1

-ILUMINAÇÃO E TOMADAS
A planta baixa produzida pelo software Autocad com as respectivas localização dos
cômodos e com suas dimensões encontra-se em anexo desse memorial de cálculo.
1.1 ILUMINAÇÃO
Conforme a NBR5410 cujo está na seção 9.5.2.1 diz que para cada cômodo ou
dependência deve ser previsto pelo menos um ponto de luz fixo no teto.
Na seção 9.5.2.1.2 prescreve que para a determinação das cargas de iluminação, pode
ser adotado o seguinte critério:
Para cômodos ou dependências com área igual ou inferior a 6 m², deve ser prevista
uma carga mínima de 100 VA, e com área superior a 6 m², deve ser prevista uma carga
mínima de 100 VA sendo estes para os primeiros 6 m², acrescida de 60 VA para cada aumento
de 4 m² inteiros, já para os banheiros, deve ser prevista iluminação de 60 VA sobre a pia.
Em base a estes dados, a seguir, será apresentado todos os cômodos com suas
respectivas áreas e iluminação.

Banheiro 1:
Potencia mínima recomendada: 100 VA+ 60 VA acima da pia.


Banheiro 2:
Potencia mínima recomendada: 100 VA+ 60 VA acima da pia.
Banheiro 3:
Potência mínima recomendada: 100 VA + 60 VA acima da pia.

Banheiro 4:
Potência mínima recomendada: 100 VA + 60 VA acima da pia.

Deposito:
Potência mínima recomendada: 100 VA (4,59 m²).

Suíte 1:
Potência mínima recomendada: 100 VA+ 60 VA (10,05 m²).

Suíte 2:

Potência mínima recomendada: 100VA + 2 x 60 VA (17,28 m²).


Lavanderia:
Potência mínima recomendada: 100 VA (4,84 m²).
Varal:
Potencia mínima recomendada: 100 VA (9,7 m²).
Sala de Descanso:
Potência mínima recomendada: 100 VA + 2 x 60VA (14,55 m²).

Churrasqueira:
Potencia mínima recomendada: 100 VA + 4 x 60 VA (26,43 m²).

Cozinha:
Potência mínima recomendada: 100 VA + 60 VA (7.05 m²).

Despensa:
Potencia mínima recomendada: 100 VA (2,46m²)

Quarto 1:
Potência mínima recomendada: 100 VA (8,4 m²).

Quarto 2:
Potência mínima recomendada: 100 VA + 60 VA (12,3 m²).

Closet:
Potência mínima recomendada: 100 VA (5,27 m²).

Hall de Entrada:
Potência mínima recomendada: 100 VA (5,88 m²).

Sala de Estar:
Potência mínima recomendada: 100 VA + 2 x 60 VA (14,32m²).

Sala de Jantar:
Potência mínima recomendada: 100 VA + 60 VA (13,7 m²).

Corredor 1:

14 m²).  Varanda 2: Potência mínima recomendada: 60 VA (5.  Varanda 1: Potência mínima recomendada: 60 VA (6.16 m²).  Corredor 4: Potência mínima recomendada: 100 VA (1.5 m²).4 m²).  Jardim 2: Potência mínima recomendada: 100 VA (10.75 m²). .55 m²).  Jardim 1: Potencia mínima recomendada: 60 VA (6.50 m²).20 m).  Corredor 2: Potência mínima recomendada: 100 VA (2.  Área Externa Piscina: Potência mínima recomendada: 8 x 60 VA (55.62 m²).Potência mínima recomendada: 100 VA (3.  Spot de luz na piscina: Potência mínima recomendada: 6 x 5 W (18.  Jardim 3: Potência mínima recomendada: 4 x 60 VA (157.55 m²).  Garagem: Potência mínima recomendada: 100 VA + 4 x 60 VA (24.89 m²).  Corredor 3: Potência mínima recomendada: 100 VA (2.21 m²).

