FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS

CATÁLOGO INSTITUCIONAL DAS CONDIÇÕES DE OFERTA
DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

2016

Janeiro 2016

1

Apresentação
A divulgação do Catálogo Institucional das Condições de Oferta dos Cursos de Graduação é
uma forma de comunicar e tornar públicos, principalmente à comunidade acadêmica, dados
referentes a FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS. É vital que alunos e professores conheçam a
realidade institucional e tenham informações que os possibilitem desenvolver suas potencialidades.
A presente publicação retrata o conjunto de dados e informações dessa Instituição de
Educação Superior atualizadas em página eletrônica e demais espaços acadêmicos, conforme
determina a PORTARIA NORMATIVA Nº 40, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2007, do Ministério da
Educação, republicada em 29/12/2010.
Tais informações, de acordo com a legislação, são relativas aos dirigentes e coordenadores
de cursos e programas, titulação, qualificação e regime de trabalho do corpo docente, infraestrutura,
valores de cursos etc.
Com esses dados e informações tornam-se mais visíveis e claras as relações contratuais entre
a instituição, seus serviços oferecidos e seus alunos, para que haja sempre um bom e honesto
relacionamento entre as partes, obrigando-se, ambas as partes, ao uso dos seus direitos e
cumprimento dos seus deveres.
Esteja certo de que a melhor estrutura está preparada para que as atividades acadêmicas
possam ocorrer com qualidade.
Seja bem-vindo!

A DIREÇÃO

2

FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS
Sumário
I – ATOS AUTORIZATIVOS EXPEDIDOS PELO MEC E RESULTADOS OBTIDOS NAS ÚLTIMAS
AVALIAÇÕES DO INEP/MEC. ..................................................................................... 4
II – DIRIGENTES DA INSTITUIÇÃO E COORDENADORES DE CURSOS ............................ 5
IV – PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO E COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO,
REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. ................................................................. 6
V - EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR OU PROCESSO SELETIVO DO CURSO ....... 14
VI – VALOR CORRENTE DOS ENCARGOS FINANCEIROS A SEREM ASSUMIDOS PELOS
ALUNOS, INCLUINDO MENSALIDADES, TAXAS DE MATRÍCULAS E RESPECTIVOS REAJUSTES
E TODOS OS ÔNUS INCIDENTES SOBRE A ATIVIDADE EDUCACIONAL ....................... 15
VII – DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA QUANTO AO SEU ACERVO DE LIVROS E PERIÓDICOS
RELACIONADOS À ÁREA DO CURSO, POLÍTICA E ATUALIZAÇÃO E INFORMATIZAÇÃO, ÁREA
FÍSICA DISPONÍVEL E FORMAS DE ACESSO E UTILIZAÇÃO. ....................................... 18
VIII – DESCRIÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA DA IES E DESTINADA AOS CURSOS,
INCLUINDO EQUIPAMENTOS INSTALADOS, LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA E
ESPECÍFICOS, E REDES DE INFORMAÇÃO. ................................................................ 23
Anexo Matrizes Curriculares: .................................................................................. 45

3

I – ATOS AUTORIZATIVOS EXPEDIDOS PELO MEC E RESULTADOS OBTIDOS NAS ÚLTIMAS AVALIAÇÕES DO INEP/MEC.139 - 3 - 3 - FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS CURSO AUTORIZAÇÃO ADMINISTRAÇÃO Portaria nº 619 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Portaria nº 977 COMUNICAÇÃO SOCIAL Portaria nº 453 DIREITO Portaria nº 73/2011 EDUCAÇÃO FÍSICA Licenciatura Portaria nº 268 EDUCAÇÃO FÍSICA Bacharelado Portaria nº 267 EDUCAÇÃO FÍSICA – Bacharelado Portaria nº 459 ENFERMAGEM Portaria nº ENGENHARIA AMBIENTAL Portaria nº 1843 ENGENHARIA CIVIL Portaria nº RECONHECIMENTO/ RENOVAÇÃO DATA CONCEITO REFERENTE À ENADE ÚLTIMA VISITA CPC Portaria nº 704 12/12/2013 4 2012 2. Os atos autorizativos de cursos e da instituição. e os resultados dos indicadores de qualidade da IES/Cursos (IGC/CPC/ENADE) estão disponíveis para consulta pública no seguinte endereço eletrônico: http://emec. após processo regular de avaliação. em seu Art.br/ CI IGC ATO AUTORIZATIVO DA IES PORTARIA CREDENCIAMENTO RECREDENCIAMENTO Nº 1. periodicamente. define. que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. bem como o credenciamento de instituições de Educação Superior.17 11/11/2010 - - - 30/10/2015 - - - Portaria nº Portaria nº Portaria nº Portaria nº Portaria nº Portaria nº Portaria nº 821 Portaria nº Portaria nº 815 4 . terão prazos limitados.45 23/06/2008 - - - 02/06/2011 4 2016 - 27/03/2015 - - - 27/03/2015 - - - 25/06/2008 - - - 02/01/2015 2 2013 2.mec. 46: A autorização e o reconhecimento de cursos. sendo renovados. bem como os resultados das últimas avaliações in loco realizadas pelo INEP/MEC.89 29/11/2007 2 2014 2.394/96.gov. A Lei 9.

Bacharelado ANDRÉ FERNANDES DOS SANTOS ESPECIALISTA COMUNICAÇÃO SOCIAL DIREITO 5 .05 27/03/2015 - - - 03/06/2013 - - - - - 03/09/2013 - - - 27/11/2015 - - - 30/01/2015 - - - 25/07/2013 Portaria nº Portaria nº Portaria nº Portaria nº Portaria nº270 Portaria nº Portaria nº GESTÃO FINANCEIRA Portaria nº Portaria nº Portaria nº 427 Portaria nº NUTRIÇÃO Portaria nº 913 PSICOLOGIA Portaria nº 65 Portaria nº II – DIRIGENTES DA INSTITUIÇÃO E COORDENADORES DE CURSOS DIREÇÃO FUNÇÃO Diretor Coordenadora Acadêmica NOME Joell Oliveira Gomes Tatiane Mendes Barcellar COORDENAÇÃO CURSO NOME TITULAÇÃO ADMINISTRAÇÃO KLELIA RAQUEL ESPINDOLA RODRIGUES ESPECIALISTA CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ALLISSON JORGE SILVA ALMEIDA MESTRE PATRICIA DE FREITAS REIS VILELA RIBEIRO ESPECIALISTA EDUCAÇÃO FÍSICA .Licenciatura ANDRÉ FERNANDES DOS SANTOS ESPECIALISTA EDUCAÇÃO FÍSICA .Portaria nº ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO Portaria nº 331 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Portaria nº ENGENHARIA ELÉTRICA Portaria nº 108 ENGENHARIA MECÂNICA Portaria nº 1787 ENGENHARIA QUÍMICA Portaria nº 732 ESTÉTICA E COSMÉTICA Portaria nº 1040 FARMÁCIA Portaria nº FISIOTERAPIA Portaria nº 267 GESTÃO COMERCIAL Portaria nº 245 GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Portaria nº 04/02/2011 Portaria nº 328 - - - 1 2014 1.45 14/06/2011 - - - 28/10/2010 - - - 24/12/2013 - - - 23/12/2012 - - - 17/12/2012 2 2013 2.

não apenas. é refletir. o aluno e o professor. e foi implementado por meio do seu Núcleo Docente Estruturante (NDE). sobretudo. No que concerne ao primeiro considera-se que a aprendizagem é uma atividade mental. no Estado. mas que cabe ao professor conhecer os processos 6 . é raciocinar.pitagoras. para aquelas a quem eles servirão.br/docentes/ IV – PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO E COMPONENTES CURRICULARES. mas. SUA DURAÇÃO. a publicação em site da Instituição do Corpo Docente juntamente com a formação e a titulação. o Projeto Pedagógico do Curso foi pensado considerando a razão principal de sua existência: as pessoas. formado por representantes de seus corpos docente e discente. Encontra-se disponível no Portal Institucional a relação do Corpo Docente. Entende-se que o aluno é um sujeito ativo no processo ensino-aprendizagem. órgão que acompanha a sua consolidação. e que merecem usufruir das habilidades e competências projetadas e construídas. O processo se efetivou. que aprender é operar mentalmente. no País e no mundo. considerando três pontos: a aprendizagem. coletivamente. a importância dessa ciência para os profissionais que formará. em sintonia com o Colegiado do Curso. ao longo da formação dos seus egressos. é agir. e é mudar comportamentos. Dessa forma. REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO.EDUCAÇÃO FÍSICA – Bacharelado ANDRÉ FERNANDES DOS SANTOS ESPECIALISTA ENFERMAGEM EVELUCIA SOARES PINHEIRO CARIOCA ESPECIALISTA ENGENHARIA AMBIENTAL HELDER GONÇALVES COSTA ESPECIALISTA ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA DE CONTROLE AUTOMAÇÃO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GLAUBER TULIO FONSECA COELHO MESTRE EDILSON SOUSA MAIA ESPECIALISTA WESCLEY LUCIANO SOUSA DOS SANTOS ESPECIALISTA ENGENHARIA ELÉTRICA CATTERINA DAL BIANCO ESPECIALISTA ENGENHARIA MECÂNICA NOEL MENDES PEREIRA MESTRE ENGENHARIA QUÍMICA HELDER GONÇALVES COSTA ESPECIALISTA ESTÉTICA E COSMÉTICA JOSE DEYVID RODRIGUES MASSOLE ESPECIALISTA FARMÁCIA VANESSA ROMANO UCHOA DOS SANTOS MESTRE FISIOTERAPIA FERNANDA OLIVEIRA SOUSA ESPECIALISTA GESTÃO COMERCIAL JOSE DEYVID RODRIGUES MASSOLE ESPECIALISTA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS JOSE DEYVID RODRIGUES MASSOLE ESPECIALISTA GESTÃO FINANCEIRA JOSE DEYVID RODRIGUES MASSOLE ESPECIALISTA NUTRIÇÃO FERNANDA OLIVEIRA SOUSA ESPECIALISTA PSICOLOGIA JOSIMARY LIMA DA SILVA LULA ESPECIALISTA E III – RELAÇÃO DOS DOCENTES DA INSTITUIÇÃO. COM A RESPECTIVA FORMAÇÃO E TITULAÇÃO Em consonância com a alteração da LDB.168 de 06 de Outubro de 2015. solidamente. FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS entende que a elaboração do Projeto Pedagógico do Curso (PPC) deve expressar.com. Aquelas que estão no seu entorno. O PPC foi construído. através do link: http://www. estabelece a Lei de Nº13.

moderna. práticas e legislações. e por ser profissional de educação. canalizando-as para a área do cérebro humano responsável pela aprendizagem. busca possibilitar. Os conteúdos curriculares definidos estão em consonância com o que preconizam as Diretrizes Nacionais para Cursos de Graduação. os Referenciais Curriculares Nacionais para Cursos de Graduação e Licenciaturas e o Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia e. em uma análise sistêmica e global. que implica em interações com 7 . o currículo está organizado por um conjunto de disciplinas interligadas. de hábitos e de culturas. visando a. os destinos das pessoas e as políticas públicas que as influenciam. cabendo formar acadêmicos em conhecimentos. de revisão de paradigmas. os aspectos: atualização. às competências e habilidades. em última instância. críticos. criativos. capazes de propiciar o fortalecimento dos vínculos entre educação e sociedade. por meio de uma aprendizagem significativa. procedimentais e atitudinais). temas e conteúdos).neurocientíficos subjacentes. e compatível com as necessidades de profissionais. direcionar. Por fim. o PPC foi projetado para proporcionar aos alunos uma formação prática. às disciplinas (unidades curriculares. positivamente. competentes. reflexivos. éticos. o Projeto Pedagógico está aberto às inovações. atitudes. Todos os conteúdos de cada disciplina da estrutura curricular foram cadastrados no Sistema de Conteúdos (SISCON). de modo que todos sejam alvo de discussões. Nos discursos sobre educação parece sempre haver um consenso que a educação visa fundamentalmente à preparação para o exercício da cidadania. e capazes de oferecer os resultados esperados. valores. Os conteúdos curriculares foram agrupados em disciplinas que compõem a estrutura curricular do Curso. em que os conteúdos apoiam numa organização flexível. às atividades de aprendizagem. adequação das cargas horárias (em horas) e adequação da bibliografia. e ao processo de avaliação. Nesse sentido. FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS possui um consenso que não há mais espaço para concepção pedagógica tradicional. deve ser hábil mediador. às matrizes curriculares. num esforço de romper o caminho linear com foco em ensinar e aprender com significado. e formas de pensar em atuar na sociedade. realista. que exijam fazer reestruturações. que o mundo do trabalho precisa: pensantes. ética. cidadã. com qualidade. habilidades. de mudança de modelos mentais. ajustada às Diretrizes Curriculares do Curso. capaz de tornar significativas as informações. Cabe ao NDE cuidar para que esse documento se reflita como o produto de olhares atentos ao perfil do profissional. o desenvolvimento do perfil profissional do egresso considerando. às metodologias de ensino. aos conteúdos (conceituais.

