IRREQUIETO AMANHECER – ABRAÃO E SARA

TEATRO EVANGÉLICO (A arte Teatral a Serviço do Mestre)

PEÇA IDEAL PARA:
CULTO JOVEM
CULTO DOMINICAL
RETIRO
CONGRESSOS
OUTROS
SINOPSE
NO CAPÍTULO 22 DE GÊNESIS, DEUS DÁ UMA ORDEM A ABRAÃO. ALGUM
TEMPO DEPOIS DEUS TESTOU ABRAÃO. DISSE A ELE: “ABRAÃO!” “EIS-ME
AQUI” ELE RESPONDEU. ENTÃO DEUS DISSE: “TOME O SEU FILHO, O SEU
ÚNICO FILHO, ISAQUE, A QUEM TU AMAS, E VAI PARA A REGIÃO DE MORIÁ.
SACRIFIQUE-O COMO OFERENDA NO LOCAL QUE EU TE MOSTRAREI.”
SE VOCÊ FOSSE ABRAÃO E TIVESSE ESPERADO MAIS DE 100 ANOS PELO
SEU PRIMEIRO FILHO, VOCÊ VOLTARIA A DORMIR TRANQÜILO DEPOIS DE
OUVIR ESTAS PALAVRAS?
IRREQUIETO AMANHECER É BASEADO NA
PREMISSA DE QUE MESMO POSSUINDO ABRAÃO UMA FÉ TREMENDA NA
PROMESSA DE DEUS, ESTE MANDAMENTO FOI MUITO PERTURBADOR.
TEMPO
30min
PERSONAGENS
ABRAÃO E SARA.
TEMAS
OBEDIÊNCIA.
FÉ.
PROMESSAS DE DEUS.
OBJETOS
CAJADOS: NÃO SÃO NECESSÁRIOS EXCETO UM PERTENCENTE A ISAQUE.
ENTRETANTO, OUTROS CAJADOS PODEM SER UTILIZADOS CONTANDO
COM A DISCRIÇÃO DO DIRETOR .
NÃO É NECESSÁRIA MUITA COISA, OS QUAIS FICAM A CRITÉRIO DO
DIRETOR. EXCETO OS OBJETOS PERTENCENTES A ISAQUE.
HORÁRIO:

COM LINHAS CLARAS. O momento inicial passou. DE FORMATO QUASE QUADRADO. (Nota: Neste ponto e durante toda a peça. não é a obediência de um tolo. DEMONSTRA QUE HAVIA ESTADO DORMINDO. UM SIMPLES ROUPÃO SIMILAR AO MODELO SEM OMBRO QUE ABRAÃO ESTÁ USANDO. Abraão está pensativo. E PROVAVELMENTE SEM BIGODE. ordenando que ele entregue o seu filho como sacrifício – como holocausto. ABRAÃO E SARA NÃO ERAM POBRES. BEM ANTES DO AMANHECER. Entra Abraão. MAS UM ESTILO BABILÔNICO. BASTARIA. ELE TALVEZ ATÉ ESTIVESSE USANDO UM CHAPÉU. Primeiramente ele permanece seguro atrás de suas defesas patriarcais. Ele tem vivido uma vida de total obediência ao seu Deus e mesmo com esta ordem tão inesperada ele irá cumprir. LOCAL: A TENDA DE ABRAÃO. Entretanto. raiva ou remorso relacionados ao sacrifício devem permanecer dentro do contexto de Hebreus 11:19. O QUAL PARECERIA BASTANTE COM UM GORRO MODERNO. ELE NÃO USARIA A BARBA CHEIA E ESPESSA. SUAS ROUPAS DEVEM REFLETIR SUA GRANDE RIQUEZA. ansiedade. MAS UMA BARBA CAPRICHOSAMENTE APARADA. mas de nenhuma maneira inseguro. Mas considerando que ele viverá até os 175 anos. LEMBRE-SE. mas então. trabalhando este momento em sua mente. mas haverá um preço pessoal para sua obediência. APESAR DE NÔMADES E DE MORAREM EM TENDAS. parando para meditar. ele obedecerá. Ele tem perto de 112 anos. TRAJES: CONSIDERANDO QUE ABRAÃO NÃO DORMIU NAQUELA NOITE. SARA. mas não extenuado. SERIA APROPRIADO USAR UM FINO XALE SOBRE SEUS OMBROS. Ele irá viajar para o Monte Moriá (cerca de 3 dias de jornada) para realizar este sacrifício. qualquer inquietação/preocupação. ele sente remorso antecipado diante da perda que ele sofrerá. AO MONTE MORIÁ PARA O SACRIFÍCIO. Deve haver. Deus acabou de falar com Abraão. E NORMALMENTE COM UM OMBRO CAÍDO. Ele é visivelmente velho. ele é considerado um homem de meia idade. abraçando o objeto (brinquedo ou roupa).CEDO PELA MANHÃ. QUANDO ENTRA. ELE AINDA ESTÁ VESTINDO AS ROUPAS QUE USARA DURANTE O DIA. Abraão anda para lá e para cá pela tenda. Ele estuda esta lembrança dolorosa de seu filho e no que acontecerá daí a poucas horas. SEU VESTUÁRIO NÃO SERIA COMO OS ROUPÕES COMUMENTE DESCRITOS. a . Finalmente ele pega algo que pertence a Isaque – um brinquedo ou uma peça de roupa – a qual foi deixada em sua tenda. NO DIA EM QUE ABRAÃO LEVARÁ SEU FILHO ISAQUE. PORTANTO NÃO ESTARIA USANDO ROUPA DO DIA-A-DIA. LEMBRE-SE QUE ABRAÃO NÃO É UM JUDEU – ELE É CALDEU. mergulhado em seus pensamentos. da fé e obediência de Abraão.

