restauração completa usando um disco USB. 3. Mapeie do host no local de destino para o compartilhamento de NAS no HP StoreOnce Backup System e copie o compartilhamento em um disco USB conectado ao host. compartilhamentos NAS IMPORTANTE Se você substituir os discos no StoreOnce Backup System de origem e mantiver o utilitário original. o mapeamento de origem para destino ainda existirá no StoreOnce Backup System reparado. Antes da falha. o compartilhamento de origem. Transporte a mídia para o local de origem de replicação e conecte-a ao host. Figura 14 Recuperação por propagação reversa dos compartilhamentos de NAS em um utilitário sobressalente de origem 124 Restaurar processos com replicação . sobregravará os dados no compartilhamento de destino. 2. a biblioteca de origem está ausente. agora em branco (nos discos substituídos). da seguinte maneira: 1.Recuperação do utilitário de origem. Você. em seguida. Foi adquirido e instalado um novo hardware e agora o administrador deseja recuperar os dados para o StoreOnce Backup System e. o mapeamento talvez exista ou não. Você DEVE interromper esse mapeamento ANTES de executar a recuperação.

3. mas isso pode colocar uma carga inaceitável na largura de banda ou na disponibilidade de tempo.Mapeamentos de NAS: e selecione o novo compartilhamento sem replicação. 4. Clique em Iniciar assistente de recuperação. 2. Reverta a propagação da primeira restauração completa. A maneira mais simples de fazer isso é usando um disco USB. Guia do usuário 125 . Também é possível realizar a recuperação pela WAN.1. Crie um compartilhamento sem replicação no utilitário de origem (usando a página de compartilhamentos de NAS). conforme descrito no começo desta seção. Acesse a página Replicação .

adote o mapeamento que foi configurado ou crie um novo mapeamento e clique em Próximo. 6. haverá uma entrada dizendo Biblioteca sem replicação (em vez de Destino de replicação). 7. Este será o compartilhamento de NAS de destino do qual os arquivos deverão ser recuperados. NOTA Se o mapeamento for interrompido. Na etapa Selecionar utilitário de destino. Restaurar processos com replicação . Clique em Próximo. 126 Na etapa Editar mapeamento do compartilhamento.5. selecione Adicionar utilitário de destino e especifique o endereço IP do utilitário de destino de replicação anterior. Selecione o destino existente.

Clique em Adotar para executar a replicação reversa. 10.8. Guia do usuário 127 . sem nenhuma outra configuração. Assim que a replicação reversa for concluída. os dados poderão ser recuperados para o host com o uso do aplicativo de backup original. 9. Agora podem ser executados novos backups para o utilitário de origem e a replicação será executada normalmente.

Foi adquirido e instalado um novo hardware de servidor e o administrador agora deseja recuperar dados para o servidor. 128 Restaurar processos com replicação . uma solução mais simples pode ser recuperar os dados do compartilhamento de destino. que é somente leitura. O administrador não instalou um novo StoreOnce Backup System e vai recuperar os dados diretamente para o servidor. NOTA O procedimento descrito abaixo mantém a capacidade de fazer backup no compartilhamento de destino. Se isso não for necessário. a partir do utilitário StoreOnce do data center. pela WAN (que levará muito tempo).Figura 15 Processo reverso de replicação: origem perdida Promoção de um compartilhamento de destino pela WAN com uso de NAS O local remoto perdeu os servidores host e o sistema StoreOnce.

2. você poderá reverter a recuperação dos dados e configurar a replicação. No utilitário de destino. 4. o mapeamento ainda existirá. O compartilhamento de destino no data center StoreOnce Backup System ainda está no modo de compartilhamento de destino e seus mapeamentos não foram removidos. existia um mapeamento entre o compartilhamento de origem no StoreOnce Backup System do local remoto e um compartilhamento de destino no StoreOnce do data center. no data center. mas o compartilhamento de origem será perdido.Mapeamentos NAS. O compartilhamento de destino se transforma em compartilhamento sem replicação. Se um for instalado depois. Após a falha. acesse a página Replicação . selecione o compartilhamento de destino e remova o mapeamento entre ele e o compartilhamento de origem que foi perdido. página 124. Figura 17 Processo de recuperação: promoção de um compartilhamento de destino pela WAN Guia do usuário 129 . Nesse ponto. Verifique se o aplicativo de backup está visando o recém criado compartilhamento sem replicação e recupere os dados. como foi descrito na “Replicação reversa com uso do assistente”. não há nenhum utilitário de origem do HP StoreOnce no local remoto.Figura 16 Recuperação por promoção de um compartilhamento de destino pelo NAS Antes da falha. 1. 3.

3. porque interromperá todos os outros backups ou replicações no utilitário do data center. No entanto. 4. existia um mapeamento entre o compartilhamento de origem no StoreOnce Backup System do local remoto e um compartilhamento de destino no StoreOnce do data center. Figura 18 Recuperação pelo compartilhamento de localização do utilitário de destino Antes da falha. IMPORTANTE Essa configuração só é possível em situações limitadas. 1. No utilitário de destino (agora no local remoto). 5. 2. Após a falha. O compartilhamento de destino se transforma em compartilhamento sem replicação. NOTA Se houver outros mapeamentos de compartilhamento. Transfira o utilitário do data center para o local remoto e reconfigure a rede etc. selecione o compartilhamento de destino e remova o mapeamento de slots entre ele e o compartilhamento de origem. O compartilhamento de destino no data center StoreOnce Backup System ainda está no modo de compartilhamento de destino e seus mapeamentos não foram removidos.Promoção de um compartilhamento de destino com uso de compartilhamento de localização Foi adquirido e instalado um novo hardware de servidor e o administrador agora deseja recuperar dados para o servidor. Verifique se o recém-criado compartilhamento de NAS sem replicação foi configurado corretamente para permitir que os respectivos hosts o acessem. mas o compartilhamento de origem será perdido. o mapeamento ainda existirá. não continue porque este método não é adequado. O administrador decide transferir o utilitário StoreOnce que estava no data center para o escritório remoto (talvez só temporariamente) para recuperar os dados do servidor. este pode ser um modelo muito eficiente. acesse a página Replicação . em um cenário simples ativo-para-passivo.Mapeamentos de NAS. 130 Restaurar processos com replicação . Recupere os dados do compartilhamento de NAS para o host pela WAN.

página 124. Se um for instalado depois. como foi descrito na “Replicação reversa com uso do assistente”. você poderá reverter a recuperação dos dados e configurar a replicação.6. Nesse ponto. Figura 19 Processo de recuperação: promoção de um compartilhamento de destino com uso de compartilhamento de localização Guia do usuário 131 . não há nenhum utilitário de origem HP StoreOnce no local remoto.

132 Restaurar processos com replicação .

Use o aplicativo de backup para restaurar arquivos do HP StoreOnce Backup System no host. 1.11 Restaurar processos sem replicação Neste capítulo: • Cenários de restauração • Restauração de arquivos individuais • Restauração e desduplicação • Reconexão a dispositivos VTL iSCSI após uma falha do host NOTA Se você estiver usando replicação. pode usá-lo para criar um CD de recuperação de inicialização. Se o seu aplicativo de backup oferecer suporte para recuperação de desastres de hardware sem depender do software original. Depois. conforme necessário. Recuperação de desastres de hardware sem depender do software original (compartilhamentos NAS) NOTA A recuperação de desastres de hardware sem depender do software original pode ser factível em alguns casos com VTL Fibre Channel. A recuperação de VTL iSCSI dessa forma não é possível com os aplicativos atuais de backup. Recrie os sistemas operacionais do host e instale os aplicativos. Restaurar depois de uma falha do host Isso é executado a partir do HP StoreOnce Backup System. 2. Cenários de restauração Há três cenários principais de restauração Restauração básica de arquivo Isso é executado a partir do HP StoreOnce Backup System. Use o aplicativo de backup para restaurar arquivos de dados do HP StoreOnce Backup System no host. há outras opções de restauração de dados. Guia do usuário 133 . reconecte o HP StoreOnce Backup System. se o aplicativo de backup for compatível com conectividade Fibre Channel em todo o processo de recuperação.

No entanto. 2. onde o aplicativo do software é baseado em fita.1. Quando o aplicativo de backup avisar para acessar o compartilhamento de NAS. 1. Use o CD de recuperação de inicialização para iniciar o sistema host no console de recuperação do aplicativo de backup e conecte-se novamente ao HP StoreOnce Backup System. Instale o sistema operacional no host. atribua ao host o mesmo Nome de computador do host que falhou. o desempenho da restauração no seu HP StoreOnce Backup System é muito mais veloz que a restauração da fita física. pois não há necessidade de recuperar os dados da mídia física arquivada. forneça o endereço IP do StoreOnce Backup System. Mesmo ao fazer restaurações de dispositivos de fita virtual. o tempo real de restauração a partir do disco é maior. substitua-o e reconfigure o mapeamento do host para o dispositivo de backup configurado no HP StoreOnce Backup System. a restauração ainda é rápida. Reconexão a dispositivos VTL iSCSI após uma falha do host Cada biblioteca configurada ou unidade de fita no HP StoreOnce Backup System é atribuída exclusivamente a um host. 134 Restaurar processos sem replicação . Restauração e desduplicação Com a desduplicação de dados. 3. pois os volumes de dados precisam ser reconstruídos. 2. Consulte o Guia de Instalação e Configuração HP StoreOnce Backup System. Restauração de arquivos individuais Isso é muito simples e rápido. como podem ser armazenados mais dados no disco. Se possível. Instale o aplicativo de backup no host. Ela não pode ser vista por nenhum outro host na rede. Execute seu software de backup e selecione os arquivos a ser restaurados. Se o sistema do host falhar. Execute o iniciador iSCSI no host restaurado.

as mesmas informações deverão ser inseridas na interface Web Management. Selecione a página Dispositivos na interface Web Management e coloque a biblioteca de destino no modo Editar. Modifique a biblioteca de destino para ver o nome da nova máquina do host restaurado. NOTA Se a opção Segredo foi usada no iniciador iSCSI para inserir uma string de autenticação. página 68. Guia do usuário 135 . Consulte “iSCSI (Status)”. 5. Copie o nome do nó iniciador do host (encontrado na guia General na etapa 4) no Nome do iniciador iSCSI. Anote o Nome do nó iniciador (pode ser encontrado na guia General no iniciador Microsoft iSCSI).4.

ela deve ser 3260.6. insira o endereço IP do HP StoreOnce Backup System para adicioná-lo como um portal de destino para o host. 136 Na guia Detecção. Não altere a porta. Restaurar processos sem replicação .

. se você estiver usando um nome de host e nome de nó do iniciador iSCSI como o host com falha. Importe a mídia para seu banco de dados do aplicativo de backup e restaure o último backup completo do HP StoreOnce Backup System. Os dispositivos de destino já foram configurados no HP StoreOnce Backup System para o host com falha. 8. Guia do usuário 137 .. novos dispositivos serão configurados para esse host. Execute o aplicativo de backup. assim eles serão exibidos na lista da guia Destinos com o status de Inativo.7.. Você deve fazer login nos destinos adequados para seu host. Lembre-se de que cada biblioteca tem dois dispositivos e você deve fazer logon em cada um separadamente. É recomendável selecionar também a restauração automática na opção de inicialização na caixa de diálogo Fazer logon. Ele deve fazer a conexão com o dispositivo da biblioteca no HP StoreOnce Backup System. Caso contrário.

138

Restaurar processos sem replicação

12 Entender os LEDs
Neste capítulo:
• HP D2D4324/4312 Backup System
• HP D2D4112/4106 Backup System
• HP D2D2502/2504 Backup System

HP D2D4324/4312 Backup System
LEDs frontais

Figura 20 LEDs frontais no HP D2D4324/4312 Backup System
1. Botão e LED Liga/Desliga

Verde constante: fonte de alimentação conectada,
dispositivo pronto para ser usado
Âmbar contínuo: dispositivo desligado ou em modo
de hibernação com energia conectada
Apagado: fonte de alimentação não conectada

2. LED de integridade do sistema

Verde constante: o desempenho do hardware é
adequado
Amarelo piscando: condição degradada
Vermelho intermitente: condição crítica, como falha
da fonte de alimentação ou do ventilador

Guia do usuário

139

3. LED do marcador HP D2D

Azul constante: identifica a unidade
Âmbar: desligado ou falha de hardware do sistema

4. Systems Insight Display

Os LEDs da tela do HP Systems Insight representam a
estrutura da placa do sistema e podem ser úteis para
a solução de problemas. Consulte o “Guia de
manutenção e serviços” para obter mais detalhes.

LEDs posteriores

Figura 21 LEDS da LAN no painel traseiro do HP D2D4324/4312
1. Indicador LED de velocidade de rede da LAN

Verde constante: a conexão LAN está utilizando um
link de 10 Mbps/100 Mbps.
Âmbar contínuo: a conexão LAN está utilizando um
link GbE.
Apagado: sem conexão.

2. Indicador LED do status de atividade da LAN

Verde intermitente: atividade de dados de rede em
andamento.
Apagado: sem atividade de dados de rede ou sem
conexão.

140

Entender os LEDs

HP D2D4112/4106 Backup System
LEDs frontais no HP D2D4106/4112

Figura 22 LEDs frontais do HP D2D4112 e 4106 Backup System
1. LED do marcador HP D2D

Azul constante: identifica a unidade
Âmbar: desligado ou falha de hardware do sistema

2. LED de integridade do sistema

Verde constante: o desempenho do hardware é
adequado
Amarelo piscando: condição degradada
Vermelho intermitente: condição crítica, como falha
da fonte de alimentação ou do ventilador

3. e 4. LEDs da porta LAN

Verde intermitente: conexão de rede
Apagado: sem conexão de rede ou rede não
configurada

5. Botão e LED Liga/Desliga

Verde constante: fonte de alimentação conectada,
dispositivo pronto para ser usado
Âmbar contínuo: dispositivo desligado ou em modo
de hibernação com energia conectada
Apagado: fonte de alimentação não conectada

Guia do usuário

141

LEDs posteriores no HP D2D4106/4112

Figura 23 LEDs da LAN no HP D2D4112/4106
1. Indicador LED de velocidade de rede da LAN

Verde constante: a conexão LAN está utilizando um
link de 10 Mbps/100 Mbps.
Âmbar contínuo: a conexão LAN está utilizando um
link GbE.
Apagado: sem conexão.

2. Indicador LED do status de atividade da LAN

Verde intermitente: atividade de dados de rede em
andamento.
Apagado: sem atividade de dados de rede ou sem
conexão.

