You are on page 1of 411

VIDAS

SANITOS
.r'{

7r.-

Padre Rohrbacher

Ç
-;.]i--\),,..=

http://www.obrascatolicas.com

AVISO AO LEITOR:
os

nomes

de santos acompanhados do sinal

indicam biografias compiladas por Jannart
Moutinho Ribeiro, âs quais constituem acrescenta-

('o)

mento necessário à obra do Padre Rohrbacher.

http://www.obrascatolicas.com

PÀDRE

R

OHRBA CHE R

VIDAS
DOS

SANTOS
EDrçÃo ATtrtLLtzADA

POR

IÀNNÀRT MOUTINHO RIBEIRO
SOB A SI'PERVISÃO DO

PROF. A. DELLÀ NINÀ
(BACHARET. EM
FILOSOFIA)

VOLUME VIII
EDITÔRÀ DÀS AMÉRICÀS
Rua
Visconde de Taunay, g66
Telefone:
Caixa postal 446g
SÃO PAULO

51_Oggg

http://www.obrascatolicas.com

OB ST AT
B'
Padre Antônio Charbel' S' D'

NIHIL

IMPRIMATUR
1959
São Paulo, 10 de |ulho de

t PAuLo ROLIM toUREIRO
Bispo Auxiliarr e Vigário Geral

http://www.obrascatolicas.com

r

-

\7id as

dos

Santos

http://www.obrascatolicas.com

http://www.obrascatolicas.com

maio

http://www.obrascatolicas.com

http://www.obrascatolicas.com

em o único f"# rcionava esta conversão.à. -abjurou filho or- gonha. mento de Si Igreja i.i. DIA DE IIIAIO SÃO SIGISMUNDO R.3"110:.1.11: http://www.." í"t br. Sigerico. prbiica 'Igreya congregou-se . com a bondade e autoridãdf'lt$. seu filho.ãve êste exemplo." S povo uma homília á "pÃposito disto.com .eí e Mártir Sigismundo.'á.obrascatolicas..

ü. o reconhecimento numa da por Santo Ávito.". e .". Nela chama Símaco ersal. senhoru..ràr-u"-útiáo gue o Íilho' seu alcan.itruludu com a censura. como de Santo Ávito. da -. Sigerico.legião Éuiecida a primeira mulher de Sigismundo que êste contraiJ .o à reconstruir e ampliar honra dos santos mártires tebana. envidou tudo 6 oue estava a . agradece-lhe lhe havia dado de viva que os conselhos paternais filho.."grrrdus núpcias com uma mulher semelhante'' nascimento um ou em manifestar-se entre festa.10 PADR.. deainda por o..&..:. de vingâf--se jàr"u--l.S"u primeira preocupaçãg foi purificarmasa cidade.. pelo menos ela não reino ãurante a vida.ii*r.BACHER tares conselhos."ui" dizer de minha o Com drasta send. infestáda não sômente pelos arianos." http://www. atribui a sua corlto Pontífice. disse-lhe as vestes de com rancor: <<Náo sois digna de traiar A mamãe. animou e susteve o zêlo . Santo .>> ... reconhe' es de suà mãe. Si G. sue não t:'?in..E RO}IR..com . herétic rs e ciómáticos.obrascatolicas..ffil:ài"T#'""0"'.rtro.

pro santos mártires da legiã mente a Deus gue nãdo crime.ut"ro.:. refugiou-se tempo foragido.1 i:fl:: á" it'i#i"Í. de preferência à na out"ra.f "i"""S*:? http://www. Teodorico. adorand bendo gue os francos s senhores na Bolgonha e que o f. *. sigismundo d"-ãdeu or vê-lo fei o pai arrepende a ordem filho.: gue lhe fizesse carregar esta vida. paÍa expiar o na santa solidão.. Gis- ""0*Í.com .-. gue pudesse tornar-lhe oi traído por súditos e o enviou prisioneiro a is jovens príncipes.VIDAS DOS SANTOS 11 contando com o apoio do avô. corróu os . eceu gue suas preces haviam sido Os filhos de contra Sigismund fuga.J. hábito de ao mosteiro de Agaune. corspirava contra a coroa e sua vida.obrascatolicas. vertendo côrte lhe disse: chorar: sua inocência ó n gue cometestes o mais mundo seguiu o conse Agaune . ."nÍl.aziam procurar por tôda parte.

.ã". e.r"td"s mas se os ãstará convosco e vos concedetâ a vitoria. após santo Máximo.ãit" e não i"'.obrascatolicas. Clodomiro .".. Sigi. melle. sua espôsa e [ilhos.3. aÍ pata a reconquista. sabendo então abade de Mici.áulou o ProPósito de Íazer Ílora mulher e os dois PrínciPes' seus Orleães. e sobretudo a morte injusta ram-lhe as honras de mártir na um costume assaz comum dêstes s. inimigos vossos a [ú"rd". e retomou sem dificentes do exêrcito borgonhês " A esta notícia.rií"§'*""r: ões. ficar entre a sanha de ambos' primei' meio mais seguro de vencer era suprimir Íàcilmente. acontecerá fizerdes vossa espôsa . de conceder tal distinção às Pes- soas virtuosas gue sofreram morte injusta' http://www. a" -..com .foi denominado óoço de São Sigismundo. sereis entregue convosco' a p"r"aereis por suas mãos.: ?. da cruel ..il.>> era uma idiogue pÍezou o coÁeho "'pondeu " tice deixar i"i"rigor atrâs de si para ir combater à.Se."rJrção do i"i.s filhos o mesmo q-ue Clodomiro des.iã.ro ""' gue poço' os corpos fora{t lançados num Beauce. pÍocufoü-o e lhe disse: vosso pro. depois Íêz motrãr Sigismundo' suaem Colu..BACH ER.u Bãõárrh".rRe- o seu pecado.. desistirdes do i) morte estas pessoas' Deus . em atenção a Deus. em trans. e por logia São Simundo' A vida penitente gue levou êste prín. [m santo' Avito' "i*u.4o.:":xT..PADRE II.OHR.ãrrJô..á"ir'[ilhos. . e "to .rtro.. ã tu Tó: 'oT.. A execuçãó verificou-se e Orleães de fronteiras de 524.ÍL. morrer. ramente um para esmagar o outro mais espisa e P*.

Acta SS. I maii. I.com .obrascatolicas.ãi.: ôü. guâÍrdo o abacre à"-Ã.uie-soricirou ""a" a um senhor boroonhês gue o.Éíncipe Teodoberro.* p_edir#..". com cânticos e -"al *** (1) Greg. o de sua espôsa e de seus filhos eshvám . http://www..:.. Tur.VIDAS DOS SANTOS Havia l.rêr anos gue seu corpo. filho"do r"i f["r.o poçó iàiã."". JII. lançados. foram conduzidos.

o segundo dos*uioi"i.a" o dêcimo-terceiroruína de |erusalém.re . 1. nestes <<Foi-me dirigida a palavra do Senhor têrmos: do seu seio' mãe. )eremias principiou a proÍetizar quarenta aos vinte e cinco anos.^ Árràio..filhodeHclcias. ilo Prólogo: <<Palavrasde}erem.o"i"tá depois da delegado por Deus.umdos de sacerdotes que viviarn "á Anatoth' nâ terra (1). e continuou durante ano do reinado de . eu te conheãi. conforme se ... Beniamim>> "-'^'ô.t .obrascatolicas. antes que tu saísses as nações>>' eu te consagrei e constitui profeta entre <<Eu lhe disse: sou uma criança!>> (1) Jer.o título do livro.sÃo JEREMIAS (") Prcfela Antigo' T estamento profetas chamados ]eremias.ias.. aã. http://www. 1. "ru fiffro do"sacerdote Hêlcias.com . )osias atê o.

desd" o diu em que Q) Jer. e cóntra tôdas u. " Assim será um mi ias.X:: o de |eremias foi exortar nunciando os castigos gue ilho de Josias. para arruinares e dissipares. diz o Senhor». tocou-me na bôca e me disse: ((. L <<Em seguida. diz-nos Crampo. filho de ]osias. rei do Senhor a-|eremias. o Senhor estendeu a sua mão.. mas també veiro de Ba .com tiras indrq se ia .Eis que ponho as minhas palavras na tua b9:u.àrrtra Israer e Judá. ra ser prêso: im.ãUI" u.uçoes. para arrancares e destruires. 4-10. 1. stigo e de destruição. para edificares pturrtares>> (2). e diras tudo te mandar.o'oX"ogJTl e o primeiro>>. Não os temas. porque eu sou. . tôdas as oalavras_ gue te tenho àito'. rei de |udá."* . nações e sôbre os reinos.. . . eis gue re constituo hor. escrev eram par rer-se as http://www. . contigo para te livrar.obrascatolicas.I VIDAS DOS SANTOS <<Mas 15 o Senhor replicou: a tudo 9 que te enviar irás. d.

. esta ordem a ãid: Baruch: '--i- Estou prêso.todos. f.r"rráã. à entrad.com . fdá. filho de Neria' procedeu conforme tudo o gue . á" S""h"t a toJo o ãoncorrido das cidades havia tôd Então Baruch leu no livro as de na casa do Senhor' râ càmara páf o de Safan' secretário' no vestíbulo do Senhor' superior. em sêguida.il . no nono mês.BACHER.?.ru.guevolta possa perdoar lhes eu Derverso ..rolvidoã n"r Íazó. . e BarucÉ-àr "r.t"tiq"éias.os males cada um do seu . Porque é grande o confuror e a indignação gue o senhor manifestou ffa êste Povo>>.".ria mandado.i.-ã"íindo .Buru. de modo no dia do os de lúa ue êles se diante do Senhor. e se converta mau caminho.J."ú de |udá. não posso entrar na casa do ÇUe eSCfe- . até o dia de 5oi9' a que . lidas senhor. .E R.u*irrhã. do tôàas as palavras de sa[a".pô"o de.OHR...o rôlo Neria.|erusalémieium ea ã. no templo de |osias.-' filho um publicar?m . maldades e Pecados>>' de Chamou.]il..ré..J-ã'lraa.obrascatolicas.ta. ã páttu nova da casa ouvindo-o todo o Povc'' filho uQ.jeremias íh" hu... de """i" http://www. p.l. filho de Gamarias.reu. de sorte à. casa do lendo no u".-.-)eremias dôu.rr"r do senhor na de ]osias' Senhor..ã.[: ]utemias a Baruch' filho ditando |eremias. 16 v€r te falei.oa* à. No quinto ano de )oagyi.PADR.. p"lu"ras que o Senhor lhe havia .

Quando ouvi- ram tôdas as palavias. foi ao palácio do rei. <<Depois ((- <<Baruch disse-lhest êsses ((. <<E Baruch leu.Pela sua bôca me ditava tôdas estas palavras. pois. pelo qual lêste diante do povo. isto.. saber ao rei tôdas estas coisas>>. e vem cá>>. <<Então disseram os príncipes a Baruch: guém saiba onde estais>>. Dalaias. Elnatan. e todos os outros che[es. http://www. voltaram-se espantados. . o livro . à câmara do secretário. filho de Semeias. filho de Safan. todos aquêles chefes enviaram a Baruch |udi. filho de Neria. Sedecias.com .VIDAS DOS SANTOS . secretário. onde estavam sentados todos os grandes da côrte: Elisama. quando Baruch as lia pelo livro aos . filho de Hananias. a dizer-lhe: ((. filho de Acobor Gamarias. <<Com ((- Senta-te e lê essas coisas.E preciso gue façamos . cada um para o que tinha ao seu lado. interrogaram Baruch: Declara-flos como escreveste todos discursos da sua bôca>>. e disseram a Baruch: ((. Baruch. t7 pelo livro. e eu as escrevia neste livro com tinta>>. filho de Cusi. <<Tomou.Toma na tua mão o livro. filho de Selemias. filho de Natanias. para que as ouçamos>>. ouvindo-o êles.. Miguéias referiu-lhes tôdas as palavras que havia ouvido.obrascatolicas.

rei de ]udá: Não sairá dêle gueffi se sente sôbre o trono de Davi e o seu cadauer será exposto ao ardor do dia e ao frio da noite. com certeza. em sua audiência. Diante daguilo. que ouviram tôdas estas palavras (4 ) . tomando-o da câmara de Elisama. filho de Abdeel. mas deixaram guardado o livro na càmara de Elisama. E não temeram nem rasgaram as suas vestes tanto o rei como todos os servos. dizendo: gue escreueste nêle e anunciaste que o rei de Babilônia ubá. filho de Azriel. |udi. mas êle não lhes deu ouvidos.obrascatolicas. príncipe.PADRE ROIIRBACHER. http://www. Elnatan. 18 <<Foram em seguida ter com o rei. fazendo gue não fiquem nela homens nem animãis? Portanto. 36. ao átrio do seu palácio. À medida gue Judi lia três ou quatro colunas. e participaram ao rei. à sua linhagem (4) (5) Ou ameaças.com . Depois o rei mandou a |eremias.. O rei mandou |udi buscar o lívro. leu-o diante do rei e de todos os grandes gue estavam em volta do rei. ro nono mês. seu aposento de inverno. o secretário. e o profeta |eremias mas o Senhor escondeu-os)) (5 ) . O rei estava sentado nc. e anunciou o castigo do rei. e destruirá esta terra. o rei cortava-âs corl o canivete do secretário e lanÇêvâ-âs ao fogo do braseiro. secretário. Deus dirigiu-se a feremias. a Selenias. ordenando gue se esc. secretário. Todavia. e a Saraias. Dalaías e Gamarias haviam pedido ao rei gue não gueimasse o livro. tudo o que havia acontecido. L-26. Jer.revesse de novo outro livro. gue prendessem Baruch. Castigá-lo-ei a êle. isto di: o Senhor contra |oaquim. e diante dele estava pôsto um braseiro aceso.

nem os seus servos. a prisão do profeta. que saiu para vos dar socorro. sacerdote. <<Então.. sem gue êles me tenham ouuido" (6).com . nem o povo da terra. porque ainda o não tinham metido no cárcere.remias andava livremente por entre o povo. escutaram as palavras gue o Senhor havia dito pela bôca do profeta ]eremias. os caldeusr gue haviam cercado ]erusaIém. filho de Maasias. 36. a palavra do Senhor foi dirigida ao profeta feremias. voltará para a sua terra no Egito. ouvindo esta nova. . sob Sedecias.. filho de Selemias. filho de )osias.Isto diz o Senhor Deus de Israel: <<Assim respondereis ao rei de ludá que vos enviou â coÍrsultar-me: O exêrcito cle Faraó. reinou em lugar de |econias. e Sofonias. sôbre os habítantes de lerusalém e sôbre os uarões de ludá todo o mal com gue os tenho ãfitê€tçado. Contudo. 29-31. a guem Nabucoáonosor. então. e fatei cair sôbre êles. o exército de Faraó saiu do Egito. tomá-la-ão e lançar-lhe-ão o fogo.Pede por nós ao Senhor nosso Deus>>. http://www. <<O rei Sedecias.f. Entretanto.obrascatolicas. Mas nem êle. o rei Sedecias mandou ]ucal. dizer ao profeta ]eremias: ((. Deu-se.VIDAS DOS SANTOS 19 e aos seus seruos pelãs suas maldades. Assim fala o Senhor: Não queirais enganar-vos a vós mesmos. (6) Jer. nos têrmos segqintes: ((. estabeleceu rei no país de |udá. rei de Babilônia. retirararr-se de |erus além. filho de foaquim. e os caldeus voltarão e combaterão contra está cidade.

e queimariam esta cidade>>.obrascatolicas. êles se levanta- riam. retirado o exército dos caldeus de |erusalém. <<E acrescentou. <<Depois o rei Sedecias mandou tirá-lo e interfo$ou-o em sua casa. meterâÍIt-flo no cárcere da casa de |onatan. e ficassem dêles sômente alguns feridos.eta )eremias. porque haviam feito deia uma prisão.Crês porventura que tens alguma palavra da parte do Senhor?>> <<feremias respondeu: ((- Sim. pois. chamado |erias. definitiuamente. Com efeito. assim: ((.Isto é falso! Eu não fujo para os caldeus!>> ferias não lhe deu ouvidos: prendeu lere. o seeretário. gue prendeu o prof. <<|eremias respondeu: ((. cada um da sua tenda. estava ali um dos que por turno guardavam a porta. E assim entrou |eremias num subterrâneo abobadado. iradr>s contra lergmias.Tu foges para os caldeus>>. Êstes. <<Tendo-se.E ROHRBACHER. secretamente. filho de Selemias.PADR. saiu |eremias de |erusalém para ir à'terra de Benjamim. dizendo: K.mias e levou-o aos chet'es.com . Mas. por causa do exército de Faraó. depois de o açoitarem. filho de Hananias. e repartir ali uma possessão com essa gente. Quando chegou à porta de BenjAmim. êles não se irão embora. onde estêve durante muitos <<Mas dias. 20 dizendo : De certo se irão os caldeus e se tetirarão de nós. http://www. tenho>>. ainda gue derrotásseis todo o exército dos caldeus que pelejam contra vós.

e |ucal. que vos prof. que a tomará>>. filho de Fassur. Safatias. terâ como um despôjo a sua vida salva. pois. até que todo o pão da cidade se consumisse. ouve. <<Ora. filho de Melquias. Íilho de Selemias.etizavam: Não uira o rei de Babilônia sôbre uos e sobre esta terra? Agora. para me mandares meter no cárcere? Onde estão os vossos profe tas. viverá>>. e (7) Jer. para gue não morra lá>>. o secretário. então. Isto diz o Senhor. e Fassur. mas o que passar aos caldeus. )eremias f icou no vestíbulo da guarda>> (7 ) . e Gedelias. o rei Sedecias que |eremias fôsse pôsto no vestíbuio da guarda e que se lhe desse uma fatia de pão cada dia.Que se mate âste homem.VIDAS DOS SANTOS ((- 2l Serás entregue nas mãos do rei de Babi- <<]eremias disse mais ao rei Sedecias: os teus servos e contra o teu povo. da rua dos Padeiros. tinham ouvido falar as palavras que |eremias dirigia a todo o povo: <<Assim fala o Senhor: <<Todo aquêle que ficar nesta cidade morrerá à espadà. Então os chefes disseram ao rei: ((. gue ficaram nesta cidade. Íilho de Matan.com . Assim. 37. <<Certamente será entregue esta cidade na mão do exército do rei de BabilOnia. ó rei. <<Ordenou. ? de fome ou de peste.obrascatolicas. e não me remetas à casa de Jonatan. meu senhor: Ouve favoràvelmente a minha súplica. : : . porque desanima os homens de guerra. 1-20. http://www.' .

êste homem não busca o bem paÍa o povo.Aí o tendes nas vossas mãos. então. "Abedemelech. Abedemelech saiu da casa do rei e foi falar ao rei: ((.E ROHRBACHER 22 todo o povo. senão lôdo. Abeclemelech. <<Então o rei deu esta ordem ao etíope Abedemelech: ((. Sim. onde não havia água. e tomou dali uns panos velhos e farrapos. que estava no vestíbulo da guarda: desceram |eremias com cordas à cisterna.Toma agui contigo trinta homens e tira da cisterna o profeta )eremias.Mete êsses peclaços de pano velho e êsses retalhos debaixo dos teus sovacos entre os braços e as cordas>>. a leremias.PADR. qr" <<Entretanto. O etíope Abedemelech disse a )eremias: (K. http://www. tomando consigo os homens. que por uma corda.u numa dependência do palácio do rei. para que ali morra de fome. êstes homens procederam mal em tudo guanto Íizeram contra o profeta |eremias. deitou abaixo à cistern a. <<O rei Sedecias disse: " . antes que morra>>. porgue jâ náo há mais pão na cidade>>.obrascatolicas. eunuco "tio["] meestava na casa do rei. meu senhor. entrt-. O rei estava então seÍltado à porta de Benjamim. metendo-o na cisterna. mas o mal>>.. pois nada pode o rei contra vós>>. dirigindo-lhes tais palavras. E assim se atolou |eremias no lôdo. <<Tomaram. |eremias e lançaraln-Ílo na cistertra do príncipe Melquias.Ó rei. ouviu dizer que haviam tido |eremias na cisterna. que estava por debaixo do tesouro.com .

VIDAS DOS SANTOS 23 <<|eremias assim o Í. filho de Aicão. sedecias foi prêso. campos.ê2. puxaram mias com as cordas e tiraram-no da ciiterna E mias ficou no vestíbulo da guarda>> (8 ).obrascatolicas. não lhe faças mal nenhum. Nabuzardan. havia dado esta ordem a Nabuzardan. chefe da guarda.o. e derribaram o muro de |erusaIem. mandaram tirar l"r"- mias do vestíbulo_ da grrarda e entregarârn-Ílo a'Go^ dolias. a. grandes do rei de Babilôniá. ocorráu a destruiiao da cidaáã. http://www. Nabuse zdan. mas concede-lhe trJá . e o resto_do povo gue havia ficado. <<Por êste moti'*. para que (8) Jer. o resto do povo que havia ficado na ciáade. gue não tinham absolutamente coisá aiguÍnâ. l-tg. Aos mais pobres au pl*9. il.ã de feremias: ((. põe sôbre êle os teus olhos. chefe da guarda. levou"-os a Babilônia Nabuzardan chefe da guarda. 38. <<Nabucodonosor. lereierc' |eremias permane(eu no vestíbulo da guarda o dia da tomada de |erusarém pelos . e os desertores que se havie m ido entregar a êle. chefe da guarda. até . deixou-os fiãar " na terra de ludâ.ila. ãi. e lhes áeu vinhas e nesse dia. filho de Sa[ãn.com o . <<os caldeus queimaram o palácio do rei e as casas particulares. Nergal-Sareser e todos o. rei de Babirônia.rr.Toma-o.c". quiser>>. Nabuzardan. Então.

aram todos os que resta. onde.BACHER. Muitos judeus sujeitarâÍl-Se ao Seu govêrno. 24 levasse povo a sua casa. de linhagem real. Godolias foi constituído governador das cidades de fuda pelo rei de BabilOnia. filho de Natanias. ro que estava com Ismael viu )oanan. de de Aicão: homens (9) üÇr."o[i. depqs.fu. que o procuraram em Masfa. concertaVam-lhe a morte.habiiava. E todo o povo. filho de Natanias. e por todos os chefes dos exércitos que viviam dispersos pelas províncias.PADRE ROHR. Morto Godolias por Ismael. havia que matou Godolias. e por mais dez homens que o âcoÍr- parhava"m.obrascatolicas. encheu-se de alegria. filho de Natanias. filho de Carêe. Íilho de Carée. e pa. <<Mas Ismael. . de |oaÍran. 8-14' http://www. E assim êle ficou entre o (9 ) . tomando tôda a sua contra os matadores do lo rei de Babilônia.ôltou pãru trás e juntou-se â |oanan.r. filho mulheres. houve. filho dó Car6e. fugiu com oito homens. uma tentativa de vingurçur )oanan. e todos os oficiais do exército que estavam com êle. crianças e guerra." ff:rT:l"l: i: ffi:l. Todavia. 3-9. Godolias não thes deu crédito. e todos os oficiais do t êle. Avisado por ]oanan.com . filho de Carêe. que Ismael tinha feito prisioneiro em Mu.

Seja o Senhor contra nós testemunha verdadeira e fiel. Seja coisa favorável ou adversa. <<O profeta feremias disse-lhes: vosso Deus conforme dizeis. 42. gualquer palavra que me responder. porém. Desobedeceu-o. que acabou por levá-lo também. e estiveram de passagem em Carnaão.izermos tudo o que o Senhor teu Deus te mandar dizer-nos. eu vô-la referirei. 13-18. Dez dias depois. sem vos encobrir coisa alguma. se não f. chegando ern Tafnis. com mêdo dos caldeus. 3-6. que temiam por causa de Ismael filho de Natanias ter assassinado Godolias. 41.com . <<Êles disseram a Jeremias: ((. ao gual t enviamos para que sejamos bem sucedidos. ForâÍr-se dali. obedecendo à voz do Senhor nosso Deus>> (11).aze»>. porém. çlue o rei de Babilônia havia constituído governador da terra de )udá» (10). que haviam feito voltar de Gabaon. Era a fuga para o Egito. Antes.Que o Senhor teu Deus nos mostre o caminho que devemos f. http://www.VIDAS DOS SANTOS 25 eunucos.obrascatolicas. (11) Jer. (10) Jer. o povo. com o fim de passarem depois adiante a entrar no Egito. acabando por pedir: ((. obedeceremos à voz do Senhor nosso Deus. que muito sofreriam aquêles gue fôssem para o Egito. consultaram o profet a. c profeta charnou foanan e lhe respondeu que não devram deixar o país. que está ao pé de Belern. filho de Aicão.

em meio às suas dores e ignomínias.ruína de )erugalé_m. e de elementos narrativos.íd"d" próprios judeus. são canros lúgubrer quà a Ijreja adoto_u para chorar durante a semana santa J morte de Nosso senhor. a miséria extrema do povo de Deus e a -cua escravidão. Os gregos consagram ao profeta ]erémias tqdq um ofício. tradição judaica. Segundo a Padres da Igreje do Egilo.PADRE ROIIRBACHER 26 h . o gual. a chorar. o profeta chora a destruiçao Ja c_idade santa. poÍ causa dos pecados. As Lamentações ( 12 ) são cinôo elegias sobre á . ]eremias morreu naq"uela . e ali ^i"a/i"Jo-pã* mesmo foi sepultado.com . a ruína do templo. |"í"-i*. seguida pelos . rompeu em lamântaçoes. http://www.e dizem respeito a sua ação. segundo o gue nos diz Santo Epifânio. sobretudo contra ]udá. exortavu ô poro ae yerrrãrer" ã chorar a última ruína cla cidade e do teáplo. elegia. lrÉt (12) Ou Trenos - gpntos plangentes. Qs gemidos e dores de ]eremias eram uma fi_ gura dos de |esus cristo. os cristãos tinham o costume de ir orar nó seu túmulo. gu. 4por a devastaçãõ de ferusa- lém. o livro de suas profecias é formado de oráculos contra as nações. gue lhes servia de remédio corrtra mordeduras de cobras. sentando-se.obrascatolicas. e dêle tomavam o pó. conduzido Israel para o cativeiro. vendo a cidade devastacla pel-os inimigos.

fesus guis ir à Galiléia. O MENOR (*) Apóstolos . http://www.obrascatolicas. e disse-lhe: ((- Segue-me>>.edisse-lhe: (1) Provàvelmente Bartolomeu. pátria de André e de Pedro. <<Filipe era natural da cidade de Betsaida.' Século S. Filipe era originário de Betsaida. e encontrou Filipe.SÃO F'ILIPE E sÃo TIAGO. Filipe encontrou Natanael (1). cictadezinha situadá ao longo do mar de Tiberíade. FILIPE Como os irmãos Pedro e André. I .com . Os mais se_guro-s detalhes sôbre São Filipe são fornecidos por São foão Evangelista. <<No dia seguinte.

Mestre. vi-te eu. tu és o Filho de Deus. quando estavas debaixo da figueira>>. ignorando. filho de fose>> (2\.. e disse dêle: ((. 43-51. (» Filho de José porque Filipe ainda desconhecia o mistério da encarnaçáo e da conceiçáo virginal de Jesus Cristo.Eis um verdadeiro israelita.Antes que Filipe te chamasse.- Encontramos aquêle de quem escreveram Moisés na lei e os profetas: ]esus de Nazaré. em quem não t há dolo>>. que Êle havia nasoido em BeIém' (3) Nazaré era desprezada por todos.obrascatolicas. verás coisas maiores que esta>>.Donde me conheces tu?>> <<|esus respondeu. e disse-lhe: ((. vereis o céu aberto. <<)esus respondeu. 1. daí o dito de Natanael (4) Jo. <<)esus viu Natanael. <<Natanael disse-lhe: ((.. crês. <<E disse-lhe: ((. e disse-lhe: Íigueira. e os anios de Deus subindo e descendo sôbre o Filho do homem>> (4). igualmente.Em verdade.com . http://www.E ROHRBACHER 28 ((.PADR. em verdade vos digo. <<Natanael respondeu-lhe. tu és o rei de Israel>>. gue ia ter com êle. e disse: ((.De Nazaré pocle porventura sair coisa que seja boa?" (3) «Filipe disse-lhe: ((-. V em ver>>. <<Natanael disse-lhe: ((.

daqueles que haviam ido adorar a Deus no dia da festa. Noutra circunstância. Filipe. porque sabia o que havia de í. para dar de comer a esta gente?>> <<Dizía. guando da primeira multiplicação dos pães. 12.com . porém.. 5-7. quando o Salvador se referia ao Pai. que não compreendera as palavras de |esus. Afinal. 2l-22. <<Foi Filipe e disse a André.VIDAS DO'S SANTOS 29 Quando ficou definitivamente assentado o colé. tendo levantado os olhos. <<Ora havia alguns gregos. <<Respondeu-lhe Filipe: ((. 6. nós não sabemos para onde tu vais. novamente nos é apresentado por São ]oão. e vi§to que vinha ter com êle uma grande multidão. como podemos nós saber o caminho?>> (5) (6) Jo. <<Disse-lhe Tomé: ((. disse a Filipe: ((- Onde c mpraremos nós pão.izeram-lhe êste pediclo. alguns pagãos se apÍesentaram para oferecer tromenagens ao Salvatlor.azer. <<]esus. http://www. gio dos doze. e buscaram Filipe.obrascatolicas. deseiamos ver |esus>>. Filipe provàvelmente iâ era da confiança do divino Mestre. durante a última Ceia. Êstes aproximarâÍr-se de Filipe. Jo. |esus provoü-o. e f. pois.Senhor. Contudo.Senhor. isto para o experimentar. que era de Betsaida da Galiléia. dizendo: ((.Duzentos dinheiros de pão não bastam para que cada um receba um pequeno bocado>> (5 ) . Anclré e Filipe disseram-no a ]esus>> (6 ) .

quando sôbre êles descesse o Espírito Santo. Filipe? Quem me viu. que está em mim. mais tarde. êsse é gue f. mas o Pai. ninguém vai ao Pai senão por mim. se me conhecêsseis. vê também o Pai. SObre o sentido destas palavras. também certamente conheceríeis' meu pai. o Pai. mostra-nos basta>>."rdade vos digo que aguêle que crê em mim "f.arâ também as obras gue eu faço e_ f. convertendo um número imenso dêles. e ainda não me conheceste. Crêde em mim: eu estou no Pai.Há tanto ternpo que estou convosco. (?) Jo. na Frígia. Crêde-o âo menos por causa das mesmas obras.PADN. tendo falecido em Hierápolis. Filipe. T-12. . não as digo de mim mesmo. e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo. Como dizes. mas desde agora o conheceis e jâ o vistes>>. a verdade e a vida. e isso nos <<Disse-lhe ]esus: ((. como os demais apóstolos. e o Pai está em mim.BACH ER 30 <<Disse-lhe ]esus: ((. Diz-nos a tradição que Sao Filipe foi pregar o Evangelho entre os citas. aprendê-lo-ia com flacilidade. porque eu vou paÍa o Pai>> (7).arâ outras ainda maiores. póis : Mo. 14.strâ-ros o pai? Não crêdes gue eu estou no Pai.Eu sou o caminho.E R. . Em verdade.OHR. e que viveu até a idade mais avançada. <<Disse-lhe Filipe: ((- Senhor.az as obras.

no fim de três anos. a seguir. dizem gue São Filipe foi martirizado nos tempos de Domiciano ou de Trajano. em seguida. a Tiago relcomendou a Igreja de ferusalém. ê aguêle Tiago do gual Sao Pedro.VIDAS DOS §ANTO§ 31 Clemente de Alexandria assegura que o Apóstolo morreu de morte natural. gue.obrascatolicas. fui a salem. segundo as mesmas Escrituras. depois da ascensão. S. TIAGO. Paulo. livre da prisão pelo anjo pediu que o informassem do que lhe sucedera. .que ressuscitou ao terceiro dia. segundo as Escrituras. no entanto. para gue se distinga do outro apóstolo do mesmo nome. ensinei-vos o gue eu mesmo aprendi: gu9 Cristo morreu por nossos pecados. estêve em lerudiz: <<Dali (2) . e gue foi sepultado e .com . antes gue se dispersassem. antes de tudo. depois. 15. foi visto por Tiago e. por toãos os apóstolos>> (1). Documentos antigos. a Tiago constituíram bispo daquela cidade. dos guais ainda hoje vivem muitos e alguns já morreram. foi visto por mais de guinhentos irmãos por uma só vez. os outros apóstolos. gue. depois da conversão. http://www. o mesmo do qual fala São Paulo: <<Porque. em consegüência. e gue. e (1) e) 1 Cor. 3-7. o Menor. _Sao ferônimo e Santo Epifânio assegurârl-ros gue |esus. O MENOR Tiago. De Damasco.e que foi visto por Cefas e depois pelos onze.

32 PADRE R. Segundo uma pintura de Mantegna.com a fresco . Século XVI.OHRBAC H ER Sáo Tiago curando um cego. http://www.obrascatolicas.

são Tiaso' sue Jusro foi o cosnome sue . §rl. 2. No que vos escrevo. Mais adiante: <<E tendo reconhecido a graça ""À. para qu. AtJrudo do alto - do Templo. nós fôssemos aos genrÍos>> etc.se determinava aos gentios. que me foi dada.". hurriu f. não morreu da queda.ue f."-e a pureza. lããllrárl (3) G) 1. . Tiago.obrascatolicas. o Menor Íoi morto peros iudeus não con-' vertidos.com . Cefas e foão. e r"lrtou túdo o qu" D.ó. onde foi tratada a questão de saber sel .:::S""r:" Tiago. Gal. Tiago resumiu o d'iscurso ?açá? dos pagãos.ráo rrt.. Sabe-se que os judeus tinham grande veneração pelo apóstolo Tiago. qr" considerados as colunas c a Igreja. (4). No concílio de Jerusarém.r. ciigo diante de Deus que não . e estive com êle guinze dias. regra Ia admissão do gentio na Na ultima viagem a Jerusarém pauro estêve na casa de Tiago. em sinar d'" óo-unhão. pâra ver Pedro. 9. inimigos de ]esus crísto. Eram tão q. irmão do senhor. 18-20. deram as mãos a mim e a Barnabé. . http://www. entre os gentios. dos outros Apóstolos não vi nenhum. Qua o à suá santidad".VIDAS DOS SANTOS 33 I. mintoi> (3 ) .erusaleÍr.azia por terra que a duras como a do camelo. 'l'iago.

PADR. iàpiJuao santo o N. http://www. logo em pediu perdão ..BACH ER.com ..a Deus pelos gue o iriam matar de reinado do (uro sétimo 62.E ROHR.obrascatolicas.. na fetta da Pásc« a. 10 de abril ) ' ro lugar upãtttfo noi enterrado perto do Templo' em que foi martirizado. I'"ddã.

"rr" incenso'uo.SANTO ANDEOL (*) Sub-diácono e [VIártir Andeol era de Esmirna. o imperador convidou-o a deixar a Íe. deuses.r" sugerindo-lhe gue of". Quanto às ezo: são ídolos surdos e dos homeÍls. foi prêso por ordem de Sétimo Se.à. arunào o Evaníiü""a gelho. http://www.com . com sucesso.obrascatolicas. foi nomeado sub-diácono por Irineu. Respondeu-lhe o sub-diácono: um só Deus. Quando Andeol se apresentou ao tribunal.pregava.o"rã. o Deus o"iã céu e a terra. Es qual a Andeol roda elevada' debaixo da vivÍssimo' um fogaréu. aos habilant"r'd-""Éergoiate. Em Lião.

. para que possa apresentar-me vencedor' de tua maiestaá" to. rendo-vos graças nome' Não -teres feito -"r.obrascatolicas. fendeu-lhe partes.E ROHR. onde se rezava e celebravam http://www. miraculoro-"t te desprendido.BAC H ER por me Senhor ]esus.teu Faze com me abandones neste supremo combate' diante que persevere.Lcebeu a visita de luta e âouogue foram encoraiá-lo para a próxima áiar-lhe o fim gue se aProximava' Andeolfoimortodiantedoimperador:umsolusadas dado.o*" de Burgo de Santo Andeol' pequeno A cripta .ádor cle sofrer por. armado com uma daquelas espadas quatro o crânio em ü.obr"-t"ú'" tdifi"ou a tomou . e Sétimo atirado ao Róordenou qu" o . Amarrado a pesada pedra' cumpriu-se o corpo ordem. atê a Revolução' formava um missas' oratório.a palma do Conduzicioàprisão'ondeaguardariaoutros vários anios. mas. recolheu-lhe corpo e o enterrou condignamente' episcoEncontrado no ano de 859 ' quando do pequena numa pado de Bernoin. época em que-Bergoiate o . em forma de cruz' Severo Foi no dia 1.' gladiadores.com . bispc de Viviers' que foi dediigreia cripta. de maio de 208... todo rio' do do mártir surgiu a uma das margens iluminado. o Túlia.. suplícios. rica senhora do luqar.uáu a Sáo Policarpo.orpá do mártir Íôsse a dano.36 PADR. Andeol .

t.VIDAS DOS SANTOS são Germano de paris obteve do rei chirdeberto a construç_ão.o".":.ifi"'. a" u.i:l*"5ft:.-oratório em honra de santo Andeor.com .1"0'eá.obrascatolicas. em paris.'l-. ãratório gue acabou sendo 3#.'. **t http://www..^.

.. casanclo-se"com áeira que vivia na cidade de Langres' Desde o Primeirc dia' d. ro maio de 418."do á H"iaaã "u Se extirpava com os restos oor viceiar na diocese' ' Santo Amador foi Por ' acabou dePois' ouco dedicando-a ao Primeiro Zeloss. todavia' religiosa' vida. à vontade dos seus.J. -cedeu' herrica Marta.--sendo enterrado no Monte há oito anos' oratorio em gue a espos a iit rePousava jÍTT http://www.d" . comum acôrdo' M"ri" viveram na mais perfeita conti- A. Morto procurar o viver Para Posos foram o dese." nência. desejoso..(n) SANTO AMADOR DE AUXERRE BisPo e Conlessor em Auxerre. T".aoo: a' em AirY' Marta faleceu no Amador. admitido en . Íilho de-pais ricos' Amador nasceu -estudado com o bispo Valeriano...obrascatolicas. em i+T..r.com .uã. humilde e i Artre .

E! | trducado na escola de Didier. pio X. Visitando os pastôres. De fato. 'spo conservâ-se até hoie: tem seu nome.essor Arígio nasceu em 535 em charon-sur-saone. e do dã lvfacon.. Santo Arígio. a terem confiança em Deus. ali culto.. Santo Arígio partic em 584.obrascatolicas. do qual tuàO se obtém.. visitou contritamente o tú a l0 de março de 604. viu_se à frente da nar a diocese de Gap.SANTO ARÍGro (*) Bírp" e Conf. altares. aprovou o culto ++í http://www. logo o seguiria.com . que se encontrava sões bárbaras. encorajava-os e exortava paternalmente. bispo de Cl"r. erdócio. <) deixou o mundo.. smo ano.

obrascatolicas.SÃO GOMBERTO E SANTA BERTA (*) Mfutires Fins do século Vll http://www.com .

\ *r* http://www. sem gue o vissem. porgue era na calada da noite. sendo-lhe a primeira abadêssa. Foi assim gue santa Berta partilhou com o espôso a glória do martírio. desperde Gomberto. e se retiraram.VIDAS DOS SANTOS Pedro e uma abadia perto de Avetrây. o bem dotada. massacraram a abadêssa. gue não um grande patrimônio e caridade: invadiram a abadia.obrascatolicas. nela se retirou.com .

de São ]ose Operário. f. 19õ5. "Para a Igreja.. de agora em diante. daqueles anônimos que. http://www. e esplêndida iniciativa.I - I sÃo JosÉ OPERÁRIO (*) I Foi o papa da paz. como diz Angelo Brucculeri em artigo publicado em La Ciuiltà Cattolica ( I ). diz'ainda Brucculeri. Pio XII. a santificar o trabalho. o labor não significa a mesquinhez econômica. Com esta iniciativa. 106.com . "La candida e maschia figura di colui. Ca. aquêle insigne varão que foi o pai nutrício de No'sso Senhor.obrascatolicas. a.azem. um eloqüente patrono para excitar os operários a sobrenaturalizaÍ-se. Quad. vol. o operário perfeito. incansáveis e lutando com tôda a sorte de vicissitudes. 2f Maggio.tt. resplandecente prova de que está sempre ao lado dos humildes. . a Igreja dâ. "A cândida e máscula Íigura daquele que foi o virgem espôso da grande Virgem. 2õ1E. da humanidade. che fu il vergine sposo della gran Vergine". fixando-a Eis uma nova e bela festividade no calendário litúrgico. dos pequeninos. If. daquele que foi o guarda fiel de fesus Menino. a grandeza duma nação.. da bendita entre as mulheres. mais uma vez. como o coÍl- (1) La Civ. que instituiu a festa neste dia. que assim honra o trabalhador. heróis desconhecidos. seÍá.

com I . ce_g_os e surdos. de dlrurrl. \l:. . a Igreja.ã. levados quem a confusão interessa.eja o labutar do ho-Lo tem valor eterno". o comerciante. um passo memorável do movimento roãiul cristão. fazendo do h-omem um autômúo. de festa cristã."p.obrascatolicas.. eue se fiquã slrdo (2) Eccli.. para a reconquista das massas gue as correntes. Avança. há de ter o l. nêle vendo não aguilo que verdadeiru-árt" f. Destarte. 12.az o homem .n de maio outra iisionomia. o proplietário. e não de agitação. píritos se revoltam. http://www. e dá um. o potentado da rigueza.ãvâ s-olenidade lituigi'cã-ÉõiÍ *ji.. Que cada um. tenha aquêle interãsse espiritual pelo companheiro de trabalho. E não so o operário.. um sentimento todo novo : hâ de ser dia de festa. assim. esguecidas de Deus procuraÍr escrâvizar. uns postador "uo lado dos outros: Mandauit unicu gue de proximo sro".d alma . novamente citamos Brucculeri. outrinas de fundo ateu. uma simpres máguina. como se vê.rnâs o gue pod"ra p. não quis gue os homens fôssem dispersos quais gráozinhos de areia. * "C'.vrDAs Dos sANtos 43 cebe o comerciante que professa o marxismo. uscam a discordia e a divimam para alevantar uma "Deus. impôs a cada um deueres para com o proximo (2) . para a Igr. mas o industrial.cionar materialmente.iqnutso novo dirigido para a cristã civilização do trabalho". 77. decidida e com grande ânimo. pois.

e l as Precísões (3 ) ' 3om as inefáueis Promessa-s' de Grande e astuciosa.us' "Que seria .I PADRE R. Nelas naó ha lugar Pqra De. Quad Apostoüci Muneri' http://www. espalhadas como . . a Sua santa vontade"."d"t çao. a pr. e terrenos. tem pro Íuzido a seu tempo' frutos deletêrios". às correntes sem Deus. Sáo doutrinas gue escondem uma falsa idCia de ..o. I " ctesporam o homem da lib de conduta moral. os É necessário que todo cristão "acostume e Deus a amar fihoí desde a mais tenra idade' a se ensine aosa . aos afoitoi gue (3) (4) Pio XÍ.o XIf[.obrascatolicas. gue "o estado é incautos."rp"it". indeCisos. Teria a sociedade como única io do trabalho coletivo. g fundamentais do direito.opaganda ãot puttidários tais doutrinas campeia loucamente' XIII grave temor causa dessas doutrinas e 'anteriores.com . Divini BedemPtonis' Leã.OHRBACH ER. num Paraíso em üne a sua caqacidade.germe de corrupção 'entre os povos. e tira dignidade e gualguer fte dos cegos instintos".i.úde humana baseaãa óObre tais fundamentos materialistas?" pergunta o mesmo Pio XI' Seria "uma coletividade sem outra hierarguia gue a do sistema econômico.

missão é ajudar o homem a conseguir o seu f. i que "é meio e visa à ordem externa para a prospeF-ridade comum dos homens" (5). sempre rüu"rái".com . á consciência moral da imagem divina projeção da lei ete natural.. como.i^". todos os membros áo estádo possam conseguir. o estado 6 melo e não fim. para a sua 'fálicidade". que _"o estado não é o fim do ho-"-i:.temporal..áexíste para servir o homgm. que . http://www. g-ue -'a fonte mais profund. de gue pode e deve servir-se o homem para consecução do seu fim. o municipio e outros grupos sociais.J..r. mas sim o estado paÍa o indivíduo. ao fim último". anterior e "o direito não nasc que. distinguem-se do estado e devem que os difeseu escopo"i mo o próprio absoluto. .. precisamente pela diversidade do fim de cada um.também par:a iervir o hoàem existe o estado". mas a exigência da razáo-. na medida do possível. a corporação. o estado. 2.. ao direitã náo e a vontade do estado. por si.rt VIDAS DOS SANTOS 45 meio natural. 1948. urr exo das condições requeridas para qge.r ed.. sendo o estado para o homem e não o homem para o estado". gue "o indivíduo náo foi feito p.obrascatolicas. (5) Ataliba Nogueira. "escrito ou consuetu de acompanhar o homem". o seu bem-estar moral e matárial. guã se ensine que a família. a onímoda felicidade.

com .tão difíceis têm que cumprir missão mui nobre e trabalhosa. por uér. "Assim. nhosa cle todos aquêles nunca faltou nem f. cumprir nas minas. nas oficinaS. Dizia: "LIma palavra paterna 9üeremos aqui dirigir aos nossos caros operários católicos. que. Os operá_ rios católicos.PADRE ROHRBACH ER 46 adotivo. dizia o grande papa.azer crescer a vida cristã no vosso labutar". Porque muitos. iovens e adultós. Pio XI iâ fazia um apêlo aos oPerários católicos. se quiserdes estar perto de Cristo. eÍrl tÔda http://www. irritados pcr não terem sido compreenüdos ou tratados convenientemente. nestes tempos . Sob a trientuçao de seus Bispos e Sacerdotes. que. afastaram-se de Deus. Ancs atrás. talvez para galardão de sua fidelidade. nas ÍábricaS. deixam a Deus. seduzidos ou mal contentes. heróica. cabe-lhes reconduzir.altarâ na defiesa de seus filhos. nós ho je vcs repetimos: Ite ad Ioseph: Ide a |osé"! Depois: "Não vos esqueçais que vosso primeiro cuidado ê conservar e f.obrascatolicas.. para a Igreja e paÍa Deus' multidões imensas de irmãos no trabalho. com o exem a seus irmãos desviados.

com 47 . http://www.VIDAS DOS SANTOS (6) Enc.obrascatolicas. Ubi Aracano. 1922.

sob 6' . Católica contra o comunismo ateu mundial.. uoso. deixou Peíterrceu ã""*pto a todos aquêles gue hão de ganhar o pão mereceu e mãos.com . sua carra Encí- s: "Entregues ao olvido ida futura e eterna. ntos anos atrás ) atualíssimas! Ouçamos mais ao grande PaPa: (7) (8) Pio Xf. o oi circunscrito aos limiPor tôda a Parte PTotrinas (8) e introduesta extrem'a licencio- da do abismo".PADRE IT.OHR. a êle foi cono. Leão . Com uma vida de ""ãç. observância estrita de seus" deveres cotidianos. Divini BedemPtonis' Sociaüsmo e Comunismo' http://www.a' '' amparo do pãá"roro ProtJàr da Igreia' São Iot à Pobreza exPetimo^ágrada FamÍlia.r .lrOna Em 1g7g.BACHER. de cada dia com o trabalho de suas .obrascatolicas. modê|o vivo da justiça cristã que deve predomíttut na vida social" (7 ) ' -a. du tou o pêso. qual "ru Herodes atirou no do fiáao o Div ã'Ét" os seus algozes.huorado lusto.

fundadas debaixo da proteção da Religião. parece oportuno susten'tur u. ")esus Cristo. vós gue dirigis as multidões forte" (9 ) .obrascatolicas. 9ue. ensinam a todos os associados gue Se contentem com a sua sorte e suportem o trúaftô com paciência e os persuadam u g.t" tenham uma vida soósegada e trangüila". http://www. dizia Pio XII. Íàcilmente seduzidos pela esperança das riquezas e pelas promessas de fortuna.. 6. sociedades de artishó e operários. 3 ss.com .VIDAS DOS SANTOS 49 Deus: "Prestai atenção. não atende aguêles gue procuram abrir caminho Pata penetrar a realidade (9) Sab.

para tal. Vamos a ! poderoso José. não nos esqueçamos duquelà que q nosso protetor na terra e intercessor no céu. e. com todo o afinco. porgue Êle ê a bondade mesma."aberta paÍa cristo uma entrada no mundo operário". confiantes da sua infinita bondade.ro. Não nos afastemos jamais de Nosso Senhor.BACHER social com sistemas gue d'Êle não derivam". Assim. f corações. Vivamos sempre e sempre com esus ..obrascatolicas.PADR E ROHR.e gue sela. i** http://www. patrono que a Igreja nos deu. Busquemo-lo sempre e sempre. Procuremo-lo com todó o ardor.com . em tôdas as necessidades da vida. apeguemo-nos todos a |esus.

Paciente. A mortificação a que se dava era tal. Convertido por São Filipe Beniti ( I ) . que.'efuns e na oração. enguanto viveu. Nossa Senhora. f. nas vigílias.êz-lhe ver gue a vida gue então escolhera era da vontade de Deus seu Filho. Peregrino mudou completamente: deixou a turbulenta vida que levava. Cansado. nos . na Romagna. encostava-se a uma pedra ou uma árvore. ninguêm jamaís o viu sentar-se. numa visão. de uma feita. maltratara. como que atestancio a futura santidade. e ali se deixav a ficar. deixou cntrever um carâter virllento e aguerrido. desde a primeira mocidade. Nem quando doente procurava o leito. em 1265. Pere- qrino Laziosi. Per:egrino passou o resto da vida no trâbalho. http://www.obrascatolicas. Quando Peregrino recebeu o hábito. vencido pelo sonc.com . cancro de origem sifilítica manifeston-se-lhe nunna clas pernas: o mau cheiro que dali (l) 23 de agôsto. uma doce lurninc'rsidade brilhou-lhe sôbre a cabeça. aparecendo-lhe. a sorrir.sÃo PEREGRINO LAZIOSI (") Seroita - Confessor Nascido em Forli. abandonou a tudo e entrou na ordem dos servitas. ao qual.

acharam conrreniente amputar-lhe a perna. viu-se completamente curado. Quando despertou. a chamá-lo o novo Iob. Sãc. e os médicos. Celebra-se-lhe a festa no dia 5 de maio. o Íalecimento de São V.zanclo diante de |esus cruciÍicado.com . inscreveu-sê-ihe o nome no martirológio ro. acabc. guem quer que fôsse. No mesmo dia. em Româ.trr XIII. celebrarn-lhe. para reconduzir a Deus os inimigos do nome cristão. viu-o queixar-se. governando a cristandade com leis igualmente sâfltas. a [e.*ta no dia 30 de abril. Os médicos. o gue atraiu multidões à igreja de Forli. Peregrino Laziosi faleceu a 1. o papa Paulo V permitiu aos servitzrs celebrar um ofício em honra do bem-aventurado. por Ber:. Canonizado. a 27 clr: dezembro de 1726. então. operando muitíssimos milagrss. mas nunca. à noite. constatando o rnilagre. na extirpação das heresias. Peregrino. Nosso Senhor. espaiharam o prodígio por tôda a cidade.PADRE ROHRBACHER. Aplicando-se com zêlo e sucesso no resta- Pio belecimento da disciplina eclesiástica. apareceu-lhe: ciescera cia cruz e lhe tocara a perne doente. então. Peregrino.ç de maio.nde fôra enterrado. http://www. uÍl dia. 52 se desprendia era insuportável. Em Forli. edificou a Igreja pela vida santa. porém. Na véspera da operação. da ordem dos irmãos pregadores. maravilhado.obrascatolicas. Esr !ti09. Os conterrâneos passaram. Ínano no dia l. papa e corfessor.n de maio de 1345.u ciormiirdo. e os servitas a 2 de maio. com oitenta anos de idade. c. re.

bispo aá ctaicow. Em Bergarno. . em sua pemória. Asá[o foi designado por êle.obrascatolicas. Em Auvergne. os santos mártires Orêncio e Paciência. o povo trocou por santo Asafo o nome de Llan-Elwy.â Espanha. Santa Florina. o . para que o sucedesse como abade e como bispo. quando adulto. em 43g.com .?J..:: U au invasões bárbaras. virgem e mártir. bispo. onde cuidava dos doentás. 575. Santo Asafo.VIDAS DOS SANTOS 53 Em Huesca. às ordens da qu?l foram construídos a catedral daguela cidade e o hospital. foi obedienque deu tíssimo desde a infância. carinhosâmente. foi pãeta e onde discorreu sôbre as Em EIwy. s_e_u nome à cidade episcopal. guando da invasão alemã. várias igrejas foram colocadas sob sua invocação. http://www. Falecido em 600. modêlo. viúva. quando aquêle bispo foi chamado a Glascow. co* o assentimento de tôda a comunidade de Llan-Elw'y. na Ingla-te. um dos discípulos de Kentigern.:':. Santa Grata. Ér.i:!:.rra. de tôdas as virtudes monásticas.

. ou Thiou' abade e confessor.*"rt".om a aiuda Na Bretanha.n saxônic d. São Keltac. Filho de pais pagãos. que faleceu em 502. muito santamente.uiurr. é venerada em Vaux-en-Dieulet. Santa Gertrudes.Inglaterra.. mais tarde. São Marculfo. quando pela. virgem e mártir' em 480. leallach Mc Eogham Ílâsceu em 520. no País de Gales. Nascido em Bayeux distribuiu aos pobres e aos órfãos tôda a f. bispo e confessor.com . e a cabeça. porque se recusava contrair matrrmônio. sob o qual se formou na virtude' d. conservada durante a Revolução. na mesma http://www. unt tíqríssimo senhor chamado Conan.PADR. de aquêle Santo viajava '? oúg". E padroeira da paroquia. errl Verulam. clérigo "Nu diocese de Soissons. por instigação do rei de Connaught ( depois da mõrte do pai ) foi assassinado por um (550 ) .obrascatolicas. irlandês. Sã«r Brioco. foram corivertidos pelo filho. Há os que di- zem que morreu pelas mãos dos irmãos. São Teodulfo. retirando-se para viver ao lado do bispo de Co. o pai. e foi educado por Kieran de clonmacnoise. Na Lorena. Faleceu em 558. Possessor. Na Irlanda. bispo e mártir' Filho de um rei de Connaught. abade e confessor. Na diocese de Reims. morta pelos pagãos francos. (qr" dedicou a Santo Estêvão) .azenda gue herdara dos pais.3.. na diocese de Reims. que se converteu graças a Brioco. 64. foi convertido por São Germano de Ã. retirou-se a Luogh Conn.E ROHRBACHER. guÊ não se deve confundir com o Teodulfo que viveu recluso em Tràves. Construiu um mosteiro e depois uma igreja. Bispo de Killala em 54. A máe.. nascido em 410 no condado de Cardigan. orrd".

torna à abadia de Santo escrofuloso. SegundO uma miniatura do século XVr.VIDAS DOS SANTOS o rei da França. tendo Marculfo. l http://www.obrascatolicas. onde toça os bb sido sagrado.com .s.

O corPo. em 590. bispo e confe-ssor. perto cle Faremoutiers' Na Belgica. foi *á"g" em Cnobheresbúrg. os irmãos. sucedeu sigeboldo na sé de Nar. e Gertrude"s . retirou-se ao Monte de Ouro' or" d" São'Thierry. Santa Torete.ãgurrdu Aguitânia. indo paá o continente. mâttir.obrascatolicas. Estu. abade e confessor. foi enterrado com honra' Na diocese de lvtrontauban.com .. éooca. dado em Toiosa. filho de ilustre família da .á. São Blandino. Tlodulfo faleceu muitíssimo entrado "em anos. Em 650' . ro Sussex.t" Nivelle doou' lhe a abadia de Fosses' Depois da morte de Foillar:. botra. Na diocese de Moulins. Irlandês. encont quito de Pepino. Na diocese de Meaux.BACH 56 ER. irmão rlos ántos Fursy e Foillan. perto de Reims. falecido em 893. falecendo em 680. Santo Evermat. virgem' Nascida perto de Villefranche de Allier. foi Pas_t-g:?. Êste Teodulfo. As relíquias forám transferidas para esta última abadia' Em l\{aestricht.orrf"rsor. âo mesmo tempo qtre Fosses. depois firm e do. Ecô- nomo da aÉadia por vinte e dois anos. ermitão . governou Peronne. onde viveu . gue faleceu delois de 650. http://www."gri.PADRE ROHR. As relíquias "estão em Celies.o discípulo do' santo abade Teodorico. são Teodardo ou Aldardo. em 700' Russon. Santo llltano. passando o resto da vida na solidão (século XII)." abade.

. http://www. ou Panacia. estudou em Ra. O culto foi aprovado em 1909.n de maio. freqüentava assiduamente a igreja que se erguia num monte próximo às pastagens a igreja de São )oão Batista .' de maio. Nascido em Sorri' voli. d bem-aventurada Panassia.obrascatolicas. Na diocese de Novara.:la austera e apostólica. porque a pilhou na igreja. tanibrám chamado Aldobrando. em 1119. ruminava à sonrbra das árvores. êffi calma. Tendo levado vi. . que erigiram uma igreja e um convento sôbre sua tumba. na Toscana. mesmo Panexia. Em Cesana no dia 1 1 do mesmo mês. bispo e conf. foi viver no ôco de um velho castanheiro. com um fuso. Muito maltratada pela madrasta. falecendo em 1300. f. tendo sido discípulo e companheiro do bem-aventurado Bártolo de São Geminiano.T I VIDAS DOS SANTOS 57 Na Italia. bem como a 1 1.com .onde se deixava ficar orando por longas horas.cido em São Geminiano. confessor. natural de Quarona.eliz por estar só rua Paz dos campos. Os franciscanos da estrita observância. as duas capelas que mais tarde se lhe erigiram em honra foram lugar de constante peregrinação.. na:. o bem-aventurado Vivaldo ou Ubaldo. ao invés de vigiar o gado. lrloÍreu centenário. enquanto o rebanho. honram-oo â 1. veÍra. sendo nomeado bispo de Fossombrona em It70. Viveu como ermitão em Montajona.essor. diocese de Cesana. Santo Aldebrando. Morto o mestre e amigo. Morta pela madrasta ( 1383 ) . Principal padroeiro de Fossombrona. celebram-lhe ali a festa a l. a bem-aventula da. Ainda na Itáliâ. que a incumbiu da guarda dos rebanhos da família. igualmente na Italia.

foi beatificado por Leão XIII no dia 27 demaio de 1900. Em Metz celebram-lhe a festa no dia 11 de maio e em Nancy no dia 20 de junho.58 PADRE ROHRBAC H ER Na diocese de Metz e Nancy. em Son T^y.com . em 1847 partiu para Tonkin. *** http://www. Nascido em 1822. Decapitado pela fe em 1851. mártir. Pertencente aos padres das Missões estrangeiras.obrascatolicas. o bem-aventurado Agostinho Schoeffler. em Mittelbronn. estudou em Pont-à-Mousson. depois em Nancy.

o Após tata.azà-lo chámar o írnpio Ário do exílio para onde êle o havia condenado. ós arianos. que lhe sucedeu.2. morto seu sucessor |oviano depois de oito meses de reinado. Sempre a Igreja teve o que sofrer. caluniado. |uliano. e perseguiu guase todos os bispos católicos. principiaram a envolvei em artimanhas o imperador Constãntino. reinado de vinte e cinco anos. conturbou tôda a Igreja. perseguiu novamente os católicos em favor do arianismo. empenhou-se em restabelecer o paganismo. cele" brado im 325. devotado aos arianos.êz ainda pior. durante o ie. difamado pelos arianos. imperador do Oriente. Exilado por Constantino. Seu filho Constâncio. chamado de vcllta e exilado novamente por Constâncio. seu episcopado de guarenta e seis anos não foi senão uma sêrie coÍl- a .N DIA DE MAIO SANTO ATANÁSIO Bísp'o cle Alexandria . patriarca de Alexandria. acossado por )uliano e por Valente. Depois. intrigantes e bajuladores. Í. Após |uliano. e a Í. nem sequer batizado era. que. Um dos seus mais firmes sustentáculos nesta época foi Santo Atanásio.e doutor da lgreia Algum tempo apos o concílio de Nicêia. de resto. Valente.

foi humilde de coração: de uma verdade inatingível. austero nos jejuns. não obstante.ragueza. enfim. mais amável ainda na conduta.E ROHR. tinuada de provações e de perseguições pela f.e imitar. indulgente sem f. infatigável nas vigílias e no canto dos saimos. d. Grande em suas obras. nem artimanhas enganá-lo.el. Agradeçamos a Deus o ter cumulado seu servidor de tantas graças e roguemos-lhe nos conceda uma parte delas. a guem servia como discípulo. nem reveses abatê-lo. A vida privada de Santo Atanásio não foi menos admirável. jamais puderam promessas nem ameaças vergá-lo. dedicando-se. Mas de que manancial hauriu tanta virtude? Na juventude passou um tempo considerável sob a orientação de Santo Antão. . Foi nesse noviciado que aprendeu a meditar e imitar a )esus Cristo: a meditar nos mistérios da sua encarnação. sern cólera.e setl. jâ foragido na sepultura de seu pai. diz São Gregório Nazianzeno. As pessoas de tôdas as condições encontravam nêle algo gue admirar. para imprimir em si próprio os principais traços. jâ errante nos desertos do Egito. doce. louvando de molde a instruir. a todos para ganhá-los a Deus. qu. eÍa.BACHER.af. Í?pteendendo com doçura. já reÍugiado em Rom a. amável nas prédicas. na medida em que a regra e a caridade nos permitam. Façamos como êle. condescendente pata os humildes. acessível a todos.ê catôlica: já exilado nas Gálias. Íirme sem dureza.60 PADR. apligueülo-ros ao silêncio. . sempre sustentou a divindade de |esus Cristo contra a impiedade dos arianos. intrépido contra os soberbos.c sofrimentos e de sua-morte.âv. cheio de caridáde para com os pobres. compassivo. Era fervoroso e assíduo nas orações.

http://www. Segundo o Dominiqutm.com 61 .obrascatolicas.VIDAS DOS SANTOS Santo Atanásio.

x. escrever à Igreja daqui.PADRE ROHRBACH ER 62 ao recolhimento. como ainda hoje.obrascatolicas.com . Os partidários dos arianos também recorreram ao papa São |ulio. http://www. l. UI. Niceph. Na carta do papa |ulio aos acusadores d. eocoJltrou apoio sempre firme e constante em Roma. com as quais já haviam embaído os imperadores. na Rússia cismática. Peçamos a Deus que ci:nceda sempre à Igreja bispos como Santo Atanásio. como chefe de tôda a Igreja. por conseguinte. vê-se gue a fôrça dos julgamentcs eclesiásticos dependia desde então. e papas como São |ulio. c. <<Não sabeis que é costume consagrado escrevermos nós em primeiro lugar. para sustentar os bispos e fleis perseguidos na regiões infiéis do ]apão. tentando envolvê-lo com blandícias. nos países heréticos ou revoltos da Alemanha. junto dos papas São fulio e São Damaso. Sozomeno e Nicéforo. Foram infrutíferos os seus esforços contra a Se de São Peciro. resumem nestes têrmos: <<Havia uma lei sacerdotal clu eclesiástica que declarava mau tudo o que se fazia sem o consentimento do bispo de Roma.e Sarrto Atanásio ressalta sobretudo o que diz no tocante aos julgamentos eclesiásticos e à autoridade da Igreja romana. X. Em meio às perseguiçôes que sofreu Santo Atanásio da parte dos imperadores e dos arianos. (l) §ozom. a fim de obter as graças necessárias para agir com prudência e piedade no meio dos homens.>> (1 ) Após êstes testemunhos insuspeitos. do assentimento do papa. da Inglaterra e outros. rX.>> O gue os dois historiadores gregos. e que daqui deve partir a decisão do que é justo? Era mister. Ç. da Índia. da China. à meditação e à imitação de )esus Cristo. da Coréia. l..

que os próprros pagãos o amavam. a vidâ rlonástica . agui fêz conhecer a vida prôpriamente monástica.em Roma. e eXpâÍldiu-se Hrevemente.com .VIDAS DOS SANTOS 63 O . Primeiramente. por sua vez. O segundo. muitos romanos lhe imitaram a vida. Mas quando Santo Atanásio se refugiou com o papa |úlio. veio acompanhado de dois monges. empenhou-se em imprimi-lo nêles próprios. distintos: Amônio e Isidoro. Êste exemplo. Mantinha com os monges dêste país contacto assíduo. e escreveu. sempre por Atanásio. Até então os monges eram desconhecidos ou desprezados. que não se dignou admirar qualquer dos soberbos monumentos de Roma. Dessarte.exílio de Santo Atanásio no Ocidente coostituiu um manancial de bênçãos que ainda persiste. *** http://www. sobretudo . por sua sabedoria e por uma amenidade tôda celeste. n4o visitou senão a Igreja de São Pedro e São Paulo.encontrou o carninho para Roma.obrascatolicas. para êles a vida de Santo Antão. com o fito de lhes proporcionar um exemplo. cidade de luxo e de pÍazeÍ. O primeiro tão absorto estava nas coisas divinas. produziu tão ampla impressão. nas Gálias.

primeiro sucessor de São Columbano. Foi zeloso. enriqueceu sobremodo a biblioteca do mosteiro. Encorajando a profissão dos copistas. Durante o govêrno de São Walberto. Walberto foi eleito paÍa sucedê-lo. O santo abade governou com êxito a abadia por ÇtJarenta anos. amigo do estudo. então. o privilegio da isenção da autoridade episcopal. Grande nêle era o atrativo pela vida solitária. âcÍescertou domínios à comuniciade e obteve do papa. braço da Providência.sÃo WALBERTO (*) Abade 'e Conf essor Walberto. Buscou. http://www. era filho de nobre e riquíssima família. perto de uma fonte. a gruta gue se abria num rochedo. <<Homem de Deus. o prodígio do século>>.e Eustácio. faleceu no dia2 de maio de 665. Procurando Luxeuil. distante da abadia três urilhas. assistido pelo bispo de Besançon. a regra de São Bento foi substituída pela de São Columb'ano.com .obrascatolicas. depois dos primeiros tempos ali passados solicitou licença para viver isoiado. Com a morte d. então )oão IV. Waldeberto ou ainda Galberto.