Ele morre como um homem velho tendo somente outro homem velho que ficou para enterrá-lo. porque você está fora da sua cama? Sara: Porque meu marido está fora da cama dele.desagradável determinação de que ele não entenda esta exigência peculiar. Não achei nada. (sentindo a testa de Abraão) Você está doente? ... Sua vida fica vazia. Sem alegria. mais preocupado) Ele achará uma maneira. Ele é meu filho – e o que é um homem sem um filho? Eu sei! Ele se torna o assunto favorito de uma discussão quando seus amigos se ajuntam ao redor da fogueira. Sara : (murmurando) Abraão? Abraão: (surpreendido) Sara. Porque você está de pé? Abraão: Oh. (raivosamente) Mulheres todas dão risadinhas pôr detrás de seus véus! Crianças – Crianças! Correm para os joelhos de sua pobre esposa rindo dela. (subitamente sério) Você deu uma olhada em Isaque? Sara: Parece dormir. (repetindo. Abraão: (enquanto se move pela tenda) Ele não o tirará de mim. não é nada. os sons da noite nunca o acordaram antes. mas agora fiquei completamente acordado. “A música de ninar de Deus” Abraão (com um sorriso embaraçado): Bem. Sem promessas de futuro. Eu escutei o som de um animal do lado de fora. Sara: (não acreditando nem por um minuto) Engraçado. (ela boceja) Você sempre os chamou de. De uma maneira ou de outra seu filho Isaque perpetuará sua linhagem). Entra Sara esfregando os olhos sonolentos. insegura – como o reflexo em um rio lamacento. Você sabe que nesta época do ano os lobos rondam por aí. (confidencialmente) Ele achará uma maneira. na verdade eu nunca fui um poeta. mas está pronto para esperar nas promessas feitas a ele pelo Senhor.

Sara: Bem.Abraão: É claro que não. Sara: Você tinha outro argumento com seu supervisor? Abraão: Eu estou sendo julgado? Sara: Não é da sua natureza estar de pé no meio da noite. ninguém mais passou mal do estômago. O cordeiro não estava muito bom e o meu estômago me acordou. olhando para Abraão até que ele perde a paciência. Eu tenho certeza que a culpa é tanto do meu estômago como da sua comida.... com os braços cruzados. (procurando outra desculpa) Foi a carne que eu comi a noite passada. Você vai insistir nesta história? Abraão: Sara! Já está muito tarde para continuarmos com este assunto. irritado) Sara: Eu já entendi. Abraão: Eu já disse. Vamos falar sobre isto pela manhã. É isto. Sara: Hummm. .. Abraão: Ah! E agora o diagnóstico. Sara: Então foi a minha culinária. por favor. Está bem. você escutou um barulho do lado de fora. eu escutei um barulho (ele pára. Abraão: Está bem. a culpada! Abraão: (com impaciência) Sara. Sara continua de pé. esperando pacientemente. Vamos acabar com este assunto.