HP D2D2502/2504 Backup System
Visão dianteira do HP D2D2502/2504

Figura 24 Visão dianteira do HP D2D2502/2504 Backup System
1. LED do marcador HP D2D

Azul constante: identifica a unidade

2. LED de integridade do sistema

Verde constante: o desempenho do hardware é
adequado
Amarelo piscando: condição degradada

142

Entender os LEDs

Indicador LED de velocidade de rede da LAN Verde constante: a conexão LAN está utilizando um link de 10 Mbps/100 Mbps. Indicador LED do status de atividade da LAN Verde intermitente: atividade de dados de rede em andamento. LEDs de unidade hot-plug O status dos discos rígidos hot-plug instalados no servidor é indicado pelo LED de atividade da unidade localizada no painel dianteiro do servidor. e 4. Apagado: sem conexão. Âmbar contínuo: a conexão LAN está utilizando um link GbE. 2. Guia do usuário 143 . Apagado: sem atividade de dados de rede ou sem conexão. como falha da fonte de alimentação ou do ventilador 3.Vermelho intermitente: condição crítica. LEDs da porta LAN Verde intermitente: conexão de rede Apagado: sem conexão de rede ou rede não configurada 5. dispositivo pronto para ser usado Âmbar contínuo: dispositivo desligado ou em modo de hibernação com energia conectada Apagado: fonte de alimentação não conectada Visão traseira do HP D2D2502/2504 G2 Figura 25 LEDs do painel traseiro do HP D2D2502/2504 1. Botão e LED Liga/Desliga Verde constante: fonte de alimentação conectada.

Aguardando inicialização do software HBA. O Backup System da série HP D2D4000 também tem um LED Marcador em cada disco para permitir a identificação de um disco específico do HP D2D. Piscando Piscando Piscando Acionamento depois da inicialização do software. sem atividade Verde intermitente: disco em atividade Âmbar contínuo: o disco falhou Amarelo piscando: previsão de falha no disco Apagado: o disco não faz parte do RAID Azul constante: identifica um disco específico dentro da unidade 2. que ajuda o usuário a identificar qual unidade está sendo configurada. Use a página Rede da interface Web Management para ligar e desligar o Modo de marcador no HP StoreOnce Backup System. Consulte também “Rede (Configuração)”. Tabela 26 LEDs da placa FC LED amarelo LED verde LED âmbar Atividade Apagado Apagado Apagado Desligado (OK) Aceso Aceso Aceso Acionamento antes ou depois da inicialização do software.Figura 26 LEDs de unidade 1. Também é possível ligar e desligar o modo Marcador pressionando o LED do painel dianteiro. página 43. LEDs da placa Fibre Channel Na versão Fibre Channel do HP D2D existem três LEDs adjacentes a cada uma das portas Fibre Channel. se várias estiverem conectadas à rede. Se você não desligar o Modo de Marcador ele continuará por 5 minutos. Piscando alternadamente Piscando alternadamente Piscando alternadamente Falha do software (OK) 144 Entender os LEDs . LED marcador de disco Modo de marcador O HP StoreOnce Backup System tem suporte para uma sequência de LEDs de marcador. Link não inicializado. Isso faz com que o LED do marcador nas partes dianteira e traseira do HP D2D fique azul constante. LED Disco Online Verde constante: on-line.

Apagado Apagado Aceso Conectado a 2 (somente série HP D2D4300) ou a 1 (todos os demais sistemas FC) Gb/s Apagado Apagado Piscando Atividade a 2 (somente série HP D2D4300) ou a 1 (todos os demais sistemas FC) Gb/s (OK) Apagado Aceso Apagado Conectado a 4 (somente série HP D2D4300) ou a 2 (todos os demais sistemas FC) Gb/s Apagado Piscando Apagado Atividade a 4 (somente série HP D2D4300) ou a 2 (todos os demais sistemas FC) Gb/s (OK) Aceso Apagado Apagado Conectado a 8 (somente série HP D2D4300) ou a 4 (todos os demais sistemas FC) Gb/s Piscando Apagado Apagado Atividade a 8 (somente série HP D2D4300) ou a 4 (todos os demais sistemas FC) Gb/s (OK) LEDs do kit de atualização de capacidade Há três LEDs na parte dianteira do kit de atualização de capacidade. Figura 27 LEDs de atualização de capacidade 1. LED de falha Âmbar: condição de falha Apagado: sem condição de falha 3. LED de pulsação Verde: atividade do sistema Apagado: sem atividade do sistema 2. Botão/LED UID Azul: identificado Azul intermitente: gerenciamento remoto ativo Apagado: sem gerenciamento remoto Guia do usuário 145 .

146 Entender os LEDs .

com/go/ebs quanto aos aplicativos compatíveis.hp.13 Solução de problemas Use as informações deste capítulo para resolver problemas. se não estiver.hp. • Verifique se o iniciador iSCSI está conectado aos dispositivos e faça logon. execute a ferramenta Discovery novamente. Pare e reinicie os serviços de aplicativo de backup depois que o dispositivo de backup tiver sido detectado. configure os dispositivos na guia Destinos do iniciador iSCSI. Esse capítulo fornece informações de solução de problemas sobre: • • • • • • • • • • • • • • • • Conexão ao StoreOnce Backup System a partir do aplicativo de backup Conexão à rede Usando as portas de 10 Gb Desempenho Erros e avisos da interface Web Management Problemas com o botão Liga/Desliga Não é possível conectar-se à interface Web Management Erro de manipulação de estado NFS Não é possível autenticar uma sessão iSCSI Se o HP D2D não tiver espaço Não é possível acessar uma prateleira de armazenamento Falha no backup ou na replicação StoreOnce Backup System &ndash. problemas de configuração Atualizar licenças Substituição do hardware Upgrades de peças de componentes Conexão ao StoreOnce Backup System a partir do aplicativo de backup Verifique se você tem a versão ou patches de software mais recentes para o aplicativo de backup. Mais informações detalhadas sobre soluções de problemas podem ser encontradas em http://www. Consulte http://www. Guia do usuário 147 . Se você ainda não conseguir acessar o dispositivo.com/go/connect ou http://www.com/support.hp. • Se não estiver acessível. verifique se o Gerenciador de dispositivos pode ser acessado do host.

Conexão à rede NOTA Se você selecionou o modo Agregação de link. verifique se existe um firewall. • Se não houver LEDs piscando. A detecção é executada como parte do Assistente de instalação. mas o limite real geralmente é menor devido a limites impostos às portas do host ou comutador.NOTA Existem limitações práticas no número de dispositivos que cada host. verifique se você tem o endereço IP correto do HP D2D. Essa é a principal porta de comunicação com a interface Web Management e. 3. Independentemente do modo de configuração da rede e do tipo de interface. Tente executar PING / PINGv6 no endereço IP do HP StoreOnce Backup System. ela também é instalada como um utilitário independente na sua área de trabalho. 148 rede está sendo executada no modo IPv4 ou IPv6? O HP D2D funcionará e detectará automaticamente ambos os modos de operação. Talvez você tenha que desativá-lo temporariamente. comutador FC ou HBA pode acessar. É recomendável que não sejam configurados mais de 64 dispositivos para uso em um só host. Solução de problemas . certifique-se de que o comutador esteja configurado corretamente. Usando a conexão Fibre Channel. use o console do sistema para confirmar as configurações feitas no HP D2D (consulte o Guia de Instalação e Configuração HP StoreOnce Backup System). Verifique se os LEDs estão piscando na porta da LAN e no LED no painel dianteiro da LAN. mas você pode usar o endereçamento estático no modo IPv6. • Utilize a opção Marcador para identificar um HP StoreOnce Backup System particular na rede. O limite para hosts Windows ou Linux hosts usando a interface iSCSI é 64. use a ferramenta independente Discovery. Certifique-se de que o endereço IP correto está selecionado para a rede que você está usando. Atualmente. Ele poderá ser reativado assim que o 5. Se você continuar sem acesso ao HP StoreOnce Backup System. É possível configurar mais dispositivos de unidade e biblioteca do que um host pode acessar. que normalmente usam as portas de 10 Gb para a comunicação de dados). 2. Essa é a principal porta para comunicações de dados (ou a porta 3 para Backup Systems série HP D2D4300). Execute a ferramenta Discovery Engine e verifique se o HP StoreOnce Backup System é exibido na lista de dispositivos para seleção. em modelos SCSI. verifique os seguintes itens: 1. o HP D2D não é compatível com DHCPv6. não há comunicação de rede entre ele e o host. existe um limite teórico de 255 dispositivos por porta FC em um host ou comutador. A • • • 4. Se o D2D não responder ao ping. a principal porta de comunicação de dados (exceto nos modelos HP D2D4300. Se você não puder acessar o dispositivo na rede. Você está usando endereçamento IP estático ou DHCP para o HP D2D? Se não tiver certeza sobre as configurações. • Se a Discovery não conseguir encontrar um dispositivo. certifique-se de que haja um cabo Ethernet CAT-5E (ou superior) conectado à porta 1 da rede. • Se os LEDs estiverem piscando. você não tem uma conexão de rede – verifique o cabo Ethernet ou consulte o administrador da rede.

Os LEDs na placa de 10 Gb (na parte posterior do HP StoreOnce Backup System) também ajudam a identificar a atividade da rede. O desempenho será reduzido se for usada uma rede 10/100BaseT. Você somente pode recuperar isso da tela do console conectando diretamente um monitor e um teclado ao HP StoreOnce Backup System. Rede Para dispositivos iSCSI. verifique se as portas de 10 Gb estão habilitadas na página Rede (Configuração). • Se não for possível usar a interface Web Management. • A página Resumo da interface Web Management pode indicar uma mensagem de erro ou aviso. Entretanto. • A velocidade da sua rede ou o acesso a discos não são rápidos o suficiente para permitir a transmissão de dados. página 15. página 70. use o iLO2 para monitorar as portas de rede. • Você poderá configurar alertas de e-mail. página 54). Consulte o documento Práticas recomendadas D2D para VTL. aviso ou informações relativas aos principais subsistemas. • O HP D2D não está otimizado para a rede e o aplicativo. que enviarão automaticamente uma mensagem para o sistema de e-mail quando ocorrer um problema (consulte “Alertas de email (Configuração)”. Erros e avisos da interface Web Management A interface Web Management destacará os erros e avisos associados à operação do HP D2D. destacada por um ícone de erro. Uso das portas de 10 Gb (somente série HP D2D4300) Embora um aviso seja exibido. é possível desabilitar as portas de rede. implementações NAS e de replicação na página de manuais da HP para obter instruções detalhadas. Consulte “Log (Status)”. Como alternativa. O HP StoreOnce Backup System também pode estar em uma sub-rede diferente. ele requer uma configuração cuidadosa. o HP D2D foi desenvolvido para execução em uma rede de 1 GB ou 10 Gb (série HP D2D4300). Guia do usuário 149 . • Se a transferência de dados parecer lenta. Desempenho O HP StoreOnce Backup System foi desenvolvido para operações de backup e restauração de alto desempenho de acordo com a especificação documentada. Consulte Ícones de status. • O aplicativo de backup não está otimizado. Há vários motivos pelos quais talvez você não obtenha o desempenho esperado do HP D2D. Além disso. • O log de eventos do sistema na interface Web Management também poderá destacar avisos ou erros.dispositivo for configurado. certifique-se de que os hosts estejam configurados corretamente para selecionar a rede de 10 Gb para transferência de dados. verifique se as portas de 1 Gb estão habilitadas na página Rede (Configuração). Os LEDs do painel dianteiro (somente portas de 1 Gb) e das portas de rede e também avisos na interface Web Management indicarão as velocidades de rede nas quais o dispositivo está sendo executado.

Estado do sistema Descreve o estado geral do HP D2D. página 148. reinicie o kit de atualização de capacidade antes de reiniciar o HP StoreOnce Backup System. será exibido um aviso. você atualizou o software mas não o pacote de idiomas. Se ele estiver fora desse limite. página 157 para obter detalhes sobre falha e recriação da unidade de disco rígido. o servidor falhará e interromperá o funcionamento do servidor NTP. um alerta será enviado por e-mail e o usuário precisará reiniciar manualmente o NTP na interface Web Management. • Verifique se os módulos de memória estão corretamente montados nos slots • Verifique se você tem a capacidade correta de memória inserida • Verifique se eles estão nos slots corretos Aviso de CPU com defeito O HP D2D foi desenvolvido para operar com determinado processador e velocidade. O melhor. Avisos de rede Consulte “Conexão à rede”. você também deve desligar o HP StoreOnce Backup System. você receberá uma mensagem de que “um pool de armazenamento não está disponível”. mas com desempenho muito limitado. 150 Solução de problemas . Erros e avisos de RAID de disco Consulte “Substituição do disco rígido”. Falha no servidor NTP Se o servidor NTP (para a atualização automática de data e hora) não se conectar ao servidor por algum motivo. O dispositivo funcionará. será exibido um aviso. Isso é facilmente solucionado seguindo as instruções em Atualização do pacote de idiomas. Se isso acontecer. Verifique se o processador está na versão correta Mensagens do pool de armazenamento Se você instalou o kit de atualização de capacidade (não compatível com a série HP D2D2500) e ele está desativado por algum motivo. O dispositivo funcionará. é sempre atualizar o pacote de idiomas juntamente com o software. entretanto. Se ele estiver fora desse limite. Aviso de falha de RAM O HP D2D foi desenvolvido para operar com certa quantidade de RAM. página 108. Se as duas unidades não forem ligadas na sequência correta. mas com desempenho muito limitado. Em seguida.DICA Caso tenha selecionado um idioma diferente do inglês e encontre alguns campos ou mensagens em inglês.

consulte O HP D2D é desligado automaticamente.Problemas com o botão Liga/Desliga A sequência normal de inicialização dura aproximadamente 2 minutos (ou 5 para a série HP D2D4300). exceto os LEDs da unidade de disco rígido. consulte o esquema na etiqueta da tampa.com/support. verifique se há erros no registro de eventos. Verifique o LED no PSU para se certificar de que não haja defeitos (deve estar verde). Verifique o módulo de memória flash no HP D2D para o ajuste correto. • Se a tela de console do sistema não for exibida: • O sistema operacional do HP D2D talvez não possa ser exibido ou reconhecido. Se o LED de energia estiver ÂMBAR: • Ligue o HP D2D usando o botão Liga/Desliga. • Se o iLO-2 estiver disponível no seu sistema. Consulte as informações do SmartArray RAID em http:// www.hp. • Se ele desligar novamente. • O PSU pode estar com defeito. O HP D2D é desligado automaticamente O HP D2D encontrou um problema com o hardware interno que requer que o dispositivo seja desligado para evitar outros problemas de hardware. Se o LED de energia estiver VERDE: • Conecte o monitor e o teclado diretamente à parte traseira do HP D2D (consulte Guia de Instalação e Configuração HP StoreOnce Backup System) e verifique se há erros na inicialização ou na tela do console do sistema. Durante o acionamento. Ao desligar o HP StoreOnce Backup System. Se o LED de energia estiver desligado: • Verifique se a energia está conectada ao HP D2D e se está ligada. não será exibido o status SmartArray. o controlador RAID P400 em um dos slots pode estar com falha. O LED de integridade do sistema no painel dianteiro provavelmente piscará em VERMELHO. antes de voltar à velocidade normal.) • Verifique se há erros de hardware quando o dispositivo HP D2D for inicializado. O HP D2D não é inicializado corretamente Verifique o LED de energia no painel dianteiro. página 151. • Conecte o monitor e o teclado diretamente à parte traseira do HP StoreOnce Backup System (consulte o Guia de Instalação e Configuração HP StoreOnce Backup System) e verifique se há erros na inicialização ou na tela do console do sistema. normalmente mostrado no momento da inicialização. o HP StoreOnce Backup System movimenta as ventoinhas em alta velocidade durante aproximadamente 10 segundos. Certifique-se de que ambas as fontes de alimentação estejam conectadas e reinicie Guia do usuário 151 . causando uma condição de aviso. Nenhum LED da unidade de disco rígido acenderá. • Se todos os LEDs estiverem acesos. Na tela de console do sistema. (Para localizar o módulo de memória flash. assegure-se de que não estão sendo executados trabalhos de backup ou restauração enquanto o HP StoreOnce Backup System estiver fora de ação. O LED de integridade do sistema está piscando em VERMELHO (séries HP D2D4100 e D2D4300) Um das duas fontes de alimentação estão com defeito ou não estão conectadas à energia no momento.

