Curso de Direito

AV1 – TÓPICOS DE DIREITO PROCESSUAL – 2011.2
A prova objetiva avaliar, de forma cumulativa, as habilidades indicadas pelo MEC e os conhecimentos
adquiridos na matéria. As questões contemplam aspectos relevantes do programa e não serão anuladas
sem o prévio conhecimento da Coordenação do Curso de Direito. Serão considerados na avaliação o
repertório vocabular e a observância da modalidade culta da língua. Ao responder às questões, siga as
seguintes orientações:
PROVA “A”
1ª PARTE — Assinale a alternativa correta, valendo cada uma 0,5 ponto.
1ª Questão
Assinale a alternativa correta no que diz respeito à competência do Juizado Especial Fazendário:
a) A parte autora pode optar livremente entre o Juizado Especial Fazendário e o Juízo Fazendário;
b) A parte autora obrigatoriamente deve ingressar com a sua demanda perante o Juizado Especial
Fazendário, quando se tratar de hipótese prevista na Lei nº 12.153/09;
c) A Fazenda Pública pode ser legitimada ativa e passiva nos processos de competência do Juizado
Especial Fazendário;
d) Nos processos de competência do Juizado Especial Fazendário, é possível aplicar o disposto no art.
188 do CPC, que confere a Fazenda Pública prazo diferenciado para apresentar defesa.
Sugestão de gabarito: letra “b”, nos termos do art. 2º, parágrafo 4º, da Lei nº 12.153/09.
2ª Questão
No que diz respeito à antecipação dos efeitos da tutela, é CORRETO afirmar:
a) A antecipação dos efeitos da tutela é, em regra, concedida por meio de uma decisão
interlocutória;
b) A antecipação dos efeitos da tutela não pode ser revogada pelo magistrado, pois este ato judicial se
submete a preclusão;
c) A antecipação dos efeitos da tutela pode ser requerida pelo demandando quando o mesmo pretende
obter um pronunciamento judicial no sentido da improcedência do pleito autoral;
d) O demandante pode requerer a antecipação dos efeitos da tutela, na própria petição inicial, para fins de
obter a inversão do ônus da prova.

parágrafo 2º. 2ª PARTE — Responda às questões propostas.Sugestão de gabarito: letra “a”. 109. d) A reconvenção depende de prévia garantia do juízo para se recebimento pelo magistrado. no art. Embora se admita a antecipação dos efeitos da tutela na própria sentença com o intuito de já conferir imediata exeqüibilidade a mesma. Oscar promove demanda em face do INSS (autarquia federal). 285-A. cujo conceito se encontra no art. nada impede que a mesma seja apresentada pelo próprio demandante quando se tratar de impedimento do magistrado. objetivando receber benefício previdenciário que não é decorrente de acidente de trabalho. b) O magistrado pode resolver liminarmente o mérito favoravelmente ao demandado e antes mesmo de determinar a sua citação. c) O magistrado pode resolver liminarmente o mérito favoravelmente ao demandante e antes mesmo de determinar a citação do demandado. se a matéria controvertida for unicamente de fato. 162. pode-se afirmar: a) A contestação e a reconvenção podem ser apresentadas em quinze dias e não necessariamente em conjunto. Indagase: a) é possível que a presente demanda seja processada perante a Justiça Estadual se no local não houver sido instalado juízo federal? A resposta é afirmativa e até mesmo se encontra prevista no art. Embora a exceção esteja prevista como uma das modalidades de resposta do réu. Sugestão de gabarito: letra “c”. não há juízo federal instalado. c) O demandante pode oferecer exceção de impedimento do magistrado. caput do CPC. d) O magistrado pode resolver liminarmente o mérito favoravelmente ao demandado e antes mesmo de determinar a sua citação. que se constitui em uma rara hipótese de competência federal delegada ao juízo estadual. Sugestão de gabarito: letra “d”.5 pontos). Na cidade em que reside. se a matéria controvertida for unicamente de fato. b) qual seria o Tribunal competente para processar e analisar eventual recurso de apelação para impugnar a sentença proferida pelo juízo? . 304 do CPC. É o que consta. 4ª Questão Assinale a alternativa correta no que diz respeito à resolução liminar do mérito: a) O magistrado pode resolver liminarmente o mérito favoravelmente ao demandante e antes mesmo de determinar a citação do demandado. nos termos do art. CPC. 3ª Questão No que tange a defesa do demandado. usualmente a mesma é concedida por meio de decisão interlocutória. por sinal. se a matéria controvertida for unicamente de direito. o que leva o seu advogado a instaurar este processo perante a Justiça Estadual. se a matéria controvertida for unicamente de direito. b) O demandante pode oferecer exceção de incompetência relativa. justificando-as objetivamente: 5ª Questão (2. parágrafo 3º da CRFB-88.