segundo Ausubel (1982) “é indispensável para que haja uma aprendizagem significativa. Todas as ações ocorrem no sentido de romper com a perspectiva tradicional para a perspectiva construtivista. o KLS criou o conceito da aula modelo. mais atualizadas e condizentes com os perfis dos ingressantes e egressos na atualidade. baseada no conceito de Flipped Classroom. O procedimento metodológico para execução das aulas considerará o que determina o Kroton Learning System. tempestade cerebral. em um modelo em que professor e aluno interagem no processo de ensino-aprendizagem. etc. buscar formas criativas e estimuladoras de desafiar as estruturas conceituais dos alunos. ou sala de aula invertida. problematização. Para materializar a metodologia baseada em SR’s e SP’s. Promover a aprendizagem significativa é parte de um projeto educador libertador. no sentido de buscar formas de provocar instabilidade cognitiva. aulas expositivas dialogadas. Isso é feito por meio de planejamento. grupos de verbalização e grupo de observação. oficinas (workshops). ensejando que cada disciplina ofertada possibilite o desenvolvimento das habilidades e competências projetadas. Dessa forma. dentro do conceito de ensino baseado no conceito just in time. Dessa forma. visitas técnicas. seminários. na busca constante de todos os envolvidos na ação de conhecer. possibilitando que o egresso tenha o perfil que lhe garanta uma boa empregabilidade. metodologias de simulação. adotou-se uma metodologia de trabalho que considera o perfil do ingressante. a metodologia nasce do planejamento. Neste sentido a IES vem buscando estratégias de ensino-aprendizagem utilizando metodologias tais como: mapas conceituais. modelo que considera a sala de aula como um espaço de experimentação e de aprendizado dialógico. aulas práticas de laboratório. planejar uma aula significativa é a primeira etapa da metodologia a ser aplicada. quando se coloca o aluno um novo desafio. visando que as aprendizagens se tornem significativas. que propõe novas metodologias. reflete sobre eles e 8 . percepção das diferenças. pois significa. por meio da qual o aluno começa a aprender novos conteúdos e conceitos teóricos ANTES da aula. pois. dialógica e crítica.caminhos diversos. Para tal. baseando-se em SITUAÇÕES DA REALIDADE PROFISSIONAL (SRs) e SITUAÇÕES PROBLEMA (SPs) que instiguem reflexão e ação. estudo de caso. Isso é importante. em primeira análise. metodologias baseadas em projetos. aprendizagem baseada em problema. para que se reconstruam de forma mais ampliada. por meio de diferentes canais e procedimentos de ensino. tecnologias interativas de ensino. por isso a IES tem a convicção que é necessário insistir em um real processo de transformação da prática. que os alunos se prédisponham a aprender significativamente”. O principal papel na promoção de uma aprendizagem significativa é desafiar os conceitos já aprendidos.

campos de estágio. além de determinar as formas de aproveitamento. etc. e devem ser de natureza científica. Na pós-aula.começa a internalizá-los DURANTE aulas e os fixa ou se prepara para outras aprendizagens APÓS as mesmas. que se efetivam por meio de experiências ou vivências intra ou extracurriculares do discente. Elas privilegiam sua progressiva autonomia profissional e intelectual. acadêmica e profissional. trabalhos em grupo. A AULA presencial. social. habilidades e competências adquiridas fora do ambiente escolar. a Sala de Aula Invertida (Flipped Class). As aulas teóricas serão desenvolvidas de forma presencial ou interativa. o professor proporá a realização de tarefas com vistas à fixação da aprendizagem ou para motivar os alunos para novas aprendizagens. As AC têm como objetivo ampliar a formação e a vivência acadêmica dos alunos. com exposição dialogada.WA ou de livro digital. e conhecimentos. As aulas serão desenvolvidas nesta sequência: Introdução –Levantamento de ideias a partir do assunto que foi proposto na Pré_aula. favorecendo práticas de autoaprendizagem e autoestudo. ou recursos didáticos e audiovisuais. incentivar e motivar o aluno para a aprendizagem.LD a serem resolvidas em casa. iniciação científica e de estudos 9 . Desenvolvimento – Desencadeamento do tema e explicação dialógica do assunto pelo professor. fazer novos desafios ou despertar para novas aprendizagens. ampliando suas chances de sucesso no mercado de trabalho. em que são desenvolvidas atividades mediadas para resolver situações problemas. Conclusão – Nesta etapa o professor deve fazer uma síntese geral do assunto. Elas têm como objetivos flexibilizar. por meio de proposições via web aula. com projeção multimídia. diversificar e enriquecer a formação do acadêmico. discussão e problematização dos assuntos. Em outras palavras. extensão. As aulas práticas serão ministradas em laboratórios. e questionando os alunos para perceber como a aprendizagem está se processando. no prazo de integralização do curso. retomando os pontos mais importantes. utilizando-se programas de computador. clínicas. cultural. A PÓS-AULA se destina a fixar conteúdos. objetivando a construção de espaços potenciais de ensino-aprendizagem. durante o período em que frequenta o curso. São cumpridas pelo aluno regularmente matriculado. O Regulamento de Atividades Complementares. conhecimentos teórico-práticos por meio de atividades de pesquisa e extensão. envolve três momentos: A PRÉ-AULA tem por objetivos desafiar. Atividades Complementares As Atividades Complementares ao Ensino (AC) atendem ao Parecer n° 776/97. também englobam atividades de ensino. As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios.

relativos à área do curso. jornadas. monitoria em disciplina(s) específica(s) do curso. habitualmente. são as mesmas essenciais para a empregabilidade.Dirigidos/oficinas de aprendizagem. Atividades de INICIAÇÃO CIENTÍFICA – por meio de participação em programas de iniciação científica.626/2005 é obrigatória para as licenciaturas e o bacharelado em Fonoaudiologia e optativa para os demais cursos de graduação.Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. estimulando a autoaprendizagem. desenvolvem as competências e habilidades definidas pelo ENADE . apresentação de trabalhos em eventos científicos. por curso. trabalhos publicados na íntegra em periódicos da área. De modo geral.436/2002 e o Decreto nº 5. encontros. apresentam congruência com as áreas de atuação do egresso e com a legislação vigente. em uma determinada área ou subárea de conhecimento. resumos publicados em anais de eventos científicos. no que se refere à disciplina de Libras . para o cômputo da carga horária do curso e desenvolvimento das competências nela previstas. oportunizando a flexibilização do currículo por meio de um elenco de disciplinas à escolha dos alunos. devendo ser cursada com êxito pelos alunos. conforme determina a Lei nº 10. Aos alunos FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS. em anexo. A disciplina optativa prevista na matriz. são propostos estudos de temas que.cumpridas mediante aproveitamento de disciplinas afins cursadas em outros curso(s) da instituição. argumentar. mas também. cursos e/ou disciplinas realizados em outras instituições. diversificam. Disciplinas optativas Essas disciplinas têm como objetivo complementar a formação profissional. buscar novas informações e construir novos conhecimentos de maneira autônoma. Atividades de EXTENSÃO – mediante participação em seminários. congressos. a relação de disciplinas optativas. Disponibilizamos. não apenas. ESTUDOS DIRIGIDOS/OFICINAS DE APRENDIZAGEM – Visando a desenvolver as capacidades de refletir. A disciplina Libras. as Atividades Complementares podem ser cumpridas por meio de: Atividades de ENSINO . As disciplinas previstas no elenco de disciplinas optativas. Dessa maneira. poderá ser substituída por uma das disciplinas escolhida. a disciplina Optativa é parte integrante da Matriz Curricular. analisar. flexibilizam e enriquecem seus currículos. contribuindo para que o aluno inicie em uma diversificação de conteúdos e aprofundamento de estudos nas áreas atuação. cursos.Língua Brasileira de Sinais. Estágio Supervisionado 10 . palestras. avaliar. conferências. realização de estágios extracurriculares e execução de ações de extensão promovidas pela instituição. programas de extensão. cursos de atualização e similares. que. mas não previstas na matriz curricular do discente. sintetizar.

Parte-se do pressuposto que ao realizar o TCC. elaborar a fundamentação teórica. textuais e pós-textuais. resolução de problemas. devendo ser concebida como diagnóstica. os objetivos gerais e específicos. a documentação necessária que regulamenta os direitos e deveres do estagiário. relatórios. É disponibilizada ao estudante. considerando a verificação de competências. A elaboração do TCC deve observar exigências metodológicas específicas e seguir os critérios técnicos estabelecidos nas normas da ABNT sobre documentação. formular o problema. o aluno cursará os TCC1 e TCC2. Ele pode ou não ser obrigatório. por meio da coordenação competente. trabalhos individuais e em grupo. Cabe ao discente escolher o tema. Em termos gerais.O Estágio tem como objetivo proporcionar ao estudante experiências práticas que complementem o seu aprendizado. considerando aspectos qualitativos e quantitativos. O Estágio Obrigatório tem suas especificidades contempladas no Plano de Ensino. assim como todos os dispositivos legais federais e os fixados pelo Ministério da Educação. atendendo a um cronograma definido. Será desenvolvida por meio de métodos e instrumentos diversificados.788 de 25 de setembro de 2008. no penúltimo e último períodos. Deverá ainda priorizar os aspectos qualitativos sobre os quantitativos. O obrigatório é aquele que consta na matriz curricular e sua carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma. que respeita as determinações das Diretrizes Curriculares e do Projeto Pedagógico do Curso. a justificativa. escolher a metodologia. habilidades e atitudes. fichas de observação. Critérios de avaliação A avaliação. resultando em trabalhos que tenham cunho prático ou aplicado. contínua. Trabalho de Conclusão de Curso O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é uma oportunidade para o aluno integrar e aplicar conhecimentos adquiridos ao longo do curso. provas escritas. no que forem a eles aplicáveis. simulação. autoavaliação. tais como: execução de projetos. habilidades e atitudes necessárias ao bom desempenho da prática profissional. A avaliação do TCC é contínua e cumulativa. inclusiva e processual. e referenciar a bibliografia básica consultada. de forma a aperfeiçoar o seu processo de formação profissional e humana. os alunos já se familiarizaram com os princípios dos métodos de pesquisa científica e com os formatos usuais das pesquisas de cunho acadêmico. conforme previsto matriz curricular do curso. focalizando a aquisição de competências. como parte integrante do processo de ensino-aprendizagem. seminários 11 . elaborar o cronograma de realização do trabalho. em relação aos elementos pré-textuais. de acordo com as disposições legais da Lei 11. terá caráter formativo. Já o não obrigatório é desenvolvido como atividade opcional.

e outros em que possam ser observadas as atitudes e os conhecimentos construídos/adquiridos pelo aluno. Frequência a. 7. A aprovação em disciplina do curso exigirá que o aluno obtenha. será de 0 (zero) a 10 (dez). 2. bem como os estudos posteriores necessários para atingi-las. 8. a valoração das avaliações. Será obrigatória a realização de uma avaliação oficial escrita. A avaliação escolar do curso será feita por disciplinas e incidirá sobre a frequência e o rendimento escolar. habilidades e atitudes. Em qualquer circunstância. 3. sendo considerado aprovado o acadêmico que obtiver nota igual ou superior a 7. O processo de avaliação se traduzirá em um conjunto de procedimentos aplicados de forma progressiva e somativa. no mínimo. pelo acadêmico. O acompanhamento e a observação do professor e dos resultados dos instrumentos de avaliação e autoavaliação aplicados explicitarão a aquisição das competências. As médias dos 1o e 2o bimestres serão compostas por avaliações bimestrais cumulativas e de avaliações parciais. 6. objetivando a aferição da apreensão. 75% (setenta e cinco por cento) de presença às atividades desenvolvidas. sejam elas oficiais ou parciais.0(sete). mediante acompanhamento contínuo do acadêmico e dos resultados por ele obtidos nas avaliações. cabendo o registro ao professor que a lecionará. permitida somente aos alunos nele matriculados. As notas obtidas na avaliação de primeiro e segundo bimestres comporão média aritmética. As avaliações oficiais terão suas datas de realização fixadas no Calendário Escolar da IES. sendo vedada sua alteração. Competirá ao professor elaborar a avaliação sob a forma de prova. Dados Específicos dos cursos: Tempo de integralização 12 . dos conhecimentos e das habilidades previstas no plano de ensino de cada disciplina. entregando-os à Secretaria Acadêmica da IES no prazo fixado no calendário escolar da unidade. A frequência às atividades do curso será obrigatória na forma da lei. O processo avaliativo do rendimento acadêmico do curso é regido pelas disposições gerais fixadas pelo Regimento da IES. 4. tendo as seguintes premissas e orientações: Premissas gerais 1. bem como determinar trabalhos e julgar-lhes os resultados. b. 5.

Curso ADMINISTRAÇÂ O CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL DIREITO EDUCAÇÃO FÍSICA Licenciatura EDUCAÇÃO FÍSICA Bacharelado EDUCAÇÃO FÍSICA – Bacharelado ENFERMAGEM ENGENHARIA AMBIENTAL ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ENGENHARIA ELÉTRICA ENGENHARIA MECÂNICA ENGENHARIA QUÍMICA ESTÉTICA E COSMÉTICA FARMÁCIA FISIOTERAPIA GESTÃO COMERCIAL GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS GESTÃO FINANCEIRA NUTRIÇÃO PSICOLOGIA Tempo mínimo de integralização Tempo máximo de integralização Modalidade do Curso Carga Horária total 8 semestres 12 semestres Presencial 3000 horas 8 semestres 12 semestres Presencial 3000 horas - -- - - 10 semestres 14 semestres Presencial 3700 horas 6 semestres 10 semestres Presencial 2800 horas 8 semestres 12 semestres Presencial 3200 horas 8 semestres 12 semestres Presencial 3200 horas 10 semestres 14 semestres Presencial 4000 horas 10 semestres 14 semestres Presencial 3900 horas 10 semetres 14 semestres Presencial 3900 horas 10 semestres 14 semestres Presencial 3900 horas 10 semestres 14 semestres Presencial 3900 horas 10 Semestres 14 semestres Presencial 3900 horas 10 semestres 14 semestres Presencial 3900 horas 10 semestres 14 semestres Presencial 3900 horas 6 semestres 10 semestres Presencial 2540 horas 10 semestres 10 semestres 14 semestres 14 semestres Presencial Presencial 4000 horas 4000 horas 4 semestres 8 semestres Presencial 1620 horas 4 semestres 8 semestres Presencial 1680 horas 4 semestres 8 semestres Presencial 1620 horas 8 semestres 10 semestres 12 semestres 14 semestres Presencial Presencial 3200 horas 4060 horas 13 .