seção 9. Sendo que acima da bancada da pia deve-se especificar um mínimo de duas tomadas.  Banheiro 4: Potência mínima recomendada: 600 VA  Deposito: Potência mínima recomendada: 100 VA (8.7m). Demais cômodos: Pelo menos um ponto de tomada.1 nos diz que o número de pontos de tomadas deve ser determinado em função da destinação do local dos equipamentos elétricos que podem ser aí utilizados. copas.  Suíte 1: Potência mínima recomendada: 300 VA (12.2 TUGs: De acordo com a NBR 5410. . no mínimo.  Banheiro 1: Potencia mínima recomendada: 600 VA   Banheiro 2: Potencia mínima recomendada: 600 VA. áreas de serviços.5. Hall: Pelo menos um ponto de tomada. Salas e dormitórios: um ponto de tomada para cada 5.2. de 100 VA. Em cozinhas.2. lavanderia e locais análogos. prevê um ponto de tomada para cada 3. 600 VA por ponto e as demais devem ser de 100 VA (acima de seis pontos adotar dois pontos de 600 VA e 100 VA para as     demais). Banheiro 3: Potência mínima recomendada: 600 VA.0 m ou fração de perímetro de 100 VA. a seguir será apresentado o número de tomadas de uso geral (TUG) para cada cômodo da casa. cozinha-a érea de serviços. Varandas: Pelo menos um ponto de tomada. copas-cozinhas. Com base nestes critérios.1.7 m). As três primeiras tomadas devem ser de.5 m ou fração de perímetro. seguindo os seguintes critérios:   Banheiros: pelo menos um ponto de tomada próximo ao lavatório de 600 VA. de 100 VA.

 Quarto 1: Potência mínima recomendada: 300 VA (11.  Hall de Entrada: Potência mínima recomendada: 200 VA (9.4 m). Sala de Descanso: Potência mínima recomendada: 400 VA (15.7 m).  Churrasqueira: Potencia mínima recomendada: 1600 VA (20.8 m).7 m). Varal: Potencia mínima recomendada: 200 VA (13.6 m).    Lavanderia: Potência mínima recomendada: 1500 VA (8.8 m).  Sala de Estar: Potência mínima recomendada: 400 VA (15.  Sala de Jantar: Potência mínima recomendada: 300 VA (14.  Cozinha: Potência mínima recomendada: 600 VA (10. Suíte 2: Potência mínima recomendada: 400 VA (17.9 m). .7 m).2 m).  Quarto 2: Potência mínima recomendada: 400 VA (14.  Despensa: Potencia mínima recomendada: 200 VA (6.6 m).5 m).7 m).6 m).  Closet: Potência mínima recomendada: 200 VA (9.

 Corredor 2: Potência mínima recomendada: 100 VA (7.0 m).  Corredor 3: Potência mínima recomendada: 100 VA (6.9m). Corredor 1: Potência mínima recomendada: 100VA (8.3 TUEs: .  Varanda 1: Potência mínima recomendada: 100 VA (6.88m).44m).  Corredor 4: Potência mínima recomendada: 100 VA (4.6 m).14m)  Garagem: Potência mínima recomendada: 1000VA (20m)  Área Externa Piscina: Potência mínima recomendada: 2100 VA  Jardim 2: Potência mínima recomendada: 600 VA  Jardim 3: Potência mínima recomendada: 6000 VA 1.  Varanda 2: Potência mínima recomendada: 100 VA (9.

Segunda a seção 4. o mesmo de ser sua potência igual a potência nominal do equipamento a ser alimentado.1.   Banheiro 1: Uma tomada de uso específico para o chuveiro (75000 W) Banheiro 2: Uma tomada de uso específico para o chuveiro (75000 W)  Banheiro 3: Uma tomada de uso específico para o chuveiro (75000 W)  Banheiro 4: Uma tomada de uso específico para o chuveiro (75000 W)  Cozinha: Uma tomada de uso específico para a torneira elétrica (5500 W)  Suíte 1: Uma tomada de uso específico para o ar condicionado (1550 W)  Suíte 2: Uma tomada de uso específico para o ar condicionado (1900 W)  Quarto 1: Uma tomada de uso específico para o ar condicionado (1550W)  Quarto 2: Uma tomada de uso específico para o ar condicionado (1550 W)  Sala de Estar: Uma tomada de uso específico para o ar condicionado (1650 W) . se refere a tomadas de uso específicos (TUE).3 na NBR 5410.2. A seguir é apresentado todas potencias de cada equipamento no local onde se encontra nos cômodos da casa.2. ou a soma de todas as potencias nominais de todos os equipamentos que por ele é alimentado.

