EXERCÍCIOS MENTAIS

Nossa capacidade intelectual é fruto de nossa carga genética, nossas influências
ambientais durante a vida e nosso ritmo de vida.
Segundo o especialista os dois principais erros que levam a queda do rendimento
cerebral são:
1- Sobrecarga de estímulos = pessoas que fazem várias coisas ao mesmo tempo,
dormem menos do que deveriam, estão sempre correndo, tem nível elevado de stress,
preocupações e ansiedade.
2- Falta de treinamento cerebral = muitas pessoas acabem caindo na rotina e
automatizando boa parte da atividade mental. O cérebro precisa de desafios, ser
tirado da zona de conforto, criar soluções, testar hipóteses, errar, acertar, enfim,
aprender durante toda a vida. Isso é conseguido no dia-a-dia buscando sempre
atividades intelectuais novas ou mesmo fazendo coisas da rotina de um jeito criativo e
diferente. Outro jeito de estimular o cérebro é com jogos e brincadeiras intelectuais,
que cumprem de maneira divertida e lúdica, o papel de desafiar, testar e treinar
algumas habilidades cerebrais importantes na composição do que chamamos
inteligência.
1- TESTE DAS CORES
Nesse teste tente ler as cores em que as palavras estão escritas… e não o texto que
está escrito.
É um teste de atenção, engajamento e inibição de respostas. O lado esquerdo do
cérebro, predominante para linguagem, ao menos sinal de distração, tentará ler o
texto. O lado direito, mais viso-espacial, tentará dizer as cores.

2- TESTE DO RELÓGIO INVERTIDO
Esse é um difícil teste de adaptação visual. Abaixo temos um relógio invertido no
plano horizontal. A imagem é como um relógio de parede disposto na frente de um
espelho. O cérebro, tirado da sua zona de conforto, precisará re-inverter mentalmente
a imagem para desvendar o horário correto. É um exercício visual e de estratégia. E
então, que horas são?

4. Faça o teste e surpreenda-se. Isso. quando não frases inteiras. Nele o cérebro precisa inibir a leitura do todo. da palavra e esforçar-se para perceber as letras.TESTE DO TEXTO EMBARALHADO Esse teste é mais fácil e mostra uma fascinante habilidade cerebral. tá um pouquinho na frente do texto e compreende o contexto gramatical que algo é escrito. O que está escrito não importa. pois ele não lê letra por letra (como alguns podem pensar) ! Nosso cérebro lê palavras inteiras. Mas não menospreze o exercício. não é tão fácil quanto parece. do contexto.TESTE DE RASTREAMENTO Esse não é para qualquer um! O objetivo é ler atentamente o texto abaixo e identificar quantas letras “F” aparece. no entanto. O texto abaixo tem letras embaralhadas. apenas procure e diga quantos “F” “s” você lê abaixo (Gabarito logo abaixo)! . Ele tem um poder de prever o que é escrito.3. nosso cérebro consegue decifrá-lo com uma fluência quase normal.

Leia e confira! 7- TESTE DO SOLETRAR INVERTIDO . Encontrou? Se não achou volte ao texto e confira! 5. outros tendem a ver o todo e realmente penam para achar os intrusos.ENCONTRE O INTRUSO Neste teste. a atenção é o fundamental! Em um “mar” de NOVES você precisará encontras DOIS números SEIS.Gabarito = Existes seis F´s escondidos nesse texto.TEXTO COM NÚMEROS Aqui mais um teste relativamente fácil e simples que mostra todo o poder de improvisação cerebral. pode ser plenamente lido e compreendido. 6. Um texto que mescla letras e números e que. ainda sim. Algumas pessoas mais detalhistas têm muita facilidade nesse exercício.

Quanto maior a palavra mais difícil fica o exercício. são dados dinâmicos que ficam registrados apenas mentalmente. Parece fácil. É preciso lembrar a grafia da palavra. . Segue alguns exemplos de complexidade variável logo abaixo. não use calculadora. mas muita concentração.CONTAS SERIADAS DE CABEÇA Esse teste é bastante curioso.Exercício de complexidade média que exige muita. Faça a conta sequencial proposta abaixo. Depois confira se você acertou com uma calculadora. O cérebro não pode bobear. não é? Vamos ver com você se sai então. Apenas some progressivamente os números e anote o resultado. inverter a escrita e narrar as letras na sequência correta. 8.