O HP D2D funcionará satisfatoriamente com uma fonte de alimentação. 152 Solução de problemas . mas você terá de redefinir as configurações de rede porque elas podem ter sido redefinidas por esta ação. A sequência a seguir causará problemas ao se conectar a um compartilhamento NAS. 3. Não é possível conectar-se à interface Web Management O HP D2D não está visível na rede Consulte “Conexão à rede”. 2. Nenhum dado do usuário será perdido. página 148. Verifique se a tecla CAPS LOCK está ativada ou não. Aproximadamente depois de 5 segundos. Reinicie o sistema Linux host e a conexão voltará a funcionar. 2. O HP StoreOnce Backup System será redefinido com as configurações de rede de fábrica e a senha do Administrador será restabelecida como Admin. mas ao tentar acessar o ponto de montagem antigo. página 148. Se você não conseguir localizar a senha da tela de login na interface Web Management. para reiniciá-lo. ele usará o conjunto anterior de inodes e. Exclua o compartilhamento no D2D sem desmontá-lo da máquina Linux. Verifique se não há trabalhos de backup ou restauração em andamento no dispositivo. 1. Não é possível fazer login na interface Web Management A senha diferencia maiúsculas de minúsculas. Erro de manipulação de estado NFS NOTA A resolução de nomes NetBIOS não é compatível com compartilhamentos CIFS. portanto. o cliente Linux atribuirá um novo conjunto de inodes ao novo compartilhamento. 1. Crie novamente o compartilhamento com o mesmo nome. ela poderá ser redefinida para o valor original.para restaurar esse LED. 3. mas sem qualquer redundância. Nesse caso. mas não é detectado na rede Consulte “Conexão à rede”. 4. Pressione o botão Liga/Desliga na parte dianteira do HP StoreOnce Backup System três vezes em sucessão rápida. o HP StoreOnce Backup System começará sua seqüência de reinicialização. O HP D2D inicia corretamente. Recomenda-se ligar a segunda fonte de alimentação ou substituir a fonte logo que for possível. não poderá se conectar. Crie um compartilhamento NFS e monte-o em uma caixa Linux.

mas você também pode criar algum espaço. Se necessário e o D2Ds estiver em conflito com outro dispositivo na rede. Se o HP StoreOnce Backup System não tem espaço em disco Uma mensagem de aviso é gerada quando o HP StoreOnce Backup System alcança 90% de capacidade. certifique-se de ter expandido completamente a capacidade de armazenamento. Guia do usuário 153 . consulte também o Guia de configuração e instalação do HP StoreOnce Backup System. deverá reconectá-la à mesma porta a que ela estava conectada originalmente. Se você já fez isso e ainda continua sem espaço. o administrador de rede deverá abrir as portas (TCP) 9387 (protocolo de comando) e 9388 (protocolo de dados) para permitir o tráfego de replicação nos HP StoreOnce Backup Systems. As opções para criar espaço incluem: • Verifique se você consegue reduzir o tamanho do backup ou o tempo de retenção em seus trabalhos de backup. Se você possui a unidade base de 12 discos. Se houver falha no backup ou na replicação Falha no backup É altamente recomendável que os usuários verifiquem os registros de erros do aplicativo de backup. • Utilize as configurações dos trabalhos do aplicativo de backup para sobrescrever ou apagar dados. essas portas poderão ter seu padrão alterado quando você criar o emparelhamento de replicação ou na página Configurações gerais do Utilitário local. A série HP D2D2500 não aceita a conexão de um kit de atualização de capacidade.Não é possível autenticar uma sessão iSCSI A autenticação CHAP será utilizada no HP D2D. Não encadeie em série as prateleiras de armazenamento. implementações NAS e de replicação para obter os valores máximos e recomendados. Não é possível acessar uma prateleira de armazenamento (Backup Systems séries HP D2D4100 e 4300) Se você desconectar uma prateleira de armazenamento. Falha na replicação Se a replicação precisar ser feita através de um firewall. Para obter detalhes das configurações do iniciador iSCSI Microsoft e da interface Web Management do HP D2D. Existem algumas coisas que podem resultar em erros: • Exceder o número máximo de tarefas simultâneas • Exceder o número máximo de arquivos abertos simultaneamente para NAS • Exceder o número total máximo de arquivos em um compartilhamento NAS • Reconfigurar dispositivos enquanto os backups estão em andamento • Excluir mapeamentos de replicação Consulte Práticas recomendadas D2D para VTL. você pode adquirir e instalar o kit de atualização de capacidade para expandir sua capacidade.

StoreOnce Backup System – problemas de configuração Não consigo ver um dispositivo VTL recém criado Quando você cria novo dispositivo no HP StoreOnce Backup System.Se o utilitário de origem falhar e ficar off-line durante a execução de um trabalho de replicação do NAS. verifique no Gerenciador de dispositivos para ter certeza de que ele está visível a partir do host. Uma nova LTU é gerada e deverá ser aplicada e ativada por meio da interface Web Management no sistema reparado/substituído. talvez seja necessário reinicializar os serviços no aplicativo de backup para que você possa ver os novos slots. Se alguns arquivos falharem em se replicar e permanecerem fora de sincronização por longos períodos. a LTU deverá ser transferida para o novo hardware através do site de licenciamento da HP. reinicie o servidor do aplicativo de backup. verifique se o aplicativo de backup não está mantendo esses arquivos abertos. o utilitário compartilhamento de destino da replicação pode ficar em um estado inconsistente. Não consigo recuperar o arquivo de configuração Você só pode recuperar um arquivo de configuração para um HP StoreOnce Backup System se não tiverem sido criados dispositivos (compartilhamentos de NAS ou dispositivos de fita virtual) nesse utilitário. A LTU está vinculada exclusivamente ao número de série do hardware do HP D2D. Não consigo ver outros slots a partir do aplicativo de backup Quando você cria slots adicionais para um carregador automático/biblioteca no HP StoreOnce Backup System. Isso será reparado automaticamente pelo utilitário de destino assim que ele detectar a perda do utilitário de origem. Isso pode ser feito verificando se existem tarefas pausadas ou em espera no aplicativo de backup. Consulte o Guia de Instalação e Configuração HP StoreOnce Backup System para obter mais informações. Atualizar licenças Posso transferir a licença de uso para outro HP D2D? Não. No entanto. ou reiniciando os serviços do aplicativo de backup. Se o seu número de série de hardware for alterado (ao trocar a placa-mãe da unidade). Se você ainda não consegue ver o dispositivo. quando o HP StoreOnce Backup System tiver perdido os discos e a configuração destes no drive flash USB. Se nenhuma dessas ações resolver o problema. Esse estado pode resultar em falha para recuperar alguns arquivos no compartilhamento ou executar uma lista de arquivos no compartilhamento porque as relações entre os arquivos e pastas foram perdidas. usando o iniciador iSCSI ou até que seja localizado corretamente na SAN Fibre Channel. Esta opção só deve ser usada em emergências. o host não estará preparado para ver o dispositivo até que você faça a conexão manualmente a ele. esse reparo pode levar até 10 minutos para ser concluído e o compartilhamento não poderá ser acessado durante esse tempo. 154 Solução de problemas .

hp. criada para futura expansão do sistema. Guia do usuário 155 . sem qualquer impacto. Consulte “Suporte (Administração)”.com/support. firmware.Existem mais discos do que a quantidade licenciada Se o status de Licenciamento de discos na página Resumo exibir mais discos que a quantidade licenciada. significando que está totalmente carregada ou no processo de recarga. Selecione seu HP StoreOnce Backup System e depois clique em Sistemas interoperacionais (BIOS. O log do evento exibirá “Invalid BIOS Assembly name” Essa entrada do log de eventos e o alerta de e-mail ocorrerão se uma placa-mãe for substituída no HP D2D. Em Armazenamento. Substituição do hardware No improvável evento em que for necessária a instalação de hardware de reposição. clique em Sistemas de armazenamento em disco. Leia as notas de versão e siga as instruções para fazer o upgrade. Esta é uma mensagem de aviso. página 109. Esta mensagem ocorrerá sempre que você reiniciar o sistema HP D2D.hp. Acesse http://www. se o HP D2D tiver sido desligado por mais de 24 horas. você precisa obter e aplicar uma chave de licença de uso. você pode receber avisos sobre upgrades desses componentes.) Se o status da bateria RAID for Com falha. Consulte “Licença (Administração)”. série HP D2D2500 na página RAID ou Resumo) Upgrades de peças de componentes Ocasionalmente. 1. consulte o Maintenance and Service Guide (Guia de manutenção e serviço) em http://www. O HP D2D funcionará totalmente. clique em HP StorageWorks D2D Backup Systems. Na coluna Descrição da tabela.com/support/downloads. Use esta página para verificar o status atual desses componentes e determinar se é necessário um upgrade. independentemente dos upgrades do software do HP StoreOnce Backup System. Se a bateria RAID falhar A bateria RAID normalmente tem um status OK. Este Guia do Usuário também contém informações sobre como substituir um disco com falha.). 2. página 111. ela deverá ser substituída. (É normal que a bateria recarregue. 3. Em Backup de disco para disco. (Série HP D2D4100/4300 nas páginas RAID – Armazenamento ou Resumo. 5. como de unidades de disco rígido e BIOS. 4. diagnóstico etc. Você encontrará instruções abrangentes de aplicação desses upgrades com as notas de versão que acompanham o download. clique no título que corresponde ao upgrade de software necessário.

156 Solução de problemas .

• 18 TB para o HP D2D4324 Backup System e 18 TB para cada um de até três kit de atualização de capacidade • 9 TB para o HP D2D4312 Backup System e 9 TB para cada um de até três kit de atualização de capacidade • 9 TB para o HP D2D4112 Backup System e 9 TB para um kit de atualização de capacidade conectado • 4.5 TB para um kit de atualização de capacidade conectado RAID 5 Os seguintes HP StoreOnce Backup Systems são dispositivos RAID 5.14 Substituição do disco rígido Neste capítulo: • RAID • Como saber se um disco falhou? • Remoção de disco rígido hot-plug • Após substituir o disco com defeito RAID RAID 6 Ele oferece proteção contra falhas duplas de disco e falhas ocorridas enquanto um único disco está sendo reconstruído. que será incorporado automaticamente ao RAID se um disco falhar. a unidade principal e o kit de atualização de capacidade podem experimentar uma falha dupla de disco sem incorrer em perda de dados. e cada kit de atualização de capacidade é protegido por um volume RAID 6 separado. O RAID 5 requer uma matriz com no mínimo Guia do usuário 157 . Se uma unidade falhar. Portanto. • HP D2D2504 Backup Systems • HP D2D2502 Backup Systems O RAID 5 armazena dados de paridade em todas as unidades físicas do array. Esses HP StoreOnce Backup Systems também têm um disco sobressalente on-line em cada prateleira. Os seguintes HP StoreOnce Backup Systems são dispositivos RAID 6. o controlador usa os dados de paridade e das unidades restantes para reconstruir dados a partir da unidade que falhou. • HP D2D4312 e HPD2D4324 Backup Systems • HP D2D4106 e HP D2D4112 Backup Systems A unidade principal do HP StoreOnce Backup System é protegida por um volume RAID 6. Isso significa que a capacidade real de armazenamento é de aproximadamente 75% da capacidade física de armazenamento para a unidade principal e para cada kit de atualização de capacidade conectado a ela.5 TB para o HP D2D4106 Backup System e 4. O sistema continua funcionando com um desempenho ligeiramente reduzido até que você substitua a unidade com falha.

Identificação de um disco com falha na interface Web Management A interface Web Management identifica os discos com falha ou com previsão de falhas. O processo de reconstrução do RAID ocorre automaticamente.três unidades físicas.5 TB para o HP D2D2502i Backup System • 3 TB para o HP D2D2504i Backup System Como saber se um disco falhou? O LED on-line do disco (1) no disco com falha será exibido em âmbar. são usados 25% da capacidade lógica total do armazenamento da unidade para dados de paridade. Para o HP StoreOnce Backup System. consulte “LEDs de unidade”. Por exemplo: • Séries HP D2D4100/4300: Se ele mostra que o RAID está sendo criado. • Os Backup Systems série HP D2D2500 operam corretamente com um disco com falha. 158 Substituição do disco rígido . Informações da página de resumo Consulte a página Resumo. O disco com falha sempre deve ser substituído o mais rápido possível. Qualquer falha subseqüente do disco provoca perda total de dados. mas está completamente operacional e que o armazenamento necessita atenção. Figura 28 LEDs de unidade NOTA Para obter mais informações sobre esses LEDs. É importante substituir os discos com falha ou com previsão de falha o mais cedo possível. Se um disco falhar. e o 12º disco em qualquer prateleira de expansão são os discos sobressalentes on-line. o disco de reposição on-line será usado imediatamente para substituí-lo. Isso significa que a capacidade atual de armazenamento é de aproximadamente: • 1. • Os HP Backup Systems séries HP D2D4300 e HP D2D4100 funcionam corretamente com até dois discos com falha no HP D2D e até dois discos com falha em qualquer kit de atualização de capacidade instalado. NOTA O primeiro disco (série HP D2D4300) e o 12º disco (série HP D2D4100) na prateleira interna. que tem quatro discos. As guias Armazenamento (Status) fornecerão mais informações. página 143. isso provavelmente significa que o disco falhou e que o disco sobressalente on-line está sendo usado.