e X=9. Yi= Posição y do ponto central de cada cômodo. na determinação da localização do Quadro de Distribuição (Proximidade Geométrica – centro das cargas).23 m e Y=10. 3 TENSÃO DE FORNECIMENTO . utilizou-se as seguintes fórmula: X= X 1 × P 1+ X 2× P2+ …+ Xn × Pn P1+ P 2+…+ Pn Y= Y 1× P 1+Y 2× P2+ …+Yn× Pn P 1+ P 2+…+ Pn Pi= Potência total de cada cômodo. Sala de Jantar: Uma tomada de uso específico para o ar condicionado (1550 W)  Área Externa Uma tomada de uso específico para o motor do portão (736 W)  Piscina: Uma tomada de uso específico para o motor (184 W) 2 QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO Nesta planta adotamos ter dois quadros de distribuição. foi obtido: X=13. um para casa principal e outro para casa externa.Y) do quadro de distribuição. para a casa principal. Assim.79 m da casa externa.62 m que representa a coordenada (X.5 m e Y=16. Xi= Posição x do ponto central de cada cômodo. X e Y fornecem as coordenadas do quadro de distribuição.

6. motores e máquina de solda que possam ser ligados em sua unidade consumidora”. com 4 fios (3 Condutores de fase + 1 de Neutro) ”. faixa E4 (45.1 cuja sua seção é 5. sendo esta iluminação. aquecimento. eletrodomésticos.84 KVA TUE: 46. 4 DIVISÃO DOS CIRCUITOS .6 da ND-5. dos aparelhos de iluminação. o consumidor deve determinar a carga instalada. calculou-se a potência total instalada de cada elemento.Segunda a norma ND-5. TUE e TUG. refrigeração. adotaremos “Fornecimento tipo C .1.2 KVA TUG: 23. Sendo assim.0 KVA). pela tabela do item 6.44 KVA. Iluminação: 4.4 KW A potência total é de 74.3 nos diz que: “Para definição do tipo de fornecimento.1.1 até 75. somando-se a potência em kW. Portanto.

6 2 2.8 2. Closet.17 1.20 2. Corredor 4 Garagem. Corredor 3 Sala de estar e jantar. o TUG TUG TUG TUG TUG TUG Corredor 2. Banheiro 3.7 2 2 2 2 2 2 2. Varal Corredor 2.4 2. Corredor 2.12 2.11 2.11 1 1.3 1.1 2. Corredor 4 Área externa Sala de jantar.10 1 1.4 1.15 1. Suíte 1.1 1. Hall de entrada. Hall de entrada.9 1 1.13 Tipo Descrição TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE Iluminaçã Ar condicionado Split da Suíte 2 Ar condicionado Split do Quarto 1 Ar condicionado Split do Quarto 2 Ar condicionado Split da Sala de Jantar Ar condicionado Split da Sala de Estar Motor do portão Chuveiro da Banheiro 3 Chuveiro da Banheiro 4 Torneira Elétrica da Cozinha o Iluminaçã o Iluminaçã Quarto 1 e 2. Depósito. Depósito.14 1. Área externa o TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUE TUE TUE TUE TUE Iluminaçã Suíte 2.7 1. Corredor 3 Quarto 1 e 2. Banheiro 3 e 4.10 2.Os circuitos foram distribuídos como segue na tabela 1 abaixo: Tabela 1 – Distribuições dos circuitos Q Circuit D 1 1 1 1 1 1 1 1 1 o 1. Banheiro 4.5 1. Corredor 1 Sala de descanso.12 1 1 1 1 1 1 1 1 2 2 2 2 2 1.6 1. Suíte 2. Banheiro 1. Jardim 2. Jardim 1. Churrascaria Banheiro 2.19 1. Varal . Cozinha.18 1. Varanda 1.2 1.2 2.16 1. Despensa.8 1.9 2.13 1. Área de o Iluminaçã piscina Sala de descanso.5 2 2. Banheiro 2. Área de piscina Ar condicionado Split da Suíte 1 Chuveiro da Banheiro 1 Chuveiro da Banheiro 2 Motor da piscina Spot de led da piscina Suíte 1. Corredor 1. Despensa Sala de estar. Churrascaria. Varal Lavanderia Jardim 1 e Área de piscina Banheiro 1. Closet.3 2. Lavanderia. Varanda 1 e 2. Varanda 2 Garagem Cozinha Jardim 2.

