FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL-FACIMED CURSO DE

BACHARELADO EM PSICOLOGIA
GELCINA FREITAS BRITO

CACOAL /RO
2016

disciplina de Estágio Básico TCC I– Pesquisa Científica.GELCINA FREITAS BRITO A ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO NO SUS Projeto de Pesquisa apresentado à Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal . como exigência para obtenção de avaliação parcial semestral.FACIMED. CACOAL /RO 2016 . sob orientação do Professor Dr Cleber Lizardo de Assis.

...........................................4.4 1.....................................3 1......................................................4 1..............2.................................2 Objetivos específicos.........16 3..........INTRODUÇÃO.......................................4..................................9 3........................................1 (palavra-chave 1) ..........................................................................................4 2......................................................................13 3....................................20 3.................................... ................................................................................................................................1 Características da população.................................................................................4...........................................................................................................................................4.........................................................................17 3........7 2....................................................................................2..4 1.......3Critérioséticos.................... MÉTODO........................................................................................................................2 Pergunta problema..........................4 (palavra-chave 4) ..............8 2.......4.......................................................................4... FUNDAMENTAÇÃOTEÓRICA............22 ANEXO.4 Planilha de custos.........................19 3..........1 Critérios de inclusão..............................................................................................................................................................................15 3...............................12 3...................................................3 (palavra-chave 3) .......23 ................................................1 Coleta de Dados.............4 1.................................................................................................................................5 2......................................2 Amostra.................18 3...........................................................................................................................4..............................................1 Definição do problema.......6 2......3Cronograma...............................21 REFERÊNCIAS ..................................................SUMÁRIO 1...........................................3 Tipo de pesquisa.........................................................................4 Objetivos:..2 (palavra-chave 2) ......................................................................................11 3....................................10 3.........5 Justificativa e relevância............4 1...............................................2 Critérios dexclusão..........................................4 Materiais e Procedimentos...................................................2 Análise de Dados.1 Objetivos gerais............................................14 3...................3 1...........................3 Levantamento de hipótese...

2013). 1. e representa um grande passo para um novo olhar sobre o sofrimento psíquico no que diz respeito a subjetivação do sujeito. a fim de que um dia essa realidade possa ser mudada. (exercendo até mesmo trabalhos voluntários). não havendo uma estabilidade de psicólogos no CAPS.2 Pergunta Problema Quais as dificuldades vivenciadas pelos profissionais que atuam no CAPS de Cacoal-RO.3 Levantamento de Hipótese H1 – As dificuldades do atendimentos realizados por profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) do município de Cacoal. Espera-se que haja cada vez mais empenho relacionado a essas questões. por inúmeras situações do cotidiano. 2006. No entanto. . H2 .INTRODUÇÃO Estudos apontam que o número de pessoas ansiosas. as oficinas. apud ASSIS. recebam tratamento adequado por parte do Sistema Único de Saúde (SUS). não tendo um profissional que atenda por tempo fixado. oferecer uma melhor qualidade de vida aos usuários desse sistema. pois são diversas as mudanças de profissionais dessa área. deprimidas vem crescendo a cada dia. o acolhimento por profissionais do CAPS. mas nem todas elas tem a oportunidade de recorrer ao um psicólogo no Sistema Único de Saúde (SUS).A qualidade dos atendimentos quanto ao espaço. Infelizmente ainda há muito o que ser feito para que os indivíduos acometidos por transtornos mentais e outras patologias. resgate da cidadania e inclusão social. De acordo com Lei Número 10.3 1.A falta de profissionais para o atendimento no SUS. H3 .216/2001. assegura a proteção e direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais. por falta de contratações deste profissional. 1. Ou seja. de 06 de abril de 2001. a normatização desta lei contrasta com o apontamento de algumas figuras relevantes do Movimento pela Reforma Psiquiátrica que apontam para um risco de “manicomialização” dos novos equipamentos (CAMPOS e FURTADO. estrutura física. prejudica o paciente em seu tratamento. O CAPS é um Centro de Apoio Psicossocial tem como objetivo oferecer o serviço de saúde mental e amenizar crises.

Com o intuito de amenizar e tratar as crises.4 Objetivos 1. Segundo Pires e Braga (2009). doença e funções relacionadas.1 Objetivo Geral Analizar as dificuldades vivenciadas pelos profissionais que atuam no CAPS no município de Cacoal –RO.2 Objetivos Específicos a) Verificar o número de pacientes atendidos por mês no CAPS. 1. e possam adentrar novamente em suas atividades cotidianas. ao tentar fazer seu trabalho. científicas e profissionais da disciplina da Psicologia para promoção e manutenção da saúde. define a Psicologia da saúde como: Um conjunto de contribuições educacionais.4. a identificação da etiologia e diagnóstico dos correlatos de saúde. compete ao SUS (Sistema Único de Saúde). levando em consideração o aumento das necessidades terapêuticas. para que esses indivíduos recuperem sua autonomia. No entanto. e a análise e aprimoramento do sistema e regulamentação da saúde (p. esse profissional depara-se com inúmeras dificuldades. como também sobre o modo como poderá interferir na interconexão: sistema de saúde.5 Justificativa e Relevância Essa pesquisa tem entre seus objetivos demonstrar a importância do atendimento dos psicólogos no CAPS do município de Cacoal. proporcionar serviços de saúde mental. compreender a relação entre o comportamento e a saúde. atuar de forma a ir ao encontro dessa área da psicologia. a prevenção e tratamento de doenças. 1. O psicólogo que trabalha na área Psicologia da saúde. Considerando que Matarazzo (1980). de modo a atender e tratar pessoas com transtornos mentais severos e constantes. pois é notável a procura deste profissional.4. como psicoses e neuroses graves. . 815). entra elas estão a falta de condições para a realização do mesmo. b) Levantar o número de psicólogo atuaram nos últimos 2 anos no CAPS. sociedade e indivíduo. Psicólogos tem como uma de suas principais preocupações. Segundo as autoras Pires e Braga (2009).4 1.