Transferência Externa Indicada para alunos regularmente matriculados. Após os exames formais de seleção. pelo que determina o Art. pelo Parecer CNE/CP nº 95/98 e. Reaproveitamento de Curso Esta é uma forma de ingresso em que o candidato portador de diploma de nível superior. caso haja vaga. sobretudo. 4. Concurso Vestibular Visando a selecionar candidatos. semestralmente a FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS oferece Concursos Vestibulares. tais como aquelas definidas e avaliadas pelo Enem. Dessa forma. ou com matrícula trancada em outra IES. Caso o número de vagas seja inferior ao número de candidatos será realizado um processo seletivo específico. abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente e tenham sido classificados em processo seletivo.Exame Nacional de Ensino Médio. em um processo que está condicionado à existência de vagas no curso pretendido.de graduação. o candidato pode agendar e se submeter a um exame simplificado. ou que estejam em processo de conclusão até o início das atividades letivas. Prouni 14 . As condições para submissão aos exames de seleção são que os candidatos tenham concluído o Ensino Médio ou equivalente. em seu inciso II: Art. devidamente reconhecido. 44º. cujas questões buscam mensurar no candidato o seu domínio das competências e habilidades.com. solicita isenção do vestibular para ocupar uma vaga nos cursos da FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS. Este processo está condicionado à existência de vaga no curso pretendido. Uma vez aprovado no exame simplificado. os alunos podem ingressar nos cursos por meio de quatro formas distintas: 1 .. 44 da LDB.br/ 2.. cujo curso seja devidamente autorizado ou reconhecido pelo MEC. o candidato poderá ter acesso ao curso. A educação superior abrangerá os seguintes cursos e programas: [. Eles podem solicitar Transferência Externa. O aluno poderá acessar pelo link http://www. Caso o número de candidatos seja superior ao número de vagas.Constam no anexo as matrizes dos cursos vigentes na FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS V .] II .EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR OU PROCESSO SELETIVO DO CURSO O ingresso na FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS é disciplinado pela Constituição Federal. 3.vestibularja. o candidato será submetido a um processo seletivo específico. que busca avaliar uma produção textual argumentativa.

00 R$ 17. Enem Considerando que o Exame Nacional de Ensino Médio .Certidão de Estudos 2ª Via .00 Observação - R$ 17. conforme os serviços solicitados nos requerimentos: Serviços Gerais 2 Via .00 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Atestado de Conclusão - Atestado de Estágio - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Atestado de Frequência - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Atestado de Frequencia .00 R$ 17. TAXAS DE MATRÍCULAS E RESPECTIVOS REAJUSTES E TODOS OS ÔNUS INCIDENTES SOBRE A ATIVIDADE EDUCACIONAL Ficam fixados os seguintes valores pecuniários para as taxas a serem pagas pelos alunos.Atestado de Matricula 2ª Via .Critérios de Avaliação 2 Via .Declaração de Matricula em Disciplina Isolada 2º via Contrato 2º Via de Cartão Universitário 2º Via de Diploma Valor R$ 5.Certificado de Conclusão de Curso 2ª Via .Atestado Sub Judice 2ª Via .00 R$ 132.Atestado de Conclusão 2ª Via . o candidato pode optar por ingressar na Instituição.Atestado de Frequencia 2ª Via .00 - R$ 0.00 R$ 17.Atestado de Frequência . é possível o ingresso de alunos de baixa renda em instituições particulares credenciadas pelo Ministério da Educação com bolsas integrais ou parciais. INCLUINDO MENSALIDADES. de acordo com os critérios estabelecidos pelo MEC. 5.Por meio do Programa Universidade Para Todos (Prouni) do Governo Federal.00 R$ 300.00 R$ 30.Boletim 2ª Via .Atestado de Trancamento 2ª Via .Histórico Escolar 2ª Via .00 R$ 35.00 R$ 35.00 R$ 17. utilizando suas notas obtidas nesse exame.Períodos Anteriores 2ª Via .00 R$ 17. VI – VALOR CORRENTE DOS ENCARGOS FINANCEIROS A SEREM ASSUMIDOS PELOS ALUNOS.Enem avalia competências e habilidades inerentes a esse nível de ensino.00 - R$ 10.00 R$ 15.00 - R$ 17.Atestado de Vínculo 2ª Via .Períodos Anteriores - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada 15 .

00 Sem custo 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada - 16 .Atestado Andamento - Exame de Proficiência Extrato Financeiro R$ 194.Atestado de Matrícula - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Atestado de Matricula em Disciplinas Isoladas - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Atestado de Previsão de Conclusão - Atestado de Subjudice - Atestado de Trancado - Atestado de Vestibular - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Atestado de Vínculo - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Atualização Cadastral - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Boletim - Calendário de Provas no Período Cancelamento de Desistência Cancelamento de Matrícula Cancelamento de Trancamento Cancelamento de Transferência Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Certidão de Estudos - Certificado de Conclusão de Curso - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Certificado de Eventos diversos - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Colação de Grau Especial - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Critérios de Avaliação - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Declaração de Matricula em Disciplinas Isoladas - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Declaração de Reconhecimento ou Autorização de Curso - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Declaração para OAB - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Diploma - 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada Diploma .

individual Programa de Disciplina .00 17 .00 1247.Bacharelado EDUCAÇÃO FÍSICA – Bacharelado ENFERMAGEM ENFERMAGEM Turno/Semestre Valor da Mensalidade Matutino Matutino Noturno MATUTINO NOTURNO MATUTINO NOTURNO MATUTINO NOTURNO MATUTINO NOTURNO 610.50 1085.Alunos Matrícula EVENTOS .50 1622. Curso ADMINISTRAÇÂO CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL DIREITO DIREITO EDUCAÇÃO FÍSICA .00 1110.00 - - Matrícula Análise Curricular Matrícula Classificados Vestibular Anterior Matrícula Disciplinas Isoladas Matrícula EVENTOS .00 1335.00 - R$ 108.Gerar Senhas Programa de Disciplina .50 997.Histórico Escolar Sem custo 1ª solicitação dentro do semestre não é cobrada - Sem custo - Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo Sem custo R$ 5.00 997.completo (pacote por curso) Prorrogação de Trancamento Revisão de Prova com Banca de Professor Segunda Via de Carne Troca de Turma MATRÍCULA INICIAL JANEIRO/2016.00 - Sem custo R$ 80.Rematrícula MATRÍCULA ON-LINE Matrícula PRONATEC Matrícula PROUNI Matrícula Retorno Trancado Matrícula Transferidos/Certidão Estudos Matrícula Vestibular Negociação Acerto Planilha Escolar Portal Aluno .00 Sem custo R$ 50. PARA A FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS.00 1335.50 1597.50 1060.Novos Alunos Matrícula IDIOMAS .Licenciatura EDUCAÇÃO FÍSICA .Licenciatura EDUCAÇÃO FÍSICA .Terceiros Matrícula Express Matrícula Graduados (OBNT) Matrícula IDIOMAS .

50 1460.50 1110. O Sistema de Bibliotecas da IES.50 1460. POLÍTICA E ATUALIZAÇÃO E INFORMATIZAÇÃO.50 1622.00 VII – DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA QUANTO AO SEU ACERVO DE LIVROS E PERIÓDICOS RELACIONADOS À ÁREA DO CURSO.00 585.00 585.00 1410. espaços físicos adequados.00 1022. é formado pelo acervo bibliográfico presencial e virtual. e contam com recursos tecnológicos. pesquisa e extensão.00 1360.50 1735.50 572.00 1697.ENGENHARIA AMBIENTAL ENGENHARIA AMBIENTAL ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ENGENHARIA ELÉTRICA ENGENHARIA MECÂNICA ENGENHARIA MECÂNICA ENGENHARIA QUÍMICA ENGENHARIA QUÍMICA ESTÉTICA E COSMÉTICA ESTÉTICA E COSMÉTICA FARMÁCIA FARMÁCIA FISIOTERAPIA FISIOTERAPIA FISIOTERAPIA GESTÃO COMERCIAL GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS GESTÃO FINANCEIRA NUTRIÇÃO NUTRIÇÃO NUTRIÇÃO PSICOLOGIA PSICOLOGIA PSICOLOGIA MATUTINO NOTURNO MATUTINO VESPERTINO NOTURNO MATUTINO NOTURNO MATUTINO NOTURNO NOTURNO MATUTINO MATUTINO MATUTINO NOTURNO MATUTINO NOTURNO MATUTINO NOTURNO MATUTINO VESPERTINO NOTURNO NOTURNO MATUTINO NOTURNO NOTURNO MATUTINO VESPERTINO NOTURNO MATUTINO VESPERTINO NOTURNO 1460.00 1122.00 1247. unidade de apoio ao ensino.00 1060.50 1360.00 1260.00 735. ÁREA FÍSICA DISPONÍVEL E FORMAS DE ACESSO E UTILIZAÇÃO.50 1622.00 1060.00 1372.50 572.50 1260.00 1497.00 1060.50 1060. 18 . Com base neste novo cenário educacional a FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS vem buscando novas abordagens e modelos na prestação de serviços e ofertas de produtos.00 1272.00 535.00 1322. serviços e produtos.50 1760.

e. provocando na Instituição um “repensar nossas ações“. oportunidades iguais de acesso às fontes de informação. Outras indicações podem ser feitas no decorrer do Curso. bibliotecários de unidade. São analisados e indicados títulos de abrangência temática. bem como a maneira em que os nossos serviços serão prestados no futuro. obedecendo à Política de Aquisição. No catálogo online também é possível realizar reservas e renovação de empréstimos.Nas bibliotecas. mediante necessidade e adequação. Expansão e Atualização do Acervo Bibliográfico. Quadro 1 – Acervo Geral das Bibliotecas ÁREA DO CONHECIMENTO CNPQ Todas as Áreas do Conhecimento TOTAL QTD. Com as novas tecnologias e ferramentas de comunicação. O preparo físico dos livros é feito pela aplicação da identificação patrimonial (número de tombo) e de etiquetas contendo o número de chamada na lombada do livro e as informações de aquisição do produto. possibilitando a recuperação da informação pelo computador ou celular conectado à internet. Para isto. Todas as aquisições da biblioteca estão documentadas por notas fiscais e/ou termos de doações (originais ou cópias autenticadas disponíveis na unidade). ou documento válido em território nacional. distribuídos entre as principais áreas do curso. permitindo a possibilidade de buscas por meio da consulta simples e avançada. permitindo o controle através da carteira de identidade estudantil. que possui acesso pelo portal da IES. Acervo O acervo da biblioteca está disponível no catálogo online. O processamento técnico do acervo é feito de acordo com padrões bibliográficos. coordenadores e professores da unidade. A Biblioteca possui o serviço de alerta que informa a disponibilidade do material reservado. A atualização do acervo é feita através de um trabalho conjunto entre os bibliotecários regionais. EXEMPLARES 15.118 15. o ponto de referência é o Projeto Pedagógico. estamos buscando caminhos inovadores e criativos para apoiar a aprendizagem à distância e presencial.118 19 . a FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS tem como meta ofertar produtos e serviços à comunidade acadêmica. adotando as regras de catalogação Anglo-Americano (AACR2) e o sistema padrão de classificação bibliográfica: Classificação Decimal Dewey (CDD) ou Classificação Decimal Universal (CDU). Este trabalho é realizado no início de cada semestre. Os títulos são adquiridos a partir da implantação do Curso nas unidades e são renovados semestralmente. O sistema de circulação é automatizado. em função das bibliografias adotadas nos Planos de Ensino. principalmente oferecer aos estudantes de ambas as modalidades. DE TÍTULOS 6347 6347 QTD.

e-books. parâmetros. auxilia na aprendizagem. E-Book Quadro 2 – E-Books Cengage e-books Minha Biblioteca Títulos de e-books Pearson Títulos de e-books Quantidade 260 Quantidade 6. Esta ferramenta é composta por bases de dados. é atualizada e inserida diariamente. ofertando a seus usuários acesso simultâneo. um total aproximado de 15. Desta forma. ainda. a Biblioteca Virtual da Nome IES disponibiliza a seus alunos. que boa parte da bibliografia complementar dos alunos da modalidade à distância também se encontra disponível na Biblioteca Virtual da Nome IES. Destacamos. periódicos de acesso livre. amplia a coleção bibliográfica do acervo de forma significativa e diária. monografias. unidades organizacionais (cursos). permite o acesso simultâneo de vários usuários. Biblioteca Virtual A Biblioteca virtual é um espaço que facilita o acesso à informação científica e cultural. Atualmente. disponível na Biblioteca Virtual. relatórios e consulta ao catálogo online. Fale Conosco e inclusive orientações quanto a acesso as bases de dados e orientações na elaboração de Trabalhos de Conclusão de Curso com base na Associação Brasileira de Normas Técnicas .Automação de Acervo O acervo do Sistema de Bibliotecas é totalmente informatizado pelo sistema Pergamum. nas diversas áreas de conhecimento oferecidas pela Instituição. Regulamento. catalogação. artigos e links de órgãos institucionais. no que diz respeito ao processamento técnico.108 títulos de periódicos científicos. usuários. É referencial de pesquisa nas diversas áreas do conhecimento.000 Quantidade 3. com acesso livre e de forma remota. professores e colaboradores de forma geral. já que promove a difusão intelectual. aquisição. além de levar comodidade aos alunos e eliminar barreiras de espaço e tempo.ABNT. teses. A bibliografia complementar do EAD. trabalhos de circulação de materiais. de forma remota através de qualquer dispositivo móvel.000 Periódicos Científicos Eletrônicos Quadro 3 – Periódicos Eletrônicos da Base EBSCO Tabela das áreas do conhecimento cnpq Ciências Exatas e da Terra Ciências da Saúde Quantidade estrangeira 6166 2880 Quantidade nacional 106 29 20 .