65 P (motor) = 736 W e FD = 1.240x0.19 e 184 W e FD = 0.45 P (aquecimento) = 35.863.5-1: D=a+b+c+d Onde: a = Demanda de Iluminação e TUG (FD * (Pot. Obtemos o fator de demanda para cada item a partir da tabela 4.19 – 1CV 1 0. Iluminação + Pot.70 P (ar condicionador) = 9750 W e FD = 0. .25CV Neste casso deve ser considerado a torneira elétrica como o mesmo item que o chuveiro (aquecimento).500 W e FD = 0.5 Tabela 2 – Fator de demanda Aparelho Eletrodoméstico Chuveiro/Torneira Elétrica Ar condicionado Motor Unidade 5 6 1 Fator de Potência 0.240 VA e FD = 0. TIPO Iluminação + TUG Aquecimento Ar condicionado Motor Demanda 28.19) +(184x0.5 – 0.5 CÁLCULO PARA DEMANDA Foi utilizada a seguinte fórmula da Cemig ND.34 VA.5) A demanda máxima calculada foi de 44.70 0.65 1.70 9750x0. TUG)) b = Demanda de Eletrodomésticos e aquecimentos c = Demanda de Ar condicionador d = Demanda de motores elétricos Dados: P (Iluminação + TUG) = 28.45 35.65 (736x1.500x0.

75 1007.3 TUE 220 1550 1.7 0 0.1 Iluminaçã 0 o Iluminaçã 127 1140 127 1020 127 560 TUG 127 1600 TUG 127 2000 N° Tipo 1.11 1.1 9 0.4 5 0.4 FD X P [VA] 1235 R S 646.6 5 0.84 T 720 900 .5 437.92 5250 2625 5250 503.6 5 0.7 0 0.75 536.4 5 0.75 1925 513 513 2625 2625 1925 459 459 252 252 720 900 536.6 TUE 220 736 1.5 503.4 5 0.1 o Iluminaçã o FD 0.8 TUE 220 7500 1.1 2 1.5 TUE 220 1650 1.6 5 1.74 A 6 DIVISÃO DA POTÊNCIA ENTRE AS FASES As potências foram distribuídas entre as fases R.5 646.92 2625 3850 503. Tabela 3– Distribuição de cargas para QD1 Circuito Fases do Alimentador [VA] Tensão P total [V] [VA] TUE 220 1900 1.25 875.5 503.2 TUE 220 1550 1.75 1007.4 5 0.Corrente para demanda máxima (Id): √ 3× Vlinha ¿ D Id= ¿ Obtendo: Id=117.9 TUE 220 5500 1.75 503.6 5 0. S e T de forma que o circuito aproxima mais equilibrado possível.75 1072.7 TUE 220 7500 1.6 5 0.7 0 0.25 437.1 1.5 503.1 3 1.5 1007.4 TUE 220 1550 1.