Em Meaux. festefa--nó a 2 de maio. principalmente em Besançon.obrascatolicas. O nome do santb abade foi muitíssimo venerado na Borgonha.VIDAS DO S SANTOS Enterrado na igrela de São Martinho. na Suíça e. no dia 22 de maio. inúmeros milagres foram operados. Em Besançon. r** http://www.com .

então enviado como legado apostóiico naguelas terras para c. e solicitou o batismo para si. Ali. Moço. que ali se fixaram. Era filho de Aldino e de Aquila. foi pregar o Evangelho no continente. onde visitou o túmulo dos santos Apóstolos.spo e Mártír Germano nasceu na Grã-Bretanha. converteu-se. Casal idólatra. I http://www.com .'a gue se lhe acrescenta.iástica. bispo de Auxerre. Pouco mais tarde. que se afeiçoara ao filho de Aldino. para ficar -distinto do bispo de Auxerre.obrascatolicas. O legado. uma noite. Depois de ter recebido o sacerdócio. O senhor Aldino. encontrou-ser um dia.ombater o pelagianismo. aparecendo-lhe. na qual o Príncipe dos Apóstolos. quando orava na igreja de São Pedro.azia Germano uma viagem a Roma. e deu-lhe o nome dai o da Escóc. para a espôsa e o pequeno.acabar pelo martírio. teve uma visão. Germano renunciou a tudo o gue o mundo lhe oferecia para abraçar a vida ecles. maravilhado com as prêdicas do bispo.sÃo GERMANO DA ESCÓCIA (*) Bi. f. o gue fez com zêlo e sucesso. fê-lo sabedor do fim que iria ter . desejou ser o padrinho do menino. com Germano.

enfrentando o tirano Hubaldo. falecendo imediatamente. e se foi para Bayeux. Em 1659. e não sendo atendido. o Írlârtírio? Na Gália. tempos mais tarde. cega de nascença e paralítica. onde soube que muitos homens gemiam na prisão. para São Germano de Amiens. dando uma pancada com o pé nurr dos muros do edifício que encerrava os cárceres. onde estabeleceu novas Igreias e deixou grande lembrança na cidade de Toledo. transferiram-lhe as relíguias para Ribemont. aldeia do país de Caux. precipitou-o. pouco mais tarc{e levaram-lhe um morto. Querido por todos.obrascatolicas. entrou na Espanha.com . ao qual ressuscitou.azia amigos e admiradores. o Santo. para o fôsso. asora em Montemer. quando da invasão dinamarquesa. deixando a Itália. Era no dia 2 dc maio de 480. Germano deu-lhe o nome de Petronília.VIDâS DOS SANTOS 67 De volta. na Baixa-Normandia. então. restituiu-lhe a vista e a saúde. Ali mesmo em Bayeux. a qual se chamou de São Germano. Pregando o Evangelho.tura daqueles pobres. em tôda a parte que passava sômente f. Como. http://www. foi por êle morto com um golpe de cimitarra. fragorosamente. grande adorador de ídolos. tendo -sido sagrado bispo regional pelo bispo S. urla iqreia. Em 860.evero. Batizando-a. Enterrado no mesmo lugar em que fr)ra martirizado. Solicitando ao governador a sol. a passar n€cessidade. ali se ersueu. à filha do governador de Monteburso.

Marcos. mártir. A festa é celebrada a 10 de maio. bispo e confessor. em Florença.Na Itália. morto em 340.T PADII. Yirgem e mártir. São Valentino. no convento de §. os santos Elenária e Espons âria.OHRBACHER. arcebisPo de Florença.E IT. novamente. célebre pela ciência e a santidade. Nascido http://www. Na diocese de Amiens. morta pelos húngaros. Santa Flamíni à. Santa Wiborada ou Guiborata. em 296. quando de Diocleciano. São Lutardo. virgens e mártires. . Na Suíça. Em Florença. Afilhado de Carlos Magno. Segundo uma Pin- tura a fresco de fra Angelico. Em Westfalia.com . o bem-aventurado Con- rado de Seldenburen. foi o terceiro bispo de Paderborn. Século XV. da ordem dos irmãos pregadores. . no século IV. na Suíça. bispo e coníessor. a morte de Santo Antonino. virgem e mártir. em 303. Santo Antonino. Na diocese de Clermont.obrascatolicas. bispo e confessor. No mesmo dia. Falecido em 886. em 1126.

obrascatolicas.f+t http://www.com 69 .VIDAS DOS SANTOS .

.3. os dos assassinos.:i?iíf. haviam coberto_ a sepultura e a Ctuz co n uma rnontanha c e escombros." reu na cÍuz. ainda santa Helena. sôbre ela f. mãe de Constantino.com .rt. com as palavras ao redor: Por êste sinal vencerás... os ladrões. Mas os pagãos.tramente: Vá ao Patíbu . Uma maldiçáo comum pagãos era d. i.da cÍlJz bem lon colocavam a sua lória' No inicio nela Salvador. a . Meu b". e paz'>> os p. ejarem "ru Uma circunstância maravilhosa veio aumentar a veneraçáo dos fieis pela cÍuz.i i.NÇÃO DA SANTA CRUZ A cruz era entre os judeus e os pagãos o gYe são o patíbulo e a fôrca para os modernos.pirada a reencon trar a verdadeira cÍuz do Sãf"uaãr. por http://www.obrascatolicas. sabeis tornar glorioso o vil aos olhos dos homens! !r. estando em |erusalém. do de tôdas as suas ações. LIma cÍrtz lumirtosa apareceu -ao Constantino.ízer: Va à c iroái.iavam os mais vis iriminosos. os escravos. nela rrpli.riát.aziam o sinal' os demôCt* o sinal e a virtude {a cÍlrz expulsavamimperador . DIA DE UNrc TNVI.

A imperatriz Í. aplicarvos-ão sôbre meus lábios como um sinete de graça e misericórdia. aue! Ó cruz do meu Salvador. Çue ÍloÍreu em vós por mim. Por [im. meu refúgio. Fbliz de quem pud. as duas primeiras não f. minha consolação.com . minha fôrça durante a vida. eu vos saúdo. A santa cÍuz. todos os anos. Amémr. âs cruzes dos dois ladróes e a do Salvador. Sereis minha glória. adoro. **r http://www.izeram efeito algum. amo.êz escavar longo tempo essa espécie de montanha. mas grande tambêm a perplexidade Como distinguir a cruz do Senhor das dos ladrôes? A inscrição fôra removida. descobriu-se a sepul- tura. foi encerrada numa caixa de prata e depositada na Igreja do Santo Sepulcro.esse obter uma peguena parcela! O crux. Acorriam ao lôcal em peregrinação de tôdas as partes do mundo. mas sobretudo na hora de minha morte: guando tiver pronunciado pela vez derradeira os nomes |esus e Maria. A festa celebrou-se. tocaram com as cruzes uma pessoa moribunda.êz coostruir com grande magnificência. adorando |esus Cristo. Grand. e lado a lado três cruzes em yez de uma. Trar-vos-ei com amor sôbre o meu coração. a agonizante sentiu-se curada. trar-vos-ei sobretudo em meu coração. que a imperat riz f.I VIDAS DOS SANTOS 71 cima haviam construído um templo dedicado aos ídolos.c foi a alegria. mas ao contato da terceira. assim reconhecida. De acôrdo com o coflselho de São Macário.obrascatolicas. desde então.

PAPA. Medalha de Adriano. mais um rico liberto. cuja filha. governou'a Igreja durante dez anos. imperador romano. Quando foi do imperador Adriano. Sucessor de Evaristo. era natural cle Roma. Alexandre. possivelmen[e. seu funcionário delegado. estava doente gravemente' http://www. Aureliano. Hermes.obrascatolicas."6 a guarda de Quirino.EXANDRE EVÊNCIO I. Balbina._ os quais ficaram .com . ulrl tribuno.SANTO AI. E TEODULO (*) llI ártires Segundo o Liber pontificalis. no p.rincípio do segundo século. enviou à prisão o santo papa.

Alexandre: proúii-rro.I VIDAS DOS SANTOS 73 de Quirino' Ora. Alexandre: glorifiques' porgue aquêle gue prestígio' exalta está u pottio de perder o Nà. o cristo de atirar aos cães as coisas santas..obrascatolicas. Aureliano: se Miserável! )á esperei muito' Tu vais morrer nos tormentos! http://www. Alexandre.^. és Pior do que um cão' Aureliano: Se não me responderes ao interrogatório' farei com que te esbordoem' Alexandre: obterás' Só creio em Deus' e de mim nada Aureliano: Deixa-tedepalavrasartificiosasepensano meu Poder.com . Aureliano: Então sou cão? Alexandre: Sim. ao curar a tilha be do [ato. ordenou que tirassem a vida' todo o mistêrio de Quero ouvir de tua bôca tua seita.

Aureliano: Responde a minha pergunta e farei com que se suspenda a tortura. Aureliano: Pára com porque estou pronto para: te castigar. Alexandre: inocente escapou de tuas mates como á Her-es.com . perguntou: .PADRE ROHRBACH 74 f ER. Aureliano aproximou-se dêle. tu não Aureliano ordenour que suspendessem o santo papa no cavalete e gue o supliciassem com as unhas de ferro e as chamás. Íala com Deus. pois de terem recebido cr eterno. Alexandre: sarão' Temo sômente os tormentos gue temes. Aureliano: que preferes a morte.tuas palavras. Insensato! É-me indiferente a tua cruerdade frurellano: http://www.lâ te disse: e_nos proibido atirar coisas sâfl_ tas aos cães.obrascatolicas. Alexandre: .Por gue não dizes nada? Alexandre: : Porque o cristão que ora. Alexandre: . Alexandre a tudo suportou com resignação e em silêncio.

estavam mandou que se desligasse o Teodulo. O funcionário de Adriano olhou-os demoradamente. Por que morrer em Plena iuventude? Alexandre: Praza a Deus clue tu não percas a tua alma! também dois padres.Temamigo.obrascatolicas. Tenho. pois. Quando chegaram. depois do que inquiriu a Evêncio: Qual o teu nome? Evêncio: Os homens chaÍrâÍt-ÍÍle Evêncio. Aureliano: Desde quando és cristão? Evêncio: Ha sessenta anos. mas meu nome espir:tual é Cristão. Aureliano perguntou a Alexandre.\ VIDAS DÔS SANTOS 75 considera que tu tens sômente trinta anos. Evêncio 'e Presos. Fui batizado aos onze e ordenado padre aos vinte. Aureliano: pena de tua velhice.e um anos. e me alegro de ter passado êste último ano em ferros. CumulaÍ-te-ei de honrarias e Serás meu de riqu ezas. Evêncio: http://www. nega o Cristo' . Aureliano santo papa do cavaleie e lhe trouxessem aquêles dois cristãos.com . rispidamente: Quem são êsses acusados? Alexandre resPonJeu-lhe: São dois santos Padres. oitenta.

: http://www. renegasse a fesus Cristo. Infeliz! Nada mais és do que um mortal! Faze. enfitando o forçado espectador. A ti também te desprezo. ordenou que pusessem o ancião de lado e Íizessem avançar Teodúlo. para gue. Fêz com gue se acendesse um braseiro e deu ordem para gue ali atirassem com o santo papa e Evêncio. ambo. porgue torturas os santos de Deus.ê. agarÍâÍâÍl-no e postaram em frente ao braseiro . Aureliano não mais contemporizou. Que te f. Fôra-selhe a paciência.eliano. Eis gue agui está o anjo gue apareceu aos três hebreus expostos na Íornalha. Perguntou-lhe: És tü. A Teodulo.Tu perdeste o senso.obrascatolicas. gue não me separará da sociedade dos mártirres. assistindo à desumanidade. para gue o torturasses assim? Aureliano: -.s amarrados um ao outro. Alexandre. disse-lhe. agastado. penitência e crê no Cristo. vem conosco. mas tua cegueira é tal que não poã"rás compreender as coisas de Deus.2 Alexandie.E ROHRBACH ER . Aur. pois. inflamado: Teodulo. Tu pensds gue me escapas? Teodulo: Eu creio na misericórdia de meu Deus.com \ . temeroso. a fim de mereceres a sua misericórdia. Acreditava-t e capaz de raciocinar. costas com costas. .I ?6 PADR. Teodulor gue desprezas minhas ordens? Teodulo: -. meu irmão.

foram dizerlhe que os três ainda viviam. recolhendo carinhosamente os corpos dos três herois do Cristo. que o varassern com a espada. âo ouvir aguelas palavras. e uma piedosa matrona. Logo depois. Era em Roma. provaste tu nos pelo Íogo. chamada Severina. enterrou-os num edificio que possuía na via Nomentana.obrascatolicas.VIDAS DOS SANTOS O padre Teodulo. Quanto a Ã1"xandre. Aureliano retirou-se. Senhor.*t http://www.com . não titubeou: arrancou-se donde estava e se atirou ao braseiro. Furioso. . nc ano de 119. gritaram os três ao mesmo tempo. ordenou gue decapitassem Evêncio e Teodulo. e a iniqüidade não se encontra em nossas almas.

vivendo ámbas em grande santidade. sucedeu a BalJoino. de comum consentimento. contritamente. próximo de Liage.tanto lnanuseara em memoráveis campanhas no altar de IrJossa Senhora. tomou ó vêu. dizenCo muito solenemente: Até hoje. De agora em diante. como bispo de Utrecht. O conile doou Hry ao bispado de Liàge.I SANTC) ANFRIDO (*) Bislta e Confessor Anfrido. a glôria de Deus e a minha saivação. Casado com Hilsunda. condêssa de Sereyn.obrascatolicas. e seguira a carreira militar. ' Os dois Í.ebaixo da proteçáo da Vi.com . Com a filha.pelejarei sem descanso 'p"iu ànquista dãs almas. quando dos imperadores Otão III e Santo Henrique. Sag. das viúvas e dos àrfãos. Anfrido. combati pela gloria temporal e em defesa dos direitos dos pobres. Alf rido ou Ansfrido fôra conde de Brabante e de Huy. e a condêssa consaqrou a fortuna na fundação da abadia de Thorn. depois de cujo nascimento ambos os esposos guardaram a castidade.g"-. numa http://www.ado em 995.izeram abundantíssima caridade. de quando 3m quando deixava os úabálhos para se recolher. mais tarde. depositando as armas gue.Maria e. teve uma filha chamada Benedita. em 994. coloco-me d.

onde.í pelo papa São f oi ordenado Medico.* 369. na Umbria.u. confessor (-qéculo XIV). confessor (sécrrlo X). transportaram-lhe o corpo para Utrecht. Monge ettt Corinto. São Conleth. Em Lectoure. Pedro. . sagraCo pelo patriarca Nicolau. o Taumaturgo. Ar-r><iliou Santa Brígida de Kildare na construção de rlma catedral. e. Ltra Grécia. São Gregório. Faleceu em 519. na Gasconha. veneram-no como a um santo se venera. o Grande.o Higino. apóstolo e protetor cle Lecroure. confe:ssor. Nascido em Spello.obrascatolicas. Íoi suprimida pelo papa Alexandre VIL Fundou um hospital na terra em que nasceu. (umbria) . o corpo foi roubado. FaleDamaso. o f gm-âventurado Ventura de Spello. com fregüência. Íra catedral. Levado a Luca. Na úmbria. habilíssimc na cópia de manuscritos. foi bispo de Argos. 11. mais tarde. 9. http://www. desempenhou as funções episcopais. ou Conlaed. fuvenal. que foram martirrzados (ápoca desconhecida ) . o Místico. Converteu trinta soldados. tornou a Narni. falecendo no clia 30 de abril.VIDAS DOS SANTÔS clas ?9 fundações na abadia de Fohorst ou na de Saiirt-Mont. A festa rá no dia 3 de maio. juntamente com os corpos de São Cassro e Santa Fausta. bispo e conf essor. ordem que. bispo e No mesmo dia. Levaram-lhe as relíquias pala Nauplia em 1421. Bispo de Narni ceu no dia 7 d. refere-se a êle na homilia XXXVII. O corpo foi exumado em 1626. Sant. Falecendo no dia 3 de maio de 1008.. No séculc IX.com . . em Roma recebeu o hábito dos crociferi. Na Irlanda.: agôsto de 376..

Santo Alexandre. mudando as vestes com ela. abraçou a vida religiosa instigado pela irmã. faleceu em 1363. foi enviado a Portugal para a conversão dos mouros pelo próprio Pobrezinho de Àssís. cento e setenta e três milagres. à beira do túmulo que lhe recebeu o corpo. Em Constantinopla. primeiramente condenada a ser prostituída num lugar de escárnio.com . ficou em seu lugar. o bemaventurado Alexàndre. úmbria. Cracóvia. e Santa Antonina. o bem-aventurado Zacarias. bispo e confessor. nascido em Casimirz. Falecido em 1229.obrascatolicas. Morto depois de 1226. coÍrfessor. virgem. confessor. receberam a coroa da glória. Em Foigny. Tiveram as máos cortadas e foram atirados juntos à fogueira. que sob o presidente Festo sofreram o martírio durante a perseguição de Maximiniano. em 1439.80 PADR. Um dos primeiros discípulos de São Francisco. confessor. Na PolOnia. Em Tebaida. dali foi secretamente retirada por Alexandre. São http://www. Antonina. No martirológio franciscano está inscrito no dia 20 de janeiro. Sagrado bispo de Nocera a 22 de maio de 1328. sendo enterrado em Sassoferrato. Na FratrÇâ. em Foignv. Esta piedosa fraude foi descoberta e ambos foram submetidos à tortura. da ordem de São Francisco.OHR. Faleceu em 1489. que. chamada Matilde. o bem-aventurado Estanislau. ondÊ. Muitos milagres foram operados à beira do túmulo que o abrigou. na antiga diocese de Laon. soldado. uniu-se âos irmãos coÍlversos cistercienses.BACIIER Em Portugal. morrendo por fesus Cristo. ano em gue se contaram. onde nasceu no ano de I 180.E R. Em Nocera. Filho de um rei da Escocia. o bem-aventurado Alexandre Vincioli.

com . encorajando-se mütuamente na Íé e enfrentando assim o martírio. perto tle Florença. que. **t http://www. havendo recebido um aviso do céu. por ordem de Adriano. No monte Senário. morreram no rnesmo dia e na mesma hora. Em Afrodlsíades. foram pregados na cÍ1J2. sua mulher. na Cária. que. durante a perseguição de Diocleciano. os santos mártires Deodoro e Rodopiano.VIDAS DOS SANTOS Timóteo e Santa Maura. foram lapidaclos por seus concidadãos. onde viveram durante nove dias. os bem-aventurados Sostegno e Uguccione. recitando a saudação angélica. após diversos outros tormentos. governacior d2 província. confessores.obrascatolicas. que.

na manhã e à tarde. Quando viu o filho envolvido nas peias da heresia dos maniqueus.com . não faltava nenhum dia à oblação do santo altar. Deus comunicâvâ-se com ela por meio de visões e de revelações. Viu-se sôbre uma prancha de madeira e ao jovem homem resplande- http://www. dedicou-se inteiramente às obras de piedade. Depois que enviuvou. no fim da vida. Submeterâ-se inteiramente ao marido.4. em que consistia tôda a sua vida. e conquistou-c.r.obrascatolicas. e f.azer as preces. mas foi consolada por um sonho. paÍa Deus.IT'A IMÔNICA Mãe cJe Santo Agostinho Nasceu de famíli. Dava grandes esmolas. ela sabia distingui-las dos sonhos e dos pensamentos naturais. Servia aos poitres. para out'ir a palavra de D".n t)lA DE MAIO SA}. nà narração «]e Santo Agostinho. nem de vir duas vêzes à igreja. Tal era Santa Mônica. assim. da qual recebeu boa educação. Tinha o talentc particular de reunir as pessoas divididas. e não queria mais tomar as refeições com êle.r cristã. suportando os SeuS escárnios e transportes de cólera com uma paciência que servia de exemplo às outras mulheres. afligiu-se mais do que se morto o visse.

as. todavia. mas ere iiip.smo.i..com . que êles haviam seduzido. . fui entregue aos maniqueus por minha mãe. g bispo respãndeu: uAirrdá ã à. permaneceu nove anos maniqueu."de ru estás>>.>> A mãe não se satisfez cor estas palurr. rii[ã. como ais lhe haviam recoÍrerté que a verdade se lhe http://www. êle está con- viu ao pé de si. ê iin-possível p"r"ça!>> r. êle.ef"içàe. Eu.rl3:ÍTl. não sômente li. definitivamente abancronar os maniqueus Resorveu e permaade de catecúmeno. verá. como anteriormente.I VIDAS DOS SANTOS B3 tro e Ihe perguntava _ que chorava a perda he êle.obrascatolicas. na mesma . o ilr* respondeu-lhe então com certo hr*or. com leituras. que o desiludiu paulatinamente do maniqueí. p9r mim mesmo. Depois disto ela morou e tomou suas . desde a idade de dezenove anos até os vinte e oito.. ? a Dirigiu-se a um santo bispo e solicitou-lhe que falasse ao filho. que vos falo. e. porqrÉ-não me disse: serás o gue êle é.. Deixai-t. S". e conheceu santo Ambrósio.orrtentaipedir por êle. em êrro. «Ide.#'r*:r':i.ã. No ano 394.. e continuou a instar para que Íarasse ao seu firho. Agcstinho veio a Milão ensinar retórica. eÍl minha infáncia. . " qual é o Io. pondeu: <<É que sereis o replicou sem hesitar: uNáo. ela recebeu como um oráculo "á.. n as transcrevi quase todos os seus livros. que lhe é nova.: masiadamente indócil e deáasiadámente imbuído desta heresia.ro -. -gue o filho de tantas rágrimr. desenganei_me.

obrascatolicas.I [PADRE RO HR.r-finá. . Quando êle lh e não era católico' era mais maniqueu.". carnes. Qtus the havia disse que não garia até . e deixou o.i"" Íe.Àpà.ru os marinheiros.. o irmão e rte do imPerador' hmbám de Ta > antes de Santo converteu-se .paÍa Quandoch"gu'u'naostia'"d"tt'nsaramdolongo Milão. queria Íazer o mesmo em gue o bispo teiro da igr. com .ãíu continuava com de deixar esta vida' Entrementes' as preces quem am levado se ::il:iâ1?'""il?. resolveu o Evódio' Êle era fiilho.. mesmo dado que chegos. servir a Deus' Agostinho. respondeu-lhe antes católico certa de vá-lo fiel mente qr" vE ". de levar às igreias dos mártires mas o porN ilão.rr. Por seu lado' santa ú....BACHER SantaMônicaveicdaÁfricaencontrâ.com . obras.. havia Jbolido êsses repastos que."huriam feito desde http://www. Porgue tôda virtuosa. Ela obedeceu Ambrósio' de nenhum apêgo ao costume' Santo igrejas' nas PoÍresto. em lugar dos antiçJos ága não ofereciam senão oPortun Amava.: duvida' quã d""eria o costttme' na . e semF{re felicitava mãe como aquela.cargo . e se prepacaminho qr. gue atravessan{o 1 ljl: maiores peÍr- nos corraolu..1rise de seu mai. Como tivesse páo' vinho e África.à. rn3' gue ainda trangüilaela não se surpreencicrt.|oem Milão. ff-.ai' e lhe disse imediatamente' sem o havia proiúido.. pela .ru-. tendo examiSanto Agostinho' após o batismg a Deus mais ütilnado em que lu' rica com a mãe' o mente.

o quadro de Ary http://www.obrascatolicas.VIDAS DOS SANTOS \ §anüa Môniea e santo Agostinho. segundo Scheffer. Seculo XDf.com 85 .

0"ÍT. iâ rren'hum Prazer e existo' O gue nem p Não sei o que faço aqLll' mef-aziaansiaraquipermanecer?ÍàY?Í'voscristão Deus ccncedeu-Íre mais.:[j vos inguieteis' Peço-vos sômente onde de mim tto ãítut do Senhor' http://www..to.il. catolico a"t"' de moirer' serviço' após haverdes veio-vos consagrado a seu dápt"rado a felicidade terrena'>> após' caiu doente Aproximadamente cinco anos ..::J:i ra o futttro.. dos sentidos.mesmoesPirituais' edoria eterna' Pela de tem que é semPre.com . d" dt o de que ela Írorâqui>>..."ntiãos.riJ' a' voz' oitde-a-Palavra filho Então u *ae lhe disse: «Meu rfle resPeito . dava para """. o PÍocorPos' iodos os e s' Chegar am ate as almas' ' Pâsascriaturas. ao voltar a com febre.ã^.da'"'ã. sem diferença auge da sati ceram um momento no serem e suspiraram contrafeitos ao .?disse: <<onde Lr xareis vossa mae pungido.ltãao Navígio' e lhes si. Um diu.pt''J.86 PADRE ROHRBÁCffi Um dia' Santo Agostinho raram para o embary*"' u*Uà sôbre t m'a ianela que e sua máe.. Navígio resse de Prefárê as ela eÍrcâÍou-o conro a $:".obrascatolicas..i'lTf. a"U"'çudás.. encarou Agostinho "*"tã" s' vendo-?-t. Buscavam dos santos' Elevana 'prur"r".

.obrascatolicas.h. manteve os mas enfim. ofereceu-se pala d"f. Assim que expirou.ti.ãã. e no trigésimo-terceiro de -Santo Agostinho. como f."#.rrrtu nossa redenção.rur. não vendo batismo motivo algum para lágrimas nesta morte.üi e do s a s ã. q em poucos instantes se à .a aasicantar o salmo centésimo: ucurt*ei tua' honra. Evódio tomou do surterio e principiou ".iã". 387. à noite' deixou correr livremente as lág.. na idade de cingüenta e seis anos. descrevendo tôdas u.s rancinantes.."""gr..rifício de preces ao pé do sepulcro. _em a misericórd a e a justiça>>. o yoíem Aáeodatr É. fãar..i."". sua mãe. de Mônica... e Agostinho conteve u. sua mãe. olhos enxutos durante .. antes cle enterrá-ro. a cerimônia.VIDAS DOS SANTOS 87 Morreu no nono dia «Ia enfermidade.com . no mesmo ano de seu . i"iior".unstâncias que cercaram essa morte no primeiro livro de suas C_onfíssões.. e de seu pai.g:: T " corpo.ir. pediu :#ffi ': Ê:d. se gundo o costume. http://www. .r" respondia..azia ainda tempos apos.. que se lembrassem.. mas os circunstantes o fizeia. fãzendo próprio.ã1u. . attar.. .. . orou po. santo Ag"ã.izeram_se as o""ru. Agostinho fechou-lhe os olhos. f.1j: .:3 :? ::. isto ê.rimas para aliviar a dor. em presença do corpo. senhor.

ioi massacrada +r1 d Falecido.ã."b"''f ã f'aUito anos na maior austeriCalviac..: inu."ilã' I defro..i'ãi3'oo.fi.:l[?*d J'i ] . capuano.: ::l'r'. monástico no mosteiro de cerdos .. .. retirando-se a uma caverna' vida a.ocleroeo rdos' Faltam' [o Santo' febre' em 720' a recuperou a vista tão-sômente mâe.pelos sarracenos' anos depois. já veiha e cega' fiúo' em cuio túmulo' ao tocar o corpo inanimadil. rogo conquistou a e -"ligiosos' sóbrio.com .obrascatolicas. hlmilde depãis' dele do' dade..il sete a Íazet Penitência' quieto. uf"içãoseü abade' Por rtni1.'ot http://www..I SÃoSACERDOSDELIMoGES(*) BisPo Conf essor ho de Labão Sac oinários Nascido em marg-ens da r o de Anicius' e ffiil] em da e 670 sa- bispo de cahors.ãsã. lançaram Dovo Pl'iá. Labão..tr":. T."ã.. ali .t mosteiro' levou es.m::t fariám -.

. ROBERTO. ensina-ros oliveira Lima ( I que subiu ao trono em l5o9 e gue herdara d"'r"r. 10.com .obrascatolicas.). «Henrigue vIII.oi do di"heirã. Me_ Ihoramentos. Henrique (f) VII. http://www. RICAIIDO REYNOLDES E JOÃO HArLE (*) Mártires em 1535 Foi sob Henrigre VIII gue João Houghton pereceu. LAWRENCE. AGOSTINHO WEBSTER. Ed.e ed. pai.BEM-AVENTURADOS JOÃO HOUGH_ TON.. Oliveira Lima. Hist. fi. da Civilizagio. tanto o u'. CAIITUXOS.

..PADR.b a forma aã aaaivaspara o absoluJecidida úcfinação cias.a uáto'' O tratado latino do papado q*'do Lutero o o título cle que por es-sa ocasião ""'*ã'''' 'ul"t'-lhe já quão pouco defensor da t"e-(íSZl )' mas sabemos durou a harmonia' se bem gue docil <<O cardeal Wolscy' hábil' nos versos ministro.rimeiro trib-unal organizado rique VIII i.nháes paoais' que aliás diato. não podendo extorquir dos seus sentimento do Parlámento. casamento de Hen<(A anulação do i.OHR. d".*bt.P. .^ Cranmer' ao pelo novo .ufici..ada lei de supremacia' verteuemchefesupremonaterradanovaigreia sendo exclusiv< de cujos cargos e "oãá' ficava senhor. d..'"táau . http://www..oÃo êle próptio tt reconhecia o não Deus que de Shakespeare em que exclamavapôsto no serviço teria oburrdoi"á". Cantuária' Tomás Cromwell' qr" o""tl'Jo' tl"'W'ltey' sangrentas contra iniciava a era das prepotências uo" caprichos da quantos se afoitavam a opor-se passo coroa.:le teologo à u údita em defesa rismo real.obrascatolicas.-t" êle houvesse ap'licava ao serviço divino *"tui" áa diligência-q'g de alta traição por se real. como .as-anatas gue !iq"Ii1 transferi. via-se banido " á.ià.ã* .... .rããii"iaade soberano.com . Sé seguiu-se «O divorcio entre esta e a Santa 1534' o Parlamento p. .BACIIER 90 \ cobrar taxas sem conêste monarca. pu..E R.u Igreja' e no âÍIo r1nea Roma or-áiát dignitárioi da -t.urudó do divórcio do não ocupu.p'"'andJas do Par' mesmo LÍ"ito' o "í ott"t'" o surtiam náo iâ gue o con' lamento u' tf'à'.ogi"ãrüu tapiá?Tttt"' Em " o erário régio.o. bl..l. sabia ou beneuolên' súditos ricos .

débir lirho de H"rrriqre vIII e de Jane Seymour.'Tffit":: confiscados foi ãe seiscentos e quarenta e cinco com estas riquezas.. . denunciaram o curro ca virg.rdo. lr" d"spiraà as igrejas dos seus ornamentos.com . . e T:". fundou o rei estabelecimentose públiccs e gratificou seus oritos que o acompaque se puseram _Os Sir Tomás More. uma . Irrãr'" p"rfl*. foi suprimir os 39). s. gue contestavam a presença real de Jesus na hóstia.-ro-ano..q VIDAS DOS SANTOS 9t atos. <<As perseguições religiosas na Ingraterra daí e só fizeram aumr:ntai durante-ã'-.tÉJ"ã"ao vI rive.consagrada. . de bens eclesiásticos to das terras do reino. conta-se gue um dia foram arrastados juntos ao suprício três católicos.".jL. g tIê1 prolestantes. que negavam a s. proibiram as orações http://www.:: supremacia retigiosa tj".obrascatolicas. receberam o i de supremacia estatuía. ram influência os teólogos reform.ha guerido simplesmente ser também o papa do seu reino.rrto datam reinado de Eduardo vI. <<Henrique vIII ti.jas sete mulheres legítimas a mandando eXe_ A própria Ana No reinado de testantisrno inglês se disual continuava sob Henrique VIII.l sarrros. apenas deixando de .premacia ecresiástica do rei. um conselheiros. apropriando-se. bem como a crença no purgatório.

favorecida Por de heresia e de cisma>>' molestados' Os cartuxos.t3. foram cios do mon. então. ã.aotronoumaprincesacatolica'efervorosa' Henrigue VIII Maria. isto ê. Prior da (3 Da ordem de Santa Brígida' http://www. a Partir de 1534' <t sentaram na Cartuxa de ges foram obrigados a passariam a admitir o mento. curvariam aos re$oqr" áãã êie nem os -tãdo. de início' não foram mas..itôs aÍros. A reação' fácil atamente. ter no r da Ingl atetra.'ãr r"tigiosos.ã Presos' martírio dos cartuxos foi o comêço de üma que ensanguentou a \rfâ.Í"i]l.I 92 PADRE R.BACE]E oelos defuntos. negara Lucaristia. infanta arasonesa e á À'""" .. de cúee1:g-i*' )oão Houghton respondeu' monges se.OHR. unica fitt u 'oü'"t'i"t"t" a" . Com êles.:tr1: ainda mais a sua rrlotárri.com . aboliram o tuiram no ritual eclesiás <<Com a morte do mo porém. P?Íe' chamado Ricar«lo ReYinho Webster.or.obrascatolicas.

.".i na alma.r" rcergueu http://www.T:'i ":*:#:HI?"0:I. em seguida. . V. com À.í:::Lfl::UnH.. D."çao terra atê o . . assinou o decreto de beatificação daquere. a 29 de dezembro de l gg6... RoBeauvale. to:radas (3s0). bispo e confessor. os carrascos deixaram ver a selvageria que lhes ii. -século 9 bem-aventurado Bento de Isernia. a da Igreja da Inglaterra. A acusação que se lhes Íêz foia de gue haviam dito gue o rei não áru o chefe rrpr.-o.. . Todos.com .utãdr"l d. tr"roi. no ano de 477. são ven eradas a 4 e I I de ..nD e em Em Lodi.^-ilil. Fãi". T" cte vid ii.maio.. ". diácono e mártir.". São Tiago.obrascatolicas.rãür. Leão XIII. virgem . cuias relíquias se encontram na ..H*: Os h l-Íto. coragematôdaaprova.: renta e guatro ao todo. o corpo foi exumudã t561. gue levava Isleworth.".iiu Em Bérgamo. . oã ru.1 VIDAS DOS SANTOS 93 condado de Lincoln.. perseverando. no condado de e secular. Quanto à ex-ecuçãc.ãi. são Ticiano.. Em Campanie..#§: Santa Helena. tim. bispo.. mostraram admirável valor.

com .. As atas. ê. com orã"tos Cassíano e Vítor' pregou catena O corpo repousa ainda ..obrascatolicas.E ROH RBACHER 94 a guerra' Tem a cidade que fôra destruída durante se celebra todo as relíquias . Êrt" §u"to o Evanque.. Em Senlis.iú"".ãu' em fiãs do século VI' Na Inglaterra. da qual ôs ultimos anos da vida c (daí o cognome) distante O iugar tãrnou-se objeto quias.PADR. celebra no dia 4 onde o'[Lrtu' ffii"d."." de Bordeus' São Macário'regional. em o monarca o tivesse tra embalsamou-lhe o corPo .ú vr. São Malu' ou Malulfo' mesmo Madelul[o. dos .."8ãrdé. .ru ãut"dral. que se conservaram rri [Iru* destruídas durante a Revolução' bispo e Na aio. . São Valeriano e outros' mártires' crédito' falarn século V.qti* Juliano. Santo Antônio do Rofoi o..ú"it* do Santo' dalos. que não merecem 'quando vânde oitenta colp. Fui. fcri bispo confessor.".rr.Faleceuem 716 como abade de Bardney' http://www..." dêste mês. Sarrto Etelred' rei e confessor' filhodePenda. bisPo Segundo Gregorio rei ChilPerico.i". Em Forli.sucessordeWulfero. onde a festa dia 4 dêste.

rio de 1505.lfro. Desaparecido em 764-rÍiil'?lÍâXr]. foi cônego de Cracâ.o {_upin_o... século Foi cône[o da ãuàãrul de Carcassona.I4S5.. -qã... são Nicéforo. confessor.o"l" no dia ".o diu aà. o h"*_urrenturado Miguel Gedroyc' confessor.com . morreu ^. o bern-aventurado Guntrand. o-!..brir de 1572. abadà a" Medina e confessor. Ermi bem-aventurad i1m-no em outubro. no dia 22. primeiro abade de Liessies. Em São Vandrilo.-rã . Sécuto Em Languecloc.-_aventurado Gervoldo.I VIDAS DOS SANTOS 95 Em Hainaut.'"-. "ítr" E"rriou nia' Faleceu --ir.*. o confessor. http://www..i":ru potárrlà. casa gue o t e confer.ilfessor.ã. Nu. Na Lituânia. foi nomãudJ frovincial di_ versas vêzes.:Giel_ tario poprrlar. abade de Font""álr" ili.uao perto de viln a. a 4 demaio. Levou vida austeríssima. Em Bitírir. pregou por tôda a por de 148.iu . sua t« rra natal..Â'ãrr_urão das + de junho de r624.obrascatolicas. falecendo em relíquias teve lrgu.. nalituania. Na Italia. na prisâo em gl4. foi f". a Litua_ vur. em Verucchio. bem-aventurado Ladislau scido em_l 440. $ill:" IX.. p:ror" santas imagens. espaihairdo a reformu os observantes de seu teggo.-. a"ráú-iã*à. o corpc .lorrãrio. Exumaram-rhe r3'd.

. L&ck' "o Diocl ii. trinta e nove sant'os ãiiãt' fo'am queimados atrabalhos forçados 'u' de diversas ÍÍlâquentes' com ferros 1tol*entadosjuntos' Em ]erudecapitado' todos neiras.i:-Jni. visitando os luga""fi* " bi'pál ày".com . por suq perseverança Áuttria' Si o FloriaÍro' IrârCristo...E... três dias' süs.u' dt.ilt.:.obrascatolicas.'o i". Sáo a coroa do martírio' recebeti guição de Diocláciano' '.'"tto 3.."-lhe a festa a 11 de maio' to dia24' Ce' raqra de ^ festa Pale na' a '"0t"..'-'Cufoio-Maximiano' com di^ por ordem * de seu clero' No mesmo versos o.E R. santa Árrtãrriu *ártir-.l..' c'uel' e sofreu outras espeinterrogada de maneira "ante..t'por ordem esidente Prisciqueimada em confessar l"t'u' liano." São salém. de F""-o' na que' rante a perseGu.'I."tidente Aquilino' PreciP gtande Pedr.i!' u1u por pensa 'enfim ".itô Silvano. 'ia" mattit'' Em NicoméSão Porfírio ' Umbria' Na -que fgt primeiramente dia."qJ.ôi'''*.. bisPo' naramconhecidasport'*ucartaquelheescreveu SãoloãoCrisósto*o'-'*Ê*Uifa"súein'naSaxônia' SãoGodardo'bispo"*o"["tsor'incluídononúrnero i^ Auxerre' Sáo n" lnota"Iü por dos santos Ôurdodenle.'ot'''oiã['ot que' condenados mártires lugar. tâu 1'tiano' o Apóstata' res santor. . em torturas.OHR'tsACIIER' 96 de 1 586' Foi beatificado em seteryb. . de cies nuÍn caixão' tüPà.."guiJu.a Prêsa "áã ..I PADR. ài^.oú o 'PP"Ildor áo J.T cuja Tffi se tornêrio. diácono' http://www..

. reuniram-st: ái".:ilT.com .3po: cair no cisma.--galeras dos http://www.. d .r.u.J. no concírio gerar de'Lion..i".o. os turcos. bateu os turcos. .-".ilt 5.e outubro de Lepanro..ilotados trinra ç) êsse di" .obrascatolicas.í.õr."í .Ã"ij.N DIA DE MAIO O SANTO PAPA PIO V Desde o ano 1043. mil cativos que se encontra\.t[?Effir*. ô r"pá pio flv salvou. assim dividida e itre si.t ru:...?1?=d" de joethos Jiã"rã a. de constantinopla. a F. cr conrpletamente. putlàr. perderam . exército de cristãos. Os cristaoliur.5q'j.t":.".am. terra e . ã. E...1ffi._ mana: na primeira vez. Um pà". à Igreja R..e. a-vançavam à conquista da cristandade.. "gerut ítio dL Éi.. ":_r51u sempre mais poderosos.3:f. por ambrçãô o império dos gregos a.- truído pelos turco heresia devastava a Alemanha. em T cl.

com Segundo uma . batalha de Lepanto' O papa Sáo Pio V e a gravura italiana da éIloca' http://www.obrascatolicas. E ROHRBACHER.P ADR.

.nhecrmento dessa vitória.or. Desde a id o nome de Mig ' êste santo.:.dia . deu. notar as menores êste srande faltas. com entrouviço na orde..'de.t" santo papa: pobre Íapaz' ao serviço <<trm de um gentir-homem seguindo um..o Um.l. Um desejo sincer vontâde . ntajar-se aos outros irmãos em e obediência. 3^.avam. nrric ^^ }Jl:#rj::: -^r^r !:"ru.e A cumpjir oração. lhe d. miranês.r.obrascatolicas. Devemcs agradecer à sa deta ao sanro p"p.q.u.lg"q. a ãavaro. quJ atribuSanta V. no primeiro domingo «rà outubro.Í:ii:Tifi. em reco. s da morticaras delÍcias. na Ladainha esta invocação.ir.1..'?i"'. Viroe... _nossos Lê-se ainda .d. . jâ diante do J.I vro3S Dos sANTo§ 99 infiéis recuperaram a liberdudg: pio v..>> pe nos conceda a qraça de amar a repreendem os defeitos.ermos escravidão dos tú".com .u.:"".u . http://www. Au rum. mas nunca me cont radiz. mendavam algué.ã.-ãrr. a ainda muitas Í.il.á como noersuadido de que s para a verdaalma dos meios a mais perfeita.ontrou viziúanças nas de Toooiã"i* monge extenuado de.

..ú: "r:"fi:f $: calor' L)cL<' excessiv" excessivo .com do que parecem .133Êâi?..:'l.ã*o se dizia dignou-se ouvir 'minha ximo dos que o intoàã prece. Muitos'.1!:A"ui:::.'ão'de Rc ma no 9iu alemáo' senhor É'um príncip" du. de ocuPar u óutgo h?T- :":fffit.. o monge roso no Palá tornara-se o Mas.olotu' o iutdo' pobre raPaz quis abso. ?.rr-r.ã: ãL J it então r ã?:ffi Supliquei }ile.' piáp:':1'". í:&'"J{il^ru'. umr até a lado rutament". i"i.. i". g a. o o o.obrascatolicas."'x: tf.J. ".u* ã:'. t'b"ffi'. Í_ _"::..mesrna naçao' urn a 566."*rnha ocular. : * fliJ impunem"l...s^ãt místico.T :sridade dela que a piedaoe...: quais r'at perversas' ' das Iãu.i'd"ã'' http://www..100 PADR.::.fi:Í:.E R04 ern tempo de um saco às costas' carregando fadiga..lado do garuPa religioso a e continuaram a mente ...[l?"J".""....ã.l. f a" 9 de abril confesso' e li nos otivi'di'"'' vê'zes <<Muitas a* Jesu."_L. ür. ade. "...grande surPrêsa sua' Pu'u servido '...I. qu1"i u 3?"T. Cl=1"-: escritos d".":I{t'*.''l?l"ô Aquêle aceitou sot"-Yri.:i*s:**:*ã**.."u1: f't'ãd3d"' reconhet"'" " qu" está sempre não tais . puiàT:fltílã: haviam decorrido' no.. a irnPutml*' u.:.''áu"à"1á"iaã' pa' tY1 9tuçu' me tosse a Deus.g:"$" toJ.i:iX." [. e i :sconhecido digna de )rna se mostrava ':'. -" -.. #^ .'r"*'ã"tãã"" ou permitido'visitarp"t'oulá""t"êsteslugares'para t" 1t^ coisas eraÍnpto' 1t'1g" -Á..

. ":l -'{"': .----'vvs \.rÍff? http://www. soubesse eu qll-e a não _ Yuç moderação m. pois #1i: rePresenta aos no e gue todos. Não.. Ji: í::á ".irfl"!h:..aÍ^. admiração.do iejum era .-. as esguiTut9t.rão ri_... com riormente.. fi çar-vos um guadr exercícios tão mú a gue se dedicava praticam mortificãço".#::ltfl ue nomens {ilÍl.. corporais.1: santa. o zi sivamente ardente.1o Krmavam do altar ra a visitar sucesdu cidade tão ais es..". u omenagem à vêr_ . <<Com efei . não cessam de vociferar a ilustre príncipe... a pre( tão ferv ente. testeao gritantemente? i-::. os fiãls jã^l*uos os mente dedicados ao . o§ munhas de tudo devo declarar qu. desde minha estada em R.êÊ. tira. as casas. s as *ulti ete . Se ent têm a eficácia de o espírito de um terrenas. . dade. Para as coisas es Para esbo- ouvi dizer dos a e de Piedade ". o... por que nas.obrascatolicas. esus Cristo. e fomos protegici". :usta cidade.:.?iJ": *"ffi: 'T:.rü":i: $á:. pr vejo.s tôda a última gt tão exa ta.3^olraeao e particularmente Dârfierrlanmo_+^ gratauV-* que o profeta Isaías ca .i.ffi.com ..u-ll?:" âT.VIDAS DOS SANTOS 101 na bôca dos ímpios g*ecalúnia! Estou certo.:X::"T. Diria. o _gue antets piedosas que eseros e afastar .

com .obrascatolicas.I a 102 PADRE ROHR'BACHER' http://www.

VIDAS DOS SANTOS 108 terra. virá em sua majestade julgar o mundo. andando em ordem. reunidos diante de sua face. acompanhado de seus anios. na contrição de seus pecados . http://www. dado a dqm João da Áustria por Sáo Pio V. Írd profunda dor de haverem <<No mesmo Broquel em ferro. vi uma longa fila de penitentes. no gual o Senhor. os quais. à tarde. dia.obrascatolicas. esperaráo a recompensa ou a condenação.com . enquanto os homens de todos os países e de tôdas as idades.

. Não me calarei.>> . tanto os flagelantes corno a imensa mole gue acorrera a acompanhá-los. as preces gue emitiam em voz alta. ofereceram à si-la contemplação a lança com que Longino transpassou o lado do Salvador. atestarei de viva voz e por escrito. que o sangue corria ate a terra.I 104 PADRE ROHRBACHER êles próprios causado a paixão. ao prostrarem-se.obrascatolicas. não poderia repetir os soluçcs. açoitavam as ilhargas com tantos golpes e de uma maneira tão lamentávei. As associações de flagelantes são muito numerosas. e o véu gue reproduz os traços sagrados do semblante de |esus. as obras mais resplendentes de piedade e de penitência. selem êles próprios a vara que lhe dilacerou o corpo e o crime que lhe arrancou a vida. e enquanto viver. Quando a. que vi neste tempo.com . püblicamente e em face do mundo inteiro. os gritos. para opróbrio de Satanás e para a conf usão de seus ministros.portaram à basílica de São Pedro. entrementes. Tivesse eu cem línguas e cem hôcas. a crucificação de fesus Cristo.t* I http://www.

aquêles que levam a Deus. Hilário passou. abraçando mortif icações. foi-se sentindo diferente e pensando diversamente. Honorato. recebendo esmerada educação. um dia. distribuira o dinheiro aos pobrezinhos e principiou a trabalhar com grande afinco para obter os preciosos bens espirituais. bem colocado num pôsto da administração da terra natal. mas quando êste lhe disse. cluando Honorato discorreu sôbre as vantagens e as excelências da vida religiosa. segundo outÍos da Lorena. com o correr do tempo. o jovem recebeu com indiferença as palavras do parente.obrascatolicas. Humilde. que vivia retirado na ilha de Lerins: a princípio. Quando Honorato. então. que Honorato o era em Lerins. deixou-o induzido por um parente. não aspirando outra coisa que não a perfeição. em 426.SANTO HILÁRiO DE ARLES (*) Bispo e Conf essor Duma muito ilustre família.com . haveria de pensar do outro modo. a viver sob a conduta do santo abade. Moço. foi nomeado arce- bispo de Arles. o jovem vendera todos os bens perecíveis. Hilário nasceu no ano cle 401. segundo querem alguns da Borgonha. caridoso. gue. em tom profético. Hiláric acompanhou-o para auxi- http://www. a pouco e pouco.

Arcebispo aos vinte e nove anos. Castus. agastado. ordenou que o prendessem. então. transhttp://www. aos simpiÇs. foram testemunhas de que o moço prelado. Teimava que não possuía as qualidades que erradamente estal'am querendo ver na suâ Ílesquinha personalidade. dinâmico. orador que era.106 PADR. Nisto. com nobreza e graça. rendeu-lhe os últimos deveres. O futuro bispo. iros humildes sem letras. temeroso de que o escolhessem para preench eÍ a vaga. a bela ave não abandonou o pôsto. para prover a pobreza. enquanto o teimoso não consentiu em aceitar o cargo para o qual fôra eleito.obrascatolicas. pousou-lhe na cabeça. vinda não se sabe donde. ievado para o meio do clero e do povo. abalou para Lerins sem tardança. a caridade para com os pobres redobrou de intensidade. protestava. se se submeteria. indignidade. então governador da cidade. E. E. Hilário exprimia-se com elegância. voltando àquela cidade sômente quando o parente estava à morte. todo êle corrr a humildade abalada e encolhida. descendo do alto. com grande ternura. uma pomba muito branca. uma vez gue Deus se dignasse manifestar a vontade de vê-lo alçado àquela dignidade. Todavia. Perguntaram-lhe. Hilário. procedeu-se à eleição. quando falava aos grandes do mundo. Hilário não condescendeu.E ROHRBACHER liá-lo nos trabalhos gue teria pela frente. Sepultado Honorato. Chamado para gue assistisse ao arcebispo. aos sábios. alegando incompetência. E todos. Inteligente. vivo. trabalhava com as próprias mãos.com . mas logo retornou à solidão. em Arles. Hilário.

para a de Santo Honorato. indicou o dia em que deixaria o mund o 5 de maio de 449. para a de São Geniez.43. fazendo-se inteligível aos mais ignorantes.com . gue era pelas lágrimas que os indu zia à penitência. foi 'mais transferido. Enterrado na igreja de Santo Estêvão. tarde. restabeleceu a discipliira e fundou mosteiros. Santo Hilário presidiu vários concílios: o de Riez em 439. Tão grande ia nêie a compaixão pelos pecadores. E assim foi.VÍDAS DOS SANTOS 1ü7 formava-se. falando sem retórica. e o de Arles em 4. e. onde f.ez com gue se observasse a mais perfeita regularidade. Combateu o pelagianismo. depois. o de Orange em 441. *** http://www.azer milagres: a um cego.obrascatolicas. Deus concedeu-lhe o f. o de Vaison em 442. âos gue o auxiliavam mais de perto. Quando adoeceu. com muita simplicidade. restituiu-lhe a vista tão-sômente com a imposição das mãos.

gue levava vida libertina. que find aria pelo martírio. aos vinte e seis anos. indicando-lhe novo campo de ação e Italia. Íoi morto por sectários daquele senhor. mas desgostoso. o desejo que tinha de vê-lo noutras bandas. gue. esperando tornar-se esquecido de todos. caso não deixasse de Iado o intento. Avisado. guando na Sicília. nasceu em I 185 em |erusalém. I http://www.armelo - Mártir Ângelo. foi por êle ameaçado de morte.obrascatolicas. com cinco estocadas de espada. também como irmão. f. logo mais. Deus comunicou-ihe.com . judeu de origem. convertendo-se a mãe e sendo batizado. procurou a solidão. tornou-se célebre pelos milagres que foi operando. Ângelo. Ambos praticaram ásperas penitências. pouco mais tarde. - Em Licate. Famoso. numa aparição. Percorrendo vários lugares da Palestina. no afá de converter um mau senhor.êz-se carmelo. por São ]oão Batista.SANTO ÂNGELO (*) F C. Ali tambem obrou prodígios. recebeu o sâcerdócio. a 5 de maio. ern |erusalém. gêmeo de loão.

deponho meu espírito em vossas mãos. São Mauront. colocou-o no rrímero dos mártires quase que imediatamente depois do falecimento. mesmo dia. É padroeiro de Douai ( I ). São Britton. Faleceu em 386.VIDAS DOS SANTOS 109 Ângelo morreu pronunciando as palavras do salmo: Senhor. mas recusou-se entregar Prisciliano às autoridades civis. São Ge:rôncio. No Em Trêves. http://www. Santa Valdrade. faleceu em 702. Filho mais velho de Adalbaldo e de Rictrude. sucessor de Bonósio. virgem e mártir.com . (2) O 2. que estão na igreja de São Simpliciano. Foi bispo de Milao de 466 a 472. abade e confessor. Depois da primeira educação. Resistiu com grande energia aos priscilianistas. ou Waldrada. Abade de Breuil. Durante o pontificado de Damaso. Batízado por São Riguier.obrascatolicas. sob Clóvis II e a rainha Batilda. bispo e confessor. bispo. nasceu em 634 em Breuilsur-Lys. ocupou o terceiro lugar depois do papa (2) como metropolitano da Galia. mosteiro que fundou em Merville. século IV.o lugar era o de Ambrósio de Mláo. Na diocese de Metz. virgem. O papa. Em Milão. sêculo V. Santa lrene. As relíquias. ira diocese de Cambrai. ConsagÍoü-se a Deus na abadia de (1) Ver dia 12 dêste mesmo mês. então Honório III. foi enviado à côrte da França. Na Calábria. perto de Donai. foram exumadas por São Carlos Borromeu.

São Silvano. mártir. que morreu na prisão por fesus Cristo. diocese de Versalhes.E R. onde um parente. Nascido na Inglaterra em 1120. passou para a Prússia. era gráo-mestre do território dos cavaleiros teutônicos. Recebeu a ordem do diaconato das mãos de Sãr-. Na Tessalônica. Honrado em Anjou. É invocado contra dores de cabeça. viúva. bispo e confessor. Na Prússia. Em Alexandria. seu parerlte. No mesmo lugar. Morreu como a primeira abadêssa daquela casa em 563. Vivendo solitário e em grande austeridade perto de Kulmse.com . confessor. que expiraram nas chamas. Santa |utta ou |udith. Em Auxerre. Faleceu em I 189. Em Verona. Turena e no Maine. Assistiu ao sínodo de Tours. dedicaram-lhes uma igreja. foram reencontrados em 1 161 . fugiram do país para âscapar do casamento. o martírio de São |oviniano. Nascidas na Inglaterra. foi cônego regular de Sáo Gilberto. Em 750. Na diocese de Tours.OHR.obrascatolicas. viveram como solitárias perto de Verona. faleceu em 1260.BACII ER 110 São Pedro de Nonnains. mártir. leitor. São Máximo. Peregrino e Iren. Em Roma. séculos VII-VIII. Natural da Turíngia.:. A festa é no dia de hoje. A cabeça é venerada a 5 de maio na catedral de Metz. Santo Avertino. E padrceiro de Bougival. Santo Eutímio.PADR. a http://www. fundada e dotada pelo duque Eleutério. Em Jerusalém. Perdidos os corpos. Tomás Becket. ]untas. âs santas Teutéria e Tusca. diácono. Santa Crescenciana. Hannon de Sangerhausen. 5. no clia 12 de maio. a festa dos santos Irineu. virgens.

que o bispo Santo Ambrósio instruiu nas verdades católicas e que batizou neste dia (Ver 24 de abril ).** http://www. Em Edessa.com . bispo célebre pelas virtudes. na Síria. São Teodoro. venerável por srla santidade. bispo e confessor. na Espanha. No mesmo lugar. São Serdon. bispo. . Santo Eulogio. No Ítresmo dia.obrascatolicas. Em Milão. a conversão'de Santo Agostinho.I - I VIDAS DOS SANTOS 111 quem o césar Maximiano Galério fez arrancar um ôlho e queimar um pé r:om ferro quente. bispo. Em Bolonha. bispo de Sagunto. e depois o condenou as minas. São |erôninro. bispo e doutor da Igreja. São Nizier. Em Viena.

elizes expostos em praça pública.e resume em s. DE MAIO sÃo JoÃo DAMASCENO Com a üída de São Brás que êl. Res- http://www.obrascatolicas. Era um religioso italiano. a Mesopotâmia e o Egito. principalmente em comprar cativos gue levavam a Damasco para serem vendidos e decapitados. perseguições e afrontas. chamado Cosme.6. a Pérsia.eus hinos. Sua família era ilustre e cristã. empregâvâ-os em obras de caridade. perguntaram-lhe de que dignidade se achava revestido entre os cristãos. Conquanto os cristãos tivessem que sofrer. Os maometanos haviam conquistado a Caldéia. quando |oão nasceu pelo fim do sétimo século em Dama..sco. Íoram vistos os que eram destinados à morte lançar-se aos pes de um dêles recomendando-se humildemente às suas pt?ces. sobretudo euârdo os muçulmanos foram batidos pelos gregos. Os bárbaros.com . Um dia. entre um grupo dêstes inf. cidade gue lhe emprestou o sobrenome de Damasceno. notando o respeito que ihe testemunhavam seus corrpanheiros de desgraça. de tempos em tempos. a Síria. seu pai ocupava um cargo de conselheiro de estado junto do califa dêsses infiéis. Em lugar de dissipar os grandes bens em gastos inúteis. a Palestina. aprisionado no mar com os outros. DIA.

steza. gue as ensina ao filho do gráo-vizir. mas tornou-se J amigo do pai. a astronomia. <<Sou. tornado gráo-vizir por sua vez. havia muito tempo o pai procurava para o filho um homem que lhe pudesse dar educação conveniente. que o Íêz chefe de seu conselho após a rnorte do pai. gue lho concedeu sem dificuldade. ma. Ora.com . a geometria. votado à rnorte..VIDAS DOS SANTOS 113 pondeu-lhes que não possuia outra dignidade além de sacerdote. indaqou da causa de sua tri. e êste filho. Cosme confessou-lhe ingênuamente gue o afligia ter de morrer sem poder transmitir aos outros as ciências que havia áprendido. sob o nome de São |oão Damasceno. que introdu z as ciências da Grécia e de Roma na côrte dos califas em Damasco.obrascatolicas. sob sua direção. a músic a. a poesia. Cosme rião sômente recebeu a liberdacle. no mosteiro de São Sabas. a. Tinha por companheiro de estudos um órfão de ferusalém. que seu pai havia adotado. mas também a estranha. Quando sua educação chegou ao término. O pai de |oão.s sobretr:do a teologia ou a ciência da religião. cativo. correu a pedi-lo ao califa. depois monçJe. Contente por encontrar êsse tesouro num cativo que iam degolar. O mérito de ]oão chegou em breve aos ouvidos do príncipe dos sarracenos. veio a http://www. Seirs progressos não foram Ínenores na virtude do que nas ciências.untou. a rCialeticâ. Circunstância notável! É um pobre monge da Itália.>> e. ia aritmética de Diofante ou a álgebra. donde o buscaram para ser bispo de Majume. Cosme retirou-se para a Palestina. aprendeu com êxito prodigioso a gramática. o mestre do filho. uffi monge inútil que náo estudou sômente a filosofia cristã. tendo presenciado a cena. dizendo estas palavras os olhos se lhe inundaram de lágrimas. que.

honrando as santas imagens.com . Após ê-stes fatos. não Ioram os cristãos que aprenderam essas ciências humanas dos muçulmanos. O imperador queria sobretudo os monges. como certos homens se comprazem em afirmar. meteu na cabeça que. porgue era nativo da Isauria.m imperador grego de Constantinopla proteger a heresia. cortavaÍrr-se narizes aos católicos. quebravam-lhes sôbre a cabeça as imagens dos santos pintadas em madeira. Viu-se mais de u. dilaceravam-lhes os corpos a golpes de azoÍragues e lançavam-se ao mar. Houve ainda quatro ou cinco impe-':adores semelhantes. cle que as imagens eram feitas. Aprestou-se em aboli-las. Seu filho Constantino Coprônimo mostrou-s3 ainda mais furioso. gue as haviam proscrito e queimado com a biblioteca de Alexandria. mas a matéria e a côr. Foi o imperador Leáo. Constantinopla tornou-Se rlrtr teatro de suplícios: â. as ciências estrangeiras entre os proprios muçulmanos.ÍÍdrtcâvâÍr-se olhos. naturalizaÍ por certo tempo. mas os muçulmanos que as aprenderam dos cristáos. não havia ultrajes nem tormentos que não os obrigasse a padecer.obrascatolicas. Seu maior prazer era presiclir aos suplícios. constatados pelos sábios da França. os católicos honravam não os santos que representavam. entre os árabes. enquanto os reis bárbaros se abrandavam no Oci- http://www. gueimavam-lhes as barbas embebidas em pixe.114 PADRE ROHRBACHER. com o sobrenome de Isauriano. Sendo muito ignorante. Os católicos gue se opuseram foram torturados e levados à morte. país e povo pelo menos tão bárbaro como o eram os hunos e os vândalos. arrancá-las das igrejas e gueimá-las em praça pública. Assim. houve um gue forjou êle próprio uma heresia nova: condenar e quebrar as imagens dos santos como uma idolatria.

é o gue me excita. <<Deveria de preferência. mas ao conteúdo das iCéias. ao povo de Constantinopla. e nos quais a heresia dos iconoclàstas é refutada sonn grande fôrça de âÍguÍreÍrtação. São João Damasceno. como fundamento de seu discurso. Escreveu um primeiro discurso endereçado aos amigos. e que as leis estão acima dêles. rogando-lhes o difundissem entre os fieis.com . compôs em favor das santas imagens excelentes escritos. Deus não abandonou os seus nesses tempos difíceis. suscitou muitos santos para amparar a multidão dos fieis. nem à sua eloqüência. acolher com benevolência as suas palavras. Conguanto se saiba gue os reis da terra estão sujeitos ao Rei do cêu. mas vendo a Igreia fundamentada sôbre uma pedra agitada por violenta tempestade. conquanto vivesse entre os muçulmanos. que era pequena. que não é permitido julgá-la passível de suspeita de tão grosseiro abuso como a idolatria. disse. conhecendo minha indignidade. guardar um perpétuo silêncio e contentâr-Íle em confessar a Deus meus pecados. os imperadores de Constantinopla barbariZàYàÍÍt-Se .obrascatolicas. Depois. Começa com muita modéstia. que a Igreja não pode errar. http://www. sem dar atenção à sua dignidade.VIDAS DOS SANTOS 115 dente. que aquêle gue não mente disse: O Senhor. rogou. enfim. ainda menor. com seu excelente pasior. que se coÍrservaram atê hoje.>> São |oão Damasceno estabeleceu em seguida. entrando no mérito da guestão: <<Sei. porque a autoriJade dos príncipes ê de molde a seduzir os súditos. não creio dever citlar-me. poucos há gue lhes desprezem as ordens injustas. porque temo a Deus mais que ao imperador Ao contrârio.

mas o Criador gue se f. Também eu não adoro senão um Deus. sômente ouvistes a . mas enquanto se tornou visível a nós pela carnc e pelo sangue. mas a carne que foi visível. é um.azer uma de Deus. e a êle sômente rendo a adoração de latria. juntamente com êste grande Rei e êste Deus. e que. o coi'po que é por assim dizer sua púrpura. Atentai para o fato de que Moisés explica no Deuteronômio: O Senhor faiou-nos no meio do fogo. céu e vendo o sol. a quem e dado conhecer perÍeitamente a natureza divina. e a êle sômente servirás.com . e render a outro. além dêle. teu Deus. paÍa honrar a natureza humana e f. <<Mas Deus disse a Moisés: Não farás imagens. não farás esculturas nem imagens do que está no céu e sôbre a terra.êz homem. a lua e as estrêlas. que criou de modo a ser imaterial. como seria possível foriar uma imagem daguilo que não tem figura nem limites? Ou pintar com côres aguêl.ez criatura . a adoração de iatria? Êste preceito dirigia-se aos judeus inclinados à idolatria. Por esta imagem. Vedes que o seu intento se limita a afastarvos da adoração da criatura em lugar do Criador.sua voz. Ouso f. Adoro.obrascatolicas.azer-me partícipe da natureza divina.azer a imagem de sua forma humana. Podeis pintar o seu nasci- http://www.azer uma imagem da alma muito Inenos poderia f. Não adoro a criatura em lugar do Criador. sabemos o que é possível e o que é impossível de representar mediante imagens. adorarás o Senhor. não enquanto ê invisível. olhando c.116 PADRE ROHRBACHER teu Deus. mas para nós. não vistes nenhuma imagem.azer uma imagem do Deus invisível.: que não possui corpo? Mas depois que êle se f. não vos deixásseis seduzir para adorá-los e servi-los. Se não posso f. a fim de que. podeis f. passada a infância. não pretendo representar a divindade.

