Profº: Divanilson F. M.

e Silva

Arquitetura de Rede

O Que é Uma Rede?
Conjunto de Hardware e Software que permitem o compartilhamento de recursos
e troca de informações.

Convergência - Atual
MainFrame – Rede Antiga

Quem Precisa de Redes?
Hoje o mundo não funciona sem conectividade, em todos os segmentos as redes
estão presentes.

Redes Telefônicas
• Celular

• Convencional
Sistemas de Telecomunicações
• Satélite
• TV e Rádio
Equipamentos Domésticos
• Alarmes
• Geladeiras

Popularização das Redes
Alguns aspectos foram importantes para a popularização das redes:

• Barateamento do Hardware;
• Sistemas operacionais de redes
amigáveis;

• Globalização/ Expansão da
Internet;
• Tipo de Acesso (Banda Larga).

Como é Formada Uma Rede? Uma rede típica é formada por: .

A WAN distinguese duma LAN pelo seu porte e estrutura de telecomunicações. . geridas por um operador de telecomunicações. MAN significa em inglês Metropolitan Area Network. tipicamente um escritório ou uma empresa. Uma MAN normalmente resulta da interligação de várias LAN.Classificação das Redes: Quanto à Distância LAN é o acrónimo de Local Area Network. Pode estar inclusivamente ligada a uma rede WAN. podem ser redes de domínio privado ou público. WAN significa Wide Area Network. cobrindo uma área geográfica de média dimensão. é o nome que se dá a uma rede de carácter local. Esta rede de carácter metropolitano liga computadores e utilizadores numa área geográfica maior que a abrangida pela LAN mas menor que a área abrangida pela WAN. São usualmente redes de domínio privado. As WAN normalmente são de carácter público. tipicamente um campus ou uma cidade/região. e interligam um número não muito elevado de entidades. e como o nome indica é uma rede de telecomunicações que está dispersa por uma grande área geográfica. e cobrem uma área geográfica reduzida.

.

.

Quanto à Hierarquia Ponto‐a‐ponto . . todos são servidores e cliente.Rede não hierarquizada.

Cliente/Servidor Rede hierarquizada. com servidor e cliente com papeis bem definidos. .

fibra óptica. .Topologia de Rede A topologia de uma rede descreve como é o layout do meio através do qual ocorre o tráfego de informações e também como os dispositivos estão conectados a ele. A topologia lógica descreve como as informações devem transitar ao longo da rede. Refere-se ao relacionamento físico e lógico de cada nó da rede (cada ponto de conexão com a rede pode ser chamado de nó. etc. independente da função do equipamento representado por ele). É a forma como os protocolos (conjuntos de regras que organizam a comunicação) operam no meio físico. ou seja. a forma como estão dispostos. descrevendo onde cada nó da rede está situado fisicamente em relação aos demais. etc) e mostra a configuração geral da rede através da planta de localização dos equipamentos. wireless. como é feita a distribuição da mídia de conexão (cabeamento de cobre. A topologia física refere-se à disposição dos cabos e componentes do meio físico. o formato dos dados.

Quanto à Topologia Bus(Barramento) . .Todos são ligados a um só barramento.

.Todos são ligados a um concentrador.Star (Estrela) .

Ring (Anel) .Quanto à Topologia os dados trafegam no barramento em forma circular. .

. sem uso de um concentrador.Malha .Todos são ligados entre si.

.

.

.

Protocolo Protocolo é uma linguagem usada para permitir que dois ou mais computadores se comuniquem. .se eles não falarem a mesma língua não haverá comunicação. Assim como acontece no mundo real.

Aplicação (7) Apresentação (6) Sessão (5) Transporte (4) Rede (3) Enlace (2) Física (1) .

O modelo foi criado pela ISO (International Organization for Standardization) com a função de especificar processos requeridos que permitisse que a comunicação de dados ocorresse. .Modelo de Referência OSI Em 1984 surge o modelo de referência OSI (Open Systems Interconnection) com a intenção de permitir a comunicação entre redes distintas e estabelecendo uma padronização. Os processos foram divididos em grupos lógicos chamados “Layers”.