000 27 Quantidade 190.Informação Objetiva .118 19.581 7. coordenadores e professores. a Instituição se preocupa em proporcionar aos mesmos.111 50. Quadro 5 – Periódicos Eletrônicos Outras Bases Jornais Press Reader Jornais .000 97. os principais jornais de circulação nacional e internacional. especialmente algumas direcionadas aos cursos em funcionamento na Unidade.Títulos Estrangeiros Jornais . Os Planos de Ensino das 21 .326 9. Expansão e Atualização do Acervo Bibliográfico A atualização do acervo é feita por meio de um trabalho conjunto dos bibliotecários em articulação com os colegiados de curso.Informação Objetiva Legislação Procedimento Notícia IOB .Títulos Nacionais Revistas Total Quantidade 2677 1748 4425 Política de Aquisição.000 42. privilegiando as escolhas em âmbito nacional e regionais.821.693 Revista dos Tribunais Doutrinas Jurisprudência Súmulas Legislação Revistas IOB . Como é disponível na Biblioteca Virtual a Base Press Reader que passa por reavaliação anualmente.997 Jornais e Revistas Eletrônicas Com a finalidade de manter nossos alunos e professores atualizados em relação ao mercado de forma geral.209 352 11.241 30.Revista Síntese Legislação Jurisprudência Doutrina Práticas Processuais Súmulas 79 31 25 16 15 85 2 388 Quantidade 30. Letras e Artes Ciências Biológicas Ciências Agrárias Multidisciplinares TOTAL 2600 990 437 578 250 643 149 14.420 Quantidade 222.Ciências Sociais Aplicadas Ciências Humanas Engenharias Lingüística.

disciplinas (bibliografias básica e complementar) são o ponto de referência fundamental para tal atualização.  Serviço de comutação bibliográfica. são disponibilizadas matérias multimídias que agregam títulos técnicos e também filmes temáticos. pois esses fornecem indicações sobre materiais que são procurados pelos usuários.  Acesso a serviço de cópias de documentos da instituição.  Consulta local. Modelo de Aquisição Sob Demanda Este trabalho é feito no início de cada ano letivo.  Apoio aos Alunos quanto à normalização de trabalhos acadêmicos. Em ambos os casos. as quais são utilizadas em exercícios pedagógicos com os alunos. no decorrer deste. a Biblioteca apresenta um plano de evolução para o crescimento de acervo. mas inexistentes em uma determinada unidade. professores e alunos. 22 .  Renovação local e online. organizadas e distribuídas conforme procedimento estabelecido. mas. desde clássicos do cinema até obras contemporâneas.  Ponto adicional para devolução de obras. o processo de aquisição obedece às mesmas normas adotadas para a compra de obras do modelo de aquisição sob demanda. sendo que este processo constitui a base do modelo de aquisição sob demanda. Também são fontes de sugestões de aquisições: o serviço de atendimento ao público e empréstimo entre bibliotecas. respeitada a programação orçamentária para esse fim. No planejamento pré-estabelecido para a vigência do Plano de Desenvolvimento Institucional. Além disso.  Serviço de referência. com a aquisição de grande número de títulos e periódicos. sendo que as obras são adquiridas de acordo com a necessidade de atualização das áreas. e-books e jornais. Serviços Disponíveis:  Empréstimo domiciliar.  Serviços específicos ao deficiente visual. outras sugestões podem ser feitas pelos coordenadores. Instrumento de formação cultural Outra função da Política de Aquisição e Atualização do Acervo Bibliográfico é a formação cultural. os quais possam oferecer informações diárias com a melhor qualidade. A organização das sugestões contribui para que seja adquirido material necessário e de acordo com a disponibilidade de recursos financeiros.  Reserva local e online. Essas sugestões são reunidas.

 Catalogação na fonte de Trabalhos de Conclusão de Curso. e digitais/virtuais (ex:Internet e derivações). Sempre que necessário as salas são equipadas com microfones e caixas auto-falante.pedagógicas e também para atendimento ao público em geral. conservação. VIII – DESCRIÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA DA IES E DESTINADA AOS CURSOS. mediante sistema de reservas. Visita orientada. acústica. Horário de funcionamento O horário funcionamento das bibliotecas da IES busca atender toda a necessidade da comunidade acadêmica. além de mídias impressas (ex: Guias de estudos). com eficiência e qualidade. A IES conta com instalações para docentes da graduação e professores em regime de tempo integral. E REDES DE INFORMAÇÃO. 23 . conservação e comodidade necessárias às atividades propostas. O mobiliário das salas de aula é adequado. plenamente equipadas ao seu adequado funcionamento. Todas as salas estão equipadas com aparelhos retroprojetores e.  Empréstimo entre Bibliotecas (EEB). Acesso dos alunos a equipamentos de informática As disciplinas que envolvem o uso de computadores utilizarão os laboratórios de informática. INCLUINDO EQUIPAMENTOS INSTALADOS. As salas de aula disponíveis para os cursos e demais instalações administrativas são equipadas adequadamente e atendem as finalidades e os quesitos de limpeza. acústica. bem como para os docentes integrantes do Núcleo Docente Estruturante. atende aos requisitos de dimensão. INFRA-ESTRUTURA FÍSICA E ACADÊMICA As instalações destinadas aos cursos atendem ao propósito de promover a formação em nível superior. Essas salas estão equipadas com computadores conectados à internet e ao serviço de impressão. Salas de aula A IES possui salas de aula bem distribuídas. Os equipamentos de áudio visual atendem as necessidades dos cursos. limpeza. A instituição conta também com instalações adequadas para pleno desenvolvimento das atividades administrativas . ventilação. microfones. todas contam com tela de exibição de imagens. dentro dos padrões de exigência para desenvolvimento dos trabalhos acadêmicos. adequando-se a realidade de cada Unidade da IES. caixa de som e aparelhos de Data Show podem ser facilmente instalados nas salas. iluminação. ventilação. LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA E ESPECÍFICOS. iluminação.

Se esta atualização não for suficiente para as necessidades das evoluções dos softwares utilizados nas práticas acadêmicas. Caso a utilização seja esporádica. todos os laboratórios da instituição poderão ser utilizados por todos os cursos. Fazer a manutenção geral dos equipamentos e recursos de informática. Quando os computadores não atenderem mais às necessidades administrativas. novos computadores serão adquiridos e os computadores removidos dos laboratórios serão distribuídos para atividades administrativas que requeiram baixa capacidade de processamento. visando atender modernizações.Laboratórios de informática e Laboratórios específicos A princípio. exceto os laboratórios da área de saúde onde é elaborada grade de organização para todo o semestre. os mesmos serão vendidos para empresas especializadas na destinação deste tipo de equipamento. A Sala de Apoio apresentada é utilizada pelos técnicos que trabalham na Faculdade. o professor pode solicitar reservas através do endereço eletrônico do setor de informática. em acordo com a Norma Brasileira de Acessibilidade. Prestar apoio aos alunos e professores no uso dos recursos de informática. NBR 5090. Os professores também têm apoio do setor de informática para instalações das ferramentas de software necessárias ao desenvolvimento das disciplinas. e também onde se localizam os servidores locais. disco rígido e processador atendem às necessidades de uso nos laboratórios. Estes técnicos são responsáveis por garantir o bom uso e funcionamento da estrutura de Laboratórios da Instituição. A Instituição. Os equipamentos de informática de uso acadêmico da Faculdade serão atualizados a cada dois anos. instalações sanitárias adaptadas e elevadores. modificações nos planos de aula ou criação de novos laboratórios. desde que a prioridade para os cursos específicos aos quais eles são dedicados seja mantida e a utilização seja justificada pelo Plano de Ensino e Aprendizagem da disciplina. 24 . As aquisições de equipamentos e materiais de Laboratórios Gerais seguem os seguintes procedimentos: Os materiais de consumo são adquiridos sempre no sentido de atender as necessidades de reposição. As disciplinas com atividades práticas possuem reserva automática de laboratório em todas as aulas. Neste caso. mantendo o estoque dos mesmos. a aquisição é realizada mediante parecer do Supervisor de Laboratórios. Atribuições da equipe técnica. Os equipamentos são adquiridos com planejamento prévio. disponibiliza instalações adequadas para pessoas portadoras de necessidades especiais. No momento da atualização será verificado se a expansão de memória. Essas instalações são compostas por rampas de acesso.

Laboratórios da Área de Informática I FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS Nome do Laboratório Equipamento Quantidade Computador DELL 33 Computador DELL 40 Laboratório de Informática II Computador DELL 30 Laboratório de Informática III Computador DELL 30 Laboratório de Informática IV Computador DELL 30 Laboratório de Informática V Computador DELL 40 Laboratório de Informática VI Computador DELL 27 Laboratório de Informática VII Computador DELL 41 Laboratório de Informática VIII Computador DELL 41 Laboratório de Informática IX Computador DELL 40 Laboratório de Informática X Computador DELL 30 Laboratório de Informática XI Computador DELL 36 Laboratório de Informática XII Computador DELL 40 Laboratório de Informática XII Computador DELL 52 Laboratório de Informática XIV Computador DELL 60 Laboratório de Informática I Laboratórios Especializados: Os laboratórios previstos estão adequados para atender à demanda dos cursos. conforme descrição no quadro que segue. Laboratórios da Área da Saúde FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS Nome do Laboratório Equipamento Quantidade 25 .Os laboratórios são de uso livre ao aluno e podem ser reservados com antecedência para um grupo de alunos em especial.

5 Violeta Cristal P.A. (C25H30CIN3O5) 25g Microbiologia e Quimica Aplicada I Microbiologia e Quimica Aplicada II Swab Enterokit B Lupa Caixa de Laminas Para Microscopia Alça de Platina Caixa de Laminas de Fungo Caixa de Lamina de Bacteria Pinças Metálicas Maletas com Turbidimetro Portátil Grades de metal para Tubos de Ensaio Placa de Petri Grande Alças com agulha para repique (platina) Garra de Metal Erlemeyer 500 ml Bequer 250 ml Tubos de Ensaio Espátulas de Pesagem Tubos Microbiológicos Grande com Tampa Tubos Microbiológicos Pequeno com Tampa Caixa de luvas de procedimento Pisseta 250 ml Bico de Bünsen Microscópio Chapa aquecedora (fisaton) Contador de Colônia Estufa Incubadora Quimis Balança Analítica Bell Balança Analitica Quimis Autoclave Prismatec Geladeira Capela de Fluxo Laminar Capela de Exaustão Estufa Incubadora Bomba a Vácuo Banho Maria QUMIS Mufla QUIMIS Deionizador Almotolia com Lugol Para GRAM Almotolia com Cristal Violeta Almotolia com Fucsina Fenicada GRAM Almotolia Álcool Cetona Iodo Ressublimado P. (I2) 100g Fucsina Básica 25g Álcool 70% 1000 ml Swab Enterokit B Lupa Caixa de Laminas Para Microscopia Alça de Platina Caixa de Laminas de Fungo Caixa de Lamina de Bacteria Pinças Metálicas Maletas com Turbidimetro Portátil Grades de metal para Tubos de Ensaio Placa de Petri Grande 1 1 2 1 1 1 1 3 2 5 68 1 2 6 2 60 5 11 29 2 4 10 10 2 4 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 5 5 1 1 1 2 1 1 1 1 3 2 5 68 26 .A.

