GUIA PRÁTICO

PARA IMPLANTAÇÃO
DE

INDICADORES

DE MANUTENÇÃO

ENGETELES – Engeharia de Manutenção
Consultoria e Treinamentos
Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01
Edifício Lê Quartier – Bloco A – Sala 1414
Brasília-DF CEP: 70701-000

(61) 3255-1325
www.engeteles.com.br

KPI’s – Key Performance Indicators Já existem inúmeros indicadores pré-estabelecidos para um acompanhamento eficaz das atividades da manutenção. que se tenha uma sistemática para coleta e tratativa dos dados. controlando melhor os custos da manutenção e realizando investimentos de maneira correta.com. Por exemplo: podemos usar uma ordem de serviço para coleta dos dados e uma planilha eletrônica ou software de manutenção para tratar esses dados e gerar os indicadores. Ação da Manutenção Coleta dos Dados e Documentação Tabulação e Tratativa dos Dados ENGETELES – Engeharia de Manutenção Consultoria e Treinamentos Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01 Edifício Lê Quartier – Bloco A – Sala 1414 Brasília-DF CEP: 70701-000 (61) 3255-1325 www. Sem os indicadores da manutenção.O controle da manutenção é feito através da criação e da gestão de indicadores. assim como em qualquer outra área de atuação. não apenas pelo custo real do ativo. que servirão como base para a tomada de decisões e desenho de estratégias. de forma em que os retornos venham em tempo hábil para manter o nível de competitividade no mercado.br Indicador . Mas lembre-se: é melhor ter poucos indicadores e acompanha-los bem! Os indicadores considerados como mais importantes. mas sim pelo poder de tomada de decisão que esses indicadores podem trazer.engeteles. são os indicadores referentes aos custos. Para a implantação de qualquer indicador. Os desafios são constantes no setor de manutenção. é necessário. fica impossível saber se as decisões tomadas são certas ou erradas. os gestores estão sempre focados em manter a competitividade da empresa.

De um modo geral.br . Consiste basicamente na comparação de resultados entre empresas e setores. 20% enquanto os percentuais de preditiva.com. De Manutenção / Melhorias 15% 10% 6% 5% 0% ENGETELES – Engeharia de Manutenção Consultoria e Treinamentos Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01 Edifício Lê Quartier – Bloco A – Sala 1414 Brasília-DF CEP: 70701-000 (61) 3255-1325 www. no máximo. inspeções e engenharia de manutenção crescem. Custo Anual da Manutenção sobre Faturamento 11% Empresa 1 19% Empresa 2 14% Empresa 3 9% Empresa 4 28% Empresa 5 19% Empresa 6 INDICADOR 2 – Distribuição de Atividades por Tipo de Manutenção Esse indicador revela qual o percentual da aplicação de cada tipo de manutenção está sendo desenvolvido. considera-se que a manutenção corretiva não planejada deve ficar restrita a. tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos a manutenção preventiva oscila entre 30 e 40% na média.Benchmarking É o processo de melhoria da performance pela contínua identificação. Nos países de primeiro mundo. O gráfico abaixo mostra um exemplo em uma determinada indústria: Distribuição de Atividades por Tipo de Manutenção 50% 44% 45% 40% 31% 35% Manutenção Corretiva 30% 25% 20% Manutenção Preditiva 19% Manutenção Preventiva Eng. ou não.engeteles.INDICADOR 1 . Veja abaixo um exemplo da utilização do Benchmarking para obtenção de dados sobre Custos Anuais de Manutenção. compreensão e adaptação de práticas e processos excelentes encontrados dentro e fora das organizações. Evidentemente o tipo de instalação ou equipamento pode determinar variações para mais ou menos nesses valores. sendo da mesma área de atuação.

com. ENGETELES – Engeharia de Manutenção Consultoria e Treinamentos Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01 Edifício Lê Quartier – Bloco A – Sala 1414 Brasília-DF CEP: 70701-000 (61) 3255-1325 www. Nos países do primeiro mundo considera-se que esse número deva estar sempre acima de 75%.engeteles. serão necessários para executar todos os serviços solicitados. O objetivo é que o cumprimento da programação seja de 100%. para aquela determinada força de trabalho. indica quantos homens hora ou quantos dias. A literatura internacional considera que o backlog não deve ser superior a 15 dias. mesmo que indiretamente. Além de medir como está andando o planejamento indica. a confiabilidade da instalação.INDICADOR 3 – BackLog O Back Log ou simplesmente a carga futura de trabalho. INDICADOR 4 – Cumprimento da Programação Outro aspecto importante ligado ao planejamento e coordenação dos serviços é a relação serviços programados – serviços executados.br .