. Algumas das vantagens em se utilizar o modelo de camadas inclui o seguinte: Permite dividir os aspectos inter-relacionados de operação de rede em elementos menos complexos. e esquemas de rede. Permite a engenheiros especializarem designs e desenvolverem esforços em funções modulares.O Modelo OSI tem várias funções: Fornece um caminho para entender como a rede opera. dispositivos. Serve como guia para criar e implementar os padrões de rede. Fornece a habilidade em definir interfaces padrões para “plug-and-play” e compatibilidade.

depois.Protocol Data Unit Unidade de Dados de Protocolo em telecomunicações descreve um bloco de dados que é transmitido entre duas instâncias da mesma camada. adiciona seus cabeçalhos (e em alguns casos. rodapés) de controle. Cada camada recebe a PDU da camada superior como um bloco de dados. PDUs incluem controle de informação e dado do usuário. criando a sua própria PDU. a camada inferior utiliza encapsulamento para colocar a PDU da camada superior no seu campo de dados. Os pacotes de dados numa rede têm uma origem e deslocam-se até um destino. assim para trocar informações. .PDU PDU . num processo chamado de encapsulamento. adiciona os cabeçalhos e outras informações que a camada precisa para executar a sua função. Para fornecer estes serviços. as camadas utilizam essas unidades de protocolos de dados. O controle de informação reside em campos chamados headers ou trailers. Cada camada do modelo OSI depende de serviços da camada inferior.

.

de largura de banda ou qualquer outro recurso que seja requerido para ser utilizado ou gasto para executar uma determinada tarefa. . de memória. seja de tempo de computação.Overhead é geralmente considerado qualquer processamento ou armazenamento em excesso.

Protocolos nessa camada identificam a comunicação de parceiros.Aplicação (7) – Provê interface com o usuário. . determinam disponibilidade de recursos. e sincroniza a comunicação. Esta camada fornece uma interface entre o software de comunicação e quaisquer aplicativos que precisem se comunicar fora do computador no qual o aplicativo reside.

• HTTP (Hypertext Transfer Protocol) – Protocolo de Transferência de Hipertexto.Protocolos que se destacam: • SMTP (Simple Mail Tranfer Protocol) – Protocolo padrão para envio de e-mails na Internet. • TELNET (Teletype Network) – Protocolo que permite emular um terminal. • SNMP (Simple Network Management Protocol) – Protocolo utilizado para gerência de redes de computadores. .

• DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) – Protocolo que oferece configuração dinâmica de endereços IPs. • FTP (File Transfer Protocol) – Protocolo pra Transferência de arquivos. • TFTP (Trivial File Transfer Protocol) – Protocolo pra Transferência de arquivos de forma trivial.• SSH (Secure Shell) – Protocolo que permite emular um terminal de forma segura. • DNS (Domain Name System) – Protocolo utilizado para resolução de nomes de domínios. .

O propósito principal desta camada é definir e negociar formatos de dados como. Estas funções asseguram que a informação enviada da camada de aplicação de um sistema será legível pela camada de aplicação de um outro sistema. texto EBCDIC. binário e JPEG. compressão/descompressão . JPEG TIF GIF AVI MPEG MP3 ASCII . texto ASCII. criptografia e tradução de dados. Esta camada fornece uma variedade de códigos e funções de conversão que são utilizados nos dados da camada de aplicação. É algumas vezes chamada de camada de sintaxe.Apresentação (6) – Trata da semântica (interpretação). por exemplo.

permitindo que os aplicativos em computadores separados se comuniquem em uma rede local. . • SQL (Structured Programming Language) – Linguagem de pesquisa declarativa para base de dados relacional.É uma API que fornece serviços relacionados com a camada de sessão do modelo OSI. São exemplos de tecnologias que trabalham na camada de sessão: • NFS (Network File System) – Permite que um usuário de um PC cliente acesse arquivos remotos.Sessão (5) – Gerencia o diálogo entre as portas lógicas e mantém a separação dos dados de diferentes aplicações. • NetBIOS (Network Basic Input/Output System) . • RPC (Request Procedure Call) – É um protocolo que um programa pode usar para requisitar um serviço de um programa armazenado em outro PC.

Protocolo de transferência de arquivo) .usada para recebimento de e-mail .br 53 TCP/UDP DNS (Sistema de nome de domínio) 69 UDP TFTP(Trivial File Transfer Protocol) (Protocolo de transferência de arquivo trivial) 80 TCP HTTP (HyperText Transfer Protocol)(Procolo de transferência de HiperTexto) .Protocolo simples de envio de e-mail) .Usada para logins seguros.Shell seguro) . transferência de arquivos e redirecionamento de porta Telnet protocol .usada para transferir páginas WWW 81 TCP Skype protocol 110 TCP POP3 (Post Office Protocol version 3): Protocolo de Correio Eletrônico. versão 3 .20 TCP 21 TCP 22 TCP/UDP 23 TCP/UDP 25 TCP/UDP FTP (File Transfer protocol .conforme Comitê Gestor da Internet no Brasil CGI.Comunicação de texto sem encriptação SMTP (Simple Mail Transfer Protocol .usada para roteamento de e-mail entre servidores (Atualmente é utilizada a porta 587.data port FTP (File Transfer protocol .control (command) port SSH (Secure Shell .Protocolo de transferência de arquivo) .