Nós ultimamente temos tido pouco tempo a sós. Abraão: Por favor. Sara: A qual não está das melhores esta noite. Só um pouco. Sara : (assentando-se perto de Abraão) É diferente ter Isaque por perto. Assente-se aqui comigo. às vezes. Sara: Você já devia ter se acostumado com os novos ritmos da nossa vida. Abraão tenta conduzir a conversa para outro assunto. ele ocupa muito pouco do meu tempo. Sara: No meio da noite? Nós deveríamos voltar para a cama. . (ternamente) vivi a maior parte da minha vida com você. Abraão: (sorrindo) Novos ritmos – velhas canções! (eles riem) eu vivi a maior parte da minha vida sem um filho. Abraão: (com amor) Venha. Sara: (demonstrando surpresa) Depois de todos estes anos? Abraão: (um pouco envergonhado) Eu sinto ciúmes do tempo que você dedica a Isaque. Abraão: Mesmo assim eu ainda sinto sua falta. não é mesmo? Abraão: (ternamente) Sinto sua falta. Sara: Com tanta gente mimando-o.Abraão : (passando a mão pelo estômago) É somente a minha indisposição.

ela atingiu uma altura tão perigosa. Finalmente. . Ele está perto. O Senhor estabeleceu um novo caminho pelo qual podemos nos chegar a Ele – um caminho melhor: Ele vem até nós! Sara : (distraidamente) Eu não esquecerei a primeira vez que o Senhor falou com você. deuses tranqüilos. Abraão : (melancolicamente) Meu pai certa vez me contou sobre as ruínas de uma antiga torre que havia perto da Babilônia. Você estava tão – Oh. degrausSara: Eu conheço a história desta torre.. A torre subia tão devagar que eles pensavam que nunca seria completada. Como nosso sobrinho Ló. eu acho. Está tudo tão quieto.. (ficando mais séria) Lembre-se. Abraão: Humm. E este espetáculo nunca mais soube da presença do homem. Você estava tão ansioso para me contar tudo. eu não sei dizer como é que você estava. eu também estava cética e relutante em perder nosso. tão em paz. os nossos deuses de Ur. que o seu Deus ainda não era o meu Deus. que em certas manhãs nuvens obscureciam o topo.Bem. Agora a torre permanece como uma testemunha silenciosa dos métodos fúteis que os homens inventam para encontrar o seu deus. mas (com respeito) a noite é Dele. Então Deus mostrou sua ira. Pasmado/aturdido. Esta torre – apesar de já estar em ruínas pela sua idade – ainda mostra uma série de níveis diferentes. Sara: (orgulhosamente) Mas nós O temos exatamente aqui. Abraão: A história diz que o povo construiu esta torre de maneira que eles pudessem subir os degraus e ver o céu. Eles trabalharam arduamente sob o sol por anos e anos. Ele respondeu àqueles tolos dando a cada um uma língua diferente e os espalhando sobre a face da terra.Sara: (afetuosamente) Você fala de um modo estranho no meio da noite. Parece ser o tempo de Deus – Seu tempo especial (um novo pensamento passou por sua mente) Como se Ele tivesse destinado a luz do dia para nós. Abraão: E sem o auxílio de uma torre ridícula. Esta história se refere a um tempo perdido. Eu quase posso senti-lo.

Ano após ano aceitando Sua palavra. Aceitando Sua promessa. não temos recebido nem uma palavra. Minha tensão subitamente foi embora. . Esperando. Abraão: Oh.. e eu me coloquei de joelhos. Abraão: Como se ele nunca tivesse sido uma parte de nós. mas então eu me lembro daquele meu sobrinho. Abraão: (concordando) Ele está vivo! Sara: Ele está vivo! (após pensar por um momento) Você já pensou como seria nossa vida se você não tivesse escolhido obedecer ao nosso Senhor? Abraão: Tem certeza que eu tinha alguma escolha? Sara: Nós não poderíamos ter ficado na Caldéia? Abraão: Um homem sente coisas que não sabe explicar (meditando) Sempre existe esta tensão dentro de mim. Ele falava com eles – até mesmo aparecia para eles – tornou-se um benfeitor da riqueza e posição futuras. Eu estava muito curiosa em conhecer este novo Deus que na verdade falava com Seu povo.Sara: Mas eu escutei. Sara: Não temos tido nenhuma notícia de Ló desde então. Ló pode tomar conta de si próprio. Desde a destruição. Não é dúvida. (pausa) Ah. Pareceu-me uma vida inteira. Eles somente tinham um olhar furioso com suas grandes faces de pedra – sempre com raiva de uma coisa ou outra! Eu nunca consegui descobrir o motivo da raiva deles!.. clamando ao Senhor. enquanto você estava por perto. Sara: Eu me preocupo com ele. Sara: Certo. Ele sempre se saiu bem. Eu paro para pensar por quanto tempo Ele nos fez esperar por Isaque. agradecendo a Ele por nos permitir sermos seus filhos. Seus seguidores. é somente tensão. Nossos velhos deuses ficaram em profundo silêncio.