Por exemplo. facilitando as ações. o MTBF será: MTBF . Os resultados ações de atuação da manutenção sobre equipamentos e instalações podem ser analisadas quase que em “tempo real” com o MTBF. as ações podem ser aplicadas de forma individual. o que é resultado de um bom trabalho quando se trata de MTBF. ENGETELES – Engeharia de Manutenção Consultoria e Treinamentos Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01 Edifício Lê Quartier – Bloco A – Sala 1414 Brasília-DF CEP: 70701-000 (61) 3255-1325 www.br . depois 450 horas. A forma mais eficiente de administrar esse indicador é aplica-lo a cada equipamento. Se durante um ano o equipamento operou 200 horas. Esse indicador consiste basicamente em medir o tempo médio entre uma falha e outra. Notamos que a tendência dos dados é crescente. podemos observar que o indicador de MTBF é aplicado ao acompanhamento mensal de um determinado equipamento de uma linha de produção.Envasadora de Líquidos .INDICADOR 5 – Tempo Médio Entre Falhas (MTBF) Podemos considerar que o MTBF (sigla em inglês para Mean Time Between Failures) é um dos indicadores mais importantes para o setor de manutenção. principalmente quando esse número é alto. dessa forma.Linha 02 ENVA-020102 1512 1600 1400 1200 1000 1023 1093 1133 1192 1232 1234 jun/15 jul/15 1288 1310 1322 1400 928 800 600 400 200 0 jan/15 fev/15 mar/15 abr/15 mai/15 ago/15 set/15 out/15 nov/15 dez/15 Observando o gráfico acima. depois 4000 horas e finalmente 1400 horas.com. Através dele podemos enxergar globalmente como a manutenção está sendo administrada de um modo geral.engeteles.

ENGETELES – Engeharia de Manutenção Consultoria e Treinamentos Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01 Edifício Lê Quartier – Bloco A – Sala 1414 Brasília-DF CEP: 70701-000 (61) 3255-1325 www. traçar uma estratégia para solução. e assim. O número de MTTR também compõe a equação para cálculo da disponibilidade. onde o foco seja a manutenção corretiva. porém. Esse indicador é muito usado para verificar a eficiência de trabalho de equipes que atendem chamados externo de manutenção. etc.com. Podemos medir de forma prática quanto tempo as equipes dedicam para a solução de problemas corriqueiros e repetitivos.INDICADOR 06 – Tempo Médio para Reparo (MTTR) Esse indicador é usado principalmente para analisar a eficiência dos trabalhos das equipes de manutenção corretiva. Ao contrário do MTBF. com capacidade de melhora. aumentar a quantidade de chamados atendidos.br . Onde a resolução rápida de um problema aumentará a capacidade do técnico atender mais clientes em um único dia. o objetivo principal do PCM é participar da garantia da DISPONIBILIDADE e CONFIABILIDADE dos ativos. com a finalidade de encontrar uma causa raiz do problema e assim. Mas podemos considerar que números acima de 80% já são bons padrões. Uma vez que tenhamos os valores do MTBF e do MTTR. outro indicador importante para as empresas. Por exemplo: Técnicos de TV e Internet. Mecânicos de Seguradora de veículos.engeteles. podemos calcular a disponibilidade que é dada pela seguinte relação: Padrões denominados “Classe Mundial” determinam que o valor da Disponibilidade Global dos equipamentos e Instalações devem ser maiores ou iguais a 90%. esse indicador pode ser usado de forma global (dividindo por setor ou área) e em intervalos de curto prazo. INDICADOR 07 – Disponibilidade O cálculo de disponibilidade de um equipamento ou instalação tem muito a dizer sobre os seus processos de manutenção e operação. Como vimos no início desse capítulo.

