You are on page 1of 12

1.

26/01/2010
Pré História

Basicamente estudada em três fases distintas.

• Paleolítico ou Idade da Pedra lascada:


Viviam em bandos, em cavernas, corpos muito cobertos de pêlos... Brutalizados,
caçadores e coletores;

• Primeira grande descoberta: o fogo.


As vantagens com o fogo para o dia-a-dia.

Pinturas Rupestres... Um enigma ou o 1º sinal de escrita, apesar de serem pinturas.


Destaque: eram nômades.

Anotações: caverna não é moradia e sim um abrigo, até porque eles eram nômades.

Período Neolítico ou Idade da Pedra Polida.

Continuam em bandos, mais a arqueologia nos mostra um homem de corpo mais


ereto, mais próximo do homem atual.
Continuam com caça, coleta... Suas armas e utensílios são mais aperfeiçoados, ou
seja, com polimento das pedras.

* 1ª Grande Revolução: a descoberta da agricultura. A partir daí, toda a História,


envolvendo os homens, tomaria novos rumos. *

Com o domínio da agricultura e, posteriormente, do pastoreio, os homens se


tornarão seminômades e depois sedentários.
Com o sedentarismo... as primeiras cabanas, vilas... Até a descoberta do metal.
Com a descoberta do metal, já falamos em civilizações, em organizações sociais.

Anotações: Os mais antigos fósseis foram todos encontrados na Etiópia, região mais pobre, encontrada
no leste da África.

Idade dos metais:

→ Descoberta do metal, formação de comunidades: ideia de Estado (civilização). Daí


surge a escrita, que vem o calendário, que foi criado pela necessidade da
agricultura.

2.
02/02/2010

Primeiras grandes civilizações.

Egito Antigo
Tópicos e características:

* Civilizações Hidráulicas, ou seja, surgiram dependentes de seus rios (Nilo),


surgiram por causa do rio. *

Pirâmide Social

• Faraó → rei absoluto, do tipo teocrático, dono das melhores terras;


• Sacerdotes → domínio das práticas religiosas e também ricos proprietários;
• Escribas → domínio da escrita hieroglífica;
• Militares → questão da defesa;
• Outros → comerciantes (comércio: troca de favores/produtos), artesãos,
camponeses... e claro, os escravos prisioneiros de guerra.

Principais desenvolvimentos dos egípcios: Matemática, astronomia


(calendário), agricultura, cultura, arquitetura, medicina num elo com a religiosidade
(politeísta).

O Antigo Império (3200 – 2300 a.C.)

→ Formação do Estado egípcio e unificação do Alto e Baixo Egito.


→ Início das construções das grandes pirâmides.
→ Fase de disputas políticas pelo poder entre a pessoa do Faraó e dos Sacerdotes.

Médio Império (1580 – 670 a.C.)

→ Inédito acontecimento político com a introdução do monoteísmo religioso por


Amenófis IV.
→ Foi uma questão política para minimizar o poder dos sacerdotes.
→ Invasão dos Assírios.

Renascimento Saíta (662 – 525 a.C.)

Novamente um Egito unificado, liderado pelo então governante de Saís. Na


realidade, foi a ultima fase do que conhecemos sobre o Egito Antigo até sua
dominação definitiva com os árabes.

3.
09/02/2010
Mesopotâmia
Região onde hoje predomina o Iraque, também conhecida por ‘crescente fértil’
(entre rios Tigre e Eufrates).

Composta em várias civilizações, normalmente encontradas em Cidades-Estados.

→ Destaques: sumérios* e a escrita cuneiforme*;

→ Acádia*: com o rei Sargão, houve a UNIFICAÇÃO de cidades, formando um


primeiro Império.

→ Babilônia: fundada pelos Amoritas. Foi a mais importante cidade de seu tempo:
cultura, conquistas territoriais, economia...

→ Principal rei: Hamurabi e seu código → princípio de Talião (“pagar pela mesma
moeda”, ou “olho por olho, dente por dente”...). Talvez o primeiro código de leis
escrita pela humanidade.

→ Fim da Babilônia: conquistada por Hititas e Assírios, com sua violência contra
prisioneiros de guerra.

→ Os Assírios foram conquistados pelos Caldeus.

→ Com os Caldeus, fundou-se a Neo-Babilônia, com destaque para os progressos e


conquistas do rei Nabucodonosor e o Cativeiro da Babilônia, que aborda a
escravização dos Hebreus.

→ A “nova” Babilônia cairia após a morte de Nabucodonosor com os babilônios


conquistados pelos persas.

Civilização Hebraica
Povo Hebreu: A história.

→ De origem nômade, vindos da Mesopotâmia, em busca de terras férteis;

→ No Egito, a princípio: aceitação pelos Hicsos. Depois se iniciou a história da


escravização.