. então todas as nossas viagens para Canaã – ao longo de todo caminho. a mais fértil. Talvez isto faz parte da tarefa de ser mãe: observando Isaque brincar com outros meninos. a moradia em Haran. Abraão. a jornada para Haran. Ló sempre estava fazendo as escolhas erradas. Ele sempre teve pouca visão de futuro. Sara: E como você. eu me lembro de Ló. Abraão: (inocentemente) Uma escolha inteligente. E para onde foi que ele levou sua família? Sodoma. Abraão: É muito cedo para pensar nisto.Abraão: Porque você diz isto? Sara: Bem. ultimamente eu tenho pensado. olhando-o aprender. Abraão: O Senhor o tirou de lá.. Sara: Deus só me deu uma única chance! Eu quero criá-lo de maneira correta. quando havia tantas outras cidades! (sarcasticamente) Um lugar maravilhoso para se criar uma família. Deus sempre o tirou de situações difíceis. sem pensar ele escolheu a mais bonita. Sara: Uma escolha egoísta. cometer erros. Sara: É isto o que eu estou tentando dizer! Pense sobre isto: Em todo a caminhada pela Caldéia. Quando você ofereceu a ele sua chance de escolher uma terra para o seu povo. Fico pensando nas decisões que ele tomará quando for adulto. tomar duas decisões por conta própria. mesmo as mais insignificantes. Abraão : (assegurando) Você o fará. Ou as escolhas certas no momento errado. Abraão: Veja só como Deus é bom! .

Abraão: (introspectivamente. Sara. Não compartilhava. Sara : (insistentemente) Ele compartilhava da nossa fé? Abraão: (exasperado) Não.. Você está certa. com uma voz profunda a qual Sara não entende) Este dia chegará muito em breve. Nós temos que ensina a ele a amar ao Senhor. Ele deve compartilhar a nossa fé. não posso dizer que seja assim. Sara: Ele compartilhava da sua fé? Abraão: Ló compartilhava das nossas crenças – nosso culto ao único e verdadeiro Deus. O que você quer dizer com tudo isto? Sara: Quero dizer que não penso que um relacionamento com Deus seja transmitido pelo sangue.. Abraão: Porque você está tão preocupada com Ló. Abraão: Bem. Abraão: Você não acha que ele já compartilha? Sara: (balançando a cabeça) Ele ainda é uma criança. Eu estou preocupada com Isaque. Isto não acontecerá somente porque ele é seu filho. . Ele o segue porque ele o ama.Sara: Mas Deus salvou Ló por sua causa. Ele ainda não ama ao Senhor. Ló era seu parente e ele tinha um relacionamento totalmente diferente com o Senhor. assim de repente? Sara: Eu não estou preocupada com Ló.

Abraão: (com voz forte) Sara.. Abraão: Oh. Sara: Eu não o culpo. Sara: Você temeu pela sua vida! Você teve poucas opções.... somente pela bondade do coração dele. Sim. Sara: (afetuosamente) Oh. o meu marido sempre teve uma grande coragem. mas eu escolhi a opção que colocou minha esposa em perigo! Sara: Eu não estava em perigo. eu suponho. Bem. Ou Deus? Abraão: Bem. Abraão: Aquilo foi muito constrangedor. agora espere um minuto.. Abraão: Sara. É a minha coragem que me abandonou.. eu já disse a você para não mencionar este nome! Sara: Deus nos salvou do rei do Egito apesar de nós mesmos.Sara : (surpresa) Você parece estar contente com o fato de ainda não ter amanhecido. O que aconteceu com a sua fé? Abraão: Minha fé está intacta. havia o nosso amigo Sem-Usert. Abraão: Não. Eu me lembro.. Sem-Usert atendeu à voz de Deus que disse a ele para nos tratar melhor do que nós merecíamos. Sara: Coração de quem? Sem-Usert. ambos.. . (implicando com ele).