• HP série D2D2500: Se você pode ver que o status do RAID falhou. mas é recuperável. Figura 29 Página de resumo com alerta de status do RAID (o exemplo mostra o HP D2D4112 ) Figura 30 Página de resumo com alerta de status do RAID (o exemplo mostra a série HP D2D2500) Guia do usuário 159 . isso significa que um disco falhou.

Figura 32 Guia Pool de armazenamento com aviso de status do RAID (séries HP D2D4300/4100) 160 Substituição do disco rígido . Este é o disco que você deve substituir. mas não identificam o disco com falha.Informações da página de status (série HP D2D2500) Veja a página de RAID (Status) para obter mais informações. Não houve perda de dados. A seção RAID (Status) exibe um disco com falha mas que é recuperável. As informações da seção Discos físicos identificam que o disco falhou. Figura 31 Identificação do disco com falha (série HP D2D2500) Informações da página de status (séries HP D2D4300/4100) As guias Pool de armazenamento e RAID relatam que há um problema com os discos.

Ela usa a mesma senha que a interface Web Management. NOTA O console do sistema é protegido por senha. Use a função Marcador na página Armazenamento-Prateleiras para localizar o disco físico na prateleira. Guia do usuário 161 . consulte a guia Prateleiras.Figura 33 Guia RAID com aviso de status do RAID (séries HP D2D4300/4100) Para saber qual disco físico apresentou falha e sua localização. Se você tiver conectado um console do sistema. Figura 34 Identificação dos discos com falha (séries HP D2D4300/4100) Se você tiver um console do sistema O console do sistema opcional é uma ferramenta útil para o monitoramento do status do disco. como descrito no Guia de Instalação e Configuração. uma mensagem de atenção será exibida no nível de status RAID se um disco falhar e o disco com falha puder ser facilmente identificado na seção RAID.

****************************************************************************** E-mail de exemplo de um Backup System série HP D2D2500 162 Substituição do disco rígido .133.26.Figura 35 Console do sistema mostrando os discos com falha (série HP D2D2500) Se estiver usando iLO2 A opção Console remoto no iLO2 também mostra o status do disco do monitor.71) Please do not reply to this email.hpqcorp. E-mail de exemplo de um Backup System série HP D2D41004300 ****************************************************************************** This is a system generated message from your HP StorageWorks D2D Backup System Email Notification From D2D-CZC8033MWR 31-Mar-2009 8:32:57 : Storage RAID Logical Drive AA587361P98690J9SVP01GCD82 Catastrophically Failed 31-Mar-2009 8:32:57 : Storage RAID Logical Drive AA58736DP98690J9SVP01G5251 Catastrophically Failed 31-Mar-2009 8:32:57 : Physical disk 5QK0AQKG failed 31-Mar-2009 8:32:57 : Physical disk 5QK0AN7T failed 31-Mar-2009 8:32:57 : Physical disk 5QK0ANMP failed For further information please browse to https://D2D-CZC8033MWR.net (https://16. Ela usa a mesma senha que a interface Web Management. Essa função fornece informações similares ao console do sistema.emea. será notificado de uma falha de disco com uma mensagem semelhante à apresentada a seguir. e também é protegida por senha. Se você tiver alertas de e-mail Se você tiver configurado destinatários para alertas de e-mail na interface Web Management. descrito na seção anterior.

Figura 36 Log mostrando falha do disco (séries HP D2D4300/4100) Remoção de disco rígido hot-plug 1.emea. página 158.104) Please do not reply to this email. NOTA Lembre-se de que você pode usar o LED do marcador para identificar o disco físico na unidade. como descrito em “Como saber se um disco falhou?”.********************************************************************* This is a system generated message from your HP StorageWorks D2D Backup System Email Notification From AB4027 20-May-2008 16:20:54 : Disk failure has occurred but the RAID System is still operational with full capacity 20-May-2008 16:20:54 : RAID Disk 1 Failed For further information please browse to https://AB4027.26. ****************************************************************************** O log de eventos O log também terá mensagens de aviso se um disco falhar.net (https://16.hpqcorp. Guia do usuário 163 .11. Identifique o disco com defeito.

quando visualizados da frente do servidor. de baixo para cima. Os discos de 1 a 6 na coluna interna são relacionados aos discos 7 a 12 na interface Web Management. da esquerda para a direita. Quando vistos pela parte dianteira do servidor. quando visualizadas da frente do servidor. 164 Substituição do disco rígido . Figura 39 Numeração de discos (série HP D2D2500) Prateleiras de expansão: Os discos são instalados em quatro colunas e identificados de cima para baixo. da esquerda para a direita. de cima para baixo. Série HP D2D4100: As unidades de disco rígido instaladas no servidor são rotuladas de dispositivo 1 a 12. HP série D2D2500: Os compartimentos da unidade serão rotulados do dispositivo 1 a 4. os discos de 1 a 6 na coluna direita são relacionados aos discos de 1 a 6 na interface Web Management. da esquerda para a direita. Figura 37 Numeração de discos (série HP D2D4100) Série HP D2D4300: Os discos rígidos na prateleira interna são instalados em duas colunas no servidor e cada coluna é identificada fisicamente do dispositivo 1 ao 6. Figura 38 Numeração de discos da prateleira interna (série HP D2D4300) NOTA As letras vermelhas indicam o número do disco na interface Web Management.2.

Figura 40 Numeração de discos das prateleiras de expansão (série HP D2D4300/4100) 3. Remova o disco. Figura 41 Remoção do disco rígido (o exemplo mostra a série D2D4100) Guia do usuário 165 . • Puxe para fora a alça da bandeja do disco (2) e deslize o conjunto da unidade de disco rígido (3) para fora do compartimento. Não se esqueça de apoiar a unidade ao puxá-la para fora do seu alojamento. • Pressione o botão da bandeja da unidade de disco rígido (1) para liberar a alavanca do ejetor.

O RAID será recriado automaticamente. Substitua o disco falhado com o novo disco. o que poderá levar até cinco horas. O RAID será recriado automaticamente. Empurre o conjunto da unidade de disco rígido (1) para o compartimento da unidade até que pare e pressione a trava da bandeja de HDD (2) para dentro até que se encaixe. O status do disco com falha agora deve estar OK. Figura 43 Reconstrução do RAID (série HP D2D2500) 166 Substituição do disco rígido . HP série D2D2500: Selecione RAID. O status do disco com falha agora deve estar OK. Séries HP D2D4100/4300: Selecione Prateleiras de armazenamento.4. A seção Status do RAID exibe a Porcentagem de conclusão. Figura 42 Instalação de um disco rígido de reposição 5. o que poderá levar até cinco horas. O campo Estado do RAID na guia Armazenamento-RAID exibe a Porcentagem de conclusão. Faça login na interface Web Management e consulte as páginas apropriadas de Status.

O registro também terá uma entrada quando a recriação RAID for concluída. mas é exibida uma mensagem no nível de status RAID enquanto o RAID é recriado. embora possa apresentar desempenho reduzido até que o processo termine e o progresso da inicialização seja 100%. mesmo quando o utilitário estiver ocioso. eles serão notificados caso discos físicos sejam adicionados. o RAID seja recriado e quando a recriação for concluída. Alertas de e-mail e registro Se você tiver configurado os destinatários de alertas de e-mail na interface Web Management. Se você tiver um console de sistema ou estiver usando o console remoto do iLO2 Os discos são exibidos com OK. Figura 44 Console do sistema durante a recriação do RAID (série HP D2D4300) Guia do usuário 167 . o processo de inicialização do RAID inicia.Após substituir o disco com defeito Quando se substitui um disco. NOTA Isso pode levar muito tempo para ser concluído. O D2D permanece completamente funcional durante esse período.

o controlador HP Smart Array RAID falhou e precisa ser substituído. você perderá todos os dados no HP StoreOnce Backup System e a mensagem da página Resumo avisará que o sistema RAID falhou catastroficamente. NOTA Se o Estado do sistema mostrar que o RAID falhou catastroficamente e nenhum dispositivo RAID está disponível. controladores de RAID com falha ou kits de atualização de capacidade sem alimentação. Substituição de discos (série HP D2D2500) Se mais de um disco falhar na série HP D2D2500. O RAID não pode ser recuperado. antes de substituir os discos. Nessas situações. 168 Substituição do disco rígido . então há uma grande possibilidade de que não haja ocorrido nenhuma perda de dados real.Figura 45 Console do sistema durante a recriação do RAID (série HP D2D2500) Se vários discos falharem Se vários discos falharem de uma só vez. Consulte o Guia de Serviços e Manutenção HP StoreOnce Backup System para obter mais informações. é possível que os discos estejam bem e que algum outro componente tenha falhas. deve-se ter cuidado para descartar as possibilidades de cabos soltos/danificados. Se o problema estiver nos componentes e não nos discos.

Ao ligá-lo novamente.Figura 46 Status mostrando falha de vários discos (série HP D2D2500) O sistema operacional do dispositivo não está armazenado em nenhum dos discos. você verá condições de falha em Status do sistema e Status do RAID e que o RAID não está montado. Figura 49 Console do sistema depois da substituição de dois discos (série HP D2D2500) Inicialização do RAID Você precisará iniciar a reconstrução do RAID manualmente na página RAID. portanto o HP StoreOnce Backup System ainda pode ser utilizado depois da substituição dos discos com falha. A página Resumo continua exibindo o sistema RAID com falha catastrófica. Figura 48 Página Dispositivos esperando pela inicialização do RAID (série HP D2D2500) Se o console do sistema estiver conectado. na interface Web Management. Use a página RAID (Status) da interface Web Management ou do console do sistema para ajudá-lo a identificar os discos que falharam. Clique no botão de Inicializar. Se você examinar a página Dispositivos ou Cartuchos. Figura 47 RAID mostrando falha de dois discos (série HP D2D2500) Substitua os discos conforme descrito anteriormente neste capítulo. mesmo que os discos sejam exibidos como OK. a não ser a de que a biblioteca está aguardando a inicialização do RAID. Isso tornará o HP StoreOnce Backup System utilizável Guia do usuário 169 . não haverá informações disponíveis. o RAID não será reconstruído automaticamente.

Após a inicialização. 170 Substituição do disco rígido . mas você terá perdido os dados. portanto o HP D2D Backup System ainda pode ser utilizado depois da substituição dos discos com falha. dependendo do processo. Uma vez que a paridade do status do RAID atinge os 100%. a página Disco exibirá 0% usados porque todos os dados foram perdidos. O processo de inicialização pode demorar várias horas ou um dia. você perderá todos os dados do HP StoreOnce Backup System e a mensagem da página Resumo avisará que o sistema RAID falhou catastroficamente. O RAID não pode ser recuperado. Substituição dos discos (séries HP D2D4300/4100) Se mais de dois discos falharem e o disco sobressalente on-line tiver sido usado nas séries HP D2D4300/4100. Figura 50 Status mostrando falha de vários discos em uma prateleira (séries HP D2D4300/4100) O sistema operacional do dispositivo não está armazenado em nenhum dos discos. na página Armazenamento – Prateleiras da interface Web Management ou o console do sistema para identificar os discos com falha. o RAID está completamente configurado (ele ainda pode ser usado ao iniciar a paridade com alguma pequena perda de desempenho). Use a função Marcador.novamente.

mas a Prateleira e o Pool de armazenamento têm uma configuração inválida. conforme descrito anteriormente neste capítulo.Figura 51 Armazenamento – Prateleiras mostrando falhas de três discos (séries HP D2D4300/4100) IMPORTANTE Quando duas (ou mais) prateleiras estiverem disponíveis. e o status do RAID da outra prateleira é exibido como em operação. Entretanto. as falhas de disco podem estar em apenas uma. Guia do usuário 171 . você perderá todos os dados no HP StoreOnce Backup System. Ao ligar novamente. Desligue o equipamento e substitua os discos. os discos são mostrados como OK na página Armazenamento – Prateleiras.

exclusão do pool de armazenamento 172 Substituição do disco rígido . Acesse a guia Armazenamento – Pool de armazenamento e clique em Excluir.Figura 52 Armazenamento – Prateleiras depois da substituição dos discos (séries HP D2D4300/4100) Restauração do pool de armazenamento É preciso excluir todo o pool de armazenamento e reconstruí-lo. 1. Figura 53 Guia Armazenamento – Pool de armazenamento.

Observe a página Resumo para monitorar o progresso. (Se você observar a página Status — Armazenamento enquanto o armazenamento está sendo excluído.) Figura 54 Página Resumo enquanto o armazenamento é excluído Figura 55 Página Resumo após a exclusão do armazenamento 3. Volte à página Status – Armazenamento e clique em Criar na seção Prateleiras configuradas da guia Pool de armazenamento. o sistema não poderá exibir informações importantes do pool de armazenamento e avisará que o gerenciador de armazenamento está ocupado. Figura 56 Guia Armazenamento – Pool de armazenamento.2. criação do pool de armazenamento Guia do usuário 173 .

Observe a página Resumo para monitorar o progresso. Figura 57 Página Resumo enquanto o armazenamento é criado Figura 58 Página Resumo após a criação do armazenamento 174 Substituição do disco rígido . O sistema começará a criar novo armazenamento usando todas as prateleiras disponíveis e licenciadas.4.

Se você observar a página Status — Armazenamento. Use o botão Criar todos para criar um cartucho em branco do tamanho/tipo de emulação selecionado quando a biblioteca foi configurada pela primeira vez em todos os slots vazios. você deve criar novos cartuchos.5. Antes de usar o HP StoreOnce Backup System. mas isso pode levar algum tempo. a mesma mensagem é exibida embora todas as informações do pool de armazenamento estejam disponíveis. Figura 59 Página Status — Armazenamento após a criação do armazenamento Criação de cartuchos (apenas dispositivos de fita virtual) Todos os cartuchos e dados foram perdidos quando os discos falharam. Guia do usuário 175 . A mensagem informativa avisando que o HP StoreOnce Backup System está otimizando é normal e não requer nenhuma ação de sua parte. O status ficará OK logo que a otimização for concluída.