Problemas de Operação.br . O acompanhamento dos retrabalhos permite rastrear sua causa e corrigi-la. Problemas de Projeto.engeteles.INDICADOR 08 – Retrabalho Retrabalhos são repetições ocasionadas por problemas ligados às seguintes falhas: Mão de Obra. Desse modo. o que reforça a necessidade de se investir no treinamento e capacitação. nem a indisponibilidade do equipamento. O indicador de retrabalho deve ser tomado em relação ao total de serviços executados. Levantamentos levados a efeito no Brasil dão conta que a maior causa dos retrabalhos está relacionada a problemas de mão de obra. Material. outras maneiras de medir são: ENGETELES – Engeharia de Manutenção Consultoria e Treinamentos Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01 Edifício Lê Quartier – Bloco A – Sala 1414 Brasília-DF CEP: 70701-000 (61) 3255-1325 www. Essa forma de medir não leva em conta o porte do serviço.com.

representada pelo Tempo Médio entre Falhas (MTBF) e pela manutenibilidade. Determinada a causa principal de falhas. promovam a melhoria da confiabilidade de equipamentos e instalações. quanto mais confiáveis são os equipamentos.engeteles. A primeira é o acompanhamento de falhas repetidas (equipamentos crônicos) seguida da atuação adequada. representada pelo Tempo Médio para Reparo (MTTR). fornecedor ou fabricante etc. promove-se o seu bloqueio através dos métodos de análise de falhas existentes. Quanto maior a disponibilidade maior poderá ser a produção. maior será a certeza de produzir bens dentro das especificações. A melhoria da confiabilidade passa por uma série de ações que envolvem o projeto.INDICADOR 09 – Confiabilidade Os resultados operacionais são extremamente dependentes da eficácia da manutenção. Outro aspecto fundamental para a manutenção é o acompanhamento das perdas operacionais e quais as perdas originadas por problemas de manutenção. oriundas da manutenção. abordaremos somente as ações que. No entanto. em primeiro lugar. Normalmente este indicador é aplicado. aos equipamentos críticos ou classe A de uma planta ou unidade. Outra forma de promover o acompanhamento de itens que levam a uma baixa na confiabilidade da planta é proceder-se a estratificações aplicando gráfico de Pareto. compra. pode-se passar para os equipamentos B e assim por diante. manutenção. quais as causas que levaram aquelas falhas na classe de equipamento que mais falhou. A disponibilidade já citada no indicador 07 é função da confiabilidade. Por exemplo: Pelo histórico determinam-se quais os equipamentos que mais falharam Em seguida. especificação. ENGETELES – Engeharia de Manutenção Consultoria e Treinamentos Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01 Edifício Lê Quartier – Bloco A – Sala 1414 Brasília-DF CEP: 70701-000 (61) 3255-1325 www.br .com. Resolvida a situação dos equipamentos críticos.

br contato@engeteles. Fundador e Diretor de Engenharia da ENGETELES – Engenharia de Manutenção. químicas. Engenheiro Mecânico.Sobre o Autor Jhonata Teles atua há 10 anos na área de manutenção industrial.com/in/jhonatateles Todos os direitos Reservados: ENGETELES – Engenharia de Manutenção LTDA.br (61) 3255-1325 Siga-nos: ENGETELES – Engeharia de Manutenção Consultoria e Treinamentos Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01 Edifício Lê Quartier – Bloco A – Sala 1414 Brasília-DF CEP: 70701-000 (61) 3255-1325 www.com. cosméticas. graduando Eng. Setor Hoteleiro Norte – Quadra 01 – Edifício Lê Quartier Bloco A .linkedin.engeteles. É especialista em Lubrificação Industrial com certificações internacionais MLT-I e MLA-I pelo ICML – International Council Machinery Lubrication.Sala 1414 – Brasília – DF CEP: 70701-000 www. Analista de Vibração Nível II pela FUPAI.engeteles. mineradoras e metalúrgicas. cimenteiras. Técnico em Mecânica e Técnico em Eletrotécnica. https://br. trabalhou em industrias alimentícias. De Produção.com.br .com.