Sara: Aquele tempo foi difícil para mim. quando finalmente nos estabelecemos em Haran. Nós ainda continuamos a nossa caminhada. Abraão: Você sabe porque nós partimos. não é mesmo. Sara: O que é que você está achando tão engraçado? Abraão: (provocando) Oh. pois nos expulsou de lá! Abraão: Sim – e a nossa jornada continua. você estava obedecendo a vozes que ninguém mais ouvia. Sara: Você podia realmente culpá-los? Abraão: (após pensar pôr um instante) .. Abraão olha para Sara e dá uma gargalhada. e ela estava sempre reclamando. Bem. eu me lembro. Abraão: E não foi difícil também para nós outros? Sara: Foi difícil para eu deixar nossa casa e amigos em Ur. com certeza. Então.. Os pés dela estavam muito doloridos da viagem.. nós partimos novamente. reclamando. Para mim aquilo era. Abraão: Sim.Sara: Ele nos tratou melhor. Nossos vizinhos disseram que eu estava respondendo o chamado de um Deus tolo. eu me lembro de uma mulher jovem – há muitos anos atrás – que pensava de maneira diferente. Sara? Sara: Nós levamos uma boa vida.. era somente uma tolice. Sara: Abraão.

.. Abraão: Você pensa? Sara: (pausadamente.. Sara: (pensativamente) Talvez a fé possa ser compartilhada... Eu não consigo esquecer aquele olhar de animal assustado – quando você a mandou embora..A fé encontra-se no fundo do coração. Abraão: (estudando o rosto de Sara por um momento antes de falar) Você às vezes pensa em Hagar? Sara: (relutantemente) Eu. bem. Sara. e fomos para uma terra estranha – a procura de um destino desconhecido. Sara: (entusiasticamente) Como a liberdade. Nossos vizinhos somente viram que nós deixamos uma vida confortável em Haran. Como um cobertor em uma noite fria. A princípio ninguém mais pode enxergar. Abraão: Então ela deve odiar a mim.. Nós estávamos deixando o certo para perseguir o duvidoso. depois com certa tristeza) Eu às vezes penso se ela ainda me odeia. Onde eu consegui a minha. se não foi de você? Abraão: Eu suponho que a fé possa ser aprendida. (subitamente devagar) Ou o exílio.. Sara: (com um meio sorriso) .. Sara: E eu estava tão insegura quanto eles. Abraão: Mas a fé sempre tem certeza do seu destino. Como eles poderiam saber? A fé não pode ser compartilhada como..

(pensando) Bom não é nada. ajuntando seus pensamentos e recompondo seu humor.. E tradição pode ser mais poderosa do que qualquer promessa. Abraão: Não exatamente raiva. teria Deus encontrado outra maneira de providenciar o nascimento de Ismael? Isto foi falta de fé.. Sara: (argumentando) Mas eu fiz isto por causa da promessa Dele! Como poderia nascer uma criança se não houvesse uma união? Eu pensei. Eu a mandei embora porque eu a odiava. Mistérios que se aprendem com o tempo. . Abraão: (com força) Porque estamos sempre fazendo de Deus a nossa imagem? Porque colocamos nossas limitações sobre Ele? (energicamente) Ele é Deus! Ele envolve o universo com o Seu manto! Ele julga cidades inteiras e as destrói com Seu sopro quente... Talvez Deus tivesse outra esposa em mente para você – uma esposa que pudesse lhe dar esta herança. após uma longa pausa) Como nós saberemos qual é à vontade de Deus? Onde termina a nossa vontade e começa a vontade de Deus? E quando a nossa sabedoria se torna presunção? Abraão: (seriamente) Não tenho resposta para esta pergunta.Você a mandou embora porque o Senhor te ordenou (maldosamente). falta de paciência ou foi à sabedoria divina que me levou a realizar o propósito de Deus? Abraão: Você procurou fazer a vontade Dele? Ou você procurou uma criança a qualquer custo? Você procurou seguir a tradição ao invés de procurar Deus. Sara: Ela tinha o meu filho – e eu a odiava por isto! Abraão: Meu filho! Sara: Você vê? (Sara sai de perto de Abraão. Sara: (um pouco na defensiva) O que teria acontecido se eu não tivesse enviado Hagar até você? Se não fosse pela minha idéia... Sabedoria é somente.