5 T 503.34/( √ 3 *220) =73.5 TUE 127 30 127 1020 N° Tipo 2.5 13.4 5 810 720 810 720 945 945 720 720 810 630 Total [VA] 28093.1 9 1.75 5250 2625 5250 46 13.3 TUE 220 7500 2.1 2.75 2625 2625 92 459 S 2625 46 459 .5 503.4 1.7 0 0.4 TUE 220 184 2.6 5 0.4 5 0.1 7 1.4 5 FD X P [VA] R 1007.92 9312.1 8 1.4 5 0.34 810 630 630 R S T 9404.1 5 1.4 5 0.2 0 TUG 127 1800 TUG 127 1600 TUG 127 2100 TUG 127 1600 TUG 127 1800 TUG 127 1400 5 0.7 0 0.4 5 0.1 6 1.4 5 0.6 Iluminaçã o FD 0.2 TUE 220 7500 2.5 0.25 9375.4 5 0.093.67 Ib1=Corrente de Projeto 1 Ib1 = Dmáx / ( √ 3 *220) Ib1= 28.73 A Condutor do tipo D – 25 mm2 Tabela 4 – Distribuição de cargas para QD2 Fases do Alimentador Circuito [VA] Tensão P total [V] [VA] TUE 220 1550 2.

25 S 5709 T 5694.75 Ib2=Corrente de Projeto 2 Ib2 = Dmáx / ( √ 3 *220) = 44. . Cálculo da Corrente de Projeto As correntes de projeto são determinadas pelas características nominais e pelo tipo de circuito.2.20 A Condutor do tipo D – 10 mm2 7 DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES 7.11 2. Método de Instalação: Método de instalação número 61.4 5 0.1 CAPACIDADE DE CONDUÇÃO DE CORRENTE: Material de Isolação: O material de isolação especificado é o PVC.4 5 0.4 5 0.4 5 0. método de referência B1 (tabela 33 NBR 5410).1 0 2.1 2 2.8 TUG 127 1500 2. método de referência D (tabela 33 NBR 5410).4 5 0.4 5 495 675 495 675 810 810 855 855 900 900 675 675 360 Total [VA] 16842 360 R 5441.7 Iluminaçã o 127 1100 2.9 TUG 127 1800 TUG 127 1900 TUG 127 2000 TUG 127 1500 TUG 127 800 2.1 3 0. Método de instalação número 7.4 5 0.

Para os circuitos de TUE.05 7.13 1. S .41 12.5 1.3 1.20 Circuito Tipo TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE Iluminação Iluminação Iluminação TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG Tensão [V] 220 220 220 220 220 220 220 220 220 127 127 127 127 127 127 127 127 127 127 127 P total [VA] 1900 1550 1550 1550 1650 736 7500 7500 5500 1140 1020 560 1600 2000 1800 1600 2100 1600 1800 1400 IB 8.9 1.Para os circuitos de TUG e iluminação.09 25.16 1.98 8.75 14.15 1.54 12.17 1.2 Circuito Tipo TUE TUE Tensão [V] 220 220 P total [VA] 1550 7500 IB 7.02 Tabela 5.80 34.7 1. Corrente de Projeto (QD2) N° 2. 220 Os valores das correntes de projeto podem ser vistos na tabela 5: Tabela 5– Corrente de Projeto QD1 N° 1.2 1.00 8.19 1.64 7.09 34.4 1.60 14.6 1.03 4.05 7.05 7.17 12.60 15.10 1.1 1.05 34.09 . Ib= Ib= S 127 .60 16.14 1.18 1.12 1.8 1.1 2.17 11.50 5.11 1.