UDP (User Datagram Protocol) – Protocolo que não oferece entrega confiável.Transporte (4) – Provê comunicação confiável e efetua a checagem de erros antes de retransmissão dos segmentos e as vezes oferece uma entrega não confiável. A principal função da camada de Transporte é a criação de uma conexão ponto a ponto confiável e a entrega dos dados. Usa o modelo de serviço best-effort. os pacotes são descartados sem qualquer critério nem distinção. Para estabelecer esse tal confiança o protocolo utiliza um processo chamado: three-way handshake. nem que tenha um bom desempenho. . checagem de erros e retransmissão dos segmentos. o que obviamente não garante que este serviço seja bem sucedido. chamadas de entregas best-effort. transformando as informações que chegam da camada superior em segmentos. zelando pela sua integridade. Os principais Protocolos: TCP (Transmission Control Protocol) – Protocolo que oferece entrega confiável. Best-Effort: Em caso de congestionamento de dados.

Cliente: Servidor. estou enviando a mensagem 100 (Número de sequência do cliente). estou enviando a mensagem 101. 3. por este motivo faz-se necessária a sincronização em ambos os sentidos. Servidor: Claro. Cliente: Ok. possuem números de sequência distintos. que tem o objetivo de enumerar as pacotes de cada um. Feita a sincronização. O cliente e o servidor.SYN = Synchronize (Sincronizar) ACK = Acknowledgement (Reconhecimento) Estabelecimento de conexões 1. Dá pra sincronizar (SYN)? 2. começam a troca de pacotes com base em números de sequência. Prossiga com a mensagem 101 (ACK). Prossiga com a mensagem 201 (ACK). . sincroniza a mensagem 200 (Número de sequência do servidor) que estou enviando (SYN).

ARP. Protocolos: IP (IPv4. Suas principais funções são o roteamento dos pacotes entre fonte e destino. ICMP. IPsec. para fins de tarifação. NAT .Rede (3) – é responsável por controlar a operação da rede de um modo geral. RARP. IPv6). o controle de congestionamento e a contabilização do número de pacotes ou bytes utilizados pelo usuário.

• Controle de congestionamento • Controle de fluxo • Portal de serviços . Principais funções: • Tráfego direção ao destino final • Dirigindo.A escolha da melhor rota pode ser baseada em tabelas estáticas. que são configuradas na criação da rede e são raramente modificadas. lógico endereços de rede e serviços endereços • Encaminhamento de funções. eles vão diminuir o desempenho global da rede. descoberta e seleção de rotas • Comutação de pacotes • Controle de sequencia de pacotes • Detecção de erro End-to-end dos dados (a partir do emissor para o receptor de dados). Se muitos pacotes estão sendo transmitidos através dos mesmos caminhos. formando gargalos.

Protocolos: Ethernet. opcionalmente. esta camada é dividida em outras duas camadas: Controle de ligação lógica (LLC).1Q. e outras não IEEE 802 como a FDDI. . Token ring. Ela também estabelece um protocolo de comunicação entre sistemas diretamente conectados.11g. 802.11 WiFi. FDDI. 802. que fornece uma interface para camada superior (rede). Esta camada detecta e. e controle de acesso ao meio físico (MAC). É responsável pela transmissão e recepção (delimitação) de quadros e pelo controle de fluxo. IEEE 802. Frame relay. Switch. corrige erros que possam acontecer no nível físico. que acessa diretamente o meio físico e controla a transmissão de dados.Enlace (2) – A camada de ligação de dados também é conhecida como camada de enlace ou link de dados. PPP. ATM Em redes do padrão IEEE 802. HDLC.

.

USB. EIA-422. ISDN.Física (1) – Responsável pela movimentação dos bits. SONET. Bluetooth. RDIS. RS-449. DSL . Protocolos: Modem. 100BASETX. RS-232.10BASE-T.

.

Modelo TCP/IP O modelo TCP/IP foi criado em 1980 pelo Departamento de Defesa Americano (DoD) para garantir a preservação da integridade dos dados. assim como manter a comunicação de dados no advento de uma guerra. .

.

1:3 1:1 1:1 1:2 .