A.Microbiologia e Quimica Aplicada III Alças com agulha para repique (platina) Garra de Metal Erlemeyer 500 ml Bequer 250 ml Tubos de Ensaio Espátulas de Pesagem Tubos Microbiológicos Grande com Tampa Tubos Microbiológicos Pequeno com Tampa Caixa de luvas de procedimento Pisseta 250 ml Bico de Bünsen Microscópio Chapa aquecedora (fisaton) Contador de Colônia Estufa Incubadora Quimis Balança Analítica Bell Balança Analitica Quimis Autoclave Prismatec Geladeira Capela de Fluxo Laminar Capela de Exaustão Estufa Incubadora Bomba a Vácuo Banho Maria QUMIS Mufla QUIMIS Deionizador Almotolia com Lugol Para GRAM Almotolia com Cristal Violeta Almotolia com Fucsina Fenicada GRAM Almotolia Álcool Cetona Iodo Ressublimado P. (I2) 100g Fucsina Básica 25g Álcool 70% 1000 ml Swab Enterokit B Lupa Caixa de Laminas Para Microscopia Alça de Platina Caixa de Laminas de Fungo Caixa de Lamina de Bacteria Pinças Metálicas Maletas com Turbidimetro Portátil Grades de metal para Tubos de Ensaio Placa de Petri Grande Alças com agulha para repique (platina) Garra de Metal Erlemeyer 500 ml Bequer 250 ml Tubos de Ensaio Espátulas de Pesagem Tubos Microbiológicos Grande com Tampa Tubos Microbiológicos Pequeno com Tampa Caixa de luvas de procedimento Pisseta 250 ml Bico de Bünsen Microscópio Chapa aquecedora (fisaton) Contador de Colônia Estufa Incubadora Quimis Balança Analítica Bell 1 2 6 2 60 5 11 29 2 4 10 10 2 4 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 5 5 1 1 1 2 1 1 1 1 3 2 5 68 1 2 6 2 60 5 11 29 2 4 10 10 2 4 1 1 27 .

Tesouras e Cabo de Bisturi Suporte armazenador de materiais cirúrgico Caixa de mascara Pacote de gazer Bequer de 100 ml Bequer de 150 ml Bequer de 50 ml Bequer de 250 ml Bequer de 600 ml Bequer de 800 ml Bastão de vidro Pote com tubos EPENDORFF 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 6 1 6 1 1 1 1 1 2 1 1 1 1 1 1 1 1 2 1 3 2 1 1 1 1 1 10 7 2 1 2 4 2 1 1 2 3 1 1 1 1 1 8 3 2 5 4 2 4 1 28 .8º Caixas de lamina de bisturie Fita medidor de pH Cuba com Pinças Anatômicas. Afastadores.Bromatologia Farmacognosia Balança Analitica Quimis Autoclave Prismatec Geladeira Capela de Fluxo Laminar Capela de Exaustão Estufa Incubadora Bomba a Vácuo Banho Maria QUMIS Mufla QUIMIS Deionizador Agitador com aquecimento QUIMIS Contador de Colônia Agitadores magnéticos com Aquecimento Polarimetro Moinho Analítico Autoclave de bancada Refratômetro Espectrofotômetro Destilador kjdfahl Capela de Exaustão Destilador de nitrogenio Determinador de Gordura Banho Termostatizado Determinador de Fibras Dessecador Banho Maria Centrifuga de Butirômetros Bloco Digestor Controlador de Temperatura Sistema para Titulação (suporte universal e Bureta) Chapa Aquecedora Balança Analítica BELL Moinho Tipo willey Rotaevaporizador Balança semi-Analítica BELL Geladeira Funil Analítico Frasco de vidro Armazenador com Tampa Termômetro Ebulidor Potes de plástico para Sacrificar Ratos Desfibrilador para Animais Frasco de Polietileno Armazenador de Soluções 1000 ml Frasco de vidro com Tubos Falcon Álcool 70 % Álcool 92.

Cozinha Pedagogica Microscopia Farmacotecnica Liquidificador Polvidene 1000 ml Agua Oxigenada Cortiças para Sacrificar Ratos Estufa de esterilização e Secagem QUIMIS Geladeira Carrinho com Manta Aquecedora e EXOR TENS Carrinho com Eletro Cardiograma e Balança Analítica Banho Maria Destilador Pilsen QUIMIS Barrilet 50 L Barrilet 10 L Liquidificador Industrial Batedeira industrial VENANCIO Geladeira Micro-ondas Balança Seladora á vacuo Batedeira METVISA Fogão industrial Sugar Álcool 70% em Gel Peseta com Álcool 70% Cuba Rim com Laminas Histológicas Óculos Especial para Microscopia Lupas Óleo de Imersão Caixinha com Laminas Histológicas (baú) Caixas de Laminas Histológicas (madeira) Caixas de Laminas Patológicas Caixas de Laminas Parasitológicas Caixas de Lamínula 100 Unidades 34x32 mm 0.13 x 0.0 Bolsa Contendo Materiais de Microscopia Microscópio Opition PHgametro de Bancada HANNA PH21 PHgametro de Bancada HANNA CALIBRATION CHECK Recipiente de Plástico com Tampa Frasco Armazenador de Soluções Graduado 250 ml Álcool 92.8º Tubos Falcon 50 ml Xampu Seiva de Alfazema em Frascos Originais Amido de milho 500g Amido de milho 200g Saco de polietileno Touca Capsulas para Fabricação de Medicamentos Pequeno Baú com Peso para Calibração de Balança Mascara Gaze Espátula de pesagem Espátula para manipulação de cosméticos Béquer de 50 ml Bastão de vidro Grau com Pistilo Pequeno Grau com Pistilo Medio Grau com pistilo Grande Rolo de Algodão Seladora 1 12 3 5 1 1 1 1 1 1 1 1 3 1 1 1 1 1 1 4 4 1 1 1 1 3 1 1 13 17 17 4 2 3 16 1 1 2 1 1 11 5 5 1 1 1 1 1 1 1 1 4 2 5 7 1 1 1 1 1 29 .17 mm Digital Câmera MDCE-5ª USB 2.

Bioquimica Capsulas de Porcelana Formas de fabricação de sabão Cálice de 250 ml Formas Para Fabricação de Supositorio Formas Para Fabricação de Capsulas (Encapsuladoras) Tam.3.1.4) Misturador em V Misturador Planetário Mini-Granulador Mini-Amassadeira Mini-compressora Mini-Evasadora Tanque Encamisado Para Misturas Estufa Ventilada Banho de Areia Banho Maria Chapa Aquecedora Manta Aquecedora Agitador Magnético Geladeira Balança Precisão GEHAKA Homogenizador Desempoeirador Balança Analítica Balão volumétrico de 500 ml Balão volumétrico de 250 ml Balão volumétrico de 10 ml Béquer de 2000 ml Béquer de 1000 ml Béquer de 5 ml Béquer 600 ml Béquer de 10 ml Erlemeyer de 250 ml Proveta de 50 ml Funil Simples (médio) Fita para oxidase Grades de Madeira Para Tubo de Ensaio Capsula de Porcelana Pinça de Madeira Phgametro de Bolso Alça sem platina Cuba para Eletrofase Estilete Faca de serra Faca de serra Contador de Colônias Agitador Magnético com Aquecimento Agitador Magnético com Aquecimento Agitador Magnético com Aquecimento Phgametro de Bancada Dessecador Agitador de tubos Manta aquecedora grande Pipeta Graduada de 1 ml Pipeta Graduada de 2 ml Pipeta graduada de 5 ml Pipeta graduada de 10 ml Pipeta graduada de 20 ml Pipeta volumétrica de 10 ml Suporte para Pipetas Estufa Incubadora 5 3 1 2 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 10 1 1 1 1 1 4 1 6 4 4 1 2 4 4 3 6 1 1 1 1 1 1 1 1 1 2 1 1 4 5 6 4 10 1 2 1 30 . (00.0.2.

radio e úmero) Laringe com glândula traqueal Olho 5 Vezes o Tamanho Natural (6 partes) Olho 3 vezes o Tamanho Natural (7 partes) Ouvido 3 vezes o Tamanho Natural (4partes) 1 1 5 2 4 3 3 3 3 3 3 3 5 3 5 1 1 5 3 3 2 3 3 1 1 1 2 3 3 3 2 3 3 3 3 1 1 1 3 3 3 8 5 5 5 4 5 4 4 4 3 6 7 7 7 6 5 2 5 7 31 . Mãos (músculos e vasos) Pelve Feminina (2 partes) Fossa ilíaca com pelve Modelo luxo de Articulação do joelho (patela. músculos e vasos).Morfofuncionais Banho Maria Barrilet 50 l Balão volumétrico de 2000 ml Balão volumétrico 1000 ml Bico de Bünsen Modelo anatômico da 3B de língua T12010 Modelo anatômico da 3B Dentição decídua VE282 Modelo anatômico da 3B Dentição permanente VE281 Modelo anatômico da 3B Desenvolvimento dental D20 Modelo anatômico da 3B Doença dental D26 Modelo anatômico da 3B Hemimandibula D25 Modelo anatômico da 3B hemimandibula VE290 Modelo anatômico da 3B Incisivo VE300 Modelo anatômico da 3B Molar gigante D15 Modelo anatômico da 3B Molar VE298 Modelo anatômico da 3B Morfologia dental W42528 Modelo anatômico da 3B Painel V2016 Modelo anatômico da 3B Premolar VE299 Modelo gigante D16 Modelos anatômicos da 3B Cabeça. ossos).4 partes C07 Modelos anatômicos da 3B Crânio A20/2 Modelos anatômicos da 3B Crânio A22 Modelos anatômicos da 3B Crânio A26 Modelos anatômicos da 3B Crânio A27 Modelos anatômicos da 3B Crânio A282 Modelos anatômicos da 3B Crânio A283 Modelos anatômicos da 3B Crânio A291 Modelos anatômicos da 3B Crânio clássico 3 peças A22/1 Modelos anatômicos da 3B Crânio clássico colorido A23 Modelos anatômicos da 3B Crânio clássico -músculos A24 Modelos anatômicos da 3B Crânio de encaixe A290 Modelos anatômicos da 3B Crânios com dentes extraíveis W10532 Modelos anatômicos da 3B Musculatura da cabeça VB 128 Modelos anatômicos da 3B Musculatura da cabeça VB 129 Modelos anatômicos da 3B Musculatura da cabeça VB127 Modelos anatômicos da 3B Musculatura do pescoço C05 Modelos anatômicos da 3B Nariz e olfato W42506 Modelos anatômicos da 3B Painel V2007 Modelos anatômicos da 3B Seção frontal de cabeça C13 Modelos anatômicos da 3B Seção lateral de cabeça C12 Modelos anatômicos da 3B Vértebras cervicais A72 Cérebro tamanho normal (com artérias 9 partes) e Cérebro 4 partes Cérebro de gesso em perfil anatômico Coração Ventrículo Esterno Pés em perfil (músculos. tíbia. fíbula. Pés (articulações. Mãos (articulações. músculos e vasos). fêmur e minisculo) Modelo luxo de Articulação do Quadril (Ilíaco e fêmur) Modelo Luxo de Articulação do Ombro (escapula e úmero) Modelo Luxo de Articulação do cotovelo (ulna.

metatarso e falanges) Mãos (carpo. cervical e atlas) Coluna Vertebral Clássica Flexível (Fossa Ilíaco e sistema nervoso) Crânio Fêmur Maletas com vértebras Clavícula Úmero Ossos dos Pés (tarso. digestorio. cardíaco) 18 partes Sistema urinário com fossa ilíaca e coluna vertebral Medula espinhal com terminações Nervoasa Pulmões (7partes) Sobotta Figura muscular Quadro sistema nervoso Quadro sistema digestorio Quadro sistema circulatório Esqueleto Centrifuga 12 tubos QUIMIS Estufa de esterilização e secagem Capela de exaustão Balança Estufa Microprocessada Banho Danbnoff Digestor de fibras Estufa incubadora Estufa de secagem Centrifuga de Butirômetro Microscópio estereoscópico binocular Espectrofotômetro Barrilete 50 l Jará Contador de colonias 2 5 5 3 4 2 1 4 5 2 2 2 2 1 20 7 2 55 6 11 8 2 6 6 5 5 9 5 10 6 7 5 5 4 4 4 2 4 2 7 1 4 4 4 5 1 1 1 1 1 2 1 1 1 1 1 1 1 1 1 32 . metacarpo e falanges) Sacro Escapulas Tíbia Fíbula Radio Ulna Ilíaco Fossa ilíaca Torso muscular com peças removíveis Torso unisex (sistema. pulmonar.Coluna com sacro (lombar) sistema nervoso Duas vértebras lombares com sistema nervoso Coluna torácica com sistema nervoso Pelve masculina (2 partes) Fossa ilíaca com pelve Pelve Feminina (2 partes) Pelve masculina (2 partes) Braço muscular com peças removíveis Pernas muscular com peças removíveis Cérebro Gigante 2.5 vezes o Tamanho Natural Coração grande Aparelho reprodutor masculino Aparelho reprodutor feminino Pulmão Costelas Patela Maletas com vértebras Vértebras (torácica. lombar.

Liquidificador Balança Semi-Analitica Agitador de Tubos Balança Semi-Analitica Dessecador Phgametro Lâmpada ultravioleta Lugol forte Fotômetro multiparamétrico (HANNA) Corante para Hematologia.Giemsa Agitador multifuncional (KLINE) Agitador de tubos vortex Tiras para urinálise biocos Laminas Lamínulas Luvas de procedimento Lancetas Seringas 20 ml Seringas 10 ml Seringas 5 ml Laminas de bisturi Pipetadores Calorímetro foto elétrica digital Agitador multifuncional (KLINE) Sensor de força 10n Camara asséptica Analisador bioquímico semi-automático Coagulômetro Quick timer II Analisador Bioquimico colorimétrico Quick lab Diluidor automático Analisador de parâmetro hematológico Cálice 500 Cálice 250 Cálice 60 Cálice 15 Cálice de plástico Piseta com água destilada Piseta com álcool Béquer 100 ml Béquer 250 ml Bastão de vidro Tubos falcon Pipetas 10 ml Pipetas 5 ml Capela de flux laminar (sem UV) Geladeira Centrifuga refrigerada Microscópios com adaptação para câmera de data-show Estufa de esterilização e secagem ODONTOBRAS Centrifuiga Banho Maria microprocessado microscopio Funil Analítico Funil de Separação (tipo pera) Balão de Separação Béquer de 100 ml Béquer de 50 ml Béquer de 150 ml Béquer de 10 ml Béquer de 15 ml 1 1 1 2 1 2 1 1 1 1 1 4 2 2 5 1 2 10 10 10 1 5 1 1 6 1 1 1 1 1 1 4 4 3 5 3 2 3 10 10 10 50 10 10 1 1 1 2 1 1 1 20 20 2 4 10 10 1 3 1 33 .