176 Substituição do disco rígido .

enquanto o carregador automático tem apenas uma unidade de fita. • HP D2D4324: 24 TB (12 discos de 2 TB). (Talvez seja necessário atualizar seu aplicativo de backup para obter suporte a bibliotecas. aproximadamente: • HP D2D2502: 1. para garantir um alto nível de integridade de informações. Cada slot de armazenamento contém um cartucho. Pode ser conectada outra prateleira à unidade. outro. • HP D2D4112: 12 TB (12 discos de 1 TB). os discos usam proteção do RAID. se for instalada outra prateleira • HP D2D4312: 9 TB até um máximo de 36 TB com três outras prateleiras instaladas • HP D2D4324: 18 TB até um máximo de 72 TB com três outras prateleiras instaladas Carregadores automáticos Carregador automático é um dispositivo de fita virtual com uma única unidade de fita e vários slots de armazenamento (uma biblioteca tem diversas unidades de fita). • HP D2D4312: 12 TB (12 discos de 1 TB). Até três outras prateleiras podem ser conectadas à unidade.Glossário Biblioteca A biblioteca é um dispositivo de fita virtual que é exibido no aplicativo de backup do host como uma biblioteca de fitas físicas. Biblioteca de fitas é um dispositivo de backup com várias unidades e slots de armazenamento. Outra prateleira pode ser conectada à unidade. um cartucho pode manter os dados de segunda-feira. não haverá perda de dados.5 TB ou 9 TB. A capacidade de armazenamento real é de. Assim. aumentando a capacidade total para 24 TB (24 discos de 1 TB). HP D2D2504: 3 TB • HP D2D4106: 4. Até três outras prateleiras podem ser conectadas à unidade. Contudo. Cada slot de armazenamento contém um cartucho que pode ser alocado a uma tarefa específica de backup. aumentando a capacidade total para 48 TB (48 discos de 1 TB).5 TB. HP D2D2504: 4 TB (4 discos de 1 TB) • HP D2D4106: 6 TB (12 discos de 500 GB). por exemplo. A diferença entre um carregador automático e uma biblioteca é que esta suporta várias unidades de fita. se for instalada outra prateleira • HP D2D4112: 9 TB ou 18 TB. Isso oferece uma grande capacidade de armazenamento. os de terça-feira e assim por diante. aumentando a capacidade total para 12 TB (24 discos de 500 GB). os aplicativos de backup podem implementar estratégias de rodízio de fitas que Guia do usuário 177 . assim como suporte total para estratégias de rodízio de fitas. Isso reduz a capacidade disponível.) Capacidade de armazenamento A capacidade de armazenamento físico do HP StoreOnce Backup System é: • HP D2D2502: 2 TB (4 discos de 500 GB). em caso de falha do disco no dispositivo. aumentando a capacidade total para 96 TB (48 discos de 2 TB). mas garante que.

evitando o armazenamento de conjuntos de dados repetidos.acomodem diferentes requisitos de backup para backups diários. mensais e anuais. Todos os dispositivos HP StoreOnce configurados para NAS usam automaticamente a desduplicação de dados HP. Figura 60 Dados armazenados após a desduplicação Dispositivos de backup e slots 178 Glossário Consulte Dispositivos de fita virtual. Não use o dispositivo como armazenamento geral de arquivos de arrastar-e-soltar. Os dispositivos de destino de NAS em um HP StoreOnce Backup System fornecem acesso ao compartilhamento de arquivos de rede que é otimizado para backup em disco e são chamados de compartilhamentos NAS na interface Web Management. É importante entender que o compartilhamento de rede do HP StoreOnce se destina ao uso APENAS pelos aplicativos de backup que fazem “backup em disco”. A principal vantagem da desduplicação é que ela torna possível armazenar mais dados e conservá-los por mais tempo em cada dispositivo. . os dispositivos podem ser configurados como dispositivos de fita virtual ou destinos de NAS (Network Attached Storage. Desduplicação A desduplicação de dados compara blocos de dados que estão sendo registrados no dispositivo de backup com blocos de dados previamente armazenados no dispositivo. sistema comum de arquivos da Internet) é um protocolo para fazer a interface com hosts em uma rede Windows. Dessa forma. O host que usa o dispositivo tem acesso a um maior detalhamento de dados de histórico. semanais. CIFS O CIFS (Common Internet File System. O HP StoreOnce Backup System dá suporte a essa interface para conexão a destinos NAS a partir de uma rede Windows. armazenamento conectado à rede) para os aplicativos de backup. os blocos redundantes são removidos ou "desduplicados". Consulte também o Guia de conceitos básicos do HP StoreOnce Backup System. Quando são encontrados dados duplicados. Compartilhamentos NAS Nos HP StoreOnce Backup Systems. garantindo um uso eficiente e econômico do espaço em disco. os quais normalmente seriam arquivados off-line. cria-se um indicador para os dados originais.

mas. NFS O NFS (Network File System. Isso significa que o HP StoreOnce Backup System se conecta diretamente à rede. usam espaço em disco no HP StoreOnce Backup System que é chamado de slot ou cartucho na terminologia de fitas. Fibre Channel (FC) O Fibre Channel (FC) dá suporte para conectividade de rede através de conexão de fibra óptica ou cabeamento de cobre. Para obter mais informações sobre o iSCSI. A conexão Fibre Channel é usada apenas para transferir dados de backup do servidor para o HP StoreOnce Backup System. chamado de "manutenção do sistema". com base em arquivos NAS e por cartucho e será executado assim que o cartucho for descarregado e devolvido ao slot de armazenamento ou assim que uma gravação for concluída em um arquivo NAS e ele seja fechado pelo dispositivo. O processo de remoção de blocos de dados não é uma operação em linha porque afetaria significativamente o desempenho. Também pode ser um servidor de mídia de aplicativos de backup com capacidade de fazer backup de outros servidores na rede que não têm uma conexão iSCSI ou Fibre Channel direta ao StoreOnce Backup System. todos os blocos únicos serão selecionados para exclusão. Os destinos de bibliotecas de fitas virtuais em um HP StoreOnce Backup System podem ser incorporados facilmente à maioria das estratégias de rodízio de fitas. Hosts Um servidor que está sendo usado para fazer backup diretamente no sistema StoreOnce via iSCSI ou Fibre Channel. consulte o Guia de configuração e instalação do HP StoreOnce Backup System. O HP StoreOnce Backup System tem suporte para essa interface para conexão aos destinos de NAS no utilitário HP StoreOnce a partir de um host Linux ou UNIX em rede. o HP StoreOnce Backup System é configurado como um dispositivo iSCSI. Os usuários Linux e UNIX também devem consultar o Linux and UNIX Configuration Guide no CD-ROM do HP StoreOnce Backup System para obter mais informações. consulte o Guia de conceitos básicos do HP StoreOnce Backup System para obter configurações de exemplo. O FC tem um conjunto diferente de padrões e protocolos de conexão de rede para Ethernet e também requisitos diferentes de configuração. Consulte também o Guia de conceitos básicos do HP StoreOnce Backup System. Eles são exibidos ao host como uma biblioteca de fita física ou um carregador automático conectados localmente ou em rede. mas apresenta os dispositivos como carregadores automáticos SCSI conectados diretamente a máquinas host. requer um iniciador iSCSI. Estratégias de rodízio de fitas As estratégias de rodízio de fitas determinam quando os backups são executados. Manutenção do sistema Se os dados forem excluídos do sistema StoreOnce (por exemplo. as referências de todos os blocos não únicos serão removidas e a contagem de referências será reduzida. Se a sua organização ainda não tiver uma estratégia de rodízio de fitas estabelecida. sistema de arquivos de rede) é um protocolo que faz a interface com hosts em uma rede Linux ou UNIX. Para funcionar. Esse processo. O acesso à interface Web Management sempre é feito por meio de uma conexão Ethernet. iSCSI Em uma rede Ethernet.Dispositivos de fita virtual Dispositivos de fita virtual são destinos de backup no HP StoreOnce Backup System nos quais o aplicativo de backup dos hosts grava os dados. o número de cartuchos necessários e como eles são reutilizados. Os HP StoreOnce Backup Systems FC podem ser conectados a uma rede Fibre Channel SAN e Ethernet (como um dispositivo iSCSI). fisicamente. se um cartucho virtual for sobrescrito ou apagado). é executado no dispositivo em segundo plano. Guia do usuário 179 .

garantindo que os dados sejam espelhados dos HP StoreOnce Backup Systems de origem para os de destino. mas. um esquema de armazenamento de dados que divide os dados entre vários discos rígidos. sendo facilmente identificado como um dispositivo StoreOnce. nenhum dado será perdido e o HP StoreOnce Backup System continuará funcionando corretamente. Os HP Backup Systems séries D2D4100 e 4300 também apresentam um disco sobressalente on-line (no próprio utilitário e em cada prateleira de expansão). Depois de configurada (com o uso do assistente fácil de usar). O HP StoreOnce Replication permite que os usuários repliquem os dados de cartuchos em um HP StoreOnce Backup System para slots mapeados em outro HP StoreOnce Backup System em um local remoto ou no mesmo sistema. O HP Backup System série D2D4100/4300 é um dispositivo RAID 6. a biblioteca genérica HP D2DBS é o tipo de emulação recomendado por não emular nenhum tipo de biblioteca de fitas existente. Consulte também Configurações do protocolo de tempo de rede (NTP). A desduplicação garante que o tráfego de rede seja reduzido. Oferece proteção contra falhas duplas do disco e falhas ocorridas enquanto um disco único está em reconstrução. no entanto. Os tipos de emulação compatíveis são relacionados a seguir: • Carregador automático HP 1x8 G2 (HP D2D2500) • Biblioteca HP MSL2024 • Biblioteca HP MSL4048 • Biblioteca HP D2DBS • Biblioteca HP MSL8096 (HP D2D4300/D2D4100) • Biblioteca HP ESL-E (HP D2D4300/D2D4100) • Biblioteca HP EML-E (HP D2D4300/D2D4100) • Biblioteca genérica HP D2DBS Caso seu aplicativo de backup seja compatível. o disco sobressalente on-line entra em atividade imediatamente. RAID RAID significa matriz redundante de discos de baixo custo (ou independentes). O HP Backup System série D2D2500 é um dispositivo RAID 5. Consulte também o Guia de conceitos básicos do HP StoreOnce Backup System. aumentando a confiabilidade e a taxa de transferência desses dados. Replicação Replicação é um termo padrão usado para descrever um modo de sincronização de dados entre hardwares de dois locais físicos. o suporte a aplicativos de backup varia de acordo com o fabricante do software. protocolo de tempo de rede) dá suporte à sincronização de tempo automática. Ele tem quatro discos. Tipos de emulação Os produtos HP StoreOnce emulam uma variedade de carregadores automáticos de fita ou de bibliotecas de fita física.NTP O NTP (Network Time Protocol. É o mais flexível dos tipos de emulação disponíveis. que aumenta ainda mais a confiabilidade do produto. se um deles falhar. 180 Glossário . Se um disco falhar. que oferece a melhor combinação de proteção de dados e capacidade para matrizes de disco. a replicação é feita automaticamente. página 103.

trata-se de um produto G1. Consulte as especificações do produto para obter informações detalhadas. Ela não fornece uma lista definitiva de diferenças técnicas. Podem existir outras restrições quanto a tipos de emulação que estão disponíveis dependendo do tipo de produto.x.A Informações adicionais para produtos G1 Visão geral As • • • informações desta seção são para usuários que têm um dos produtos G1.xx. de unidades por biblioteca 4 1 4 4 4 Máx. Se ele mostrar software 1. de bibliotecas 4 6 8 16 24 Máx. Dispositivos VTL Os produtos G1 não são compatíveis com emulação de biblioteca tipo ESL-e ou EML-e e nunca aceitam mais de quatro unidades por biblioteca. ou consulte o campo Revisão do software. que deve dizer G1 ou G2.x. mais antigos: HP StorageWorks D2D2502/2503/2504 G1 Backup Systems HP StorageWorks D2D4004/4009 G1 Backup Systems HP StorageWorks D2D4112 G1 Backup Systems Como posso saber se tenho um Backup System G1 ou G2? A geração pode ser identificada nas páginas Resumo e Software na interface Web Management. Consulte o campo Tipo. O número máximo de bibliotecas e unidades aceitas por utilitário G1 é dado na tabela a seguir. Os tipos de emulação não compatíveis não estão disponíveis para seleção na página Dispositivos. se ele mostrar software 2. de slots por biblioteca (D2DBS) 48 48 48 96 144 Guia do usuário 181 . Principais diferenças Esta seção destaca as áreas onde as informações fornecidas no corpo principal deste guia do usuário diferem para produtos G1. Tabela 27 Número máximo de bibliotecas e unidades por utilitário G1 HP D2D2502i HP D2D2503i HP D2D2504i HP D2D4004/ 4009 HP D2D4112 Máx.xx . trata-se de um produto G2.

Consulte sempre o site http://www. edite o campo N. Conexão de fita Um dispositivo de biblioteca ou de fita Ultrium externo ou para montagem em rack pode ser conectado diretamente ao HP D2D Backup System. NOTA Conexão de fita só é apropriada se você deseja fazer backup de dispositivos de fita virtual em um dispositivo de fita física conectado ao HP D2D Backup System. Com uma interface SCSI. 3U ou TapeArray. Ou para criar um slot. NOTA Ao importar um cartucho. permitindo ao usuário armazenar backups externamente. e podem ocorrer até duas operações de fita (importação. você precisará de um slot de correio vazio e um cartucho vazio para o qual o aplicativo de backup possa mover os dados importados.hp. dispositivos externos podem ser de meia altura ou altura completa.hp. exportação ou cópia) de bibliotecas separadas por vez.º Total de Slots do Cartucho na página Dispositivos. podem ser conectadas até quatro unidades de fita (inclusive unidades de fita nas bibliotecas) e podem ocorrer até quatro operações de fita (importação. exibir o status e o histórico do trabalho. exceto a seguinte observação que se aplica caso você esteja usando conexão de fita.NOTA Só é possível exceder a máxima limitação física de 64 dispositivos na configuração do HP D2D4112 Backup System. Os dispositivos para montagem em rack são instalados em um compartimento montado em rack. exportação ou cópia) de bibliotecas separadas por vez.com/go/ebs para conhecer os modelos de biblioteca de fita e de unidades de fita compatíveis. executar trabalhos manualmente ou agendá-los. Dispositivos NAS Os produtos G1 não são compatíveis com compartilhamentos NAS NFS. Portanto. em vez de criar um novo cartucho. As páginas da Web Conexão de fita permitem configurar dispositivos de armazenamento em fita conectados. Criação de cartuchos O procedimento é igual ao descrito no guia principal. Você não pode fazer backup de compartilhamentos de NAS desse modo. Os dispositivos de biblioteca e de fita SAS e SCSI são compatíveis e exigem a instalação de um adaptador de barramento do host (HBA).com/go/connect ou http://www. 182 Informações adicionais para produtos G1 . podem ser conectadas até duas unidades de fita (inclusive unidades de fita em bibliotecas). eles aceitam somente compartilhamentos NAS CIFS. Com uma interface SAS. como 1U. convém deixar vazio um slot cujo cartucho foi exportado.