12 Circuito.12.11 1.5 0.09 1. A temperatura considerada para linhas não-subterrânea é de 35ºC.81 14. conclui-se que o fator de correção para temperatura é de 0.5 0.6 1.2. No entanto consideramos que a temperatura subterrânea e não subterrânea da região de 30ºC e feito a interpolação.52 0. FCT=0.45 0.10 1.4 1. Determinação dos fatores de correção: Fator de correção de temperatura A temperatura considerada para linhas subterrânea é de 20 ºC (temperatura do solo).8 2.2 1.17 14. chegamos em FCT=1 para todos os circuitos.1 1.5 1. seguindo tabela 40 da NBR 5410.03 8.75 11.5 2.3 2.94.QD1 Tipo TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE Iluminação Iluminação Iluminação FCA 0.96 15.7 1.12 2. Fator correção de agrupamento: N° 1.9 1.12 FCT=1.6 2.4 2.13 TUE TUE TUE Iluminação Iluminação TUG TUG TUG TUG TUG TUG 220 127 127 127 127 127 127 127 127 127 127 7500 184 30 1020 1100 1500 1800 1900 2000 1500 800 34.7 0.9 2.52 0.8 1.5 0.66 11.52 0.11 2.7 2.3 1.30 Condutores Carregados: Serão três condutores carregados (3 fases e 1 neutro).5 0.5 0.94.10 2.24 8.52 0. conclui-se que o fator de correção para temperatura é de 1.7 . seguindo tabela 40 da NBR 5410.5 0.81 6.

5 0.52 0.1.13 FCA 0.09 34.57 Cálculo das correntes corrigidas As correntes corrigidas.18 1.05 7.57 0. Ic.17 1.15 1.7 2.11 2.4 1. foram obtidas pela fórmula: I c= Ib FCA × FCT As correntes obtidas podem ser consultadas na tabela seguinte.19 1.5 2.6 2.2 2.05 7.09 14.09 13.57 0.57 0.6 1.5 0.18 68.64 7.16 1.9 2.5 1.52 Circuito-QD2 Tipo TUE TUE TUE TUE TUE Iluminação Iluminação TUG TUG TUG TUG TUG TUG N° 2.10 2.3 1.54 0.54 0.00 8.9 1.54 0.20 TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG 0.2 1.42 8.05 7.50 5.54 0.27 14.13 1.08 17.7 0.57 0.1 2.5 0.8 1.7 1.57 0. N° 1.98 Ic(A) 17.09 25.1 1.54 0.18 48.28 68.12 2.4 2.52 0.95 .10 Circuito -QD1 Tipo TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE Iluminação Ib(A) 8.54 0.3 2.14 1.8 2.52 0.55 14.80 34.54 0.

12 1.09 34.4 2.11 1.24 8.26 21.45 0.02 15.20 20.81 14.60 14.30 25.2 2.66 11.20 Iluminação Iluminação TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG N° 2.10 2.75 14.50 28.75 11.9 2.05 .63 20.7 2.18 1.8 2.60 15.54 12.41 12.35 24.05 63.09 1.72 26.3 2.17 1.03 4.16 1.1.60 16.05 34.87 15.17 14.20 Ib(A) Ic(A) 7.81 6.45 6.72 11.20 31.96 15.15 1.13 1.17 12.14 1.19 1.44 14.13 Circuito-QD2 Tipo TUE TUE TUE TUE TUE Iluminação Iluminação TUG TUG TUG TUG TUG TUG 8.25 27.80 18.70 27.5 2.81 2.17 11.1 2.23 31.68 0.00 27.12 2.30 13.11 2.13 59.03 8.6 2.

Seção mínima do condutor capaz de conduzir A capacidade de condução dos condutores (Iz) deve ser maior que a corrente corrigida (Iz ≥ Ic). .5 14 17.55 14.17 1. Para TUE do chuveiro a maior corrente corrigida é de 68.18 (A).5 9 76 76 57 24 17.18 68.19 1.11 1.4 1.5 1.5 1 1.5 1.23 31.5 17.5 16 16 10 2. A seção dos circuitos sera apresentado na seguinte tabela.09 13.30 25.14 1. portanto foi especificado seção de condutor de 6 mm² para os circuitos de TUG. pela tabela 36 a corrente imediatamente superior é de 86(A) portanto foi especificado seção de condutor de 25 mm². a maior corrente corrigida foi de 31.5 Para TUG.5 17.10 1.8 1.6 1.80 18.20 Iz(A) 17.26 21.5 1.13 1.20 Tipo TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE Iluminação Iluminação Iluminação TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG TUG Ic(A) 17.3 1.28 68.95 15.35 24.80(A).20 31.1 1.18 1.45 6.00 27. Seção Quadro de Distribuição 1 Circuito N° 1.5 9 32 32 32 32 32 24 32 24 Seção mm².42 8.5 4 2.7 1.5 4 4 4 4 4 2.09 14.08 17.2 1.18 48.16 1. pela tabela 36 a corrente imediatamente superior é de 39(A). Consultando a tabela 36 da NBR 5410 o valor imediatamente superior ao da maior corrente corrigida de circuito de iluminação.5 0.12 1.50 28.9 1.5 1.27 14.5 1.15 1. 1.