→ A questão religiosa: liderança de Moisés e a libertação dos hebreus até à terra


prometida, a Palestina.
(Anotação: Abraão “inventou” o monoteísmo, que só há um Deus).

Destaques:
→ O Êxodo (quando Moisés liberou os hebreus da escravidão); Josué (sucessor de
Moisés – não está inserido no Êxodo).

→ A hierarquia: Patriarca, Juízes e Monarcas;

→ 1º rei hebreu: Saul; depois veio David;

→ Apogeu* de crescimento: Salomão e a construção de seu templo.


O que saber pra prova:

→ Rei Hamurabi;
→ O que foi o código de Hamurabi;
→ Que a escrita surge por necessidade de economia e por que;
→ Por que a Mesopotâmia era chamada de crescente fértil;
→ Por que egípcios e mesopotâmicos são chamados de ‘civilizações hidráulicas’;
→ Quem libertou os hebreus.

*Sumérios → povo da Suméria, geralmente considerada a civilização mais antiga da


humanidade. Localizavam-se na parte sul da Mesopotâmia. Apropriadamente posicionada em
terrenos conhecidos por sua fertilidade, entre os rios Tigre e Eufrates.

*Escrita Cuneiforme → Escrita cuneiforme foi desenvolvida pelos sumérios e é o conceito


geral dada a certos tipos de escrita feitas com auxílio de objetos em formato de cunha.
Cunha → Peça de ferro que vai diminuindo de grossura até terminar em corte para rachar
lenha, fender pedras, etc.

*Acádia → A Acádia é o nome dado tanto a uma cidade como à região onde se localizava,
na parte superior da baixa Mesopotâmia, situada à margem esquerda do Eufrates. Acádia foi
uma das mais famosas cidades mesopotâmias.

*Apogeu → O ponto mais elevado que uma coisa pode atingir.

4.

A divisão política dos Hebreus

• Cisma hebraico: Reino de Israel e de Judá;


• Reino de Israel, conquistado por Sargão II;
• Reino de Judá, conquistado por Nabucodonosor e destruição do templo de
Jurasalém e início do Cativeiro da Babilônia (Neo).

• Cativeiro da Babilônia → Escravização dos hebreus;


• Invasão Persa sob Ciro, retorno dos agora denominados Judeus para a Palestina e
reconstruição do Templo, apesar do domínio Persa;
• Novas invasões: Macedônios.

A Diáspora (dispersão):
Em 63 a.C., foi a vez dos romanos dominarem a Palestina;

• Em 70 da nossa era, nova destruição do Templo;


• A partir daí, foram séculos de dispersões pelo mundo e perseguições.

Sionismo, Israel e holocausto:

O retorno à Palestina, a fundação de Israel em 1948 e as mudanças de judeus na 2ª


Guerra Mundial.

Houve o conflito entre árabes palestinos islâmicos contra os judeus israelenses e se


dá por causa de territórios e religião.

Fenícia
• Região que corresponde ao atual Líbano.
• Destaques: comércio marítimo; criação de um alfabeto fonético de 22 letras, o
que favorece o comércio;
• A questão geográfica favorece a permanência de Cidades-Estados;
• Sistema de Governo: Talassocracia → Elite que controla o comércio marítimo.

Pérsia
• Região que corresponde ao atual Irã;
• Destaques: foi um dos maiores impérios do mundo antigo, com conquistas e
muito comércio; Brilhantes construtores de estradas.
• Divisão administrativa: Satrapias.
• Sistema de correios à cavalo.
• Comércio: unificação da moeda (dárico);
•Religião: dualista, deus do bem e do mal. Filosofia para religião: Zoroastro.
• Os persas também foram dominados por Alexandre.

5.
02/03/2010

A Antiguidade Clássica

Grécia Antiga – Civilização Helênica


Período Pré-Homérico:

- Civilizações presentes antes da formação da Grécia Antiga: Micenas e Creta.

- Chegada de povos Indo-Europeus: Aqueus, Eólios, Jônios e Dórios.

O início:

- Aqueus fundem as civilizações de Creta e Micenas (Civilização Creto-micênica).

- Chegada de Dórios (chega onde é a Grécia), povo guerreiro que provocou a 1ª


Diáspora grega na região Balcânica.

O período Homérico:

- Homero com as obras Ilíada e Odisséia, narram os acontecimentos;


- Organização social em GENOS;
- União de Genos = Fratria;
- União de Fratrias = Tribos (Cidade-Estados);
- Líder = Pater.
- Crescimento populacional provoca disputas entre Paters pelas melhores terras;
- Surgimento das divisões sociais;
- Início da 2ª Diáspora Grega para a Ásia Menos e Península Itálica.

Período Arcaico:

- Formação das Cidades-Estados (governo próprio, como se cada um fosse um país)


= Póleis;
- A questão da escravidão em dois fatos: prisioneiros de guerra e por dívidas.

Atenas: a pólis cultural.