(lembrando que foi testemunha da destruição de Sodoma) Eu vi a Sua ira. Você está falando em círculos. nós já éramos velhos quando Ele nos prometeu um filho.Ele não pode colocar uma criança em um útero estéril? (pausa) Onde está a necessidade da fé. E apesar de você ter duvidado e rido do absurdo da promessa Dele – Ele a cumpriu. Eu posso sentir uma. Não é escuridão. Seu calor me envolvem.. Abraão. (ardorosamente) eu vi a Sua ira contra Sodoma (olhos bastante abertos) horríveis labaredas de fogo. (seriamente. Às vezes eu sinto como se já tivesse vivido duas vidas. Consciente da Sua habilidade em providenciar tudo para cada necessidade minha. Ele não somente é capaz de providenciar tudo. Ele manteve Sua palavra... Abraão (deprimido): Estou cansado. cabisbaixo lidando com suas emoções) Não. (agitado) Eu vi a Sua ira... E se Ele fizer uma promessa – Esta promessa será cumprida. Sua compaixão. cochichando) Sombras. Nós seremos mais felizes quando aprendermos a confiar completamente no nosso Deus. (suavemente) Sara. (o que é. (sarcasticamente) Para ele. (pausa) Não. Mesmo além de Suas palavras para mim. alguma coisa – para fazer seus joelhos baterem... Velho e cansado. Sara: (perturbada pela súbita mudança de Abraão) Porque existe tanta escuridão em seu coração esta noite? Abraão: (longe de Sara. se Ele somente trabalhar no que já é esperado? Sara: Talvez nós estejamos esperando muito de Deus? Abraão: Não. mas anseia para que nós confiemos nele. Nós esperamos muito poucos. (subitamente falando devagar) E agora nós devemos fazer a nossa parte.. alguém – não. Ele nunca viu a complexidade do nosso Deus... (amedrontado. Eu não consigo entendê-lo esta noite. . (lutando para encontrar a palavra certa) complementação em relação a Ele.. eu estou. a ternura. A ira.(ponderando. o Senhor era somente uma nuvem de vapor indefinida.. (o que o fez lembrar-se de seu sobrinho. Ló) Como nosso Deus é complexo! Este sempre foi o problema de Ló. então?) Sombras. saíam de Sua boca! Totalmente consumida! Exterminada! Sara: (com um pouco de raiva) Você me assusta. enfaticamente) Ele nunca reconheceu as complexidades da personalidade de Deus: o amor. ajuntando sua evidência) Quando Ele fala comigo.

Oh. Que bem faziam os velhos deuses da Caldéia? Eles eram simplesmente objetos de um ritual vazio. Não havia dependência naqueles deuses. Bem. Sara. Eu ri da Sua promessa. E esta é a diferença entre “crença e fé”. sem exigências. Sobre o seu altar?! .frios e sem vida. porque Ele nos fez tão imperfeitos? Porque Ele nos escolheu para agir desta maneira? Abraão: (reconhecendo que esta foi uma longa noite) Nós não conseguimos conter Seu conhecimento.. depois de uma pausa) Porque Ele nos escolheu – você e eu? Porque Ele escolheu dois velhos e uma criança para estabelecer Seu reino aqui? E sendo assim. (concluindo o seu argumento) Você pode acreditar na existência de qualquer deus . (meditando) Um Deus se torna inútil se você não tiver confiança Nele. Os deuses somente ficavam assentados lá nos seus templos escuros . eles eram necessários. Nós temos sido tão estúpidos às vezes! Sara: (agora profundamente centrada em seus pensamentos..Sara: Deus está requerendo muito de você.. Abraão: (perdido em seus pensamentos) Eu também tenho visto Sua ternura e Seu perdão para conosco. Abraão: Tenho sido? Pelos padrões de quem? Eu tenho sido fiel ao Senhor assim como Ele tem sido para comigo? Sara: Nós temos sido somente humanos. (ficando novamente agitado) Mas o nosso Senhor. requer que nós confiemos totalmente Nele. porque os homens sempre tiveram seus deuses – eles sempre tiveram que acreditar em alguma coisa maior do que eles. mas (todos os seus pensamentos estão centralizados em Isaque e o seu sacrifício) você colocará tudo o que você é sob sua responsabilidade? (falando devagar. Abraão.. que é Deus acima de todos os deuses. Você se lembra dos velhos tempos na Caldeia? Eram os sacerdotes que exigiam – não eram os deuses. Eles querem acreditar em alguma conveniência – uma estátua de argila tola. (irritado) A maioria das pessoas é como Ló. E você tem sido fiel. (ironicamente) Sua paciência. como Ele tem paciência. Eles eram. que somente fica assentada lá – fria. a voz tremendo) Você colocaria seu bem mais precioso . apesar de tudo! Eu ri Dele.

