ESCOLA

Ano Lectivo de 1999 / 2000

Fenómenos fonéticos
A) Queda ou elisão
 Aférese – supressão de um fonema no princípio das palavras:
Apotheca > bodega;
Attonitu > tonto;
Inamorare > namorar;
Acume > gume;
Abibe > bibe;
Episcopu > bispo.
 Síncope – supressão de um fonema no interior das palavras:
Bonitate > bondade;
Generu (por genus, -eris) > genro;
Opera > obra;
Lepore > lebre;
Sedere > seer >ser;
Veritate > verdade.
 Apócope – supressão de um fonema no fim das palavras:
Crudele > cruel;
Mare > mar;
Debere > dever;
Cruce > cruz.

B) Adição de fonemas ou acrescentamento
 Prótese – acrescentamento de um fonema no princípio das
palavras:
Memorare > lembrar > alembrar;
Monstrare > mostrar > amostrar;
Calacare > calcar > acalcar;
Thunu > atum.

acrescentamento de um fonema no interior das palavras: Catena > cadea >cadeia. C) Alteração de fonemas  Dissimilação – é a modificação ou o desaparecimento de um fonema para evitar a presença de dois fonemas iguais na mesma palavra. Sinu > seo > seio. Nota: A vogal i acrescentada nestes exemplos serve para destruir o hiato (encontro de duas vogais que não formam ditongo). a contiguidade das vogais explica-se pela queda de uma consoante: Balista > beesta > besta. Por exemplo: raru > ralo. Semper > sempre. Tenere > teer > ter. Menistro em vez de ministro (na pronúncia corrente).  Contracção (crase) – aglutinação de duas vogais contíguas numa só. Primariu > primario > primeiro. Martyre > mártir > martire (martre – popular). Epêntese . Plenu > cheo > cheio. Varrerre > varrer. Anima > alma (para evitar as duas nasais – m e n). .  Metátese – transposição de um fonema na palavra ou na sílaba: Merulu > merlu > melro.acrescentamento de um fonema no fim das palavras: Amore > amor > amore (popular). Liliu > lírio.  Paragoge . Memorare > nembrar > lembrar (para evitar duas nasais – m e n). Trinitate > triindade >trindade. Sedere > seer > ser. Lege > lee > lei. Legere > leer >ler. Vena > vea > veia. Flore > flor > frol (arcaico).

ESCOLA SECUNDÁRIA MARQUESA DE ALORNA Disciplina: Português .B 10º Ano Turma: C Ano Lectivo de 1999 / 2000 Fenómenos fonéticos 1. Preencha o seguinte quadro de acordo com o exemplo dado: Aférese Ainda > inda (popular) Síncope Calidu > caldo Sic > si (<sim) Spiritu > espírito Humile > humilde Ante > antes Rotundu > rodondo >redondo Coviles > covies >covis Quattor > quatro Viride > verde Creo > creio Dat > dá Tenebras > trevas Animales > animaes Rostru > rosto Amat > ama Rivu > rio Vea > veia Stare > estar Fratre > frade .

Aférese Ainda > inda (popular) Síncope Calidu > caldo Apócope Sic > si (<sim) Prótese Spiritu > espírito Epêntese Humile > humilde Paragoge Ante > antes Dissimilação Rotundu > rodondo >redondo Contracção Coviles > covies >covis Metátese Quattor > quatro Síncope Viride > verde Epêntese Creo > creio Apócope Dat > dá Metátese Tenebras > trevas Síncope Animales > animaes > animais Dissimilação Rostru > rosto Apócope Amat > ama Síncope Rivu > rio Epêntese Vea > veia Prótese Stare > estar Dissimilação Fratre > frade .