ileitura

[atividades][busca][contos][currículo][cursos][fale conosco][links][loja][músicas][humor][poesias][receitas][serviços]

Canais
home atividades calendário escolar cartão de visitas

Lingüística SAUSSURE, Ferdinand de. Curso de Lingüística Geral. São Paulo: Cultrix, 1969. Capítulos: Introdução: 1,2,3 e 4; I Parte: 1 e 2.

“... toda definição a propósito de um termo é vã [ estéril ]; é um mau método partir dos termos para definir as coisas.” ( p.22 )

Lingüística é a ciência que se constituiu em torno dos fatos [ leis ] da língua. Este estudo envolve duas disciplinas heterogêneas. Uma tem como assunto a língua e a outra a fala. A segunda é subordinada a primeira apesar de que, historicamente, a fala vem sempre contos antes. As duas são distintas, mas elas estão estreitamente ligadas e se implicam mutuamente. A língua ( langue ), sistema de signos distintos que exprimem idéias, é essencial, determinada, independente, unicamente psíquica, currículo homogênea, social e representa o objeto da Lingüística. A língua é um fato social e um fenômeno semiológico. Ao contrário, a fala ( parole ) é secundária, acessória, mais ou menos acidental, psico-física, inteligível e individual. A faculdade de falar, segundo Broca, se localiza na 3ª cursos grátis circunvolução frontal esquerda do cérebro. Esta bifurcação retrata dois caminhos, dois lados da linguagem. download A linguagem, faculdade inerente a todos os indivíduos, é multiforme, heteróclita, física, fisiológica, psíquica, individual, incognoscível, heterogênea e social. [Ela se divide em verbal e não-verbal. A verbal é a fala propriamente dita e a não-verbal é qualquer frases outra forma de expressão e comunicação. Esta última é o objetivo do uso da língua pelos seres humanos]. forum de discussão A língua está em primeiro lugar entre os fatos da linguagem, é algo adquirido e convencional, ou seja, é o " conjunto de convenções necessárias, adotadas pelo corpo social para permitir o exercício dessa faculdade nos indivíduos " ( p. 17 ), é delimitada no conjunto dos horário fatos de linguagem e classificável entre os fatos humanos ( Semiologia, do Grego semeîon, "signo" ). links Semiologia, parte da Psicologia social a qual é parte da Psicologia Geral, pode ser definida como a ciência que estuda a vida dos signos no seio da vida social. Os signos lingüísticos são associações psíquicas, arbitrárias e tangíveis entre o significado ( conceito, idéia ) e livro de visitas o significante (imagem acústica, imotivada e linear ). “... o significante é imotivado, isto é, arbitrário em relação ao significado, com o qual não tem nenhum laço [ vínculo ] natural [ necessário ] na realidade.” ( p. 83 ). Exemplo: arbor ( Do Latim, “árvore” ). Dessa ciência geral, a músicas Lingüística é apenas uma parte. notícias e textos A história da Lingüística passou por três fases ou períodos sucessivos. Na primeira fase, os gregos, baseados na lógica, inauguraram o que se chamava de "Gramática" ( disciplina normativa ). Esse estudo que foi continuado principalmente pelos franceses visa a humor formular regras. Na segunda fase, apareceu a Filologia cujo objeto era a língua e o método era a crítica. As pesquisas deste período piadas prepararam a Lingüística histórica. A terceira fase começou com a descoberta da Gramática comparada ou Filologia comparada. Franz Bopp, em Sistema da Conjugação do Sânscrito ( 1816 ), estudou as relações entre o Sânscrito, o Germânico, o Grego, o Latim, etc. ( parentesco, poemas família, língua-mãe ) e percebeu que as línguas afins podiam tornar-se matéria duma ciência autônoma. Com o primeiro impulso do nortepoesias americano Whitney, autor de "A vida da linguagem" ( 1875 ), surgiram os neogramáticos e uma nova escola foi fundada. "A matéria da lingüística é constituída inicialmente por todas as manifestações da linguagem humana..." ( p. 13 ), a tarefa é "fazer planos de aula a descrição e a história de todas línguas que puder abranger" ( p. 13 ), "procurar as forças que estão em jogo, ... , em todas as línguas e deduzir as leis gerais ... (de) todos os fenômenos peculiares da história" ( p. 13 ), "delimitar e definir-se a si própria" ( p. 13 ). A lingüística projeto estabelece relações com a Psicologia social, Fisiologia, Sociologia e Filologia ( conexas ) . Cultur arte Culturarte “A língua já não é agora livre, porque o tempo [ fator histórico ] permitirá às forças sociais [ coletividade ] que atuam sobre ela desenvolver seus efeitos, e chega-se assim ao princípio de continuidade, que anula a liberdade. A continuidade, porém, implica receitas necessariamente a alteração [ evolução ], o deslocamento mais ou menos considerável das relações [ entre o significado e o significante ].” ( Serviços p. 93 ). Os princípios de continuidade e alteração pertencem à Semiologia Geral. Exemplo: necare ( do Latim clássico, “matar” ), necare ( do Latim vulgar, “afogar” ) e noyer ( do francês, “afogar ). busca fale conosco loja previsão do tempo

Divulgação
troca de links

Search
Publicidade

Habilite a Linguagem Java do seu Navegador

LIVROS - Super Ofertas, clique aqui!

Bannerlandia

Bannerlandia

Última atualização deste site: 29/07/2007. [15/11/2005] Powered by . ileitura ©2006. Todos os direitos autorais desta obra são reservados e protegidos pelo disposto na Lei nº. 9610, de 19.02.1998, Lei de Direito Autoral. Material de autoria da essora ileitura protegido por Lei de Direito Autoral. A reprodução direta ou indireta por qualquer meio ou tecnologia constitui crime segundo o art. 186 do Código Penal. Plágio é crime. A fonte deve ser citada, Site anti-spam e sem pop up. Pedofilia é crime. Contato: ileitura@ileitura.com.