A.Béquer de 250 ml Béquer de 400 ml Béquer de 600 ml Béquer 800 ml Béquer de 1000 ml Béquer de 2000 ml Béquer de 250 (plástico) Béquer 800 ml Béquer de 1000 ml Balão volumétrico de 1000 ml Balão volumétrico de 2000 ml Balão volumétrico de 100 ml Balão volumétrico de 250 ml Balão Volumétrico de 50 ml Balão Volumétrico de 25 ml Balão Volumétrico de 10 ml Balão volumétrico de 500 ml Erlenmeyer de 125 ml Erlenmeyer de 100 ml Erlenmeyer de 250 ml Erlenmeyer de 500 ml Nitrato de Prata P. AgNO3 K2CrO4 Indicador Reagente de Topfer Indicador Universal Placa de Petri pequena Placa de Petri Grande Vidro de relógio Pequeno Vidro de relógio Grande Frasco de Vidro com Tampa Esmerilhada 250 ml Frasco de Vidro com Tampa Esmerilhada 500 ml Frasco de Vidro Graduado de 1000 ml com Tampa Frasco de Vidro Ambar Graduado de 500 ml com Tampa Frasco de Polietileno Graduado de 1000 ml com Tampa Frasco de Polietileno Graduado de 250 ml com Tampa Frasco de Vidro Graduado de 250 ml com Tampa Balão Volumétrico de 250 ml sem tampa Frasco Conta gotas Ambar vazio Frasco Conta gotas Ambar com Fenolftaleína Capilares Proveta de 500 ml Proveta de 1000 ml Proveta de plástico 1000 ml Proveta graduada 10 ml Proveta graduada 25 ml Proveta graduada 50 ml Proveta graduada 100 ml Proveta Graduada 250 ml Kitssato de 500 ml Kitassato de 250 ml Grade de Plástico Para Tubos de Ensaio Grade de Plástico Para Tubos de Ensaio grande Almofariz e Pistilo Grande Almofariz e Pistilo Médio Almofariz e Pistilo Pequeno Capsula de Porcelana Balão de Fundo chato 2000 ml Suporte Para Pipetas Peneiras (tamanhos diversos) Argila 22 6 2 2 2 1 2 5 10 12 2 4 28 5 1 2 16 17 4 18 14 1 1 1 1 1 1 7 6 4 2 5 1 3 3 2 8 2 8 1 4 10 2 7 5 14 13 2 3 4 5 2 4 4 4 6 2 1 3 1 34 .

Cronômetro Frasco com Glicerina Utilizada Pipetas Volumétricas de 20 ml Pipetas Volumétricas de 25 ml Pipetas Volumétricas de 50 ml Pipetas Graduadas de 1 ml Pipetas Graduadas de 2 ml Pipetas Graduadas de 5 ml Pipetas Graduadas de 10 ml Pipetas Graduadas de 20 ml Papel Tornassol Azul Papel Tornassol vermelho Chave de Fenda Fita medidora de pH Calculadora Bastão de Vidro Termômetro Condensador Reto Phmetro de bolso Areômetro de Baumé Densimetro Paquímetro digital Paquímetro analógico Tubo de Ensaio Grande Tubo de Ensaio Médio Tubo de Ensaio Pequeno Tubo de Ensaio Médio Pipetas Pasteur Peras Pinça Metálica Ph Sensor Espátula Pinça de Madeira Alça de platina Pinça Anatômica Disecção 14 cm Pinça Anatômica Disecção 30 cm Ebulidor Furador de Rolha Magnésio Metálico 100g Garra de Suporte Universal Extensão Elétrica 220 V Agitador Magnético com Aquecimento com Aquecimento Agitador Magnético Balança Semi Analítica BELL Phgametro de bancada HANNA Espectrofotômetro Manta Aquecedora Fonte NADAL Banho de Areia Balança Analítica GEHAKA Agitador de Tubos Banho Maria QUIMIS Bomba a Vácuo PRISMATEC Estufa Capela Dessecador com Sílica Suporte para pipetas Evaporizador Rotativo FISATOM Pisseta Sistema para Titulação (suporte universal e Bureta) 6 1 13 8 6 7 6 11 15 14 7 8 1 5 1 14 13 1 5 2 1 1 1 18 12 106 76 6 7 2 2 5 7 5 6 2 2 1 4 20 1 4 1 1 1 1 1 3 1 1 1 1 1 1 1 1 4 1 5 5 35 .

( estabilizador para pac. Neurológico Colchonete grande 180x140x5cm TRAVESSEIRO HOSPITALAR DE COURVIN 60X40 CM Plano Inclinado para membros inferiores .ALT Aparelho de Raio X odontológico intrabucal Aparelhos de fotopolimerização de resina composta (04 em cada bancada=8) Compressores industriais de Ar CSL 20BR/200 .Pré Clínico Odontológico Ginásio Terapêutico Hidroterapia Multiprofissional Barrilete de 20 L Amalgamador capsular digital Altmix .FALTA ESPECIFICAÇÃO ROLO DE POSICIONAMENTO PEQUENO ISP hospitalar ROLO DE POSICIONAMENTO ISP hospitalar. grande ROLO DE POSICIONAMENTO ISP em forma de meia lua Almotolia em óleo para massagem Papel Toalha (pacotes) Goniômetros universais (tamanho: P. Neurológico Colete cervical EVA estabilizador para pac. Aeróbico) Bola crespa de borracha grande (FM/PRIOPRIOCEPÇÃO/ADM/LUDOTERAPIA) Bola crespa de borracha peq.FALTA ESPECIFICAÇÃO Plano Inclinado para membros superiores . Neurológico) Halter de 02 kg (peso) Não é necessário Macarrão flutuante (hidro) PROPRIOCEPÇÃO/ADM/FM/ESTABILIZADOR Palmar peq. M e G) 1 1 1 8 1 26 30 30 27 30 26 26 30 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 10 4 4 4 4 4 1 4 4 4 4 10 15 10 10 10 10 10 10 30 3 36 . (hidro) Palmar grande (hidro) Bastao cotonete FM/CONDICIONAMENTO Bastão grande ADM/FM Prancha EVA FM/ADM/PROPRIOCEPÇÃO/CONDIC Cesta de basquete flutuadora ADM/LUDOTERAPIA Disco grande flutuador ÓTIMO PARA PISCINAS MAIS PROFUNDAS Tapete flutuador FM/PROPRIOCEPÇÃO TRONCO Colete lombar EVA estabilizador para pac. (FM/PRIOPRIOCEPÇÃO/ADM/LUDOTERAPIA) Halter flutuante peq. Neurológico) Colete cervical flutuante peq. (hidro) Halter flutuante médio (hidro) Halter flutuante grande (hidro) Caneleira ½ Kg em nylon Caneleira 01 Kg em nylon Caneleira 02 kg em nylon Tornezeleira 03kg em nylon Colete cervical flutuante grande ( estabilizador para pac.220/380V Trifásico Equipos odontológicos para bancada com seringa tríplice (ar e água) e saída para receber caneta de alta rotação e micro-motor de baixa rotação Seringa Triplice Cristófoli Micro motor de baixa rotação Mochos odontológicos para cada conjunto odontológico Refletores odontológicos Cabeçote Reflex LD (AT) para instalarnos suporte que encaixa na bancada Kit Trafo-1 p/ refl reflex ld/ versa Simuladores odontológicos BOB Arco (hidro) trabalha ADM/reexpanção pulmonar Stepe para hidro (FM/equilíbrio/condicionamento) Pé de pato (FM/trab.

c/ Lamina ligando o encosto ao assento Cartões de Eletrônica Básica . padrão cor argila.módulo 2340 Quadro branco 3. tecido verde. sem braço.Módulo de Tiristores I Computador Administrativo Fonte de alimentação .10m laminado melaminico com moldura em alumínio c/ suporte para pincel. espuma Injetada. espuma Injetada.Módulo de Disparo de Choppers e Inversores Monofásicos 8841 . acento a 73 cm de altura Cadeira giratória para professor.00 x 1. tampo de granito. padrão modelo executivo. 65 peças.85x1.00 x 1.47uF 63V Capacitor Eletrolítico 0.6 fontes de 110/220Volts Bancos acolchoados.22 uF 63V Capacitor disco cerâmica 47K 25V Capacitor disco cerâmica 100pF 25V Capacitor disco cerâmica 10K 25V Capacitor disco cerâmica 1K 25V Cristal Oscilar 1000MHZ Quantidade 6 40 1 4 1 1 4 1 4 1 1 3 3 1 5 6 25 1 4 1 5 1 1 4 4 4 4 4 4 4 7 10 5 5 10 10 10 20 10 10 10 10 10 20 10 10 5 37 . sem saia Melamínico 25mm (Medidas C x L X P = 1.10m Laminado Melaminico com Moldura em Alumínio c/ Suporte para Pincel. tampo de granito. Sistema de controle.modelo 2325 Painel para simulação .17x0. transporte e seleção de peças modelo 2808 Kit multi classic 4WD 4x4 Kit multi classi tamque Maleta de ferramentas.Programador e Depurador 8441 . tecido verde.Módulo de Disparo com UJT 8444 .20 x 0. Maleta de ferramentas. modelo simples.EDC-117 PROGPIC-03 .75cm) Módulo 2805 .Laboratórios da Área de Engenharia FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS Nome do Laboratório Automação Industrial e Controle de Processos Circuitos Elétricos I Equipamento Bancada pés de teflon. Ref.17x0. 2. 2. Ref.95 6 fontes de 110/220Volts Bancos acolchoados.CEBC-105 Mesa de professor. padrão cor argila.modelo 2301 Módulo para Controle de Nível e Temperatura . sem braço. Tramontina. c/ Lamina ligando o encosto ao assento Computador acadêmico engenharia Mesa de professor. 65 peças. Tramontina.Modelo MPL-3303M Kit Arduino Kit Arduino mega 2560 Osciloscópio 6502A Fonte Nadal Capacitor Eletrolítico 220 uF 63V Capacitor Eletrolítico 22 uF 63V Capacitor Eletrolítico 1 uF 63V Capacitor Eletrolítico 470 uF 63V Capacitor Eletrolítico 100 uF 63V Capacitor Eletrolítico 10 uF 63V Capacitor Eletrolítico 0.50 x 0. sem saia Melamínico 25mm Módulo Universal 2000 para eletro-eletrônica Quadro branco 3.95 .painel de sensores Módulo didático para CLP . padrão modelo executivo.85x1. 44952/665 Multímetro Minipa ET-2042D Bancada pés de teflon. modelo simples. 44952/665 Cartões de Técnicas Digitais . acento a 73 cm de altura Cadeira giratória para professor.

5mm Maleta de ferramentas. completo aferida Quadro branco 3.995 a 1.19 . c/ Lamina ligando o encosto ao assento Conj.10m Laminado Melaminico com Moldura em Alumínio c/ Suporte para Pincel. tampo de granito. acento a 73 cm de altura Betoneira elétrica. modelo simples. eletro-mecânica digital. 120 Litros Cadeira giratória para professor.050. sonda de Tetmajer e forma Ø 8 x 4cm (completo) Argamassadeira. de 0. padrão cor argila. monofásico temperatura entre 105º e 110ºC Funil para viscosidade Marsh ( Flow cone Metod ). 65 peças. 2. Aferição Estufa 45 x 40 x 45cm 110/220 Volts. manual c/ cinzéis curvo e chato. etc. Ref. sem braço. base de 500 x 500 mm. Tramontina. com agulha. Dinamométrico cap. com Conj. manual.38 . piston. funil.9. tecido verde. composto de cone Ø = 4" x 8" x 12". 4. pinça de Mohr. espuma Injetada.85x1. 15 8 10 10 200 20 200 200 1 5 3 8 3 5 5 16 5 8 10 10 4 10 4 2 3 1 5 40 1 1 1 1 1 2 2 7 1 1 1 1 1 1 38 .95 6 fontes de 110/220Volts Bancos acolchoados. garrafão com sifão.Materiais de Construção e Solos Borne banana B00111 Trimer 30pF Arduino Shield Sensor ultrasônico HC SR04 Pacote com 10 jumper premium de 20 cm F/F Serviço de rotação contínua SM 54303R Pacote de 10 jumper premiun de 20 cm n/f Pacote de 10 jumper premiun de 20 cm m/m Armário de Ferro Armário de uma prateleira Circuito Integrado 74HC 74 Circuito Integrado 7400/74HC00 Circuito Integrado 7484 Circuito Integrado 74151/74L5151 Circuito Integrado 7454 Circuito Integrado 7402 Circuito Integrado 7492 Circuito Integrado 74HC08 Circuito Integrado 7422 Circuito Integrado 74HC10 Circuito Integrado SN 74HC00 Circuito Integrado 7401/74L501 Almofariz c/ mão de gral e luva de borracha cap. conjunto cone e suporte Jogo Peneiras quadradas de 50 x 50 x 10cm c/ aberts: 76 50 . mangueira. Densímetro de bulbo simétrico grad. em chapa de 1/8". para consistência de argamassa manual Mesa tronco cônico p/ consistência de argamassa (Molde) Prensa CBR. capacidade de 5 L Bancada pés de teflon. completo Aparelho de Vicat. 44952/665 Mesa de professor. com cuba e batedor de aço inox.000 kgf. para Slump-Test. 4170kg.00 x 1. completo Aparelho de casagrande func. funil e haste socadora de 5/8" x 600 mm Conjunto p/ determinação do equivalente de areia.17x0.25 . com provetas em acrílico. com cert. sem saia Melamínico 25mm Mesa Flow-Table. padrão modelo executivo. trifásica.

