Artigos pessoais

Autoconhecimento e carreira
José Lourenço de Sousa Neto*

Autoconhecimento é fundamental para ter vida e carreira bem sucedidas. Sem se conhecer,
como o indivíduo pode saber o que quer e o que o faz feliz? Se não sabe dos próprios
recursos, como enxergar até onde pode ir? A partir de que ponto precisa buscar parcerias e
novos aprendizados e ferramentas? Desconhecendo seus limites, ele pode comprometer
seu crescimento pessoal e profissional. Muita gente fala que quer ser feliz e ter sucesso,
mas não sabe dizer com clareza o que seja uma coisa ou outra.
O autoconhecimento é demandado desde o início, quando a pessoa começa a definir que
rumo quer dar à sua vida. Da escolha da profissão, ao estabelecimento de metas que
pretende atingir – no planejamento estratégico pessoal. Durante a caminhada, quando for
necessário rever o plano e corrigir rumos, a auto percepção será determinante.
Conhecer suas competências e habilidades, entender o que o motiva ou bloqueia, é
fundamental na hora de avaliar os desafios e traçar estratégias de enfrentamento. Com
isso, a pessoa usa melhor o potencial que tem e reserva energias para manter-se produtivo
por mais tempo. Sem isso, corre o risco de forçar muito na arrancada, ou exagerar em
alguns pontos de uma prova longa, comprometendo seu resultado.
Importa saber como comporta tanto o corpo como a mente, para se ter uma avaliação
correta das potencialidades e das necessidades – mapeamento de forças e fraquezas. E
cabe ao próprio indivíduo cuidar disso, conduzindo seu processo de desenvolvimento,
evitando a ilusão de que a empresa ou algum “guru” fará isso por ele. Coaches, mentores,
líderes e mesmo a organização, a família e os amigos, podem ser aliados valiosos, desde
que saiba o que buscar deles. Caso contrário, podem acabar prejudicando, com o jogo de
palpites, opiniões, diretivas, que podem desviar do rumo ou tirar o foco. Não tem como ser
diferente – apenas o indivíduo, e só ele, pode saber da “dor e do prazer de ser o que se é”.
Existem vários caminhos para o autoconhecimento. Abaixo apresentamos algumas
sugestões.
─ Meditação – cada vez mais citada hoje em dia, a meditação permite um mergulho
interior que traz, com a prática disciplinada, uma profunda abordagem pessoal, com
iluminação de pontos sombrios, e às vezes inusitados, da própria mente. E inúmeros
outros benefícios, especialmente na saúde geral, como a ciência começa a descobrir.
─ Diário – o hábito de escrever um “diário de bordo”, como alguns gostam de chamar as
anotações pessoais feitas todo final de jornada, é muito útil. Ao se dar um tempo para
pensar como foi seu dia, o que cumpriu da agenda e o que foi postergado, experiências
novas e, principalmente, emoções experimentadas, a pessoa descobre-se um pouco
mais. É importante a anotação, porque a memória não é confiável. Ao reler os registros,
pode-se aprofundar mais no autoconhecimento. A sinceridade e a franqueza consigo,
nesse exercício, é fundamental para que o indivíduo não caia na armadilha do elogio
próprio, iludindo-se com os confetes do louvor autoconcedido.
─ Foco no corpo – as sensações corporais podem revelar muito mais do que se imagina.
Ao sentir uma ligeira dor de cabeça, a pessoa recorre logo a um analgésico. Perde uma
chance valiosa de aprender alguma coisa sobre si. Todo desconforto, psicológico ou
físico, tem sua razão de ser. Deve-se dialogar com o incômodo: por que ele está
acontecendo? Qual sua causa? Quais os possíveis desdobramentos? O que, em síntese,
pode ser aprendido com ele?
Alguém já disse que “não basta sofrer. É preciso saber sofrer”. Não aprender a lição da
dor é candidatar-se a repeti-la.
Autoconhecimento e carreira (02/12/2013)

1/2

entre outros. específicos de As sugestões acima são apenas exemplos do que cada pessoa pode fazer. como e porque faz.Artigos pessoais ─ Sair do automático – “quando descasco uma laranja. remete à nossa maneira corriqueira de pensar e agir. no propósito da ação. e verificar se não há forma melhor de fazer. acumuladas tarefa a tarefa. com especialização em Gestão Estratégica de Negócios. Além desse processo de “melhoria contínua”. nossa mente vagueia por inúmeros outros lugares. e mestrado em Gestão de Recursos Humanos. ─ Cursos e treinamentos – como PNL. como estamos fazendo. questionando a validade de velhos fundamentos.br/. autoconhecimento. O convite. dia a dia. Isso é raridade. Pequenas melhorias. Autoconhecimento e carreira (02/12/2013) 2/2 . ─ Questionamento constante – checar sempre a maneira como faz as coisas. com 40 anos de vivência profissional. a pessoa mapeia-se mais um pouco a cada auto arguição. Estudioso de psicologia e psicanálise. Não se inova apenas em grandes realizações. eu descasco uma laranja” (de um mestre budista). E permitir-se sentir a experiência – o tato. desde que se disponha ao autoconhecimento. causam. Enquanto descascamos uma laranja. O pessoal da área da ciência que o diga. o odor.jlourenconeto. que pode parecer de uma obviedade torturante para os apressadinhos. tem se dedicado a cursos. Isso abre espaço de aprendizado onde o automatismo tinha jogado suas sombras. voltados para desenvolvimento humano e profissional. a visão. verdadeiros tsunamis no cotidiano. nosso cérebro ferve com pensamentos que nada têm a ver com o que estamos fazendo. etc.com. treinamentos e coaching. Controladoria e Finanças Empresariais. levando a pessoa a dar-se conta do que faz. Contato: http://www. aqui é para que prestemos atenção no que estamos fazendo. depois de algum tempo. também podem ajudar muito. leva o indivíduo a “sair da caixa” e a desenvolver espírito inovador. ________________ * O autor. é graduado em Administração e Filosofia. liderança pessoal. Essa fala.