E o sol que surge trás o seu calor. Visões de como será o futuro. esmagado pela súbita intensidade de suas emoções – e embaraçado pôr demonstrar fraqueza perto de Sara. Abraão pára no centro do palco. (estremecendo) Oh. (virando-se rapidamente.. Eu nunca a magoaria? . deprimido) Oh.. Sara: Vê o que acontece quando se passa a noite acordado? Eu nunca ouvi tanta conversa tola! (levando-o em direção à saída) Vou colocá-lo na cama e pedir aos empregados para deixá-lo dormir... soluçando. acalmando-o) Ssss. Eu queria. permanecendo de costas para Sara... Os dissabores de ontem ficaram para trás. Abraão: (com olhar cansado. (recompondo-se. Que.. sonhos e vozes. Abraão: (interrompendo a caminhada) Você sabe. Logo a luz surgirá.. Ele fica de pé... notando o aproximar da manhã (olhando em direção à platéia). Abraão agarra-se a ela) Oh Sara. pode um homem ser o começo de tanta coisa? Pode um homem suportar a responsabilidade de tantos? Sara: (carinhosamente. porque têm que existir tanta friagem pela manhã? (demonstrando estar um pouco fora de si) A noite se despede do fio.. eu queria que tivessem ficado para trás.Abraão termina sua fala longe de Sara. ele afirma) Você sabe que te amo? Sara: (com a confiança que adquiriu após tantos anos de casamento) Sim. olhando para sua esposa que está preocupada. Você cumpriu a sua responsabilidade... Sara o abraça. Abraão: Amanhece.Silêncios pavorosos. mais do que uma pergunta. Sara: (caminha em direção a Abraão) Abraão.. o que há de errado? Abraão: Oh.

Sara: Para onde vocês irão? Abraão: O Senhor... Sara: O quê? Abraão: Arrume alguma comida na mochila para nós. meu amor! Confie no Senhor.. toma Sara em seus braços. Abraão: (calmamente) Ele nunca disse que nós deveríamos entender. Ele somente disse para obedecer. Pediu. Sara: (suplicando) Mas eu não entendo. Sara: Nós? Abraão: (lutando para manter a compostura na frente de Sara) Vá e acorde seu filho.. Ele não falhará. (firmemente) Agora.Sara: (confusa) Você sempre me trouxe felicidade. Levarei Isaque comigo. vá. Agarre-se àquela fé a qual tem sido conosco por todos estes anos. Sara: Mas. Não desanime! (firmemente) Ele nos prometeu. (sabendo que alguma coisa estava acontecendo) Porque esta manhã te incomoda tanto? Abraão: (separando-se de Sara) Eu viajarei por alguns dias. Um sacrifício.. . porque você deve... dizendo mais para ele próprio do que para Sara) Oh. Abraão: (explodindo) Somente obedeça! (no mesmo instante arrependido por ter falado com ela desta maneira..

depois os dedos. coloca-o dentro de sua roupa e sai. Sara sai.Sara demora-se. Ela está preocupada. Ele o pega. segurando sua mão. Abraão dá um longo e último olhar ao seu redor. TEATRO EVANGÉLICO (A arte Teatral a Serviço do Mestre) . até não se tocar mais. mas está confiante em seu marido assim como ele está confiante no Senhor. mas então devagar se afasta de Abraão. então. olha para ele. Ele nota o objeto pertencente a Isaque o qual havia chamado sua atenção antes.

Related Interests