Até 1. de 1/2" completo Soquete de 2. com abert. de 250ml c/ base de poli Proveta graduada cap.000 ml c/ base de poli Proveta de vidro grad.Repartidor (quarteador) de amostras em chapa galv. Bico de Bunsen c/ registro Carrinho de mão para construção Colher concha.18mm malha 16 Peneira Inox abertura 4.000ml Copo Becker graduado de 600ml de vidro Escova com fios de aço para limpar forma Escova com fios de nylon para limpeza de peneiras Espátula tipo pintor nº 4 -10cm Fundo de aço inox p/ peneiras Ø 8" x 2" Fundo para peneira 50 X 50 Pá curva c/ cabo Pera de borracha do Equivalente de areia Placa de vidro c/ uma superfície esmerilhada 300 x 300 x 5mm Proveta de vidro grad. suportes Aparelho ponto de fulgor Cleveland à gás Banho d'água com capacidade mínima de 10 litros. 1. condensador de vidro. 20lt. proveta de 100 ml. Int Anel Esmagador Mashal (placa de ruptura) Aparelho de ponto de amolecimento (anel e bola) com copo de Becker Aparelho para destilação de asfalto diluído de balão de 500ml.75mm malha 4 Peneira Inox abertura 2. com garras e suporte Extrator mecânico tipo fuso para o corpo de prova Marshall Armário de ferro Relógio comparador Cápsula de porcelana 16 cm Cápsula de aluminio com tampa 4x2 cm .25 Cápsula de aluminio 6x4 cm Pinça metálica Peneira Inox abertura 300um malha 50 Peneira Inox abertura 75um malha 200 Peneira Inox abertura 150um malha 100 Peneira Inox abertura 600um malha 30 Peneira Inox abertura 1. adaptador de vidro. manga protetora.36mm malha 8 Peneira Inox abertura 355mm malha 45 Peneira Inox abertura 1. bico de Bunsen.5 kgs para proctor normal CBR Umidímetro tipo Speedy conjunto completo Bacia plástica.46mm malha 14 Peneira Inox abertura 125mm malha 120 2 3 1 8 2 2 1 1 2 1 4 3 1 6 1 1 4 4 1 1 2 50 2 5 1 1 1 2 2 1 2 1 2 2 2 1 2 5 2 1 12 20 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 39 . 100ml c/ base de poli Saco de Plástico cap.000ml. 30kg Soquete p/ argamassa Tacho 10kg Tela de amianto de 16 x 16cm Tela de amianto de 20 x 20 cm Termômetro graduado em 1º. de -10º a 210ºC esc. 3 litros (Ø30CM) Balde galvanizado graduado cap. com prateleira 110/220 Volts (Banho Maria 8 CP's) Fixador para molde Marshall Pedestal de madeira para molde Marshall Penetrômetro universal divisão 1/10mm c/ agulha. cap. cuba de transferência e cápsulas Extrator de betumes Soxhlet de 1. tipo jardineiro Copo Becker de vidro graduado cap.

de Ímãs EQ105 Motor assíncrono trifásico tipo gaiola de esquilo.Circuitos Elétricos II Mecânica Aplicada 01 (Mecânica/ Eletriciadade) Peneira Inox abertura 255mm malha 60 Peneira Inox abertura 500mm malha 35 Peneira Inox abertura 710mm malha 25 Peneira Inox abertura 63mm malha 230 Peneira Inox abertura 180mm malha 86 Peneira Inox abertura 90mm malha 170 Peneira Inox abertura 0.5kW (Banco de Ensaio) Kit Magnetismo (III) .Conj. 0.EQ175 Conjunto para mecânica com painel multiuso . acento a 73 cm de altura Cadeira giratória para professor.17x0. c/ Lamina ligando o encosto ao assento Colchão de ar linear com cronômetro microprocessado e 2 sensores .1mm malha 3/4 Peneira Inox abertura 2.00mm malha 9 Peneira com fundo Ponto de amolecimento Destilador de assalto diluido Medidor de ar incorporador para argamassa Faceador para corpo de prova de argamassa Dispositivo de Hilen Penetrômetro para determinação do tempo de pega (agulha de proctor) Prensa hidráulica manual analógica Forno mufla Prensa hidráulica com capacidade de 10 toneladas Balança digital Serra elétrica SKIL Morsa Forma quadrada de ferro BússulaA Brunton's Shanghai GPS Navegação TRITON 500 Teodolito Eletrônico DGT10 Estação total Bastão Prisma Tripé de Alumínio c/ Borboleta Osciloscópio digital 60MHz 2 canais modelo TDS 2002B Multímetro digital 3 /2 dígitos com capacímetro modelo 727720 Fonte de Alimentação Trifásica (Banco de Ensaio) Galvanômetro trapezoidal (EQ130) Gerador / Motor de corrente contínua c/ exc.5kW (Banco de Ensaio) Transformador Desmontável Master . 2. sem braço.66) Balança de Torção com Laser . tampo de granito.EQ200 Conjunto para equilíbrio de um corpo rígido .Código: EQ090 Bancada pés de teflon.EQ032G Conjunto para queda de corpos. tecido verde. 0.EQ238A Conjunto Matzembacher para Módulo de Young .30 x 0.EQ182 Painel de Instalações Elétricas Armário p/ kit Multimídia em MDF 2 Portas.EQ235C Conjunto Scolari com Momento de Inércia Regulável - 1 1 1 1 1 1 1 1 1 12 3 2 1 3 2 1 1 1 3 1 1 2 10 1 2 5 2 4 4 2 3 5 1 1 1 3 1 1 3 1 8 2 6 49 1 1 3 5 6 1 1 40 . espuma Injetada.66 x 0. padrão modelo executivo..95 6 fontes de 110/220Volts Bancos acolchoados.85x1. multicronômetro.42mm malha 35 Peneira Inox abertura 19.EQ182 Transformador Desmontável Master . Indep. bob . 1 prateleira e Teclador Retrátil (Medidas A x L x P1. rolagem e sensor.

530.30 x 0.EQ813 Ebulidor (Mergulhão) 230V 2000W Mesa de professor. espuma Injetada. tampo de granito. 2.10m Laminado Melaminico com Moldura em Alumínio c/ Suporte para Pincel. Sensor de força 10N . c/ Lamina ligando o encosto ao assento 5 1 5 5 7 1 2 1 2 5 5 2 6 3 3 6 6 36 1 1 5 1 13 1 1 5 1 2 1 15 6 5 1 6 40 1 41 .85x1. Latão e Cobre. acento a 73 cm de altura Cadeira giratória para professor.50 x 0. sem saia Melamínico 25mm (Medidas C x L X P = 1. sem saia Melamínico 25mm (Medidas C x L X P = 1.20 x 0. padrão modelo executivo.05mm (cód. sem braço.0.00 x 1.95 6 fontes de 110/220Volts Bancos acolchoados.EQ801A Quadro branco 3. sem braço.EQ032G Conjunto para Termodinâmica e Calorimetria (seco) com sensores e softwares .95 6 fontes de 110/220Volts Bancos acolchoados. Aço.CL011 Softwares para aquisição da dados e interface .Cideplab USB.EQ238A Conjunto para mecânica com painel multiuso .85x1.66) Balança de Torção com Laser . tecido verde. padrão cor argila. tecido verde. espuma Injetada.75cm) Multímetro Minipa ET-2042D Paquímetro titânio 150 mm / 6" .EQ801A Quadro branco 3.66 x 0. c/ Lamina ligando o encosto ao assento Colchão de ar linear com cronômetro microprocessado e 2 sensores . CL005B Hardness teste TH 170 Cronômetro Digital Painel de Associação Gerador Eletrostático de correia Van der Graaff Painel Dias Blanco Durômetro digital Conjunto de 5 corpos de prova de diferentes materiais Código: EQ058B Corpos de Prova de Diversos Materiais: Alumínio.BG1000 Bancada pés de teflon. 1 prateleira e Teclador Retrátil (Medidas A x L x P1. Pode ser adquirido em qualquer indústria metalúrgica. Tamanho: f 25 mm e altura 25 mm.20 x 0. modelo simples.EQ030 Mesa de professor.17x0.50 x 0. Armário de duas portas com 8 gavetas Termômetro com 2 canais MT-455 Termômetro químico escala -10 + 110ºC / Divisão 1ºC: Incoterm-5003 Armário p/ kit Multimídia em MDF 2 Portas. Bronze.Mecânica Aplicada 02 (Termologia e Termometria) Mecânica Aplicada 03 (Mecânica) EQ164A Fonte de alimentação digital nadal de 0 a 25 VDC/5A estabilizada . padrão modelo executivo.17x0. padrão cor argila.104B10) Plano inclinado com sensores de adesão magnética e software . Bancada pés de teflon. tampo de granito.Código: EQ090 Balança semi-analítica .00 x 1.75cm) Morsa de bancada número 8 (Forjada / Tramontina) Plano inclinado com sensores de adesão magnética e software . 2. acento a 73 cm de altura Cadeira giratória para professor. modelo simples.10m Laminado Melaminico com Moldura em Alumínio c/ Suporte para Pincel.

Cadeira giratória para professor. Aço. espuma Injetada. Eixo girabrequim Novo Gol 1. com documentação eletrônica e em papel dos desenhos. Redutor R37/A. listas de peças. modelo simples. 2.EQ801A Quadro branco 3. ortogonal de rosca sem fim. modelo simples. eixo de saída maciço com chaveta.0 2010 Mesa de professor. Modelo Q318M25T Mesa de professor.0. manuais e catálogos. ortogonal de engrenagens cônicas. Fornecido em corte. CL005B Conjunto Arete Conjunto Largador Cronômetro digital Régua de plástico de 30 cm Régua de plástico de 50 cm Conjunto de 5 corpos de prova de diferentes materiais Código: EQ058B Corpos de Prova de Diversos Materiais: Alumínio. listas de peças.00 x 1. Redutor SH47/A/T.EQ200 Conjunto para equilíbrio de um corpo rígido .104B10) Plano inclinado com sensores de adesão magnética e software . padrão modelo executivo.50 x 0.EQ175 Conjunto para mecânica com painel multiuso . com documentação eletrônica e em papel dos desenhos. listas de peças. Bronze. sem saia Melamínico 25mm (Medidas C x L X P = 1.CL011 Softwares para aquisição da dados e interface .EQ032G Disparador manual p/ EQ228A . padrão cor argila.85x1.10m Laminado Melaminico com Moldura em Alumínio c/ Suporte para Pincel.00 x 1.EQ030 Forno Mufla Microprocessado c/ Patamar . tampo de granito.Cideplab USB. manuais e catálogos. Latão e Cobre.Para Kit Multimídia e software Cidepe Conjunto Matzembacher para Módulo de Young . tecido verde. c/ Lamina ligando o encosto ao assento Eixo girabrequim Novo Gol 1. sem braço.50 x 0.0 2010 Redutor KT37/A.75cm) Multímetro Minipa ET-2042D Paquímetro titânio 150 mm / 6" .17x0. Bancada pés de teflon. padrão cor argila. padrão modelo executivo.10m Laminado Melaminico com Moldura em Alumínio c/ Suporte para Pincel. espuma Injetada. conexão do eixo de saída oco por disco de contração. Tamanho: f 25 mm e altura 25 mm. Fornecido em corte. conexão do eixo de saída oco TorqLoc. Pode ser adquirido em qualquer indústria metalúrgica.20 x 0. Fornecido em Motores e Processos corte.95 6 fontes de 110/220Volts Bancos acolchoados. sem saia Melamínico 25mm (Medidas C x L X P = 1.CL026 Fonte de alimentação digital nadal de 0 a 25 VDC/5A estabilizada .05mm (cód. de Fabricação ANALISADOR GASES DISCOVERY G4 C/ SELO INMETRO Bancadas para montagem / desmontagem de componentes 2 1 5 1 7 3 2 1 1 5 5 6 1 3 1 6 6 5 24 5 3 6 6 20 1 1 1 1 1 1 1 1 1 2 42 .Fornecedor QUIMIS aparelhos Científicos. 530. acento a 73 cm de altura Cadeira giratória para professor. sem braço. coaxial de engrenagens helicoidais. tecido verde. manuais e catálogos. c/ Lamina ligando o encosto ao assento Computador CPU .20 x 0. Sensor de força 10N . com documentação eletrônica e em papel dos desenhos.75cm) Quadro branco 3.