VIDAs Dos SANToS

11?

mento da Virgerr, seu hatismo no )ordão, sua transfiguração no Tabor, seus tormentos, sua cruz, sua
sepultura, sua ressurreição, sua ascensão. Exprimi
tudo isso assim pelas côres como pelas palavras. Não
temais. Conheço a diferença entre adoração (proskyneseos ) e imagens.

imagem é uma semelhança que caracteriza
o original, mas com certa diferença, porque Lrma imagem não seria inteiramente igual ao original. O
Filho de Deus é a image m viva do Pai, imagem semelhante em tudo; se esta não é senão o Pai, não é do
Filho, mas o Filho do Fai. As idéias de Deus são as
imagens e os paradigmas das coisas que êle guer
Íazer. As próprias coisas visíveis são imagens das
coisas invisíveis. Assjm a Sagrada Escritura, para
adaptar-se à nossa f.raqueza, representa-nos por vêzes Deus sob figuras corporais. Assim, para representar a Trindade, elnpregamos a comparação do
sol, de sua luz e seus raios. Chamamos aind a imagem o sinal das coisars futuras. Desta maneira, a
arca cia alianÇâ, a vara de Aarão e a urna do maná,
significavam a santa Virgem; a serpente de bronze
signiÍicava |esus Cristo na cruz; o mar e a nuvem
significavam o batismo. Chama-se ainda imagem o
que conserva a memória das coisas passadas, seja
pelas letras, como guando Deus escreveu sua lei
sôbre tábuas, e ordenoti escrever a vicia dos homens
que lhe haviam sido caros, seja por outros monllmentos sensíveis, comc) a urna e a vara gue mandou
guardar na arca. Daspojai-vos, portanto, de tôda
sorte de imagens, e deciarâi-vos contra aquêle que as
mandou plasmar, ou recebei-as tôdas, cada uma
como lhe convém.
<<A

http://www.obrascatolicas.com

118

PADRE ROHR,BACHER,

«A adoração, proskynesis, é um sinal de submissão e de respeito. Dela conhecemos diferentes
espécies, A primeira, que se charna adoração de
latria, é a que rendemos a Deus, único adorável por
sua natureza. Há outra, que rendemos, por causa
de Deus, a seus amigcs e a seus servidores, como
quando |osué e Daniel adoraram os an;'os, jâ nos
lugares e nas coisas consagradas a Deus, já nos principes que êle instituirr, como quando os israelitas
adoravam o tabernáculo, quando )acó adorou Esaú,
seu irmão primogênito, e o próprio Faraó, e quando
)osé foi adorado por seus irmãos. Existe também
uma adoração que consiste sômente numa honra que
se rende a um ou outro, coÍlo quando Abraão e os
filhos de Hemor se adoraram reciprocamente. Despojai-vos de tôdas as acÍorações, ou aceitai-as tôdas,
mas com as diferenças e nas ocasiões apropriadas.
<<Dizei-me: Deus não é um? o legislador não é
um? Por que, então, ordena coisas contrárias? Por
gue os guerubins se incluem entre as criaturas? Por
que, então, ordena que os querubins feitos pelas
mãos dos homens lancem sua sombra ao propiciatório? Não é para f.azer entender gue de Deus Íresflo, como sendo infinito, não se pode plasmar imagem alguma, a fim de clue nenhuma criatura receba
adoração de latria; mas que os guerubins, sendo
sêres limitados, são r epresentados como ministros
em tôrno de seu trono? A arca, a urna e o propiciatório, não são obras dos homerls, feitas de vil matêria, como vos apr az dizer? O gue é todo o taber-

náculo senão uma imagem, uma sombra, uma figura?
mesma, que, segundo o Apóstolo, não eÍa
senão sombra dos ben.s futuros, e não sua imagem

A lei

http://www.obrascatolicas.com

VIDAS DOS SANTOS

119

real, não é a figura dr: uma imagem? Não é absolutamente assim; mas cada coisa a seu tempo.
<<Outrora Deus, irão tendo corpo, nem figura,
não era representado por imagem alguma. Mas depois que Deus foi visto na carne e que palestrou
entre os homens represento em imagemo gue tornou
visível. Não rá a matéria que adoro, mas o autor da
matéria, que se f.êz matória por mim, que habitou na
materia, e que, pela materia, operou minha salvação.
E não cessarei de revellenciar a matéria pela gual
fui salvo: não que a reverencie como a Deus; jamais!
mas como o instrumento de sua graça. O lenho
sagrado da cruz não é rnatéria? E o lugar do Calvário, e a pedra do santo sepulcro, fonte de nossa
ressurreição, e as letra.s que compõem os Evangelhos, e a mesa sagrada, e o ouro e a prata de que rão
f-orjados os vasos sagracios, enfim o corpo e o sangue
de Nosso Senhor? Tuco isto não tem matéria? Despojai-vos, portanto, do culto e da veneração de tôdas
estas coisas, ou convincie que se pode honrar as imagens de Deus e as de seus amigos. Não calunieis a
matéria. O gue Deus fêz não é desprezível. Isto é
um pensamento dos rnaniqueus. Nada hâ desprezivel senão no que Deus não f.êz: uma só coisa, fiuto
de nosso livre arbítrio, o pecado.
«O que um livro lepresenta para aquêles que
não sabem ler, representa a imagem .para os que não
a entendem; o que o discurso opera no ouvinte, a
imagem opera à vista. As imagens são um memorial
das obras divinas. Deu" ordenou que tomassem doze
pedras do |ordão e construíssem um monumento
perene desta miraculr:sa passagem. Por qüe não
representarei os milagres é or .ófrimentos áe |esus
Cristo, a fim de gue, sc meu filho me interrogar, eu

http://www.obrascatolicas.com

720

PADRE ROHRBACH ER

lhe responda: E que o filho de
restituiu ao gênero humano a
Mas, dizem' êles, contentâi-vos

aos santos é que recusais a honra. O templo de Salomão estava ornado todo em volta de querubins, de
palmas, de romãs, de !-rois, de leões. Não rá mais decente ornar as muralhas da casa de Deus com imagens dos santos do que de animais sem razáo? Não
queremos pintar ]esus Cristo sem os santos que coÍrlpõem a sua côrte. Que o imperador da terra se prive
da sua antes de priv at a de seu mestre.
<<Antigamente nãr> se construíam templos aos
homens, e não se celebrava a morte dos iustos com
alegria, mas coln láglimas. Ao contrário, quem
quer que tocasse um rnorto, fôsse mesmo o corpo

de Moisés, era reputado imundo. Aboli, pois, as
festas instituídas em honra dos santos, contra as
máximas da antiga lei, ott entáo aceitai as suas imagens, que entendeis contrárias à lei. Mas é-vos itttpossível ab-rogar estas festas estabelecidas pelos
apóstolos e pelos Padres. Porque, depois da encarnação do Verbo, somos verdadeiramente santifica-

dos, libertados por seus sofrimentos, imortais por sua
ressurreição. Desde ôsse tempo, honramos a morte
dos santos com alegria, e não com luto. A sombra
ou o cinto dos apóstolcs curava os doentes e expulsava os demônios: por que não haveria de ser honrada a sua imagem? Ou nada adoreis de material,
ou não pretendais introduzir inovações, e não abaleis os limites seculares plantados por vossos pais,

http://www.obrascatolicas.com

VIDAS DOS SANTOS

72L

que estabeleceram os usos da Igreja, não sõmente
por seus escritos, mas pela tradição.»
Sao João Damasceno respondeu à obieção
tirada de Santo Epifânio, gue rasgou tlma cortina
onde se achava pintada uma imagem. Diz primeiramente que o escrito de onde é tirado êste fato talvez
não seja de Santo Epífânio, ou que êste santo agiu
dessa maneira para coioir certos abusos, como Santo
Atanásio ordenou o etrterramento das relíquias dos
santos para abolir o mau costume dos egípcios, que
guardarram seus mortos sôbre leitos; porque, que
Santo Epifânio não pretendeu abolir as imagens,
vê-se pela sua igreja, que é ainda ornacla. Enfim,
do mesmo modo gue: segundo o provrárbio, uma só
andorinha não Íaz o verão, assim também a autoridade de um só homem itão deve prevalecer contra a
tradição de tôda a Igreja.
No fim de seu discurso, São |oão Damasceno
recorda muitas passagens dos Padres em favor do
culto das imagens. Primeiramente, de São Denis o
Areopagita: depois de São Basílio, de São Gregorio
de Nice, que diz have:r se comovido até as lágriryas
com a pintura do sacrifício de Abraão; de São Crisóstomo, de Leôncio; bispo de Chipre. Acêrca do

último, ajunta: <<Qu ern ê o melhor intérprete de
Santo Epifânio, êste bispo que pregou na mesma ilha
de Chipre, ou aquêles que falam segundo sua opi-

nião particul ar?>> Enf irn, após haver citado Severino
de Gabales e o Prado espiritual de São Sofrônio de
ferusalérm, e que é prõpriamente de seu amigo ]oáo
Mosch, ,conclui: <<Muitos bispos e imperadores cristãos há q'ue se distinguem pela sua piedade, doutrina
e vida satÍrta; muitos concílios houve, effi QUe totnaram part e gs santos Padres inspirados pelo Espírito

http://www.obrascatolicas.com

122

PADRE ROIIRBACHER

Santo; donde vem que rienhum dêles ousou condenar

o culto das imagens? Não permitiremos se ensine

uma nova Íé, nem teniramos a leviandade de mudar
segundo os tempos, a fim de que os infiéis não olhem
nossa Íe como brincadeira e escárnio. Não toleraremos se obedeça ao edito do imperador que quer
subverter o costume dos nossos pais. Náo é de um
imperador piedoso pretender abolir os usos e os decretos da Igreja. Não é agir como imperador, mas
como bandido, querer dar ordens com violênciâ, eÍr
lugar de persuadir com a razáo. É o que se vê no
segundo concílio de Efeso, ainda hoje chamado a
atrocidade, porque tudo se caracterizou pela violência do imperador: haja vista o martírio de São Flaviano. Decidir sôbre matéria dêsse quilate não competia aos príncipes, mas aos conciliares. Não foi
aos reis que |esus Cristo concedeu o poder de ligar
nem de desligar, mas aos apóstolos e a seus sucessores, aos pastôres e doutôres da Igreja. Se fôr um
anjo gue uos pregar outro Euangelho do que aguêle
gue tendes recebido , . . Não acrescentemos o que
segue, isto ê, gue êle se ja anatemal para fazê-los
mudar de sentimento. Mas se, o que não apraza a
Deus, persistirem obstinadamente em seu êrro, então
pronunciaremos o anátema.>>
E fora de dúvida um bem considerável ver um
ministro, url vízir do califa, dci sucessor de Maomé,

uma grande sensação.
Eis como o imperador respondeu, depois dos
escritores gregos, às cartas de São |oão Damasceno

http://www.obrascatolicas.com

VIDAS DOS SANTOS

123

em favor das santas imagens. |oão ainda mantinha o

cargo de ministro do califa e governador de Damasco. Suas cartas, pois houve diversas, passando

de mão em mão, constiruíram-se em grande sustefltáculo para aquêles que o temor da perseguição teria
podido quebrantar. C iconoclasta Leão irritou-se
de tal forma que, havendo encontrado uma das cartas, usou dêste meio para vingar-se. Fez imitar a
grafia por um hábil falsário, mandou escrever uma
carta em nome de ]oáo, 3 qual convidava o imperador dá Constantino pla a marchar sôbre Damasco
paÍa conquistâ-la, Enviou essa carta suposta ao
califa, como penhor de sua amizade e prova do dese;'o sincero gue o anirnava de manter a paz com êle.
O califa, fora de si pela cólera e sem escutar os protestos de Damasceno, rnandou cortar-lhe a mão direita. O autor de sua Lriografia que éloáo, patriarca
de |erusalém, e que se crê |oão IV, que foi queimado
pelos Sarracenos no allo 969, nos transmite: que
Damasceno, obtida a e1)trega da mão cortada, prostrou-se diante de uma imagem da Santa Virgem,
suplicando intercessão junto de seu Filho, a fim de
que o conservasse em condições de continuar a defesa da causa das santas imagens; que, à vista de sua
mão inteiramente restabelecida, o califa, surprêso
com o milagre, lhe r,:conheceu a inocência e lhe
pediu continuasse na côrte.
Seja o que fôr, Damasceno, preferindo renunciar ao mundo, concedeu liberdade aos escravos,
distribuiu os bens aos parentes, aos pobres e às igrejas, e dirigiu-se a |erusaléffi, e de lá para o mosteiro
de São Sabas, em companhia do jovem que havia
sido educado com êle pelo monge Cosme. O superior do mosteiro colocou-o sucessivamente sob a di-

http://www.obrascatolicas.com

t24

PADRE ROHRBACHER

reção de alguns anciãcs mais sábios; mas eXCUsâram-se todos do encílrgo, não se acreditando em
condições de dirigir um homeÍr, em que parecia haver
tanta erudição. Houve finalmente um que aceitou a
incumbência, mas o tratou duramente, a ponto de
ordenar-lhe as coisas rrrais repugnantes à natureza,
e puni-lo sem contempiação pelas menores faltas.
Apos diversas provas suportadas com maravilhosa
paciência, deixaraÍl-rlu senhor de seu tempo, que
empregou na composição de diversas obras. O
patriarca de ferusalém, oue era |oão III ou Eusábio,
seu sucessor, obrigou-o a receber a ordem do sacerdocio. Damasceno não se submeteu senão por obediência; depois voltou à sua cela para continuar nos
seus exercícios de penitência e suas obras para a
utilidade da Igreja. Animava-o nisto o monge Cosme,
seu 'antigo preceptor, depois bispo de Majume, Ítd
Palestina, perto de Gaza.
Sao foao Damasceno morreu pelo ano de 780.
Em seus numerosos e excelentes escritos combateu
tôdas as heresias antrgas e novas, inclusive a de
Maome e a dos iconoclastas. Não as combateu sômente com discursos e obras isoladâs, rlâs com um
vasto cabedal de doutrina, gue sob o nome de
manancial da ciência, abrange desde os primeiros
elementos da linguagern e do raciocínío científico
até as culminâncias da fe cristã.
Êste corpo de doutrina gue o santo doutor dirigiu a Cosme, bispo de Majume, seu antigo preceptor,
que o havia como quÊ obrigado a escrever, cofllpõe-se de três partes: a primeira, sob o nome de diaiética, expõe os princípios e as regras para falar e
raciocinar justamente em matêria de ciência; a segunda é a historia e a refutação sumária de tôdas as

http://www.obrascatolicas.com

VIDAS DOS SANTOS

125

heresias, desde a origem do mundo até o seu tempo;
a terceira, intitulada Fé Ortodoxa, expõe e estabelece essa fé nos quatrc livros.
A ciência, segun.lt-, Sáo |oão Damasceno, é o
conhecimento verdadeiro daquilo que á. Nosso espírito, não a tendo em si mesmo, como o ôlho não possui a luz, necessita de -r'rm mestre. Êste mestre é a

ali
art
ins

de útil à nossa alma. Um
f.azer sua obra, necessita de
demais que a rainha seia ser-

enquanto ê; as ciências das coisas divinas e humarru.; a meditação da rrrorte; a imitação de Deus; a
arte das artes, a ciência das ciências; enÍim, o amor
da sabedoria. Ora, a lerdadeira sabedoria é Deus;
logo o amor de Deus ê a verdadeira filosofia. A
Íiloscfia divide-se em especulativa e prática; a especulativa subdivide-se crn teologia, Íisiologia e matemática; a prática, em moral, econômica e política. O
obleto da teologia ê a consideração _dos sêres imateriais, Deus, os anjos e as almas. A fisiologia é a
ciência das coisas materiais, como são os animais, as
plantas, as pedras, tudo o que hodiernamente se
chama história natural. A ciência matemática consi-

http://www.obrascatolicas.com

PADR,E R,OHR,BACHER

L26

dera as coisas, que, conqu'anto sem corpo por elas
mesmas, são consideradas nos corpos; tais, os números,
as harmonias, as figuras e os movimentos dos astros.

A teoria

dos números constitui a aritmética; a teoria
dos sons a música; a teoria das figuras a qeometria;
a teoria dos astros a astronomia. A filosofia prática
trata das virtudes, Íegra dos costumes e do coÍnportamento; se impõe regras ao indivíduo, chama-se
moral; à uma família inteira, chama-se economia; às
cidades e aos países, chama-se política.
Como a filosofia é a ciência daguilo que é, Í.alaremos do ser, Começaremos pela lógica ou a arte de
raciocinar, que rá mais rrma parte da filosofia do que
instrumento de que se rierve para tôdas as demonstrações. Trataremos primeiramente das palavras
simples que exprimem idéias simples, e chegaremos
em seguida aos raciocínios. O ser é um nome comum
a tudo o gue e e divide-se em substância e acidente.
A substância ê que existe em si mesmo, e não em
outro, por exemplo, um corpo; o acidente é o que não

pode existir em si mesmo, mas ê considerado
outro, por exemplo, uma côr.

em

Com esta justeza e esta clareza, Sáo foão Damasceno precisa as pa.tavras e as ideias que consti-

tuem a linguagem e a razão científicas. Quando se
considera que as cliscor'dâncias {ilosoficas entre os
pagãos, gue as grandes heresias entre os cristãos,
provinham tôdas de ulila obscuridade e de uma corlÍusão mais ou menos voluntárias, no que tange às
palavras e às idéias do ser, de substância, de natuteza, de forma, de hipostase, de pessoa, vê-se gue
§ão |oão Damasceno não tinha melhor início do que
defini-las bem, e quem quer que pesguise a verdáde

http://www.obrascatolicas.com

VIDAS DOS SANTOS

L27

em consciência, ou qrler defendê-la sinceramente,
deve f.azer o mesmo.
Em seu Tratado das Heresias, onde enumera.
uma centena atá o seu tempo, as oitenta primeiras,
das quais vinte antes de ]esus,Cristo, são resumidas
da obra de São Epifânio. Entre as heresias artteriores à era cristã, um e outro colocam as principais
seitas da filosofia gr"ga. Entre as vinte heresias
mais recentes, a que Sa.o ]oão Damasceno expõe e
refuta mais amplamenle rá o maometanismo. <<Até o
momento, diz, a superstição dos ismaelitas, arautos

do Anticusto, continua a enganar os povos.

São
descendentes de Ismael, filho de Abraão e de Agar;
os israelitas são tambám chamados comumente de
agarianos. Eram idólatras, adoravam a estrêl a Lucifer, e Vênus, que chamavam Chabar ou grande,
at+á o tempo de Heráclío. Então levantou-se entre
êles um falso profeta, chamado Maomrá, que, haven-

do encontrado os livros dos Antigo e Novo Testamentos, e tido contato com um monge ariano, f.ormulou uma heresia Ílova. Conseguido o favor de seu
povo por uma aparêircia de piedade, difundiu o
rumor que os escritos lhe vinham do céu. Escreveu um livro eriçado cle coisas ridículas, onde expõ,e
a sua religião. Estabelece um Deus do universo, gue
não foi engendrado, nem engendrou nada. Diz que
Cristo é o Verbo de Deus e seu Espírito, mas criado
e servidor; que nasceu sem cooperação humana, de
Maria, irmã de Moisés e de Aarão, por operação do
Verbo de Deus, que nela entrou; que os judeus,
havendo querido,. por um crime detestâvel, pregáJo
nurna cÍ1J2, apocierarârn-se dêle, mas não crucificaram senão sua sombra; de sorte gue |esus Cristo
não sofreu nem a ctuz nem a morte, tendo Deus, a

http://www.obrascatolicas.com

replicamos nós. Sem dúvida. anunciaram que o Cristo ê Deus. Por que o vosso profeta não dispõe de testemunho:i semelhantes? Respondem êles: Deus fêz tudo como lhe aprouve. vós o recebestes sem testemunhas! Os sarracenos censuram-nos dar um coÍlpânheiro a Deus.com . que morreria sôbre a crttz. se manifestou ali em meio a trovões e coriscos.128 PADR. que resrluscitatia. por gue nos censurai-". E o caso de recordar-vos o provérbio: são sonhos o que nos pretendeis impingir! Vindes com fábulas de f. Eis que e curioso. e que seria o juiz dos vivos e dos mortos. respondemos-lhes nós. à vista de todo povo. ajuntamos: Moisés recebeu a lei sôbre o Monte Sinai. de que maneira o Aicorão desceu ao vosso pro[eta? Quando dormia. dizem. Todos os profetas. arrebatado o Verbo aos céus. e apresenta alguns exemplos para refutar os maometanos. a começar pur Moisés. vós que dizeis que Cristo http://www. gue srl faria homem. porque dissemo§ que Cristo ê seu Filho e Deus como êle. com um sorriso: se o recebeu dormindo. entre outras 3 Írâreira ímpia quanto infame como Maomé csposa a mulher do seu filho adotivo. mais ou menos impias.>> São |oão Damasceno cita do Alcorão diversas outras fábulas mais ou menos ridiculas. Perguntamos-lhes: Que provas tendes de que Maomá recebeu de Deus o seu Alcorão? Ou que profeta predisse que se levantaria um profeta dêste jaez? A isto. continuamos nós. Mas. como não sabem o que responder. não se deu conta de sua vinda.obrascatolicas. quando Deus.azer dormir de pél Como! Vosso profeta vos proibe f.E ROHRBACHER quem eÍa todo querido.azer sem testemunhas o que quer que seja. e vosso Alcorão. Mas enfim. Íôsse atê a venda ou compra de um astlo.

VIDAS DOS SANTOS 129 é o Verbo e o Espírito de Deus? Porque de duas uma: ou Cristo está em Deus. mas Moisés provou a sua missão co{n milagres. ou está fora cle Deus.com . n _* Eis porque. de mãlde que fôssemos forçados ar creÍ em Maomé ünicamente porque ensina e prega.údaismo o cristianismo. como o seú Verbo. e entãó Deus estará O Sarrac-eno nos pergunta: Antes que Mois. preferiram o lslâmismo ao cristianismo.9ge. Entã_o os que. preferiram ao . seu pensamento. o mundo não estava abismado no culto dos ídolos? Sern dúvida. e então é Deus. não agiram bem? Sem dúvida. _e Cristo. Onde estará então http://www. Anàlogamente. ouça. obrou milagres não menoreó ao que Moisás. mal? AbsolutamenteComo assim? . Os .obrascatolicas. os que. respondemos nós. concordais. não tinh arn razáo? Não há dúvicla. não porgue pregaram e ensinaram. Cristo e Moisés foram dignos de fé. sua palavÍe e como seu espírito. como havia sido predito p_elos profetas. à pregação de Moisrás preferiiam o judaísmo à idolatria.ás pregasse o judaísmo. com a pregação e os ensina- mentos de Maomé. igualmente agiram bem e os outros. ora. cristo disse a seus discípulos: a lei e os profetas vão até ]oão: quem tiver ouvidos para ouvir. com a pregação e os ensinamentos de cristo.

como o havia feito Santo Epifânio. resPondei! Se eu respondo: E aguêle gue santifica. Os Sarracenos aclrsam-nos de idolatria porque adoramos ou veneramcs a cÍuz. Jôao é o servo. guando entrais num banho com um escravo. Pois bem. continua São Damasceno. mas não se revela tão exato http://www. como nos imputais por crime a veneração da cÍuz de Cristo.obrascatolicas. como é que gastais a pedra negra do-vosso caaba à fôrça de beijos e abraços? Alguns afirmam que ê pela razáo de que sôbre esta pedra Abraão conheceu Agar.BACH 130 ER. _que sois seu mestre? Ora. o Senhor.e beijar uma peclra sôbre a qual Abraão cónheceu a sua escrava. ou vós. Mas. retirou-se sem dizet palavra. com uma profissão de Íé. se não tendes vergonha d. a que têm horror. replicareis imediatamente: Adorai então foão Ba' tista gue batiza e santifica vosso Cristo. Mas. vos parece maior: aguêle gue santifica ou aguêle que ê santificado? O santo responde: Vejo bem o gue quereis dízet. o vosso pro[eta? A coisa fala suficientemente por si.PADR. pergunta um Sarraceno. pela qual foram des' truídos o império de Satanás e as fraudes dos demônios? Qual dos dois. se o vêdes. O Sarraceno. qual dos dois dizeis ser o maior? Será o miserável que comprastes. estupefato. outros. ou à gual amarrou a sua bêsta. perguntamo§-lhes. Fábulas ineptas! Enfim. e ]e sus Cristo.E ROHR. que vos lava e limpa. São |oão Damasceno terminou o seu Tratado das Heresias.com . que foi a esta pedra que Abraão âÍr1ârrou o seu camelo quando do sacrificio de Isaac.

São Basílio. Não me refiro ünicamçnte aos homens. http://www. Deus e. na Síria. <<Ninguém jamais viu a Deus.az suceder sua obra da fe ortodoxa. senão aquêla a quem Deus diretamente se revelou. Santo Epifanio. de suas obras. em cem capítulos. Leôncio de Bizancio. afirma-o expressamente. Após esta primeira e bem-aventurada natu reza. Ali fala de Deus. como o espírito do homem conhece o que está no homem. ninguém jamais conheceu a Deus. da encarnação e de suas conseqüências. gue procede de um e outro. O Espírito Santo conhece anàlogamente o que é de Der. tanto no seu grande Tratado das Heresias. náo sômente prova a diündade e a consubstancialidade do Espírito Santo. Santo Epifânio e muitos outros.obrascatolicas. que procede do Pai e recebe do Filho. senão o Filho. São Leão. que se costumam dividir em quatro livros. segue particularmente São Gregório de Nazianzo. São Gregório de Nissa. que é do Pai e do Filho. bispo de Emesa. nem ao Filho.s. sem nomeá-los em minudências. cujos escritos havia lido muito. inefável e incompreensível. Porque ninguém conhece o Pai. O Filho único que está no seio do Pai. São Cirilo de Alexandria. que resume e transcreve. São Máximo.scritura e a Tradição. o Areopagita.com . Nas regras de dialetica e na história das heresias. resume êle a Sagrada F. papa. São Crisóstomo. Nemésio. pelo menos dez vêzes. de sua providência. como no seu Ancovato. SObre cada verdade. Eis como inicia. São foao Damasc eno f.I VIDA§ DOS SANTOS 131 acêrca da procedência do Espírito Santo. pois. que é da substância do Pai e do Filho. Santo Atanásio. senão o Pai. mas repete em um e outro. cita ainda freqüentemente Sao Dionísio. que procede do Pai e do Filho. Entre os Padres.

Ademais. cujas paixões e faculdades expõe acurada e pormen orizadamente. Porque Deus. pela unidade da natureza. com São Gregório de Nazianzo e São Gregório de Nissa: <<Com esta matéria. a distinção de pessoas. êle sente-se à vontade em ouvir a razáo neste particular. sendo hom e nada egoísta. da terra. Nosso Senhor. aumentou êste conhecimento a um grau que logramos alcançá-lo. fesus Cristo. das criaturas visíveis. reconhecendo o Verbo e o Espírito Santo. os querubins e serafins.>> Após haver explicado o mistério da Santíssima Trindade. fala dos anjos. do paraíso terrestre. a saber: do judaísmo. Idéias vagas. o veneramos. confusas. da luz. Isto pode surpreender rruÍrl Tratado da Fe Ortodoxa. e. do ar. nosso Deus e Salvador. sua conservação e seu govêrno. em tudo. da água . sem procurar nada além.obrascatolicas. revelounos o que importa sabermos e omitiu o que ultrapassava nossas fôrças. sôbre êstes assuntos diversos. do céu. Deus não nos deixou em completa ignorância. dos astros.t32 PADRE ROHRBAC H ER mas às virtudes celestes. É por isso que tudo o que nos foi transmitido tanto pela lei e pelos profetas como pelos apóstolos e evan5. da natuÍeza divina. pela lei e pelos profetas. ajuni. porque. A própria criação do mundo. a unidade da natureza. o reconhecemos. o recebemos.a. semeou naturalmente o conhecimento de que há um Deus. mas sobretudo do homem.elistas. entretanto. effi seguida por seu Filho único. derrubamos o dogma dos judeus. Íalsas. permanece de um e outro o que ê bom. proclamam a majestade. do paganismo. servíam de ponto de apoio aos http://www.>> Entre as obras de Deus.com . destruímos o absurdo politeísta dos gentios. Entretanto.

ef. senão que a palavra de Deus é verdadeira. porque quis. Íoi feito pela palavra do Senhor. se o céu e a terra. e tudo o que o mundo encerra. Era necessário.VIDAS DOS SANTOS 133 manigueus.icaz.azer clo pão o seu corpo e do vinho o seu sangue? Como acontecerá isto? disse a santa Virgem. aos . e o modo é incompreensível. para acreditarem nos seus erros sôbre as verdades da [é catolica. gue comemos e que monotelistas http://www.com . e a virtucia do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. o corpo tomado da santa Virgem. e aluz foi feita. E o anjo lhe respondeu: O Espírito Santo virá sôbre ti. Falando da Eucaristia. se fêz homem e se Íormou um corpo do sangue puríssimo da Virgem santa. substituir com ídeias justas e precisas as ideias falsas e confusas em gue se apoiavam. esta criatura tão admirável. o pão e o vinho. aos nestorianos. ê se o Senho r fêz tudo o qlle queria. não pôd e Í.obrascatolicas.r. disse entre outras coisas: <<Se a palavra do Senhor rá viva e ef. se disse: Faça-se a luz.icaz e tôda-poderosa. aos eutiquianos. E agora vos pergunto: Como o pão se tornou o corpo de |esus Cristo. mas porque o pão mesmo (: o vinho são mudados em corpo e sangue de Deus.a2. Por outro lado. e particularmente sôbre a encarnação do Verb. Se perguntais a maneira sob a qual isto se Í. E o corpo verdadeiramente unido à divindade. e bastante entender que é pelo Espírito Santo. se o Verbo-Deus. e o vinho e a água o seu sangue? Respondo também: O Espírito Santo virá e operará esta maravilha que transcende a razáo e o pensamento. pois. Nada mais sabemos. não gue o corpo que subiu ao céu dele desce. do mesmo modo que o Senhor formou para si um corpo t{a santa Virgem. em particular o homem. para derrubar cs seus erros pela base.

não é a figura de meu sangue.o. depois. Enfim. o pão e o vinho com ág a.OHBBAC 134 H ER. de São Crisóstomo. o primeiro dos quais tratava de Deus e das coisas divinas. mas meu corpo.com . o terceiro das virtudes e dos vícios. Porque o Senhor disse expressamente: isto não é a figura do meu corpo. é que São |óao Damasceno. Consis'te numa compáração das sentenças dos Padres com as da Sagrada Escritura. e não são dois corpos. o segundo do estado e da condição das coisas humanas. que a ob a se acÍeguaria melhor aos leitores. mas um ó e mesmo corpo. se dividisse os títulos por ordem alfabética.obrascatolicas. mudam-se no corpo e no sangue daquele gue come e bebe. O cardeal Mai reencontrou em São ]oão Damasceno muitos hinos e odes em honra de São Basílio. com isto. seguindo a ordem do alfabeto grr:g. . Estão dispostas por matéria e com muito cuidacio. e não se tornam outro corpo do que o seu. mudam-se sobrenaturalmente no corpo de |esus Cristo e no seu Santo. dos guais não mais temos notícia. O santo doutor as havia anteriormente distribuido em três livros. mas julgou. é necessário ajuntar-lhe a sua grande obra dos <<Paralelos>>. de São Nicolau de Mira.rrâs o corpo mes- mo deificado do Senhor. bebemos naturalmente. sôbre guase tôdas as verdades morais.PADRE R.livre-irüs Deus! . mas o meu sangue. O que hâ de vantajoso nesta compilação. de São |orge e de São Brâs. Êstes hinos são em prosa http://www.>> Para completar esta enciclopédia de São |oão Damasceno. o pão e o vinho não são a figura do corpo e do sangue de |esus cristo. da mesma forma. por invocação e pela descida do Espírito Santo. preservou da destruiç áo Íragmentos de autores antigos.

articularmente seu poder em libertar os prisioneiros que o invocam quando em grilhetas. sua aparição ao imperador Constantino no rneio da noite paÍa salvar três generais de morte injusta a que haviam sido condenados. nem o murmurejar das fontes. 3 ÍessuÍreição da morte. os cavaletes de ferro.obrascatolicas. a conversão do mago Atanásio. remádio salutar nas moléstias.VIDAS DOS SANTOS 135 poetica. Há oito em honra de São Basílio. as beberagens erverenadas. os demônios constrangidos a confessar a sua impotência e a divindade de ]esus Cristo.com . nem a multidão das ondas nem as prárolas do rocio e os flocos de neves. Todo universo tem em vós pronto socorro nas aflições. http://www. que salva da desonra um pai e suas três filhas que o cúmulo da misí:ria levava a dedicar-se ao crime. defensor nas tentações. o poeta de Damasco resume as tradições :omuns dos gregos e latinos sôbre o ilustre pontífice de Mira: <<Nem a areia acumulada nas praias do mar. sete em honra de Sao Crisóstomo: nêles são celebradas as virtudes e as ações gue conhecemos em um e outro. seu zêlo em collfessar a fê durante â peÍseguição. Damasceno canta os mesmos tormentos e os mesmos milagres gue vemos celebrados por seu compatriota André. que oculta ao conhecimento do inf. nem o côro clos astros.>> Damasceno celebra p. ó Padre. sua caridade incomparável. em combater a heresia de Ário para preseÍvar o seu rebanho. Nos sete ou oito hinos em honra de Sao ]orge. igualarão. encorajamento nas tristezas. arcebispo de Creta: a roda. diz-lhe. consolação nas calamidades. os Íogos.eliz a -áo eue o socorre. mas dos quais faltam os dois primeiros. nem as gôtas da chuva e as correntes dos rios. Nas nove odes em honra de São Nicolau. o número de teus milagres.

pelas preces e pelo tato. São Brás. tendo sabido com http://www. Piedoso. exercia anteriormente a medicina em Sebasta .com .'unta que havia uma infinidade de outros. nas vascas da agonia. tão-só. que seu nome. pela intercessão de seu humilde servo. relata todos os fatos principais que lemos nas quatro ou cinco biografias do mesmo santo. paciente. entregou a criança curada à mãe. no tempo do imperador Diocleciano.obrascatolicas. Durante a perseguição de Diocleciano.OHRBAC H ER Nos nove hinos em honra de São Brás.136 PADRE R. rnodesto. Assim. Sao ]oão Damasceno relata o milaqre.êz-se médico das almas. Pensamos que êste acôrdô não deixa mais margem a qualquer dúvida. casto. que restabelecia. mas eflcorâjava e visitava os confessores e os mártires dando dinheiro a seus guardas. mas que apresentam algumas lacunas. convertido do culto dos ídolos à fê cristã. que Brás curava os males incuráveis das almas e dos corpos. De médico dos corpos. os que recorriam a êle. Lã Armênia. Uma mãe de família the levou um jovem filho. eÍa amado por todos. livrava das moléstias e punha em fuga os demônios. f. curava os corpos com a virtude de sua fê e de suas preces. mas a. o santo bispo de Sebasta mantinha-se oculto. Terminada a prece. Essa dignidade tornou-lhe as virtudes ainda mais resplandescentes. Também o clero e os fieis de Sebasta rogavam unânimemente que se tornasse seu bispo. benfeitor. O Santo bispo impôs as mãos à criança. e pediu a ]esus Cristo-se dignasse a cura-lo.2 o sinal da cruz sôbre a garganta. fê. único. porque se lhe havia atravessado uma espinha de peixe na garganta. suplicou-lhe também gue curasse todos os que sofressem de males semelhantes e recorressem à sua misericórdia.

informado. enviou tropas mais numerosas para trazeÍ o bispo. _Não ousaram tomar uma decisão por ri mesmos. violento perseguidor dos cristáos. Santo Eustrat nós como de assim.obrascatolicas.* segúida o testamento.rál. depois tôdas reunidas pacificamente na entrada da caverna. enquanto êle -"rgilhavarras preces. êle. acontec"u-lh" o que acontecia simultâneamente a São Paulo e Santó Antão nos desertos da Tebaida: os animais selvagens iam a êle como animais domésticos ao mestre. meu Deus vos deu uma hor iitho Eustrato grande fôrça. Quando da perseguição de Licínio. Os soldados de não ercoll-üito'r" admiraram primeiramente encontr â-tas foram trar feras nas montanhas.os . onde perceberam o bispo gue orava. O bispo_ofereceu o sacrifício . Lâ. disseram ao bispo: http://www. lançou-se-lhe aos àoo1 êle na pri pés e lh. com todos os cristãos que pudessem ser descobertos nas montanhas. bem-aventurado. São B-rás retirou-se para uma caverna do monte Argeu. o governador Agricolau. pai espiritual.ru dos ferimántos. soldadot puiu as montanhas de Argeu..ãrsa de . Os soldados.com . Lembrai-v também de ryim. lo-9o- Não faleis ío. depois. foi encontrar-se : a noite. enviou or"r.VIDAS DOS SANTOS 137 que sabedoria Santo Eustrato havia respondido ao presidente e confundido os ídolos. Em santo entrete- nimento passaram tôda a noite. Confiou-lhe dívida.'por . O governador.. entrando na caverna. d"u a eucaristia ao mártir. Entretanto.r. repousavam à entrada da caverna. a fim de capturarem feras e levá-las a Sebasta para -os jogos pubticos. que estavam próximos.

acabava de arrebatá-lo. as populações acorriam de tôdas as partes ao longo do caminho para ver o santo bispo. respondeu-lhes o santo bispo. O rumor do evento havia-se alastraclo. porgue eis gue o lObo o traz de volta. À vista de tantas maravilhas. esbaforido. como tens o costume de f. No dia seguinte o imperador.obrascatolicas. atira o porco aos prás da mulh?t. abençoava as crianças.azer. sorrindo: Mulher. pois. Ela dirigiu-se. Meus caros filhos. muitos pagãos se convertiam. Estavam bem longe de Sebasta. mesmo os animais. que para a subsistência tinha sômente um porco. fazendo-o comparecer à côrte. meu caros filhos. Havia lâ uma velha mulher. O santo acolhia todos com bondade paternal. Chegado a Sebasta. pobre e viúva. oferece-Íle hóstias. instruía os mais idosos.138 PADRE ROHRBACH ER Saí. o governador vos chama. São Damasceno fêz alusão a êsse fato na sqa ode VI. não vos afliyais. disse-lhe em tom de am-izade: http://www. chorando.com . saindo das florestas. dizendo: Levanta-te. que ao vê-los fôra tomado de alegria. que chegava neste mesmo momento. impunha as mãos aos doentes e os deixava ir curados. vosso porco vos será restituído. os pagãos açodavam-se mais ainda do que os cristãos. Meu Senhor fesus Cristo está convosco. . Agora. e [oge. Um lôbo. o bem-aventurado Brás foi atirado numa prisão. Disse-lhe êle. apresentar-lhe os filhos e os doentes. fizestes bem em vir. E no mesmo instante. O Senhor lembrou-se de mim hoje. o lôbo. ao santo bispo. porque me apareceu esta noite três vêzes.iremos juntos. Aproximâvâm-se de Nicópolis.

ou.azendo vir uma segunda vez o santo mártir Brás à sua presença. depois. O governador.eliz. O governador. onde conquistou o carcereiro com um pequeno presente. notando a paciência do mártir. Mas não chameis deuses aos demônios que estão condenados ao fogo do inferno com aguêles que os adoram. e. em cólera. êste mesmo Senhor Jesus Cristo. concitou -d à lembrar-se dêle acendendo tochas. amigo dos deuses. a partilhar com 9s pobres o pouco que possuía. ofereceu a bênção ao santo mártir. Sede felíz também vós. sereis http://www. f. iluminados de velas. matou o porco que o lôbo lhe havia restituído. depois. pô-los num vaso com frutos da terra.com . Mas a pobre viúva. comeu da oferenda. como abençoara outrora a viúva de Sarepta pela prece do profeta Elias. persuadida de que Deus abençoaria sua indigência caritativa.obrascatolicas. disse ao governador: Insensato. Êle sentiu-se comovido com a devoção. porgue tenho. O santo suportou o suplício durante muitas horas. para fortificar-me e salvâr-rre. cozeu a cabeça e os pés. excelentíssimo governador. O governador. vendo que os tormentos não iogravam abatê-lo.VIDAS DO S SANTOS 139 Sede Í. respondeu o santo. predisse-lhe que morreria brevemente. se recusardes. Brás. levou-os à prisão. Filho de Deus vivo. disse-lhe: Escolhei de duas coisas uma: adorai os deuses. que procurais perder as almas! Crêdes gue com êstes sofrimentos me afastareis do amor de meu Deus e Salvador |esus Cristo: não o conseguireis. e sereis nosso amigo. mandou con duzí-lo à prisão. fê-lo açoitar com bastões.

Eis gue enfim a carne está de acôrdo com o espírito. É por isso que não temo êstes sofrimentos visíveis. os próprios 'o bem-aventurado verârtr-s e atê as lágrimas. que serviam Para cardar a lá. ser erguido para o céu de espírito e corpo.otombavam aos pedaços. esperando do céu o prêmio inefável de todos os bens. Mas mártir parecia não padecer gualguer sofrimento. lhe dilacerassem o dorso e todo o corpo. gue não são deuses mas simulacros os gue adorais. considero os vossos bens e males absolutamente nada. porgue é por êl. disse ao governador: Eis o gue desejava há muito tempo.E R. e gue não reside no http://www. Porque.obrascatolicas. porque não são eternos. O governador ordenou gue o suspendessem a um poste. em relação aos bens e aos males eternos. mas temporais. gue ouvido algum ouviu. bron ze. Eis porgue não os adoro. porgue tenho alguém gue me fortifica. prata e ouro.OHRBACHER. e o espírito n{o mais conspira contÍa a carne. prêmio gue o ôlho iamais viu. desprezo tôdas as coisas da terra e todos os tormenfos convosco. lâ. condenado a suplícios diversos e horríveis e perecereis de morte funesta. e com pentes de ferro. pedras. madeira. Também êles perecerão. Porgue não saberiam ser deuses. Enfim.com . os gue os homens Íabricam. as carnes carrascos cof. nem achá-los dolorosos. Não posso temer os tormentos. nador. e não foram êles gue Íizeram os céus e a terra e o gue êstes encerram. O sangue escorria de tôdas as partes.140 PADR. nem temo os tormentos com os guais procurais amedrontar-me.es gue espero chegar à vida eterna. e com êles todos os que nêles confiam. meu Senhor )esus Cristo. vizinho do cért. obra da mão de homens.

para lavar a face e todo o corpo. Iremos. é necessário que antes nos purifiguemos. gue os seus milagres. Não temendo nem os tormentos infligidos ao mártir.-lo. sacrifiquemos aos deuses. portanto. O governador. Deus o preparou para os que o amam. Mas chegadas ao tangue. conduziÍa. nem os seus guardas. Os guardas. em yez de abatido. bem como guardados. e sacrificam ainda. Responderam elas: Se guereis que. perto do lago. Ordenai. fê-lo desatar do poste e recon duzir à prisão' Como para ali rumasse cheio de alegria e louvando a Deus.nas ao goveÍnador. eocêrrados num saco com chumbo. pois. ao lago vizinho.. vendo-o fortificado com um suplício tão horrível.com . O governador thes disse: Não queirais Por êste nome vão perder vossos bens e vida. as mulheres lançaram os ídolos ao mais http://www.azê. nem a crueldade do presidente. uma yez gue se confessavam cristãs. aos quais vossos pais sacrifica Íarn. a fim de que possamos f. cheio de júbilo. elas recolhiam em suas máos e vestes. acreditai em mim e sacrificai aos deuses. deixando o culto de Cristo.obrascatolicas. arrastando-as. segundo o costume. doutrina e coÍlstância haviam convertido a Cristo.VIDAS DOS SANTOS L4l coração dos homens. o seguiam. sete mulheres. mais puras. lhos deu. para ser testemunhas do sacrifício.fr. no desejo de participar de sua paixão e de seu iriunfo. gue nos dêem os deuses aos quais quereis que sacrifiquemos. O governador. as gôtas de sangue que rolavam para a terra: salpicavâÍI-se com o sâ11gr.

Para mostrar que voltais à religião primitiva. pois.L42 PADRE ROHRBACH ER profundo das águas. não para enganar-vos. O governador.êz acender uma fogueira diante delas. andai sôbre êste pano de linho. mas à vossa estultície. que tinha perto de si dois meninos . f. deveis atribuí-lo não a nossos artifícios. bradou aos guardas: Por que não as impedistes lançar nossos deuses ao fundo do lago? Os guardas responcleram: Fomos enganados como vós. sem voltar à direita nem à esquerda.âlo-ei por tormentos. Mas uma das mulheres. não podendo conter a cólera. fôstes enganados. jâ preparados para o martírio.com . coutI http://www. As mulheres diziam. ao contrário: NOs não vos enganamos: falávamos. e disse às mulheres: Não podendo persuadir-vos por palavras. e trazer pentes de ferro para as dilacerar. En[im. sereis sujeitas a todos os tormentos de que tenho notícia. Para vingar-se o governa dor f. porque não pensávanros que seríeis suficientemente tolos para crer gue pudéssemos jamais abandonar o culto do Cristo e sacrificar aos ídolos. mandou estender uma toalha de linho diante do tribunal. ou que é necessário adorar os deuses. Se. e túnicas rubras ao fogo para revesti-las. correu para o pano de linhc e o lançou ao fogo. mas por derrisão. caso contrário.>> Então os dois filhos. que não é necessário adorar ]esus Cristo. dizendo: É assim que Deus arrebatará dêste mundo e lançará no fogo eterno todos os que pensam.obrascatolicas.

por http://www. e seus servos não a conhecem. disseram-lhe numa só voz: Santa mãe. Mas de suas feridas ai' de sangue. ordenou as desatassem dos postes. e os corpos O anjo do Senhor desceu os ferimentos. não nos abandoneis neste mundo. lhes disse: Começastes muito bem.az. levai-nos convosco para o reino dos céus a fim de gue. não mais podendo conter-se ordenou suspendessem as mulheres em dois postes e as dilacerassem com pentes de fe-ro. depois. para alcançares a coroa. O governador. perseverai atê o fim. como vós nos nutristes com o pão terrestre. estupefato com tais milagres. Elas desceram sem experimentar qualquer dor. o Deus todo-poderoso f. O governador. disse às santás mulheres: à morte.VIDAS DOS SANTOS 143 preendendo que a mãe alcançara o martírio. sem mesmo queimar as vestes.com . O governador. para dissimular a derrota. nãô se mostrou menos cruel. e câÍl- tes muito se admiravam de tudo. As santas mulheres responderam: Nosso Cristo não ensina mag ia. porque fê-las lançar na f ornalha ardente. nos fortifiqueis também com êste pão celeste que nos prometestes tantas vêzes.obrascatolicas.

E ROHR. e os carrascos levaram as sete mulheres ao lugar de suplício. Depois disto.obrascatolicas. o gue lhe apraz. tendo solicitado permissão. intermédio de seus servos. iá estamos convidadas para a coroâ do combate. ajuntou: Dignai-vos.azê-las alcançar vossa misericórdia.BACH ER. As crianças responderam: Amém. Senhor nosso Deus. Senhor nosso Deus. A mãe dos dois meninos. que nos separou das trevas. Senhor. Lâ. associar estas crianças ao vosso mârtir e bem-aventurado Brás. pronunciou a sefltença. puseram-se de joelhos e f. desagradam-nos as delongas: porgue jtt fomos chamadas ao reino dos céus.izeram esta prece: Que deus é grande como o nosso Deus. que nos ensinou a chegar a êste glorioso martírio e à posse da vida eterna. também. e nos chamou a achar doce a miséria em gue nos debatemos? Eis porque. que nos concedestes a graça de nos apresentarmos hoje em vosso sacrifício como cordeiros. cumpri afinal de contas o que ameaçais com palavras.L44 PADR. pois. o santo mártir Brás foi arrastado pela terceira vez às barras do tribunal. A sua mãe foi decapitada com as seis companheiras. e f. vossa primeira mártir. e elevando as mãos e os olhos paÍa o céu. Quanto a vós. O governador.com . ouvindo as preces de nosso bem-aventurado pai Brás. dignai-vos juntar-nos a Tecla. levantando-se da terra. que haviam acorrido a recomendar-se às suas orações. em cólera. grande e terrível. recebei. disseram numa só voz: Gloria a Vós. nossas almas diante de vosso sacrifício santo e celeste. O governador disse-lhe que certamente soubera aproveitar o tempo Pâra http://www. Depois.

se eu te Íizer afogar no fundo do lago? É verdade. andai em seu nome sôbre as águas e mostrai o seu poder.com . Ainda o Deus que sirvo pode. A esta provocação do santo mârtir. retrucou o bem-aventurado Brás. invocando os deuses. mesmo corporalmente. Pela virtude do Cristo. se quiser. ou se tiverdes alguma confiança nêles. gue vossos deuses. mas o meu Cristo pode exercer o seu poder sôbre êste elemento. O santo respondeu: Não posso assaz admirar as trevas de vossa cegueira. 'âo ouro: Tu és meu Deus. Não vêdes o gLle tâ man que se jamais houvésseis visto a I adoraríeis os ídolos. fôsse ao seu encontro sôbre as águas.ez o sinal da cÍ:uz sôbre as águas. entraram ousada- http://www.obrascatolicas. Mandou o governador que o precipitassem ao fundo do lago. não podendo retirar-se. lançai os deuses ao fogo. príncipe dos apóstolos. vós me prsparais os tormentos.VIDAS DOS SANTOS 145 tornar-se mais sensato e sacrificar aos deuses. replica o governador. e vereis que digo a verdade.ogados. Mas. ali se sentou. e gritou ao governador e à multidão: Se tiverem algum poder os vossos deuses. sessenta homens. O santo para ali foi com o goveÍnador e a multidão. Jibertar-Íne. ali foram af. Í. Quem não sabe que as obras das mãos dos homens não são deuses? Se duvidais. e ordenou a Pedro. Em resposta. nada temo: meu corpo está em vosso poder. como te livrará o teu Cristo. como dizeis. Andou sôbre as ondas do mar como sôbre terra firme. não diríeis ja bronze. à prata. mas não minha alma. andou atê ao meio do lago. que se consolidaram a seus pés.

se encaminhou ao lugar do suplício. Todo povo via a luz. em companhia dos dois meninos.uãecendo-lhe tôdas as graças. concitou os parentes. amigos e vizinhos.azer o mesmo. Ressoou uma voz no céu. por causa de sua proprialuz. envolto em resplend ente luz. dirigiu-se a Deus em ardente piec". ag. que aquiescia à sua solicitação. com os dois meninos a quem seduziu com artes mágicas. Uma piedosa mulher. longe de empobrecê-los. o governador. mas ali se afogaram.Deus vos preparou. as curas que havia concedido até ali por seu ministério. A velha mulher que havia assistido o mârtir na prisão. glorioso atleta. Lá. resistiu à ordem do imperador. terâ a cabeça despedaçada. a f. o santo bispo. no dia 3 de fevereiro. Que despÍezou minha pessoa. após presenciar tantos milagres. atraíam uma bênção parti- http://www. e todos notaram gue as esmolas.1-t6 PADRE ROHRBACH ER. e ide imediatamente à coroa que. mas pronunciou a seguinte sentença: Brás. os enterrou no mesmo lugar. São Brás e os dois Ã"ninos foram decapitados fora da cidade. Todaviâ.com . onde êle operou muitos milagres. executou o gue êle lhe havia recomendado: acendeu velas em sua memóri d. sabendo de sua morte bem-aventurada. o anjo de Deus.obrascatolicas. Entretanto. para distribuir-lhes o pouco gue ela possuía. não se deixou levar a poupá-lo ou crer no mártir. e convocou todos os pobres da vizinhança. mente nas águas. chamada Elisa. desceu dos céus até o mártir e lhe disse: Saí. e afogotr sessenta homens . e suplicando-lhe õorrc"desse a todos que implorassem a sua misericordia. Imediatamente. por sua intercessão. O mártir levantou-se e andou sôbre as águas como terra firme fôsse. desonrou os deuses. mas não lograva distinguir o anjo.

o doutor e poeta de Damasco relata e canta absolutamente os mesmos fatos e os mesmos milagres que lemos nas guatro ou cinco biografias em prosa: a prisão de São Brás. caminhando sôbre as águas. (2) Com relação aos hinos de Sao |oao Damasceno sôbre São Pedro. não nos resta senão uma parte do guinto. afogando os ídolos no fundo das águas. (D Spiciteg. suportando os pentes de ferro e as chamas da fornalha e a acha do carrasco. São Brás.obrascatolicas. quando foram redigidas as três primeiras biografias que temos do santo. seu corpo dilacerado pelos pentes de ferro. rom.com . (1 ) Tal é a vida de São Brás. Tornou-se em breve costume geral. enfim. o ÍÍra. demonstrando coragem acima do sexo. e terminando. 733-739. 3 de fevereiro. sentado no meio do lago.VIDAS DOS SANTOS 147 cular de Deus sôbre o seu parco pecúlio. E o cardeal Mai que nos concedeu o <<imprimatur>> para a publicação dos hinos de São |oão Damasceno. gue o Senhor dire- (1) Acta SS.Ítírio pela acha. Não cornpÍeeÍIdemos mais como Godescardo pôde dizer: <<A história da vida dêste santo bispo nos é desconhecida. Fizemos mal em acreditar em sua palavra. visitado por um anjo. Nestes hinos sôbre Sáo Brás. quando de nossos primeiros trabalhos. Lêem-se ali estas palavras dedicadas ao príncipe dos apostolos: <<Tendo recebido do Cristo a Igreja. segundo quatro ou cinco biografias gregas e antigas. as mulheres convertidas por sua doutrina e seu exemplo. DL p. Êste costume durava ainda por tôda parte. acender velas na festa de São Brás e distribuir esmolas aos pobres. t. http://www. que êle chama de corifeu. em todo país.

paÍa assistir aos funerais da Virgem santa. e vos suplico apagar inteiramente. Diz-lhe. o Mago. de Roma à montanha de Sião. a multitude de meus pecados. racional e irracional. pedra da f. por exemplo. gue f.azei morrer em mim as paixões do corpo. funrlamento inquebrantável da fe católica. Guarda de Roma. Na primeira e segunda a Sáo Pedro: Foi por vossa concepção imaculada que se nos reabriu o antigo paraíso. Íechado por nossa primeira máe.>> Na primeira estrofe do segundo hino.azem morrer meu espírito. vós a governaste como nau. nos dois últimos hinos a São Basílio: Aquêle que não tem corpo absolutamente saiu com um corpo de tuas entranhas. augusta soberana. Mas. Sois vós. poderoso refúgio. àquele que de vós nasceu. Sois vós. que êle chama de nuvem viva de Deus.obrascatolicas.ê. o Pai: por isso. êle a palavra de Deus.com .BACH ER tamente fundou e não o homem. padroeira sempre pronta a salvar.. êle gue deu essência à tôda essência criadâ. f. fala do triunfo do apóstolo sôbre Simão. protegei minha alma quando ela sair http://www. tesoureiro do reinado celeste. Virgem tôda santa. por vossa maternal intercessão.L48 PADRE ROHR. o que hâ de sobremaneira piedosamente notável é a última estrofe de cada hino que cont+ám um louvor e uma invocação à maternidade divina da Santa Virgem Maria. medianeira irrecusável e advogada benevolente. sêde celebrado nos santos cânticos. a guem imploro e suplico ardentemente. que apresento. e foi restituído ao gênero humano a antiga pátria. São Damasceno fala da repentina viagem de São Pedro. Mãe da vida. Nu primeira estrofe da quinta. êle que pela palavra criou a natureza incorpórea.

>> *** http://www. pÍocurando devorar-me: não me abandoneis como prêsa de seus dentes.obrascatolicas. a voz enfraquecida. temo entoar-vos hinos. O leão rugidor ronda. me arrastam juntos para o sorvedouro hiante do desespêro: estêndei-me a mão. línguas de fogo e de flam d. porque fostes celebrada pelas iínguas dos anjos. a bôca cheia de sons desagradáveis. Na primeira. por outro mundo. cuja mão divinamente poderosa qrrebrou os dentes molares dos leões. para que os vagalhões não me sepultem vivo. râ segunda e na quarta a São ]orge: com a língua enlanguescida. ? pela bôca daqueles que não têm corpos.VIDAS DOS SANTOS desta tenda e abandonar esta terua. ó imaculada. A tempestade dos pecados. as vagas da iniqüidade. os fregüentes escolhos da malícia.com . ó Dama soberana. gue concebestes aguêle. ó Virgem.

mas.com a . <<|esus respondendo.Pode'mos>>. sem Í. os dois filhos de Zebedeu. Podeis vós beber o cálice que eu hei de beber?>> <<Êles lhe responderam: ((- «.sÃo JoÃo DIANTE DA PORTA LATINA (*) Ano 95 Bisonhos ainda sôbre o mistério da cÍttz. quanto a estardes sentado à minha direita ou I http://www. <<Disse-lhes: ((. para lhe Íazer um pedido. prostrando-se. |oão e Tiago.azer ideia do gue devia ser o reino do Cristo.obrascatolicas.Que queres?>> <<Ela respondeu: ((- Ordena gue êstes meus dois filhos se sefltem no teu reino. disse: Não sabeis o que pedis.Efetivamente haveis de beber o meu cálice. <<Então aproximou-se dele a mãe dos filhos de Zebedeu com seus filhos. <<Êle lhe disse: ((. pela mãe. f izeram um pedido ao divino Mestre. um à tua direita e outro à tua esquerda>>.

L2. um dos membros do Senado. Q) 25 de ju1ho.. explorando o. sustentou a sua popularjdade apoiado nos confiscos. Desde então. http://www.róltudo para as vinganças. em crueidade. 20.obrascatolicas. ri.' Em 96. <<Naquele mesmo tempo o rei Herodes mandou prend_er alguns membros da Igre ja para os maltratar. ao discípulo amado. mas será para aquêles. Dos filhos de Zebedeu e Salomé. sob Domiciano. foão pôde retornar a Éieso e tranqüilamente viver sob Nerva. Matou à espada Tiago. L-2. Tiago não esperou muito tempo para beber do cálice da Paixão de ]esus: foi _o primeiro apóstolo a dar o sangue e a vida pelo Mestre (2) . o gual governou paternalmente.com . ensiIlârl-ros os historiógrafos. ultiapassou o próprio Nero tristemente famoso. em sess áo. a discutir qual môlho seria mais adequado para se servir com determinada qualidade de peixe.o. Domiciano. paÍa quem está reservado por meu Pai>> (1 ). (1) Mt. êste filho de Vespasiano morreu violentamente: assassinado. a corporação senatorial baixou a extrema abjeção: diz-se que se chegou. irmãó de )oão>> (3 ). déspota do qual Tácito (55-1 I 8 ) _escreveu gue. Sob tal homern. (3) Act. aquêle déspota detestável que inaugurou a segunda pglseguição geral da Igreja. não pertence a mim conceder-vo-lo.VIDAS DOS SANTOS 151 à esquerda. de espíriro todo . esperou longamente o cumprimento da palavra de fesus. Quanto ao irmão. teve as estátuas abatidas e os decretos anulados pelo Senado. 20-23. Domiciano foi guem lhe apresentou o cálice.

sessenta e oito anos depois da Paixão de Cristo. bispo. Domiciano. foi conduzido a Ro*a. deixou o _episcopado. do Atual. iâ. igreia 9ue. gue.).obrascatolicas. mas reiuvenescido. em 722. atemori zado com uma visão. voltou a Éfeso. refugiou-se Ílâ abadia de Cambron. da ásia' Prêso. (4) Porta Latina porque dali se demandava o Lácio. Dauphiné. pxila_do o predileto no prodígio "puru ã itha de Patmos. (N. fôi teconstruída pelo papa Adriano I. como vimos. No mesmo dia. ro ano 95. possivelmente -Velho tou a ÍlagelaÇão. em Aire-sur-L'Adour. miraculosamente. bisp'c. São Girons ou Gerôncio. O suplicio do Evangelista -ocorreu diante da Porta Latina (4\. no local clo suplício edificou-se uma igr-ei3.á Éfeso.PADRE ROIIRBACHER t52 Depois da morte de Maria. donde. ' Na Belgica. foi mergulhado numa caldeira de azeite Íervente. saiu. As relíguia s iazem na cripta da catedral. e ali viveu como simples religioso. Conforme o Apóstolo süpofà prática romana. possivelmente o Primeiro apóstolo de Aire. desaparecido em 168. São |oão ali escrede iesur veu o Apôcalipse. Máe de )esus. Em memória do milagre. o bem-aventurado Henrique.com . São fusto. onde governou a Igreia . mártir. http://www. viram o poder da magia. Em Viena. não só ileso. Morto Domiciano. como a maioria dos pagãos. saudável e vigoroso. ]oio foi pu. e la morreu Centenário.

São Paldon. (f) Parenta de Isabel a qual não deve ser com da TurÍngia ou da Hungria. No Monte Cassino. São Maurelio. célebre pela ciência e a piedade.VIDAS DOS SANTOS 153 Na Italia. virgem. Na Italia ainda.uíça.. Falecido em 698.obrascatolicas. bispo de Lindisfarne. bispo de Imola e cor- fessor. Grande conhecedor das santas Escrituras. Falecida a 5 de maio de 1300.. http://www. morta. nascida em Buda em I 297-(l) . Ievantou-se para adorar o Santíssimo Sacramento. Santo Edberto. conf essores. gue foi célebre pela grande caridade. Recebeu o habito dos dominicanos em Toess. sucessor imediato de São Cutberto.Falecida em I 338. depois de ter recusado contrair núpcias com Henrique.' na §. Alem da reconstrução do mosteiro. Naturais de Benevento. fundou o deSanta Maria de Cingla. viúva. nascido em Br. falecido em 542. Em Siena. êstes três irmãos foram membros da ordem beneditina. virgem nascida em Milão e faiecida em Como no arro. Diz-se que. São Tason e São Taton. na diocese de Pienza. filha do rei Andre III. a bem-aventurada Prudência. faleceu em 747. confundida.éscia. e auxiliaram Petronax na reconstrução do Monte Cassino arruinado pelos lombardos. viúva.Na Inglaterra. Na Hungria.com . . a bem-aventurada Isabel. Depois de um govêrno de trinta e quatro anos. no ano de 680. de 1492. a bem-aventurada Bonizella Piccolomini Cacciaconti. irmão de sua madrasta Inês. Na Italia. abade e confessor. do caixão. Ver 19 de novembro. o bem-aventurado Petronax.É hõnrada em Trequanda.

a transladação do apóstolo São Mateus. prima de Santa Úrsula. bispo de Cerinas. Em Salerno.dessa cidade. Santo Evódio.az menção nos Atos dos Apóstolos.t54 PADRE ROHRBACH ER Em Paris. como escreveu Santo Inácio em sua carta ao povo de Antioquia. bispo de Arras. São Lúcio. Em Antioquia. e depositado com muitas honras na Igreia de Deus. São Teodato. o bem-aventurado Hatta. sagrado primeiro bispo .. Em Arras. ent-'egou o espírito a Deus quando a Igreja já estava em paz. e confessor. conduzido para esta cidade. que levou o seu nome (Yer 2l de setembro). terminou a vida com um glorioso ÍÍta'ttírio. virgem. Em Chipre. Em Roma. finalmente. os santos Heliodoro e Venusto. abade de São Vaast. eüe. após ter sofrido tormentos sem par sob o imperador Licínio. passou por diversas províncias e foi. pzlo Apóstolo Pedro. cu jo santo corpo. trazído da EtiOpia. bispo. Santa Benedita. com setenta outros mártires.com . Avia ou Áurea. Em Cirena. bispo. guando de Thierry III e de Vendiciano. Na África. São Protogênio. virgem e mártir. Em Carras. *** http://www. na Mesopotâmia. de quem São Lucas f. Faleceu em 699. que. Morta pelos bârbaros no século III ou V.obrascatolicas. Santa Avoye.

distribuiu aos pobres os consideráveiJ bens que os pais lhe haviam legado. dedicaram-no a Deus desde o nascimento. permitiu fôsse ordenado cônego e pregador. Contudo. viu gue haviam morrido os pais. Aceitou -o ggrgo por ordem expressa do papa Alexandre II. onde sucedeu Lampert. Estudou primeiramente na cidade de Gnesen. o direito canônico e a teolo_gia. qu". http://www. DIA DE MAIO ESTANISLAU Bispo de Cracór:ia. em Szepanow. na diocese de Cracóvia. bispo da igreja de Cracovia. Assim. Revelou-se desde logo criança de bênção.. capital do reino da Polônia. de modéstia. Mártir Estanislau nas ceu em 26 de julho de 1030. com a alma inclinada a tôda a classe de ciências. De regresso. e algum tempo após. de pais ricor e nobre. dessarte. o obtiveram do preces.obrascatolicas. após trinta " céu com as suas anos de esterilidade. Polônio. de honestidade em seu -o_do áe agir. de sorte gue teve o desejo de renunciar ao mundo e f.7. depois na universidade de Paris as artes liberais.com . |esus Cristo gue gueria servir-se dele. onde se tornou um sábio. sendo de resto cheio de pudor.azer-se religioso.

gue se moderasse e se contivesse. lhe àÍÍebatasse o reino. que os f. diversas vêzes. poderia assegurar-lhe com certeza que Deus o puniria. Boleslau recebeu muito mal a santa e justa admoestação do bispo. arrebatava as filhas e as mulheres dos outros e as desonrava püblicamente. O arcebispo de Gnesen . conquanto não 9uisesse abandonar a vida perversa. Santo Estanislau a isso se acreditou obrigado. Não contente com sua própria mulher. filho do rei Casimiro. e talvez. Boleslau. o Cruel. A êstes atos de lubricidade. compassivo com os aflitos.com . Era o mais humilde de todos. deveria tê-lo admoestado. vigilância. como bispo da residência real. primaz do reino. era então rei da Polônia. a prudência e â corâgem de Estanislau foram admiráveis no govêrno de sua diocese. gue lhe mereceram o apelido de Boleslau. A santidade. como sua caridade para com os pobres. suplicando a Boleslau. Fê-lo com grande humildade e modéstia.êz reis.156 PADRE ROHRBACHER. considerando gue os pecados dos reis são mais graves que os das pessoas privadas. em seu reino não http://www. Dera provas de valor na guerra com as Rússias. isso porque devem ser mais gratos a Deus.obrascatolicas. Se não se corrigisse. acrescentava outros de tirania. mas não teve suficiente coragem. mas perdeu-se em breve nos excessos da devassidão e da tirania. severo com os rebeldes.e mal que acarretam ao reino. doce com os fracos. zeloso no serviço de Deus. o qual assim se inÍecta com o mau exemplo do chefe. paciente nas in júrias. e pelo grand.

envolveram o bispo grn processo. sua palavra deve ser mais Íirme e digna de fe do que todos <. O caso foi tratado perante o rei: como o bispo não dispusesse dos necessários recibos.obrascatolicas.êz abrir a tumba. levantou-se. mas não tinhâ coÍlprovante. os grandes e os juízes estavam reunidos. que havia três anos já estava morto. f. onde o rel. para agradar ao rei e aproveitar a oportunidade. escavar a terra e descobrir o cadáver o qual tocou com o seu báculo pastoral. os herdeiros. o vendédor. para a suâ igreja. para fazer comparecer em pessoa a Pedro. sua sepultura está aberta. Ora. Deus o ressuscitou pala confirmar a verdade. dirigiu-se ao lugar onde Pedro estava enterrad o.>> http://www. e lhe hu. Vendo isso. E um homem ccnhecido. vigilou e pedirr insistentemente a |esus Cristo que defendesse a causa.com .r. e como as testemunhas guq sabiam a verdade não ousassem falar por causa do rei. pediu três dias de prezo. dizendo que havia usurpado a herança que lhes pertencia. Três anos já haviam passado desde que o dono da herança estava morto. O santo jejuou. e por sua ordem o seguiu até o tribunal.e vendeu para a igreja. ordenando-lhe se levantasse.VIDAS DOS SANTOS 157 O santo bispo havia comprado a herança de um homem rico chamado Pedro. foi condenado a abandonar a posse e gõzo desta terra. após haver devotamente celebrado a santa missa. e está ressuscitado para comparecer diante de vós: interrogai-o se não é verdade que lhe paguei inteçyraLnente o que m. <<Eis Pedro que me vendeu a heldade. Estanislari lhes disse.u pago em dinheiro. ao firn de três dias. Concorclaram. por escárnio.s clepoimentos'das testemunhas e tôdas as informações gue se possam arrolar. O morto obedeceu imediatamente à voz do santo.

reentrando no mar tempestuoso dêste mundo. caso êle quisesse viver ainda aigt. acompanhado do bispo e de uma grande multidão de povo: deitou-se Írâ tumba. e conquistou Kiev. abandonou-se novamente as paixões desregradas.t 158 PADRE ROHRBACHER As partes adversárias do santo bispo ficaranr estupefatas ccm um milagre tão evidente. ainda gue tive. depois na Polônia inteira. Náo contente dos excessos com mulheres. e não soub':rarn o que replicar..ofereceu sua intercessão junto cle Nosso Senhor. Empreendeu até uma expedição gloriosa contra as Rússias.ia sepultura a levar uma vida cheia de angústias e perigos. O exemplo provocou um mal horrendo.izessem penitêrrcia por haverem cometido tão grande pecad<. primeiramente no exército. Reprimiu por algum tempo a devassidão e as crueldades. havr. porque Pedro declarou a verdade integral. pedindo a todos os assistentes que o recomendassem a Deus. Quando as http://www. e em breve pudesse gozar da glOria com os bem-aventurados. O santo. suplicava ao bispo tudo fizesse junto de Nosso Senhor para que remisse suas penas. para encontrar a expiarção das faltas cometidas durante a vida. Isso dito. que preferia estar seguro de sua salvação. cometeu publicamente as abominações de Sodoma e Gomorra. Pedro voltou à sepultura. O milagre impressionou Boleslau.com .-ndo molestado Estanislau contra todo direito e tôda justiça.sse de suportar as penas que lhe restavam. a enfrentar a possibilidade de perder-se.ins anos: mas Pedro preferiu voltar ao repouso . disse ao santo que estava no purqatório e ali nãc ficaria mais por muito tempo. em meio à embriaguez da vitoria. então capital da Rússia. e advertiu os herdeiros gue f. Mas lá. e rnorreu segunda vez para viver eternamente.obrascatolicas.

com . em Cracóvia. http://www.obrascatolicas. Segundo uma escultura sôbre madeira do Coroaçáo de um século xvl.VIDAS DOS SANTOS 159 rei da polônia na fgreja de sáo Estanislau.