Vale dizer. eis que a demanda tem conteúdo econômico inferior a 40 (quarenta) salários-mínimos. parágrafo 3º da Lei nº 10. tanto na doutrina quanto na jurisprudência.00 (três mil e quinhentos Reais) de danos morais. nos termos do art. de ofício. perante a 1ª Vara Cível da Comarca de Petrópolis. valendo cada uma 0. ocasião em que o agravante objetou que é amplamente admitida. . como questão preliminar. parágrafo 3º da Lei nº 9. b) A parte autora obrigatoriamente deve ingressar com a sua demanda perante o Juizado Especial Federal. que o STJ já cancelou o seu verbete nº 348 que dispunha em sentido contrário. pleiteando a condenação desta a lhe pagar R$ 3.Seria o Tribunal Regional Federal (TRF). localizados na mesma cidade. 3º. a ausência de capacidade postulatória do demandante. a possibilidade conferida ao demandante de optar entre o juízo comum ou o juizado especial. 1ª Questão Assinale a alternativa correta. 7ª Questão (2. naquela localidade.5 ponto. Desta maneira. Além disso. Também alega a incompetência absoluta da 1ª Vara Cível.099/95. A ré. B) Eventual conflito de competência entre Vara Cível Federal e Juizado Especial Federal. o que tornaria competente o Juizado Especial da localidade. Vale dizer que esta decisão foi impugnada por recurso de agravo.5 pontos). proferiu decisão interlocutória declinando da sua competência em prol de um dos Juizados Especiais Federais localizados na mesma cidade. Indaga-se: a) Assiste razão ao agravante? Não assiste razão ao demandante. eis que as suas petições não estão sendo subscritas por advogado. ao ser citada. praticamente não existem advogados. 36 do CPC dispensa em advogado em uma situação como a presente. oferece contestação e suscita. nos termos do parágrafo 4º do mesmo dispositivo. 3º. ajuíza demanda em face de Isabella. Danilo ajuíza demanda em face da União cujo pedido tem conteúdo econômico equivalente a 50 (cinqüenta) salários mínimos. O art. bem como que é amplamente dominante o entendimento de que há opcionalidade entre o Juízo Cível e o Juizado Especial Estadual. PROVA “B” 1ª PARTE — Assinale a alternativa correta.259/01.500. eis que de acordo com o art. Uadi. Em réplica. Uadi alega e comprova que. caberia a Uadi optar em qual órgão jurisdicional a sua demanda deve tramitar. O processo foi distribuído perante a 5ª Vara Federal do Rio de Janeiro cujo magistrado. quando se tratar de hipótese prevista na Lei nº 10. Uadi está correto. deve ser decidido por qual Tribunal? O verbete nº 428 da súmula do STJ esclarece que a competência para o processamento e julgamento deste conflito é do TRF.0 pontos). onde estiver instalado Juizado Especial Federal a sua competência é absoluta. no que diz respeito à competência do Juizado Especial Federal: a) A parte autora pode optar livremente entre o Juizado Especial Federal e o Juízo Federal. na modalidade de instrumento. Indaga-se: assiste razão a Uadi? Sim.259/01. 6ª Questão (2. desacompanhado de advogado. outrossim. é amplamente dominante o entendimento de que há opcionalidade entre o Juizado Especial Estadual e o Juízo Cível Estadual.

é CORRETO afirmar: a) A antecipação dos efeitos da tutela é. Mas. b) O demandante pode oferecer exceção de incompetência relativa. 2ª Questão No que diz respeito à antecipação dos efeitos da tutela. no art. nos termos do art. 3º. nos termos do art. Sugestão de gabarito: letra “b”. o mesmo não poderá se retratar da decisão. se a matéria controvertida for unicamente de direito. Embora a exceção esteja prevista como uma das modalidades de resposta do réu. caso haja recurso interposto pelo vencido. 304 do CPC. 4ª Questão Assinale a alternativa correta. Sugestão de gabarito: letra “b”. na própria petição inicial. Mas. pode-se afirmar: a) A contestação e a reconvenção serão oferecidas em quinze dias na mesma peça. da Lei nº 10. é possível aplicar o disposto no art. 188 do CPC. que confere a Fazenda Pública prazo diferenciado para apresentar defesa. b) A antecipação dos efeitos da tutela usualmente pode ser revogada pelo magistrado. c) O demandante pode oferecer exceção de suspeição do magistrado. d) A reconvenção depende de prévia garantia do juízo para se recebimento pelo magistrado. d) O demandante pode requerer a antecipação dos efeitos da tutela. 3ª Questão No que tange a defesa do demandado. . parágrafo 4º. no que diz respeito à resolução liminar do mérito: a) O magistrado pode resolver liminarmente o mérito favoravelmente ao demandado e antes mesmo de determinar a sua citação. 273. se a matéria controvertida for unicamente de direito. É o que consta.c) A Fazenda Pública pode ser legitimada ativa e passiva nos processos de competência do Juizado Especial Federal. CPC. por sinal. b) O magistrado pode resolver liminarmente o mérito favoravelmente ao demandado e antes mesmo de determinar a sua citação. nada impede que a mesma seja apresentada pelo próprio demandante quando se tratar de suspeição do magistrado. parágrafo 3º. Sugestão de gabarito: letra “c”. c) A antecipação dos efeitos da tutela pode ser requerida pelo demandando quando o mesmo pretende obter um pronunciamento judicial no sentido da improcedência do pleito autoral. para fins de obter a inversão do ônus da prova. caso haja recurso interposto pelo vencido. o mesmo até poderá se retratar da decisão.259/01. em regra. d) Nos processos de competência do Juizado Especial Federal. concedida por meio de um despacho de mero expediente.