Backups do host em uma biblioteca sem replicação no utilitário de origem 2. 4. 5. NOTA Com uma interface SCSI. 3. Depois da importação. conectados ao HP D2D Backup System.NOTA Os dispositivos de armazenamento em fita física. 1. Também é possível importar o cartucho para um slot não mapeado de uma biblioteca de destino de replicação existente. e podem ocorrer até duas operações de fita (importação. podem ser conectadas até quatro unidades de fita (inclusive unidades de fita nas bibliotecas) e podem ocorrer até quatro operações de fita (importação. O cartucho físico é enviado ao data center. pode ocorrer a replicação normal pela WAN apenas com os dados novos ou alterados que precisam ser replicados. Você só precisará propagar com um backup completo. você pode acelerar a recuperação de dados no D2D usando o último cartucho de backup completo para reverter a propagação da biblioteca de fitas virtuais. Propagação de dispositivos de fita virtual com a conexão de fita Use o recurso de biblioteca ou de cópia de conexão de fita para criar um cartucho físico que possa ser enviado ao local do utilitário de destino e importado. só podem ser acessados por esse sistema. Guia do usuário 183 . Com uma interface SAS. exportação ou cópia) de bibliotecas separadas por vez. Agora. O primeiro backup completo é importado da biblioteca de fitas para uma biblioteca sem replicação no utilitário de destino. por meio das páginas Conexão de fita. A metade superior da página exibe uma lista de dispositivos de fita física configurados. 6. O primeiro backup completo é copiado em um cartucho da biblioteca de fitas. podem ser conectadas até duas unidades de fita (inclusive unidades de fita em bibliotecas). exportação ou cópia) de bibliotecas separadas por vez. Eles não são exibidos no sistema host como dispositivos de rede conectados. NOTA Ao recuperar dados depois de um desastre ocorrido no local remoto resultando na perda dos dois servidores host e do sistema D2D. Configuração (Conexão de fita) Esta página permite visualizar dispositivos de armazenamento em fita física conectados ao HP D2D Backup System. crie a ligação de replicação entre os utilitários de origem e de destino e configure o mapeamento de slots.

Essas informações fornecem o número de série e a versão do software do dispositivo. Não fazer isso provocará falha no início das tarefas de liberação de fita e fará com que elas permaneçam em estado de espera. Os detalhes de todas as unidades de fita incorporadas são exibidos abaixo dos detalhes 184 Informações adicionais para produtos G1 . Há quatro guias na seção Detalhes: Dispositivos. Visualização e edição dos detalhes do dispositivo de fita Selecione um dispositivo de fita específico e clique na guia Dispositivos para exibir outras informações sobre ele e quaisquer unidades de fita internas.NOTA Deve-se aplicar códigos de barras padrão HP Ultrium a todos os cartuchos em bibliotecas para garantir a identificação correta do tipo de mídia. Se você conectar um dispositivo de armazenamento em fita externo ou montado em rack. pelo painel frontal da biblioteca. pode ser necessário mover manualmente os cartuchos das unidades de fita para os slots. IMPORTANTE Ao usar uma biblioteca de fita física ou um carregador automático conectado a um dispositivo D2D. slots de correio e unidades de fitas internas. sempre certifique-se de que todos os cartuchos do dispositivos foram colocados de volta em seus slots ao conectar por primeira vez ou antes de uma nova verificação. Adição de dispositivos de armazenamento em fita à lista Os dispositivos são exibidos na lista somente quando estão conectados e ligados. Cartuchos. Para isso. Suporte e Software. também fornece o número total de slots. Selecione um dispositivo para exibir seus detalhes na metade inferior da página. Para as bibliotecas de fitas. depois de ligar clique em Rescanear para adicioná-lo à lista de dispositivos.

Este link leva ao login do Command View MSL.do dispositivo de fita. Você só pode alterar o Nome do dispositivo de fita. Este é o nome usado para identificar o dispositivo de fita na interface Web Management do HP D2D. • O link geral de consultas ao suporte leva às páginas de suporte da HP na Web. seu número de série e versão do software e o código de barras de todos os cartuchos carregados. Clique em Editar. Você pode usar isso para localizar a geração das unidades de fita internas Ultrium. Obter suporte Clique na guia Suporte. Visualização dos detalhes do cartucho Clique na guia Cartuchos para exibir uma lista de slots com detalhes dos códigos de barras e com o tamanho máximo de todos os cartuchos nesses slots. Guia do usuário 185 . Nenhum outro detalhe pode ser editado. Você não pode editar estes detalhes. O tamanho máximo é a capacidade bruta sem compactação de dados. • É fornecido um link junto com as bibliotecas de fitas para que você possa gerar um tíquete de suporte a partir da GUI da biblioteca.

com. Clique na guia Firmware. Os dados do cartucho são primeiramente copiados do HP D2D Backup System para o dispositivo de armazenamento em fita física e. NOTA Se você atualizar o firmware em um dispositivo de fita física conectado e que tenha um cartucho carregado no momento.Upgrade do firmware do dispositivo de armazenamento em fita Se o dispositivo de fita for compatível. Consulte o site http://www. o cartucho será descarregado pela atualização do firmware. antes de utilizar essa página.br/suporte para obter detalhes do firmware mais recente de sua biblioteca de fitas HP Ultrium ou unidade de fita e fazer download dos arquivos necessários para uma localização em sua máquina host. o cartucho será descarregado pela atualização do firmware. NOTA Se você atualizar o firmware em um dispositivo de fita física conectado e que tenha um cartucho carregado no momento. • É fornecido um link para que você possa usar a GUI da biblioteca de fitas.hp. Trabalhos manuais (Conexão de fita) Esta página fornece um assistente que permite iniciar uma operação imediata de importação. exportação ou cópia. 186 Informações adicionais para produtos G1 . • Para unidades de fita. você pode fazer upload do firmware do qual você fez download no site da HP. • É possível executar uma operação de cópia em cartuchos que não estejam em branco dentro de quaisquer slots numerados em um dispositivo de biblioteca no HP D2D Backup System. subseqüentemente. você poderá fazer upgrade do firmware a partir desta tela. Este link leva ao login do Command View MSL. Os dados do cartucho são copiados do HP D2D Backup System para o dispositivo de armazenamento em fita física. no HP D2D Backup System. excluídos do sistema. • É possível executar uma operação de exportação em cartuchos que não estejam em branco dentro do slot de correio em um dispositivo de biblioteca.

Você deve aguardar que os trabalhos atuais sejam concluídos.• Uma operação de importação pode ser executada em um cartucho físico na unidade de fita conectada. 2. • Há um rótulo Cópia. • Há um ícone Exportar. Os dados são copiados para o dispositivo de destino no HP D2D Backup System. A operação criará automaticamente um novo cartucho no slot de correio de um dispositivo de biblioteca. exportação ou importação. o número de operações simultâneas é limitado para duas. Há duas etapas neste assistente: 1. próximo ao slot numerado que não tem cartuchos em branco. exportação ou cópia) de bibliotecas separadas por vez. Selecione o slot no dispositivo de armazenamento em fita física. na coluna mais afastada. Para selecionar cartuchos na biblioteca do HP D2D Selecione a biblioteca na lista de dispositivos virtuais. Se quatro trabalhos já estiverem em execução simultaneamente. na coluna mais afastada. Com os dispositivos SCSI. pode-se executar até quatro operações de fitas (importação. próximo ao slot de correio se tiver cartuchos que não estão em branco. NOTA Com os dispositivos SAS. Guia do usuário 187 . na parte superior da página. uma mensagem de aviso será exibida quando você tentar configurar um novo trabalho. Selecione o slot na biblioteca HP D2D que deve ser usada para o trabalho de cópia. para exibir a lista de cartuchos dessa biblioteca.

Selecione o dispositivo de armazenamento em fita conectado na lista suspensa. a opção verificar/comparar e se o cartucho físico deve ser descarregado ou não depois da conclusão da operação. o botão Próxima será ativado. É possível economizar algum tempo se outro dispositivo de fita do HP D2D Backup System estiver sendo acessado simultaneamente à operação de cópia. NOTA Uma opção Verifique completamente lê novamente os dados após a cópia e os compara. byte a byte. Clique em Próxima para exibir a segunda página do assistente. na coluna mais afastada. NOTA Em bibliotecas de fitas físicas. o slot físico desejado (se for uma biblioteca de fitas). próximo ao slot de correio. (Ou relate um erro se não houver dispositivos de armazenamento em fita conectados atualmente ao HP D2D Backup System. a opção Descarregar após conclusão move o cartucho para o slot de correio. se ele estiver sem cartuchos. Os slots em branco ou que já foram designados para trabalhos agendados não são seleções válidas para trabalhos manuais. Para copiar para o dispositivo de armazenamento em fita conectado 1.• Há um ícone Importar. Se for selecionado um slot válido. 188 Clique em Criar. mas apenas verifica se é possível lê-los.) 3. 2. Informações adicionais para produtos G1 . se ele estiver ativado e vazio. Localize o cartucho que você deseja copiar na lista de cartuchos e clique no slot para selecioná-lo. com o original. Uma opção Verifique rapidamente também lê novamente os dados. Não verifique é a opção mais veloz. 4.

Também é possível mover cartuchos manualmente da interface Web Management. (Não é possível incluir dados. algumas dessas verificações só podem ser realizadas após o carregamento do cartucho em uma unidade de fita. Clique no slot de correio da lista de cartuchos e pressione o botão Próxima. processo que leva aproximadamente um minuto. Consulte “Cartuchos (Dispositivos de fita virtual)”. 2. os dados não serão excluídos. A página Status do trabalho é exibida e pode-se observar seu andamento na coluna final. (O espaço somente será liberado se um volume de dados não for mais utilizado pelos cartuchos. Essa ação remove o cartucho do slot numerado e deixa-o vazio. garantindo também que o aplicativo de backup esteja sincronizado com o status dos cartuchos no HP D2D. CUIDADO Não exporte cartuchos que o aplicativo de backup usar com freqüência em uma estratégia de rotação. Depois de exportados. os dados são removidos do HP D2D Backup System. Se não estiver em branco. você poderá sobrescrever ou cancelar o trabalho.) Guia do usuário 189 . NOTA A função Exportar só é ativada se o slot de correio contiver um cartucho com dados (há um rótulo Exportar na coluna direita do slot de correio). A opção Exportar não é recomendada com bibliotecas de deduplicação.5. 6. É exibida a segunda página do assistente. se ocorrer um erro durante o processo. NOTA Em relação às bibliotecas. por exemplo. que é o motivo principal da exportação. Consulte a documentação de seu aplicativo de backup para obter mais detalhes.) A opção preferencial é usar o aplicativo de backup no host para mover o cartucho para o slot de correio. como remover ou ejetar. O processo verifica se a mídia foi carregada no dispositivo de armazenamento em fita conectado e se está vazia. Todavia. 1. pois é muito limitada para liberar espaço em disco. página 27. Para exportar para o dispositivo de armazenamento em fita conectado Os dados podem ser exportados do slot de correio.) Também verifica se há dados do cartucho a serem copiados (podem ter sido subseqüentemente movidos para o aplicativo de backup). Permanecem no cartucho localizado no slot de correio. Os aplicativos de backup descrevem de várias maneiras essa ação. (Ou relata um erro se não houver dispositivos de armazenamento em fita conectados ao HP D2D Backup System no momento.

NOTA Em relação às bibliotecas. 190 Informações adicionais para produtos G1 . 6. A página Status do trabalho é exibida e pode-se observar seu andamento na coluna final. Selecione a unidade de fita conectada na lista suspensa. com o original. algumas dessas verificações só podem ser realizadas após o carregamento do cartucho em uma unidade de fita. byte a byte. 5. Assim que a exportação for concluída com êxito. Você deve clicar em OK para continuar. a opção Descarregar após conclusão move o cartucho para um slot de correio ativado e vazio. o slot físico desejado (se for uma biblioteca de fitas). Finalmente. O processo avisa que os dados do cartucho no HP D2D Backup System serão removido após a exportação. lembre-se de usar o aplicativo de backup para mover o cartucho do slot de correio para o slot de cartuchos. Não verifique é a opção mais veloz. A coluna Função. a opção verificar/comparar e se o cartucho físico deve ser descarregado ou não depois da conclusão da operação. NOTA Uma opção Verifique completamente lê novamente os dados após a cópia e os compara. processo que leva aproximadamente um minuto. você poderá sobrescrever ou cancelar o trabalho. NOTA Você não pode selecionar um cartucho de uma biblioteca de destino de replicação para exportação. mas apenas verifica se é possível lê-los. exibe o tipo de biblioteca que você selecionou. Também verifica se a mídia foi carregada no dispositivo de armazenamento em fita conectado e se está vazia. verifica se há dados do cartucho no slot para ser exportados (podem ter sido subseqüentemente movidos pelo aplicativo de backup). na seção Dispositivos. NOTA Em bibliotecas de fitas físicas. o cartucho será removido do slot de correio. Clique em Criar.3. NOTA Se cancelar o processo. Uma opção Verifique rapidamente também lê novamente os dados. Se não estiver em branco. 7. 4. É possível economizar algum tempo se outro dispositivo de fita do HP D2D Backup System estiver sendo acessado simultaneamente à operação de cópia.

inserir. É exibida a segunda página do assistente. A opção Após gravação executa o trabalho imediatamente após a gravação no cartucho. Os aplicativos de backup tê vários modos de descrever esta ação. editar e excluir agendamentos de operações de exportação e cópia. (Ou relata um erro se não houver dispositivos de armazenamento em fita conectados ao HP D2D Backup System no momento. • Se ele for menor de 400 GB. • O Tamanho usado é sempre relatado corretamente. O slot de correio ou o cartucho deve estar vazio. que permite criar. Podem ser criados até 50 agendamentos. no dia útil do mês e após gravação.6 TB. 1. no dia do mês. (Há um rótulo Importar na coluna à direita do slot de correio. o seu Tamanho máx será definido em 400 GB. NOTA Em relação às bibliotecas.) 2. 5. em um dispositivo unidade de fita independente. Selecione a unidade de fita conectada na lista suspensa.6 TB não podem ser gravados. Você também pode executar um trabalho imediatamente. Guia do usuário 191 . • Se ele contiver acima de 1. em vez de esperar o momento do seu próximo agendamento. por exemplo. o slot físico desejado (se for uma biblioteca de fitas). Os dados são copiados no dispositivo de destino no HP D2D Backup System.6 TB. seu Tamanho máx será definido para 1. a opção verificar/comparar e se o cartucho físico deve ser descarregado ou não depois da conclusão da operação.Para importar do dispositivo de armazenamento em fita conectado Uma operação de importação pode ser executada em um cartucho físico na unidade de fita conectada. 4. Utilize o aplicativo de backup (ou a interface Web Management) para retornar os dados aos slots da biblioteca. • Se ele for maior que 400 GB. seu Tamanho máx será definido em 1. processo que leva aproximadamente um minuto. Assim que a importação for concluída com êxito. algumas dessas verificações só podem ser realizadas após o carregamento do cartucho em uma unidade de fita. Cartuchos acima de 1. Consulte a documentação de seu aplicativo de backup para obter mais detalhes.6 TB. A operação criará automaticamente um novo cartucho virtual no slot de correio de um dispositivo de biblioteca ou substituirá os dados em um cartucho. Trabalhos agendados (Conexão de fita) Esta página oferece um assistente com 3 etapas.) 3. o cartucho estará no slot de correio. semanal. • Se ele contiver acima de 800 GB. Localize o slot de correio na lista de cartuchos e clique no botão Próxima. São permitidos cinco tipos de agendamento: diário. o seu Tamanho máx será definido em 800 GB. Clique em Criar.

