AULA 6 – TEORIA DO PRECEDENTE JUDICIAL (STARE DECISIS

)
1) Conceito: “Precedente é a decisão judicial tomada à luz de um caso concreto, cujo núcleo
essencial pode servir como diretriz para o julgamento posterior de casos análogos.” Fredie Didier
Junior; Paula Sarno Braga; Rafael Oliveira. Curso de Direito Processual Civil. 2009, v. 2. p. 381.
2) O Precedente como fonte maior do Direito: a decisão judicial como fonte de norma geral e
individualizada
3) Influência: Commom law
4) Fundamentos: princípios da isonomia e segurança jurídica.
5) A aproximação do sistema atual com o common law: a súmula vinculante (EC 45/04) +
conceitos indeterminados + recursos repetitivos (art. 543-C, CPC).
6) NCPC – Art. 926. Os tribunais devem uniformizar sua jurisprudência e mantê-la estável, íntegra e
coerente.
7) Implicações nos princípios: ampliação do contraditório para admitir a participação de outros sujeitos
e exigência de maior motivação – vide art. 489, incisos V e VI, NCPC)

8) Identificação do Precedente: a) Mesma circunstância fática; e b) Tese assentada na motivação
(ratio decidendi) do precedente.

9) Ratio decidendi x obiter dictum
10) Efeito do Precedente:
i.

Vinculante (obrigatório) - (art. 103-A, CF)

ii.

Impeditivo ou obstativo da revisão das decisões (art. 475, §3º, CPC, art. 518, primeiro parágrafo, 544,
terceiro e quarto parágrafo e art. 557 todos do CPC); ou

iii. Persuasivo (art. 285-A, CPC, p. ex.) - quando o juiz não está obrigado a segui-lo, de forma que, se o seguir, é
porque está convencido da sua correção;

11) Hipótese de não aplicação do Precedente:
 Distinguishing - § 5º O precedente ou jurisprudência dotado do efeito previsto nos incisos do
caput deste artigo poderá não ser seguido, quando o órgão jurisdicional distinguir o caso sob
julgamento, demonstrando fundamentadamente se tratar de situação particularizada por hipótese
fática distinta ou questão jurídica não examinada, a impor solução jurídica diversa.

12) Técnicas de superação do Precedente:
i. Overruling - revisão do precedente sempre que houver novos argumentos, criando-se um
novo precedente.

Necessidade de maior fundamentação;
A superação de um precedente consolidado não deve ter eficácia retroativa, para preservar as
situações consolidadas Overruling ex nunc = overruling prospectivo.
Overruling ex tunc (retrospective overruling) - Precedente deve ser recente e não consolidado;

ii. Overriding – restrição à incidência do precedente.
iii. Técnica da sinalização (technique of sinaling) – reconhecimento da inconsistência do
precedente, com advertência quanto à futura revogação, em nome da segurança jurídica.
13) A teoria do precedente no atual CPC
 Impõe-se o distinguishing ou, até mesmo, um overruling ou overriding quando da Apelação
(art. 518, §1º, CPC) ou Agravo (art. 557, CPC) diante da possibilidade de julgamento
monocrático pela existência de jurisprudência contrária ou vedação a recurso contra
jurisprudência dominante, assim como na improcedência prima facie (art. 285-A, CPC).