Boleslau tornou-se mais cruel do que nunca. mas quando guiseram lançar mão do santo que celebrava a santa missa. [ê-los executar como trânsfugas e constrangeu as mulheres a àtÍrãmentar pequenos cães em lugar dos próprios filhos. mandou gue esbirros o prendessem e massacrassem. e lhà proibiu a entrada na igre. Os da http://www. mais duas ou três vêzes. devotou-se ao martírio paÍa a glória de Deus e salvação da Polonia. gue f. Foram. Aconteceu. Enfim. e os escândalos de Boleslau recrudescer dia a dia. Quando a ÍIovâ se alastrou em Kiev. o arcebispo de Gnesen.êz-lhe diversas visitas. não ousava abrir a bôca para repreender tão odiosos excesses. mas a maior parte em sentido contrário. a maior parte voltou sem sua permissão. vendo tôdas as admoe-stações inúteis.com . Íoi pessoalmente. a fim de levá-lo a melhores sentimentos.2 grandes penitências pela conversão do rei. À sua recusa.160 PADRE ROHRBAC H ER mulheres polonesas viram que os maridos âs esQüeciam nos braços das mulheres russas.êz esguichar o crárebro contra a parede. fora da cidade. o furor de Boleslau não conheceu limites. e deu-lhe tamanho golpe sôbre a cabeça. como outro |oão Batista. O prima z do reino. uma luz celeste os atemori zou e lançou por terra. o §anto bispo b excomungou püblicamente. Por Íim. de espada nua. Alguns cortesãos falavam ao rei no mesmo sentido que o bispo.obrascatolicas. muitas delas abandonaram-se aos serviçais. atacou o santo no altar. |ejuou.'a. todo o exército se sentiu abalado e pediu ao rei que voltasse à Polônia. f.ê. f. enviar Boleslau seus homens para o mesmo fim. orou. Desde então. Sabendo que o bispo ia dizer a missa numa igreja de São Miguel. São Estanislau. A horrível tirania exercia-se em tôda a Polônia.

não pociendo deixar impune crime tão atroz. onde havia sidô assãssinado. O papa São Gregorio VII. Em 1253.VIDAS DOS SANTOS 161 guarda cortaram o corpo do santo em pedaços e atiraram os membros esparsos sôbre os campos. I++ http://www. onde pereceu de mortã funesta. Inocente IV canonizou Estanislau. deiestado po-r_todos. Enterraram o corpo à porta da igreja de são Miguel. A íida do santo Márti. e gue tôda Igreja católica a celebrasse com um ofício duplo. e sem que aparecesse qualquer cicatr iz de tantos golpes. compiladas pelos Padres Jesuítas. para servirem de prêsa aos abutres e animais selvagens. fugiu áa polônia para a Hungria. e roído de remorsos. anatematizou Bolaslau. e ordenou aos bispos não sagrarem . interditou o reino da polônia.êi ulgr* sem sua autoridade. viam-se também diversas luzes sôbre as santas relíquias. e o defenderam milagrosamente durante dois dias: à noite. transportaram-no para a cidade de Cracóvia. Alguns padres e pessoas piedo- sas sentiram-se grandemente tocadas com o milagre. " Dez anos após. e o sepultaram na igreja da fortaleza com grande magnificência.com . declarou-o deposto do rrono. Os santos membros uniram-se táo perfeitamente como se 'jamais hcuvessem sido divididos. Mas Nosso senhor enviou dos quatro quadrãntes quatro grandes águias que se plantaram em tôrno do corpo.obrascatolicas. e tomaram a resolução de recolher os membros esparsos e juntá-los. jâ se encontra de há muito nas Atas dos santos. o miserável príncipe. e o incluiu no rol dos santos. Clemente VIII ordenou que a festa de Santo Estanislau fôsse colocada no breviário romano.

ssores Serênico e Sereno eram dois irmãos.com . tomaram o hábito beneditino e Íicaram agregados. Ambos. o soberano pontífice elevou-õ.onfe. visita jo do iirrho e de São |uliano n Senhor os guiou Para as Fixados perto de Sa um certo tempo. uo diaconato. Tanta dignidade pará tamanha humildade era demasiada: deixaram Roma e Marpassaram à Gália. depois de apurado estudo feito sôbre os Livros Santos. Eugênio ou Vitaliano. filhos de uma das mais importantes famílias de Espoleto.obrascatolicas.I SÃO SERÊNICO E sÃo SERENO (*) C. por algum tempo. achando manifestou ao irmão o em busca de outra regiã http://www. e buscaram Roma' Ali. aos monges do Vaticano. resolveram d'ar-se inteiramente a Deus. na úmbria. italianos. daguela Úmbria que está tôda cheia das coisas do doce pai seráfico Francisco de Assis.

Depois d.. O irmão. u 7 d" *àL (l). 9S ip 669. "ro. deixa-ndo-o. colheu-o a mortá.obrascatolicas. agradado do lugar. então na diocese de Seez de um discípulo chamado Flavá.-õ ermidazinha.VIDAS DOS SANTOS 163 Sereno. . Quando principiava a construção de uma granbasílica. p S_erênico. Serênico logo viu surgir vários homens que desejavam viver sob"sua condüta. afligidos e._.ã vida todá ela voltada para as coisas de Deus.t. em Saulges. foi o pai de inúmeros pobres. tendo operado inúmeros milagres. afastou-se. despótegido. *** (1) Ver Sã.com . uãJ quais provia e consolava. en Hyesmes. http://www. faleceu a 2r de julho a" osô.ãr" depois de Serênico.o Milehar. neste mesmo dia. gue prerendia dedicar a São Martinho.

url duplo mosteiro. numa Íloresta gue se situava a vinte e sete milhas de York. http://www. Rápido. e . preencheu a vaga que aquela morte deixara na sé de Hexham. e loáo. foi o progresso que f.sÃo JoÃo DE BEVERLEY (*) Bispo de Y.orI1 oão nasceu na cidadezinha de Harpham. depois dos primeiros tempos. Assim. Foi São foão de Beverley que conferiu âo veflerável Beda o diaconato e o sacerdócio. bem jovem. cheio de ardor. deixou a terra natal e. cansado. rrd abadia de Withby. na província de Deirie. ufl para homens outro para mulheres.êz na ciência e na piedade. recebeu o habito f monástico.obrascatolicas. depois de ter governado o bispado de York durante sete anos. Quando principiava o reinado de Alfredo. o Santo. procltrado na abadia. naquela época. muito rápido. chegando no reino de Kent. de Lancastre e a parte do reino de Northumbrie situada ao sul da Tyne. província que compreendia os condados de York. Fundador de Beverley. passou a viver sob a direção do'abade Adriano de Cantorbery. Íalecia Eat a. querendo servir a Deus. que era. ]ovem.com . governada por Santo Hildo. tornou ao seu país .

(1) Dom Ruinart. atrás do altar-mor da igreja paroquial de São |oão em Tarbes. São Domiciano. Segundo uma tradição de Arci zac-s1rÍ-Adour.obrascatolicas. foi encontrado completu*"nie uurío.VIDAS DOS SANTOS 165 qcabacio pelos trabalhos e pela idade. aberto ha alguns anos pelos vigários gerais do bispo. que obteve completa vitoria sôbre cs escoceses. o guinto. foi um dos principais lugares de peregrinação da Inglaterra. er 5ql. Na diocese de Maestricht. que lhe conheciam a ciência e a piedade. de Orléans.com . prim eira. Pela oração. do na Gália. Uma procissão ge_ral de todo o clero processâ-sê no dia da festa do Santo. sacerdote. No mesmo dia. Pela ciência. O arcebispo de York. A Glória dos Confessores. notabilizou-se ro concílio. O túmulo que o abrigou. ilustrado por grande número de milagres. em Tarbes. da qual ê tido como padroeiro. O rei Athelstan. Êste túmulo. vulgarmente chamado Musolino. São Misselino ou Mesclino. a 24 de maio» (1). Alfredo. Íro dia 7 de maio de 721. foi. http://www. em 1037. faleceu em Beverley. são Misúlino seria originário daquela paróquia. Diz Dom Ruinart: <<sôbre êste Misselino. dizia que o êxito da batalha devia-o êle à intercessão do santo bispo. por ter livrado Tarbes dos bárbaros. Íêz uma translação das relíquias de São João de Beverley. por povo. ocasião em que se processou a canonizaçáo. vê-selhe o túmulo. em mármore. depois de Maestricht.

Contribuiu para a conversão de Santo Amador. Converteu grande número de idólatras. São Valeriano. foi exumado. Maurélio ( Maurelius ) . São Maurêlio. As relíguias. desde o século VI. bispo e mártir. Santo Hermino ou Hoiernin. Na Africa e na Itália. As relíquias foram para Gaeta. Conheceu o clia da morte antecipadamente: 7 de maio de 560. no reino de Nápoles. cidade gue o tomou como padroeiro. onde a festa é celebrada no dia 7 de maio. perto de Dourdan.com . onde faleceu. Morto em 366. terceiro bispo conhecido de Auxerre (331 a 366). Santa Mastidia ou Matias. Transferido ciepois para uma igreja que. 7 de maio e 15 de setembro. Na ltalia. Santa Mesma. são veneradas na catedral de Troyes. Na Bretanha. e confessor. O corpo foi enterrado em Hry.166 PADR. foi enterrado no monte Atre. Íalecido em 540. traz seu nome. virgem e mártir (? ) . Em Troyes. foi expulso da sede pelos arianos. A festa celebra-se no dia 7 de maio. Nascido na Grã-Bretanha. gue foram ãxumadas em 843 e em 992. perto de Carhaix. Honrada em Santa Mesma. passou para a Bretanha Armórica. Viveu como ermitão em Dualt. sendo encontrado sem corrupção. foi enviado a http://www. confessor. sendo martirizado. Em Auxerre. na época da invasão anglo-saxônica.E ROHRBACHER livrou a cidade de Huy de um dragão gue ali fazia razias sôbre razias. Na diocese de Chartres. bispo e mártir. sacerdote romano.obrascatolicas. século IV. Bispo africano. Santo Inocêncio. virgem. cujas Atas se-perderam. Sob Carlos Magno. A festa é no dia2 de novembro.

Na ltália. cônsul e mártir. Faleceu em 670. Malehard ou Maillard. As relíguias estão na catedral da cidade natal. Faleceu em 1279. vir. São Serênico principima. Filha de Santa Plautila. o bem-aventurado Vilano. Nascido na Calábria.obrascatolicas. bispo e confessor. São Milehar. virgem e mártir. Foi bispo de Gubbio em 1206. Faleceu em 1230. os habitantes de Vicohabentia revoltarârl-sê contra êle e o mataram. que. En 642. Na diocese de Seez. onde lhe celebram a festa no dia 7 de maio. Durante â perse- http://www. foi consagrada a Deus pelo pontífice São Clemente.azer frente à heresia de Severiano. mais uma vez. Santa Sessetruda. Quando pensava transferir a sed e paÍa FerraÍa. foi nomeado bispo de Vicoha' bentia. Celebra-se-lhe a festa a . quando da abadêssa Santa Fare. irmã de São Flávio Clemente. no dia 7 de maio. terciário da ordem dominicana.. sêculo VII. que acabou e consagrou a basílica de São Martinho de Seez. na Apulia. sob o papa Eugênio IV. como vimos. Em Terracina. para f. As relíquias foram exumadas em 1419. professou entre os camaldulos de Fontavellana. bispo e confessor. Nascido em Gubbio.VIDAS DO S SANTOS 167 Esmirna por )oão IV.com . a morte da bem-aventurada Flávia Domitila.7 de maio. confessor. A festa é celebrada no dia 7 de maio em Ferrara. Ainda na ltâlia. Campaie. São Reginaldo ou Renaldo. em 670. Na diocese de Meaux. gem. confessor. religiosa e despenseira da abadia ãe Faremoutier. que lhe çonferiu o véu. em Verona. o bem-aventurado Alberto de Bérgamo ou de Villa d'Ogna. Na Itália. levou vida eremítica em Falasconi.

de Constantinopla foi conduzido para esta cidade.ê. sob o pontificado de Pelágio. r** http://www. Em Pavia. mártires. por ter-se declarado cristã. com muitos outros.168 PADRE ROHRBACHER guição de Diocleciano. suas amigas. os santos irmãos Flávio. Augusto. papa e confessor. Aquileu e Pancrácio. mártir. Ano 95-96. São Pedro. foi exilada na ilha de Ponza. por ordem do juiz. mártir. No mesmo dia ainda. Em Roma. De novo em Terracina. onde foi honrado pelo afluxo e devoção dos Iicis. afinal. foi. mártir. bispo. que após ter enfrentado repetidos tormentos. e depositado na tumba de São Lourenço. Em Nicomédia. No mesmo lugar. onde converteu um certo número de pessoas à i. Celebra-se ainda a memória de Flávia com as dos Santo. São Benedito. Em Roma. Eufrosina e Teodora. São Quadrato. primeiro mártir. no dia 12 dêste mês. São fuvenal.s Nereu. queimada no quarto em gue habitava com duas virgens. pelas exortações e pelos milagres. a cabeça decepada. Agostinho. a trasladação do corpo de Santo Estêvão. durante a perseguição de Decio.obrascatolicas. que. teve. em Campo Verano.com . e ali sofreu longo martírio.

quando dezessete pessoas da mais alta categoria toram pedir ao abade de Bonevaux as recebesse em sua comunidade. se dedicaram tempo.8. no ano de llo2. estavà Amadeu. apos haverem educado os filhos.com . a mãe e a irmã enttaram para os cistercienses que residiam na vizinhança" Havia um ano que Pedro tinha vestido o habito monástico. tôda a família lhe seguiu o exemplo.N DIA DE MAIO SÃO PEDRO DE TARENTAISE Nasceu na diocese de Viena. mas de virtude eminente. Entre elas. de pais de condição média. que. parente próximo do imperaãor corrràaã http://www.obrascatolicas. o pai e dois irmãos escolheram o mesmo mosteiro de Borre- vaux para o seu recolhimento.

a quem havia feito edu- http://www. encoÍltroll-o nomear primeiro abade Pedro. no ano de 1140. O conde de Albion.170 PADRE ROHRBACH ER dido. Enquanto construía êsses mosteiros. indo vê-lo um dia. e com êles trabalhava.obrascatolicas. em odor de santidade. chamado também Amadeu. misturavâ-Se com os obreiros. O filho. Morreu em Bonevaux. que não havia ainda completado trinta anos. seu amigo íntimo.com . seu tio. a fim de proporcionar-lhe oportunidade de praticar a humiláadã e a penitência.

e supria o trabalho manual mediante a fadiga das viagers e das funções episcopais.- VIDAS DOS SANTOS Llt freqüentemente para aconselhá-lo. fundou ro Ílosteirà um hospitál para os estrangeiros e ot pobt. Como não quisesse aceder à eleição. O abade Pedro. o qual destruiu todo o bem que o predecessor havia feito. e tinha pÍazeÍ em servi-los pessoalmente. Governou essa igreja durante trinta e três anos. se lhe davam melhores. o clero de Tarentaise convocou o capítulo geral dos Cistercienses. pelo gual nutrira sempre um respeito singular. eleito unânimemente. não mais pôde resistir à autoridade de tôda a ordem. O indígno arcebispo. pois.t doentes. eln http://www. encontrando-se lá como os outros. Pôs-se. e principalmente de São Bernardo. tanto espiritual como temporalmente. Pedro não alterou a maneira de viver no episcopado. e morrera em odor de santidade. o santo abade de Tamiàs foi eleito. da ordem dos cistercienses e abade de Fertê. Pregava assiduamente. Recitava em orações secretas o longo ofício do mosteiro. cedia-as em esmola. desde a manhã atê a tarde. Vaga a sede de Tarentaise. da mesma marmita que se servia aos pobres. As vestes eram pobres. Outro Pedro. de ll24 a 1132. arcebispo. dando algumas vêzes confirmação. iâ havia ocupado essa sede. mas deixava aos outros os sermões estudados para ouvintes mais delicados. à disposição do clero gue o solicitava. do gual se afligia estar privado. e empenhâvâ-se em instruir os simples. e.obrascatolicas. A alimentação corlsistia 'em pão prêto e legumes . Depois. a igreja fôra invadida e ocupada durante seis anos por um tal Idrael. deposto pela autoridade do papa. em 1142. e foi ordenado arcebispo de Tarentaise. foi substituído pelo abade de Tamiês.com I .

passando os Alpes. Numa só viagem despendeu duas mil moedas de prata. para obter o favor de tocá-lo. que.PADR. Encontrou em sua igreja um clero composto de nobres. ao capítulo. Milagres sem conta lhe acompanhavam a caridade. mas de molde gue. expondo-s€ â morrer êle próprio. fôssem cômodas e agÍadáveis. assistindo com êles ao côro. O maior cuidado do santo prelado dirigia-se aos pobres e doentes. colocou no lugar cônegos regulares. a guem instruía e governava como filhos. arrancou a túnica para cobrir pobres mulheres que morriam de [rio. mas pouco regrados. e agiu de maneira gue. guas.aziam o serviço negligentemente. Reconstruiu as casas e as celas do clero. sem esperar que lhe solicitassem. seja pelo temor das censuras eclesiásticas. ao claustro. e que f. antigamente http://www. não ficando senão com o cilício e o capuz. seja a preço de dinheiro. Sua casa eÍa um hospital. guando os víveres faltavam. Muniu as igrejas de móveis e ornamentos necessários.E ROHRBA CH ER L72 consolar. prevenia as necessidades. sobretudo nas montanhas. repreender e intimidar os p€cadorês. sem grande escândalo. Duas vêzes. e não lhes permitiu aumentar os estipêndios çom os dízimos e outros bens usurpados arrancados dos senhores.negócios o retinham havia mais de um mês no mosteiro de Santo Eugendo. Tão bem se houve.e nenhuma capela de sua diocese ficasse privada de um cálice de prata. Deulhes rendimento suficiente.obrascatolicas. Acorriam de tôdas as partes para pedirlhe remédios do corpo e da alma. sem despertar admiração. não obstante a pobreza do país. de receber-lhe a bênção. Nas visitas. Um dia . principalmente nos três últimos meses antes da colheita. exortar.com .

Para impedir fôsse sufocado pela mole humana. São estas as palavras de seu biógrafo. Estava ainda no mosteiro de São Cláudio. e invocam o santo pontífice. e não viram desaparecer o libertador senão quando estavam em lugar seguro. ou ouvido de testemunhas oculares.VIDAS DOS SANTOS 173 São Claudio. estende-lhes as mãos. os guardas jogavam dados diante da porta da rDâsmorra: os prisioneiros deploram sua miséria. Lâ. caindo em si e convertendo-se. a saúde a tantos enfermos ou doentes de tôda sorte. sem se estorvarem mütuameflte. tanto se açodavam em vê-lo e ouvi-lo. ]ura . Estavam os três a ferros num calabouço. o ouvido a tantos surdos. para agradecer-lhe o haver-lhes rompido as algemas. paÍa onde iam dar duas escadas. passam sôbre as tábuas em gue jogavam os guardás. Êles o seguem. Um dia. rompe as cadeias. abre a porta e ordena-lhes gue o sigam. em cima. guando ali chegaram de I. sem serem percebidos. não encontraram senão êste meio: subiu a uma tôrre da igrej a.curou tantos doentes. que relata os fatos por havê-los presenciado. a gual parecia haver jurado a sua perda. Imediatamente f.com . que seria difícil enumêrá-los ou escrevê-los. os peregrinos.ausanne três homens. quando todos começaram a falar na cidade dos milagrps do santo arcebispo de Tarentaise.azem o voto de não comer nem beber http://www. em pleno meio-dia. recebiam a bênção. restituiu a vista a tantos cegos. e destiam pela outra escada. que âcorreu uma multidão incrível. Subitamente êle aparece. a imposição de mãos e os conselhos. puserafll-se a invo- car-lhe o nome. assentou-se sôbre uma cadeira.obrascatolicas. a palavra a tantos mudos. os enfermos subiam por uma das escadas. rodeada de uma forte balaustrada. Os prisióneirôs.

com . uma vez que não havia meio de arranjar mais.azia vir provisões da sua casa e de sua diocese.obrascatolicas. e a vinda de víveres precária. Aflito e estupefato da veneração que lhe gÍanjeava a multidão de seus milagres. tomado de pena pela grande multidão. após haver mudaclo várias vêzes cle guias para melhor despistar os seguidores. bem como os pobres. Ora. fizeram entrar no pátio o número de pobres. por ínvios caminhos e lugares inacessíveis. Era o gue levava os três homens a São Claudio. Todavia.PADRE ROHRBACH ER L74 o encontrarem pessoalmente. Havia com que encher uma boa panela. aconteceu que um sábado o mau tempo impediu a chegada de víveres. e gozou durante algum tempo do repouso que desejava. não entendia a língua e não lograva Íazer-se entender. havia lá milhares de peregrinos e de pobres. Satisfeitos êstes. Os domésticos e o povo. aquilo poderia ser suficiente. secretamente e de noite. Foi recebido como simples monge. não sabendo o que acontecera. onde eÍa desconhecido. procuravâÍl-oo por tôda parte. pensavâ-se. e assim sucessivamente atê o fim do dia. para relatar as grandes maravilhas de Deus. tendo já mandado cozer tudo. com um só companheiro. sem desço- até http://www. a quem. como ainda houvesse do que comer. Sendo êsse lugar muito estéril. o santo homem. De manhã. estavam em extrema aflição. quando a alimentação faltou. Íizeram entrar outros. f. mas que eÍa isso paÍa tanta gente? O santo ordenou fizessem o que estivesse ao alcance e distribuíssem o que havia. os víveres se reduziam 'a um presunto e uma peguena quantidade de ervilhas. chegou sôzinho ao mosteiro dos cistercienses na Alemanha. o santo pontífice retirou-se da cidade episcopal. e.

com . Obrou ainda milagres sem conta.VIDAS DOS SANTOS 175 brir qualquer vestígio. examina um após outro. um jovem que êle havia educado desde a infância. Impossível é. a comunidade inteira se lhe atira aos pés e lhe pede perdão por não lhe ter prestado as honras devidas. dirigindo-se às províncias vizinhas e preg'ando com grande desassombro. podercso na obra e na palavra. O cisma do imperador Frederico Barbarroxa havia estourado. À sua volta. Enfim. Todos derramavam lágrimas e lhe louvavam a obediência e humildade. A notícia dessa maravilha se alastrou em todo país. entre os que o procuravam em todos os lugares. descrever os transportes de alegria com que o reviram na diocese. agarra-o imediatamente. No momento em que os irmãos vão ao trabalho. por tôda parte. E como os cismáticos por isso o censurassem. mas êle chorava mais do gue os outros. O afluxo de povo foi mais considerável e mais afoito do gue nunca.u senhores e terminou guerras gue levavam o país à ruína. Mas quando lhe ouviram o nome. e como se encontrasse nas terras do impário. Conduziu mesmo grande número à unidade católica. conquanto perseguisse cruelmente os outros católicos.obrascatolicas. foi quase o único bispo gue resistiu abertamente aos cismáticos e permaneceu calmamente em sua igreja. dizendo-lhe qúe era provocar a ruína de sua própria causa honrar um homem que â coÍl- http://www. chega ao mosteiro. por lhe ter sido àrÍebatado o gôzo das doçuras do recolhimento. reconcilio. torna-se público que haviam descoberto o profeta. e da um grande grito. Todos os religiosos se admiraram. onde se achava oculto. reconhece-o. sobretudo. O imperador respeitavâ-o. extinguiu inimizades inveteradas e implacáveis.

particularmente os religiosos.-consolava os católicos na Toscana e o resto da Itália. E como o povo da cidade e dos arredores vinha em massa honrar o santo prelado. e não houve depois bispo tão admirado. gue os considerava heréticos e os feria com o anátema.com . tão guerido da lgreja Romana: que ninguém. o mais ardente dos cismáticos. o atacou no seu regresso. eta. Certo senhor. ou gue dêle livrasse a Igreja. e corroborava os discursos com milagres. nesses tempos. confundindo por tôd a parte os cismáticos e pregando püblicamente contra êles nas próprias cidades onde os bispos eram cismáticos. tão respeitado. arcebispo de Besançon. guerendo apoderar-se dos cinco cavalos gue tinha.obrascatolicas. para gue Deus convertesse o ãÍcebispo Herberto.juntos. guando lhe corria ao encalço. Informado o papa Alexandre do zêlo com que o santo arcebispo de Tarentaise se havia declarado contra os cismáticos. êle lhes respondeu: "Se eu resistir aos homens que o merecem. porque era ouvido pelo povo com uma devoção maravilhosa. exortando-o a gue desistisse de p@Íseguir cs católicos.176 PADRE ROHRBACH ER batia. O papa rendeu-lhe rnaiores honras do que a qualquer outro. O povo orou. nessa côrte. O incidente Í. elas não se destinavam senão aos pobres. como jâ havia feito na Borgonha e na Lorena. esperasse liberalidades dêle. o arcebispo ali o foi encontrar. Vindo o imperador a essa cidade. dirigindo-se até o papa. o cavalo tombou e partiu a perna. guereis também gue me oponha a Deus?" Herberto. mandou chamá-lo. e Herberto morreu guatro ou cinco dias após.ez cair o cavaleiro http://www. e de sua peguena eguipagem. êle pediu-lhes que orassem . Pedro.

todavia. do gual uma das virtudes era obedecer sempre. o -undo vos amará como se a êle pertencêsseis. atirou-se-lhe aos pés e pediu-lhe perdão. restituindo.bispo que. g maü.VIDAS DOS SANTOS L?1 em si.. consultado a tal respeito. Quanto mais procurava fugir a" . Pedro. com ordens expressas ao santo arcebispo de ir imediatamente para a França trabalhar para a reconciliaÇão dos dois reis e da Inglaterra. respondeu santo arÍce. das quais não se poderia furtar. atribuíndo à sua bondade o áão ter perecido pessoalmente. seguiu o _santo prelado.obrascatolicas. a ruína das igrejas. mas gue lhe seria impossível empreender íiagens mais loágas. e em tudo. abade de Haute-Combe. A deliberação prosseguia ainda." Deliberava então. Iembravâ-se desta palavra do Salvador: "Se fordes do mundo. quando chegou um correio do papa Aleiandre. acompanhado do abade dos cistercienses. Àcta SS. depois de Clairvaux e enfim cardeal-arcebispo -ao da Albânia. Henrique. a morte de homens. a saúde a diversos enfermos. a desolação do país. como (1) Vita S. mais o mündo o amava e venerava.uádo. Petri Tarent. com os homens mais perfeitos. http://www.com . êle poderia bem Íazer suas visitas pela extensão da província. em lugar de seu cavalo. à autoridade apostóIica. se não devia vender os poucos cavalos gue_ possuía. cuja desunião tantos males causava. Chegado em Prully. foi retido por uma enfermidade durante um mês. para ter com gue melhor ãssistir os pobres. Essa afeição universal o enchia de temor. ( I ) Todavia. na diocese de Sens. Pedro continuava a praticar as mais elevadas virtudes e a operar grãndes milagres. partiu imeãiatamente para a França.

o santo advertiu os religiosos do mosteiro que não se inquietassenl com a distribuição cle víveres. tlm cavaleiro.E ROHRBACITER a gente acorresse de tôdas as partes. Haviam encontrado um homem que trazia um pão abençoado pelo santo homem.azer com o velho hábito em seu teSouro : " DiÍerentemente falaríeis.com . São Pedro de Tarentaise foi alodo rei.. Antes de chegara Prully. correu a abraçar-lhe os pás. O cavaleiro. mas para agradecer-lhe. Em Chaumont. era suficiente para tôda a multidão. dêle f. pediu um pouco de miolo. em o vendo. Êste'último âcof' . e não obstante â resistência. e. O Cinco anos. O santo a Cufou com orações e imposição das mãos. conquanto se f izesse menos pão do que anteriormente.ptit jado no palácio -comandante do >alácio tinha uma filha . ali foi pessoalmente com o filho cego. o qual imediatamente recuperou a vista. gue recebi em anos passados. vendo tôda' a gente . jâ o filho via. não para pedir ao santo a cura. em Ve"irr. seu genro. entrevada de nascença. rei da Inglaterra. se soubésseis guantos doentes foram curadOs .êz um colírio que colocou sôbre os olhos do Íilho. E de fato. desceu do cavalo.178 I PADR. replicou." http://www. Foram então os dois 'A Prully.acorrer' ao santo pontífice. Em Corbeil. os religiosos testemunharam depois que. animado pela fe. E como os monges que acompanhavam o argebispo perguntassem ao jovem príncipe o gue pretendia Í. do qual muitos já haviam cortado pedaços.eu uo santo prelado. encontrou o rei Luís e o jovem.obrascatolicas. tirou-lhe a capa ou manto.ordens {9.CoIn o seu cinto. segundo 'as . visto que o Senhor abençoaria os celeiros. Henrique.de cipe.

Curou um cavaleiro gue desde muito tempo havia perdido um dos olhos por ferimento. depois. caiu em 6 de fevereiro." A pobre mãe voltou-se para o bispo. na Normandia. eu vejo! Vejo os homens e tudo o que está aqui. Fê-la aproxiÍnâr-se. minha mãe. na floresta de Lions. o santo âÍc?bispo ali oficiou e deu as cinzas aos dois reis.azia sàriamente. os dois reis dirigiram-se ao mosteiro de Mortemer. da ordem dos cistercienses. O mênino começou a ver e a olhar para a moeda gue segurava. disse-lhe. e se Derguntavam se o f. perguntou-lhe o que queria. viu uma pobre mulher gue f. bem como para os homens^ De súbito. Pegando os cabelos do menino e acariciando-os com bondade.com . que. cego desde os sete. como se fôsse um altar. e. no qual adorava o poder de Deus. "Senhor. f. orou algum tempo. pôs-se de joelhos. pôs-se de joelhos diante do menino. beijou-lhe a cabeça e os olhos. na abadia de Lierre e ãm Haute- http://www. orando ardentemente. O rei de França deteve-se em examinar o milagre. gritou: "Eu vejo. Os dois reis e os outros o olhavam. entre outros o seguinte: Um dia em que tratava familiarmente da paz com os dois reis e o conde de Flandres. molhando os dedos de saliva. Na quarta-f eira de Cinzas.obrascatolicas. e pôs-lhe nas mãos a oferenda. nesse ano de 1174. e havendo reconhecido a verdade.VIDAS DOS SANTOS L79 O santo prelado muitos milagres operou desde a chegada. gue eu veja!" O santo colccou-lhe na mão uma moeda.azia esforços paÍa chegar até êle e que os oficiais do rei repeliam. outros milagres ainda operou em Gisors. com o filho de doze anos. estendeu as mãos e levantou os olhos para o céu.Az-lhe o sinal da cruz sôbre os olhos e sôbre a cabeça.

com . Ali morreu no dia da Exaltação da Santa Cruz. caiu doente. Ao regressar. http://www. e foi obrigado a abrigar-se no mosteiro de Bellevaux.obrascatolicas.PADRE ROHRBACHER Bruyêre. na diocese de Besançon. Havia vivido setenta e três anos. 8 I maü. de acôrdo com ordens do papa. arcebispo de Besançon. Sua biografia foi elaborada. A Igreia honra-lhe a memória no dia 8 de maio. Mas foi sômente êsse o fruto de sua viagem e não teve êxito na negociação de que o papa o havia incumbido. testemunha ocular ( 1 ). por Evrad. **i (1) Acta SS. pelo abade Gofredo de Haute-Combe. em 14 de setembro do mesmo ano de 1174. e foi enterrado no terceiro dia.. acompanhado de muitos abades. ocupou durante trinta e três anos a sede de Tarantaise.

perto dum bosquezinho onde. erigiu-se uma igreja."r. santo Ambrósio. "rprlhou Tudo em vão. na África.com . mais iarde. Declarando-se servo de ôristo. f. foi decapitado (ano 303). foram obrados à Seira do túmulo do santo mártir. que se lhe por todo o corpo. qu"rdo do imperador Maximiano. e piedosamente sepultado pelos cristãos.sÃo vÍToR. mas o santo. foi obrigado.*"contas sôbre a fé. o MOURO (*) Mártir Vítor. "-§ao S"g-und9 Gregório de Tours. onde fôra chamado. . era soldado em Milão.. cristão desde a infância. a pr"r. ++x http://www. firmemente.obrascatolicas. r o.. o culto espalhou-se por tôda a região miranesa. muitos milagres . daí o cognome de Mouro. escritos . obrigara. sustentou a palavra.ara de sáo tít* como um dos principais padroeiros da sua diocese. natural da Mauritânia. nos tribunais. a apostatar. colocandc-o ao lado-de são Nabor Félix. sendo torturado com bastonadas e com o suplício do chumbo derretido.

A 27 de Íevereiro de 610..oru conc"tJão de privilégios parao mosteiro sáo Pedro e são Paulo de Douvres.'M"lito. no qual se tratou bispo do vida e do . os então. filhoãe ]oão. Destarte. Pôs-se um têrmo aos costumes celtas' IvIelito. http://www.ugruao 'a 15 âe setembro do mesmo ano' sucedendo a Bonifácio Iii. reuniu em Roma um da sínodo dos bispos da Itália. . Eleito papa em 607. levou os decretos do sínodo. ministério "raí de lígar e desligat.OUr. o estado da Igreja da Inglaterra.de mais de dez meses.sÁo BONIFÁCIO IV (*) Papa e Confessor II II Bonifácio IV nasceu em valário.obrascatolicas. de volta para a Inglaterra. médico. o fundador."didos em memória de Agostinho. d"poir dum intervalo . e ãorr.a gue fôssàm empregados na. gue se podia eléuar a d-ig:lidade sacerdo:tal gue e necessárias. tendo professado a vida monástica em Sao Sebastião de I oma' . no dia 23 de agôsto' [9i . deu motivo a gue se discorresse . Decretou-se.pouro dos monges' A presença de Lotdr"r.com . nos AbÍuzzos. monges gue tiuessem as gualidades impediri.

para de cantorbéry. Bonifácio IV foi um pontífice zeroso e piedoso.obrascatolicas. Falecido em 615. arcebispo . outra o rei Atherberto.com .VIDAS DOS SANTOS três cartas do papa 183 urlã para Lourenço. I *ix http://www. o santo papa foi encerrado na antiga basíhcá de são p"dro. sob o poder persa.' meses depois da queda de ferusalém. todo inclinado para a manutenção da disciprina.' debaixo do altar do apóstolo São Tomé. e uma terceira paÍa a nação inglêsa.

ador Constantino Pogonato' BentolltrabalhoudesmedidamentepelaCoomuito curto' versão dos heréticos' O pontif ic?do' imensidade de dez meses apenas.com . doce' paciente' todo dado à Uoã. sucedeu a Leáo II' sendo entronizado o costume sômente no ano seguinte.u. ouais votava mortificação.ou. sendo desmesurado amor.obrascatolicas.u. devia . enterrado em Sao Pedro do Vaticano' *** C http://www. foi "ota'"I pela 'Éu-ild". Bento iI faleceu ". Bento estêve a serviço da Igreja primeira iuventude' Piedcsíssimo.muitoaplicadoaoestudodasanta ao sâEscritura e do canto ecleóiástico. entregue aos p-obres' aos oss.. trabalhando sob os papas Agatão Em 683.sÃo BENTO II (*) PaPa e Confessor a desde Romano.. porque' s-egundo esp€fâf-se a confirmação do impe- áá Jpo. Íoi elevado II' Leão e cerdócio.

sérgio I conferiu-lhe a ccnsagração episcopã. onde nasceu em princípíos do século vII.obrascatolicas. cujas dioceses ã"-u"i"siadamente extensas. Wi_ron. Aos discípulos que afluíam .ru p"regrirra- ção.com . entre os http://www. também chamado Guiron. Levando vida penitente. despojava-se da aUtpridade e. paÍa ficar vivendo sob sua direção. o santo trabalhou com zêlo ímpar na coÍrversão das almas. eri§iu uma igrejinha. depois de ter feito uma peregrinação a Roma. que colocou sob a invocação de Nossa Slrúo.sÃo wrRoN (*) Bispo e Confessor Wiron. para uma vida calma. Cutberto e Colomba. que era natural da Escócia. foi edificando pequeninas celas e assim surgiu o mosteiro de São Pedro. que ilustraram as ilhas britânicas. Pelo início de cada quaresma. Graças à liberalidade de Pepino de Heristal. longe uma légua de Ruremonde. tomou por modclo de vida os sántos Patrício. quando em Roma São Wiron fjzeri a. Assistindo os bispos. ao monte chamado de Santa Odila. onde foi apresentado ao papa sergio I: pôde retirâr-se. recolhia-se ao mosteiro.u..

PADRE ROHR. era o primeiro em austeridades. http://www.BACH ER penitentes.izera construir em honra do divino Salvador e de Maria S'antíssima. foi enterrado na igreja gue f. São Wiron é padroeiro de Ruremonde.obrascatolicas.com . Falecido em 700. em tôdas as mortificações.

então.obrascatolicas. apareceu ao bispo. rando-lh" quã a caverna em que se ocultara decla_ o touro http://www.APARrÇÃo DE SÃO MTGUEL (*) Arcanjo Ano 492 São Miguel.com I .

se principio r'a celébraçáo de ofícios e úr"r". -niocleciano e de Maximiano.idu. Conta-se 9ue .obrascatolicas. foi denunciado áã como cristáo Pelo tribuno Bibiano. Sucessor de Sáo )usto' Século IV' de Em Au xeÍre. São Dionísio' !1spo e co'ÍIÍessor. O bispo. Em Verona.Proteção. o . Santo Acato centurião e mártir.matasse' fundarebelião. com todo o clero. Santo Heladio' bispo' sucessor São Valeriano. o ir penitência como dor dos camaldulos. sofreu. Durante a perseguição ou Acácio. impôs-lhe Monte no descalço atê o santuário. onde é conservado com grande honra' Ano 303. São Metrono. corpo Íoi levado. guando o imperador Otão III' por faltando com a palavra. Romualdo. admirado.roá". mirac Calábria. ordenou gue se.com . França.de Sã9 Miqlet Gargano."r-áár Ct"tcêncio. Santo Aureliano' bispo' sêculo ou III.orrtrando-a o erguimento do temPlo. em honra de todos os anjos. e gue Deus desejava gue Íôsse consagrada ao seu . Em Viena. procuro-u jâ disposta em forma de a caverna. Sêculo IV' I Em Limoges. o gue se deu no ano de L002' No mesmo dia. em Constantinopla.-Tálvez de origem grega.PADRE ROHRBACH ER 188 jazia sôbre sua. confessor'asépoga relídesconh". teve http://www. iogo"r. effi Perint pitado enBizãncio Por sen(e .

o bem-aventurado ]oão de Chalon. e _um filho. Faleceu em 652. provou a inocência com um milagre. e mais três irmãs. O corpo foi conservado na igreja de Santo Llrsino. confessor. Gertrudes e Pgqgr. Franche.nfessor. ern 543. bispo e co. a importante abadia de Nivelle. Conta-se dele que. Pro.mptia e Prossena. São Gibriano. Na diccese de Reims. Teve duas filhas. Na diocese de Autun.s regulamentos sôbre a disciplina eclesiástica. Na diocese de Bourges. e era irmão do mártir Deodato. sendo enterrada na basílica da abadia. câsou-se com Pepino de Landen. Nasceu nas proximidades de Soissons. Terceiro bispo de Chalon-sur-Saone. Abrano e Petrano. Fez quatro peregrinações a São http://www. f. o bem-aventurado Amado Ronconi. Germano. Iduberga fundou. falecido no ano de 475. confessor natural da Irlanda. Faleceu em 515.obrascatolicas. no dia 7 de m'aio. com o concurso do espôso. Grimoldo.VIDAS DOS SANTOS 189 quias exumadas em 1658. quais sejam. a saber: Tresano.2-se religiosa beneditina. perto do altar de São Pedro. que sucedeu ao pai. Faleceu em 550. Na Itália. São Desidério. Em Nivelle.com . Partiu para o continente com seis irmãos. quando se deram â condenação dos erros de Nestório e de Eutíquio e os sábio. Verano. nascido em honrada família de Saludécio.ê. acusado dum crime execrável. Santa Iduberga ou Itta. nas proximidades de Rimini. viúva em 647 . na Belgica. Sucessor de Santo Arcádio. viúva. bispo e confessor. Em Verona festejam-no no dia I I do mesmo mês. assistiu ao quinto concílio de Auvergne. Helarro. Filha dum conde da Aquitânia. cu Desiderato. Em 549.

1776. foi deposto em 1059. rei da Austrásia. Em Einsiedeln.nfessor. A festa celebra-se em Salisbury no dia 8 de maio. Foi religioso beneditino naquela cidade."ú ali faleceu em 1266. Pio VI. em Skapwith. sua irmã. Faleceu em 653. o bem-aventurado Seher. fundou no Luiem6urgo um mosteiro. confessor.obrascatolicas. em " o culto. A festa á no dia 8 em Einsiedeln. São Godon. Falecido em ll27 . aproYou-lhe Em Metz. Santo Indrato e Santa Dominica. Fundou um hospital na tena em que nas. sucessor de São Goeric. bispo e co. Fundador e primeiro abade de Chaumouzey. onde faleceu no día 7 de maio de 1070. abade e confessor. *** http://www. o bem-aventurado Frederico. Caluniado sem piedade por três monges. Viveram na solidão e na oração.com . As relíquias foram transferidas para Glastonbury pelo rei Ina. retirando-ie Pg9 EbeÃberg. mártires. Na Ingl aterua. Foi devido a solicitação do santo bispo que Sigeberto. que se tornou famoso. Mortos por ladrões em 7lO. que estava incumbido de rástaurar. depois abade de Hirschau. Na Lorena. dã nobre família irlandesa.190 PADRE ROHRBACH ER Tiago de Compostela.

Santa Gorgônia. consagrou-o novamente. a conversão do espôso. pelo ano 316. como o pai. Quando Deus lhe deu um filho. havia pedido a Deus um filho e lho havia consagrado antecipadamente. Seu respeito nas igrejas era tamanho que não sômente ali guardava silêncio. não era prôpriamente idólatra. Santa Nona.com . Sua c'aridade para com os pobres era ilimitada.obrascatolicas.N DIA DE MAIO SÃO GREGÓRIO NAZIANZENO Nasceu.9. pedia a Deus. assim chamados porque f. na peguena cidade de Nazianzo.aziam profissão em adorar a Deus altíssimo. corr preces. em grego Hypsistos. de mãe cristã e pai ainda pagão. Foi chamado Gregório. eÍtrpenhou-se nisso com maior zêlo ainda. o pai. jejuns e lágrimas. A piedosa mãe educou pessoalmente os filhos e os ensinou a ler nos livros santos. quando viu que fô. Ela teve um segundo filho. capital da Capadócia. uma filha. não longe de Cesarêia. teria dado a si mesma.a atendida. mas da seita dos hipsistários. Gregório. Desde gue se tornou máe. como também tinha escrúpulo de cuspir sôbre o pavimento e virar as costas ao altar. Sua mãe. Deu-lhes o exemplo de tôdas as virtudes. São Cesário. Se lhe fôsse permitido. ao gue se misturavam muitas observâncias legais dos http://www.

Nessa idade onde as noções de vício e virtude começam a desenvolver-se na alma. II. que se puseram a abraçá-lo com ternura como ao filho. http://www. mas com as pessoas que haviam consagrado a Deus a puÍeza de seus corpos (1) Âcta SS. à noite.192 PADRE ROHRBÀCH ER judeus. finalmente. duma modéstia e 'ao mesmo tempo de uma majestade sôbrehumanas. o elegeram bispo de Nazianzo. Àlberico. Tinha.obrascatolicas. perguntou-lhes quem eram e de onde vinham. como a espôsa. isto ê. viveu ainda quarenta e cinco. vestidas de branco. guase um sráculo ao todo. entáo. perto de cingüenta e cinco anos. que assistiam ao trono do rei |esus. o jovem Gtegório recebeu graças particulares do alto. Tais são as datas que resultam necessàriamente dos pormencres que Gregório. Com a piedosa educação de sua mãe. em 325. Rendeu-se êle. t. um sonho. e se deleitavam na beleza das virgens celestes. quatro anos após. Concitaram-no a unir sua alma à delas. o f ilho. bispo de Cesaréia. das mãos de São Leôncio. Vida de S. Como iâ anfes do batismo praticasse muitas virtudes mcrais. Responderam que se ctramavam respectivamente Castidade e Temperança. f. de Naz.. 9 maio. que. t. Em transportes de alegria. e recebeu o batismo. Greg.êz tamanhos pÍogressos nas virtudes cristãs. que passava por Nazianzo para dirigir-se ao concílio de Nicéia. Seu pÍazeÍ não residia nas folganças da juventude. Após o que se elevaram aos céus. a fim de o poderem transportar um dia para os céus e colocá-lo nos esplendores da eterna Trindade. A visão encheu-o de ardente amor pela pureza virginal. teve. Godescard. III.. Viu ao seu lado duas virgens. maii. nos fornece sôbre a sua vida e a de seus pais ( 1 ).com . Ibid.

Go. http://www. Ccm um corpo puro. Se amou. nos seus poemas. dirigiu-se a Cesaiéia. se cultivou as letras profanas. nos ensina essas pàÍticularidades de sua infância. e a seu irmão Cesário.stava dos livros. não era senão para melhor servir as letras sagradas.obrascatolicas. Quando aprendeu tudo o gue lhe eÍa possível aprender na terra natal. amava os sábios.VIDAS DOS SANTOS 193 e de suas almas. mas os livros e os sábios que falavam de Deus. Êle mesmo. na Palestina. er Alexandria. havia recebido uma inteligência insaçiável.com .

PADRE ROHR. o célebre DioÍante.".:' "Jr #" o1" ã::" ã?i. e não fregüentavam senão os companheiros mais castos e Serenos. à poesia. tanto se f-êz admirar. Permaneceram juntos. seu amigo foi a chãgada de jâ anteriormente. aos espetáculos e aos diverti- mentos profanos. À retórica. necessário para não ser inferior aos mais hábeis. Era nisso que f. à filosofia. âo rei da elo- .elizmente a Atenas. Basílio ajuntou o estudo da geo'metria e da astronomia. a que conduzia à igreja e aos doutôres que ali ensinavam a Íê. que_ Constâncio nomeou prefeito do pretório.e em Cristo. que o senado lhe erigiu uma estátua com esta inscriiaor "Roma. e chegaram Í.. a rainha do universo. Gregório fala dessa cidade com entusiasmo. inventor da ' o'il]t.com . Viam-se ali ainda os mestres mais ilustres. a outra. Primeiros na piedade. com êle estavam no mesmo navio abraçaram com muita piedade a f.aziam consistir tôda a glória. à dialética. "? por Roma. mas então a amizade se tornou íntima. Duas ruas sÔmente lhes eram conhecidas na cidade. Deixavam aos outros as ruas pelas quais se ia ao teatro. não o foram menos nas ciências e nas letraô. Por causa das moléstias gue lhe ocâhttp://www. . que Corduzia às escolas públicas e aos mestres gue ensinavam as coisas divinas. comiam à mesma mesa. quencra . seu único obf etivo era serem ãhu-udós e serem efetivamente cristãos. A santificação constituía sua grande pt"ocrrpação. O que levou ao auge a felicidade de Gregório Conheciam-se Basílio. entre os quais o orador Anatólio.BAC t94 H ER.obrascatolicas.

http://www.com . ao menos no que ela tem de mais filosófico. pescoço taurino. falava-se da maravilhosa {rpl? de amigos. largas espáduas.obrascatolicas. mas ainda as santas Escrituras. Gregório e Basílio. o olhar furioso. Os pés não eram firmes e o andar inseguro.VIDAS DOS SANTOS 195 sionou a vida austera e mortificada. o nariz desdenhoso e insolent ?. que por tôda parte onde se falava de Atenas e de seus mestres hábeis. o labio inferior pendente. sem motivo. com respeito à histOria natural. Basílio e Gregório. Tantas ciências e virtudes despertaram admiração a tal ponto. Era de estatura mediana. 14 junÍí. mas esbugalhados e irrequietos. descobriram êles o desregramento de seu espírito. estudou tambrám medicina. Fazia trejeitos ridículos e sinais com a cabeça. o conhecimento dos homens. a barba hirsuta e pontiaguda.eqüentemente. quem ler seus escritos sôbre a criaçãor Íeconhecerá sem dificuldade que alimentava. à bôca grande. Os olhos eram vivos. arrastavâ-se no falar e respirava irregularmente. que nada tinham de firme nem de metódico. ao vê-lo: "Que peste alimenta o (1) Ver acta SS. Íazia perguntas impertinentes e dava respostas embaraçadas. não somente as letras profanas. bem como a cabeça. ( I ) A tantos conhecimentos preciosos. idéias mais justas e possuía conhecimentos mais amplos do que Aristóteles. acrescentaram outro muito necessário. gue erguia e encolhia f:. pela sua fisionomia e todo o seu exterior. com que houve por bem ocupar-se e contrafazer. ria sem compostura e com grandes gargalhadas. Quando ]uliano veio para a mesma cidade e estudou com êles. Enfim. Gregório dizia.

XXXII.çuru--rro a aceitar uma cadeira de eloqüência. no seu recolhimento do Ponto e da Capadocia. Naz. -A uma aliança ilustre e a dignidade seu pedido. Entretanto. Não foi por muito tempo. que os magistrados de Constantinopla. Chegcu a pê a Constantinopla.E R. Gregório soube persuadir o irmão a voltar com êle para sua terra natal.OHR. http://www.com .PADR. chegou um momento penoso' Apo' trinta anos de estudos. conjurando-os a que ficassem.êja em pessoa. que. outr. lhe ofereceram um tratamento vantajoso. porque pouco depois se ocultou sem ruído_ para ir encontrar-Se com o âmigo na Capadócia.as jocosas."ao mesmo tempo em_ que sgu irmão ali desembarcurra. Orat. algumas eram sérias. Os dois amigos Gregório e Basílio visitaval. . mas fo. o imperador Constâncio de senador.-se. vindo d a Aiexandria. Basílio desenvolí"r'tão áloqüentemente os motivos que os levavam de volta à ruá pâfiia. deu-lhe a carta de cidadão e o nomeou seu primeiro médico. para o reter na cidade. e CorSâgrar-lhe as primícias de sua arte. seja por cartas. a contragosto o deixaram partir. porque seu grande gênio e sua austera santidade não os impediam de ter espírito alegre e agradável. Cesário tinha iâ tal reputação. Basílio e Gregório iam deixar Atenas e separaf-se. TOda a cidade estava emocionada.obrascatolicas. havendo Basílio Íelto uma po-poJ" descrição das belezas de seu (1) Greg. Profãssôres e alunos rodeavam os dois amigos.BACHER 196 império romano! Deus queira que eu seja um falso profeta (1)!" Afinai. Destas cartas. Tais eram os ãstudos e os costumes dos que chamamos os Padres da Igreja. Assim.

não digo se ao céu ou ao inferno. o gue no meio está. êste em guatro rios as suas águas divide e irriga tôda a terra. e sua morada que vale um exílio. e esta coroa de montes escârpados pela gual estás. faço votos gge seja ao céu. Gregório lhe responde: Vejo bem porque de mim escarneces. por baixo das moitas de espinhos. onde não ha tremedais. ruge um rio gue cascalhos. suas névoas. mas encerrado. como aquêles que obstruem os rios para mudar-lhes o curso.com . crescem cardos e espinhos. abrem-se precipícíos. depois. tu. Dizem que existem mortais condenados a uma noite de seis meses. e êste ar gue respiras com moderação e êste sol pelo gual não podes senão suspirar.. mentindo. comparada com a cela de seu amigo. onde o viajor. 'ou bem. admirarei o teu país do Ponto..ar.obrascatolicas.r". verdadeira sombra da morte. É para atrair-me para junto de ti. e os arrimais ferozes que põem a prova tua tranqüilidade.VIDAS DOS §ANfOS 197 retiro. B â solidão que está aos pés. sob pena de escorreg. Pois bem. Louvarei igualmente esta vereda es-treita e rude gue con duz. êste deserto sáfaro e sem ágr. é for[ado a constante atenção. e os tufos de silvas selvagens. gue sómente outro Moisés lograria abrandar. Íazendo brotar água do rochedo? Éorq.rola em lugar http://www. pântanos se estendem e fluem correntes. para Íalar com a Sagrada Escritura. diria: êste Eden regato gue -. ou a caverna de ratos a gue concedes os belos nomes de ginásio. não coroado. acima dos precipícios um caminho escarpado sêrperrteia. paÍa não dar um passo em falso. o"J" não existem rochas. gue não te ilumina senão por uma chaminé. Embaixo. e os rochedos que te pendem sôbre a cabeÇâ. mosteiro e escola. momento algum há em que não estejas mergulhado na sombrai tua vida inteira é uma longa noite.

de humano não têm senão o não ârrebatar a tua habitação. se de houl nos guero dizer tua mãe. guando as torrentes e as borrascas lhe despertam a fúria..orrrã pobres náufragos ?o banquete de Aláinoo. como os ch a[ os pedaços 'cimento. epist. "rit" -Na verdade. arrastávamos com a cabeça e as mãos.rá p"ecipício? -nut o Í'ará. o vinhateiro.. VIII. VII. tão turvo que de suas'águas beber não se pode. e esta enorme carroça gue eu. mas êle te atordoa noite e dia. Tão rude ê.fi7?r.obrascatolicas. gue atravessá-lo é impossível. VI. gue nos deixou marcas. não á"pr"su destas calamidades. porgue é grande e aterrador. e tu. Eis o que penso de tuas ilhas afortunadas e de seus felizes habitantes. e encobre com seu rugido o canto dos salmos que se entoam nas alturas: as cataratas perto não estão. Como Passar em silêncio êstes pretensos jardins sem legumes. Cantarei agora com Homero as riguezas internas do palácio? Esta choupana s átrio sem fogo nem fumaça. . http://www.ot do número dos mortos. já de há muito sería." (1 ) (1) Greg. eo lugar de espiaiar-se erl lago. não no-lo terão Íeito as co sas mesmas. como outrora Éércules das cavalariças de Augias. quanto mais ca não te penálrru. que se arroja em abismos. êstes pedaços de adúbos com gue os cobrimos. como antigamente_ Xerxes. desta o sôpa. se o .PADRE ROHRBACHER. o esgarnecedor. 198 de peixes. não para li_gar os dois rios áo Helesponto. Porgue me lembro sempre dêste páo. festins para os guais fomos Capadácia.com . mas paÍa Se a recordação destas coisas encher . retirando-os da casa. Naz.

vale dizer tua excelência. êste plátano maravilhoso que eu plantei. a fim de que permanecesse contigo um monumento de nosso amor ao trabalho. como se acredita encontrar-se na atca a vaÍa de Aarão. quem me restituirá os trabalhos sucessivos do dia. Quem me restituirá os cantos dos salmos e as noites passadas nas vigílias. Gregório disse em outra: "O gue te escrevi anteriormente sôbre a estadia no Ponto eÍa para galhofar. facil desejar. como sombra no declinar http://www.obrascatolicas. sob o qual costumava assentar-se. ou minhas delícias de sofrer contigo. não como um rei mergulhado em delícias. e a unanimidade dos irmãos educados acima da natureza como que deificados por ti! Quem me f.com . para que não se esvaeça pouco a pouÇo. é sério e muito sério. que floriu. de carregar lenha. plantar árvores e irrigá-las! Quem me fará rever o plátano mais precioso do que o plátano de Xerxes. que Apolo. o gue vos escrevo nesta hora. conservâ-o com tuas preces. e as peregrinações para Deus pelas orações. Quem me restituirá os dias de antanho. Eis o que me ê. para falar de coisas menos sublimes e menos importantes. de talhar pedras.VIDAS DOS SANTOS 199 Depois de se mostrar assim jocoso em duas ou três cartas. quando uma aflição voluntária arrasta paÍa um pÍazeÍ que se experimenta mesmo contra a vontade. mas um monge extenuado de fadiga. Aluda-me a inspirar-me e a implantar em mim a virtude: o fruto que colhemos outrora. e a vida guase imaterial e incorporal e a concórdia. mas não obter.arâ rever a emulação pela virtude. gue assegüramos por leis e regras escritas! Quem me restituirá os estudos dos divinos oráculos e a htz que ali se vislumbra sob a operação do Espírito Santo! Ou. mas a que Deus deu o crescimento para nossa glória. irrigou.

em presença de testemunhas. XVII. Quanto à mãe. X. O pai se entristecia tanto. irmão de Gregório. e afirmou perante todos que era cristão e que o seria sempre. Naz. que conhecia sua família e particularmente o irmão Gregório. Vendo-o assim decidido a partir. Para mim. Seu pai havia-o ordenado sacerdote contra a sua vontade no dia de Natal de 361 . Orat. e não vivo quando não estou contigo. iX. pois não tardaria que se visse na contingência de optar entre o cargo de primeiro médico e o cristianismo. Com efeito. Cesário. Os cristãos de Nazianzo murmuravam ao ver o f ilho do bispo numa côrte cheia de ídolos e na comitiva de um imperador apóstata.azia-lhe os sofismas mais capciosos como brinquedcs de criança. e abandonavam a solidão. Os dois amigos Basílio e Gregório não perÍrâneciam sempre juntos nem no retiro. . |uliano. gritou com admiração e despeito: "Feliz pai! Infelizes filhosl" (2) . seja em imaginação (1)". Quando um bem maior ou um dever mais premente os chamava. 200 do dia. respiro-te mais do que respiro o àÍ. mas Cesário desf. Gregório escÍeveu ao irmão uma carta comovente. coniurando-o a voltar à antiga situação. paÍa não pen alizâ-la. epist. teve com êle. deixavam-se. Nos primeiros dias do ano de 362.obrascatolicas. http://www. Basílio viu chegar o amigo Gregório. Epist. que a vida lhe parecia insuportável. e o povo de Naz ianzo conspirara para tanto (1) Q) Greg. seja em realidade.com . em que empregou todos os artifícios de sua eloqüência. tudo the era ocultado com cuidado . permanecera na côrte como primeiro médico. uma disputa em forma. ]uliano tudo Íez para conquistâ-lo.PADRE ROHRBACHER. vergado de tristeza.

que tinha mais de noventa anos. pregou no dia de Páscoa um sermão. Gregório pronunciou coÍr- http://www. um do outro. conquanto não fôsse êste absolutamente o nosso desejo. nas planícies da Babilônia. o Apostata. no retiro.VIDAS DOS SANTOS 201 com o pai. que sempre fomos afeiçoados à filosofia mais humilde e mais modesta. nos quais explica elo- caímos ambos na mesma armadilha? Enfim nos forçaram a tornar-nos sacerdotes. Porqre se jamais houve testemunhas dignas de f.com . f.obrascatolicas. nós rã-o. Algum tempo depois. E talvez tenha sido mais vantajoso para nos que não nos fizessem o que f. seguido de dois ou três outros.izeram-no regressar a Nazianzo. Fugiu para junto do amigo. Mas desde Morto Juliano.izeram: ao menos não ousaria dizer outra coisa até onde conheça as vistas do Espírito sôbre nós. e seu pai. de morte funesta. e o povo junt_ando as súplicas às do pai. para ali encontrar consôlo à dor. não cessando de conjurá-lo para que não o abandcnasse na velhice. havia-se-lhe amainado a dor.'ê.

aÍinal. Decidiu-se. Gregório perdeu Cesário. a extràYàgância do paganismo. e concluiu com um conselho aos fiéis: não se prevalecerem da época paÍa vingarse dos pagãos. vosso filho. Cesário foi quase um dos únicos homens que se salvou.obrascatolicas. e exortava-o a demitir-se. recompensa total de seus sofrimentos. em uma palavra. se possível fôr. onde morava. cujos caprichos havia predito em Atenas. Se algum dos vossos sofreu. que mais animosidade contra êle têm . mas vencê-los pela doçura.azê-los sofrer o que f.izeram a nós. e Gorgônia. Não pensemos em confiscar-lhes os bens. e deixá-los reconhecer. disse. vosso amigo. São Gregório. nem em arrastá-los aos tribunais para serem banidos e açoitados com varas. seu irmão. Contentemo-ÍIOS de ver o povo gritar püblicamente contra nossos perseguidores nas praças e nos teatros. Cesário havia sido gloriosamente chamado à côrte por |oviano. f. mais humanos com o nosso exemplo. de onde não se retirou senão por milagre com ferimentos leves. Resolveu dedicar-se inteiranÇnte a Deus. mas perdeu parte dos bens. em 1 1 de outubro de 368. e ficou embaraçado sob as ruínas. sua fumá que a Igreia enumera paralelamente entre os santos. Íe' serve o julgamento a Deus. afligia-se ao vê-lo embaraçado com af.azeres temporais. vosso parente. que os seus deuses os enganaram. mas Ílor- http://www. "Aguêles. e Valente o havia nomeado questor e tesoureiro da Bitínia.com . apontu a injustiça de sua perseguiçáo. vosso pai. o absurdo de sua emprêsa de extinguir a religião cristã. deixai a Deus a." Em 370. bem longe de rcgoziiaÍ-se. nem. Ali traça o perfil do apóstata.PADRE ROHRBACHER 202 tra êle dois discursos em Nazianzo. com o tremor de terra que destruiu a cidade de Nicéia. Tornemo-los.