Clique em Criar. Se o cartucho não estiver vazio. NOTA O botão Criar não estará presente se você já tiver criado 50 agendamentos. Um lista de rolagem de agendamentos existentes é exibida juntamente com os detalhes do próximo trabalho de fita agendado. Você deve editar ou apagar os agendamentos existentes se você desejar criar novos. sobregrava automaticamente o cartucho da unidade de fita. não haverá aviso nem registro no log de tarefas. NOTA O aplicativo de backup não é atualizado automaticamente com os agendamentos criados no HP D2D Backup System. 192 Informações adicionais para produtos G1 . Os dois são independentes um do outro. Para criar um trabalho agendado 1. Para que os agendamentos do aplicativo de backup trabalhem em conjunto com os do sistema de backup HP D2D. Selecione Trabalhos agendados na seção Conexão de fita da barra de navegação. é preciso coordená-los manualmente. 2.Quando uma tarefa programada de exportação ou cópia é executada.

na parte superior da página. Clique neste ícone para copiar o último cartucho gravado para a fita física.3. • Copiar está disponível para os slots numerados. • A opção Exportar ou Importar está disponível para o slot de correio. Se um slot válido for selecionado. Os slots podem ser usados em um só agendamento. Selecione a biblioteca na lista de dispositivos virtuais. • Se um slot já tiver sido selecionado para um agendamento. • Observe o ícone no último cabeçalho de coluna quanto aos slots numerados. Guia do usuário 193 . Selecione o slot desejado. A última coluna exibe a ação disponível para um determinado slot. a caixa Agendado será selecionada. não é necessário especificar o número do slot. o botão Próxima será ativado. para exibir uma lista dos slots de correio dessa biblioteca. 4.

É exibida a segunda página do assistente. Se um slot válido for selecionado. 194 Clique no slot físico apropriado. (Ou relata um erro se não houver dispositivos de armazenamento em fita conectados ao HP D2D Backup System no momento. Selecione o dispositivo físico apropriado para exibir uma lista dos slots nesse dispositivo. Clique em Próximo. 7.) 6.5. a caixa Agendado será selecionada. Informações adicionais para produtos G1 . o botão Próxima será ativado. NOTA Se um slot já tiver sido selecionado para um agendamento. Os slots podem ser usados em um só agendamento.

Hora Este campo não é relevante para trabalhos a ser executados Após gravação. Para trabalhos Semanais. Esta é a hora de execução do trabalho: hora (relógio de 24 horas) e minuto. Tabela 28 Parâmetros de agendamento de trabalho Nome do agendamento Este campo permite criar um nome significativo para o trabalho agendado. selecione o dia da semana. selecione um dia entre 1 e 31. • Para trabalhos que você deseja executar em um dia e semana específicos no mês. O padrão é ativado (caixa marcada). Ativo Use esta caixa de seleção para controlar se um agendamento está ativado. • Para trabalhos que você deseja executar em uma data específica do mês. Insira um nome para o Agendamento e selecione os parâmetros de agendamento apropriados. 9. Dia Este campo não é relevante para trabalhos Diários e Após gravação. para meses com menos de 31 dias. selecione Após gravação. • Para trabalhos semanais. selecione Dia do mês. selecione Dia da semana do mês. selecione Primeira/Segunda/Terceira/Quarta/Última semana e depois o dia da semana. Para Dia da semana do mês. • Para trabalhos que você deseja executar assim que o cartucho for gravado. Guia do usuário 195 . o trabalho é sempre executado no último dia do mês. Tipo de agendamento • Para trabalhos diários. selecione Semanal. Clique em Criar.8. selecione Diário. Clique em Próxima para exibir a página final do assistente. Para Mensalmente por dia.

• Para trabalhos que você deseja executar em uma data específica do mês. Classificação e pesquisa de trabalhos agendados Clique no cabeçalho de qualquer coluna para classificar os trabalhos de acordo com o critério. Tipo de agendamento • Para trabalhos diários. Clique em Exibir caixa de pesquisa para exibir o campo Filtro e um menu suspenso. Também é possível selecionar o cartucho Última gravação para copiar ou exportar dados do último backup. Por exemplo. no HP D2D. (Não é possível editar o Tipo de agendamento.Descarregar após conclusão Use essa caixa de seleção para controlar se o cartucho está descarregado após o término do trabalho agendado.) • Clique em Executar agora para executar o agendamento imediatamente. • Para trabalhos que você deseja executar em um dia e semana específicos no mês. selecione Após gravação. Para um trabalho de cópia. selecione Semanal. Tabela 29 Detalhes de trabalhos agendados Nome Este campo permite criar um nome significativo para o trabalho agendado. Para exibir. para a qual o cartucho será exportado ou copiado. • Digite uma string de pesquisa na caixa Filtro. • Use o menu suspenso à direita para filtrar Todos. Agendamento ou Modo/Slot. Para um trabalho de exportação.) • Clique em Deletar para excluir totalmente o agendamento. • Para trabalhos semanais. • Para trabalhos que você deseja executar assim que o cartucho for gravado. Existem três opções: Nenhum. Slot virtual Este é o número do slot selecionado na biblioteca. Rápido e Completo. • Clique em Editar para tornar editáveis os detalhes do agendamento. 196 Informações adicionais para produtos G1 . Verificar Determina como os dados criados no cartucho físico devem ser comparados com os dados originais contidos no HP D2D Backup System. Se o dispositivo conectado for uma biblioteca. O padrão é permanecer carregado (caixa desmarcada). selecione Dia do mês. clique em Próximo tempo de expiração para classificar os trabalhos de acordo com a hora em que serão executados na próxima vez. desmarcando a caixa de seleção Ativar. Faça as alterações necessárias e clique em Atualizar. selecione o slot de correio. Nome. selecione Dia da semana do mês. O padrão é Completo. editar ou excluir agendamentos existentes • Localize o agendamento na lista de rolagem e clique nele para exibir os detalhes. Nome da biblioteca virtual Este é o nome da biblioteca selecionada para o trabalho de exportação ou cópia. em vez de ter que especificar um slot determinado. no HP D2D. selecione Diário. Você será solicitado a confirmar a ação de exclusão. selecione o número do slot. (Lembre-se de que você também pode desativar o trabalho temporariamente. Dispositivo físico Esta é a biblioteca de fita física ou unidade de fita. a fita será transferida para um slot de correio vazio. conectada ao HP D2D.

O padrão é ativado (caixa marcada). duração. Para meses com menos de 31 dias. Para trabalhos Semanais. será disponibilizado um link para a página Histórico do trabalho de conexão de fita. a fita será transferida para um slot de correio vazio. Hora Este campo não é relevante para trabalhos a ser executados Após gravação. Você será instruído a confirmar se deseja cancelar o trabalho. clique em Cancelar trabalho. Se o trabalho estiver em execução. hora de início. • Se um trabalho estiver em andamento. Para Mensalmente por dia. Esta é a hora de execução do trabalho: hora (relógio de 24 horas) e minuto. serão exibidos o modo de trabalho (cópia. Ejetar o cartucho físico Esta caixa de seleção permite controlar se o cartucho será descarregado do dispositivo de fita física quando o trabalho agendado for concluído. • Se nenhuma dessas operações estiver atualmente em andamento. Rápido e Completo. selecione um dia entre 1 e 31. Para Dia da semana do mês. A coluna final exibe o status do trabalho. O padrão é Completo. Se o dispositivo conectado for uma biblioteca.Slot físico Este é o slot do dispositivo de armazenamento físico para o qual o cartucho será exportado ou copiado. Ativo Use esta caixa de seleção para controlar se um agendamento está ativado. ela conterá uma barra de progresso para todas as atividades relevantes da operação. Verificar Determina como os dados criados no cartucho físico devem ser comparados com os dados originais contidos no HP D2D Backup System. Dia Este campo não é relevante para trabalhos Diários e Após gravação. Esta coluna também exibe quaisquer informações ou mensagens de erro. selecione Primeira/Segunda/Terceira/Quarta/Última semana e depois o dia da semana. Trabalhos ativos (Conexão de fita) Esta página exibe o status de qualquer operação atual de importação/exportação ou cópia de fita. Para cancelar um trabalho Para cancelar um trabalho em andamento. tamanho dos dados e verificação. selecione o dia da semana. Guia do usuário 197 . O padrão é não ejetar o cartucho físico. Existem três opções: Nenhum. dispositivo de biblioteca do HP D2D. o trabalho é sempre executado no último dia do mês. como cópia e verificação (se necessário). exportação ou importação). código de barras do cartucho.

Os erros são relatados na coluna de status do trabalho. Os dados originais permanecem inalterados no local original do HP D2D Backup System. se não houver capacidade suficiente no cartucho físico ou se ocorrer um erro de verificação. exportação ou importação). a transferência de dados será cancelada. nome do dispositivo físico. Histórico do trabalho (Conexão de fita) Esta página fornece detalhes sobre os últimos 1. A coluna final exibe o status do trabalho. O modo de trabalho (cópia.000 trabalhos de exportação/importação e cópia. exportação ou importação. slot e código de barras.Se um trabalho for cancelado na fase de cópia. Se ocorrer um erro Podem ocorrer erros se houver um problema da mídia de leitura/gravação da fita. os dados serão deixados intactos na fita física e ainda serão removidos do HP D2D Backup System. Também podem ocorrer erros se o aplicativo de backup acessar o cartucho que está sendo exportado/importado ou copiado. Se forem cancelados durante o processo de verificação. Se o trabalho for cancelado durante o processo de cópia. NOTA Existem três fases para um trabalho de exportação: cópia. 198 Informações adicionais para produtos G1 . hora de início e status do trabalho são exibidos. slot e código de barras do cartucho. dispositivo de biblioteca HP D2D. você não perderá dados. IMPORTANTE Se ocorrer um erro durante a exportação ou cópia. nessa página. uma verificação opcional e a subseqüente remoção dos dados do cartucho do HP D2D Backup System. um erro será relatado e os dados permanecerão no HP D2D Backup System. O trabalho mais recente é exibido no topo da lista de rolagem.

Clique em Exibir caixa de pesquisa para exibir o campo Filtro e dois menus suspensos. • Use o menu suspenso à direita para filtrar o status do trabalho. clique em Hora de início para classificar as mensagens de acordo com a hora e data. por exemplo. Guia do usuário 199 . Por exemplo.Classificação e pesquisa do histórico do trabalho Clique no cabeçalho de qualquer coluna para classificar as mensagens de acordo com o critério. • Use o menu suspenso central para selecionar uma coluna (ou todas) e digite uma seqüência de pesquisa na caixa Filtro. para exibir todos os trabalhos com mensagens de erro.

200 Informações adicionais para produtos G1 .

NAS and Replication implementations: este guia descreve as práticas recomendadas e também inclui exemplos usando diferentes aplicativos de backup. Ele descreve a tecnologia StoreOnce e orienta como planejar a carga de trabalho que está sendo colocada no HP StoreOnce Backup System para otimizar o desempenho e minimizar o impacto das operações de desduplicação. alemão e japonês) • Guia de Conceitos Básicos HP StoreOnce Backup System (PDF): se você é novo no HP StoreOnce Backup System. Documentação relacionada Além deste guia. • Linux and UNIX Configuration Guide (PDF): este guia contém informações sobre como configurar e usar o HP D2D Backup Systems com Linux e UNIX. Convenções do documento Tabela 30 Convenções do documento Convenção Elemento Texto azul: Tabela 30 Links de referência cruzada e endereços eletrônicos Texto azul. operam e mantêm o HP StorageWorks D2D Backup System. sublinhado: http://www. clique em Storage Solutions e depois escolha seu produto. Você pode encontrar esses documentos na página Manuals do site HP Business Support Center: http://www. • Guia de Instalação e Configuração HP StoreOnce Backup System (PDF): este guia descreve como instalar e realizar a configuração inicial de seu HP StoreOnce Backup System. francês.Sobre este guia Este guia fornece informações sobre: • Uso do HP StorageWorks D2D Backup System • Solução de problemas do HP StorageWorks D2D Backup System • Remoção de disco rígido hot-plug Público-alvo Esse guia se destina a usuários que instalam.com endereços de sites Guia do usuário 201 .hp.com/support/manuals Na seção Storage. • D2D Best Practices for VTL. replicação e manutenção do sistema que competem por recursos. é importante ler este guia antes de configurar o sistema. o documento a seguir fornece informação relacionada: • Pôster Começar aqui (impresso): este documento fornece uma visão geral do processo de instalação (disponível em inglês.hp.

seus argumentos e valores do argumento Texto de espaçamento uniforme em itálico Texto de espaçamento uniforme em negrito • Variáveis do código • Variáveis do comando Texto de espaçamento uniforme enfatizado ATENÇÃO Indica que o não cumprimento das instruções poderá resultar em lesões corporais ou morte.hp. tal como uma caixa Texto em negrito • Os elementos GUI que são clicados ou escolhidos. botões. Assistência técnica HP Para obter informações de assistência técnica em todo o mundo. NOTA Proporciona informação adicional. abas e caixas de marcação Texto em itálico Ênfase do texto • Nomes de arquivo e diretório Texto de espaçamento uniforme • Saída do sistema • Código • Comandos. CUIDADO Indica que o não cumprimento das instruções poderá provocar danos no equipamento ou nos dados. consulte o site de suporte da HP: http://www. IMPORTANTE Proporciona uma informação clara ou instruções específicas. recolha a informação seguinte: • Nomes e números de modelo do produto • Número de registro da assistência técnica (se aplicável) • Números de série do produto 202 Sobre este guia .br/suporte Antes de contatar a HP.Convenção Elemento • Teclas que devem ser pressionadas • Texto escrito em um elemento GUI.com. tais como itens de menu e lista.

