Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre

Departamento de Ciências Básicas da Saúde
Disciplina de Fisiologia
Profa. Renata Guedes
Nomes: Andressa Neunfeld e Caroline Resende.
QUESTÕES
1. Quais as principais diferenças entre as respostas reflexas apresentadas nos três
momentos da experiência?
2. Cite as funções exercidas pelo tronco encefálico e explique por que você chegou a essa
conclusão.
3. Por que a rã espinhal não apresenta respiração pulmonar e como ela permaneceu viva?
As rãs são animais mais aquáticos de pele fina e úmida e por causa dessa característica
consegue se manter viva mesmo cessado a respiração pulmonar, já que elas complementa a
respiração pulmonar com a respiração cutânea, possuem células e ou vasos sanguíneos na
pele, sendo que através deles ocorre a captação do oxigênio do meio ambiente. Através destas
mesmas células ou vasos sanguíneos ocorre a eliminação do dióxido de carbono e assim
fazendo as trocas gasosas, característica que a mantem sua sobrevivência..
4. Faça uma correlação entre as funções dos hemisférios cerebrais da rã e condições
humanas patológicas que se observa perda destas funções.
Mesmo com a destruição dos hemisférios cerebrais e encéfalo, a rã continua a apresentar uma
série de comportamentos como reflexo postural, de equilíbrio e movimentos natatórios. Isto é
possível porque estes comportamentos estão associados a medula e independem da presença
dos centros neuronais superiores. No entanto, o animal não apresenta iniciativa, sendo
necessário um estímulo mecânico para que ele faça movimentos como saltar ou nadar. Além
disso, variações na frequência respiratória também são observadas entre a rã intacta e a rã
espinhal. Tanto a iniciativa (ação consciente) quanto o controle da frequência respiratória são
dependentes da integridade do telencéfalo que foi destruído no procedimento. Os padrões de
respostas associados a medula vistos na rã, podem ser observados em seres humanos.
Quando um ser humano tem sua medula espinhal lesionada, ele pode apresentar um quadro
clínico mais ou menos grave dependendo da altura da lesão. Quanto mais alta a lesão na
medula, maior é a possibilidade de produzir alterações graves. Um trauma na região medular
resulta em desregulação dos sistemas fisiológicos, passando a apresentar alterações
respiratórias, vasculares, da atividade sexual, urinárias e intestinais. Por exemplo, o controle da
respiração vem da região do tronco cerebral e a destruição do telencéfalo compromete o ritmo
da frequência respiratória. Entretanto, os movimentos respiratórios só deixam de ser
observados quando a medula espinhal é destruída, o que leva ao comprometimento da
atividade de neurônios medulares que controlam os músculos envolvidos na respiração. Em
uma lesão na porção alta da coluna, a causa principal de morte é a insuficiência respiratória,
pois os músculos que contribuem para a respiração (abdominais, intercostais e diafragma) são
inervados pelos segmentos que se localizam na metade superior da medula. A saber, os

dando-se a compreender que o animal perde a comunicação e consequentemente o tônus muscular.músculos abdominais e intercostais são inervados pelos segmentos que vão de T1 a T11 na coluna. Segundo Guyton (2011). praticamente todas as funções medulares espinhais. Esta influência é transmitida aos neurônios motores pelos tractos vestíbulo-espinhal e retículo-espinhal. 6. CARACTERÍSTICAS DO ANIMAL Postura corporal Movimentos respiratórios Tônus muscular Reflexo de endireitamento Reflexo de retirada Localização estímulo doloroso Saltos Natação DESCEREBRADO ESPINHAL SEM SNC (c/ destruição medular) . e isso é o que pode ser observado na rã espinhal. Por que a rã espinhal não mantém o equilíbrio? A manutenção do equilíbrio e da postura se faz basicamente pelo arquicerebelo e pela zona medial (vérmis). reação denominado de choque espinhal. incluindo os reflexos espinhais. promovendo a contração dos músculos axiais e proximais dos membros mantendo o equilíbrio e a postura normal. 5. e o diafragma é inervado pelo nervo frênico que fica na altura do segmento C3-5. perde a postura e o equilíbrio. Explique as leis Pflüger e como é mantida a coordenação de movimentos precisos como a retirada do estímulo nocivo. nos níveis cervicais alto. Anote na tabela as repostas observadas após cada procedimento. quando a medula espinhal é subitamente transeccionada. são imediatamente diminuídas ao ponto do silencio total.