VIDAS DOS SANTOS 203 reu pouco tempo depois. o Apóstata. morreu algum tempo depois. favoreceu os arianos e perseguiu os católicos até sua morte. na Capadócia. porque jamais governare a igreja de Sasimas. a apresentou como modêlo de perfeição cristã para as mulheres casadas. Era bispo.virtudes. Entretanto.ez-lhe a oração fúnebre. o imperador |oviano.ilhos e os netos receber a mesma graça. deu-lhes oportuni. mas Gregório jamais conseguiu tomar posse.obrascatolicas. e o pegueno número de católicos gue ali permanecia encontrâvâ-se sem pastor e sem templo. onde descrevendo as . em presença do pai e da mãe.ê. f. Santa Gorgônia. em 378. dade para respirar. os f. Desde guarenta anos gemia sob a tirania dos arianos. não tendo mulher nem filhos. e voltou a Nazianzo onde ajudou o velho pai.com . mas sem bispado. São Gregóri o f.êz eleger o amigo Gregório para o novo bispado de Sasimas. Após a morte de ]uliano. De tôdas as igrejas do Oriente. ã guanto http://www. doutrina e eloqüência haviamlhe conquistado grande reputação. A morte de Valente. paÍa a gual havia sido indicado. a ascensão ao trono de Teodósio. antes de morrer. o imperador Valente.2lhe tambem a oração fúnebre. . e São Gregóri o f. bom catolico. e deixou. São Basílio. Sua virtude. tivera a consolação de ver o marido. gue morreu no ano de 373. ela não fôra batizada senão no Íim de sua vida.os bens aos pobres. gue o substituía no Oriente. sua irmã. não governou muito. arcebispo de Cesaréia. Os tempos eram difíceis. contudo. na mesma província.tendo antes recebido o batisffio. a de Constantinopla se âpresentava em estado mais lastimável. Ninguém parecia mais indicado para reconstruir a igreja extinta do gue Gregório de Nazianzo.

não a governara senão como estrangeiro. mal vestido. o mais tardar. Sua relutância foi tamanha. afiáal.longínguo. nem das pessoas do sêculo. os bispos acederam ao deseio. Era pobre. Pedro de Alexandria escreveu-lhe uma carta por intermédio da qual o estabeleceu bispo -de Consiantinopla. o falar tinha algo de-rude e estranho. malgrado a fraqueza do corpo extenuado pela velhice. Acedeu. que todos se queixavam. enfim. o rosto enrugado pelas lágrimas e austeridãdes. a cabeça calva. e com dificuldade o reconheciam no lugar á" nascimento. Havia-a mesmo deixado seis anos antes.ástias.E ROHRBACH ER à de Nazianzo. Foi. ousou atacar a heresia triunfante depois de tanto tempo na capital do impé- http://www. Seu exterior não se mostrava adequado para merecer o respeito dos heréticos.obrascatolicas. em 379 gue veio a ConstantinoPla. pelas austeridades e pelas mol. e lhe enviou as insígnias da dignidade. e falava-se de um concílio que deveria reahzar-se em Constantinopla para tratar da heresia de Apolinário. acusavaÍl-Ílo por descurar dos interêsses da Igreja. ãnde vivia separado de tudo e gozava das áoçr. Os católicos de Constantinopla desejaram. O corpo estava vergado pela velhice. Todavia. e vivía na sclidão do mosteiro de Santa Tecla. CensuravâÍlno por haver deixado Nazianzo. esperando que recebesse um bispo. sem dinheiro.aziam-no ver como ela estava ameaçada de novos atagues. Gregorio sentiu dificuldade em deixar a solidáo querida. que tomasse conta de sua igreia abandonada. Saía de um país.204 PADII. Í.com . os melhores amigos com êle instaram. e treu não poder empregar melhor a vida do que trabalhando para a Igreia. oâ Selêucida.ur da contemplação celeste. então.

http://www. os arianos. insuflados pelo bispo Demófilo.poral. foi mal recebido. e esta filosofia simples e sincera atraiu. e recusou a'oferta de várias pessoas que lhe ofereciam as casas. e. e não solicitou gontra êles a ação dos magistrados. Também. A êsses ultrajes não opôs senão a paciência. não disputou aos heréticos a posse de igrejur á bens que lhes pertenciam. para Gregório.azia visitas. Para ali pregar com proveito. ?e. Todos os herêticos se coniugaram contra Gregório e o cumularam de calúnias. foi acolhido por pârertes que ali tinha. afinal. Sua vida era tão frugal que não constituía pêso aos hospedeiros.obrascatolicas. meditando e entretendo-se com Deus. e dos quais se haviám apoderado ãm detrimento dos católicos. Conquanto pudesse valer-se do pode. Chegando a Constantinopla. permanecia a maior parte do tempo no alojamento. Passaram até à violência: perseguiramno a pedradas.com . no que comem os animais ferozes e os pássaros.VIDAS DOS SANTOS 20b rio. não se podia llvar vida por demais séria. como diz ele. sua alimentação consistia. Não f. das quais não recebeu ferimentos graves. ignorando absolutamente a Íé da Igreja. não toleravam que lhes declarasse guerra. Esta 'conduta era necessária e Constantinopla. contente de poder participar dos sofrimentos de )esus Cristo. imaginaram que vinha ensinar a existência de vários deuses. dos quais Deus o livrou gloriosamente. e arrastaram-no diante dos tribunais dos prefeitos. onde a vida pouco edificante dos eclesiásticos atraia zombarias sôbre a religião. a princípio. Não se irritou com o desprêzo com gue recebiam os editos. Pouco saía: não o viam nas praças públicas nem nos lugares mais deliciosos da grande cidade. â afeição do povo.

obrascatolicas.206 PADRE R.com . Símbolo da Trindade.OHRBACHER. Segundo uma miniatura do século XIV' http://www.

VIDAS DOS SANTOS 207 Começou a org anizar assembléias nas casas dos parentes. A matéria reduzia-se à defása da fe e à refutação dos erros. vale dizer ressurreição. Granjeou em breve a admiração de todos por seu profundo conhecimento das sagradas Escrituias. mortificar os sentidos. Interrompiam-no freqüentemente . reprimir a . e os próprios_pagãos. os que o haviam feito vir. pcrque os arianos haviam tirado aos catolicos tôdas as igrejas. dar esÃolas.-se as balaustradas que rodeavam o santuário onde pregava. favoreciam-no como se obra sua fôsse. Mas não se detinha nisto de modo a não se aplicar também na fonnação dos costumes dos fiei s. batendo palmas ou soltando exclarnações em seu louvor. queriam pelo menos gozar do prazer de sua eloqüência. paÍa upluudir. exercer a hospitalidade. f azt ndo-os ver que o meio de conseguir a salvação não era falar das coisas da religião em todos os tempos e em todos os lugares. ocupârse do canto dos salmos. Os heréticos de tôdas as seitas. e não lhes davam a liberdade de reunir-s" gar'ulgu*. à medida que êle os pronunciava.iusto e pronto. assistir aos doentes.obrascatolicas. facilidade incrível de explicar-se. Esta casa tornou-se depois uma igreja célóre. por haver são Gregório como que ressuscitado a fe cátôlica. os católicos acorriam como pessoas mudadas. estilo exato e lacônico. http://www. muitos escreviam os discursos. que o hospedavam. imaginação fértil e brilhante. Para or vi-lo melhór. velar sôbre a língua e sujeitar o corpo ao espírito.com . u"qu" chamaram de Anastásia. chorar. "*"1.ãl"ru. gemer. forçaíar. contentes cle ouvir pregar a sã doutrina da Trindade. mas observar os mandamentos de Deus. de que_ tinham sido privados havia muito tempo. rezaÍ. raciocínio .

208 PADR. admira mais o que menos entende. todos te tomaporque. como diz São |erônimo. 'pot se fores o único aVê-se. e viram a sua assistênCia tornâf-Se maiOr e mais nUNão merosa. e o estado Ílorescente em que a deixa. que acreditavam nada dizer.OHRBAC H ER Os frutos de seus discursos foram consideráveis. das aclamações do vulgo.com . õon exposição sumária do http://www. ver o estado deplorável em que encontrou a igtgia. de pequena qu à oltar havia quase dia em que que os verdadeira Íê." ião o . por isso.obrascatolicas. tantos corrompia havia começado terem não tão imódiato.E R.ruio. qu9 slbia um estúpido. que. mostra a douàinu que havia ensinado. Livrou êxito um com isso e anos.

não esquece a de ser demasiadamente modesto. onde. prosopon. os generais do exército. que devêssemos disputar em magnificência com os cônsules. "A santidade de nossa fé. para acabar de uma vez por tôdas a disputa. como recompensa. quando um e outro estão bem explicados.com . e toma como pretexto do afastamento. Ignorava que devêssemos montar um cavalo fogoso e soberbo. disse. o furor que em Constantinopla se demonstrava pelos espetáculos. gue não sabem onde lançar a úqueza. "Não sabia. ou gue nossa http://www.obrascatolicas. as dissensões das igrejas. o esgotamento.VIDAS DOS SANTOS 209 misterio da Trindade. que possa retirar-se dos misteres eclesiásticos. que lhe dêem um sucessor de mãos puras e voz eloqüente. não se servir de vestes pomposas. não receber com ar majestoso e cheio de arrogância os que vinham procurá-lo. consiste mais nas coisas do que nos nomes. Solicita. e exalar no altar a excelente nutrição. todeada de uma escolta e de aclamações ruidosas. não aparecer em público com cortejo Íturreroso. em seguida. âs censuras que lhe faziam por sua dcçura. disse." Fê2. o luxo e magnificência das eguipagens. a exemplo de Samuel. instalaÍ-Íros numa carruagem pomposa. emprega o têrmo pessoa. as moléstias. Entre as censuras que diz lhe fazerem. como se encontrassem um anim al f. e dissipar em superfluidades o que lhes é necessáno. não ter mesa própria e magnífica. Ignorava que devêssemos arrancar os bens dos pobres. um protesto público de seu desinterêsse e tomou a Deus por testemunha de que conservou o sacerdócio sem mácula. os governadores. como eqüivalente à palavra hispóstase. a idade avançada. nem gue à nossa presença todos devessem afastar-se.ercz.

.t9 o Fd U E H E o E bú o tlt t{ F Igreja de Santa Sofia. em Constantinopla.

uma fonte. De regresso de Constantinopla a Capadócia. não obstante as austeridades. andava descalço. dos órfãos. quanto a mim. Elegei outro que agrade à multidão. do Oriente e do Ocidente.ar-se com mulheres perto dele. sentia ainda violentos combates da carne contra o espírito. a coisa está feita. e Deus. despediu-se da querida Anastásia e das outras igrejas da cidade. veio alo. De resto. não f. do clero. da cadeira episcopal. dos monges. conguanto http://www. A vizinhança f ê-lo abandonar o local. Se isso vos parece um mal terrível." Por fim. São Gregório retirou-se para a terra de Arianzo. que. chamado Valentiniano. dos anjos tutelares da igreja e da Santíssima Trindade. orava. não tinha por coÍr'í. Dizia-se que embora fôsse virgem de corpo não sabia ao certo se ainda o era por pensamento. o cobertor um grosso saco. sob o pretexto de gozaÍ de sua c_ompanhia. a quem se pode mais fàcilmente agradar com uma vida frugal e modesta. da cidade. dos pobres. Fugia com grande cuidado da vista Cas mulheres. perdoai-me a ofensa. constituíam tôdas as suas delícias. Entretanto. que havia herdado de seu pai. das virgens. o hábito uma túnica. árvores que lhe proporcionavam abrigo.VIDAS DOS SANTOS 2ll vinda se devesse anunciar com muita antecedência. do imperador e de tôda a côrte. vertendo abundantes lágrimas. Vê-se por uma carta a um de seus parentes. o leito era uma esteira.com .azia fogo. dos apóstolos que lhe haviam servido de exemplo nos seus combates. e a rusticidade. panhia senão animais.obrascatolicas. Um jardim. deixai-me a solidão. das viúvas. moléstias constantes e extrema velhice. as mãos e a pena combateriam pela verdade. jejuava. Prometeu gue se a língua se lhe calasse.

O gênio de Gregório conservou atê a morte a verve. sua longa vida de santo. a alma. no patriarcado de Alexandria. de doutor. e gue foi bispo de Ma. os anios. Encontra-se ainda entre as suas obras poêticas uma tragedia intitulada: Cristo Sof redor. e outro na Páscoa. sua própria vida. para recomeçar a Íalar com louvores a |esus Cristo. t*t http://www.com . fez um poema para dar conta de seu silêncio. de monçle e de poeta. há-os sôbre o princípio das coisas. o mundo. os dois Testamentos iuntamente. O principal remédio que empregava nas tentações eÍa a oração e a confiança em Deus.obrascatolicas. O cardeal Mai reencontrou. de |erusalém. a Trindade Divina. Deixava as austeridades apenas paÍa dedicarse à poesia.' mas não se tem certeza se e de sua autoria. a Providência. condiscípulo e irmão adotivo de São Damasceno. Entre os seus muitos poemas. tendo passado uma quaresma inteira sem fa7ar.' e também sôbre os vícios do clero e dos povos do tempo. a encarnação do Verbo. Morreu no retiro de Arianzo. Assim. Gregório Naziaflzeno terminou.2L2 PADRE ROHR.BAC H ER cultivado com seu trabalho e situado perto de uma igreja de mártires. preciosos comentários de Cosmas. encantando sua velhice e suas dores pelos transportes da poesia cristã. a imaginação e as graças do poeta. sôbre as poesias de São Gregório. de bispo. a vida monástica. pelo ano de 389.'ume ou Atedon.

f"i fixar-se numa cidade da Tebaida. Isto será http://www. partiu para Tebas ou Dióspolis. então. livra-me das misárias. ensina-me o meio de tã ser agradável. criador do céu e da terra. filho de pais idólatras. A derrota de Maximino dispersou as tropas. entrando em contato com inúmeros cristãos. mostrou-se doce e modesto. Inscrito entre os catecúmenos. onde havia uma igreja cristã. Aos vinte anos.sÃo PACôMrO (") Bispo e Confessor Pacômio nasceu na Alta Tebaida. que enfrentava Licinius. ao invés de voltar para os seus. lança sôbre mim um olhar de compaixão. com ó Deus. e s_empre deixou entrever a aversão que' sentia pelas celebrações prcfanas dos infiéis no culto dos ídolos.com . e Constantino. em 292. Pacômio. converteu-se. Desde a meninice.obrascatolicas. e. com as tropas de Maximino.

Sabia 9ue. Recebido o batismo.Setvir-te e cumprir a tua vontade.I PADRE ROHRBACHER 214 tôda a minha ocupação e a maior aplicação de minha vida .com . chamado Palimão. com a ajuda de Deus. conliecimento de gue. E aconselhou: Experimenta tuas [ôrças. ademais_. a procurar o meio de cumprir fielmente as obrigações gue sentia devia cumprir. Foi PÍocurá-lo. Desejava viver sob sua direção e nada havia de desviá-lo daguele intento. e que. Considera.a si mesmo. gu9 *"ü aümento não passa dum pouco de páo e de s'al.obrascatolicas. conforme prometera.po a entoar salmos. nalgum *oit. tempo. varo tôda uma noite sem dormir. servindo a Deus com grande perfeição. E. I Pacômio ouviu-o um tanto surprêso. vivia um venerável ancião. êste teu ardor. que p'asso todo iste le. não faço uso de gorduras. por renunciar o ca milhado de início. Encontraido-o. a meditar as santas Escrituras. às vêzes. dizendo http://www. e prin- cipiou a falar das daquela maneira de e a mesma disposiç seulado > eacabaram. com insistência pediu ao bom velho gue o admitisse em sua companhia. o jovem Pacômio começou a examinaÍ-se meticulosamente. meu filho. conseguiria vencer tôdas as dificuldades e havia de ser agradável ao Senhor.iro. catecúmeno ainda. então. mas não deu mostras de desencorajado. Palimão considerou o moço longamente. velo puru mais da metade da noite. no deserto. Teve. que não bebo vinhã.

então.I VIDAS DOS SANTOS 215 a Palimão que observaria tudo aguilo que lhe fôsse dado observar. com êle regou um prrhudo de ervas Áelvagens que esperava num . Um dia de Páscoa. da paciência e da doçura. meu caro Pacômio. Queria. dando-lhe o habito monástico. todo êle uma . Quando se sentaram à mesa. a puÍeza de coração. Pacômio. f. as paixões desordenadas. pedia a Deus.obrascatolicas. depois do que. pela raiz. o santo velho admitiu-o eÍr suâ Íro- destíssima cela. davam-se aos trabalhos manuais.com . encorajando-o. De quando em guando. Pacômio. com tôdas as fôrças de que pudesse dispoí. os quais sempre eram acompanhados pela oração mental. Assim. Levado pelo exemplo do solitário Palimão. arruinando-te. híre de todo apêgo às criaturas. E lhe dizia. muito contrito. Pacômio. ternamente : que o Trabalha e vela. viu-o çhorar e http://www.rd" p"to. que nêle via um discípulo verdadeiramente promissor.ar a vida isolada. o velho solitário ordenou ao discípulo que preparasse o jantar de mc do que se comemorasse condignamente a grande solenidade. juntos. para inimigo não deite por terra todos os teus esforços. Rezando com os braços estendidos. Palimão tomou do pão gue lhe cabia.cÍt)z. com tôda a disposição. desembaraçado de tôdas as coisas do mundo.azia a admiração do mestre. servir a Deus de corpo e alma. recitavam o saltério. para arrancar. Pacômio tratou de cúmprir a orderá do mestre: tomou q-a c9rtl quantidade de óleo e juntou-lhe um pouco de sal. principalmente. começou a suport. à primeira co'isa que fêz foi aplicar-se na obtenção da mais profunda humildade.

Depois que deixou a solidão de Teb eÍ7a. que se coÍlstruiu inicialmente. http://www. E os dois. Era no ano de santidade do santo abade.com . olhando o discípulo. que se lhe aproximou e principiou a dar algumas instruções que diziam respeito à vida monástica. nada perguntou. sempÍe a chorar. à espera. foi pequeno para acolher os sequiosos. nc local em que o anjo'âpdrea"ru'ao Santo. pacientemente. E o velho. Admirado.PADRE ROHRBACH ER 2t6 dar pancadas na cabeça. indo ao deserto. ouviu uma Yoz que lhe dizia. muito claramente: Tu erguerás aqui um mosteiro para abrigar aquêles que Deus te enviará para o servir' Imediatamente. sem taidança. exclamou: Ai! Meu Salvador foi pregado na cÍuz e eu me vou dar a satisfação de comer com azeite? E nada o levou a tomar daquilo que Pacômio havia preparado. ali.obrascatolicas. O edifício. houve que ampliá-lo' (1) Ver 11 de janeiro. desesperado. Pacômio buscou Palimão e lhe contou o sucedido. mas respeitoso. de mcdo que. todo consumido na oração. apareceu-lhe um anio. construíram uma cela. áutnu explicação.

êsse. Todos os monges se ocupavam com trabalhos manuais. porque não dormia. sôbre alguma DâsSâgem da santa Escritura" O trabalho. apertado. assim. todos comiam juntcs. cuidando dêles com grande e paternal solicitude. ao coroo castigado pelâs âusteridades. e a nova casa 217 jât São Pacômio. c prometido naquele dia em que orava. que o tempo gasto no sono era tempo roubado ao exercício do divino amor.VIDAS DOS SANTOS Pouco tempo havia passado contava uma centena de almas. O silêncio era estritamente observado no mosteiro: mais se exprimia por sinais do que com palavras.com . do canto de salmos. num vasto refeitório. oelo caminho. pensando-os. vivia apenas coberto com o cilício que lhe aderia.obrascatolicas. Por quinze anos. celebravam-se missas para o descanso da alma. afastado da comunidade. e 1m que o anjg lhe aparecera. que aos religiosos dera habitos de grosseira lá. tomava-o êle assentado numa pedra. jamais tomara refeição completa. era âcofiipanhado. Cumpria-se.s regiões. em silêncio. onde cochilavâ. sêco pelos jejuns constantes. de sorte que o vizinho não visse o companheiro. São Pacômío recebia sempre e semore discípulos que vinham de tôdas a. Quando um monqe era obrigado a ir a um determinado luqar. e Pacômio era guem se dava aos doentes. desde que se convertera. devia fazê-lo a meditar. na casa do deserto.sempre. enviava-lhe servidores sôbre ser- http://www. Pacômio. viveu o santo sem se abrigar. dando-lhe instruções. Repouso. Ali. em verdade. À morte dum membro do mosteiro. Deus. com o capuz caído sôbre o rosto. sôzinho.

Serapião. Conta-se dêle que. opôs-se sistemàticamente aos arianos. Quando. e aquêle que. necessidade de novas casas e São Pacômio ievantou seis mosteiros na Tebaida. A reputação dô santo crescia. não sabendo o latim nem o grego. não o viu. era em 333.eita. Sabedor daquilo. t providenciou a construção dum Írosmas ãeiro para mulheres. sucedeu-o no govêrno dos mosteiros todos. pois. do outro lado do Nilo a irmã. Pacômio alegrou-se muito. Pacômio enviou alguém para lhe dizer que não poderia Íazê. Ora. duma f. que mulher alguma havia de quebÍaÍ a clausura: que se contentasse por saber quá ainda vivia. com a aplicação de óleo bento. sofria constantemente de terríveis http://www. mais do que o primeiro. Houve. pedindo para vê-lo. . Com grande coragem. São Pacômio operou vários milagres.218 PADRE ROHRBACHER vidores.- Sugerido pelo bispo de Tentira.rários possessos. Fixando-se oo de Pabau. e. que foi o seu mais querido discípulo-. apareceu em Pabau uma das irmãs. para gue dela se servissem os pastôres gue abundavam na regjão. libertou-os do demônio. exprimiu-se nestas duas línguas com grande perfeição. curou-os.obrascatolicas.-lo. Teodoro. -o Santo. Numerosas foram as conversões feitas pelo doce abade. o da fundação do deserto de Tebena. a . igreja em que êlé Íazia de-leitor e pregou com admirável fervor a palavra de Deus. um dia. discípulo de Palimão.com . perto de Tebas. érigiu uma igreja na aldeia. êste mosteiro tornou-se famosíssimo. o Santo. a irmã deseiava levar vida religiosa.oito. Atanásio honrou-o com uma visita. Deus cumulou-o de bondades sem par. A muitos doen' tes. .

para curá-lo da vaidade. E. um dia. procurando guiá-lo. aos dêmais: Êste irmão se afanou da manhã à tarde a trabalhar para o demônio. orou. f. por caridade. ê. como penitência. cinco meses de cela. Pacômio considerou o monge. Aos irmãos. rindo das próprias facécias. supoÍtada com paciência. deu-lhe. conservou-o no mosteiro assim mesmo. deu-se a grandes jejuns debalde. chamando-o. chorou. mortificou-se. seguramente de maior mérito ainda. sal e água.êz com gue o jovem visse gue com Deus não se brincava impunemente. Pacômio respondia: A abstinência e a oração são seguramente uma fonte de grandes méritos. gue ao abade pediam o curasse. à parte. apontando-lhe o perigo a gue se expunha. as duas esteiraí depois disse.obrascatolicas.com . Tudo eÍa em vão. mas a doençê. calmamente. Por aquela pobre alma. passando a pão. Pacômio. graçolas. http://www.VIDAS DOS SANTOS 219 dores de cabeça. Então.

220 PADR. Pacômio ofereceu-o como modêlo a todos os irmãos. em vão.E R. Quando. em vida.com . no dia 9 de maio. São Pacômio recebeu do céu a cefteza de que aquela boa alma fôra apresentada _como vítima muitísJimo agradável a Nosso Senhor |esus Cristo.BAC H ER. Morto em 34. São Pacômio viu.OHR. Exortando os religiosos para QUe seÍlpre se dessem com maior fervor ao serviço de Deus. temendo-lhe pela saude. o elevado número de sete mil monges a viver sob sua direção. procurava levá-lo à moderação. a praticar. nos diferentes mosteiros gue fundara. faleceu doce e santamente.8. que começou *r* http://www. f aleceu o ex-ator de teatro. tempos mais tarde.obrascatolicas. Agora.

foi feito cardeai de título de Santa Cruz de |erusalém e enviado a Ferrara como legado a latere. perto da cidade em que nascera. para alçar-se a um bom pôsto. Em 1428. Roma. sendo prior das casas de Florença. Nicolau. bispo de Bolonha. Moço. praticava u poÉ Íeza e 'a http://www. vivia humildemente. n'a Itália. chamado a Roma. jamais deixou de ser cartuxo: guardava a regra.AVENTURADO NICOLAU ALBERGATI (*) Conf essor Nicolau nasceu em Bclonha. ]oão. ao invés de satisfazer aquêle desejo. en 1375. O papa Martinho V [ê-lo núncio na França.obrascatolicas. Mântua e Bolonha. faleceu. embora o fizesse todo amedrontado. mas.i encerrar-se flâ Cartuxa. eÍn 1427 . principiou a estudar direito.com . Quando. durante todo o tempo que estêve longe da diocese. embora jovem. deixou-o de Iado e fo.BEM. onde devia restabelecer a paz entre esta nação e a Inglaterra. na antiga e conceituada Íamília dos Albergati. paÍa ali se consagrar inteiramente a Deus. encarregado de acomodar milaneses e venezianos. foi encarregado sucessivamente de diversos cargos. Nicolau foi tão exato cumpridcr da disciplina regular que. teve que aceital a sucessão.

a todos edificando pela infinita paciência. Nicolau Albergati teve o culto aprovado por Bento XIV a 6 de outubro de 1744. Diz-se que o papa Eugênio. querem outros Thetgo. o qual o f êz seu grande penitencieiro.43. http://www. século I. confessor. levou Nicolau consigo. que morreu muito entrado em anos. onde sempre desejou ser enterrado. o bem-aventurado adoeceu. porque não podia ficar privado de sua 'assistência. Século V. levado de Siena paÍa a Cartuxa de Florença. Em Blois festejâÍn-ÍIo no dia 1 I de maio. chorandc o filho com grande sentimento. origináric da ltâlia. ali descansou.com . Durante a estadia em Siena. No mesmo dia. São Beato. Nicolau Albergati faleceu no dia 9 de maio de I 4. em Roma. A tradição coloca a morte dêste primeiro bispo de Nocera no primeiro século. 16. 14. São Tudy. Em Quimper. do qual fala São Paulo na epistola aos romanos ( I ) . Tôda Bolonha.obrascatolicas. Ermitão perto de Landevennec. Santo Hermas. São Prisco. discípulo dos santos Guenoleu e Maudez. Na ltâlia.PADRE R. ou Tudino.OHRBAC 222 H ER contínua mortificação. depois de sofrer lcngamente. na França. Em Vendome. foi com' panheiro de São Corentino. depois que deixou Florença. com sessenta e oito anos de idade. (1) Rom. bispo e confessor ( I seculo? ) . E. quando soube da morte. foi prêsa de grande aflição. O corpo do bem-aventurado.

_ trazido de Belem de iudâ para a Igreja de santa Maria Maior. Invocado contra invasões de gafanhotos.de Mira. São Gerôncio.com . evangelista. Em cagli. e"de são Timóteo. Na ltalia. padre e confessor da Igreja. construída sôbre sua tumbá. o bem-aventurado ]oão Wagner.VIDAS DOS SANTOS 223 Na Saxônia. o bem-aventurado Adalgar Auger. a trqsladação do corpo de santo André. chegados da Arcádia. a dioôese muito sofrãu com a invasão eslava. onde é Escorre R tT"lff cura as moléstias. relíquias são veneradas numa igreja de Nossa Senhora. Alger bispo e confessor. fãlecido em 909.obrascatolicas. a trâsladação" aá sao Nicolau. Beneditino. bj. foi coadjutor dg São Remberto como bíspo de Hamburgo e Bremen. foi criado cardeal-bispo de óstia. Em do corpo de São f erônimo. Sob seu episc lado. falecido em t5r6] As l. o bem-aventurado Gregório de óstia.po e confessor. na via Flamínia. É. trezentos e dez bem-âverturados mártires. Faleceu em 1044. bispo de Cerviu.- . e bibliotecário da Igreja romana. discípulo do apoãtob são o corpo Adg_e1. Na Pér sia. depois-abade de sao cosme e são Damião ad Micam-auream em Roma. cidade da Lícia http://www. Em Barí.Constantino_pla. Deqois de ter sido monge de Corvey. confessor. d"_ São Lucas. cujo corpo foi trazido. nascido na suábia. apóstolo. Na Suíça. b_ispo.

rro. empreendeu a construção de um novo mosteiro em Éiesole." Era uma maneira honesta de despedi-lo. Entretanto.10. Para -enfrentar o exame. o jovem apresentou-Se ao bem-âVe. pequeno de estatura e f. restauradtr da vida regular na Italia e rLa Sicília.iir á" b".gradó o decreto de Graciano. boa natuteza.trdo á".r" . aconselhou-o perguntou-lhe qual a esperar alguns "g. respondendo o menino u o "Pois ".1turado )oão Domingos.. não terás senão que voltar para sêres recebido na ordem.obrascatolicas.tanzino d" cã-pleiçáo. o bem-aventurado loáo Domingos. Pediu que o incluíssem no mosteiro. *ur. se aplicava. replicou õ bem-aventurado ]-oão Dcmingos' quando ãouberes todo o decreto de Graciano de cor. DIA DE MAIO SANTO ANTONINO ArcebísPo de Florença Pregador. perto de Florença. sabia de cor todo o dãcreto de Graciano. 't ãrdo-o tão jovem e tão frágil.. No fim do ano. Era pelo ano de 1403. É"-. número dos religiosôs. Apresentou-se um menino' de treze cu guatorze anos.com .. e respondeu um irmão http://www. O bem-aventurado |oão "o Domingos nêle encontrou espírito e.

Mas o menino parecia glhado. não estava encerrado em casa. ilustrou mais a família do gue ter produzido um santo também célebre.azer. chamado Nicolau Pierrozi. havia sido". chama-se Anionino. ou esta criança. ' Santo Antonino.iu atração para a oração não era menos notável.rd secretário da cidade de Florença. tanto por sua religião como pela antiguidade de sua nobrLza. podia-se estar certo de êÍrcortÉ-lo narapela da virgem. il. nascido em Florença. e qua tro vêzes procônsul da república. o do santo. 19 fim do ponrificado de urbano vI. mostrou inclinação ünicamente para a piedade. como era filho único de seu pai e de sua mãe. gue se visitava com veneração pã*i- http://www. Q. ar tes de poder conhecê-la. e horror ao vício. era filho de Nicolau Forciglioni e de Tomasina.paÍa_ a virtude.o pequeno Antônio.empenhârârn-se êstes com dobradó zêlo em proporcionar-lhe educação cristã. -solicitude. Mas nada.com . após os exercícios da escora.obrascatolicas. cheio de pudor e de modésti". leitura de gualguer bom livro. Quando. r"-pre dócil às santas instruções. a conversação com pessoas que lhe Íalavam de religião ou das vitórias 4or mártires. o gue lhe proporcionava uma linhagem distinta e uma grande autoridade. jovem.VIDAS DOS SANTOS 225 sem êrro a tôdas as perguntas que rhe puderam Í. constituíam suas mais caras delícias. !"dúvida. ambos considerados entre seus concidadãos. efo l3gg. guer dizer. Dessa vez foi acolhidã com e recebeu imediatamente o habito de irmão pregador. ou diante de uma imagem do crucifixo. Inimigo desde aà ""tao a ociosidade e dos vãos divertim"rrior da infância. por causa da estatura.

Fechado no oratorio ou diante dos altares.226 PADR.il.eliz. e não SUfpreàttdiu a trit gu?* vê-lo f. na igreja de São Miguel. não igualava o seu ardor pela aquisição da ciência da salvação.obrascatolicas. tud o o f. tev doe dee que o Íaziam ad jovem Antonino recebido na orde ost lar. Para ser . penetrante.Senhor. e tanta assiduidade luanto amor ao trabalho. Íez progressos consideráveis. Mas fôsse qual fôsse a sua paixão pelo estudo das letras. chamado do |ardim.azer tão santo uso do ialento que rec"t. Um espírito t1.ru da natu Íeza. não coisa senão que. o jovem discípulo de ]esus Cristo permanecia de ioel[os. http://www.com s a êle que o os. com uma perseverança que rurpráendia a todos. e durantá as sábias ieflexões que Íazia sôbre o estado de vida que devia abraç aÍ. Em tôdas as orações. havia desejado consagrâf-se ao serviço do. vivo. Aplicado ao mesmo tempo aos estudos . uma memó ria Í. Por sua -lo de tôda a ocasião de assos e ensiná-lo aÍ'azet Desde a infância. prostrado por terra. paÍa trabalhar mais se $ufâmente para a salvação e tornaf-se útil ao próximo. cular.E ROHRBACH ER. por causa do lugar onde se encontrava.àz um sábio e o toinou habil numa idade em que outros apenas ôomeçavam a aprender os elementos das ciências.

e o sacerdócio lhe aumentou a piedade. na medida de sua fidelidade..êz extraordinários progressos nos caminhos da perfeição. 9 austeras da regularidade.r"lpondido" ã tôdas as suas expectativas.obrascatolicas. aplicação e assiduidade na orãçáã.".azia correr dos olhos. ." alta santidade. o sacrifício gue para sempre f. Nunca o viam no altar sem ter os olhos inundados de doces lágrimas gue o santo amor lhe f.. "Mu.uma dura erxêrga. po. e-santã ilã: giÍlor çqnguanto guito jovem. o-..rigiliur. senão também mais igual .êz senão excitaimais a vigilâ".ru u do fiel discÍpulo. pois a vida ir" Ievava não era senão um exercício contínuo de pãnitência. Havia . sào ou enfêrmo. amgr pela pobleza.'piari*. suas ósãinencias. e satisfeito pr""uÀà"tã todos os seus deiejos. -Dir-se-ia gue não tinha corpo. u ausência não f. recolhido. tanto se achava êste submetido ao espírito para Íizê-lo servir a tudo o gue. deitavâ-se sempre sôbrá.êz de sua d4. eleito bispo de Ragúsa e cardear..."i. foi"Jrigado a àliij gir-se para junto do papa Gregório XII. Pareceu em'tôdãs as coisas não sômente o mais humilde..." pela -profissâo religiosa torror-o ainda libermais vigilante sôbr_e si mesmo. em pouco jempo Í.VIDAS DOS SANTOS 227 pre novas graças. foi escohiJo üu http://www. o mais obediente.Houvára". V".iã .com .pudesse condu zfu a ú. tudo jâ Íazi:a ser conslderado pelos irmãos como -oum modêlo. o segundo parecia em condições de ccntinuar a levar a ãltima perfeição.qe guia e^de pai: foão-Domingo. bem moderar-lhe as austeridades. o que o primeiro havia iniem-ulação sua ordem a sya primitiva beleza _."d" FÉ. a perder de certa maneira o santo religioso que lhe r:ryj". A virrude supria a idaáe.ã.

com . o seivo de Deus aplicou-s€ CoIr toclo zêlo incrível a cultivar.r-frrrrções do apostolado. porque a santlclaoe . demonsno prir íÃ" tà"t" sabedoria.prior em meiro cargo. indicaautoridade das ordens ou pela sabedoria das pela virtude do exemplo' inspirava aos iá". estender e aperteiçoar neste o bem que os predecessores tinham introduzido pela menos santuário de" íi"áãa". de suas palavras aúaia uns. Pregava [reqüent?-.ecom o exercício çava sempre a visita dos mosteiros abietos. e os sábios mostravam a mesma solicitude em segrri-lo: abundância á. . moderação.obrascatolicas.província Roma como da Sicília. do que -fidálidade a tc das as práticas da regra' irmãos a Tanto mais humilde quanto mais o elevavâÍr. em Florença. gue o elegeram sucessivamente Nápoles. que haviam abraçado uma reforma mais Severa. nos de sua doutrina Causava PÍazer pub vigíúas. em Roma.BACH ER 228 qovernar o convento de Minerva. e . cof. O poYo. em Fiésole. tanto dá. íh" dava nova base aos discursos.OHR. em Gaeta. a As obras outros.PADRE R. prudência. Em nino restabeleceu ou firm vando o esPírito de fervor o'zêlo no exercício do ministério apostólico' A solicitude do govêrno e as ocupaçõe9 que lhe são inerentes não o iápediam de cumprir êle mesmo estudo. à sua imitação.rit"do que suas coÍlistas' e seguiam-lhe com confiança as decisões' Vigaris-gerâl duma célebre congregação coTde posta aã airersos conventos. \/iam mais rlos ofícios Lãip t u*itt untçs e http://www.*tÍ: oe e pregava sempre coql frutos. e..r"ia.riã.

VIDAS DOS SANTOS 229 ordinàriamente o vigário-geral confundido com os últimos dos irmãos no mesmo trabalho. já com dezoito anos. IIf.com são . havia sômente âpÍeÍt(1) Tournon. Essa a arruinar-lhe a o pelas moléstias ma yez às portas da morte. distinguiam-se. Não obstante o rigor das estações e o esgotamento de fôrças. de condição obscura. o bem-aventurado ]oão Domingos havia nascido na mesma cidade. que em boa hora inspiraru. rro entanto. continuava com a mesma severidade os jejuns. era acometido por uma febre de guatro em quatro dias. e empreendia longas viagens a pé. Hist. o fervor sômente o distinguia.. ou muito medíocre.áo filho. da ordem de http://www. Acta SS. experimentar-lhe a fidelidade e colocá-lo em condições de continuar os serviços à ordem e à Igreja ( I ). e de uma espécie de ftisia gue o exauriam inteiramente.Ícc. que mais tarde veremos a. t. Tal eÍa Santo Antonino. no ano de 1360. sua pátria. 2 maii. Deus sempre o havia elevado acima dos males. êste jovem homem. Mas seu espírito. Nos intervalos menos críticos. não se sentia jamais tão forte como nas mais terríveis enfermidades.obrascatolicas. A fortuna não favoreceu seus pais. e o gue lhe esgotava o corpo servia par? purificar-lhe ainda mais a virtude. e êsse fervor parecia algumas vêzes ir longe demais. sustentado pela graça de fesus Cristo e pela contemplação de ieus õofrimentos.bispo de Florença. por uma sólida piedade. como tivessem necessidade do trabalho braçal. dos homens ilustres Domingos.

Santo Antonino foi ao concílio de Florença por ordem de Eugênio IV. guando'se apresentou ao convento de Santa Maria Nova. Êle não desanimou e voltou à carga várias vêzes. para pedir o hábito de São Domingos. do gual tão pouco caso Í.obrascatolicas. Todavia. assistiu. Acabaram Por ceder à sua perseverança. gue o jovem.PADR. Recusaram-lho primeiramente. seria ainda o apoio da orderl. dido os elementos da gram âtica. o ornamento da pátria e um ilustre defensor da Igreja.aziam. uE religioso dos mais severos e mais velhos da comunidade predisse. de sua dificuldade em falar. na gualidade de Nápoles. desde então. uma vez gue acreditavam poder recusar âinda ao seu mérito. de sua ignorância. por causa de sua incapacidade.com .E ROHR.BACH ER. bem como por ser necessário aos pais. gou de http://www.

Sua mesa. O santo. "Quereis fiatar como inimigo um homem a quem tantas provas de bondade demonstrastes?" O papa foi inflexível. e tomou posse do arcebispado em meados de março de 1446. não obstante as mais insistentes súplicas. As pessoas mais qualificadas de Florença. Simultâneamente. e lhe ordenou que se retirasse sem detença ao convento de Fiesole. informado de tudo o que se pass.ava.u o desejo de empreender a fuga e ir esconder-se numa ilha da Sardenha. Conjurou-o gue não o sobrecarregasse com um fardo superior à capacidade de seus ombros. com Cosme de Médicis à frente. Obrigado a dirigir-se a Siena. A regularidade que reinava em sua casa e em tôda a sua conduta. dirigiram-se a Fiesole paÍa ali apresentar os cumprirnentos a Antonino.'ausente havia dois anos.com . sensivelmente se afligiu com a notícia de sua eleição. mas impediram-no de executá-lo. escreveu aos f lorentinos para comunicar-lhes que havia enviado um arcebispo às portas de sua cidade. Iembrava os tempos apostólicos. enviou-lhe a ordem de obedecer. após haver derramado muitas lágrimas.obrascatolicas. Antonino rencleu-se. alegando que o fim de sua carreira se achava próximo e gue estava esgotado pelas fadigas e enÍermidades. e ameâÇou-o mesmo com a exccmunhão se persistisse em resistir à vontade de Deus. Conseguiram. mas encontraram-no em desacôrdo com os seus deseios. O papa.VIDAS DOS SANTOS 231 tanto. escreveu de lá ao Papa uma carta muito comovente. Insistiu ainda sôbre a sua indignidade pessoal e sôbre a sua falta de capacidade. concord'aram unânimemente na escolha. Formulo. deixou-se sagrar. que se torn'asse o seu pastor. seus habitos e móveis mostravam a estima ! http://www.

e não ousavam tornar conhecida a sua miséria.com . Nomeou primeiramente dois grandes vigários. destinado a dar alívio aos que se encontravam eÍl flecessidade. e quando êles estavam esgotados. mas reduziu-os depois a um só. Costum ava dizer gue um sucessor dos apóstolos não deve ter outras riquezas além da virtude. cortar pela raiz tôda a sorte de injustiças.232 PADRE ROHRBACH ER que tinha pela pobreza. e por conseqüência. e 'ainda a vendia por vêzes para assistir os pobres. Sua casa não tinha mais de seis pessoas. conquanto a sua condição disso o dispensasse. pela modéstia. pela simplicidade. aco. Pessoas ricas pediam então para comprá-la. Deixou os encargos temporais a uma pessoa de conhecida probidade e competência. após se haver. todavia. para não se ocupar senão das coisas espirituais.nselhado com êle. e mostrava-se em tôdas as ocasiões protetor e pai dos pobres. uma mula era suficiente para as necessidades de sua casa. a fim de que houvesse menos variações no govêrno. Não possuía nem cães nem cavalos. Como conseqüência dessa caridade o santo arcebispo fundou o colégio de São Martinho. dava uma parte dos seus móveis e de suas vestes. a quem pagava salários assaz consideráveis para lhes tirar a tentação de desejar algo mais. Todos os dias dava audiências 'aos que se apresentavam. Sua bOlsa e seus celeiros eram menos dele do que dos indigentes. Atualmente atende çabalmente a mais de seiscentas http://www. e como estivesse persuadido de que um bispo está obrigado a trabalhar por si mesmo. Nunca o viram dono de algo de precioso.obrascatolicas. para terem oportunidade de a restituir de presente ao santo. expedia quase todos os negócios. Fraticava as observâncias de sua regra.

e respeitavam-lhe as decisões como oráculos. não saiu ferido. senão também os maus tratos dos inimigos: tal paciência operava freqüentemente f elizes efeitos. Foi o que the granjeou o cognome de Antonino. então. por uma proteção de Deus. perdoou-lhe generosamente. Suportava não sômente a importunidade e a insolência dos pobres. não se recolhia menos diante de Deus. Suprimiu os jogos de azat. e todo o saltério dos dias de festa.irmeza quando a glória de Deus estava em iôgo. Longe de procurar vingar-se do assassino. Cada ano. deu-lhe até um golpe de punhal. Imputavam diversos crimes a um tal de Ciardi.VIDAS DOS SANTOS 233 A tantas virtudes Antonino ajuntava uma paciência admirável. visitava a sua diocese sempre a pé. também vinham consultá-lo de tôdas as partes. Recitava o ofício dos mortos duas vêzes por semana.com . recitava todos os dias o ofício de Nossa Senhora e os salmos da penitência. O inÍeliz formulou. Antonino sabia mostrar f. O santo.azeres. o Conselheiro.obrascatolicas. Em meio às mais graves http://www. As pessoas mais qualificadas dirigiam-se a êle com confiança. e orou por sua conversão. famílias. Gozava de grande reputação de sabedoria e integridade. reformou vários outros abusos que se haviam infiltrado em tôdas as ordens. e entrou para a ordem de São Francisco. o negro projeto de tirar a vida ao pastor. O arcebispo concitou -o à comparecer diante dêle para responder às acusações com que o sobrecarregavam. Alem do ofício da lgreja. Nada obstante a multiplicidade dos af. Íêz penitência. reconhecendo a enormidade do crime. O culpado.

mas o santo pediu-lhe a bênção e regressou a Florença. nada perdia da serenidade de alma. dizia mesmo que não tinha receio em canoniz â-lo vivo. O santo arcebispo procurou todos os meios possíveis para prover às necessidades dos (1) Acta SS. "Os encargos. disse êle. 10 de maio. de sorte que foi mister trazer da província da Lombardia outros para repovoar os conventos de Sao Marcos de Florença e de Fiesole. ouviu uma respcsta que seria necessário. tanto secular como regular. No ano seguinte. http://www.com .PADRE ROHRBACHER 234 ocupações. teve a dor de ver sua diocese devastada pela peste. quase inteiramente desertos. A peste. recebeu sobretudo grandes auxílios de seus irmãos os dominicanos. segundo o biógrafo. Bem que gostaria de retê-lo em Roma. Deu o exemplo do zêlo ao clero. como acontece ordinàriamente. foi seguida da fome. não nos impedirão de gozar da paz interior se reservamos no interior do coração um retiro onde possamos estar conosco mesmos. Francisco Castillo. e onde os embaraços do mundo não tenham jamais liberdade para entrar" (1). havendo-lhe dito uma vez que os bispos seriam de lamentar se devessem' ser como êle.. escrever com caracteres de ouro. perpàtuamente assoberbados de encargos. seu secretário. O papa Nicolau V não testemunhou menos afeição e confiança em Antonino do que seu predecessor Eugênio IV.obrascatolicas. como acabava de canonizat morto a São Bernardino de Siena. Pereceu grande número dêstes religiosos. Godescard. 2 maii. 1448.

de alimentá-los e sustentá-los durante o resto de suas vidas. Dêsse número foi um artesão.so que dois cegos mendicantes. todavia. senão confusamente. obtevã também de Roma socorros abundantes. urr duzentos franõos e o outro trezentos .obrascatolicas. Suscitou muitos imitadores de suas eminentes virtudes. http://www. para atender aos que realmente estavam em flecessidade. A humildade impedia se tornassem conhecidas a maior parte de suas bcas obras. Em conseqüência dessa humildade. Seus discursos e seus exemplos abriram as bôlsas de várias pessoas ricas.VIDAS DOS SANTOS 236 infelizes. Antonino nem por isto terminou com as liberalidades para com os pobres. na obscuridade de sua condição. Quando cessaram os f lagelos públicos.com . encarregando-se. Ouviu por aca. Não via senão imperfeição em tudo o gue. ordenou mesmo que não se citassem mais em Roma sentenças que o santo não houvesse dirigido. Passava nas igrejas os domingos e os dias de festa. os outros nêle admiravam. Tudo o que ganhava por seu trabalho era distribuído aos indigentes. levava vida muito penitente e não suspirava senão pelos bens do céu. salvo o que lhe era absolutamente oecessário à subsistência. haviam recolhido.ducados. ocultava a si mesmo o conhecimento das virtudes. tirou-lhes o dinheiro. não compreendia também. O papa Nicolau V concordou com tudo o gue lhe era pedido. Suportava com alegria as murmurações e censuras contínuas daquele mísero. que. servia-o com cordialidade e o pensava com as próprias mãos. Encarre§f âvâ-se de nutrir uql pobre leproso. os elogios que se faziam ao seu raro m+árito.

da gual ninguém era mai s capaz para dela desempenhar-se com êxito. Cosme de Medicis contava muito com o crédito de seu arcebispo perante Deus. Deus o arrebatou dêste mundo no dia 2 de maio.azê-lo aceitar a missão. na idade de setenta anos. e tinha o costume de dizer gue era principalmente às suas preces que a república de Florença devia â coÍISer- vação. descobriu no artesão um tesouro de santidade e puniu. e após trinta anos de epis- http://www. O santo prelado. Tinha demasiado horror às honras. mas não lograram f.E ROHRBACHER As coisas chegaram a ponto de o leproso queixar-se ao arcebispo contra o benfeitor. após haver examinado o caso.53 e nos dois seguintes. por outro lado amava com ternura o rebanho.PADR. O santo procurou víveres e alojamentos para os mais necessitados. e f. ao mesmo tempo. e eÍa inÍinitamente penoso a seu coração separar-se dêle.ez reconstruir as casas. mesmo um guarteirão onde tudo ficou destruído.com . exortou Íortemente o povo e os grandes a apaziguarem o braço de Deus pela penitência. Alimentavam o desejo de enviá-lo em embaixada à Alemanha. A cidade de Florença ressentiu-se de freqüentes tremores de terra durante o ano de 14. Essas calamidades públicas forneceram-lhe matéria para muitas instruções. ao imperador Frederico IV. e viver de maneira mais conforme ao Evan- gelho.obrascatolicas. a insolência do leproso.

obrascatolicas. o corpo. assistiu aos funerais. o papa pio II.árro'izou no ano de 1523. prepaiada para reiebê-lo. gue se encontrava então em Florença. aaa http://www.com I .VIDAS DOS SANTOS 237 dos dominicanos de sao Marcos. ainda intacto em r 55g. 9p"rârârtr-se muitos milagrls pela virtude de suas relíguias. foi transferido solenemente para uma capela da igreja de São Marcos. Adriano vI o . e tagnifi- camente decorada.

e â coflfiança em Deus. Por que isto? Porque por uma misteriosa e sábia disposição de Deus. sem .eceu. â recoÍlpensa. E. caiu-lhe de " de andorinhas um pouco de estêrco guente im ninho http://www.'temente a Deus."t hr-a culpa. que educava os filhos na piedade. De ação simples. recebendo. ao chegar a sua casa deitou-se iunto de uma pãí"a" udã. na iustiça divina. tendo í"r.. que. de proceder irrepreensível. e que foi afligido por desventuras de todo à gênero. D"rr mesmo. o PATRIARCA (*) Antígo T estamento Podemos considerar o livro de |ob como um dos mais belos poemas do mundo. fala J" u.loB. algumas vêzes.. "Sucedeu. não pereceu laq-uei" i"?Lrir. de exemplo aos outros homens.com . A paciência. mais tarde. os iustos sofrem. servindo. lrlodêlo de virtude. ademais. A Tobias também Deus o Provou. porém. um dia. Enquanto dormia. não so das virtudes que iâ praticavam. defendeu e acabou por lhe restituir a primitiva felicidade perdida.ido a prova. mas iambém dos sofrimentos' que suportaram com tanta resignação. cansado de enterrar mortos. Iob.obrascatolicas. o próprio Senhor lhe apareceu. parecia surdo aos tristes lamentos do Patriarca.horrr"*. na sua infinita bondade e misãricórdia inÍinita.

reto. temia a Deus e fugia do mal. sua Lê-se no Prologo do livro de )ob: "Havia na terra de Hus um homem chamado Iob. quinhentas juntas de bois. dando-lhe graças todos os dias da vida" (1).VIDAS DOS SANTOS 239 sôbre os olhos. "Porem.obrascatolicas. três mil camelos. of endido a Deus nos seus corações". como a do Santo Iob. Êste homem era sincero. urn certo dia. Como havia sempre temido a Deus.azia Job de cada vez. desde a sua infância. tendo-se os filhos de ( 1) Tob. por lhe ter acontecido a desgraça da cegueira. Permaneceu firme no temor de Deus. e ficou cego. 2. "Seus filhos iam e banqueteâvâm-se em suas casas. e guardado os seus mandamentos. Possuía sete mil ovelhas. e mandavam convidar suas três irmãs para irem comer e beber com êles. para que a sua paciência servisse assim de eremplo aos vindouros.com . cada um em seu dia. 12-14. Nasceram-lhe sete filhos e três filhas. quinhentos jumentos e um grande número de servos. T alvez meus filhos tenham pecado. http://www. não se entristeceu contra Deus. Êste homem era o maior entre todos os Orientais. O Senhor permitiu que lhe acontecesse esta prova. "Assim f.

sômente não estendas a tua mão contra ê1e". o Senhor a Satanás: Pois bem. que lhe disse: Q) fsto é. "Disse. à sua casa e a todos os seus'bens? Não abençoaste as obras de suas mãos. enquanto os filhos e as filhas de |ob estavam comendo e bebendo vinho em casa do seu irmão primogênito. toca em tudo o que êle possui.com . O Senhor disse-lhe: Donde vens tu?" "Êle respondeu: Venho de dar uma volta pela terra e de passear per ela. (3) Ou serve. "LIm dia. (4) Job. http://www. teme a Deus e foge do mal?" "Satanás respondeu: Porventura f ob teme (3 ) debalde a Deus? Não o cercaste de um valado protetor.PADR. e os seus bens não se têm multiplicado sôbre a terra? Mas estende tu um pouco a tua mão. começam as primeiras tribulações do rico homem temente a Deus. então. 1.obrascatolicas. a êle.E R. tudo o que êle tem está em teu poder.OHRBACH ER (2) apresentado diante do Senhor. "Satanás saiu da presença clo Senhor" (4\ . pois. e verás se êle te não amaldiçoa na tua face". encontrouse também Satanás entre êles. Deus Agui. os anjos. L'Lz. foi ter com Iob um mensageiro." "O Senhor disse-lhe: Porventura consideraste o meu servo ]ob? Não há semelhante a êle na terra: homem sincero e reto.

"Estando ainda êste a f. Para o seio da terra.alar. ferindo as ovelhas e os pastôres. e passaram à espada os criados. e nu tornarei para lá (5 ) . esmagou os teus filhos. só eu escapei para te trazer a nova".obrascatolicas. a gual. levantou-se ]ob. de repente levantou-se urt vento muito Íorte da banda do deserto. depois prostrou-se por terra. "Ainda êste falava. http://www. "Então. "Ainda êste estava falando. gue morreram. Senhor" . guando entrou outro. escapei eu só para te trazer a nova". gue abalou os quatro cantos da casa. acometeram-nos oi sabeus. só escapei eu para te trazer a nova". gue levaram tudo e passaram à espada os criados. e as jumentas pastavam junto dêles. "o Senhor o deu.u a cabeça. lançaram-se sôbre os camelos e levaram-nos. só eu escapei para te trazer a nova". assím " " (5) bendito se ja o nome do I sucedeu. que disse: Os caldeus dividiraffi-se em três esÇüâ- drões. caindo. quando chegou outro. que disse: Estando teus filhos e Íilhas comendo e bebendo vinho em casa de seu irmão mais velho. consumiu-os. de repente. e. " como foi do agrado do Senhor. veio outro e disse: " .O fogo de Deus caiu do céu.VIDAS DOS SANTOS Os bois lavravam.com . adorou o Senhor e disse: Nu saí do uentre de minha mãe. rasgou as suas vestes e rllpo. o Senhor o tirou.

para o afligir em vão. Ainda conserva a sua perfeição. em certo dia. 242 "Em tôdas estas coisas Iob não pecou com os seus lábios. "Disse o Senhor a Satanás: Eis que êle está na tua mão.PADRE ROHRBACHER. "Ora. (6) (?) Job.com . apesar de me haveres incitado contra êle. teme a Deus e Íoge do mal. O Senhor disse a Satanás: Donde vens tu?" "Êle respondeu: De dar uma volta pela terra e de passear 'por ela". Mas estende a tua mão (7 ) . diante de Deus. tendo comparecidó os filhos de Deus diante do senhor. "Satanás resPondeu: Pele por pele! O homem dará tudo o . "O Senhor disse a Satanás: Não consideraste o meu servo fob? Não há outro semelhante a êle na terra: homem sincero e reto. Porêm. a sua vida". Satanas. Não satisfeito. e então verás se êle te não amaldiçoa cara a cara" . 1. e pôs-se na sua presença. Mas experimenta.obrascatolicas. foi tambem Satanás entre êles. 'toca-lhâ nos ossos e na carne. L3-22. nem disse coisa alguma insensata contra Deus" (6 ) . http://www. coÍlseguiu a permissão para ferir Iob também no corpo.qqe possui pela suá vida. ' . estend'e a tua máo. conserva. sucedeu gue.

Baldad de Suhé. cada um do seu lugar: Elifaz de Teman. por que não havemos de receber também os males? i' Em tôdas estas coisas Iob não pecou com os seus lábios. SentârâÍn-se com êle por terra durante sete dias e sete noites. tendo ouvido todo o mal que lhe havia sucedido. erguendo a voz. feriu |ob com uma chaga horrível.VIDAS DOS SANTOS 243 "Satanás. "lob respondeu-lhe: Falaste como uma mulher insensata. rasgadas as suas vestes. tendo saído da presença do Senhor. deseiando não ter nascido para não sofrer o que sofria. porém. E |ob. lançaram pó ao ar sôbre as suas cabeças. Neste pcnto. se nós recebemos os bens da mão de Deus. a parte principal do livro. desde a planta do pé atê o alto da cabeça. Tendo. Diz: (8) A lepra. de longe. não o conheceram. "Disse-lhe a mulher: Ainda perseveras na tua integridade? Maldiz a Deus e morre".com . contra o próprio destino: as imprecações nada mais são do que um desabafo no meio da imensa dor que o torturava.obrascatolicas. levam-no a lamentar-se da sorte. "Ora. (9) Job. entra a discussão de Iob com os amigos. 1-U. Não se revolta. choraram e. em verso. As desgraças. os três amigos de |ob. e nenhum lhe dizia palavra. http://www. levantado os olhos. então. !. sentado sôbre a cinza. raspava a podridão (8 ) com um pedaço de telha. e Sofar de Naama. Tinham combinado irem juntos visitá-lo e consolá-lo. porque viam quão veemente eÍa a sua dor" (9). foram ter com êle.

Seia solitaria aquela noite.com . Que as treuas se apoderem d'aquela noite. Escureçãfft-se as estrêlas do seu crepúsculo Imatutino. Conuerta-se aquêle dia em treuas. (N. nefft ueja o abrir das pálpebras da aurota. nem seja êsse dia iluminado pela luz. não se ouça nela grito algum de alegria! AmaldiÇoefft-ftêt aquêles gue amaldiçoafft o os gue sabem euocar Leuiatan Idia. nem apartou de meus olhos os males. Escureçam-no as treuas e a sombra da Imorte. Deus não cuide dêle do alto do céu. do Atual. cefQ\e-o uma negta escuridão. não seja ela contada entre os dias do ano.PADRE ROHRBAC 244 H ER " Pereça o dia em gue nasci.obrascatolicas. ao despertar. 0au§ava grandes http://www. porgue não fechou o uentte que me trouxe.neses. entre êles o eclipse. e a noite em que se disse: Foi concebido [u* homem.). nem seja numerada entte os . ( 10 ) . Por que não morri eu dentro do uentre Imaterno? Por gue não pereci logo que saí dêle? Por gue tui recebido sôbre dois ioelhos? Por gue me amamentaram dois seios? (10) Monstro que. males. e seja enuôlto em amargura. seg:undo as mitologias orientais. Espere a luz. mas não a ueia.

depois de concebidos. como um aborto escondido. Ali estão em paz todos os caiuoi. oficial d. então. . no sepulcro. e o escrauo esta liure do seu senhor. Ou.I VÍDAS DÔS SANTÔS 24t Agora. eu não existiria. com os príncipes gue possuem outo. estaria em silêncio. e descansaria no meu sono. dormindo. ali repousam os cans ados de fôrças.obrascatolicas. Atual. enchem as suas casas de prata.com do . os quais esperam a morte que não uem. Por que não foi concedida a luz aos Iinf elizes. ficam transportados de alegria Wando encontram o sepulcio? Por gue foi dada a uidá a um homem como [eu que não sabe o caminho. http://www. O pequeno e o grande ali estão.e galés.s forçados. (12) superintendente do. lque como os gue. Ali (1 1 ) os ímpios cessam de tumultos. a uida aos gue estão em amargura de-ânimo.). (N. que fabricam para si mausoléus. gue a buscam mais ardentemente gue um ' Itesouro. sem ouuir a uoz do cruel comitre (12). não [uiram a luz. e a guem Deus cercou completamente? e (11) Ali. juntamente com os reis e com os arbitros da Iterra. .

e o gue teceio.erramam-se como [ águas. Não tenho paz nem sosségo pettutbanão tenho . (13) Job. 3-26.obrascatolicas. Suspíro em uez de comer. O mal gue eu temo. http://www. e os meus gemidos d. cai sôbte mim.246 PADRE ROHRBACHER. 3. acontece-trte .com ."pouto. mas apenas [ção" ( 13).

por volta do ano de 1500 A. e à terceira Kereu-Happouk. 12-16. 1?. "Depois disto. viveu Job cento e quarenta anos. e1n face das treuas a luz está próxima. http://www. t!-16.obrascatolicas. Há por todo o livro de |ob passagens admiráveis. e viu seus filhos e os filhos de seus filhos até a quarta geração. Não houve em tôda a terra mulheres tão formosas como as filhas de Job.com . 42. à segunda o de Ketsia.t::"*:Í:o"Z.I I I VIDAS DOS SANTOS - 247 filhas. os projetos gueridos do meu coração tornaram a noite em dia. e tenho preparado o meu leito nas treuas. Desesperado da vida . Ainda que eu espere com paóiência. o sepulcro será a minha casa. diz: "Os meus dias passaram. os meus projetos ruíram. Eu disse à podridão: Tu és meu pai! E aos uermes: Vos soís minha mãe e minha H e jutsas tu que "r. C. [tereidescanso?" (t5) (14) Job._ À primeira pôs o nome de Jemima.":fJ. (15) Job. e seu pai deu-lhes herança entre seus irmãos.::'. cheias de poesia. Depois morreu. velho e saciado de dias" (14).

As colunas do céu estremecem.o abismo da perdição não tem nenhum Iuéu. pêso.obrascatolicas.com .PADR. principia por escarnecer do interlocutor. seu Êle esconde a uista do espalhando sôbre êle as súÍas nuuens. (1?) Deus. e . http://www. Com a su'a fortaleza leuanta os tnates. com a sua sabedoria doma o (nonst(o. os mares e os que nêles moram. Ête é gue estende o setentrião sôbte o Iuácuo. seu com o tasgam se não nuuens e as trono. Aberto está o inf erno ( 16 ) diante I dete (17 I . (16) A habitaçáo dos Eortos. Pós em roda limites às águas. aterram-se às sÍras ameaças. até os confins entre a luz e as treuas. o sôbre a terta suspende e o eue Êle é o gue prende as águas nas szras Inuvens.E ROHRBACHER 2+8 Descrevendo o poder de Deus. Baldad: " Que auxílio deste a um f raco! Como sustentaste o braço do que não tem [[ôrça! Que bem aconselhaste um ígnotant'e! Que sabedoria demonstraste! A guem quiseste tu ensinat? Que espírito falou pela tua bôca? Ate oi mofios tremem debaixo da tetra. nada.

O ferro tira-se da teira. sôbre as muitas coisas da natu reza que o homem conhece: A prata tem um lugar donde se extrai. Na ú/r. 2-14. Uma terra. lo_nge dos homens. e. que produ) o pão.ores. o mineiro oscila. e êle mesmo inuestiga o fim de tôdas as Icoisas. guem poderá compreender o trouão da sua Igrandeza?" (19). http://www. segundo os modenros comenta- d.lê-se.com .obrascatolicas. " (18) "A copstelação do Dragáo. 20. em cordas. mesmo a pedra escondida na escuridão e na motte' Lonse dos pouoados . torna-se em Imetal. derretída no fogo. (19) Job. o_ouro um lugar ptoprio.I I I VIDAS DOS SANTOS O seu espírito 249 adornou os céus. suspenso.u[i"nT"?:nr!: i gnoradas dos pés eue passam. produz Eis que tudo isto n e_a sua mão ( 18 ) . guena obras. se apenas temos ouuido um leue sussutto [d" sua palat)ra. e a pedra. onde se acrisola. no fundo da mina. O homem põe um fim às treuas.ma péplica.

Não é dada oelo mais puro ot7ro. Donde uem. nem com o precioso berilo nem com a safira. nem o leão passou Por la. netn ela se encontra na tetra dos mortais. abte galerias. onde se encoíttra ela? Qual é o lugar da inteligência? O homem não conhece o seu caminho. a sabedoria uale mais gue as pérolas. dos úos. remexe os montes desde as súas taízes. nem é comprada a pêso de Prata.obrascatolicas. Cortando os penhascos. e onde é gue se encontra a inteligên-cia? Está escondida aos olhos de todo. Não se põe na balança coffi o ouro de Ofir. nem é comparada com o ouro mais Puro. O abismo diz: Ela não está comigo. pois.250 PADRE ROHRBACH ER por baixo está como fogo. e o olho do abutre não os uiu. e não é dada em troca pot uasos de ouro. profundidade Inuestiga também a e oõe ã d"troberto o gue estaua escondido. as sÍras pedras contêm safiras. Mut a sabedotia.s os Iuiuentes. as feras não os trilhatam. a Sabedoria. Estende a sua mão contta os tochedos. Não se lhe íguala o ouro nem o uidro. e os seus olh-os uêem aí tudo o que há de I precioso. http://www. A aguia não conhece êsses caminhos.com . o coral e o cristal não se comparam com ela. Não se lhe íguala o topázio da Etiopia. e os seÍrs torrões partículas de ouro.

1-28. O inferno e a morte dizem: Àos nossos ouuidos chegou a sua fama. e na Igreja copta a 29 de agôsto. Em |erusalém no dia 22 de maio. quando prescreueu uma lei às chuuas e [traçou um caminho aos relâmpag'os. http://www.obrascatolicas. e regulou as águas com medida.VIDAS DOS SANTOS 26L até às aues do céu está oculta. Na Abissínia há um ofício que se celebra em honra de |ob no dia 27 de abril. então êle abiu e a mediu. O nome de ]ob se encontra nos martirológios latinos. êle sabe onde se encontta. Na Grécia. Deus conhece o caminho para a encontrat. E disse ao homem: O temor de Deus é a uerdadeira sabedoria. ---(20) Job. porque êle uê até os confins do mundo. a 6 de maio. e uê tudo o que há debaixo do céu.com . No martirológio romano verlo-lo no dia 10 de maio. o apartar-se do mal é a inteligência" (20) . O culto do santo patriarca encontra maior prática no Oriente. e a estabeleceu e a perscrutou. 28. Quando deu'o seu pêso aos uentos.

de bispos e de santos. tôda a Irlanda o festeja. fundou a grande abadia de Bangor. depois de ter fundado outro mosteiro. o de Cell Comgall. São Comgall teve o culto âpÍovado a 17 de dezembro de 1903. do Lllster. Comgall dirigiu para mais de três mil monges.obrascatolicas. que implantou a regra na Gali d. a mais célebre de tôda a Irland ã. Educado por São Fintam em Clonenagh e por São Kieran em Clonmacnoise. e um grande número de abades. em Bangor e noutros mosteiros menores. Íirmou-se como um mestre dos mais completos. faleceu no dia 10 de maio de 601. rB fs .ú http://www. Em 550. Neste dia. monges que se davam à cultura da terra e aos trabalhos manuais.ssor Um dos mais célebres fundadores da vida Ílonástica na Irlanda.com . e ã que mais religiosos abrigou. Comgall nasceu numa família muito nobre. como missionário. tornou à Irlanda.sÃo COMGALL (*) Abade e Confe. Tendo trabalhado por uns tempos na Escócia. onde. De Bangor saíram São Columbano. em 516.

tendo prometido a Deus guardar a virgindade. levaáo pela cólera. fortalecida pela graça. mas Solange. Se a paixão do jovem Bernardo era grande. levantou-se e foi até São Martinho de Cros. num repente. tendo sido pastôra na infância. §[uândo. desmontou. com a negação da bela jovem tornou-se violenta e âvâssaladora. Agarrando-a levou-a consigo. à beira do túmulo da http://www. pois. Bernardo. indo cair logo adiante. tomando a cabeça entre as mãos. raptâ-la. o gue Í.obrascatolicas. a cavalo.com . filho de Bernardo. Diz a lenda que a mártir. conde de Poitiers.SANTA SOLANGE (*) Virsem e Mártir Solange nasceu em Villemont. puxou da espada e decepou a cabeça da santa virgem. Furioso por se ver desprezado. despertou a paixão de Bernardo de Gothia. _A igre_1a de São Martinho passou a chamar-se de Santa Solange. perto de um riacho. Moça. num salto. precipitoü-se da montaria. em 880. Resolveu.ê2. que se propôs desposá-la. arrancou-se dos braços ão raptor e. jamais poderia câsâr-se. onde a sepultaram no cemitério daquela igreja. belíssima. perto de Bourges. Solange respondeu-lhe que.