5 Diante do exposto. assistentes sociais. Os profissionais de nível médio podem ser: técnicos e/ou auxiliares de enfermagem. É um grupo de diferentes técnicos de nível superior e de nível médio.CAPS. como também a forma com que os pacientes são atendidos no ambiente. ateliês abertos. Todos os CAPS devem obedecer à exigência da diversidade profissional e cada tipo de CAPS (CAPS I. professores de educação física ou outros necessários para as atividades oferecidas nos CAPS. se os profissionais contratados são suficientes para dar conta da demanda dessa âmbito. terapeutas ocupacionais. estão ainda o trabalho voltado para o tratamento e reabilitação psicossocial. atendimentos terapêuticos individuais e/ou grupais. esse estudo é relevante. pedagogos. possa levar a outros caminhos que visam a melhoria ao menos em parte desse contexto. técnicos administrativos. CAPS III. CAPS II. Dentre as contribuições do CAPS.2 Palavra-chave 2 – SUS – Sistema Único de Saúde e CAPS Conforme o Mistério da Saúde. uma vez que. pretende apontar as dificuldades vivenciadas pelos profissionais do CAPS se proporciona as condições adequadas para os profissionais psicólogos que atuam nos Centros de Atenção Psicossocial .2004) . educadores e artesãos. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 2. os profissionais que trabalham nos CAPS possuem diversas formações e integram uma equipe multiprofissional. como também às questões de ordem social presentes no cotidiano desses usuários. 2. CAPSi e CAPSad) tem suas próprias características quanto aos tipos e à quantidade de profissionais. podem participar de atividades como lúdicas e recreativas. psicólogos. Os responsáveis por prestarem tais serviços aos pacientes são profissionais contratados do local. médicos. o qual inclui iniciativas extensivas aos familiares do paciente. nesses ambientes os pacientes tem direito a receber consultas médicas. Os CAPS contam ainda com equipes de limpeza e de cozinha. Os profissionais de nível superior são: enfermeiros. espera-se que os resultados dessas pesquisas. (MINISTERIO DA SAÚDE. Sendo que.1 Palavra-chave 1 – CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) Segundo Campos e Furtado (2006) Os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) configuram-se como serviços comunitários ambulatoriais e regionalizados. 2.

2004) . e esperamos que esta publicação sirva como contribuição para que esses serviços se tornem cada vez mais promotores de saúde e de cidadania das pessoas com sofrimento psíquico.6 2. farão o direcionamento local das políticas e programas de Saúde Mental: desenvolvendo projetos terapêuticos e comunitários. Esses são os direcionamentos atuais da Política de Saúde Mental para os CAPS – Centros de Atenção Psicossocial. assumi um papel estratégico na organização da rede comunitária de cuidados. encaminhando e acompanhando usuários que moram em residências terapêuticas. (MINISTERIO DA SAÚDE. assessorando e sendo retaguarda para o trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde e Equipes de Saúde da Família no cuidado domiciliar.3 Palavra-chave 3.Saúde Mental Segundo o Ministério da Saúde os CAPS. dispensando medicamentos.

Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Saúde Pública vol. O psicólogo na saúde pública: formação e inserção profissional. C.ago. BRASIL.2016. Acessado em 29. Secretaria de Atenção á Saúde. R. .gov.org/scielo. 2009 Disponível em: http://pepsic. T. PIRES.bvsalud.Acessado em: 29. Saúde Mental no SUS: os centros de atenção psicossocial. 2006. T. Acessado em: 29 ago.php?script=sci_arttext&pid=S0102311X2006000500018 .7 REFERÊNCIAS ONOCKO-CAMPOS.ccs.5 Rio de Janeiro. S.1 Ribeirão Preto.ago. Entre a saúde coletiva e a saúde mental: um instrumental metodológico para avaliação da rede de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) do Sistema Único de Saúde.br/scielo.br/saude_mental/pdf/sm_sus. M.2016. vol. Brasília: Ministério da Saúde.saude.22 no.pdf.17 no. Disponível em: http://www. 2004. Cad. A.php?script=sci_arttext&pid=S1413389X2009000100013 .scielo. Ministério da Saúde. Disponível em: http://www. P. e FURTADO J. e BRAGA T.2016. Temas psicol.