2 2.68 0.5 2.9 2.5 4 4 4 2. pela tabela 36 a corrente imediatamente superior é de 67(A) portanto foi especificado seção de condutor de 16 mm².5 24 32 32 32 24 14 1 16 16 0.13 59.5 .44 14.3 2.5 0.7 2.72 11. Seção Quadro de Distribuição 2 Circuito Tipo TUE TUE TUE TUE TUE Iluminação Iluminação TUG TUG TUG TUG TUG TUG N° 2.20 20. 7.5 2.5 Seção mínima do condutor capaz de conduzir – QD2 Para TUE do chuveiro a maior corrente corrigida é de 63.05 14 77 76 9 9 17.81 2.6 2.76 1 1.2 ELETRODUTO Eletroduto Quadro de Distribuição 1 Tamanho Polegada 1 2 3 12.96 65.63 20.5 1.13 (A).Para TUE da torneira elétrica a maior corrente corrigida é de 48.12 2.72 26.25 27.84 1.1 2. pela tabela 36 a corrente imediatamente superior é de 52(A) portanto foi especificado seção de condutor de 25 mm².12 59.10 2.87 15.05 63.5 2.5 2 Eletroduto Quadro de Distribuição 2 Tamanho Polegada 4 5 42.70 27.8 2.11 2.5 1.5 1.4 2.5 17.08 (A).13 Ic(A) Iz(A) Seção mm² 13.60 39.

11 1.7 1.12 1.16 1.14 1.1 2.6 2. Seção Quadro de Distribuição 1 Circuito N° 1.5 1.4 2.17 Tipo TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE TUE Iluminação Iluminação Iluminação TUG TUG TUG TUG TUG IN(A) 10 10 10 10 10 10 40 40 40 10 10 10 20 20 20 20 20 Seção Quadro de Distribuição 2 N° 2.2 1.8 1.3 1.13 1.5 2.7.1 1.9 1.3 2. IZ = Capacidade de condução de corrente dos condutores nas condições da instalação.10 1.7 Circuito Tipo TUE TUE TUE TUE TUE Iluminação Iluminação IN(A) 10 40 40 20 10 10 10 .2 2.4 1.6 1. IN = Corrente nominal do disjuntor nas condições do projeto (previstas na instalação).3 COORDENAÇÃO COM A PROTEÇÃO IB ≤ IN ≤ IZ.15 1. IB = Corrente de projeto.

ABNT.9 2. Associação Brasileira de Normas Técnicas. 2004. Instalações Elétricas. Companhia Energética de Minas Gerais. 2ª ed. 1986.10 2. NBR 5410 – Instalações Elétricas de Baixa Tensão. Rio de Janeiro: LTC. 10ª ed. CEMIG.12 2.8 2.11 2. NBR 5444 – Símbolos Gráficos para Instalações Elétricas Prediais. . Belo Horizonte.1 Fornecimento de Energia Elétrica em Tensão Secundário Rede de Distribuição Aérea – Edificações Individuais. Rio de Janeiro. Associação Brasileira de Normas Técnicas. 2013. ND-5. Hélio.13 TUG TUG TUG TUG TUG TUG 20 20 20 20 20 10 REFERÊNIAS Notas de aula.2. CREDER. ABNT. Rio de Janeiro. 1989.