Paladio II foi o d*ácimo-terceiro.BACH 254 ER. discípulo de São Mesmino em Micy. retirou-se numa floresta.PADRE ROHR. um dos seus sucessores. É padroeira da diocese de Bourges. Na diccese de Orleans. Morto. antes mesmo que o corteio finde o seu trajeto. êste segundo Paládio teria sido o padrasto de Simplício. em 1658. que construíra. sucessor de Silvestre. falecido em 384. a de Marchenoir. Levam-lhe em procissão as relíquias. falecido em 396. onde foi enterrado. Faleceu em 460. ermitão (séctrlo VI ) . Em Besançon ainda. foi enterrado numa capela de Santo Estêvão. bispo e coflfessor. Anacoreta. os milagres principiaram e se multiplicaram por muito tempo. dois bispos de nome Paládio. No mesmo dia. o corpo foi transferido para a igreja do lugar colocada sob §ua invoçaçã9. solenemente. São Leonardo. São Fronimo. quando de calamidades públicas.com . Consoante um discurso de Sidônio Apolinário. Paládio I e o nono na lista dos bispos daquela cidade. Fêz construir a basílica de Santo Estêvão. em Besançon. Em 1226. São Silvestre. Invocam-na também em tempos de sêca. aprovou a constituição de uma piedosa confraria sob o nome de Santa Solange. Em Bourges. http://www. e as chuvas caem copiosamente. virgem. Uma bula do papa Alexandre VIII.obrascatolicas. invocâIn-Ítâ confiantemente. até Bourges. e os habitantes da cidade. bispo e confessor.

no lago Como. Viúva. confessor (século XI ) . chamado Tetrádio.VIDAS DOS SANTOS 255 Em Bourges. Em Pádua. foi casada com um nobre senhor. http://www. fundou a abadia de Moyen-Moutier de Bourges. distribuiu aos pobres tudo o gue possuía. Durante setenta anos. virgem. viúva. o bem-aventurado Miro. a l0 de maio de 1226. tambem chamado Antelmo. a segunda a 25 de outubro. Na Itália. Os numerosos milagres ocorridos à beira de seu túmulo. O corpo é venerado na igreja de Santa Sofia de Pádua. Santa Eustadiola. retirou-se ao monte Gemmula. guardou abstinência. depois em Sorigo.obrascatolicas. Mais tarde. Filha do marquês do Este de Ferrârâ. a bem-aventurada Beafiiz do Este. Na diocese de Versalhes. Duas outras bem-aventuradas do mesmo nome são honradas no dia 18 de janeiro e 29 de julho. Faleceu com vinte anos. inglês de origem. em 1036. faleceu em 1193. o bem-aventurado Guilherme. levando vida solitária. A primeira a 10 de setembro. atraiu por muito tempo legiões de peregrinos. a 8 de junho de 624. rloÍÍefldo nonagen âria. Nascido em Canzo. primeiramente perto da cidade natal. restaurou muitas igrejas. padre encarregado das almas de Pontoise. confessor. Festejada neste dia e no da morte.com . proÍessou entre as religiosas beneditinas de Santa Margarida de Salarola. De f. onde se distinguiu pela humildade e o amor à pureza. Houve uma exumação das relíquias em 1452 e outra em 1637. Teve o culto aprovado em 1763. Em Versalhes Íestejam-no a I 1 de maio e em Pontoise a 10 do mesmo mês.amília senatorial. Honrado por Filipe Augusto.

deu-lhe sepultura. sacerdote e mârtir. sua espôsa. gue o imperador Alexandre fez morrer pela espada ordenando. que seu corpo. O senador Simplício foi condenado ao mesmo suplício com a mulher. São Dioscórido. em Roma. homens e mulheres. mártir. depois. mas o papa Calixto. o Apóstata. Em Roma. Em Milão. São Calepódio. Em Lentini. numa gruta. Em Esmirna. Palmácio. anàlogamente Felix e Blanda. por haver confessado ]esus Cristo no tempo de ]uliano.obrascatolicas. Durante a noite. cidade em que havia sofrido a morte pela [e de ]esus Cristo. os filhos e sessenta e oito pessoas de sua família. bispo. na Sicília. célebre pelos milagres. Expuseram as cabeças dêstes santos mártires sôbre diversas portas da cidade para intimidar os cristãos. após ser arrastádo pela cidade. os santos mártires Gódio e Epímaco. Em Tarento.com . decapitado. Sao Cataldo. onde as relíquias de Santo Epímaco haviam sido transferidas anteriormente de Alexandria. a invenção dos Santos Nazário e Celso. foi longamente flagelado com cordas providas de chumbo. fôsse atirado ao Tibre. em Roma.PADRE ROHRBACH ER 256 mesmo dia. tendo encontrado o corpo http://www. os santos mártires alfio Filadelfo e Cirino. bispo. num lugar chamado as Cem Salas. cônsul. e. efl memória do dia em que Santo Ambrósio. a festa dos santos mártires Quarto e Quinto. foi também decapitado No juntamente com sua mulher e filhos e quarenta e duas pessoas de sua casa. O primeiro. cujos corpos foram transportados para Cápua. afinal. tendo-o encontrado. na Via Latina. na via Latina. Ademais. os cristãos enterraram-lhe o corpo sôbre a mesma via.

que parecia ainda fresco. o transferiu para a igreja dos santos apóstolos com o do bem-aventurado Celso. t*t http://www. menino gue o santo mártir havia educado. e gue o juiz Anolim mandara decapitar durante a perseguição de Nero. em 28 de julho.obrascatolicas.com . dia no gual se lhe soleniza a festa.VIDAS DOS SAN de São Nazário coberto de sangue.

N DIA DE MAIO SÃO MAYEUL Abade de Cluns Em meio às agitações políticas do décimo século. nascido na Provença pelo ano de 906.aziam incursões nos países vizinhos.obrascatolicas. mas principalmente os sarracenos. situadas nas dioceses de Riez. nos Alp es. que. e táo rico gue doou ao mosteiro de Cluny vinte terras com as igrejas a que pertenciam. era da primeira nobreza. f. e suas terras haviam sido devastadas pelos bárbaros. seu pai. conhecendoJhe o excelente natural. tendo perdido a vista. São Mayeul era ainda jovem quando perdeu pai e mãe. obrigando-o a abandonar o país e dirigir-se à Borgonha. tomou como adjutor Sáo Mayeul.II. onde se retirou paÍa Mâcon. após pequena permanência ali. e. sucessor de Santo Odon. O abade Santo Aimard.com . O jovem Mayeul foi recebido em Mâcon por um senhor seu parente. Aix. Foucher. de sua fort aleza de Freysinet. colocou-o entre seus cônegos recomendando-lhe em segrêdo que se corrhttp://www. o bispo Bernon. Êstes bárbaros eram os sarracenos e os húngaros. e Sisteron. a congregação de Cluny continuava a produzir santos e a propagar a restauração religiosa.

obrascatolicas.com 259 .VIDAS DOS SANTOS http://www.

-concedeu a sua apro. Mayeúl governou sôzinho a abadia du'rante perto de trinta anos.E ROHRBAC H ER rendas. os filOsofos e outros escritores profanos.com . Não desproz ava. em Ivr âcortrPâo santos óleos. o monge e do rei da nhava. com tôdas as abadias e outros lugares que dele dependiam. A ata está subscrita por Maiábolde. 11 maii. deixara mulher. todavia. indo tornar-se monge em Cluny. tinha sernpre um livro à mão. effi 96?. gue eram grandes. Acta SS. e temendo que as enfermidades fôssem causa dé relaxamento na observância da regra. e outros dois [i9pos. isto é. bens. Seis anos apóJ a entrada de Mayeul ro Írosteiro. Êste fôra doÉ Pri Italia. pediu'o conselho de alguns bltpoi abades. atê 964. ( I ) Após a morte do venerável Aimard. mas atraído pela reputação de São Mayeul. Nessa qualidade foi São M"y I enviado a Roma. e cargo. e o cuidado pelos negócios externos. com o consentimento de tôda ã . teiro de Cluny. Letoldo. sentindo-Se velho e cego. o santo abade Aimard. e advogado ou protetor de Cluny. bispo de Mâcon. a fim de gue São Mayeul não se pudesse excusar. sect. iá dos mosteiros vizinhos. . e dêles (1) Acta Bened. ' Santo Aimard tomava São Mayeul mais por coadjutor do que por sucessor..w0 PADR.ração. porgue se encontia Aimard nomeado como abgdg ê* íárias cartas dos anos seguintês. Temós a ata autêntica que lhes ende" onde declara que lhe da o govêrno do mosrêçou. A leitura dos livros santos coÍtstituíalhe as delíciasi em viagem mesmo e a cavalo. conde de Mâcon. e. v.obrascatolicas. http://www. iâ de Cluny.o-ut idade.o áro de 948. Paia essa ata.. declarou-o abade. e duunção dos rante a viagem. dois abades e cento e trinta monges.

T VIDAS DOS SANTOS A tonsura eclesiástica. Segundo uma carta ornada dos mbados do século XfV. http://www.com 26t .obrascatolicas.

após ser despedido várias O santo compadeceu-se. abraça. O abade Mayeul procurara sempre o recolhimento. benzeu a água segundo o costume da santa Igreja. Ninguém melhor do que êle tinha conhecimento da disciplina eclesiástica.' Reprimia as faltas com zêlo. Também tinha o dom dos milagres. tocados pelas suas exortações.êz o sinal http://www. sem crimes. desceu do cavalo. mas. Muitos ricos e poderosos. O abade despediu-o com forte reprimenda. Como havia guardado a virgindade. Deplorava as menores faltas como se fôs. f untava à doutrina grande facilidade de falar. empenhâvâ-se a fundo em conservar a puÍeza dos monges. se lavasse os olhos com a água onde São Mayeul houvesse lavado as mãos. e escutavam-no com pÍazer quando proferia um discurso de moral. sem 9ue a união fôsse prejudicada pela diversidade de nacionalidades. sabendo que êle havia pedido tal água aos domésti\§os.obrascatolicas. mesmo nas viagens. proibiu-lhes terminantemente lha dessem. em seguida. dos Cânones e das leis. Indo. entre os muitos pobres que lhe pediam esmolas. ram a vida monástica e aumentaram consideràvelmente a comunidade de Cluny. por devoção. O cego não se desencorajou. e orava com tal compunção. urn cego disse ter tido a revelação de São Pedro que recuperaria a vista.com . f. e.T 262 PADRE ROHRBACHER tirava o que de útil achava. a Puy-en-Velay visitaÍ a igreja de Nossa Senhora. que o mais freqüentemente encontravam a terra regada de lágrimas. abrandava â correção por todos os meios possíveis.

mas não deixavam de furtar-lha. depois. tudo havia deixado para torÍrêr-se monge em Cluny. pois curava os enfermos. em França e outros países. Dele se relata grande númãro de outros milagres. A imperatriz Santa Adelaide quis servi-lo como a mais humilde das mulheres. Nessa época. desejava ardentemente vê-lo. de cuja reforma o encarregaram. como vimos.obrascatolicas. Numa das terras da abadia de Cluny. e êste recuperou imediatamente a vista. a âgua em gue se havia lavado. O imperador Otáo. com os assistentes. urn camponês tomou secretamente da água onde o abade lavara as mãos. gue.VIDAS DOS SANTOS 263 da cruz sôbre os olhos do cego. era amado e respeitado po1 todos os senhores. Í. em suâ presença. e gueixavâ-se muital vêzes. vale dizer no ano http://www. biOgrafo do santo. conhecendo-lhe o mérito.azia depois derramar.com I . O príncipe fê-lo vir junto de si. ao ver os monges levarem uma vida secular. diz ter ouvido êsse fato das testemunhas que o haviartr presenciado. se pôs de joelhos e orou à santa Virgem com lágrimas nos olhos. pelo relato de diversas pessoas. após ter sido senhor de alta coÍrsideração na Itália. Siro. todos que tinham negócios com o príncipe procurâvam-lhe a mediação. Aumentou consideràvelmente os bens temporais de Cluny e estendeu a observância a diveisos mosteiros. O santo varão. e de tal maneira se lhe afeiçoou. que quis dar-lhe o govêrno de todos os mosteiros dêle dependentes na Itália e na Alemanha. os cuidados do império não o impediam de ter grande afeição pelos mosteiros. levou ao conhecimento do imperador a vida particular do abade Mayeul. confidente do imperador. o Grande. sabendo do fato. Iavou os olhos do filho cego. Helderico. Antes de levantar-ser o cego recuperara a vista.

atribuído. chamado o Ceu de rei Luitprando. estendeu a mão e recebeu o golpe. a São ]erônimo. com for' Santa. dedicada a Santo Apolinário. do que levou uma cicatriz tôda a vida.obrascatolicas.E ROHRBACIIER. desde então.%34 PADR.com . mas afligia-se l'larias e falavam com desprêzo da religião crístã. do alto de uma rocha. tendo-lhe tirado os outros livros. O abade santo começou a mostrar-lhe. perto de Ravena. um dêles lan-çava um daráo contra um de seus servidores. rz. Contou quantos http://www. gb6. o qual os sarracenos haviam deixado com êle por descuido. Náo temia a morte. e famoso de Agostinho. Santo de relíquias pelas ' São Mayeul empreendeu outra viagem a Roma vendo que. reformou a abadia de Classe. restabeleceu o mosteiro e. de Pavia. e ali colocou um abade.

Entãó êles o eXortaram a que enviasse um dos seus a fim de trazer o resgate. vale dizer. o abade aúaia mais e mais â vereração dos bárbaros.VIDAS DOS SANTOS 265 dias faltavam para a festa da Assunção. o santo respondeu que nada dêste mundo possuia de próprio.eito. ofereciam-lhe o que êles proprios comiam. para cada um receber uma libra. o abade fuiayeul enviou um dos monges. e viu que eram vinte e quatro. Entretanto.obrascatolicas. mas gue governava pessoas gue possuíam grandes terras e muito dinheiio. isto é. com uma carta escritá de muitas pessoas de bem contribuíram com suas liberalidades. Na hora do repasto. estava-se no dia 23 resJ-. e reuniram prontamente a soma prometida.com . Perguntaram-lhe se era suficientemente rico em sua terra para resgatar a si e aos seus. carne e http://www. e o estrpularam em mil libras de prata.

OHR. instaram com êle para que aceitasse a Santa Sé de Roma. e os outros repreenderam o companheiro. colocou o pé sôbre uma bíblia que Mayeul trazia sempre consigo. o que foi considerado uma punição divina pelo aprisionamento do santo abade. Os sârrâcenos não demoraram a ser completamente batidos e rechaçados de Freysinet pelas tropas de Guilherme. em pres. dizendo que queria viver pobre e não deixarlamais o seu pequeno rebanho. Vindo enfim o resgate. "S"i que não tenho as qualidades necessárias a uma dignidade tão insigne. dizendo que não era pieciso tratar assim as palavras dos grandes pr9Íetas. Restituíram. O santo recebeu -o. querendo polir um bastão. Como o imperador e a imperatriz insistissem. e celebrou a festa da Assunção entre os cristãos. mais. bem como todos os que com êle haviam sido aprisionados. No mesmo dia.obrascatolicas. os livros. São Mayeul loi libertado. Outro sarraceno. como havia pedido. vaga. pediu tempo para pensar. Mergulhou na prece e encontrou-se Íortitiôado na resolução" Disse aos senhores e aos que o queriam persuadir a aceder aos desejos bispos do impárador . que tinham sido encontrados entre os despojos. fê-lo cozeÍ prontamente e lho trouxe. êste sarraceno. tendo entrado numa briga com outros.com . teve cortado o pé co1n que pisara a Biblia. O santo gemeu. Algum tempo apos o regresso de São Mayeul a Cluny. havendo-o chamado iunto de si.nÇi áo abade. Íêz sua oração e coÍleu-o com ação de qraças. e os folIlânos e eu estamos tão distanciados no qtle tange aos http://www.s6 PADR.E R. sua tan[a mãe.BACH ER gual amassou um pão com muito asseio. o imperador Otao II e a imp eratriz Adelaide. O abade Mayeul recusou constantemente a dignidade.

Mayeul. chegado a souvigni. longe de desejarem á r"?or-á. e êste talvéz não seja o menor de seus milagres. bispos e 9s senhores. t""oú á.azeres.obrascatolicas. Reunida em assembleia a comuniãade. êrcâfou-â com a santa alegria gue a confiança cristã coÍrcede aos santos. dependência. notadamente o" rei Hrg. temendo. mas. não mais se acreditando útil na íerru. gue . queixas dos ^havia Ínonges de Sao )ionísio. os rãligiósos derramaru* lãúi-. como o estamos com relação ao país. gue as enfermldades"i"" dà velhice o impedissem de manter em vigor a discip.VIDAS DOS SANTOS 261 costumes. são Mayeul creu dever designar santo odilão para seu sucessor. a colocarem sob a disciplina dêle os mosteiros de sua . sua reputação e zê. porq-ue. Não podend_o suportar sôzinho tantos af. por causa da idade avançada. Sãg Mayeul. o santo abade por-rll caminho imediatamente. muitos prelados e cento e setenta e sete -o.." permaneceu irredutível na recusa. como disse. "á" o rei Íi-ram gozar do repouso pelo guar ansiava. a"ssinàdu pá.: peto. para mostrar gue aprovavam ou ratificavam esta eleição.li"u j$gular.Temos a ata da eleiçao. caiu gravemente doente. não suspirava senão pelo céu. fe-lo eleger u voz.com . crer-. fôsse estabelecer a reformá. Hugo. u maior partã a temia tanto quanto dela necessitava. não obstante a ánfermidade. rei da [iorgonha.. Rodolfo II.rgés.. C. guanto aos monges. Apgs decisão tão importante. §abendo gue a última hora tinha chegado.ecebído g"urd". que o rei e os prelados não assinaram senão coÍlstrangidos. o bom odor dos frutos da reforma que Mayeul havia já estabelecido em diversos lugares.: http://www.lo ifr" p. pe{ú a São Mayeul il."-i.

obrascatolicas..PADRE ROHRBACHER 268 em tôrno de seu leito. http://www. sect. <<Deus me ração dos fiéis. êle consolou-os. 11 mall. Acta SS. (1) Acta Bened. *** v.com .

eis ali que límpida água. Se assim é. um dia. levâ-la a recuperar a honra. e. Disse-lhe.amiIia da Borgonha.u Frísia. das virtudes. e lâ mergulha teu braço. Casado. tendo passado a infância e a juventude na mais perf eita inocência.com . disse-lhe Gangulfo. vaidosa. que o gue se propa- lava a respeito da vida libertina que levava era injusto e sem fundamento. o Breve.sÃo GANGULFO (*) Mártir Gangulfo ou Genguto nasceu numa irustre Í. gue lhe ria. Vai. foi-lhe infiel. serás inocente aos meus olhos. procurandc.. teve uma espôsa frívo.o que foi uma prova para a virtude do santo. nem quente nem fria. http://www.obrascatolicas. que não causárá gualquer mal. A espôsa. a mulheÍ. advertiu-a.la. clepois pregou o Evangãlho . muito amante das coisas do mundo . então. Se nada te acontecer. com imensa paciência. estudando e aplicando-se às práticas da piedade cristã. são Gangulfo tomou parte em várias guerras de Pepino.

entre Auxerre e Autun. disse-lhe Gangulfo. eXoftava-a a expiar as faltas passadas. sentiu áot"t atrozes. Por cartas. o orgulho gue nela morava e era grande. à medida que o tempo ia passando. foi concebendo um grande e resolveu ódio pelo marido que a apartara de si matá-lo. que deixava escâpar.u. Mergulhou o braço na água. porêm. ao mesmo tempo que a pele lhe caia por si só.' imPressionantemente. na penitência e nas lágrimas. Melhor deixar-te a liberdade para qge expies. Tôdas as delicadezas. A Culpada. os últimos . Poderia. Derto de Avallon. impediu-a de pedir perdão. espôsa apressou-se à prova tão facil. mas não o farei. enviou-a a um dos seus domínios. foram inúteis. e looo mais.obrascatolicas. tinha ós ohós baixos.silêncio ió cortado pelos gemidos de dor. cheia duma raiva que a custo rePrimia. tôda ela fremente. quando dormia. cot'ferindo-lhe uma certa pensão para a subsistência. e. Falecido a 11 de maio de760.rá-"ntos. foi sepultado por duas piedosíssimas tias que viviam em Varenes. atitâ'la a tôda a severidade da lei. Ganqulfo deixou-a. Atacado na cama. as guais obtiveram o corpo do santo sobrinho. Gangulfo ainda teve tempo de .eceb". A mulher continuou a levar a mesm'a vida depravada. para que pudesse ter melhor vida. Villetrudes e Villegosa.PADRE ROHR. o adultério que o cétt revelou. E.com . retirando-Se a um dos seus castelos. Nr. E. libertina e de desordens. entetÍdfi- http://www. por um cúmplice da adúltera.BACH 270 ER. quando o retirou. dali continuou a velar pela infiel.

VIDAS DOS SANTOS *** http://www.com .obrascatolicas.

lffi|tiltfr.obrascatolicas. resolveram deixar a ltália. em 4. No mesmo instante.. o primeiro dêles. numa família pagá. indo parar nas imediações.i: suplicou ao soli- para melhor se Não demorou muito. recebeu o batismo. ie com a intenção de se consagrar ao serviço.SANTO UDALDO (*) Mártir udaldo ou Audaldos nasceu na ltália. . então.05.qg Elna' Era em 423 ' e os íiJgoaor arianos. que combatera sob os generais romanos e conseguira vastas terras' um dia. sob Teodorico. eram o govêrno no Pais' Udaldo viu voltar-lhe. fazendo-se mister encontrar um lugar em que se vissem a seguro dos assaltos do desencora_ jamento. o gôsto que http://www. Pancrácio avisou-o de gue a aprendi zagem eta dura. encontrando-se com um santo ermitão chamado Pancrácio. Ambos.com . de Deus. impressionado.iTtJua aplicação. de repente' poderoso' o instinto do bárbaro.

recebeu o sacerdocio. ame- drontando o jovem. f alando-lhes das coisas de Deus. Morto o amigo. às austeridades. quando um trovão. em 441. pôt-t" a trabalhar na conversão dos do país. E. Tais trabalhos.2 uma peregrinação ao túmulo de São Saturnino. ia f.com . tencionando abandonar o companheiro. Foi durante êste tempo de grandes trabalhos gue udalclo. para depois ganhar Roma. seguiu para Roma.000 (N. dava-se com ardor inco. que acabaram por derrear com o bom Pancrácio. ambos impondo-õe rudes macerações. pregandollhe. (1) Segundo alguns 500. Pancrácio.000 homens. donde. http://www. sem que nada pudesse motivá-lo. Ãtila. curando-lhe as ilusões que acalentara por pouco. Obedecendo a uma divina inspiração.). marchava sôbre Constantinopla. em Tolosa.VIDAS DOS SANTOS 273 tomara pela vida contemplativa soube-lhe amargo e acre. o santo Íê. naquele tempo. enquanto Udaldo. movido por uma fôrça ãirrirru. Udaldo e Pancrácio aplicaram-se com grande diligência à oração. tendo diligenciado na [crmação dum colossal exército ( 1 ) . Atual.mum a salvar as almas lque o companheiro reunia em tôrno de si.azê-lo. tcdo tomado pelo espírito de caridade. levou-o paÍa o Senhor. segundo outros 700. vivamente. ribcmbou surdamente pelos cáus.obrascatolicas. Udaldo f oi ao encontro daguele que se chamou o Flagelo de Deus. dalgum bispo da região de Barcelona. conhecedor das línguas bãrbaras dos godcs. todos pagãos.

com . execução. e.ria.PADRE ROHRBACHER 274 do Flagelo. sorveu confiantemente o metal enrubescido.obrascatolicas. http://www. o de beber uma conca da conca. onde o chumbo chiava e se enrodilh ava. como a uma reconfortante água pura e f. liquefeito. qual seja de chumbo derretido. Íêz sôbre ela o sinal da crlJz. centaria um novo.

anos. No lugar chamado de Tavernolas. quando. Findo o trajeto. Encantado. estupefacto. Rolado o tonel pelos campos até os muros de Ax. então. o exército ostrogodo de Atila acampou em Ax. Por sete . um pouco mais tarde.com .obrascatolicas. foi impedido por Udaldo. eÍa a 1 1 de maio de 452. trabalhou Udaldo na conquista de almas para Deus. O santo regressou a Tolosa. com intenções de sacrificar ao deus Março.VIDAS DOS SANTOS 276 Valamir. Ali. e se ÍCz para o Vale de Andorra e chegou a Urgel. desta yez para não mais poupar-lhe a vida. Íora da cidade. a permissão http://www. ali descansou o santo mártir atê 581 . limitou-se a enviar o grande missionário para bem longe dos exércitos do huno terrível. entre os ribeiros de Ause e de Ariàge. através dos Pireneus. nem mesmo pensou em lhe ordenar o decepamento da cabeça. e dedicou-â ao santo cujas relíquias tão carinhosa e respeitosamente úazia. mal sabendo que. os habitantes de Ax conseguiram do bispo Germier. pediu e conseguiu relíquias de São Saturnino. arrancaram-no para fora e lhe acabaram a vida com certeiro golpe de punhal no imenso coração de santo. Um dia. O chefe bárbaro não titubeou: ordenou que o encerrassem no tonel que contivera o vinho dos sacrifícios e o vârâssem com longos pregos agudos. barulhento e terrível. em meio a dois rochedos. E Valamir. o sangue do valoroso Udaldo banhou generosamente a terra por gue passou. Enterrado no lugar que se charnou de Santo Udaldo. haveria de reencontrá-lo. ergueu uma igreja.

o Piedoso. no tempo das guerras de Carlos Magno e de Luís. gnde passaram a venerá-lo como un dos padroeiros da cidade da gual foi a salvaguarda. pata eXUrlá-lo e depositá-lo.obrascatolicas. contra os sarracenos.com . http://www. as relíquias foram transf eridas de Ax para Ripoll. honrosamente. Em 97 8. na igreja paroquial.PADRE ROHRBACHER.

sÃo GALTÉRIO DE ESTERP (*)
Abqde e Conlessor
Galtério nasceu em 990, nâ Aquitânia, de pais
que habitavam o castelo de Confolens. Educado na
ábudiu do Dorat, foi, pela conduta, exemplo para
todos os estudantes.
Um dia, apareceu na comunidade um considetâ-

de São

mosteiro

Hervê, então tesoureiro do
Martinho de Tours, fervoroso na oração.

vel personageÍL

Galterio, gue almejava tornaf-se poderoso junto de
Deus, pelas orações, achou que devia seguir o visitante, quando êste fôsse orar na igreja, de modo a
descobrir quais as palavras que dirigia aos cêus, ou
que fórmuias usava quando falava ao Senhor. E
ássim o f.ê2. Chegandó furtivamente atrás de Hervê,
apenas viu que o santo homem só f.azia chorar e SUSpirur, não prorrr.iando uma única palavra. E o
que se
Jovenzinho compreendzu que a melhor oração
palavras
podia dirigir u Ders não era constituída de
nem de fórmulas, mas tôda ela f eita de lágrimas
copiosas e de suspiros sem [im.
Anos depois, Galtério tornou-se cônego do
Dorat, e, seja com os da comunidade, sejl sôzinho
na cela, estava sempre ocupado em orar a Deus com

http://www.obrascatolicas.com

PADRE ROHRBACHER

278

o maior enlêvo, sem que qualguer distração o âÍÍãrtcasse da presença do Altíssimo, porque, observador
gue era' tirava, com grande proveito, dos defeitos
dos oufros, as devidas correçõá. puru os seus.
I Im dia, porque o abade tratava os cônegos
com certa dureza e procurara adoçar-lhe o feíoz
humor, caiu nas desgraças do ,.rp"rior. Retirou-se ,
então, para um subúrbio de conforens. AIi, redobrando as austeridades, não tardou a chamar a atenção da gente do lugar- e, pcuco depois, a dos cônegos
regulares de Esterp, abadia gre e.iuva afeta a diocãse
de Limoges.
Atraído pelos membros daguela comunidade,
Galtério, num instante, conguistou o coração de todos
foi escolhido como abade, guando o velho supe-rior?faleceu,
de volta duma peregrinação Que empreendera à Terra Santa.
Inicialmente, o santo recusou o cargo com grande
veemência, alegando incompetência, t"do êle iom a
humildade e o amor pela trangüilidade espaventados.
Resjstiu por longo tempo, implorando qú" ...olhessem outro mais digno e com maiores aptidões, mas
a comunidade não se deu por achada: recorreu ao
senhor d,o país,.Aymard
instado por
- e Galtério,
êste, acabou cedendo. Estava,
então, com guarenta

e dois anos.

Como abade, Galtério mais governou com os
exemplos de vida do que com u uütoridade gue lhe
advinha do pôsto ao gual o alçaram. Mais humiláe
ainda, considerâvâ-se o último dos religiosos. Todo
zêlo, jamai-s se esgueceu da pobreza áur circunjacências, e f.êz esmolas como ninguém o f.izera urrí.t

http://www.obrascatolicas.com

VIDAS DOS SANTOS

.

279

dêle em Esterp. Os pecadores que converteu foram
em grande número.
Sete anos antes da morte, Deus provou-lhe a
paciência, tirando-lhe a vista. Cego, Galtério viu-se
ainda mais perto do Senhor.

A 11 de maio de 1070, faleceu o santo com
imensa doçura, e o corpo foi enterrado na igreja
de Esterp. Deus ilustrou-lhe o túmulo com diversos
milagres.

A

festa de São Galtério de Esterp foi estabelecida em 1091 .

**r

E http://www.obrascatolicas.com

sÃo FRANCTSCO DE GIROLAMO (*)
Conf essor

Francisco era filho de |oão Leonardo de Girolamo e de Gentilesca Gravina. Nascido perto de
Tarento, nâ Itália, a t7 de setembro de 1642, era o
mais velho de onze irmãos, aos guais suplantou na
virtude e na aplicação aos estudos.
Recebido na sociedade de eclesiásticos de São
Cajetano, ali se fez ministrador de catecismo às
crianças, incumbindo-se também da arrumação da
igreja.
Depois dos primeiros estudos, estava com dezesseis anos, enviaram-no a Tarento, para se dar à
teologia. Ali, recebeu, depois dalgum tempo, as santas
ordens e o diaconato.
Fazendo-se para Nápoles, estudou direito canônico e direito civil.
A 8 de maio de 1666, com uma dispensa de
idade, recebeu o sacerdócio.
Cheio de desejo de perfeiçáo, suspirando cons"
tantemente, desde algum ternpo, pela solidão, foi,
porem, por cinco anos, prefeito dum colégio da
Companhia de |esus.

http://www.obrascatolicas.com

I
VIDAS DOS SANTOS

281

Quando entrou nos vinte e oito anos, Íoi admitido como noviço na Companhia. Humilde, clado
às mortificações, obedientíssimo, passou por duras
provas.

Passado o noviciado, Francisco, com o padre
Agnello Bruno, trabalhou nas missões. Durante três
anos, com aquêle companheiro, percorreu inúmeras
aldeolas da Puila e de Otranto, como se fôra um
an jo que os céus lhes enviara.
Em 1674, estava novamente em Nápoles, onde
termincu os estudos de teologia, e, no ano seguinte,
foi nomeado pregador da igreja do Gesu Nuouo
início duma carreira apostólica que iria durar, sem
interrupções, quarenta profícuos anos.

Grande parte do sucesso que São Francisco de
Girolamo obieve lhe adveio da grande eloqüência.
Possuíndo voz forte e sonora e estilo simples, insinuava-se no coração dos ouvintes com maneiras graciosas e atraentes. Preferentemente, falava sôbre o
pecado e cs terrores dos divinos julgamentos, pintando-os com côres tão vivas, suscitando imagens
tão perfeitas, que arÍancava lágrimas de arrependimento ou sustos dos que o ouviam, todos presos, de
olhos escancarados, ccmo que magnetizados pela
fôrça do verbo facil. Habil, passava a falar d'as
doçuras, da bondade, da inf inita misericórdia de
Nosso Senhor ]esus Cristo, e aquêles que choravam,
entregues ao desespêro, clo terror passavam à tranqüilidade, à esperanÇa. Era o momento em que, apelando aos corações endurecidos, convidavâ-os a
solicitar clo Salvaclor o perdão e a reconciliação. Era
de ver, então, o grande nún1ero de pessoas gue ,

http://www.obrascatolicas.com

I

282

PADRE R,OHRBACHER,

caindo de joelhos, suplicavam a ]esus crucificado a
bênção dum olhar terno e cheio de perdão.
Sempre, antes de dar início às pregações, São
Francisco de Girolamo passava longo tempo aioelhado aos pés do Crucifixo. E o santo soube âpÍoveitar-se das oportunidades com maestria.
Em 1707 , numa erupção do Vesúvio, disse êle
aos ouvintes, com voz cava, num tom tão lúgubre
gue arrepiava:
Nápoles! Em que tempos vives?
Estas palavras, que em outras circunstâncias
nenhum efeito teria, mesmo lançadas naquele diapasão terrível, foi duma eficácia incomum.

Doutra Íeita, pregava, com tantas lamúrias,
sôbre os malefícios do pecado, gue um menino, entre
os assistentes, rompeu a chorar desbragadamente.
São Francisco de Girolamo deixou o púlpito, apressou-se a ir ao encontro do pequeno, ao qual abraçou
com imensa ternura, depois do gue, voltando-se para
o auditório emudecido, disse:
Êste menino inocente derrama lágrimas tão
sentidas e os pecadores permanecem insensíveis!
Sentindo-se inspirado, tornou ao pequeno:
- ,E teu pai, que Íaz êle?
O pai, presente, tocadíssimo, a conter uma ãYãlanche gue queria, a todo custo, romper da alma,
levantando-se, incontrolado diante das lágrimas do
filho, rompeu a correr e a gritar, em direção de ]esus
crucificado, suplicando-lhe o perdão dos pecados que
carregava.
Francis co Í.êz conversões admiráveis. Um homem
de Paris, protestante, câsâra-se coÍn uma católica.
http://www.obrascatolicas.com

VIDA§ DÔS

SANTÔS

283

chamavâ-se Francisco cassier, a espôsa Madalena
olivier. Tiveram duas filhas. A estâs, 9 pai queria
encaminhá-las no protestantismo, ma. u *ã" , ielosa
e sempre atenta, não o consentiu, E as meninas, por
isso, eram rudemente castigadas pelo pai.
um dia, 'a morte colheu Madarena olivier, e
Francisco resolveu mudar-se para Gênova. Forçou
as pequenas a vestirem-se como homens e eÍrpfeefldeu a viagem.
uma tarde, cansados da caminhada, trataram
de repousar um pouco. E o pâi, âssim que adormeceu, foi, insensivelmente, moito pelas filhas.
Escondido o cadáver, ambas fugiram, deixaram
a França, e,_ _sempre envergando ,o.fru, masculinas,
cheg_aram a Milão, onde s( puseram a serviço de carl_o_s II, rei da Espanha,
senhor do áucado de
"rião
Milão.

para
d.
P

ii,,n}#i1Í:

de bandoleiros
gue se embiocara nos Abruzzos, enfiou-se pelas rloÍltanhas.
As duas Íilhas do malfadado Francisco cassier
lutaram com bravura incomum, mas uma delas
ü;:
ceu. E a irmã, de mêdo gue lhes descobrissàm
o
sexo, tratou de enterrar o cadáver com grande
pressa.

Terminada com êxito a expedição que se lançara aos bandidos dos Abruzzoi, a jovem, adotando
o nome de carlos Pimentel, tornou a Nápoles com
a companhia.
um dia, €* gue a moça se achava de sentinela
na praça do castelo Novo, são Francisco, peÍc€-

http://www.obrascatolicas.com

PADiR,E IT,OHRBACHER

2U

bendo-a, aproxiÍlou-se dela, dizendo-lhe misteriosamente gue o procurasse n'a igreja de Gesu Nuo'uo,
depois do sermão.
Carlos Pimentel boquiabriu-se.
Que desejará de mim êste homem? perguntou-Se. )amais o vi, e nada tenho a tratar com êle!
São Francisco, notando a hesitação da sentinela,
tornou, explicando:
Quero gue te vás para confess'ares.
Confess àÍ-frc-? Por que? Cometi eu PoÍventura algum grande crime? Em sã consciência não
sei gue grave pecado haja cometido!
E, virando bruscamente as costas ao santo,
afastavâ-se, quando Sao Francisco, contundentemente, retornou:
Como podes dizer que não cometeste pecado?
Não és uma mulher a viver escondida debaixo de
trajos masculinos? Não és Maria Cassier, nascida
em Paris, donde vieste para a ltalia? Não te escondes também sob o nome de carlos Pimentel? Não
procures negar-Ílo, que de nada te servirá. Aquêle
que tudo *ã revelou ê aquêle Senhor I:.Yg que tu
vês na cÍuz. Queres tu gue te diga mais? Não fôste
tu que, de acôrdo com tua irmá, mataste teu pai tão
cruelmente?

soldado, a estas palavras, pôs-se pálido e
trêmulo. E para impedir que o Santo mais falasse,
prometeu que iria confessar-se no dia seguinte, eIIlbora pensasse o contrário.
São Francisco esperou-â, inütilmente, por dois
dias. No terceiro, saiu procurá -la, e, tendo-a eflCoo- .

O

trado, disse-lhe:
http://www.obrascatolicas.com

porque tenho grande esperança de que Deus te guer salvar. ê-trt? impossível ver-te agora. Tal conversão. a ordem de embarque foi revogada. cumprindo a promessa feita a São Francisco de Girolamo. Não temas nada. cumpriu a penitência que o santo lhe impôs. extraordinária. não partirás. O santo pensou por um momento. onze anos depois do nosso santo. aquêle dia mesmo. Ouvida em confissão. ocorreu no ano de 1688. Maria Cassier recebeu a absolvição. pelo Cristo. Inexplicàvelmente. scb juramento. e a jovem apareceu na igreja de Gesu Nuouo. crê em mim. que amanhã de manhã irás procurar-Íne . embarcaremcs imediatamente: partiremos para a Toscana.com . que deixou o mundo no dia I I de maio de 1716.Então. respondeu-lhe ela. a tratar de soldados inválidos. . por ordem do vice-rei. querias fugir das mãos de Deus? Lembra-te de gue é um Pai que te ama. depois disse: Não. Maria Cassier. disse-lhe êle alegremente. em piedosos exercícios de devoção.obrascatolicas. ]ura-me. quando do processo de çanonizaçáo de São Francisco de Giro- http://www. muito Íeliz. De resto. a sorrir. onde ficou a viver. eu não pude ir. À noitinha. o santo confessor levou-a consigo ate a casa da bondosa marquesa de Santo Stefano. e se aeercou da mesa santa. porgue. no mais perfeito recato. passando qu'ase que o dia inteiro na igreja. Aquêle que te quer. Falecida em 7727 . retomadas as vestes do próprio sexo.VIDAS DOS SANTOS 285 É assim que tu tens em conta a palavra dada? Pai.

sempre a fugir da glória^ aos milagres que Deus obrava por sua intercessão. de fato. respondia.São Ciro.obrascatolicas. Cataldo. cristalizara-se. ao ver São Francisco no quarto. instando com êle os mais chegados. propalado por tôda Nápoles. aos guais Sao Francisco recebeu e aceitou sem um único murmúrio. confirmou detalhadamente o que aqui se disse em resumo. aos cuidados de Maria Cassier. maravilhou-se. uma vez gue era sabedcra do afastamento do homem de Deus da cidade. desejava morrer ao lado do santo. que nos consola nas tribulações tôdas. foi motivo dum seÍl-Dúrnero de conversões. Aquêle fato.BACH ER lamo. enviou-lhe grandes sofrimentos. exortando o bom Ca- taldo a i"rs"rr"ra. E São Francisco de Girolamo. E não cessava de repetir: Bendito seja Deus.E ROHR. Disse: Daqui um 'ano nós nos acharemcs reunidos. quando do falecimento de Cataldo. sorrindo: http://www. Nosso Senhor. atribuia-os êle ao santo de sua grande devoção .a 2W PADR. um ano antes. apareceu a um dos irmãcs. E assim foi. Se fôra puro. E quando. numa localidade gue se situava a cinco léguas daquela cidade. até o fim. Deus f ê-lo sabedor do dia da morte. a levá-lo a uma boa morte. em I 839. Conta-se ainda de São Francisco que. no fim da vida. o gual. para que invocasse São Ciro e assim obtivesse ainda alguns anos mais de vida para dedicar ao serviço de Deus.com . estando ausente de Nápoles. Maria. sempre humilde.

então. http://www. a tratar contigo! O rosto. nada. Inúmãros milagres honraram-lhe as santas relíguias. chegou a vê-la. expulsando-o de si para sempre. morro contente! À ultima hora. está consumada. ditas aguelas palavras iluminou-se. dizia. não! O santo e eu. em Nápoles. beatificoü-o. como que Não! |amais! Retira-te! Nada tenho. E. sao Francisco de Girolamo é um dos padroeiros de Nápoles. o demônio assaltou-o com grande violência. comovido: Agora sim. A guestão aqui.VIDAS DOS SANTOS 287 Ah. exclamou.obrascatolicas. O corpo de São Francisco de Girolamo está conservado sob um altar lateral da igreja de Gesa Nuouo.com . Pio VII. Quantos milag. agitando-se tàrrivel- mente.ãs fu. Foi atendido. todo banhaão em riso. em 1839. sinal patente de que vencera o Tentador. como que agradecendo a Deus a grande vitória alcançada. e Gregório XVI canonizou-o. e qma grande calma do santo se apossou.am obtidos por intermédio do santo? Muitos. Pôs-se. êrn 1806. na grande luta gue se travava respondendo a inaudível pergunta: . tendo-a conten plado. não nos entendemos. sôbre êste ponto. E São Francisco. O único pedido gue Íêz foi o de poder viver para contemplar a estátua do seu santo padroeiro gue estava quase terminada. como vimos. com muita suavidade. a cantar o $agnificat e o Te Deum.

O corpo. Fez uma peregrinação a Roma. anglo-saxão de nascimento. contudo. muitos mila- http://www. tomou das armas para ir em defesa da religião e da independência do país. São Mamerto faleceu em 477. sabe-se. deixpu o mundo para viver como ermitão. que em 970 lhe descobriram as relíquias. no lugar chamado Zele ou Cela. Em 7212. dos flagelc s. que nos pÍeserve de todo o mal. perdoando os nossos pecados". instituiu as litanias solenes para os três dias que antecedem a Ascensão do Senhor. morto em 886. foram veneradas na igreja daquela localidade. Íoi enterrado em Offschurch. aparentado aos reis de Mêrcia. relíquias que. confessor. a sêca. próximo de Worms. época em que foi ordenado padre. Assassinado por Osway. para desviar calamidades iminentes. e que nos faça gozaÍ da paz e da calma.PADRE ROHRBACH ER 288 No mesmo dia. o furor dos nossos inimigosi qYe rroÁ proporcione tempo tavorável para a saúde do corpo e para a fertilidade da terra. onde viveu como ermitão. De volta. São Fremond. bispo. São Mamerto. até 1531. prática que a Igreja universal aceitou e aprovou: "Nós rogamos ao Senhor que nos livre das enf ermidades. De família real. o granizo. que. f ixou-se na aldeia de Nahegau. Falecido numa data gue não se precisa. que nos garanta contra a peste. foi transferido para o priorado dos agostinianos de Dunstable. na França. o bem-aventurado Filipe de Zell. uma fundação do rei O[fa. Na Inglaterra.obrascatolicas. um ambicioso parente. mártir. Quando os dinamarqueses invadiram a Grã-Bretanha.com . encontrado duzentos anos mais tarde. Na Alemanha. no século VIII.

Na Sicilia. remetidos a Yórk. bodegas e nos meandros do baixo mundo.VIDAS DOS SANTOS gres aumentaram a extensáo do culto gue jâ lhe rendiam. acãbaram na fôrca a I I de maio de 1537. o bem-aventurado Aloysius Rabata. guando de Hen- rigue vlll. impressionado gue ficou com a leitura da vida de são Francisco de Assis. fazendo-se para cagliari. na Sicilia. Em Cagliari. a paciência e a caridade. mártires.com . tavernas e os cais do pôrto. Sardenhâ. Beatificados por Leão XIII. Em dezembro do ano de r7or. Festa do bem-aventurado João Batista de Fabriano. e levados a fôrça a igreja de são Paulo. filho da nobre família dos Righi. Distinguiu-se pelo zêlo na salvação das almas. o bem-âvelrturado Inácio de Laconi. onde foram obrigados a ouvir um dos sermões pronunciado por bispõ cortesão. os bem-aventurados João Rochester e Tiago Walworth. foram tirados do convento durante a missa conventual. . Dois religioso_!_du Cartuxa de Londres. onde foi recebido como irmão converso entre os capuchinhos de são Benedito. Em seguida. confessor. Levou a vida a procurar os aÍligidos pelas pra-ças públicas. por ordem de cromwell. no convento de Forano. contando vinte anos. na Marca http://www. deixou q f amÍlia. na Inglaterra. recebeu o habito religioso dos carmelos de Randazzo. nascido em Fabriano em 1496. natural da cidade gue lhe deu o sobrenome. chamado a um Lstado de vida mais perfeita. confessor. Faleceu em 1781. Nascido em 1430. professou entre os irmãos menores. tendo o culto confirmado por Gregório XVI. Em York.u.obrascatolicas. Faleceu a 11 de maio de 1490.

mártires do tempo do imperador Diocleciano. pelo gual foi também decapitado. O corpo. acreditou Cristo.I 290 PADR. mártir. em Roma. entrou vitoriosamente no céu. Depois. durante ? perseguição. terminaram o martírio.obrascatolicas. após haver brilhado por virtudes e prédicas. Em Osimo. de õnde um anjo o rgtirou e làvou ao oratório. exYmado depoiÁ de muitos anos. Diocésio e Florente. os santos Sisínio. que.'1"r. que. faleceu em 1 539. um dos oÍiciais de Nero. sob Diocleciano. mortos a pedradas. No mesmo dia.de Dioçleciano. Teve o culto aprovado em 1903. na via Salária. Em São Saverino.com . obediente e piedoso. a festa de Santo Antímio. os santos Má- ximo. depois passando para Madsati. tendo a cabeça decepada. em Roma. Em Camerino. Ademais. não só foi encontrado sem qualguer corrupção. diácono. ttt http://www.E ROHRBACH ER de Ancona. Basso e Fábio. gue. Santo Evelio. na via Salária. precipitado no Tibre. Santo Iluminado. á. 'sacerdote. conÍessor. foi. Humilde. discípulos de Santo Antímio. na estrada de Âncona. mas exalando suavíssimo odor. os santos mártires Anastásio e seus companheiros que Antíoco mandou matar durante a petsêgt ição de Décio. na estrada de Ancona.6 tocado pelo martírio de Sao Torpeso.

DIA DE MAIO SANTO EPIFÂNIO Arcebispo O de Solamina. pois era como que uma âncora própria para firmar c. Trata ali amplamente dcs mistérios da Trindade e da Encarnação. particularmente com respeito áo Espírito Santo.ê. da doutrina da Igreja sôbre a Trindade. sob o nome de Ancorato. em Chipre discípulo mais ilustre de Santo Hilário foi f. diversos sacerdotes e leigos da Panfilia e da Pisidia haviamlhe pedido a explicaçãc. compondo êle. então um discúrso célebre.2-lhe o elogio fúnebre. contra as novas heresias.12.obrascatolicas. Chama a http://www. espírito sacudido pelas dúvidas.com . Pelo ano de 374..

7\'17.78. E o ente Prova a divinmereceu o devi dade e a consubstancialidade do Espírito Santo. Conta oitenta atê a sua época. que -e procede do Pai e do Filho. e ainda não de Deus. como também repete. de um e de procede que Filho. t. Ate então não havia princíoio de acão' além da piedade e logo o (1) Epiph. e 'atê de Abraão. L6.OHRBACHER 292 Theotocos.PADRE R. de Set de Enós. sessenta denois.obrascatolicas. vinte antes de Cristo. 14.7L. o mesmo é mister dizer de Abel. que ê da substância do Pai e do Filho. a partir da oriqem do mundo. A idéia qlle lhe serviu Na carâter do cristianismo.com . trabalhava na história e na refutação de tôdas as heresias. do rácebe do Pai outro (1). de Matusalém. mesma época. cle Heber. pelo menos dez vêzes. de Helloc. 13. de Ncê.. fI. etc' edit' Petavii' http://www. p. ou máe santa Virgem Í otável. que ê do Pai e do que procede Filho.

. gualguer êrro. com diversas íamificações.. usando a distin{ão de são Paulo: em |esus cristo não há bárbaro. gue chama de citismo. da união do helenismo com o judaísmo. e gue procede de um. nem judeu. contra os segundos. : http://www. Filho.com . contra êstes gue a+Deus adoração. acreditada por Abraão.cita. como os dos citas: segunda Íase. e o jtrdaísmo com a circuncisãoãêsse patriarca. a adoravam como uma d eceu contra aguêles gue permanecera sempre ã "i"ge. . dos 'escribas. e .obrascatolicas. ao encarna. revela-se ela €m costumes selvagens e cruéis. o helenismo ou idolatria começou no tempo de sarug._ qi" lhe negavap a perpétua viriind coiltrário. do cristianismr ram até agora sessenta.r-se tomou realmente um corpo e uma alma semélhantes aos nossos. . sem ser circunciso. gue o Filho de Deus. gue o' Espírito Santo ê coeterno' e conóubstancial' ao p. do dilúvio ao tempo de Abr aáo.nem.Igreia católica e apostólica. Epnia êle como sua única existe simultâneamente.VIDAS DOS SANTOS 2e3 fase gue Santo Epifânio charna barbarismo. Abraão foi orimeiramente chamado com o caráter de. Termina a obra . do pdaísmo. izada por Isaías. bisavô de Abraão. a tL.ã-ã. Quanto à Virgem. entre guai os gue nega-as vam a divindade do E os apolinaiislas: provando contra primeiros.iiá dos samaritanos. as heresias dos saduceus. Do helen"isáo nasceram as heresias ou sistemas da filosofia grega. antes e depois de espôsa. áos fariseus e outros.. e outro. nem helênico.

áíti.ánde número de fiéis. nos últin ós. As apóstolos tinham lugar quarta-Íeira e na sextajejuava-se até a nona. .e da Igreja. aÍ. não se tomava senão páo. rebanho que êle governa como se deve pela virtude de seu mestre (1 ).obrascatolicas. como diácono dOtio. II. . sob todos os pontos de vista. t. em seguida a continência. depois a vida ?Íe.'assembléias convocadas pelos ou subdíacono. sem embargo de sua neguçâo. não prevalecerão. cónfiando-lhe a guarda do rebanho. ou. Os mais fervorosos (1) T. na falta dêles. Foi a êle gue o Senhor disse "apascenta-os meus cordeiros". Pág. seja óo*o bispo. O fundamento é a virgindade que guardá'oa g. em qualquer dia domingos. A coroa dêste conjunto rá o sacerdócio. ou viúvos depois de um único casamento.ut e água. ou ao menos entre os monges. o príncipe dos Apóstolos. Aquêle que tiver contraído segundas núpcias. acrescenta a disciilina geral. e pela noite. Páscoa. bem como no seu Ancorato. e ccntÍa a gual as portas do inferno. õ00.294 PADRÉ ROHRBACHER Nesta obra. após a viuvez. não pode ser recebido no sâceÍcomo padre. que se recruta mais freqüentemente entre os virgens.inal um matrimônio honesto. I. sobretudo se é único.ãjuava-se nos quarenta dias que precgdiam . Após haver exposta a f. entre os gge se abstêm de" suas mulheres. é a pedra solida e inamovível sôbre 'a qual o" Sânhor construiu sua Igreja. L4 e 1ã' http://www.u. Pég. diz gue Pedro.com . era permitido jejuar aos Natal. vale dizer as heresias e os het"siarcas.

sem comer. Nominativamente eram lembrados os mortos nas orações e no sacrifício. A Igreja proibia em geral tudo o gue era mau. em Belém. a esmola e tôdas as obras de caridade para c'om todos. bispo de ]erusalém. tina. Teve uma dificuldade desóe gênero com são crisóstomo. para procurar. em 402. ou mesmo todos. süpersticioso. quanto a mim. santo Epifanio deíxou Cônstantinopla. com uma carta que contém o sumário e que desastradamente foi dividida em dois. tenhO http://www. o palácio.VIDAS DOS SANTOS 296 passavam vários dias. o teatro. por sua vez. quando passou por constantinopla. a pedidos. para ir estabelecer-se na Pales. AlojaraÍr-se na casa de Santa Paulina.com .obrascatolicas. junto dc papa São Damaso. vou-[le. üzendo aos bispos gue o acompanhavam até o mar: Deixo-vos a cidade. mesmo entre os católicos. Santo ppifânio foi em peregrinação a Roma com São Paulino de Antioguia e São )erônimo. junto do berço do Senhor. Em 382. hospedou-se em casa de Santo Epifânio. são crisóstomo eri então acusado por bispos. porque tenho pressa. Tal é a substância da grande obra de Santo Epifânio. Enviou-a. Muitos levavam a devoção a ponlo de se absterem das coisas permitidas. e recomendava a hospitalidadé. aos padres e abades da Síria. sue variavá de próvinéia paÍq província. pró ou contra certas doutrinas de Orígenes. e defendido por outros. Discutia-se ertão. Santo Epifânio teve a êsse respeito certa dificuldade com ldo. Santa Paula. cuja família descendia dos Cipiões e produzia então grande número de santos personagens. quando passou pela ilha de Chipre. sôbre um ponto qualquer de disciplina eclesiástica. remédios para os males das iorejas do Oriente. desumano.

A festa celebra-se. **t http://www. no dia 12 de maio. com o seu nome. entre os latinos como entre os gregos.OHR.obrascatolicas. seus discípulos construíram uma igreja em ChiPre. Deus honrou-lhe a tumba com muitos milagres.com . onde colocaram a sua imagem com muitas outras.BACH ER. grande pressa. Efetivamente. morreu em caminho no ano 403.PADRE R. após trinta e seis anos de episcopado.

numa viagem a Gasconha.santa viúva nasceu no país basco. consultotr Santo Amando. Casada com Adalbaldo. sõzinha. numa família que. guando então pregava o Evangelho no seu país. por longos anos. onde teve os filhos. Desejando retirar-se do mundo. quando. Rictrude. às obras de caridade.izera.obrascatolicas. uma doce rosa em meio a espinhos lacerantes. Rictrude era. lutou contra os francos do Norte. com diligência e muito amor. Cristã no meio de um povo idólatra. incumbiu-se da educação dos filhos. filhos que educou na piedade e no temor de Deus. Morto o bom espôso.SANTA RICTRUDE (*) Viúrta Esta . como o disse alguém. http://www. caiu nas mãos dos parentes desgostosos com o casamento que f. foi viver no país de Ostrevento. gue a aconselhou a esperar até gue o filho Mauront atingisse a idade para ser admitido na côrte dos reis francos. no mesmo tempo qrle se dava. gue conhecera na primeira juventude.com . sempre voltada para Deus. nâ dura viuvez.

o monarca. ')tlI..ns'. clue ocorreu no dia 12 de maio de 688.. :[.Fi . Queria.r" algum dos nobres da côrte. indignado consigo mesmo. destarte. rubro de raiva.l nlr. conjurando-o a ajudá-la a conservar aquela peça até o fim da vida. um pra zo paÍa refletir. numa grande Íesta que dera tempos mais tarde.com . od[. dâda a sua imporJância."p"r. 1. A uma afirmativa de Clovis.5. ()t.298 PADR.ohn . Ricirude respá. o Se. e em gu-e o rei estava present". inspirada. que Santo Amando benzeta' pô-lo sôbre L cub.azet o gue desejava na PróPria casa. deixou abruptamente o salão' Toda entregue a Deus.riltl . na Ciocese de Arras' O corpo' .E ROHR.rdeu-lhe que tal passo deveria seÍ ÍIeditado.rt'[ nrigrn Írq 6rt * * t:a?. r . ltillcla'r t-. p"rgrntou-lhe se lhe era dado f. foi muito venerado. Assim. rrolluanor . Rictrude tirou do seio um negro véu.rhor.BACH ER chegada a hora de se dar a Deus. -rrsl .obrascatolicas.. tendo o filho em Breuil.uao na igreja do convento de Marchiennes.ça á chamou.prunvil q §i'ri. Rictrude viveu íeliz ate a morte. consentindo iustamente com o que nao queria. um empecilho surgiu: o rei Clovis II queria gue a santa viúva desporá. em alta voz.ra Êrsíl 'r[rnrr http://www... rIrr]ttrt[.t.b qt'rô r F-!Í .

Debaixo das ricas vestimentas que era obrigada a envergar. lágrimas sem conta banhavam-lhe as Íaces e soluços infindos sacudiam-lhe o corpo. Encerrando-se no mosteiro de Aveiro. Tendo vivido na côrte.SANTA JOANA DE PORTUGAL (*) Virgem ]oana era filha de Afonso V. apelidado o Africano. praticou as mais altas virtudes cristãs. Santa Joana trabalhou com grande afinco na conversão das almas. tôda temerosa gue vivia com http://www. humilde e amorosa. ninguém podia adivinhar os instrumentos austeros gue trazia àpertadamente aderidos à carne. pela humildade e pronta obediência ninguém havia de dizer que ali se ercorltrava uma filha de reis. Apenas se lembrava dos sofrimentos de Nosso Senhor. fiel ao Cristo. mas a todos. procurando-as no próximo e tudo Í.azendo para suavizâ-las. insistentemente. Muitos príncipes pediram-lhe a mão. filho de Dom Duarte. vivia interessada por tôda a sorte de misérias.obrascatolicas. da Ordem de São Domingos. Doce e compassiva. décimo-segundo rei de Portugal. Ílegou-ê com firme determinação.com .

com . com indisível resignação. a qual suportou com infinitos de paciência. Inocêncio XII permitiu às Igrejas de Portugal e aos irmáos pregadores que lhe celebrassem a festa nos dias 12 de maio de cada ano. itü http://www. tornando-se.obrascatolicas.PADRE ROHRBACHER a sorte dos pecadores. padroeira de Aveiro. porém. Acometida por longa e dolorosa doença. A redenção dos cativos da África. em breve. Íoi sua obra predileta. Santa ]oana de Portugal faleceu a 12 de maio de 1490.

iuno. procurou levar o jovem a apostatar. Redantor nosso. e com as seguras respostas que lhe dava. Dionísio ( I ). foi prêso e levado a presença do imperador I)íocl". onde acabaram por instruir-se ne religião cristã e receberam o tatismo. Irritadíssimo com a persistência do generoso menino-moço. cognorninado o Frígio. sacrificando aos ídolos. embora ainda fôsse catecúmeno. Quanto a Pancrácio. gu-ando Pancrácio completou catorze anos.r. e.obrascatolicas. rnuitojovem. Data daqueles dias o desejo que ambos conceberam de verter o sangueror'Nosso senhor ]". t"Jur. que o educou cristãmeáte. tio e sobrinho buscaram Roma. depois. falecia sem poder satisfazer uqu"la.sÃo PANCRÁCrO (*) Adolesc.i". o qual..qtte - Mártir Filho de cledônio. perdeu c pai e foi recolhido por um dos tios. pancrácio. em vão. sem titubear.ultã pretensão. visto como cristão.. p.. o impe"rador ord"rou qu" lhe (1) Tanrbém inscrito no dia de hoje. úionísio. Cristo. Era no tempo de Valeriano e de Galiano. http://www.com .

Glor. c' LXXXIII' http://www.rj. São Pancrácio. foi a Primeira ig bêry "rrviado naquelas terras.". abade de Fontenelle. que.do ano da graça de 304' otávia. Gran de Deus. que fico_u debaixo da invocação de São Pancráci. qr"riao. uma santa mulher.. Plancher... Mart'..onde. ^*frqr"t Ao rei Oswi. o que sucedeu na via Aureli. etc' A São vandrilo. coT o-correr dos Planchais.". Blanca-t' e outros mais chaê onde Itália' .t . o mesmo Vitaliano concedeu d" São Pancrácio.lhurrt". no dia 12 de maio. Peçamos a agora mais do que nunca t ideologias sem raizes no céu' *** (2) Gr.do " ãàrtir. T.forriàrdo. segundo -Sã... prontamente-apodedecepassem fou-se do corpo da vítima e o sepultou naquela Íresma via. depois' de 1517. desfigurando : ou .io Fora dos M"uros . Nu Ftunça. levada_a calo por Santo Agostiá" Gr"gório. Branchais. Assim na mado Brancas. tornou-se um título cardinalício.obrascatolicas.com . Roma possui gml igreja de São Pancrácio Éu".: pupu Vitaliano enviou relíquias . effi 656' DSRois {a co1versão dos inglá. Hoje.os gue ali prestam imediasolene lrru-Ãto e o Íazem falsamente.. Brancaccio.iut. Plantoi-* tru. tornou-se tão Íamoso séculos' o nome .r. que conftruiu uma igr"r.PADRE ROHRBAC 302 H ER a cab'eçâ.ho-.São Gregório de Tours (2) . São Pancrácio de Cantor. tã."rn. são tamente mortos ou então tomados pelo demônio.

Pertencente aos (1) Primeira abadêssa. e tio de Santa Gertrudes de Nivelle. aos treze anos. célebre pela ciência e as virtudes. em Constantinopla. que ocupou altos cargos no Estado. onde faleceu.VIDAS DOS SANTOS 303 No mesmo dia. Professou entre as dominicanas de Val di Petra.obrascatolicas. convento de rDUlh_eres. eÍa filho de um patrício chamado |ustiniano. Educado na côrte do rei Dagoberto I. sua irmã ( 1 ) . foi aliado de Pepino. dos quais sete são sôbre a santa Virgem. para sustentar os decretos do concílio da Calcedônia. Fundador de vários mosteiros. que publicara um edito contra as santas imagens. mártir.com 640. uma explicação mística da liturgia. uma carta dogmática (controvérsia iconoclasta). nove discursos. o bem-aventurado |oão Stone. bispo. Cognominada Flor da Santa Eucaristia. . Na Inglaterra.s concílios. particularmente favorecida por Deus. São Modoaldo assistiu ao concílio de Clichy a 12 de maio de 627 . governado por Severa. alguns hinos. um trabalho moral sôbre o limite da vida. Originário da Aquitânia. Em Tràves. Sao Modoaldo. prefeito do palácio. Faleceu em 640. e que se opôs corajosamente e com grande f. conselheiro. Bispo de Tràves em 622. virgem. nos tempos do imperador Heráclio. bispo. São Germano. falecida sm 20 de agôsto de http://www. Cartas dos gregos aos armênios. a bem-aventurada Imelda Lambertini.irmeza a Leáo. por algum tempo. entre os guais se sobressai o de São Sinfroriano de Autun. Na ltâlia. nasceu em Bolonha em 1320. do qual foi. o Isauriano. Nascido em 635. no dia I 2 de maio de I 333. no tempo de Henrique VIII. Contamse dêle numerosos escritos: um livro sôbre as heresias e o.

da qu'al eram servi- "il. são Mondry ou MonderiCO. F 1566. nascida em Nápoles no ano de 1519. f. polque diziam que Éaviam sido [atizados pelo Apóstolo Sao P"dro. Viveu quarenta e dois anos numa cela. á por isso não podiam de mane'ira alguma http://www. Em Calzada. era doutor em teologia. gãrando de grande estima-pelo saber e pela santidade.obrascatolicas. confessor.com . falecendo em 1429. Espanha. Na Italia. São Domingos.alea proclamou-lhe a grande santidade. confessor. No mesmo dia. vida de tudo e de todos. cujas relíquias se encontram perto de Blois (século VI ) . 'Jmflfi: termédio de tormentos do cavalete e do [ogo. na ilha de Ponce' com itila.-gue passavam longo tempo. Em Nápoles.rirg. . muito pobre. irmãos. reclusa' Pastôra. foi educada pelos. na via de Ardeu' os santos mártires Nereu e Aquileu.*. falecido em 1109' Na diocese de Blois. 304 agostinianos de Cantorbéry.PADRE ROHRBACHER.TíRTffil. chamou-a à côrte p educação do príncipe Dom à altura do alguérn -Levando o. em Rom a.i. Santa Gemma.servidores do conde de Cálano. em exílio. Morto em 1538. virgem. Desde muito jov guardar a virgindade. a bem-aventurada Catarina de Cordonha. constrangê-los a sacrificar. natural da Biscaia.

onde antigamente haviam sido colocados. com as de Flavia Domitila.obrascatolicas. A santidade revela-se-lhe principalmente no poder que tinha de livrar os energúmenos. Sicilia.êz-se na vigília Dionísio. foram. . São Na Filipe de Argirion. e que havia sido reformada depois: a trasladação f.VIDAS DOS SANTOS oferecer incenso aos ídolcs.Em Roma ainda. Suas sagradas relíquias. que. para a antiga i§reja que leva o seu nome. enviado paÍa essa ilha pelo soberano pontífice. por ordem do papa Clemente VIII.com . mandou decepar-lhes a cabeça. Sao paterno do mesmo São Pancrácio. solenemente transferidas da sacristia de Santo Adriauo. XJÊáq http://www. converteu à religião de )esus Cristo a maior parte dos insulares. tio dêsse dia.

http://www.loÃo.com . Sabas não pcdia admirar bastante a |oão fôsse dotado. o SILENCIOSO Bispo.13.obrascatolicas. do espírito da vocação e permitiu-lhe ir viver num eremitério separado. dePois eremita Pelo ano de 492. havia São Sabas recebido em e edif icante. em grau eminente..estivessem mui solidamente estabelecidos na perfeição religiosa. DIA DE MAIO sÃo . o que não se concedia senão aos que.

santo pediu-lhe segrêdo. "Meu pai. O santo habito de permanecer. A fôrça de .próprio coração. O abade. foi . e a continuidade de recolhimento.VIDAS DOS SANTOS. e de iamais perdêlo de vista. chamando-o à parte. julgou-o digno de elevado ao sacerdócio.ro. de compunção. Após let levado três anos tal vída. mas gradativamente. Não saía senão aos sábados e aos domingos. que continham atos de amor. onde estavam internados cento e cinqüenta religiosos."p"iir tais orações. Sua virtude atraia visivelmente as bênçãos áo céu a tôda a comunidade. O santo exerceu durante quatro anos o cargo de ecônomo. patriarca de Jerusalérrl. fui feito bisPo. Acostumou-se primeiramente a ajuntar às suas ações jaculatórias. a retirar-me para êste deserto a http://www.eádo ecônomo do grande Írlosteiro. não necessitava f.azer esÍorços para nêle pensar continuameàte. lias. mas a multidão de meus pecados me decidiu a empreender a [uga. e para assistir sômente ao oÍício público da igrãja. etc. de que falamos.. As ocupações inseparáveis de seu cargo não influíam jamais sôbre o recolhimento de rru alma. cu tirava dos Íirrtos santos. Quando chegou à igreia do Calvário onde se faria a ordenação. 307 Encerrado na cela. não o conseguiu de um golpe. familiarizou-se com a prática da divina presenÇâ. apresentou-o a Elias. se deixaria ordenar. sem cessar na presença de Deus. |oão permanecia cinco dias da semana sem tomar alimento. que proferia em _seu. Igl" d"issâ ao patriarca que tinha algo a comunicar-lhe guida. de loirvor.com .obrascatolicas. â fim de que lhe conferisse as ordens. extremamente ediÍicado com suas virtudes. Abrasado de amor de Deus.