MAGNAFLUX YOKE Y-6 Alicate Amperímetro Ponta rotativa Torno universal modelo BV-20 Guincho hidráulico Haste Cônica Pente de rosca Alicate de curva Paquímetro Caixa de bloco Arco de serra Parafuzadeira Furadeira de bancada Ferrari Esmeril de bancada Bancada de ferro Armário de ferro Disco de corte Disco de desbaste Eletrodo de solda (cx) Lente incolor Máscara de solda Antirrespingo de solda Graxa azul Antiferrugem Lixadeira de palma motor bomba Óculos de proteção Protetor auditivo Máscara descartável Pulverizador spray Escudo Avental de couro 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 10 1 1 1 1 1 1 1 1 2 5 1 3 1 1 2 4 2 20 20 2 2 2 2 8 10 1 1 40 50 50 1 2 2 43 . equipada com células de carga (cód. mordentes (cód.) Máquina de Ensaio universal . 100174 e 100169).Flex (Gasolina e Álcool) Quadro de ferramentas . 103824 e 100330) e software (cód. 100229 e 100261). 100424 e 100427). aventais etc.Conjunto Exautor Centrífugo ATS-250 com Mangueirade Exaustão ATS-150H e Mangueira Exaustão Localizada de Fumos de Solda Ø150MM. luvas. 100423 e 100350).Genéricas e específicas (Gedore) Scanner Kaptor Evolution Pack Auto 15 Software GRP Pack Auto 35 Software GRP Start Pack Auto 15 Software Inspeção Veicular Cartão Pack Auto 35 CD Inspeção Veicular Gases CD Kaptor Evolution Kit Ferramentas para Usinagem Vertical para CNC Morsa de bancada número 8 (Forjada / Tramontina) Software Boxford CAD/CAM Design Tools site License FRESADORA Talha manual de 1 ton (Vonder ) Máquina de solda Eletrodo Revestido (LHN150) Tocha Soldagem 250A . garras (cód. dispositivos (cód. 101425 e 101426) . equivalente a R$ 2.Proposta: PV-8039/2010/2 (não inclui transporte.3m ESAB MXL 270 0905981 EPI´s (máscaras.50/km) Equipamento de magnetização portátil . 101407.Motor de Combustão Interna (Motor vivo) .5M Módulo didático MCIV10 . extensômetros (cód.cód.modelo DL10000 .

Conjunto moto-bomba centrífuga . padrão modelo executivo.EQ124G Canal para Experimentos Hidráulicos .EQ049 Sistemas Hidráulicos Prensa Hidráulica manômetro para demonstração .30 . estrutura metálica com tratamento anti- 2 2 2 6 18 1 3 3 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 6 6 1 6 2 1 1 1 3 1 3 2 1 1 1 1 1 1 2 3 1 1 2 2 2 1 2 2 1 35 44 .Cortadora Metalográfica COR-40 Esmerilhadeira Angular Portus FT 4205 .00 x 1.EQ204A Painel com tubo em "U" .46 Microscópio estereoscópio binocular c / aumentos 10x a 80x luz fria TIM . acento a 73 cm de altura Cadeira giratória para professor.17x0.EQ088A Conjunto para Termodinâmica .5 a 7.EQ837C Conjunto Hidrostático . sem braço. c/ Lamina ligando o encosto ao assento Conj.EQ033A Conjunto pressão atmosférica . 2.95 6 fontes de 110/220Volts Bancos acolchoados.115 mm 450W Furadeira de Impacto GSB 30-2 Profissional Bosch.5 cv.Perneira de couro Ombreira de couro Luva de couro longo Bancada pés de teflon. padrão cor argila.código 2113.Opton Cod . Sistemas Térmicos Equipamento Teste de ensaio Trocadores de Calor TD360 Equipamento Trocador de Calor placas TD360B Equipamento Trocador de Calor Tubo Concetrico TD360A Equipamento Versátil Teste Aquisição de Dados Uso em Painéis VDASF Cut Off . tampo de granito. tampo em MDF de 15mm de Desenho I espessura. modelo simples.264817 Morsa de bancada número 8 (Forjada / Tramontina) Conjunto Emília para computador c/ sensores e software (gaseológico) Lei de Boyle-Mariotte . 110V Lixadeira Combinada Profissional Ferrari LCM .1/4 Serra Fita Bancada Skill 3335 Maquetaria Serra Tico Tico Portátil Bosch GST Serra Tico Tico Skill VV 3335 Moto esmeril 8" MD 3220 Plaina Elétrica de 3-1/4" Black e Decker Serra tico-tico ECCOFER Lixadeira IMPE de Lixa profissional Black e Decker Lixadeira de cinta STANLEY Furadeira de Impacto Black e Decker 3/8" Furadeira de bancada Motor MIL FBH130i -Mandril 13 mm Furadeira de Impacto HP1630 5/8" Retificadeira GD0601 MESA DE DESENHO .EQ191A Mesa de professor.EQ115A Viscosímetro de Stokes c/ cronômetro microcontrolado de rolagem de dados e 5 sensores . sem saia Melamínico 25mm Quadro branco 3. Piezômetro Arco Serra Regulável Stanley 15-200BD Aspirador Pó Profissional Eletrolux GT3000 Pro Furadeira Bancada Ferrari 5/8 FGC16 Lixadeira Bancada Ferrari LCM4x6 Micro Retífica Dremel 400 Paquímetro Digital Mitutoyo 150mm 500-171-20b Parafusadeira Art Makita 80pc Plaina Bosch GHO10/15-82 Serra Circular Bosch GKS190 7. espuma Injetada. para Termometria Termoelétrica . tecido verde.85x1.10m Laminado Melaminico com Moldura em Alumínio c/ Suporte para Pincel.

ferrugem.0 Ghz e memória acima de 4 Gb. tampo em MDF de 15mm de espessura. placas de wirelles). Conversor de UTP para fibra ótica de Computadores Cordão de ForçaCP-PWR-CORD-AMERICAN HWIC 2T Módulo de interface serial WAN Modems Roteador Cisco 1941 Roteador Cisco 2811 Switch padrão 100Base-FX Switches Cisco Catalyst 2960 24 TTL: Switches Cisco Catalyst 3560 24PS POE Telephones IP Cisco 7962G 2 VIC FXS Heliodon Termômetro Digital Conforto Ambiental Decibelimetro Projetor Epson S12 Computador Cadeira Fixa Cadeira Giratória Longarina de 04 Assentos Núcleo de Práticas Jurídicas Mesa de Trabalho Mesa Redonda Computadores 70 33 66 60 60 110 55 72 1 2 8 6 8 2 4 4 5 5 8 9 5 3 3 5 4 2 8 4 1 5 5 1 1 50 4 4 2 6 15 Anexo Matrizes Curriculares Importante: Abaixo constam as matrizes de referência dos cursos vigentes. estrutura metálica com tratamento antiDesenho II ferrugem.Adaptador ATA CISCO para duas linhas VoIP Telefone Analógicos Adaptador de Força para Telefone IP Cisco Aironet 1140N AUTONOMOUS Series Access point Cisco Aironet 600 Series Access point Cisco ASA 5505 Computadores PC com monitor (processador acima de 3.95m . Medindo: 1.80mX1.05mX0. Medindo: 1.00mX0. para os alunos ingressantes do primeiro semestre de 2016 da FACULDADE PITÁGORAS DE SÃO LUÍS.05mX0. 45 .00mX0. Cor : Branca Banco de Madeira Prancheta portátil A-3 com régua paralela TRIDENT (65 x 85 Desenho III cm) Prancheta portátil A-3 com régua paralela TRIDENT (65 x 85 Desenho IV cm) Prancheta portátil A-3 com régua paralela TRIDENT (65 x 85 Desenho V cm) Prancheta portátil A-3 com régua paralela TRIDENT (65 x 85 Atelier de Projetos I cm) Prancheta portátil A-3 com régua paralela TRIDENT (65 x 85 Atelier de Projetos II cm) Cisco 2500 Wireless Controller Cisco Aironet 1242AG Series Access point SPA112 .95m .80mX1. Cor : Branca Banco de Madeira MESA DE DESENHO . Infraestrutura Redes teclado e acesso à Internet. mouse.

46 .

47 .

48 .

49 .

50 .

51 .

52 .

53 .

54

55

56

57 .

58 .

59 .

60 .

61 .

62 .

63 .

64 .

65 .

ÉTICA E PROPRIEDADE INTELECTUAL INGLÊS CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL COMUNICAÇÃO DE MARKETING EM MEIOS DIGITAIS GESTÃO DA QUALIDADE 60 LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CST EM GESTÃO COMERCIAL CST EM GESTÃO COMERCIAL CST EM GESTÃO COMERCIAL CST EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CST EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CST EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CST EM GESTÃO FINANCEIRA GESTÃO DO CONHECIMENTO 60 60 60 60 60 60 60 LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 ENGENHARIA AMBIENTAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL 60 ENGENHARIA CIVIL CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS 60 CST ESTÉTICA E COSMÉTICA EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO ENFERMAGEM 60 60 60 60 60 60 60 66 .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO EDUCAÇÃO AMBIENTAL 60 EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO 60 EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO FORMAÇÃO INTEGRAL EM SAÚDE INTERDISCIPLINARIDADE NA ATENÇÃO À SAÚDE DE POVOS INDÍGENAS LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL BIODIREITO DIREITO DIREITO ELETRÔNICO 60 DIREITO DIREITO NOTARIAL E REGISTRAL 60 DIREITO LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS CST EM GESTÃO FINANCEIRA MICROECONOMIA 60 CST ESTÉTICA E COSMÉTICA INGLÊS 60 CST ESTÉTICA E COSMÉTICA 60 DIREITO LIBRAS .Disciplinas Optativas CURSO DISCIPLINAS CH ADMINISTRAÇÃO 60 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO AUDITORIA E CONSULTORIA EM RH GERENCIAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS DIREITO.LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS ENFERMAGEM GESTÃO DE PESSOAS 60 ENFERMAGEM 60 ENFERMAGEM GESTÃO DO CONHECIMENTO INTERDISCIPLINARIDADE NA ATENÇÃO À SAÚDE DE POVOS INDÍGENAS LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS ENGENHARIA AMBIENTAL EDUCAÇÃO AMBIENTAL 60 ENGENHARIA AMBIENTAL INGLÊS 60 ENGENHARIA AMBIENTAL LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL 60 60 CST EM GESTÃO FINANCEIRA GESTÃO DO CONHECIMENTO LIBRAS .

LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS NUTRIÇÃO MARKETING DE PRODUTOS E SERVIÇOS 60 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ENGENHARIA ELÉTRICA ENGENHARIA MECÂNICA ENGENHARIA QUÍMICA FARMÁCIA FARMÁCIA FARMÁCIA FARMÁCIA FISIOTERAPIA FISIOTERAPIA FISIOTERAPIA FISIOTERAPIA NUTRIÇÃO NUTRIÇÃO 60 60 60 60 60 60 60 60 60 60 60 60 60 60 60 60 60 60 67 .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS GERAÇÃO. ANÁLISE E SIMULAÇÃO DE SISTEMAS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL ENGENHARIA ELÉTRICA INGLÊS 60 ENGENHARIA ELÉTRICA 60 ENGENHARIA ELÉTRICA LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS MICROCONTROLADORES E MICROPROCESSADORES PROCESSOS DE FABRICAÇÃO ENGENHARIA MECÂNICA INGLÊS 60 ENGENHARIA MECÂNICA LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 60 NUTRIÇÃO MARKETING DE PRODUTOS E SERVIÇOS RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR INTERDISCIPLINARIDADE NA ATENÇÃO À SAÚDE DE POVOS INDÍGENAS LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 ENGENHARIA QUÍMICA MATERIAIS DA INDUSTRIA QUÍMICA TECNOLOGIAS LIMPAS E TRATAMENTO DE RESÍDUOS INGLÊS INTERDISCIPLINARIDADE NA ATENÇÃO À SAÚDE DE POVOS INDÍGENAS LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS MODELAGEM. TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA 60 INGLÊS 60 LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 ENGENHARIA MECÂNICA 60 ENGENHARIA QUÍMICA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL SISTEMAS INTEGRADOS DE MANUFATURA INGLÊS ENGENHARIA QUÍMICA LIBRAS .ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA CIVIL IMPLANTAÇÃO E LOGISTICA DE CANTEIRO DE OBRAS INGLÊS 60 60 ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 PROCESSOS DE FABRICAÇÃO 60 INGLÊS 60 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 60 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL INTERDISCIPLINARIDADE NA ATENÇÃO À SAÚDE DE POVOS INDÍGENAS LIBRAS .

BACHARELADO PUBLICIDADE E PROPAGANDA MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA COMUNICAÇÃO DE MARKETING EM MEIOS DIGITAIS GESTÃO DE PESSOAS PUBLICIDADE E PROPAGANDA LIBRAS .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 60 PSICOLOGIA .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS RESPONSABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL COMUNICAÇÃO DE MARKETING EM MEIOS DIGITAIS 60 GESTÃO DE PESSOAS 60 LIBRAS .PSICOLOGIA .LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS PUBLICIDADE E PROPAGANDA 60 60 60 60 60 60 60 68 .BACHARELADO GESTÃO DE PESSOAS INTERDISCIPLINARIDADE DA ATENÇÃO À SAÚDE DE POVOS INDÍGENAS (OPTATIVA) LIBRAS .BACHARELADO EMPREENDEDORISMO 60 PSICOLOGIA .BACHARELADO PSICOLOGIA .BACHARELADO PSICOLOGIA .