Se uma peça CSR precisar de substituição. Outras perguntas são opcionais.hp.hp. Algumas peças não se qualificam para CSR. a HP envia a peça diretamente a você para que seja instalada de acordo com sua conveniência. consulte os seguintes sites da HP: • • • • • • • http://www.hp.hp. você receberá uma notificação via e-mail com melhorias do produto. mais a HP poderá satisfazer suas necessidades. Seu provedor de serviços autorizado da HP determinará se uma reparação pode ser efetuada por CSR.com/service_locator http://www. Para assegurar que o registro seja completo.com/go/e-updates Depois do registro.hp. novas versões do driver. Entretanto. existem várias perguntas obrigatórias no formulário eletrônico. Para mais informações sobre CSR. entre em contato com seu provedor de serviço local. e outros recursos do produto.com/go/ebs http://www. por favor envie uma mensagem para storagedocs. Sites da HP Para obter mais informações.register.com/go/storage http://www. atualizações do software. Serviço de assinatura A HP recomenda registrar o seu produto no site de seleção de assinaturas para empresas: http://www. Para a América do Norte.com/support/downloads Feedback da documentação Seu feedback é bem recebido pela HP. reserve alguns minutos para registrar o produto. Você pode se registrar via Web (http://www.hp.hp.• Mensagens de erro • Tipo de sistema operacional e nível de revisão • Questões detalhadas Reparação feita pelo próprio cliente Programas de reparação pelos próprios clientes HP (CSR) permitem que você repare o seu produto StorageWorks. consulte o site da CSR: http://www. quanto mais você responder.com/go/connect http://www. Guia do usuário 203 . Todas as submissões se transformam em propriedade da HP.com.com).com/go/selfrepair Registro do HP D2D Backup System Depois de instalar e testar o HP D2D Backup System.hp.hp.com/support/manuals http://www.com http://www.hp. Para fazer comentários e sugestões sobre a documentação do produto.feedback@hp.

204 Sobre este guia .

61. 28 A admin página de software. 19 cartucho copiar. 110 página de manutenção. 55 arquivamento do host para fita. 203 assistente de recuperação replicação reversa. 155 Biblioteca da série EML-E. 188 em unidade de fita. 61 Bateria RAID. 28 Certificado SSL. 196 exibir. 100 página licenças. 124 assistente de replicação. 113 assistência técnica HP. 202 assistência técnica site localizador do serviço. 97 histórico do trabalho. 75 atualização do pacote de idiomas. 20 Biblioteca da série ESL-E:. 29 remoção. 196 ajuda obtenção. 109 senha . 196 Guia do usuário 205 . 196 criar. 107 autenticação Servidor CIFS. 192 editar. 202 alertas de email configurando o Exchange Server. 155 botões do navegador não exibidos. 111 página shutdown. 115. 20 Biblioteca genérica D2DBS. 175 criação. 25 bibliotecas de destino ficando visíveis. 25 BIOSupgrading. 197 capacidade de armazenamento.Índice Remissivo Símbolos última escrita. 189 importar. 191 cartuchos após várias falhas de disco. 19 bibliotecas de destino visíveis. 113 arquivar em fita. 104 página de segurança. 30 na biblioteca de fita física. 102 página de backup e restauração. 20 Biblioteca da série MSL G3 (2x24). 20 Biblioteca da série MSL G3 (8x96). 154 atualizar software. 10 C cancelar trabalho na unidade de fita. 29 mover/descarregar. 106 página support. 100 classificação histórico de eventos de replicação. 33 Autenticação no AD. 19 Biblioteca da série MSL G3 (4x48). cartuchos. 114 arquivar do host. 108 atualizar licenças. 35 B bateria com falha identificação. 29 edição do tamanho máximo. 157 caracteres do código de barras. 21 Ver também dispositivos Carregador automático HP 1x8 G2. 70 classificar agendamento. 196 excluir. 184 proteção contra gravação. 106 administração página data e hora. 199 página log. 99 agendamento classificação e pesquisa. 183 exportar. 22 carregador automático.

31 Compartilhamento NFS conectar a. 47 rede. 29 cartuchos. 54 iSCSI. 41 criação. 183 página de status. 192 cartucho. 175 Compartilhamento CIFS. 93 Configurações de NTP edição. 114 Compartilhamento CIFS criação. 168 disco com defeito substituição. 61. 201 documentação relacionada. 17 documentação fornecimento de feedback. 22 desempenho solucionar problemas. 48 Microsoft Exchange Server. 168 número de série. 158 mais de um. 102 configurações locais replicação. 66. 21 pool de armazenamento. 28 compactação. 191 página configuration. 64. 148 conexão de fita página Agendamente. 201 documentação relacionada. 27 página de dispositivos. 38 . 93 configurações gerais replicação. 102 descarregar cartucho. site na web. 67 dispositivo de armazenamento em fita atualização do firmware. 40 compartilhamento nfs erro de manipulação de estado. 21 dispositivos de fita virtual página de cartuchos. 55 Página Fibre Channel. 35 Compartilhamento NAS edição. 24 visualizar detalhes. 152 conectar a Compartilhamento CIFS. 201 documento convenções. 203 HP.Código de barras. 188 206 criar agendamento. 197 página histórico do trabalho. 202 copiar cartucho. 24 excluir. 201 símbolos do texto. 147 conexão à rede solucionar problemas. 33 compartilhamento CIFS conectar a. 48 solucionar problemas. 186 configuração alertas de email. 21 editar detalhes. 41 conexão status. 166 vários com falha. 64. 158 instalação. 80 configurações fora de sincronia. 186 dispositivos criar novo. 43 SNMP. 40 dispositivo. 201 domínio. 30 desduplicação. 46 disco falhou. 163 disco com falha identificação. 198 trabalhos manuais. 33 Compartilhamento NFS. 35. sair. 154 Configuração de mapeamento de NAS replicação. 18 conexão a partir do backup system solucionar problemas. 92 convenções documento. 173 D data e hora edição. 46 Domínio AD. 149 DHCP.

105 K kit de atualização de capacidade LEDs. 47 Fibre Channel LEDs. 153 J janelas de blecaute. 198 página log. 186 firmware do disco rígidoupgrading. 151 erro histórico do trabalho. 203 excluir agendamento. 18 Gateway DHCP. 172 exibir agendamento. 29 Guia Informações da interface. 17 exportar cartucho. 102 função. 10 formato da data edição. 102 senha. 144 página de status. 153 falha na replicação. 94 firmware dispositivo de armazenamento em fita. 45 Guia do usuário 207 . 46 energia ligada/desligada solucionar problemas. 20 Endereço IP. 202 HP D2D2504/2502 Backup System LEDs. 24 formato da data. 153 Falha no backup mapeamento excluído. 109 Inicialização de paridade RAID. 149. 141 HP D2D4324/4312 Backup System LEDs. 139 I importar cartucho. 196 Exibir/ocultar detalhes. 99 editar compartilhamento NAS. 153 Falha na replicação. 198 Escolha do assinante. 105 gui Ver interface web management Guia Dispositivos exclusão de cartuchos em. 152 interface web management página de resumo. 191 informações do sistema. 45 gráfico de manutenção do sistema. 97 HP assistência técnica. 68 firewalls com replicação. 28 dispositivo. HP. 196 cartucho. 196 configurações da rede. 155 Forçar login. 64 LED do marcador. 145 L LED do marcador. 23 H histórico de eventos replicação. 66 G gateway. 13 iSCSI nome do iniciador. 142 HP D2D4112/4106 Backup System LEDs. 189 F falha no backup. 82 Falha no servidor NTP. 70 trabalho na unidade de fita. 31 emulação de unidade . 24 pool de armazenamento. 95 manutenção do sistema. 23 página de status. 11 interface web management. 68 solucionar problemas. 45 detalhes do dispositivo. 10 Interface Web Management solucionar problemas. 102 agendamento. 150 Fibre Channel página de configuração. 22 emulação flexível.E editar Configurações de NTP.

45 nome do servidor DNS. 27 login. 11 M manutenção do sistema janelas de blecaute. 32 página shutdown. 45 modo de marcador. 106 permissões utilitário de origem. 105 mapeamento excluído Falha no backup. 10 logon inicial. 30 N NAS página de compartilhamentos. 144 HP D2D2504/2502. 39 página email alerts. 70 classificação. 9 P pacote de idiomas atualização. 102 página de backup e restauração. 109 pausa nos trabalhos de replicação. 100 MIBs. 108 descrição de. 144 mover cartuchos. 110 página de cartuchos. 48 página log. 58 página de utilitários replicação. 90 pesquisa agendamento. 173 exclusão. 22 Porta de 10 Gb. 100 página de status conexão de fita. 87 página do servidor NFS. 93 power off cleanly. 31 página de dispositivos. 197 página histórico do trabalho conexão de fita. 55 modo da rede. 172 pools de armazenamento. 139 kit de atualização de capacidade. 104 página de relatórios de armazenamento. 153 . 27 página de manutenção. 19 definição do número de. 82 mapeamentos de fita virtual replicação. 50 Microsoft Exchange Server. 94 localização. 198 página licenças. 103 outras fontes de informações. 90 permissões de utilitário de origem. 143 limitação de largura de banda. 18 nome de rede. 145 unidades hot plug. 44 portas de replicação. 199 página iSCSI. 72 máscara de sub-rede. 32 nome da biblioteca. 49 O O servidor NTP para de funcionar. 183 208 página data e hora. 59 porta. 46 máximo de trabalhos replicação. 70 página Rede. 111 página conta de usuário. 106 página support. 196 histórico de eventos de replicação. 43 Página Servidor CIFS. 142 HP D2D4112/4106. 106 prateleira de armazenamento solucionar problemas. 141 HP D2D4324/4312. cartuchos. 69 página de resumo. 97 histórico do trabalho. 45 nome do sistema.LEDs Fibre Channel. 57 página de compartilhamentos. configuração. 93 mensagem de boas-vindas. 186 página de atividade do sistema. 13 página de segurança. 106 página de status replicação. 96 pausar manutenção do sistema. 31 página do servidor NFS. 54 página histórico do trabalho classificação e pesquisa. 47. habilitar. 106 desabilitar. 191 página configuration conexão de fita. 71 página de status do armazenamento. 107 página Agendamente. 39 Página Servidor CIFS. 70 pool de armazenamento criação. 99 página de trabalhos manuais. 17 página de software. 199 página log.

203 manuais do produto. 115. 128 uso do assistente. 115. 154 desempenho. 201 reparação efetuada pelo próprio cliente. 57 ícones. 58 página Armazenamento – Prateleiras. 157 recuperação replicação. 64. 46 solução de problemas. 93 e firewalls. 80 página de status. 150 solucionar problemas conexão à rede. 10 símbolos do texto. 203 HP . 61 status da biblioteca. 68 Página RAID. 63 Página Armazenamento — RAID. cartuchos. 92 Resolução de nomes NetBIOS. 38 senha edição. 121. 153 usando portas de 10 Gb. 124 uso do compartilhamento de localização. 70 página armazenamento. 100 Servidor CIFS autenticação. 151 Interface Web Management. 15 informações. 115. 94 histórico de eventos.prateleiras.Discos. 66 Status do Armazenamento . 46 reparação efetuada pelo próprio cliente. 50 SNMP ativado:. 149. 67 redefinir configurações e senha. 63 protegido contra gravação. 130 rede editar configurações. 149 solucionar problemas backup ou replicação. 68 página iSCSI. 202 sincronização de compartilhamentos andamento do registro. 149 status atividade do sistema. 201 R RAID5. 61 página de relatórios de armazenamento. 93 sites Escolha do assinante HP para negócios. 10 conexão a partir do backup system. 155 biblioteca de fita física. 124 recuperação da replicação pela WAN. 49 solução de problemas Bateria RAID. 96 recuperação da origem. 28 público. 184 Servidor NTP. 63 status de disco. 13 Página Armazenamento — Discos. 66 rede. 22 definir número de. 152 prateleira de armazenamento. 148 configuração. 153 rede. 203 slots definição do número de. 203 replicação configurações gerais. 115. 97 janelas de blecaute. 18 SNMP configuração. 147 iSCSI. 153 botões do navegador ausentes. 10 redefinição. 60 página log. 48 MIBs. carregador automático. 124 utilitário local. 64 Página Fibre Channel. 149 energia ligada/desligada. 32 Servidor NFS especificar hosts de NFS. 99 padrão. 119. 18 status das prateleiras. 60 Guia do usuário 209 . 72 Página de mapeamentos de NAS. 32 configuração. 71 página de utilitários. 157 RAID6. 67 status de Armazenamento – Prateleiras. 45 página de status. 39 sessão ativa. 44 restauração arquivos individuais. 69 página do disco. 134 replicação. 134 nenhuma unidade de fita conectada. 87 pausa nos trabalhos. 149 redefinir senha. 63 Status do RAID. 124 S sair do domínio AD. 95 página de mapeamentos de fita virtual. 100 reinicializar configurações da rede.

100 teste de alertas de email. 113 exibição de detalhes. cartuchos. 183 unidades definição do número de. 61 Status do RAID. 21 210 . 155 firmware do BIOS. 143 upgrades firmware do disco rígido. 28 tamanho usado. 22 unidades hot plug LEDs. 54 tipo de emulação. 28 tempo de logout inativo configuração. 65 identificação. cartuchos. 49 Status dos discos. 65 V visualizar detalhes do dispositivo. 18 U Ultrium VT. 60 StoreOnce Backup System fazer registro. 19 unidade de fita cancelar trabalho. 155 usando portas de 10 Gb solucionar problemas. 155 substituir disco. 163 T tamanho máx. 149 uso do disco. 66 Status do SNMP.Status do Armazenamento-RAID. 197 compatíveis. 10 substituição de hardware.