Ocorre que. Indaga-se: a) o recurso interposto foi corretamente direcionado? A resposta é negativa. b) existe opcionalidade entre o juizado especial estadual e o juízo cível estadual? É amplamente dominante o entendimento de que há opcionalidade entre o Juizado Especial Estadual e o Juízo Cível Estadual. o demandado jamais será intimado.5 pontos). 7ª Questão (2. perante o 1º Juizado Especial Cível da Comarca do Rio de Janeiro. objetivando receber danos morais no valor de R$ 3.0 pontos). Mas. poderá interpor recurso de agravo na modalidade por instrumento. eis que há ofensa a coisa julgada material oriunda do processo anterior. Nilo achou por bem propor novamente a mesma demanda perante o mesmo órgão jurisdicional. 285-A. d) O magistrado pode resolver liminarmente o mérito favoravelmente ao demandado e antes mesmo de determinar a sua citação. Mas. 267. Indaga-se: a) A nova medida processual adotada por Nilo foi a mais adequada? Se Neide não cumpriu a condenação imposta pela sentença. Nilo. eis que o mesmo é a instância revisora das decisões proferidas por magistrado lotado em juízo de competência cível.099/95. caso haja recurso interposto pelo vencido. Desta maneira. Neide não cumpriu o comando emergente da sentença. parágrafo 1º do CPC.500. nos termos do art. Vale dizer que esta sentença não foi objeto de impugnação por recurso de qualquer das partes. CPC. se a parte vencida discordar.00 (três mil e quinhentos Reais). desacompanhado de advogado. se a matéria controvertida for unicamente de direito. 6ª Questão (2. mesmo com o advento da coisa julgada material. nos termos do art. caberia a Catarino optar em qual órgão jurisdicional a sua demanda deve tramitar. 2ª PARTE — Responda às questões propostas. o que leva o magistrado a declinar de sua competência em prol de um dos Juizados Especiais na mesma localidade. Sugestão de gabarito: letra “b”. se a matéria controvertida for unicamente de direito. perante um juízo estadual cível. . Em virtude desta situação. onde vem a obter sentença favorável que condena a demandada a lhe pagar a quantia de R$ 3. parágrafo 3º da Lei nº 9. Por não concordar com esta decisão de declínio. que seria lastreada em título executivo judicial. Ocorre que a demanda tem conteúdo econômico inferior a 40 (quarenta) salários-mínimos. Catarino interpõe recurso dirigido a Turma Recursal do Rio de Janeiro.c) O magistrado pode resolver liminarmente o mérito favoravelmente ao demandado e antes mesmo de determinar a sua citação.00 (três mil e quinhentos Reais).5 pontos). caberia a Nilo requerer o início da execução. ajuíza demanda em face de Neide. Catarino promove demanda em face de Rodolfo. justificando-as objetivamente: 5ª Questão (2.500. b) Como o magistrado deverá agir quanto ao novo processo de conhecimento instaurado por Nilo? O magistrado deverá sentenciar o novo processo com fundamento no art. 3º. inciso V. posto que deveria ser direcionado ao Tribunal de Justiça (TJ).

dando provimento ao mencionado recurso.Fabrício promove demanda em face de Fernandes. o magistrado profere sentença desfavorável ao demandante. se após a decisão do Tribunal forem produzidas novas provas que demonstram o desacerto da decisão. o que deve ser levado em consideração não é a hierarquia entre membro de Tribunal e magistrado lotado em primeira instância. na modalidade de instrumento. par. formulando requerimento para antecipação dos efeitos da tutela. parágrafo 4º. . o magistrado poderá revogar a antecipação dos efeitos da tutela. O processo seguiu tendo regular tramitação em 1º grau e novas provas foram produzidas. Desta maneira. 1º-A. Ao final. por meio de um dos seus Desembargadores. 273. mas sim o aprofundamento da cognição realizado. O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Indaga-se: é realmente possível que o magistrado. o que motiva a interposição de recurso de agravo. CPC. possa rever decisão proferida Sim. profere decisão monocrática com fundamento no art. é perfeitamente possível e esta postura até pode ser fundamentada no art. O Magistrado lotado em 1ª instância indefere este pleito. É que. 557. neste caso. nesta hipótese. CPC. cassando a decisão proferida anteriormente pelo Tribunal. que tinha concedido a antecipação dos efeitos da tutela.