â.(. o oo FE.. . perto de . U E EI F o atl l+t F tr ts o l{ H E Mosteiro em ruínas.ssouant (Tebaida).

com . Estou aflito. Nesta perplexidade.VIDAS DOS SANTOS 309 fim de esperar a visita do Senhor. A prece foi atendida. e abraçando-o. " O patriarca admirado chamou São Sabas. polis uma igreja em honra da Santa Virgem.obrascatolicas. disse: "ó pai ]oão. gue santifica os anacoretas nos http://www. Seu irmão e seu sobrinho. respondeu ]oão. meu pai. mas o Senhor mo Íez conhecer. ? d graça. bens aos costumes piedosos. porque não queria revelar o segrêdo Procedente de ilustre famí ainda muito jovem pai e máe. peço. dirigiu-se humildemente a Deus para Çue Íevelasse o que causava aguela dor e inguietude. e lhe disse: "Dispensai-me.azer disso o único motivo de seus pensamentos." São Sabas retirou-se muito aflito. vós me ocultaste o dom de Deus gue em vós está. eu vos. e êle entrou alegre na cela do santo homem. à sede episcopal de Colônia. temendo gue )oão houvesse cometido um grande crime. que tinham cargos honrosos na Íiiaram singularmente tocados p ram desprezar o mundo no seio riguezas. e um mosteiro no gual se encerrou com dez pessoas animadas do mesmo fervor. Elevado. governou nove anos a diocese com zêlo de bom pastor. Não tinha senão dezoito anos. Seu objeto era ocupar-se apenas da santificação da alma e de f. estou impedido por certas particularidades que acabo de descobrir. apesar da resistência. de ordenar êste homem.

Um de seus discípulos foi Cirilo. têz dois santgs na côrte. e levou-o consigo -de para uma sublime contemplaacostumado ao exercício coisas senão vácuo e nas outras ção.310 PADRE ROHRBAC H ER desertos . gue esgreveu a sua vida. e muito bem. São Sabas Íoi chamado de volta em 510. Não conversava senão com Deus durante êsse tempo. retirou-Se para um deserto vizinho.obrascatolicas. e seu alimento consistia em ervas e -raizes que cresciam no deserto. Ioio. Reentrou na antiga a levãr uma vida inteiramentã angélica. O fulgor de sua santidade atraiu-lhe grande número de pessoas. Não recusava jamais os seus ensinamentos a quem ia consultá-lo. foi imediatamente procurar o santo em sua o mosteiro. viu-se na contingência de defender a igreja contra âs opfessões de um homem que lhe estava unido estreitamente Íurtar-se a tais turbulências. ã-"rgor. onde passou seis anos em silêncio absoluto.com . solidão. não encontrava onde continuou cela. governador da Armênia. quarenta anos após http://www. Ioão igualmente não estava satisfeito com o comportamento do cunhado. mais de uma Yez.

inteirando o pai da situação em que se via. inteligência e piedade. escoceses quiseram tetê-la. Santa Rolanda. Em Gerpinttat. ' Com pequeno séquito.SANTA ROLANDA (*) Virgem Século VIil ou IX Filha de um príncipe francês. a princesa empreerrdeu a viagem puiu Santa Úrsula de Colônia. Íaleceu oito dias depois. mas consãguiu continuar a caminhada.com . ?ffÉ* http://www. foi. desde menina. jovem filho de um rei da Escócia. Rolanda. atendida nas pretensões que tinha: retirar-se à tranqüilidade de um mosteiro. Reiniciando a jornada. bondosamente. a virgindade. parando em Villiers-lá-Poterie. bispo de Liàge. SObre o túmulo em que descansou. erigiu-se uma igreja. . que foi consagrada por Otger. pela beleza. Como havia coÍlsagrado a Deus. onde um bondoso camponês lhe deu hospitalidade.obrascatolicas. foi pedida em casamento por um ilustre e valente guerreiro. em 1103. petio de Namur. Didier.

numa pequena choça um tanto retirada do centro populoso. Com efeito. foi pôsto em liberdade. perto de Florença. Geraldo garantiu-lhes a vitória. Geraldo partiu para a crüzada.sioneiro dos turcos. parente daquele antigo tutor. certa tarde foram assaltados por duzentos piratas. surprêso e amedrontado. S!ria. um cavaleiro. â visitar com muita piedade e imensa satisfação. Ali se cleixou Geraldo fícar por oito anos.ám. debandava. enquanto gue o bando. recolherârfl-Ílo e educaram os proprietários do negócio em que os pais trabalhavam. os santos Lugares.izeram âles cinqüenta mortos. debaixo dos piores tratamentos. Com um dos tutores.BEM-AVENTURADO GERALDO DE VTLLAMAGNA (*) ConÍessoÍ O bem-aventurado Geraldo nasceu numa pobre família de Villamagna. f. Prontos para fugir. morto quando pri. depois do que rêtornou à cidade natal. então. Principiou. que era cavaleiro de São foão de |erusal. Vinte homens ao todo. abraçando vida solitária. levou-o consigo . Morto aquêle cavaleiro de São |oão. passando por tôda a sorte de privações. Um dia. http://www.obrascatolicas. pondo em prática os exercícios da penitência e da contemplação.com t . sendo feito prisioneiro pelos turcos. se resistissem. orfão aos doze anos.

f. Com fama de santo. e a luz da salvaqão para os infiéis. O nosso bem-aventurado Geraldo viveu ate a mais extrema velhice. Íazendo de servidor na ordem de São |oão de )erusalém. túha algo para dar. com São Francisco de Assis. Quando não. assustou-se. Pediu.obrascatolicas. cada vez mais angélico. aos superiores. tantos os milagres que operou.AS DOS SANTOS 313 Permaneceu o bem-aventurado sete anos na Palestina. encontrou-se. De regresso. às sextas. bastante afastadas uma da outra: aos domingos.com . tudo dava quándo.à qlre se entregava. para a obtenção de perdão para as proprias faltas. à penitência e aos exercícios de caridade. com muita insistência. porque os serviços'que prestava eram inestimáveis e dêle não gueriam desfazer-se. pelo papa Gregório XVI. consagrando-se todo inteiro à oração. então.aleceu no dia 13 de maio de 1245. Sem rlue diminui.iralmente. O culto. ?trÊ* http://www. visitava três igrejas.VID. Do seráfico pai. Aos coitadinhos que nada possuíam.sse as austeridades . TOda a semana. Desprendido do mundo. desprotegidos da sorte. i. um belo dia.? eraln muitas . foi querido dos pobres e louvado pelos doentes. foi confirmado e aprovado em 1833. às quartas. que lhe permitissem voltar para a Italia. paça pedir a remissão dcs pecades dos cristãos toclos. porventúa. recebeu o habito da ordem terceira e buscou as antigas plagas. dedicava as canseiras daquela peregrinação ao alívio das almas aflitas do purgatorio. e. alegremente saía a esmolar para os indigentes. tratando de doentes e de peregrinos.

Menina ainda. errando pelas ruas. então. e só assim. mais pobres se tornavam. sentiu-se de alma mais leve. T http://www. principal magistrado de Como. esquálidos e em farrapos.obrascatolicas. E. a cidade de Como: Madalena era a personificação do desespêro. não mais suportando presenciar aquela triste procissão de indigentes. resolveu. declarou-se no ano de 1409 a fome que castigou. Não era uma montanha que lá estava? Assim. ao ver. os pobres gue.com . penalisadíssima. Madalena nasceu nos princípios do século XV. rudemente. distribuir aos coitados metade do feijão que iazia armazenado na grande despensa da família. desfalecentes. um dia em que se viu sôzinha em casa.BEM-AVENTURADA MADALENA ALBERICI (*) Virgem Filha de Nicolau Alberici.

ouviu aquela conversa do pai com o servidor. Branca. corseguiu a bula. misteriosa voz Í. acharam-na abarrotada.êz-se ouvir. se o que tinha para si não era suficiente? Quando entraram na despensa. porém.VIDAS DOS SANTOS 315 Quando a pequena. Iimitou-se a contemplâ-la com veneração. Agora. Ali. Ora.obrascatolicas. lladalena não tardou em ser a abadessa do claustro de Santo André. nas vizinhanças mesmas de Como. tomou o véu. resolveu tomar o véu. Nicolau Alberici era homem de bom coração. do papa Nicolau IV. Em 1448. ficou aterrofizada. Auxiliada pela duquesa de Milão. a bem-aventurada virgem estabeleceu o convento sob a regra dos ermitães de Santo Agostinho. voz que dizia à jovem virgem gue. em Santo André. então. Madalena teve gue procurar pessoas caridosas e su- http://www. procurasse Brunata. dirigiu-se ao servidor eue aguârdava novas ordens. que estava por perto.com . a jovem. a chorar. naqueles tempos a comunidade passava por dura f ase. reduzida à mais extrema pobrez:a. Como. mais ou menos afastado de Como. tanto gue as religiosas se viam na contingência de esmolar pelas ruas. Inteirado da filha. E agora? Pôs-se. Para pôr fim a tal situação. com o beneplácito do confessor. o que restava a fazer era enviar aos compradores o feijão que fôra reservado para os gastos da casa. situada num rnoÍltezinho. Na caminhada. ao invés de Santa Margarida. buscando o então célebre convento de Santa Margarida. medrosa do que lhe poderia suceder. Mortos os pais da bem-aventurada Madalena.

Que as religiosas se sentem à mesa. a dizer que. gue suportou com tôda a paciência.316 PADRE ROHRBACH ER plicar que. com um vasto cêsto que a derreava. sendo venerada como santa imediatamente. depois de longa e penosa doeoÇâ. Assim.com . fnâs não vira ninguém. sem se queixar. muito corajosamente. celebram-Ihe a festa no dia 15 de maio.obrascatolicas. Não importa. e eis que a irmã-porteira. alojassem um certo nrimero de suas filhas. surgia. tôda alegre. Em Como. espalharârr-se por Como e Brunata. por uns tempos. cheia de confiança em Deus. dizer a abadêssa que não mais havia pão. ainda quente. às pressas. uma côdeazinha sequer. que operou muitos milagres mais. Na ord em a 2l do mesmo foi mês. tendo ouvido bater à porta. s8fi http://www. a despenseira. respondeu-lhe a bem-aventurada. fôra atender. faleceu aos 13 de maio de I 465. que cheirava. quase na hora do iantar. Um dia. Madalena. no limiar. Nem bem chegavam tôdas ao refeitório. dando apenas com aquêle grande cêsto de pão.

com . bispo de Poitiers. Discíola. colocando-a à frente das religiosas. Cesária. aquela mesma que o Santo havia composto para uma ccngregação de virgens. a de Arles.c"rú. Quando se retirou da côrte âÇuBla grande dama. **?ç http://www. rr. a qual se santificou no convento de Poitiers e jaz no mesmo'túmulo em que repousa Radegonda.SANTA INÊS. Tendo recebido a bênçãc abacial das mãos do bispo de Paris.. segundo o testemunho de Venâncio Fortunato. e que a irmã. de Meroveu. de duzentas religiosas. Inês foi abadêssa zelosa e prudente. DISCÍOLA (*) E Virgens Inês. Germano. dirigira. ABADÊSSA. Ievou a jovem consigo.obrascatolicas. Inês f aleceu no dia 13 de maio de 588. Ao mesmo tempo que Inês. para consagrar-se a Deus no seu mosteiro de Poitiers. que cuidou. venera-se uma de suas religiosas. sendo sepultada na igreja de Santa Maria. foi educada pela rainha Radegonda. a regra que Inês adotou no mosteiro foi a de São Cesário. desde os primeiros ancs. firme e terflâ. sobrinha do bispo de Albi. nove meses depois de Santa Radegonda. mais tarde colocada sob a invocação da santa rainha. maravilhosamente. Modêlo das yirgens e das abadêssas.

por três dias.com . Roberto Francisco Belarmino ingressou na Companhia de ]esus no ano de 1560.sÃo ROBERTO BELARMINO (*) Bislto.o pai Íez com que descansasse um ano. ainda por um pouco ao seu lado.u" noviciado. filho de pais nobres. época em que. Roberto Francisco matriculou-se no êolegio dos jesuítas de Montepulciano. na Toscana. começou o curso de filosofia. Findo o curso no colégio de Montepulciano. com grande sucesso. tanto o amava. cujos estudos seriam feitos em Pádua. em 1542. mas sem grande fortuna. Particularmente. na catedra-I. Depois de um tr". Cíntia Cerviú.. terceiro de doze irmãos. era irmã do papa Marcelo II. Depois das primeiras letras. e desejava tê-lo. effi Pádua. Foi fovem piedoio. a mãe. Co. deu-se à pregação' Terminados os estudos de filosofia. piedosos e caritativos. dado aos estudos e excelente amigo dos colegas.nfessor e Doutor Roberto Francisco Belarmino nasceu em Montepulciano. apreciava o canto e a música. Ali. no dia 4 de outubro. porque lhe reservara a cárreira médica. empreendeu os de teologia.obrascatolicas. defenáeu teses sôbre a Retorica de AristÓteles http://www.

atraídos pelo seu saber. que rivalizava com a de Paris. a tlniversidade. daquele ano até o de 1588. alcançavam cêrca de mil ouvintes. discorrendo sôbre opecadoeagraça. reunia. Âquela epoca. nas respectivas pátrias. perto de três mil estudantes. e. leu e releu as obras heréticas. chanceler da Universidade de Louvain.obrascatolicas. a cadeira de Controvérsias no Colégio romano. foi obrigado a estudar o hebraico.com . enviou-o para Louvain. e os primeiros passcs que ensaiou no áspero caminho foi em direção das falsas doutrinas de Baius. fervilhando. por determinação dc geral da Companhia.VIDAS DOS SANTOS 3r9 e sôbre a Suma de Santo Tomás conquistando plenamente os ouvintes pela sapiência e pela precocidade. as quais desejava. a seriam firmes refutadores de heresias. particularmente. dos Padres e. Era em 1576. Com a saúde abalada. a http://www. Naquela cidade. foi encarregado do apostolado junto aos colegas: naquele tempo. sôbre a Bíblia. refutar. aos religiosos da ordem e a certo número de estrangeiros. Com a permissão do Index. tendo cornposto uma gramática daquele idioma. seu superior. Lecionava. entre os quais se achavam inglêses e germânicos. ardentemente. Apoiando-se sôbre os' textos dos concílios. Francisco Bórgia. Belarmino recebeu as ordens maiores em 1569. onde devia aperfeiçoar-se em teologia. aguêles inglêses e germânicos que. principalmente. o nosso Santo passou a professor de teo- logia. Os ensinamentos de Francisco Roberto . ocupou. ao mesmo tempo. De aluno. teve que retornar a Montepulciano.

em edições que se sucederam com grande celeridade. contra um f. São Roberto Belarmino auxiliou Sal- merom a rever oS comentários do Novo Testamento. Lião. o Doutor. a obra do Santo é magistral.com . precisão e equilíbrio.etoz herético de Magdeb. que procurava minar a autoridade pontifical naqueles tempos. afoitam-se todos em aÍfumar que São Roberto Belarmino pode ser considerado como o maior deÍensor da doutrina cristã contra os heréticos de seu tempo. tôda ordem. €rD 1593. E tantas foram as insistentes solicitações para que as imprimisse. Praga e outras grandes cidades da Europa. Clara. o santo doutor deixou o título de professor de controvérsia no Colégio romano . escreveu um tratado Sôbre a translação do império romano dos grcgos aos [ranc-os. Em 1584.. espalhando-se por Paris. Em 1579. Foi no ano de 1686 que. sôbre a graça.obrascatolicas. que Belarmino assim o fez. com ordem superior.PADRE ROHRBACH ER 320 As aulas do Santo tiveram sucesso estrondoso. e.rrgã. terceiro. não podem rivalizar os trabalhos caiólicos contemporâneos. contando então quarenta e quatro anos. enriquecida com vasta e solida documentação. Sem mêdo de errar. com ela. Em 1588. paÍa http://www.depois aos germanos.

e. sempre que podia.'. fazendo-o cardeal em 1599.nhou novo vigor.obrascatolicas. Pouco depois. pelo qual tinha g rande veneração. Pequeno Catecismo que São Francisco de Sales adotou e ensinou aos seus pequenos). dando o exemplo. e foi para Nápoles como plcvincial dos jesuítas. O mais ilustre dos seus dirigidos foi Luís Gonzaga. nem por isso deixou de escrever. E a todo o aparato exterior. sempre foi o primeiro. Assim. fugir.com .VIDAS DOS SANTOS 321 ser o pai espiritual daquela mesma casa. achou tempo para produzir várias obras. ioi solicitado para preencher aquela vaga.a\za com minúcias tuelo aquilo que devia impor aos outros. Belarmino tornou-se mais humilde e mais caridoso. viu-se guindado à reitoria do Colegio. As indulgências e o jubileu. a casa g. teve naguela cidade triunfal recepção. reitor da Penitenciária Muito embora se visse assoberbado de trabalho. Firme. Sob seu govêrno. deixou Roma. obsen. mas logo teve que retornar à c. de 1596 o Grande Catecismo e o Pequeno Catecismo (este último considerado como a obra mais notável depois da do concílio de Trento. Clemente VIII também o nomeava consultor do Santo Ofício. Assim. logo mais.pital: morto o teologo particular de Clemente VIII. Dois anos depois. entre as quais a Refutação de um libelo sôbre o culto dos sanúos. ou seja. Príncipe da Igre ja. Acolhido com imensa alegria Be- http://www. apagar-se. Tendo exercido a direção espiritual por quatro anos. procurava o Santo. em disciplina. em 1594. Bispo de Cápua em 1602. mas doce. e outras. natural a personalidade de tal porte. O papa reccmpensou tão devotado trabalhador.

Cápua chorou imensamente guando. Leão XI. A maioria. Carlos Borromeu. escolheu aguêle que se denominou Paulo V. anunciou. deixou-a para tomar parte no conclave que se seguiu à morte de Clemente VIII. €rD 1605. embelezou a catedral. guer do Santo Ofício. Ali. socorreu eÍ. São Belarmino http://www. relegada ao abandono pelos predecessores. Quando o papa consultou o Santo Oficio a propósito de guestôes gue a doutrina da Imaculada Conceição suscitava entre os teólogos. Desta vez.icazmente as igrejas mais pobres da diocese. - Como membro. gue lhe bebia as palawas de despedida. Francisca Romana.can onizaçáo de vários santos: Raimundo Penhaforte. foi o cardeal Alexandre de Medicis. entretanto. o cardeal Belarmino ocupou-se co1m ás . que jamais o reveria. depois como prefeito da Congregação dos Ritqs. pregou com sucesso.obrascatolicas.PADR. pela caridade sem limites. diziam todos. guer do Index. Iarmino ocupou aquela sé tão-sômente por três anos. porém. deixava o mundo um mês depois da eleição. o cardeal Belarmino seria o novo pontífice.E R. bispo de Milão. profêticamente.OHRBAC H ER. Ao povo. de modo que ali ficou Roberto Francisco participando de diversos trabalhos. já dos Ritos ou da Propagação da Fé. VeneradÍssimo pela bondade.com .causas de. mas guem se alçou à cátedra de São Pedro. Todos julgaram gue o cardeal Belarmino seria o novo papa. tomando o nome de Leão XI. o qual não permitiu gue o Santo retornasse a Cápua: necessitava dos seus serviços em Roma. instituiu o ensino do catecismo como um dever gue não se devia descuidar jamais.

ao lado de São Luís Gonzaga. resultado da extraordinária reputação de erudito. Data daguelds tempos de Paulo V o seu Com entário sôbre os SaÍmos. abordando os mais variados temas. contando setenta e nove anos de idade. Desejava ardentemente gue aguela doutrina fôsse definida e promulgada oficialmente. Os milagres não Íaftaram para atestar a santidade do grande Santo. gue está repousando na igreja de Santo Inácio. Beatificado sômente em 1923. em setembro de cada ano. continuava a escrever. Pio XI canoni1930. logo uma multidão de visitantes acorreu âcercâr-se do seu leito de enfêrmo. AIi escreveu os últimos trabalhos. Piorando sempre. enredado a mil e uma tarefas.-< - - -r http://www. à gual tinha grande devoção. proclamando-o doutor da lgreja ern 1931. principalmente. cinco tratados de ascetismo. mas as circunstâncias não o permitiriam ainda. dos quais o último Íoi A arte de bem moffer. Em fins do mês de agôsto de 1621. resporrdendo a um número imenso de personalidades espalhadas por todo o Velho Mundo. onde tinha o costume de passar alguns dias. afora as cartas gue escrevia. Embora ocupadíssimo. porque uma Íebre insistente o perseguia sem interrupção. retirou-se ao noviciado de Santo André do Quirinal. cansado.VIDAS DOS SANTOS 323 aÍirmou e justificou sua crença naguele privilégio de Nossa Senhora.com .obrascatolicas. zotJ. faleceu no dia 17 de setembro de 1621.-o @rÍt r. ro mês de setembro. Obrigado a guardar o leito.

falecendo bastante idoso no ano de 360. Médico gue abandonou o mundo. Canonizado em 879 por ]oão VIII.E R. bispo. então. de o cobrir com uma basílica . Santa Rastragena. bispo e coÍI- em 584. Na diocese de Autun. mártir. Sao Pausicaco. sucessor de Peregrino. quando de Constantino. praticou austeras http://www. virgem e mártir.com . foi enterrado na igreia de São Pedro. invocado contra as tempestades. Na Itália. Trataram. São Cristanciano. abade de Mcknor ou Monagham. Írurn.obrascatolicas. Frígia. Sao Moeldod ou Mac Eingin. Em Apaméia. bispo da Igreja de Tongres. deu a conhãcer os méritos. enquanto tôda a rêgião. em Lltrecht. cobria-se totalmente de neve. Na diocese de Sens. Santo Onésimo. Na Irlanda. que foi o primeiro bispo de Auxerre. paÍa o proteger (384 ) . São Servásio.324 PADR. contemporâneo de Hilario de Poitiers e de Martinho de Tours. duro inverno. Trabalhou na evangelizaçáo da região de Soissons. a todos. A cabeça foi profanada pelos huguenotes. Na diocese de Soissons. bispo e confessor. o Grande. Na diocese de Soissons. São Marceliano. bispo e confessor. as trovoadas e os raios. São Flávio. permitindo que. Falecido em 595. o granizo. que Deus.OHRBAC H ER No mesmo dia. o túmulo do santo bispo permanecia como se fôra em plena primavera. Falecido em 330.

Sao Pedro Regalato. padre e mártir. bispo e confessor.rpoi haver purificado o velho templo dedicado a todos os deuses. à dedicação de Santa Maria dos Mártires. sob o procônsul Laodício e o imperador Diocleciano. Em Valladolid. feita pelo bem-aventurado papa Bonifácio IVr que. Em Heracléia. nascida em Roma. muito tendo sofrido. e colocado no rol dos santos pelo papa Bento XIV &aqÊ http://www.obrascatolicas. São Natal. e a todos os mártires do terirpo do imperadcr Focas. confessor da ordem dos Frades Menores. foi levado a Bizâncio. prelado de imenso saber. a comemoração de vários santos mártires. o consagrou bem-aventurada Maria sempre virgem. onde o decapitaram.com . Em Alexandria. Em Milão.fIDAS DOS SANTOS 32t mortiÍicações. e que se chamava Panteão. falecenclo em 606. Em Constantinopla. restaurador da disciplina regular nos conventos da Espanha. na cidade de Anfípolis. Santa Glicéria. chegando a bispo de Sinnado. o qual. e que foi martirizada sob o imperador Antonino e Sabino. No me-smo dia. pela defesa do nome de |esus Cristo. Faleceu em 741. que os arianos chacinaram na igreja de São Tomás. em Româ. São Mucio. por ódio à fé católica.

e um acima de todos. mas tinha três boas gualidades: hospitalidade. Depois de muito tempo. e lhe disse: Meu irmão Bonifácio.com . Êle era dado ao vinho e a tôda a sorte de devassidões. Quando via um estrangeiro ou um viajor. Dera por três vêzes os iogos públicos em Roma. chamou-o um dia. sem refletir que teremos de apresentaráos diante de Deus. Ouvi dizer pelos cristãos gue aguêle que serve aos santos que combatem pelo Cristo. Dispunha de setenta e três intendentes para governar os seus domínios. gue havia sido procônsul. à noite. da classe dos senadores. chamado Bonifácio. andava pelas praças e ruas. tocada_pela graça de Deus. às suas expensas. senria-o com afeição. com guem ela mantinha um comércio criminoso. Acabei http://www. cóm êlet estará no dia do terrível iulgamento. e prestar-lhe conta do mal que Íizemos neste mundo.I4. e dava aos pobres o que necessitavam. liberalidade e compaixão. filha de Acácio. Aglaé.O DIA DE MAIO SÃO BONIFÁCIO DE TARSO Mártir Havia em Roma uma mulher'poderosa chamada Aglaé. bem vês em quantos crimes estamos ÍleÍgulhados nós.obrascatolicas.

f. Entretanto. servindo-os e construindo-lhes oratórios dignos dêles. E. a fim de que vosso nome seja glorificado para todos os séculos. no tempo de Orígenes.s do Cristo combatem no Oriente contra o demônio. la. Aglaé lhe disse: Deixa dessa embriaguez e dessas extravagâncias.o caminho . três liteiras e diversos perfumes para honrar os santos mártires. recebei-as como as de um mártir. pecador como sou. galhofando: Senhora. disse: Senhor Deus todo-poderoso. vinde em meu socorro e guiai minha viagem. trá-las-ei. mas se minhas próprias relí{uias vos chegarem às mãos. e entregam os corpos aos tormentos para não neg at a Cristo. Pai de vosso Filho único. que o Senhor Deus do universo. levantando os olhos ao céu. conduzir os teus passos nas sendas' de sua misericó rdia e satisf azeÍ meu desejo. que tinham muito zêlo pelas obras exteriores {e piedade ç epridadÇr seril terem ainda a fôrça para http://www. para gue. viam-se cristãos na Igre. nós e muitos outros. disse à patroa. espero-te em breve. gue tomou por nós a forma de escravo e derramou seu sangue pelã salvação do gênero humano. Quanto a mim. Vai. Bonifácio partiu e.obrascatolicas. com doze cavalos. pobre pecadora. se digne enviar seu anjo diante de ti.com . sem considerar os meus pecados. dizia consigo mesmo: É iusto que eu não coma carne e não beba vinho. devo trazet as relíquias dos santos mártires. sejamos salvos por seu intermédio. Ao partir. se encontrar relíquias de mártires. Amém. e pensa gue deverás trazer relíguias de santos. e traze-nos relíguias dos santos mártires. Bonifácio tomou uma quantidade de ouro para comprar as relíguias e para dar aos pobres. pois.'a. já que.VIDAS DOS SANTOS 327 tamtÉm de ouvir que os servo.

Chegado ao local do combate. para agradar ao povo romano. outro estava amarrado com os pés extremamente separados. simulara a princípio abraçar a fê cristã. âo pref eito de Roma. um quinto tinha uma estaca prêsa à garganta e estava assim pregado na'terra.azei repousar os animais: vou ver o que mais desejo. que em 306 havia tomado o título de imperador em Roma. enviou o diácono Straton com cartas do imperador Maxêncio e do prefeito do pretório. um guarto tinha as mãos decepadas. Bonifacio chegou à cidade de Tarso. disse âos corrlpânheiros de viagem: Meus irmãos.PADRE ROHRBACHER 328 renunciar aos maus habitos. Verifica-se. ide procurar uma hospedaria e f. que tinha Simplicio por governador. Vendo que. sob o império de Galêrio e de Maxirnino Daia: sobretudo na Cilícia. A perseguição era mais cruel do que nunca. então sacerdote da Igreja Romana e depois papa. e tinha fogo sob a cabeça. Ordenou aos subordinados gue cessassem a perseguição. por êste tempo.com . LIm estava pendente por um pe. para reentrar nos lugares que haviam arrancado aos cristãos durante a perseguição (1). havia mártires no combate.obrascatolicas. outro tinha ês mãos (1) Euseb'' r' vur. naquele 'mesmo lrlomento. Assim não acontecia no Oriente. capital daguela província. Aglaé e Bonifácio pertenciam a êste número. que Melquíades ou Melcíades. os carrascos serravam um terceiro. viu os mártires nas tprturas. c' Xrv' Aug' R'evic" dici 3' http://www. Apos alguns dias de viagem. e quis mostrar-se mais brando e humano do que os predecessores. O proprio Maxêncio. A Igreja do Ocident e gozava então de uma paz profunda.

chamam-me Bonifácio. como tenho Cristo por mestre. calcai acs pês o demônio. O governador disse: Antes que te togue os lados. e. atletas e mártires do Cristo. aproxim a-te e sacrifica. servos de Cristo. orai por mim. Depois. percebeu-o Ê disse: Quem é aquêle que zomba assim de mim e dos deuses? Que o arrastem a meu tribunal. o trabalho é pequeno. sou cristão. O governador.azer alguma coisa. lançando os olhos sôbre o povo. Seus tormentos gelavam de frio os espectadores. beijando-as e dizendo: Combatei. mas se quereis saber meu nome vulgar. Um pouco de paciência. que desprezas o esplendor de minha sede? Bonifácio respondeu: Sou cristão.obrascatolicas. a fim de que tome parte convosco no combate contra o demônio! Sentou-se a seus pés e abraçou as algemas.VIDAS DOS SANTOS 329 e os pés torcidos para trás e assim amarrados. Bonifácio aproximoü-sê dos mártires. Se quereis Í. O governador repetiu: Como te chamas? Retorquiu Bonifácio: fá vos disse. despÍezo a vós e vosso tribunal. em número de vinte ao todo.com . Bonifácio respondeu: lâ diversas vêzes vos disse que sou cristão e gue não sacrifico aos deuses. e beijou-osr exclamando: Como ê grande o Deus dos cristãos! Como ê grande o Deus dos santos mártires! Graças. e os carrascos o espancavam a golpes de bastão. quem rás tu. http://www. fazel eis meu çorpo diante de vós. dirigindo-se a êle : Dize-Íle. â recolnpensa é grande.

servos de Cristo.obrascatolicas. Três vêzes miserável. fê-lo suspender e dilacerar com unhas de ferro. o santo. O bem-âveflturado não respondeu. mandando aliviar um pouco os tormentos.PADRE ROHRBACH 330 ER. Filho de Deus. Grande é o Deus dos mártires! |esus Çristo. vinde em socorro de vosso servo. O governador. disse-lhe uma hora após: Miserável! Sacrifica e tem piedade de ti. exclamou aos outros mártires: Suplico-vos. contemplando o céu. O governador. aliviai as minhas dores e não permitais seja eu vencido por êste impuro governador. fixando os olhos nos santos mártires. Antes de executarem essa ordem. êle porá fim. O governador. vendo-o insensível aos tormentos. Terminada a oração e dito amém. Terminada a prece. orou assim: Rendo-vos graças. Senhor )esus Cristo. mandou que lhe abrissem a bôca e nela derramassem chumbo derretido. ao curso de vossa vida e colocará vosso nome entre os protonascidos. não vos envergonhais de repetir sem cessar "Sacrificà". Filho de Deus. dentro em breve. sal- http://www. O santo olhava o céu e sofria sem nada dizer. sabeis que ê por vosso nome que sofro. o povo começou a soluçar e gritou em alta Yoz: Grande é o Deus dos Cristãos.com . em cólera. a mim que nem sequer quero ouvir falar nos vossos simulacros de nada? O governador ordenou que aguçassem canas e as enfiassem sob as unhas das mãos. os carrascos o dilaceraram a ponto de tornarem visíveis os ossos. rogai por vosso servo! Os santos disseram numa só voz: Nosso Senhor |esus Cristo enviará o seu anjo para livrar-vos dêste perverso.

poderoso. dizendo: Ordenamos edecer às leis dos imoe. sentou-se ao tribunal e mandou vir o santo. Feito o sinal da cruz. quando estivesse fervendo. viranáo-r" para o oriente. Deus todo. vinde em socorro de vosso ."rvo. Serpente 'de inteligenciá tenebrosa. nela se atirar á santã. Porque ]esus cristo. meu mestre.obrascatolicas.r. d" cabeça para baixo. Anátema aos ídolos das nações! Então todo o povo correu a derrubar o altar e atirar pedras ao governador que se levantou e se retirou.VIDAS DOS SANTOS 331 vai-nos! Cremos todos em vós e recorremos a vós. mandou gue enchessem uma culd"iru de pixe . que envelheceste em má hora. a fim de que o dragão assassino não consiga f. atemori zado com o tumulto. Os soldados levarámal. o. irriàdo. que foi crucificado -e-speranças como malfeitor? O mártir respondeu-lhe: Cala-te. Fai de Nosso senhor ]esus cristo. Mas um anjo desceu do cráu e tocou a caldeira. mandou que lhe cortasa. anâtema a ti!. bem cedo. o governador.: http://www.. dizendo-lhe: car tuas num homem. Naà afetou o santo. estupefato com o poder de Jesus Cristo e com a paciência do mártir. No dia seguinte. mas queimou vários minisiros. paÍa. o governador. gue fundiu como cêra diante do [ogo.com . não abras a bôca impura para dizer o nome de ]esus cristo. sofreu purà salvar o gênero humano. disse: Senhor. mártir suplicou aos carrascos que lhe concedessem {gum t:-po par3 rezaÍi e. enviai vosso -anjo e recebei minha arma em paz. o mártir faz o sinal da cÍuz e foi lançado.

Aquêle que procurais. forte. Tendo-o reconhecido. Aquêle que procuramos é um ébrio' um devasso. pelos sráculos dos sáculos. O semblante do mártir apresentado aos companheiros pareceu-lhes miraculosamente gue sorria. elquantg -nós Ílos âtoÍmentamos na Sua procura. de foi "*".ri vosso Fiiho úrnico e o Santo.obrascatolicas.ã ioaot exelama ri*: I' gralde o Deus dos cristáos! E. que nada fem em comum com o martírio' Seguirar. Pediraã-lhe que mostrasse também a cabeça. não o encontrando. Terminada a Prece.r. e lhe disseram: Não viste.." õ. com o côro de vossos santos mártirás. e11Co11traram o irmão do carcereiro. ê1".E Na arena. Assim falando.: Não vos lembreis de nosso pecado e do http://www. replico. Porque a vos pertence a honra e o pàà. e livrai vosso povo da opressão dos ímpios.-Íro e êle lhes mostrou o colpo exangue. . CoÍreÇâram a di2er entre si: Êle deve ter ido a um antro de perdição para divertir-se. Qual rá o seu aspecto? É homem entroncado. .com . foi prgcurá-la trouxe-a. sofreu ontem o rlârtírio.332 PADRE ROHRBACH ER lhe mal. amém. louro' que veste de escarlate. áirã"a. choraram amargamente. os companheiros de Bonifácio' o Procuravam por tôdu puri". aqui um estrangeiro' vindo de Roma? Respondeu-lhes êle: ontem houve um estrangeiro que foi martirizado por Cristo e teve a cabeça decepada' onde está? indagaram os outros' -.utado. muitos creram em )esus Cristo' Todavia. Levai-Íte para o repouso.Espírito. houve um grande tremor de terra.o. por acaso.

e tornou-s€lhe agradável. urn anjo apareceu a Agl aê. e Aglaé ali fêz construir um oratório digno do santo mártir. Colocarârl-ro numa das liteiras e empreenderam a viagem de. Levantou-se ela prontamente. As de Sao Bonifácio foram colocadas a cinqüenta estádios de Roma. o gue corresponde a mais de cem mil cruzeiros. |á meio século antes. louvando a Deus pelo Í. os demônios ali eram expulsós e os enfermos ãurados. todos os vossos pecados vos serão perdoados.eliz fim do santo mártir. Todavia. Viveu ainda no exercício da piedade treze anos. e êles pagaram guinhentos talentos de ouro. e o levaram. e colocai-o em lugar digno. rumaram âo eflcofl- tro das santas relíguias. e na mais Íeroz perseguição.VIDAS DOS SANTOS mal que de vós dizemos. 14 maii. e. http://www. solicitamos gue nos seja entregue. Embalsamaram-ro e o envolveram em linhos preciosos.. (f) Ruinart Et Acüa SB. recebei-o como vosso senhor. por sua intercessão. com círios e perfumes. pois expulsava os demônios e curava tôda a sorte de doenças mediante as orações. não retendo senão algumas Ínoças gue renunciaram ao mundo com ela. assim orando. porgue. Êste recusou dá-lo gratuitamente. após os quais adormeceu em paz e foi enterrada junto de São Bonifácio ( I ). vimos as relíquias de São Cipriano transportadas com círios e tochas.obrascatolicas. E ali operou muitos milagres.com . servo de Cristo! E disseram ao oficial: eis guem procuramos.volta. Aglaé renunciou ao mundo. Ievou consigo eclesiásticos piedosos. doou todos os bens aos pobres e libertou todos os escravos. e lhe disse: Aquêle que era vosso escravo é agora vosso irmão. Consagrou-se ao serviço de fesus Cristo.

i"i'::ii.SANTA MARIA DOMINGAS MA--ARELLO (*) Vírgem Primeira Salesiana de Dom ' * o'Í:'fr|. zelosíssima.:. logo prin43 P?' cipiou. Muito devotada aos seus. Batizada no dia mesmo em gue trut. a amada n róquia. recebeu-à à 30 de setembro de 1849. no dia 9 de maio. Pestarino deixou seu encargo pastoral para entrar no instituto salesiano.êz a primeira comunhão em 1847. lt sc. em Mort e. filha de humildes agricultores. o Pe.e .:. Í. e a corrfirmação.com . ' Quando Maria Domingas cuidou de se consagrar àguela obra de educação cristã. Pestarino.obrascatolicas. diocese de Acqui. também era Ma zzarello Um dia. piedosamente.F Bosco it h a s Maria Domingas nasceu em 1837.". com a http://www.evendo-se o essa Congregação de Maria fundada pelo cura Pe. na Itália.o*ô Maria."u.purheira de trabalho: chamavâ-Se Petronilha.. pÍocurou unia õo.

1952.coÍlo diria mais tarde. na presença do Santo de Turim. Quando Dom Bosco.obrascatolicas. representa o homem cle Deus gue a auxilia a realiza. tiveram grande influência sôbre Maria Domingas. ensinava catecismo e costura às jovens de Mornese. na Congregação. na necessidade incontida de dar-se.flm& Flor do Campo Sôbreo.{ltar-Santa Maria Domingas Mazzarello". com amor ardentíssimo. Pestarino e Dom Bosco. como iluminada de uma nove luz em seu verdadeiro ser. especialmente para se entenderem. i. transforrnâ-se. "Maria Mazzarello.. Pestarino. Sonaglia. a convite do Pe. entrevê o dom inestimável de Deus na forts inclinação que sente ce {1) M.com . diz: "Se na vida de São João Bosco o encontro com a jovem Mazzarello representa e assinala uma das fases mais importantes da sua marcha apostólica em prol da salvação da juventude feminina. a conquistar o ideal de perfeição intimamente sentido nos arroubos de sua piedade eucarística. Ela vê em Dom Bosco a própria alma como refletida na sua. no seu livro "Lfma Flor do Campo SObre o Altar" ( 1 ). Dom Bosco. úm desejo intenso do coração. "sentiu Íoi a Mornese. a Deus e às almas. que. falando sôbre aquêle encontro. Maria ficou impressionada em si qualquer coisa de extraordinário que não sabia explicar" . Pe. . Salqsiana Editôra.Sonaglia. http://www. na vida dessa mesma jovem. dir-se-ia. -Liv. duas grandes almas que foram feitas.VIDAS DOS SANTOS 335 idéia de estabelecer em Mornese uma escola para meninos.

e sua palavra é palavra do céu. Porgue f91u Primeira fila õ"-p. "Outras vêzes ainda Maria verá o Santo' Velo-á uma tarde. TOda enlevada pelas maravillras experimentadas naquele prelúdio magníÍico da pÍopria vccação. "Os teus ouuidos escutarão as palauras de guem aos ombros te auisa e te diz: a estrada é esta. com a alma saturada de alegria e ue a interrode entusiasm ju. ?xtasiada.ala. de escutá-lo. ao futuro cardeal Cagliero. vê e compreende o que é paÍa ela votrtade de Deus: "seguii Dom Bosco numa nova vida". o seu amor. isto ê. Depois. f. diante dêle. da a boa-noife aos seus jovens. da sua grande surprêsa de encontrar naquelas simples camponezinhas tanto desprendimento das coisas tettenas e tanto empenho pelas coisas celestes. enlevad ã. a sua missão. mais tarde: "Teria querido que não acabasse mais de falar". conforme o uso tradicional introduzido nas suas casas. f. serte-se plenamente possuída daguele admirável encanto. "Por isso não se cansa de olhá-lo. 2l). enguanto. "Dira." tão r dos ouvintes Pronta e segura: http://www.obrascatolicas.admir .PADRE ROHRBACH ER 336 se ocupar da juventude feminina para conserv â-la boa. e quisera fixar aquêle instante tão precioso e belo qrá lh"' revela Deus. a sua predileção. netn para a esquerda (Is 30.eliz.com .ru. "Dom Bosco aí está. "Dom Bosco falou depois àquele que o âcoÍIpânhava. E a Ma zzarello. caminha por ela e não te uoltes nem pata a direita.

E Sonaglia conta: "fJm dia. diz Au[f. saltou para doze" . para que Íôssem mestras era se lançaram à obra.VIDAS DOS SANTOS 337 Dom Bosco é um Santo. Ncs primórdios. contava vinte e sete anos. num átimo. Maria e Petronilha puseram-se a pensar no melhor modo de atrair as iovens para levá-las a uma bela vida da alma. quando nos primeiros tempo's da Íundação do Pe. desde menina. para proceder com mêtodo. tiveram sete.azeres. e numa humilde oficina acolheram meninas e mocinhas. Maria. Pestarino. "Ora.Uma Edu' cadora Formada por Dom Bosco.ray.obrascatolicas. que. com o senso prático que a caracterizava. f oi quem encontrou a resposta: ensinariam corte e costura às meninas. "No modesto atelier. Auf f ray conta no seu Santa Maria Domingas Mazzatello . A princípio. quando a iovem cuidou de se consagrar àquela obra de educação cristã.com . mas aguêle número. à peguena casa de trabalho e de oração apresenta-se um pobre mascate: tem duas filhinhas http://www. e eu o sinto!" Quando Maria Domingas se encontrou corn Dom Bosco. logo surgiu um minúsculo orfanato para crianças abandonadas ou pequerruchos de viúvas incap azes de se ocupar com os filhos por causa dos af.

animava as meninas a prestar-se para arrumar a igreja e recomendava ccnstantemente a modéstia e o recolhimento na casa de Deus. prontamente: Traga as crianças e fique tranqüilo". livre do pêso gue Ihe esmagava o coração e bendiz a Proüdênciã". percebe-se a esperança de encontrar nas duas amigas a corrpreensão da sua dor. as meninas eram também convidadas a desmanchar os trabalhos feitos com descuido. Oh. "E decide. . Inúteis eram as làgrimazinhas ou os protestos: cumpria submeter-se. mais adiante: "Na oficina.BACH ER. dia a dia. nem tagarelices inúteis. se vós pudésseis recebê-las. "Na voz." "As diÍiculdades pensa Maria precisam ser superadas. "Mais com o exemplo do que com a palavra. "Que emulação de fervor sabia provocar nas proximidades das festas e particularmente nas .obrascatolicas. mas compreendo .338 PADRE ROHR. mas aprendiam de verdade. Maria não tolerava atrasos nem ócios. eú. mas recomendava a cada uma imitar as virtudes mais http://www. que treme pela angústia. trabalhava-se sàriamente e conscienciosamente. "O pobre homem afasta-se. . e deve abandoná-las para continuar a vida errante e incômoda. a vida se organizava numa sempre mais bela e útil regularidade. por vêzes.com . E.fÍcaria tranqüilo. ao invés de perder o tempo em considerá-las ".Je Maria Santíssima! Queria que o amor à Mãe de Deus não se limitasse à exterioridade-do-culto.

a caridade dessa Virgem sem mancha. mais belo e mais cômodo gue o primeiro. "lnstruía também as meninas sôbre o modo de confessar-se. a puÍeza. Pode dizer-se que tal estudo foi sempre a sua fôrça e a sua glória. "De Maria Santíssima depuseram sabia falar com tanto ardor e tanta unção que se transportava ao alto. com a intenção de doâ-la à sua terra natal. especialmente a modéstia. Exortava-as a invocar o Espírito Santo e a recomendar-se âo Anjo da Guarda. doce e vibrátil pela intensa emoção. guererão.' Chamá-la-ão a casa da Imaculada e. "tinha crucificado com ]esus olhos.viver em comunidade. pelo testemunho de uma confidente. generosamente. Bem depressa foram transportados para a casa da Imaculada os poucos utensílios e as crianças asiladas.obrascatolicas. " Particular cuidado mostrava para que tôdas. "A oficina é insuficiente aos muitos pedidos de aprendizes e de asiladas. de ora em diante. oferece a própria casa recentemente construída ao lado da sede paroguial. gôsto. com a costura. E quando cantava os louvores da Virgem com aquela sua voz. extasiava a todos".com . Para prover ao caso. a humildade. pensa o Padre Pestarino.azê-lo ela gue. Então as Filhas ai reunidas sentem a http://www. tato". aprendessem bem o Catecismo. ouvidos.VIDAS DOS SANTOS 339 belas. que. a serem xlodestas e mortificadas. . hospedará tôdas as Filhas que. Bem podia f. "Pelo estudo do Catecismo tinha predileçáo a Santa". como Maria e Petronilha. "É um novo ninho.

Maria e as companheiras da velha oficina receberam o habito religioso das mãos do bispo e pronunciaram os votos. no dia de São Francisco de Sales. que se elegeu Superiora da nova casa. mostrou-se cheio de esperança. que não gtreria receber aquêle titulo de Superiora. " a SuperioÍa eÍa Nossa Senhora".com \ . A 5 de agôsto de 1872. Dizia São )oão Bosco às Filhas: http://www.BACHER necessidade de uma cabeça e. acabou por conseguir do Santo de Turim o ser chamada de Vigária. encarregou Pestarino de fundar uma escola para rneninas. Dom Bosco. elegem uma superiora. com o consentimento do Padre Pestarino. Dom Bosco ficou satisÍeitíssimo com o resultado da eleição. porque. E Pio IX.340 PADRE ROHR. Tenho a convicião. -disse o pontífice. humilde. ao qual Dom Bosco havia apresentado a nova fundação. dizendo-se incompetente. E Maria. Naquele ano mesmo de 1872. com o concurso da pequena congregação de Maria Imaculada. solicitado pelo bispo de Acqui.obrascatolicas. procedendo a eleição. e Maria Domingas foi encarregada de dirigir a nova casa. Dos vinte e sete merrrbros presentes. que as irmãs de Maria Auxiliadora prestarão à educação das meninas os mesmos serviços que os padres e os irmãos salesianos prestam aos meninos. vinte e um votos foram dados a Maria Domingas. o bom Padre Pestarino levou a têrmo o anseio de Dom Bosco: reuniu as Filhas de Maria Imaculada. como dizia.

com aÍ. "Algumas respondem prontamente: http://www. sigilando com o silêncio as amarguras do coração".obrascatolicas. " Ela hesita por um momento e depois : Não temos em casa nem aO menOs Um pedaço de pão". quando tocavam a sua cara Comunidade: "LIma tarde. porque o vosso Instituto ha de ser um rlorumento de perene reconhecimento aos singulares favores obtidos de tão boa Mãe. "E os olhos enchem-se-lhe de lágrimas.com . perto da hora da ceia. e com verdadeira alegria poderia manter-se tranqüila e serena em situações delicadas.VIDAS DOS SANTOS 341 Vós vos chamareis Filhas de Maria Auxiliadora.oiteza. "Sômente uma mulher forte. chama as Irmãs para junto de si: Tenho uma coisa para dizer-vos. Madre". o que muito me pen aliza" . Sômente uma mulher forte poderia suster as filhas que levavam o pêso de uma vida de contínuas e gerais privações com generosidade. continua Sonaglia. Diga o que é. poderia assumir o govêrno de uma Congregação religiosa gue nascia entre as desconfianças externas e os incômodos de uma pobreza extrema. citando o Cardeal Piazza. "Quanto mais gravemente sentia estas amarguras a boa Madre.

FADRE ROHRBAC

342

H ER,

"

- Pois bem, assim imitaremos Santa Teresa,
que desejava ir à mesa sem encontrar nem mesmo
o pão".
"A Madre olha as filhas tão dispostas ao sacrifício e um borbotão de lágrimas jorra-lhe do coração
e dos olhos. Sao lagrimas de consolação.

"Exatíssima em observar a regra, é tôda zêlo e
de àdmirável Í.irmeza para f.azê-la observar; e isto
mais com o exemplo do que com a fôrça da autoridade.
"Co,m uma intuição da palavra de Dom Bosco
e, talvez por divina ilustração, a Santa entrevê gue
a Congregação das Filhas de Maria Àuxiliadora ê
destinadâ a propagar-se por todo o mundo. Sente,
por isso, a imensa responsabilidade que lhe incumbe
de Í.azer da sua pequena Comunidade de Mornese,
e depois de Nizza, o exemplar, o tipo, a que tôdas
as Filhas que virão depois devem inspirar-se.

"Sente que o rico, divino patrimônio do Espírito
que animou Dom Bosco e que êste confiou às primeiras filhas como um facho para transmitir, deverá
ser guardado íntegro e puríssimo. Esta convicção
inspira-lhe acentos guase dolorosos.
"Minhas boas irmãs, ê necessário que nós, as
primeiras Filhas da Congregação, sejamos não só
virtuosas, mas o espelho no qual aquelas gue virão
depois de nós vejam resplandecer o verdadeiro espírito do Instituto. Devemos viver, trabalhar, falar
de maneira gue essas possam e devam dizer: Que

http://www.obrascatolicas.com

\.

VIDAS DOS SANTOS

343

fervor havia entre as nossas primeiras Irmãs! Que
observância! Que espírito de humildade e de pobreza!
Que obediência! Assim essas, seguindo ; nosso
exemplo, poderão continuar a Íazewirrer entre elas
o verdadeiro espírito da Congregação! Porque deveis
s_aler gue quando as IrmãJ forem tantas e tantas,
di.ficilmente poderão ter o fervor que podemos ter
nos .

"E continua:
Vede nesta Regra que Dom Bosco nos deu,

gue tesouro: aqui estão indicados todos os meios
para f.azer-nos santas, e se a praticarmos realmente
bem, estaremos seguras de irmãs para o Céu".
"Estas palavras, escutadas com profundo respeito, são a mola que f.az saltar ao mínimo convite
da Madre e à mínima prescrição da Regra. uma só
é a mente, um é o coração de tôdas, ,- ã fim: tornarem-se santas para santificar o próximo.
"Em alguns lugares de passagem, colocado
"há

bem à vista dã tOda.,

,,

cartaz em que se lê:

"Cada religiosa deue ser uma
copia uiuente da S. pegra" .

"Em Mornese, esta sentença foi praticada

letra".

à

De Mornese, Maria Domingas Maz zarello passou a Nizza, onde chegou no dia 4 de fevereirá a"
1879. Ali, foi alvo de perseguições, que lhe moveram
os maus, ma: a Santa, sempre voltada para
|esus,
para Maria Auxiliadora, tendo sempre em mente a

http://www.obrascatolicas.com

344

PADRE ROHRBACH ER

fibra de Dom Bosco, que tudo arrostou por Deus, a
tudo superou porque também fôra talhada para
o áspero mister. E a Congregação, a pouco e pouco,
estendeu-se, deitou ramos, frutificou.
À morte da fundadora, com quarenta e quatro
anos, ocorrida em I 881 , a Congregação espalhavase pela Itália, França e América, contando com vinte
e seis casas, cento e trinta e nove professas e cinqüenta noviças.
À morte de Dom Bosco, em 1888, sete anos mais
tarde, existiam cinqüenta casas, trezentos e noventa
professas e noventa e nove noviças.
À morte do seu primeiro sucessor, Dom Rua,
em 1910, as casas eram duzentas e noventa, âs professas duas mil e seiscentas, e as noviças em número
de duzentas e trinta e cinco.
Em I 951, contavam-se treze mil e cem religiosas,
mil e dtzentas casas e mil e duzentas noviças, Íepâftindo-se pelo mundo, em cinqüenta e oito países, distribuindo-se por cinqüenta e duas províncias: movimentavaÍl-se elas pela.s Américas, África (Congo
Belga ) Índia, China, )ap'ào, Austrália.

Sonaglia fixa assim os derradeiros momentos
de Santa Maria Domingas Mazzarello:
"As Irmás notam que a Madre deve ter agudos
sofrimentos e uma delas lhe pergunta:
Sofre muito, Madre?"
Sim, mas não quanto as almas do Purgatório",

http://www.obrascatolicas.com

VIDAS DOS SANTOS
Que coisa

sente?

345

"

Sinto continuamente como se uma f.aca
me girasse nos ouvidos".
"Está esgotada, mas não cede nem ao mal nem
ao cansaço. Tem ainda tantas coisas para dizer às
suas filhas, tem ainda mil recomendações a Í.azer.
Madre, repouse. Não fale mais agora".
"Depois de um momento torna a si como se
nada tivesse dito, interessando-se por cada qual.
"TÍata-se de ir para Marselha, e todos, embora
com o coração tão pesaroso, pedem à Madre que
fique. Não pode mais, assim. Mas a Madre não
cede.

VOs ides para a Amárica. Por que não
posso acompanhar-vos ao mênos por um trecho da
estrada? Depois, em S. Cyt há uma Irmã que ha
tanto tempo deseja ver-me e falar-me. Se não fOr
agora, quem sabe se ainda me verâ?"
"Em viagem ê atacada de uma febre alta, mas
mostra-se serena e sorridente, para nãc contristar as
Irmãs.

"Tendo partido as missionárias, Dom

Bosco,

vendo a Madre tão abatida, aconselha-a a repousar:
Ide com as vossas Irmãs a S. Cyt. Elas
cuidarão de vós. La nos veremos".
"O Dr. X anuncia uma grave pleurite com derramamento e começa a medicá-la com diligencia e caridade superiores a todo o elogio.
"Transcorreram quarenta dias de penosos so-

frimentos

da Madre, de cuidados assíduos e

delicados por parte das filhas.
quanto à Sua Pessoa.
I-!

I

A Madre

nada pensa

http://www.obrascatolicas.com

I

346

PADRE ROIIRBACHER,

"EntreteÍt-se familiarmente e com pÍazer com
as Irmãs e com as ôrfãzinhas. Dispensa a tôdas a
sua maternal ternura, tem para tôdas uma palavra de
confôrto e de Íê. O seu quarto ê um verdadeiro
santuário, onde se aprendem tôdas as virtudes.
"Dom Bosco vai visitá-la, entretem-se com ela
sôbre as coisas da Congregação, depois se despede,
pedindo às Irmãs que the dêem sempre notícias.
"A Santa, convencida agora de ser esta a sua
última doença, pede ao Senhor, por intermédio de
Sao |osé, poder viajar para chegar a Nizza, onde ,á
esperada com tanta ansiedade.
"Em sua parada em Nizza Marítima, encontrase novamente com Dom Bosco, e arrisca uma per-

gunta:

Padre, sararei ainda? "
"O Santo não responde diretamente, mas divaga
um pouco e depois, quase gracejando, conta o seguinte apólogo:
"Lfm dia, a morte foi bater à porta de uÍr coÍrvento. A porteira abriu e ela lhe disse i - Vem
comigo.
- Mas a porteira respondeu que não podia,
porque não havia ninguem paÍa substituí-la no seu
ofício. E a morte, sem nada dizer, entrou no convento
e convidou quantas encontr ava, e tôdas diziam que
não podiam aderir ao seu convite, porque tinham
muita coisa a f.azer. Então a morte se apresentou à
Superiora, que deu tôdas as desculpas possíveis para
se eximir de segui-la. Ao contrário, a morte ficou
bom exemplo, também na viagem para a eternidade.
Que f.azer? A Superiora abaixou a cabeça e
seguiu a morte",

http://www.obrascatolicas.com

VIDAS DOS SANTÔS

947

"Dom Bosco sorriu, e Madre, gue compreendeu
muito bem, agradeceu o Santo pela bênção e o bem
gue Í.êz a ela e ao Instituto, depóis partiu para Nizza.

"A pleurisia recomeça, com fôrça, o seu trabatho destruidor, e a santa se prepara para a morte.
"Em meio a tantos sofrimentos, é ela mesma gue
anima a tôdas, e tem finezas de caridade para tôáas
as que a assistem ou que vem procurá-la, sejam
Irmãs ou postulantes, s"iu* us .uá. filhinha, o., ,,

alunas.

"Em certos momentos, desafoga a sua piedade

de modo comovente:
Oh, Senhor! exclama, olhando o Crucifixo.
oh, se eu tivesse começado mais cedo a conhecerVOS e d âlTtâÍ-VOS!"
Oh, meu querido Jesus, se vos tivesse conhecido como agora vos conheço, não vos teria deveras
ofendido! Fazei-me sofrer, guero amar-vos!"
"Agravando-se o mal, pede e obtém a Extre ÍtàIJnção, a Bênção Papal, depois volta-se alegre ao

Diretor presente:

Agora que me assinou todos os

posso partir, não é verda e?"

papéis,

"Algumas vêzes canta:
Quero amar Maria, quero dar-lhe o corâção. Quem ama Maria contente estará!"
"Pede ao confessor para gue não a abandone e
acrescenta:

J

http://www.obrascatolicas.com

348

PADRE ROHRBACH ER

Se depois eu fôr para o Paraíso, coÍlo espero, pela misericórdia de Deus, não vos esguecerei".
"Para as Superioras e Irmãs anciãs presentes,
que lhe pedem uma lembrança, tem a -palavra de uma
prudência e de uma fôrça gue Í.az refletir.
"Depois de haver recomendado união de espírito e de coraÇão, manifesta o seu temor de que alguma
se deixe dominar pelo dese;'c de ter a proeminência,
e continua com palavra vibrante:
A nossa Congregação ê de Maria Santíssima. Esta vos aiudarâ. Obedecei, amai-vos, não
deixeis entrar o mundo em casa. Quisera dizer-vos
outras coisas, não posso . . ."
"Dizem-lhe que repouse. Ela obedece e depois
retoma com voz bem marcada:
Recordai-vos e repeti às filhas que vierem,
que, abandonando o mundo, não devem formar um
mundo aqui dentro. Graças a Deus, o gue me parece
deva ser corrigido não é coisa grave . . . são pequenas
coisas que impedem a perfeição... inveiazinhas,
desobediências, soberba, agarramentos . . . e não pensam mais no fim por gue vieram à Congregação".
"Aqui, volta-se para o Crucifixo numa ardente
invocação:
Querido |esus, celeste Espôso... e depois
dizem que guerem amar sÔmente a Vós . . . Oh, se
,rot aotth".átt"* como agora vos conheço!"

r.

"A última

noite passa tranqüila.

"Lá pelas duas horas, exclama:
http://www.obrascatolicas.com

VIDAS DOS SANTOS
Cantemos!

349

"

"A

i

.

"E entoa um louvor a Maria.

:

última tentação de desconfiança

assalta-a.

E a última purificação. Mas a Graça e a energia
do caráter a sustém. Ergue-se e grita com fôrça :
Vergonha, vergonha! Ânimo, coragem ,

.:':

i
,

.

coragem!"
"

Perguntam-lhe

:

Madre, com quem fala?"

"Depois:

:

Por que tremer? Coragem, coragem! Quem
jamais
confiou
em vão em Nossa Senhora? Quem
confiou em Maria e foi confundido? Sus, coragem

Irmã Maria, não és tu filha de Nossa

o.

Senhôra?

Amanhã começará a ncvena de Maria Auxiliadora.
Canta, pois, os louvores da Virgem Santa na Paixão
do Senhor".
"E, ainda uma vez, canta com tôda a fôrça gue

t

l

"'
:,

possui:

Qtrem ama Maria contente

"A luta terminou.

estará!"

.',
'.

"

Círcundaram-me aflições de morte . . .
"Na minha tribulação inuoquei o Senhor
" e Êle escutou a minha uoz"
(Sahno

;
-

XVII, 5l ).

"São três horas e três quartos. Chama-se depressa o Diretor e Dom Cagliero que está se preparando para celebrar a Santa Missa.

Í

::

;
'2'

.

I

http://www.obrascatolicas.com

obrascatolicas. http://www. pal'a a Capela da . .350 PADRE ROHRBACHER A abertura do Processo Diocesano de Inforjunho de 1911. e a canonizaçáo no dia 24 de junho cle 1 951 Vejamos aqui a Marcha da Causa: 23 de setembro de 1913. introdução da Causa em Roma.com . ' : Casa-Mãe. A mação de Acqui deu-se a 23 de beatificação a 20 de novembro de 1938. abertura do Processo Apostólico. 10 de maio de 1925. transferência do despôjo Ínortal de Madre Maria Domingas Mazzarello do Cemitério de Nice-Montferrat. 9 de dezembro de 1926.

2 de julho de 1941. Finalmente.com . transferência dos restos gloriosos da venerável Madre Maria Domingas de Nizza para a Basílica de Turim. Congregação Geral. 13 de m_ar_ço de 1951. Decreto de Retomada da Causa para a Canonizaçáo. em presença de S. Beatificação da Venerável Madre. 14 de março de 1950. Precursor de Nosso senhor ]esus cristo. canonização da Bem-âverturada Madre'Maria Domingas Mazzarello. proclamação do Decreto sôbre a heroicidade das virtudes de Madre Maria Domingâs. aos 24 de junho. proclamada Veneráuel. 9 de fevereiro de 1938. reconhecimento canônico dos restos mcrtais de Madre Maria Domingas. 27 de março de lg5l.I VÍDAS DÔS SANTÔS 351 29 de setembro de 1929. Congregação Geral de Tuto. 3 de maio de 1936.ãaàr com segurança à Canonização da iem-aíenturada.obrascatolicas. Congregação Preparatória sôbre os dois milagres propostos para a Canonizaçáo. Pio XII.S. sas http://www. 20 de novembro de 1938. Natividade de são I9ão Batista. declarando gue -se pode p"ro.

Tal homem outro não era senão Satanás' ToÍrârrdo-o..com . chamado o Povoador. propo"ão-se a ensinar-lhe a alquimia. sendo dotado de grandes benef"icios. Destinado ao estado eclesiástico. mesmo antes de ter entrado nas ordens. que se interessou muitíssimo pelo seu futuro.BEM-AVENTURADO EGÍDIO DE PORTUGAL (*) ConÍrtsor Egídio ou Gil era o terceiro filho de Dom Rodrigo aL Vatiaditos. que nêle era grande.ionaria todos os pÍazeres e tôdas as honras cá da terra. nos dio pelos ares. quando do-reinado de Sancho I. uffi dia. governador de Coimbra. ali se salientando pela inteligência e a maturidade. não tendo outro af. ciência que lhe propor. A caminho. resolveu ir a Paris estudar medicina. u u-tição. estudou na tlniversidade de Coimbra.azer senão o de alimenta. de repente. segundo rei de Portugal (1154-l2ll). chegando pois de um vôo vertigin um documento que só http://www. encontrou-se com um homem.obrascatolicas. Conta-se dêle gue.

a proclamar.IDAS. Qlre. rna. favor. osjantasmas d.. com um grito. tornou para Éórtrgal . Desperto.V. conceder-me-á todos os prazeres e honras terrestres'.'DOS SANTOS 353 escravo de satanás. em troca.: ceram.joveT levantou-se ê pôs-se de lbe_ lhos' agradecendo à divina protetora aguêl" ilJ. e. alto e bom som: Estás salvo! . Como por encanto.obrascatolicas. n Egídio pr I/or sete anos. Egidio.. noite e dia ocupadís cos.. como penitência.com . <) tu não mudares de vida! Aturdidà.. invocou a Mae de Deus. É" http://www. o...r". endizado.

já na Espanha. na penitência. Maria Santíssima. na obscuridade.uridud". sentiu-se mais aliviado com a absolvição. não the deu sossêgo. Admitido na comunidade. penosa. Atendido pelo superior com . muito áspera penitência. derramando lágrimas abundantes.ão. em confis.com . para atraí-lo rovâmente para si. daqu ança.BACIIER. Sem eSlrtorecimentos.ll PADR. na humildade. em Portugal. reieriu-lhe a triste história tôda. silencioso. trabalhando duramente . Egídio pensava: "É aqui qye devo passar o resto ãe meus dias. longamente. que lhe parecia jamais chegar ao Íim. e Eg infinita segum irotetor.E ROHR. 354 Foi uma viagem triste.edaãando-o para si. Pobres. Egídio logo ultrapassou a todos no fervor do trabalho. deu corn irmãos pregadores que se afanavam na construção de um mosieiro. . E o demônio. que possuía documento assinado com o sangue do bóm-âveflturado." Na rnesma hora.obrascatolicas. a entoar loas ao Senhor! Emocionado. por êm. lançando mão de tôdas as tentações que Se possam conceber. expiando os pecados cometidos com uma áspera. sem recursos. venceu o rança os que terrível reclamador imPortuno' http://www. Foi religioso obedientíssimo. perguntou pelo prior. enviaraln-Íro a santatêm. Em l 22l. austeríssimo. Chorando. lançando mão de todos oS recursos. Ao avistar Valença.como o Íaziam alegremente. ê um escudo intransde seu manto ponível.

obrascatolicas. na execrável caverna miserável: lá estava êle a-sua espera.VIDA§ DOS SANTOS tempos. I Bento XlV. +a. em 1781. aprovou-lhe o culto. sôbre a cadeira gue lhe era reserváda. uma noite que subira ao côro.com .s http://www.

tanto 11o seminário menor como no maior.'... o predileto dos "' . Padre. Miguel Garicoits nasceu em Ibarra. i :. filho de modestíssimos camponeses. I . Aluno e servidor do seminário. [oi.-. I I i. por dõis uroã deu vasão ao zêlo pastoral de gue vivia animado. Miguel logo caiu nas graças_ do bispo.obrascatolicas.. : '. s€Írpre dócil aos pais.BEM-AVENTURADO MIGUEL GARICOITS (*) Fundador dos Padres do Sagrado Coração de Betharram Conf"tsor . empregou-se na casa de um casal :.-. Vigário. ': . Pastor.com . 10 P9§ basco. Datam dêstes tempos. o desejo de abra' çar o sacerdócio. . ro dia 15 de abril de 1797 .. Miguel cresceu junto da natuteza. t'' mestres..Ja para a primeira comunhão. Aos dez anos.. http://www. proxima que estava a data marca. diocese de Baiona. .

na América do Sul e.obrascatolicas.' percussão e os seus missionários se espalharam pelos mais aÍastados rincões da terra. e multidões foram venerar-lhe o cadáver. O padre Miguel Garicoits faleceu aos 14 de maio de 1863. estabeleceu naquela casa. dois anos depois. com sessenta e seis anos de idade. estabeleciam-sê râ capital da Argentina. tocar-lhe as vestes. na noite de Ascensão. Não houve quem não sentisse pquela perda. o breve de beatificação. À causa do padre Miguel foi introduzida quando de Leão XIII. dez anos mais tarde. No dia l0 de maio de 1923. Em 1841. com a aprovação do bispo. Esta coÍlgrega. superior do seminário maior de Betharram. 857 em 1831 . beijarJhe o rosário. percorriam o Plata.ção foi abenço-ada de modo visível pela Providência uma 've'z que não tardou a ter grande Íe. foi feito.Vroes DoS SÀNtôS Tendo lecionado por alguns anos. aas http://www. a Sociedade dos Padres do Sagrado Coração de fesus. em 1899.com . Pio XI publicou. Em I 856. solenemente.

SANTO AMPÉLIO. resolveu agir. já velho. onde.com . Como se aperfeiçoasse ràpidamente. deixou a Tebaida e se fez para Gênova. para perdê-lo. apelidado o Ferreiro. Ievou vida de mortificãção http://www. o demônio. O FERREIRO (*) ConÍ"tsor Século V A vida de Santo Ampélio. agastado. gue o venceu fàcilmente: Como Santo Ampelio. dando-o como ferreiro de profissão. caminhando com segurança na vereda que leva ao céu.obrascatolicas. é tôda ela lend âria. Trasmudou-se numa linda jovem impudica e foi haver-se com o santo confessor. originário do Egito. nas imediações daguela cidade italiana.

filho de Fingen. Nasceu em 555. levou vida de ermitáo. uma igreja foi conótruída sôbre seu túmulo.Fundador do mãsteiro de Rathin. também conhecido como úochrdá. de SidOnio Apolinário na sé de Clermont. numa . O fato e que ali faleceu no dia 5 de outubro de um ano que não se Precisa. Parte das relíquias está na catedral de Perusa.VIDAS DOS SANTOS 359 e de contemplação. Morto. Passando para a Gália. confessor. http://www. Santo Aprônculo.bispo de Langres. donde foi expulso pelo rei Gondebaldo.obrascatolicas. Suã". faieceu em 637. confessor. que foi colocada sob sua invocação. nascido na Escócia. filho de um pobre camponês. não o sabemos. faleceu em 488. São Carthag' o Iovem. nem a lenda nô-lo diz. perto de Exmes. Passou um ano em Bangor' . na Irlanda. tendo sido educado por Carthãg. Santo Ampélio é venerado como o padroeiro dos Íerreiros. bispo e confessor. A cidade. desde então. o Velho.ro. bispo e confessor.gft. Levou vida ?temítica.lu que construiu em Kiltalf. Morio em 500. grande escola de piedade e de ciência. No mesmo dia. Na diocese de seez. pouco depois de ter ãcabado a éatedral. em 58'0.. Na diocese de Clermont. do qual -foi o primeiro bispo. São Bevignato. passou a chamar-se Lismore Mochuda. São Gilderico ou |oudry. Foi.com . Em Perusa. e do bispadã de Lismore. nascido em Autun.

vítor foi primeiramente torturado pelo juiz Sebastião de váiias maneiras. Çomeçou a louvar-lhç a çarage.360 PADRE ROHRBACHER foi tra-nsferido para vendome. Antes monge de santo Emmeran.obrascatolicas. ioi feito bispo de Ratisbona. o bem-aventurado Tuton. Cego no fim da vida. e defeídeu os direitos das sés de Passau e de Ratisbona contra as pretensões eslavas.m . A mulher de um soldado chamada corona. que sofrera perdas com a ambição do imperadór Arnoldo. admirando â corstância com que êle suportava as mais cruéis dores. e restaurou as possessões temporais do bispado. faleceu em 930 mártires sob o imperador Antonino. o qqe lhe foi um bem para a alma. bispo e confessor.com . bem- http://www. " Regulà-"*o. e tôdas igualmente horríveis.e a chamá-lo. onde é invocado con- fia a febre (século VII ) . Em Ratisbona.

l Mosaico de Sâo Pascal. C§ GD H r . Cecílla.* .. ** na abslde da IgreJa de santa em Roma.l{ U Cr2 U o V2 a ts z H o a s ü.f f*]it:Hff ti*l *S. I ü.T:[.

Em Ferente. Na Sardenha.obrascatolicas.'as. Em Roma. e os colocou com honra em diversas igre. por haver dito tudo isto aos presentes. |ustina e Henedina. uma para Vítor. foi desmembrada entre duas árvores e Vítor decapitado. que tirou de grutas muitos corpos de mártires.362 PADR. asa http://www.com .E ROHRBACHER aventurado: ao mesmo tempo. papa. São Pascal. viu duas coroas caídas do céu. as santas mártires ]usta. papa. na Toscana. bispo gue. brilhou desde a infância pelos milagres e pela santidade. São BoniÍácio. como relata São Gregório. a outra para ela.

de tal maneira gue jamais. suprimiu algo dos exercícios de devoção que 'ao se . a caridade. mas católicos e piedosos. Chegando à idade em qüe deveria escolher uma indústria para ganhar a vida. de todo o seu coração. praticou. a humildade. que deveria um dia ser seu protetor no céu. DIA DE MAIO SANTO ISIDORO Operário Durante o século doze. Educado por êles no temor de Deus. tendo nascido de pais pobres.. desprezôu tôáas as outras profissões e dedicou-se à agricultura.Exerceu-â a vida inteira. óuvido a missa e orado a Deus e à santa viigem. a piedade. |amais se dirigia trabalho sem antes haver visitado as igrejas.obrascatolicas. . por lhe parecer mais humilde. Tinha o nome de Isidoro. Deus deu a conhecer qrão agradável lhe era aquela devoção. a futura capital da Espanha. com certa gravidade viril.15. Madri. dale e de sua família. viu um pobre trabalhador. trabalhosa e segura. a paciência. Isidoro havia coátratado com um cavaleiro de Madri gue trabalharia em uma http://www.havia proposto praticar. desde a infância.com . um só dia. a abstinência e outras virtudes.

em cólera. pâÍticularmente os pobres. a fim de repreender Isidoro. que o tempo dado a Deus para a devoção não era tempo perdido.obrascatolicas. meus filhos! Qúe a vontade de Deus seja fEita! Saiu da a prece e encontrou a mula sã igreja após -e concluir ao lado dela. gue não ia ao trabalho senão depois dos outros. viu três.dia de inverno. Mas.PADRE ROHRBACH ER de suas Íazendas. Ainda gue nada tivesse. Outra vez.azia sõmente a metade do que era necessário. e f. eConomizava todos os dias de sua indigência pata ter o gue dar aos gue mais pobre^s eram do gue êle. ela o Íêz por obedie e a encontrou cheia' encontrou de modo a ter mais do que era necessário para saciar o pobre. U. morto. ia ao moi- http://www. O cavaleiro. das quais Isidoro coÍlduzia a do meio. com um frio rigoroso. Isidoro estendia a caridade aos animais. guando o santo ÍezaYa na igreja de Santa Madalenã. A sua d*ia"ae era'agradávát Deus. O cavaleiro compreendeu -o -gue lhe dizia muitas vêzes Isidoro. e dois jovens vestidos de branco as outras duas. O santo homem responde sem se alterar: Ide em Pa1. lôbo o e salva. Vizinhos acusafâIÍl-Ílo perante o patrão. dindo esmola. Certa vez em pobres tudo o gge tinha. dirigiu-se à f. ao lugar de uma charrua. vieram dizer-lhe que sua mula ia ser devorada por um lôbo. Isidoro amava o próximo como a si mesÍlo. Muito trist em jejum. para ver se gue olhasse segunda vazia.azenda. i"r.com . ali clegando. a ponto de mais de " uma vez Íazer milagres P gue dar. se não corresse imediatamente. Isidoro mita. êstes últimos desapareceram quando êle se aproximou.

e o no rol dos santos. ita contas talvez amanhã. Í'azenda? t. cada um de Í. .l. êle. arrendamento.. mal Talvez "mal sem"udu...obrascatolicas. Temamos que o Mestre . guando percebeu sôbre [ome.VIDAS DOS SANTOS 365 nho com um saco de trigo. êle noó pé.com . após ó qr" guardaram continência' isidoro ém 1170.Porgue' gue chegado ao moinho.àrden" ao fogo õ Íur"ndeiro e a Íazenda' a+$ (1): acta ss. no-la deu em ""r"iáá. Tocado de comPaixão' bastante trigo Para ali- das. era iguallente coÚpeÍretrada de [e e piedade. E.uiãi eriçade de silvas.. 15 mali. cada um de nós é um trabalhador. Seu comPanheiro o Deus o recomPensou. A I no dia 15 cie maio ( I ) . sua mulher.urenda a cultivar: ê a te. p9ras árvores um grrrpo de fombâs sofrendo ra.. hole. que estado se acha acultivada. Tiveram um filho. gue_Torreu Morreu iovem.a de nosso nós tem u B^ Deus o proprietário. http://www. -al guardada. encontrou o saCo tão cheio parãcia nada ter sido tirado' Maria. na idadr Sua santidade havia sido número de milagres.

generoso. na Ásia Menor.obrascatolicas. ótimo era. foi prêso. histórias "rrruÉ". e a êle o moço foi apresentado. ANDRÉ. da http://www. procônsul da Ásia . como ousas forçar-me a honrar com a adoração e os sacrifícios a uma vil meretriz? É.SANTOS PEDRO.çu. Perguntou-lhe: Tu conheces os decretos dos nossos invencíveis príncipes. que te ordenam sacrificar à grande deusa Vênus? Pedro respondeu-lhe: Procônsul Otimo.oí"_ vida irrepreensível. po-ls. quando da perseguição do impelador Décio (ano 251) um cristão chamado Pedro. então. mesmas acusam-lhe as desordens. admiro-me de que me queiras persuadir a sacrificar a uma mulher-impudiãa e infame. Se a chamam de ccrtesã e mulher s-em pudor. cujas ações são tão vergonhosas que não se pode ouvi-las sem que se A. PAULO E DIONÍSIA (*) Mártires Em Lampsaco. mais necessário e mais glorioso gferecer o sacrifÍçip da adoração e da oru[ão. F iedoso e de.com .

Êste último. ordenou-lhes que tomassem do prêso e o atassem à roda. depois do que bradou: Sacrifica aos deuses! Nicômaco respondeu-lhe: -r LIm cristão não deve sacrificar aos demôniosr . por isso. irritado. ó Senhci: |esus. virando-se paÍa os esbirros. mais impaciente que os companheiros. Ótimo. lançada assim com altivo destemor. Inúteis que foram tôdas as barbaridades perpetradas pelos carrascos. Otimo não gostou de tal resposta. 9ue desejava saber quem eram e o que Íaziam. ao Deus vivo e verdadeiro. Pedro enfrentou as dores com heroísmo. e. a uma pergunta do procônsu-I. com numeroso e brilhante cortejo. dizia. Digna-te dar à minha debilidade bastante paciência para vencer êste cruel tirano. Fixando o céu com um olhar de imensa esperança. numa ciciante oração: Rendo-te graças. viajava paÍa Troade. ac Cristo. ao rei de todos os séculos. revelando: Eu sou cristão! otimo percorreu-lhe o corpo com olhar ÍetQz. deu ordem para que ao valente moço cortassem a cabeça a espada eassimoÍizeram.com . Paulo e Nicômaco lhe foram apresentados. Foi nesta cidade que três cristãos. André.obrascatolicas. Pouco depois. http://www. o procônsul. tanto mais o valoroso cristão ganhava fôrça e ânimc.I VIDAS DOS SANTOS 367 compunção e do louvor. com pesadas cadeias de ferro. adiantou-se impàvidamente. Çuanto mais rude se tornava a tortura.

impotente. guando a jovem se achegou. verdadeiramente. aguelas gue a palavra humana. miserável. E. jamais o [ui! Eu sacrifico aos deuses! _ ótimo.anos. cumprindo.Eu não sou cristão. para gaáhar o repouso sem fim. a vontade dos deuses e a dos nossos invencíveis http://www. aos gritos. por um sacrifício. Nicômaco. e Íêz com gue a trouxessem para mais perto de si. entrou a gritar.pouso do gual tu falas. não pode . caindo por terra. ótimo: Mas êle. desen- Ireadamente: .JeJcreverí ótimo enfitou-a. de dezesseis . decepando a liãgua com violenta r1oÍdida. encontrou o Íe. ordenou gue cessassem com os suplícios. elevando a voz. a estrebuchar. Entre os espectadores da cena. respondeu Dionísia. estava uma jovem cristã chamada Dionísia. se.com . sorrindo. disse para gue todos a ouvissem: Ah. "rtrpefatos. eu sou cristã. o mais infortunado dos homens! como. faleceu iiante de todos. por uma hora apenas de vida. tomado que fôra pelo demônio. apenas o apóstatá se viu livre dos carrascos. Eis porgue choro êste infortunado por não ter sofrido alguns instantes mais.tindo-se às portas da morte. pudeste atrair sôbre ti as penas eternas. terrÍvel.PADRE ROHRBACH ER ótimo não esperou mais: mandou que o suspêndessem e o torturassem a valer. Sim. Tu és cristã? perguntou-lhe. vencido pela violência da dor.obrascatolicas. gue.

porque Vênus e a grande Diana dignarârnse levá-lo. estonteados. Êle é assaz póderoso páru me dar a necessária paciência em todós os suplicios gue me infligires. entreg u-a nas mãos de dois jovens libertinos. E o fogo da bestial paixão que consumia o corpo dos ímpios. A generosa moça tomou-os pela mão. pediram-lhe. _Dionísia. para subtraí-lo das exprobrações ãaqueles gue professam tuas vãs strperstições. Os dois. áu" intercedesse por êles. rastejantes. dizendo: Não tenrais. André e Paulo. a balbuciar. a rogar humildemente a Dionísia que os salvasse. por isso gue não temo tuas ameaças.VIDAS DOS SANTO§ 369 príncipe-s. sacrifica tu também. caíram por terra. porque. um belíssimo jovem de fisionomia serena. ver-me-ei obrigado a te queimãr viva. Nao permaneças por mais tempo nas vergonhosas ilusões. viu-se atacaâa. para gue mal algum lhes sucedesse. levantou-os. Quanto aos dois outros. lutando contra os dois devassos. que não lhe cons guiram vencer o pudor.obrascatolicas. diante de si. trêmulos. Dionísia: Meu Deus é maior do que tu.com . Como êle. Aterrados. num instante. apagou-se I â perrr-bra do quarto em que se reuniam cedera lugar a uma grande. sempre trêmulos. Êste gue aqui está é o defensor e o guarda que Deus me e viou. cegante luminosidade. rindo. se assim não fór. ordenou que os atirassem à prisão. boquiabertos. http://www. viram. empalidecendo mais e mais. porque fui arro jada entre vossas ãos por um juiz ímpio. Os dois ovens. ótimo.

responderam-lhe: Não reconhecemos a Diana nem aos demaís demônios que tu adoras! O po. não conseguindo sequer arrancar daqueles labios um único g. ordenou que lhe trouxessem ambos os cristács.com . Levada Pela turba insana.ro. cada vez mais exarcebado. que comparecera ao lccal da grita. saiu às ruas. perversamente.Tudo em vão. a morte dos dois iovens cristãos. gritou a André e Pedro. quero morrer convosco aqui na terra! Agarraram-na brutalmente e a levaram âo procônsul. o povo. Dionísia.obrascatolicas. decretou-lhe a morte na hora: morreria decapitada longe do centro e assim sucedeu. pedindo que lhes dessem André e Paulo. Onesicrato e Macedônio. para que os vergastassem sem dó nem piedade.PADRE .emido. excitado. *?t* http://www. sacrificai à grande Diana! Os dois. . entregou-os ao populacho. Otimo."r. Deu ordem. para que os laPidasse.de enlouquã. quando os teve diante de si. numa assuada interminável. dois sacerdotes de Diana. nada espaventados. gritava. reuniu-se corajosamente aos dois moços ')â estraçalhados e sem vida. iâ levantado de algum tempo. então. Ótimo. gritou-lhes:' André e Paulo. que já náo Podiam ouvi-la: Para poder viver convosco no céu. e. dese josa que estava a massa de san-g urc: atiÇâfârn-Íta. pedindo. aos gritos. ótimo perócrutou longamente os presos. cansado. numa só voz.ROHRBACHER 370 Quando amanheceu.

religioso que se enchera de inveja. percebe. vivendo na abastança. um dia. Francoveu. úá* http://www. nos fins do século VI. a dar caríssimo vaso de estimação da família. fazia de padeiro.obrascatolicas. cresceu habituado às orações e às vigílias. Assim. deixando ã século. Filho de pais ricos e piedosos. bem cedo. bem instruído. um irmão. um dia. Francoveu. quase chegou.. qrà th" . e. um dos priniipais objetos auxiliador do trabalho de panificaçáo. sem saber como. não longe de suas terras. o santo'confessor. no mosteiro. naquela época. procurou atormentá-lo."-iu. meditava continuamente sôbre a dificuldade dos ricos em ganhar o reino dos céus.com . Grande fazedor de esmolas.SÃO FRANCOVEU ConÍrrsor Século VII Francoveu ou Franconeu nasceu nos Armognes. em Nivernais. levou vida de grande rigor. educado desde a infância nas mais altas virtudes. ingressou no mosteiro de Sao Martinho. ali. tantas as virtudes do Santo. certa vez.

os pães de que a comunidade se servia."tando.com . Francoveu. Quando foi do incêndio que destruiu o mosteiro. com um dos SeuS mais fervorosos amigos' chamado Antônio. é celebrado na diocese de Nevers. na hora de sempre.E ROHRBACH ER. càzidos. no dia 15 ãã Àãi.. sa& http://www. Inúmeras paróquias e capelas da diocese de Nevers tem a Sâo Francoveu como padroeiro. Íoi viver na solidão' No fim da vida. paciente que eÍa' ã. e ali morreu o Santo. cheio do deseio de rever a a caminhada' mas as fôrças terra natal... perfeitamente perou. surgindo cãm dois toúros selvagens.o bom Antônio. levou-o àe volta a sõlidao. O ofício atual de São Francoveu' monge 9 col: Íessor. ".PADR. ao contrário do que desejava o inveioso.obrascatolicas.pr""rrdeu fn" permiíiram continuar. chegado a meio da "ãà viagem. Diz a lenda que o amigo de -sempre' . não se deses- e trabalhou como pôde. docemente.

e de Berta. de família originária da Lorena. no Reno. ' |amais. exclamou: Oh. então. Ruperto.Qeparte teu pão com http://www. máe. sendo educado pela mãe com grande desvêlo e sabedoria. ou como querem alguns autores. principalmente. t sor Século VII Roberto.azes lembrar daguilo gue me lêste na profecia de Isaías: . onde os pobres seriam amparados. um dia. Berta inculcou-lhe. Filho do duque Robolaus. quando a mãe lhe disse que tinha intenções de fundar um mosteiro. aos três anos de idade. nasceu em Birrgerr. o santo duque deixou de socorrer e consolar os indigentes. num vasto castelo situado a quatro léguas mais ou menos de Mayence.obrascatolicas. E. perdeu o pai. o amor a Deus e aos pobres.sÃo ROBERTO (s) Duque de Binsen ConÍ . homem pagão.com . tu me f. mulher entranhadamente cristã. Roberto.

freqüentemente. morreu para o mundo.elíz o f. tanto que o lugar passou a chamar-se Rupesberg que Santa Hildegarda. SObre a montanha vizinha à cidade. Enterrado no mosteiro da montanha. que. então . Berta. com vinte anos. tua casa aguêles Roberto contava. São Roberto. 58. retirava-se com muito agrado. e onde. principiou a lançar mão dos proprios bens para fundar hospitais e albergues.azia era. Ali. resolveu viver na soledade. que construíra com tanto carinho e tanto amor. é honrada no ducado de Bingen no mesmo dia em que o filho oê . para os momentos de solidão. os milagres se sucederam por muito tempo. ao qual grandemente dotou. duque de Bingen. um dia. habitou. no século escreveu ela a vida do Santo. qualificada de bem-aventurada. satisfeitíssima com aquêle traço do caráter do filho.15 de maio. E Berta. E tanto apreciava a solidão. cuidar dos doentes. uma a uma.I PADRE ROHRBÀC 374 H ER aquêIes gue têm fome. E o que mais f. depois de ter feito uma peregrinação ao túmulo dos santos Apóstolos. construiu um mosteiro.com . +aa (1) Is. tornando-lhe o túmulo famoso. a Sao Roberto enrigueceu e embelezou a igreia de Bingen. cada vez mais o encorajava trilhar tal vereda. XII. e desde aquêle dia. procurar e descobrir as necessidades de cada qual. doze anos. ?. nasceu para o céu. visitar as fundações. recebe em que não têm abrigo ( I ). http://www.obrascatolicas.

feito em Tolosa.BEM-AVENTURADO ANDRÉ ABELLON (*) ConÍrtsor André nasceu em Sao Maximino. De São Maximino. para lhe proceder a reforma. Dez anos mais tarde. em Montpellier lecionou filosofia. e ali.com . enviaram-rto â Marselha. de dois moinhos que mandara construir em Nossa Senhora de Claux. André tratou de dotar o convento com rendas estáveis: obteve de Luís II de Anjcu parte de um legado e da rainha Iolanda de Aragão uma renda de duzentos florins. Concluído o curso de teologia. ensinou as artes liberais por algum tempo. http://www. foi o bem-aventurado André encarregado pelo capítulo da ordem de ler as sefltenças no convento de Avinhão. onde estudou com grande afinco e não menor proveito. entrou no convento dos dominicanos daquela cidade. Em junho de 1403. Durante o priorado. eleito prior do corlvento de São Maximino. carrçou para a casa grandes quantias. fovem ainda. em pouco tempo obteve excelentes resultados.obrascatolicas. Aos 2l de setembro de 1409. no ano de 1375. era mestre de teologia .

falecido em 334. que o veneraram com ardor. diocese de Venosa.OHRBACH ER Em 1432. diácono. mártir. mártir. em Autun. na úmbria. mártir. Reeleito prior de Aix. Torturado e decapitado pela fé. Santo Eutício.com . filho de nobre família das Gálias. época desconhecida. Em Apúlia.r PADR. primeiro bispo de Ariano. A catedral de Magliano e uma igreja de Ariano são-lhe dedicadas. Falecido em Aix. em 310. foi um dos membros do concílio de Nicéia. São Retício. Festa de São Genebrardo. Sao Domnrn.obrascatolicas. em 1450. bispo e confessor. Bartolomeu Texier. Sõmente no fim do ano de 1432 pôde o bemaventurado voltar para São Maximino. À beira do túmulo do bem-aventurado André de Abellon vários milagres atraíram os fiéis. Taumaturgo. bispo e confessor. Em Faleria. De 1444 atê 1448. mas logo foi errviado para o convento de Aix. em Soriano. http://www. sepultou os santos Graciliano e Felicíssimo. Santo Aquiles. Falecido em 330.E R. de 1438 a 1442. São Liberator. o mestre geral da ordem. No mesmo dia. O papa Leão XIII beatificou-o em 1902. Em Plaisance. do qual foi prior. enviou-o ao convento de Arles com a missão de ali restabelecer a observância. morto em 443. Na Italia. estêve novamente em MarseIha. recusou o cargo. Na Tessália. o corpo foi transportado para São Maximino. no século VI.

ff p". presbítero. falecendo em 450. morreram em paz. santo trrso.VIDAS DOS SANTOS 377 Na diocese de Quimper. rJ a"pã. na_Espanha. à . Foi .. confessor. os santos Torquato.. viveu em constante união com Deus e teve freqüentes êxtases.I. que ado.. Faleceu em 925. hoje de Santo Haro J.. p1". Desconhece-se a data do faleci-"ítã..t" Érã imperador Leão VI.rqriã-ã Eufrásio. Em constantino-pra. aperidado o Místico." de gg5 a 9Q6."gru rrrrr. âo quar deixou . fareceu Festa de são ]o40 Barisra de La Salre.com . Nascido em 476. :m lugares diversos desta provÍncia: Tor- http://www. de Galeata.obrascatolicas.ana.-ã.olitáriã."ü 7 de abril. .. "" s*t o.iiio.ir.ã". são_ Nicolau. levou vidà de . ctesifonte.trina cristã em diversas cidades e subrnetiáá-uã ** da fé uma multidão inumerável a" porã. confessor. iagrados bispos em Roma peros santos apóstolos. foi ârlitã-rispo em 625.. Indârecio. em união com Roma. confessor. o bem-aventurado Benvindo de Recanati. fundador da congregação do.. irmãos das Escolas cristãs. foram enviados à Espanha para pregar a palavra de Deus: após haverem urrurráudo â d. faleceu em 55g. No mesmo dia. regra. De uma fidelidade invioláver em 1 289. saàto Hirario ou Ilar. bispo e conflssor. 'diocese de Faenzâ. Na Toscana. Segundo. Na ltalia. c"... Natural da Grã-Bretanha. Fundou o -ortãi-. bispo de Fano e corfessor. Na Itália. confessor. E^ g6a. irmão leigo da ordem de são F"urcisco no convento de Recãnati. qye. Nascido em Roma. São primael.

que. Portugal. sas http://www. filha do rei da Irlanda. mártir' Vê-se ainda há. Em Clermont.. S3-gundo-em Â. Ctesifonte em Vierza. os santos mártires Cássio. transparygdo pela lança' ercontrou assim o martírio.virgem e mártir. em Cádis.u.i". e Eufrásio em Anduxar. em sardenha.urto Isidoro. Em Brabante.com . mártir. Vitoriano. Santa Dimpne. Indalecio em Portilla. são Simplício.obrascatolicas. e cuja água freqüentemente curou dementes.íqriã em Gibraltar. por ordem de quem ela foi decapitada pela fe de ]esus Cristo e pela coÍlservação de sua virgindade. São Manços. Em Sau zine. a [esta"d" . Cecílio em Elvira' He. bispo.e na igreja que leva o seu nome o poço onde se cré tenha sido ãtirado.PADRE RBACHER quato. Em Éio. e sob o presidente Bãrbaro. Máximo e seus companheiros. no tempo do imperador Diocleciano. em Auvergne. Na ilha de Ório.

teito um voto diante da mesma image. haviam ?1:t. ü0"0" de Nepomuck. e breve. veremos flamas semelhantes reaparecerem por ocasião de sua morte. ' la Jr.á-" Iembrasse ao recém-nascido que afeição devia a Maria. curada. mas-seu. porque.pela linhagem e"pera fortu"à. que iam pedir diante d9 imagem. pui. DIA sÃo JoÃo M DE MAIO NEPOMUCENO ártir foão nasceu pelo_ano de 1330. sem tár filhos. our"J"?:L cercar..16. tá::* t:n'::ro: sem fazer mal. nâ igreja dos cistercienA firn de que"sú . virg"-.p?ir distinguiam-se riais pera piãá"Jà do que. mas a conservação. No nascis-ua ses.. http://www. Enviado em boa hora _à escola. ali aprendeu primeiramente os responsos da missa. quandó obti. e sos pelo resto de sua l]iau.. Desdá. Praga. em Nepomuck.uer"* êste filho pela intercessão da santa Virg"-. "ao rlos primeiros caiu gravemente enfêrmo.ããavançados em anos.ã. tôda a casa onde acabava de nascer..com . a algumas léiuas d. peguena _cidade da Boêmia. d"rr-lhe o nome de Joáo. seus.obrascatolicas. Êle deviu-th" sômente o nascimento. fora da cidade..

e os havia contratado. raro talento que tinha http://www.obrascatolicas. la.t.".. Atraíra mestres hábeis de tôdas as partes da Europa.Oob1'etivoquesepropunha'aoabraçartal estado.. AÉr" decolou grau de doutor nestas últidireito carrôrico. Quanto mais i. imperaclor da Alemanha. estudou teologia 9.il. Desde os primeiros anos. estudoti de considcrável e|r país. A nova universidade nascimento. acabava de fundar a universidade de-Praga roU o modêlo das de Paris. sentiu forte inClinação pelo sacerdócio. e rei da Boêmia. ajuntava um espírito muito vivo. sem reserva' à diligência da glória de Deus.I PADITE ROHRBACH ER 380 soube. ia tôdas as manhãs à igreja dos Cistercienque ses.. Afluiu grande número de estudantes de .u estudar á lirg. a sobretudo carlos IV. mas matérias. . árdenação. paÍa isso havia destinado todos oS feito uma espácie de aprendiGoÍrIUzado. cidaàu"aurá. e então qualquer coisa de grande.. dá Alemanha. "'ú"i" nhão. Bolonha e Pádua. .... era consagrâr-se. prometendo-lhes magníÍiCâs Í€CoÍIficou céldbre desde seu .ru "Ali latina emhumanidades."giO. u ulÁu pela oração' Iicação. tanto ma]s redobr diferentes exercícios.túá.o . participando Íreqüentemente da santa ffi . distinção' maior a com retorica. e la servia tôdas as missas se Íezavarn As pessoas sábias auguravam desde À piedade mais terna. fora da cidade.com . Não se aP senão dePois de ter -Passado um jejum e pela morti.r..J. João foi enviado diferentes filosofia. Assim que recebeu a unção sacerdotal' ordect?pela ram-lhe [t"]r" . Seus pais o Staaze.

aceitou. e dela se 'desincumbiu to--or aplausos do príncipe e de todos os cortesãos. após os http://www. que permanecia habitualmente em Praga. O imperador. Os eqtudantes.VIDAS DOS SANTOS 381 pregação. quis conhecê-lo pêssoalmente. foão assistia sempre com pontualidade e exatidão ao côro. TOda a cidade se .com . )oão sentia guanto tal missão . para mostrar a estima que tinha de |oão Nepomuceno. ofereceram-lhê o prebostado de Wisegrad. O imperador Wenceslau. entretanto. e suspendeu por algum tempo o curso de suas paixões desregradas. Supuseram gue sua recusa se prendesse aos perigos e trabalhos inerentes ao episcopado. O arcebispo e o capítulo de Praga resolveram servir-se de homem tão compenetrado do eipírito de Deus. Wenceslau comoveu-sÊ mesmo com os discursos do santo pregador. ouvindo falar do servo de Deus. lha ofereceu. assim. êXercendo as funções precípuas. e voltavam para casa penetrados de seirtimentos de viva compunção. mas isto não o impedia de encontrar ainda tempo para trabalhar na salvação das almas.era difícil e perigosa. e nomeou-o pregador do advento na côrte.obrascatolicas.açodava em ouvi-lo anunciar a palavra de Deus. a sede episcopal de Letomeritz veio a vagar.lhe um canoáicato que ficava vago. deram. O bispo confiou-lhe a cátedra da paróquia de Nossa Senhora de Tein. Os mais descarados libertinos não podiam escutá-lo sem se comoverem. gue. que per faziám então quatro mil. e viram em pouco tempo uma reforma geral. mas Íoi impossível decidir o ürtuoso cônego a aceitá-la. Entrementes. Os primeiros trabalhos :produziram frutos admiráveis. afluíam também em grupos a ouvir-lhe os discursos.

com . que devem êles pensar daqueles gue. conseqüentemente. a humildade que o levou a fixar-se na côrte. rendia cem mil florins por ano. eÍa a primeira dignidade eclesiástica da Boêmia. mais permitia Deus que o mundo o estimasse. como havia sido na precedente. ali se admira igualmente o espÍrito de http://www. pois. O virtuoso cônego Íoi também inquebrantável nessa ocasião. cuidados. em seguida. e lhes diligenciava todos os auxílios que dale dependessem. foi.382 PADRE R. Sua caridade era engenhosa em descobrir e em conciliar as disputas que se levantarram na côrte e na cidade. Sua morada era o lugar de encontro de todos os infelizes. não o Íêz sená. Servia-lhes de advogado e de pai.OHR. Resolvia muitas querelas. aceitou o lugar de esmoler do imperador.obrascatolicas. para onde a ambição conduz quase todos os homens.o para se dedicar à instrução da côrte com mais autoridade. nem fadigas.BAC H ER. quando se apresentam trabalhos ao seu zêlo e cruzes à sua virtude. aquela causa tornavâ-se sua. Por outro lado. Se. se recusam os grandes. Restam ainda flloÍlumentos autênticos dessas acemodações que se devem à sua decisão. e não lhe proporcionava riquezas nem honras que o haviam atemorizado nas prelaturas. via tambem neste cargo uma oportunidade de mostrar ternura para com os pobres. Não se podem conhecer melhor os santos do que oferecendo-lhes cargos semelhantes. e. não oferecia dificuldades. por todo atrativo. e dava o título honorífico de chanceler hereditário do reino. não apresentam senão tesouros a recolher e honras a receber. Mostrou-se lâ o mesmo que fôra no recolhimento. e prevenia um sem-número de processos. não o expunha às distrações. com maiores frutos. Quanto mais desprezava as grandezas do mundo. bispados.

de sabedoria e de eqüidade. deu-lhe |oão Nepomuceno para â corsolar e conduzir. ao mesmo tempo. esguecendo o gue lhes concerne pessoalmente. têm muito mais tempo livre do gue os outros homens para dedicar-se âo serviço do próximo. A imperatriz não foi a única a colocar-se sob a orientação espiritual do servo de Deus. mas como era dotado de espírito inconstante e caprichoso. de tempos em tempos. Achava tempo para todos êsses assuntos. a acessos de ciúmes gue. o céu empregou primeiramente a perseguição do marido. para afastá-la de tudo o gue pudesse partilhar o seu coração. Para santiÍicar a imperatriz. a gual muitaq vêzes chegou aos piores excessos. Sustentada por um homem gue seu zêla preparava para . aprendeu a suportar as dores com alegria. Admiravâ-se nêle o talento de format santos sôbre o trono. ê pelas aflições gue se formam os santos. dava-se. juntados à sua ferocidade natural. era uma princesa ornada de tôdas as virtudes. Tinha necessidade de tal guia em meio aos desgostos que lhe advinham da parte do imperador. porque os santos. Wenceslau a amava com paixão. felizes . conde de Hainot e da Holanda. tôdas as pessoas virtuosas da côrte lhe solicitavam gue tomasse a si o encargo de lhes guiar a alma.VIDAS DOS SANTOS 383 penetraçáo. A imper a$iz |oana.o martírio. escolheu-o para diretor de sua consciência. Íez em poucos anos rqpidos progressos. muitas tristezas causam à virtuosa princesa. Desde gue o mundo foi salvo pelos sofrimentos de um Deus. Íilha de Alberto da Baviera. Com êsse hábil diretor. Tocada da unção gue acompanhava os discursos de )oão Nepomuceno.

E ROHRBACHEII.fenro.nem. e de f. não versavam senão sôbre as verdades eternas. a fim de expiá-las.eroz de Wenceslaü.ao tribunal da penitência. ia imediatamente levá-las. os santos eqtão isentos.ez senão acentuar o carâter f. e suas palavras eram . .os. entã. Alimentava em si o amor divino . O temor de desagradar a Deus Íaziq-a fugir até da sombra do pecado. Seus entre-. fregüência aos santos sacramentos. das quau. a únicá liberdade que se permitia. a piedade da i-4peratriz rÉo f..g acompanhadas de uma unção que denunciava o.não'se peiaya de servir com suas próprias mãos. ]amais dele saía sem ter o coração ralado de compunção e os olhos inundados de lágrimas. Mas como tudo se transforma em veneno pãra um coração corrupto. a quem .r de sua alma.pela ?. tenimentos com as damas de sua comitiva. Suas preces não se interrompiam senão pelo tempo gue empregava em aliviar os pobres.azer amar a virtude em meio igrejas tornararr-se o lugar onde se encontrava habi-: tualmente. Passava ali dias inteiros de joelhos. € nuni recolhimento que despertava admiração em tod. e se . nos sofrimentos. pela prátiqa das austeridades e pelo costume de uma mortifrcação constante.384 PADR.lhe acontegia cometer algumas destas faltas leves.

Fac-similê da gravura de um opúsculo de santo Antonino. Século XVI.obrascatolicas.VIDAS DOS SANTOS A'confissão. http://www.com .

formulou um projeto tão original como extravagante. atendendo à corldição de submissão da mulher. sôbre isto observou que. e pronunciou. amavâ-â perdidamente. ordenou esfolassem o cozinheiro e o fizessem assar 4o meslno fogo. interpretando 'mal'as ações mais santas de sua espôsa. [Im dia em que o príncipe estava à mesa. como que sem intenção. exortando o rei a condenar a curiosidade e a não continuar a desejar o impossível. Os cortesãos. Cego pela paixão. o nome da imperatriz.obrascatolicas. ausente.com .386 PADRE F. Tudo o que |oão pudesse jamais deseiar de honras. Wenceslau dissimulou o despeito: pensava que )oão. poderia sucumbir num segundo. e que. e. Seu ciúme não conheceu limites. sobretudo em se tratando de reis e imperadores. falou-lhe primeiramente de diferentes coisas. a êle sômente. um marido devia tudo saber. odiava-a.OHRBACHER e êle se ofendia atê com os sinais de ternura e de complacência que ela não cessava de dar-lhe. ou num terceiro. por pouco que fôsse. de rigue zas e de felicidade. não podendo conter a . A essa solicitação criminosa. êle lhe prornetia sob palavra de rei. viam que se por tão Pouça http://www. se uma prirneira máquina não se revelara suficiente. serviram'lhe uma ave não suficientemente assada. o que a imperatúz'lhe hayia revelado no Tribunal da penitência. se havia resistido ao primeiro ataque. tornados de horror. se se decidisse a coàfiar-lhe. poderia encontrarse outra mais forte. aproveitou â ocâsião para aumentar as suspeitas em relação à conduta da princesa. empalideceram e se entreolharam. o santo homem foi tomado de horror. Presente. Chamou Sao |oao Nepomuceno. {mediatamente.cólera.

Alguns dias após.obrascatolicas. vos cumularei de honras e riquezas. wenceslau fêz retirar todos os presentes. tirou a máscara depois e empregou todos os meios possíveig para obrigá-lo a revelar tudo o que a imperatriz lhe havia dito em confissão. a Íim de dar-lhe prova da mais autêntica estima e ar:rizade. persistindo em deso- http://www. conversando sôbre coisas indiferentes. podeis contar da minha parte dizia êle com uma discrição inviolável. mas ninguém ousava dizer uma só palavra de intercessão à crueldade real. e declaro-vos gue. e ficou sôzinho com o santo. Acrescentou que o imperador lhe pedia esguecesse o pass_ado. Wenceslau mesmo náo Íazia mistério. não ignorava a causa secreta. e foram dizer de sua parte ao santo que não recuperaria a liberdade atê que se decidisse a revelar a confissão da imperatriz. Muito vos importa decidir-vos ao que exijo. |oão sofreu com alegria 9 indigno tratamento. um gentilhomem veio encontrá-lo para anunciar a sua rõltrru. se empenhou primeiramente em apaziguâlo com palavras brandas. a atrocidade do ato.VIDAS DOS SANTOS 387 pudessem vir a ser esfolados. Mas o bem-aventurado mártir estava resolvido a morrer mil vêzes e não dizet . e foi muito bem recãbido exterior-"ãt". Somente o bemaventurado ]oão Nepomuceno. João Nepomuceno dirigiu-se no dia seguinte ao palácio. começou a demonstrar-lhe. g o convidava a jantar no dia ieguinte com êle. . por outro lado. Apenas havia dito algumas palavras.com . deviam esperar o rnesmo suplício. em linguagem mais firme. havendo obtido audiência. o rei Wenceslau se levantou. Findo o repasto. Entrete'rã-se com êle a princípio. Não o conseguindo.uma só palavra da confissão. e mándou atirá-lo ao fundo de um calabouço.

assim chamava o seu carrasco. furioso.com . e steodido .E ROHRBACHER 388 bedecer-Ine. se ja advertido por revelação ou Por es como conseqüência natural do car Ú"rr. retomou as Prédicas e as to. Algum tempo após. O imperador. e mesmo à morte. mas estava quase expirando. que estava obrigado ao silêncio pelas leis mais sagradai. a impetafiiz inteirou-se do que se passava. repetiu Ír.sôbre um cavaletr:. e que nada seria capaz cle levá-lo a trair o dever. O santo respondeu. o carrasco e comp.mais zêlo do que nunca. Foi lançar-se aos pés de Wenceslau. Afinal. a guem enterneceu com lágrimas e preces. curadas as suas. convocou imediatamente o compadrã. O senhor visitou o servo na prisão e encheulhe a alma das mais doces consolações."slau. a Í para a morte Próxima.arsas lhe aplicaram tochas acesas nas cclstas e nas partes mais sãnsíveis do corpo. Segundo suas ordens. feridas Sem torná-las conhecidas dos seus.obrascatolicas. como anteriormente. vos exporei aos mais cruéis suplícios. .' Pregando um dia sôbre o texto : Ainda um pouco de teripo e ia não me uereis. |oão Nepomuceno. reapareceu em público.PADR. o santo loi conduzido à prisão. obteve trxesmo a libertação do sero de Deus. queimarâÍD-Ílo a fogo lento e atormentaram-no com a mais horrível barbaridade. Em meio aos suplícios. |oão Nepomuc-eno não -pronunciava senão os nomes de |esus e Maria. retiraragl-Ito do cavalete.?qüeátemente estai palavr as: I á não tenho muito tempo para entreter-tTte conuosco . Entretanto. que o auditório fàcilmente c ue sua última hora estava "o-pr""ndeu http://www.

sem lhe dar que estava irredutível na primeira resoluçáo. para visitar a célebre imagem comum dos fiéis. Sempre estivera persuadido de que a proteção da santa Virgem ê muito importante nos derradeiros instantes. e arrojai-o no rio. Então Wenceslau. e predisse os males que recairiam em breve sôbre a Boêmia. assim gue as trevas forem suficientemente espêssas Para http://www.com . a fim de merecê-la. e. não mais se contendo. e que era singularmente venerada em tôda a Boêmia.obrascatolicas. ficou tomado de uma espécie de entusiasmo profético. gritou: Tirai êste homem diante de meus olhos. Íêz a peregrinação a 'desta mãe Buntzel .J . apóstolos dos eslavos. consagrou-se inteiramente aos exercícios. Desde êsse dia. lágrimas abundantes lhe correram dos olhos. pelos quais se assegura uma boa morte. que São Cirilo e São Método. A vesse dado. ma hora lhe trouxessem o esmoler. No fim dêsse mesmo discurso.VIDAS DOS SANTOS próxima. haviam ali colocado antigamente.

levaram-no para a igreja de Santa Cruz dos Penitentes. mandou dizer aos religiosos penitentes que impedissem o tuhttp://www. Tomado de terror. e os carrascos traíram o segrêdo do príncipe. e proibiu que o seguissem. foi envolvido de uma claridade celeste que atraiu uma multidão de espectadores. Precipitaram-no. nada sabendo do que se passara. O imperadcr teve notícia dêsse concurso no seu retiro. boiando sôbre o rio.elizes de poder levar urn pedaço de vestimenta e de tudo o que pertencia ao seu uso pessoal. A imperatriz. No início do dia. TOda a cidade acorreu a ver o santo corpo. mas Deus tornou-a pública imedi atamente por milagres. 16 de maio de 1383. o corpo do mártir. Os cônegos da catedral vieram em procissão levá-lo com tôdas as honras que se possam imaginar. no interior desta igreja. Foi esconder o desespêro no campo. e . ]oão Nepomuceno empregou as poucas horas que lhe restavam para preparar-se ao sacrifício.com . cada qual se empenhava em lhe beijar as mãos e os pés. Apenas afcgado nas águas. de cima da ponte que ligava a srande à pequena Praga. Estávamos na vigília da Ascensão. vizinha ao lugar onde o crime se havia perpetrado. O imperador queria conservar em absoluto segrêdo a morte. uma vez que haviam preparado uÍna sepultura digna dêle. de mãos e pés ligados.obrascatolicas. recomendavam-se às suas preces.390 PADRE ROHRBACHER ocultar ao povo a e>iecução. Temendo que o povo se sublevasse. êle nada respondeu. correu atê Wenceslau para perguntar-lhe a razáo da luz que havia percebido do seu aposento. o mistério se esclareceu. Havia um afluxo prodigioso de gente no lugar do martírio. no rio Muldaw.'ulgavam-se f.

com . Quando tudo estava pronto para recebê-lo na catedral. dirigi- Bcêmia. que pediam. Os imperadores Ferdinando II e Ferdinando III sclicitar am a canonização do servo de Deus." IV.obrascatolicas. a qual foi obtida por Carlos VI. Obedeceram na mesma hora. os cônegos e o clero. cuja cura náo tinha esperanças. http://www. âCoÍÍlpânhados de uma multidáo inumerável de povo. no ano de mil trezentos Muitos dcentes. Encontraram-lhe o corpo des. mas o tesouro que haviam escondido foi em breve desccberto. filho de Carlos e oitenta e três. Abriram-lhe a tumba em 14 de abriÍ de 1719.VIDAS DOS SANTOS g multo em suas igrejas. e levassem para um lugar mais afastado o corpo do santo.

apos a mcrte.392 PADRE ROHRBACH ER estava tão fresca e bem conserv ada. pediram a sua câÍlo- 8SS (1) Acta. SS. gue. 16 maii.obrascatolicas. para tornar o seu culto mais autêntico e universal.com . http://www. et Godescard. o santo acabava de expirar. Sao |oao Nepomuceno havia sido honrado como mártir na Boêmia. dir-se-ia.

Encarcerado numa cela subterrânea. Peregrino desembarcou em Marselha. Acompanhado do padre Mársio. Um dia. ao qual impôs as mãos.sÃo PEREGRINO DE AUXERRE (*) Bispo e M ártir São Sixto II. dirigindo-se para Lião. http://www. do diácono Corcodêmio. â pureza e-os milagres. paÍa pregar o Evangelho no centro da Galia a Peregrino. dias mais tarde o Santo foi levado ao prefeito romano. A eloqüência do Santo. quando se apresentou no grande templo dedicado a |upiter. enviou. foi prêso e levado à presença do juiz. procurando f. pela massa enfurecida. Peregrino. resposta às ofertas Çue recebera: Tuas honras são a perda da alma. em 258. para demover o povo dos erros que abraçava. num instante converteram os principais cidadãos de Auxerre.azer são contínuos suplícios.com . dos sub-diáconos |oviniano e Alexandre e de um leitor também chamado |oviniano. e os presentes que podes f. pontífice de Roma. onde se fixara. ditas em tom calmo mas ardente. QUe.azer com que Peregrino renegasse a f esus Cristo. local em que se reunia grande número de pagãos. ouviu as seguintes palavras.obrascatolicas.

.obrascatolicas. depois.Em 1144. perto de Paris. a Dagoberto I. porquantr: suas promessas tôdas não são mentirosas e n'Êle deposito tôda a minha confiança. aaa http://www. Confess â-lo-ei. diz-se. Morto pela fê.PADRE ROHRBACH ER Continuo a invocar fesus Cristo. transferência essa devida. por ocasião da chamada Grande Perseguição. até a morte. transferido para São Dionísio. o redentor de todos. decapitado. um dos altares daquela igreja foi colocado sob a invocação do santo mártir. em 304.com . Enterrado em Bouhy. lugar do suplício. O prefeito. sem temor. [oi. Peregrino recebeu a gloriosa palma do martírio sob Diocleciano. irritado. ordenou aos soldados que o ladeavam que o golpeassem com energia.

apoiado por todos os membros da casa. o célebre Aventino. Falecido a 16 de maio de 540. e. filho de ClOvis. Resgatado por um solitário. obediência. ++t http://www. aos quais. ultrapassou na prática de tôdas as virtudes. tem as relíquias em Moutier-la-Celle. Thierry. Aventino. para viver completamente no retiro. nomeou-o abade. tornando-se modêlo de humildade.com . entusiasmado. |ovem ainda.obrascatolicas. não tardou em f. foi feito prisioneiro de guerra pelo exéréito do rei da Austrásia. abstinência e oração. Falo agregou-se-lhe aos discípulos. 'governante doce e severo ao mesmo Falo foi tempo. que se chamou Ilha de Santo Aventino. quando o solitário deixou a comunidade. filho de uma das melhores famílias de Auvergne. que vivia nas circunvizinhanças de Troyes.azê-lo prior do mosteiro.sÃo FALO (*) Abqde e Co'nfessor Falo ou Fal nasceu em Clermont. em pouco tempo.

e ali ficou por dois anos.com . ressuscitado um morto. viveu por sete proteçã. em Roma. Atraído pelos milagres que ccorriam à beira da sepultura de são Na zârio. encontrando-se com êle. a operar miIagres: curou vários doentes. coxos. mas logo era o Santo pôsto em liberdade. onde foi ordenado padre. Emano passou para Orléans. mesmo. provada que lhe fôra a inocência. aquêle mesmo bispo exigiu que o prendessem. levou-o consigo para aquela cidade. Pouco depois. Principiou. De Autun. surdos. exci- http://www. O bispo de Autun. Rigoroso nos jejuns. cegos. então.obrascatolicas. que anos. guando a sêde apertava. buscou Milão. Severíssimo consigo mesmo. tendo.o do papa. por falsas acusações. Ioucos. era de uma complacência sem par quando se tratava do próximo. que lhe apresentaram de uma feita. sob a o [êz estudar.SANTO EMANO (*) Mártir Emano era da Capadócia e.

com mais dois discípulos. para maior mortificação. foi por êles morto.VIDAS DOS SANTOS 397 tava-a ao extremo. Sabedor de que na floresta proxima da ermida em que vivia se reuniam terríveis ladrões. ali descansou. em 560. propôs-se convertê-los. transportado para Chartres. Exortando os bandidos a levar vida mais cristã.obrascatolicas. O corpo. Maurílio e Almair. ssa I http://www. comendo sal.com I .

os três primeiros evangelizadores do país. http://www. Vitórico e Genciano.com . a celebrar a santa missa. um dia. Bispo de Amiens. Honorato pertenceu à família dos condes de Ponthieu.SANTO HONORATO DE AMIENS (*) Bisíto e Confe. perto de Abbeville. Santo Honorato.ssor Nascido em Post-le-Grand. sob seu episcopado descobriÍârl-se as relíguias dos santos mártires Fusciano. viu aparecer a mão de Nosso Senhor )esus Cristo.obrascatolicas. Conta-se de Santo Honorato gue. gue consagrou a eucaristia. Segundo a bandeira da Corporaçáo dos padeiros de Arras.

logo após a morte. Sibila.com . aperece representado com instrumentos próprios daquela profissáo. construíram em Paris uma igreja em honra do santo bispo. como lembrança. transferido para Amiens. mais tarde. aa+ (1) Santo Honorato. Padroeiro dos padeiros ( 1 ) sern gue se saiba por que motivo sôbre o santo-bispo têm-se raros textos. destruída durante a Revolução. venerado como santo. hoje em dia. Em 1024. foi. a rua de Santo Honorato (Rue Saint-Honoré ) . sendo.VIDAS DOS SANTOS 3e9 Falecido no ano de 600. restando. http://www. Renaud Cheree e a espôsa. desde o fim da Idade Média.obrascatolicas. na cidade natal.

azer monge. procurou o papa Honório.- SANTO UBALDO (*) Bispo e Contessor Ubaldo nasceu em Gubbio. o clero de Perusa 'escolheu-o como bispo. Ubaldo fugiu para Gubbio e. enfrentando com determinação a realidade. quando cresceu.' imediatamente. Ordenado padre. http://www. e passou para a de São Segundo. Levado à igreja dos Santos Mariano e Tiago. ao gual suplicou que não lhe impusesse o episcopado. que o fogo destruíra totalmente. dali.III. mas. Ílo- meou-o prior do capítulo dos Santos Mariano e Tiago. ao mesmo tempo gue servir às funções do culto. com a intenção de se Í. Ubaldo buscou Font-Avellane. aquela volta foi abençoada: em pouco tempo a prosperidade tornou e a todos tranqüilizou. Em 1126. Depois do incêndio que destruiu parte da cidade. onde devia instruir-se. deixou-a.com . retornou e pôs-se a trabalhar na restauração do capítulo.obrascatolicas. o bispo. Quando soube da notícia. Ubaldo recusou-se a abandonar a clericatura. Desprezando a parte da herança paterna que lhe cabia e o casamento gue lhe propuseram. Como que agradável a Deus.

obrascatolicas.com I . que acabara de saquear Espoleto. corajosamente. recebeu o conselho de tratar a cidade de Gubbio do mesmo modo.VIDAS DOS SANTOS 401 Atendido. aaa http://www. mais tarde. enfrentou-o. Ubaldo. foi canonizado em 1192. como cidade Pe povo. pelo mesmo pontífice. seria sagrado bispo de Gubbio. o todo rado pcr do assalto das milícias das Quando Frederico Barbarroxa. vefleSanto Ubaldo. o povo pranteou-o como jamais pranteara a alguém. o imperador desistiu do jntento: ofereceu-lhe presentes e prometeu jamais incomodar um povo espiritualmente governado por um santo. Impressionado. Morto. por Celestino III. Falecido a 16 de maio de I 160.

Um dia. cartas a carmelos. Sao Simão Stock escreveu um opúsculo sôbre a penitência cristã. Nossa Senhora apareceu-lhe. no condado de Kent. revelou-lhe que os que morressem trazendo-o consigo certamente escapariam das penas do inferno. do Aüual. e.obrascatolicas. http://www. No ano de 1251. depositando-lhe entre as mãos o escapulário. Em 1213. adoeceu gravemente. em 1215. Simão entrava na ordem do Carmelo. cepo.sÃo sIMÃo sTocK (*) ConÍessor Simão nasceu em I 165. dentro do ôco de um vasto carvalho. de uma família muito nobre e cristianíssima. viveu como ermitão por vinte anos. que acabava de se estabelecer na Inglaterra. (N. numa visão. falecendo em Bordéus no ano de 1265. dos doze anos em diante. e. algumas homilias.com . tendo deixado os seus. Conta-se dêle que. daí lhe advindo o cognome de Stock ( I ). preceitos litúrgicos e duas antífonas a Santa Virgem. visitando as casâs da ordem. era feito vigário geral das províncias ocidentais. *?çfú (1) po inglês slgqkr ttonco.).

". André Bobola passou por tormentos atrozes' De lábios e nafiz cortád ts. 9-que onde Vilna.com . professou em Brusberg e no colégio de Pultava' Em 1621. no dia 13 de iulho. todo êle irreconhecível. ". resolveu entrar na Companhia. Combatendo o êrro onde o êrro se alapava. onde passou cincó anos. tendo feito profissão solene dos quatro votos. Aprisionado.modêlo de todos os irmãos. recebeu as ordens sagradas. tornou-se superior da residência de Bobruisk. effi 1611.obrascatolicas. depois do curso de teologia. Estudado no colégio dos âcoÍliesuítas. a qual evangelizou. na prática das mais humildes virtudes. Foi em 1636 que se deu todo às missões e por vinte e um anos cruzou e fecÍúzcu a Lituânia. se tornou Tendo estudado filosoÍia com o padre Marquat. íà. faleceu de um golpe de sabre a http://www. tantos os suplícios. tornou-se o inimigo número um dcs cismáticos.SANTO ANDRÉ BOBOLA (*) M ártír André Bobola nasceu na Polônia em 1592' no Palatinato de Sandomir. ali áolhãu imensos louvores' Em 1630. Encarregado da pregação na igreia de São Casimiro de Vilãa.

I I PADRE ROHRBACHER 16 de maio de 1657. atualmente venerado nas dioceses de 'Tolosa. Santo Anoberto ou Alnoberto.íd"rá-lo santo.obrascatolicas. São Germier. Em 1808. bispo e confessor (Íins do século vll ). no dia 17 de abril. uma luz intensíssima pairou por longo [e-po nos cáus. em Tolosa. a festa do santo mártir ê celebrada a 21 de maio entre os jesuítas e a 2l de fevereiro na Polônia. Quarenta e cinco anos mais tarde. É honrado na http://www. La Rochelle e Angculeme. assistiu ae çonÇilio de Ruão entre 682 e 683. canonizado em rg3l por pio XI. em Ianow. Auch. No mesmo dia. lutou contra os arianos. em. Enterrado pelos católicos no colégio dos jesuítas de Pinsk.aíecendo em 560. transportaram-no a Polosk. bispo e confessor. Feito bispo de Tolosa por clóvis. onde.iSSl. Na diocese de Seez. festejam-no a 16 de maio. logo após a morte. Pio IX beatificava-o. cs poloneses não tardaram a . Na Galicia e na posnânia.com .orr. anos. Santo André Bobola foi encontrado absolutamente sem corrupção. f. e.

falecendo em 1 127. bispo e mártir (? ) . Presidiu um sínodo contra os arianos. onde foi abade. Desconhecem-se outrcs pormenores da vida do santo prelado Em Bordéus. recebeu o habito . Santo Hilário. diz-se. bispo. Na Irlanda. o martírio de vários santos monges. onde lhe jaziam as relíquias. Tendo vivido como solitário por alsum tempo. fez surgir uma fonte para matar a sêde dos que iam visitâ-lo. onde. um dêles nasceu perto de Carpentras. Em'Pavia. Solitárics.com . sagrado pcr Marcial de Limoges. talvez no século VII. sete saeerdotes. http://www. Santo muito popular . São Forte. a tradição conside Ía-o como o primeiro bispo de Bordéus. Na Pérsia. de 355 a 376. na África. abade e bispo de Cardigan. fonte gue não só dava pura água fresca. alternadamente.obrascatolicas. São Carantog ou Caranoc. O outro santo solitário do mesmo nome viveu no mesmo lugar. As relíquias estão em São Miguel do Ceu de Ouro. ali lhe celebram a festa a 16 de maio. Décimo-sexto bispo de Pavia. os santos mártires Audas. Em Uzale. em Sao Sabino. mas também vinho. Na Palestina. e se santificou na solidão de Bausset. bispo. neve diáçonos e sete virgens. os santos Felix e Genade. confessores. mártires. Em Avinhão. o bem-aventurado Adão. no monte Vissiano. abade e confessor.beneditino perto de Fermo. Na diccese de Fermo. Ali faleceu em 1212.VIDAS DOS SANTOS 405 abadia de Morienval. dois santos chamados Geins ou Gens. massacrados pelos sarracenos no mosteiro de São Sabas.

terminaram gloriosamente o martírio. Eq Fr_ejus. na Emília. s+tr http://www.com . São Possídio. virgem. . bispo de Cálamo. São Domnolo. . bispo. gúe morreu na paz do Senhor.Em Mirandola.PADRE ROHRBACHER gue sob o rei Isdegerde. após se recomendar por muitas e esplendentes virtudes. Santa Máxima. discípulo de Santo Agostinho.obrascatolicas. tendo suportado diversas modalidades de torturas.Em Mans. e historiador das belas ações dêste santo.

Abade e confessor São Germano da Escócia. !.. confessor 2. ?0 72 78 4. Papa.. bispo e confessor 82 . Santo Anfrido. mártires . Profeta. o Menor. EVêncio e Jeodulo. http://www..e dia de maio Sáo Sigismundo.. Bispo de Alexandria e doutor da Sáo Walberto. mártires Sáo José Operário Sáo Peregrino Laziosi.. bispo e'confessor .. Bispo e confessor Santo ArÍgio.e dia de maio Santa Mônica.' dia de maio Invençáo da Santa Cruz Santo Alexandre f. bispo e mártir Igreja 59 64 66 3. apóstolos t4 27 35 88 39 40 Santo Andeol.ÍNDICE MAIO l.e 42 51 dia de maio Santo Atanásio.obrascatolicas. Antigo Testamento Sáo Filipe e São Tiago.com ! 88 .. Bispo e confessor São Gomberto e Santa Berta.... mãe de Santo Agostinho §ão Sacerdos de Limoges. servita. Sub-diácono e mártir Santo Amador de Auxerre. rei e mártir 9 Sáo Jeremias..

cartuchos. Agostinho Webster. . Roberto. bispo e corfiessor Bem-aventurado Nicolau Albergati. e Patriarca..... Papa e confessor Sáo Wiron.' dia de maio O santo Papa Pio V Santo Hilário de Arles. mártir Sáo Bonifácio IV.. mártires 89 5.n dia de maio Sáo Pedro de Tarentaise Sáo Vítor.. o mouro..ÍNDICE Bem-avenüurados João Houghton. Lawrence. confessor . mártir 97 confessor l(E fOB 6. bispo e Santo Ângelo. \ ..238 . bispo de Cracóvia. confessores São Joáo de Beverley. Job. 184 185 187 .. arcanjo 169 181 182 gj dia de maio Sáo Gregório Nazianzeno Sáo Pacômio. Polônia..com 224 ....' dia de maio Estanislau. dia de maio Arcebispo de Florença 191 213 22L 10. Ricardo Reynoldes e Joáo Haile.. Carmelo.... Bispo e confessor Apariçáo de Sáo Miguel. i... .!. http://www. mártir Sáo Serênico e Sáo Sereno.. Antigo Testamenta.i.obrascatolicas.e Santo Antonino...n dia de maio Sáo Joáo Damasceno Sáo João diante da Porta ll2 Latina 150 7. Papa e confessor Sáo Bento II.: .. Bispo de York 155 162 L64 8.

bispo. abadêssa. mártir Santo Udaldo. São Roberto Belarmino. bispo." dia de maio Santo Isidoro. viúva Santa Joana de Portugal.' dia de maio Sáo _Joáo.1- ÍNDICE 409 §áo Comgall.e dia de maio Sáo BoniÍácio de Tarso. e Discíola. confessor 258 269 272 277 280 l2. André. arcebispo de Salamina. em Santa Rictrude. virgens . confessor 326 334 352 356 358 15. mártir Santa Maria Domingas Mazzarello. mártir Sáo Galtério de Esterp. virgem Bem-aventurado Geraldo de Villamagna. mártir Chipre 29L 297 299 301 13. confessor Bem-aventurado Miguel Garicoits. confessor Santo Ampélio. mártires http://www. confessor Bem-aventurada Madalena Alberici.n 262 253 dia de maio Sáo Mayeul.. virgem Sáo Pancrácio. depois eremita Santa Rolanda. adolescente. virgem Santa Inês. o Ferreiro. abade e confessor Sáo Francisco de Girolamo.. virgem e mártir I l. operário Santos Pedro. abade de Cluny São Gangulfo. confessor e Doutor 306 311 3L2 314 31? 318 l{.n dia de maio Santo Epifânio. Paulo e Dionísia.obrascatolicas. virgem Bem-aventurado Egídio de Portugal.com 363 366 . o Silencioso. abade e confessor Santa Solange.

mártir Sáo Peregrino de Auxerre. duque de Bingen.98 400 402 403 . confessor 371 373 375 16. bispo e mártir Sáo Falo.ÍNDICE Sáo Francoveu.obrascatolicas. abade e confessor Santo Honorato de Am/ens. mártir http://www. bispo e confessor Sáo Simáo Stock. confessor Bem-aventurado André Abellon. bispo e conÍessor Santo Ubaldo.n dia de maio Sáo Joáo Nepomuceno. confessor Sáo Roberto. confessor Santo André Bobola.com 379 393 395 396 3'.

obrascatolicas.com .e impresso nas grá"ficas da AITIÉRICAS DAS EDITORA Composto oficinas Sáo Paulo 1960 http://www.