Destaques:

- de origem jônica;
- valorização do homem, da Filosofia, dos esportes e, sobretudo da Política.

A Sociedade Ateniense;
- Eupátridas [donos de terras] (aristocracia).
- Demiurgos (comerciantes ricos).
- Georgóis (pequenos agricultores).
- Artesãos
- Escravos
- Metecos (estrangeiros).
- Legislador SÓLON: responsável pelo fim da escravidão por dívidas.
- Arcontes (nome da categoria política. Chefe que cuida da política e religiosidade.)

Drácon → Lei → Escrita

• Legisladores Psístrato e Hípias: Período da Tirania;


• Legislador Clístenes: Criador da Democracia e do Ostracismo;

Oligarquia → minoria
Democracia → “vontade” da maioria

Obs: A democracia em Atenas era escravista, começou com a minoria, pois eram
excluídos da vida política: mulheres, Metecos e escravos.

Esparta

→ Militarismo e Oligarquia;
→ Fundada pelos Dórios.

A sociedade Espartana:

→ Esparciatas (aristocracia);
→ Periecos (população livre);
→ Hilotas (servos públicos).

→ Participação política apenas para os Esparciatas.

Outros destaques:

• Treinamento militar para as crianças, bem como os sacrifícios de bebês


defeituosos;
• Melhores condições para as mulheres.

Período Clássico:

→ Marcado pelas guerras que levaram ao fim o mundo grego;


→ Guerras Médicas: Gregos contra os Persas.
→ Formação da Liga de Delos sob liderança Ateniense;
→ Guerra do Peloponeso, guerra entre gregos, com vitória de Esparta;
→ Guerra contra Tebas, com vitória do mesmo.

6.
09/03/2010

Período Helenístico

→ Fase marcada pela dominação do mundo grego pelos Macedônios... Alexandre


Magno;

→ Helenismo: difusão da cultura grega para o Oriente.

Destaque:

• Antropocentrismo: o homem é o centro de tudo. Para os gregos, tudo o que


acontece na Terra é obra humana.
• Mitologia: uma coisa criada pelo homem, e ele passa a crer, como religião.
• Filosofia: o saber.

Roma Antiga
Período monárquico:

→ Formação da Vila Roma por Etruscos , Latinos, Sabinos e Gregos;


→ Surgimento dos Paters com as melhores terras... daí a classe dos patrícios.

Obs: Lenda de Rômulo e Remo.

A República
• Etruscos derrubados do poder;
• Política centralizada nas mãos dos Patrícios através do Senado;
• Grandes obras públicas, período de amplo crescimento;
• Expansão territorial;
• Crescimento dos problemas dos Plebeus;
• A Plebe abandona a cidade de Roma.
7.
16/03/2010

Conquistas Plebéias

• Lei da Calunéia, das 12 tábuas, Tribunos da Plebe...


• Destaque para a Reforma dos Irmãos Graco (início da crise na República)
• Ditadura de Mário e Sila
• Revolta dos escravos → Spartacus.

Os triunviratos:

→ Medida criada para conter a crise política:

1º Triunvirato: Júlio César, Pompeu e Crasso.


2º Triunvirato: Marco Antônio, Lépido e Otávio.

Roma Império:
Apogeu e fim

→ Otávio Augusto, 1º imperador, época de “ouro” e política de “pão e circo”;


→ Crescimento dos problemas plebeus;
→ A pax romana: período de paz;
→ Crise do escravismo;
→ A questão do Colonato em Roma (fixação da plebe em área rural).
→ O Cristianismo.

8.
30/03/2010

A Polêmica 4ª Cruzada

- Ajuda dos comerciantes venezianos igual a muitas possessões comerciais e uma


inédita ajuda do Papa;

- Arrependimentos dos bizantinos;

- 4ª Cruzada invade Constantinopla, apesar da ajuda dos genoveses, inimigos de


Veneza.

- A partir daí, o império sucumbiria aos poucos com outras invasões, até terminar
em 1453 com os Turco-Otomanos.
9.
06/04/2010

Os árabes e o Islamismo

• Arábia Saudita pré Islâmica:

→ Descentralizada, politeísta;
→ Comércio em caravanas (beduínos)
→ Várias tribos chefiadas pelos Sheiks.
→ Principal cidade comercial e religiosa: Meca.

• O Nascimento do Islamismo

→ Profeta Maomé em contato com outros povos: Judeu e Cristãos.


→ Maomé teria sido escolhido por Alá.
→ Divulgação entre os Coraixitas.
→ Meca, reduto comercial e religioso... Problemas com Maomé.
→ A Caaba torna-se o símbolo máximo.
→ Arábia unificada em torno da nova religião.
→ Os árabes expandem a religião... Jihads.

→ Características básicas do Islamismo:

• Alcorão, livro sagrado;


• Seguidores muçulmanos;
• Cidades sagradas, Meca e Jerusalém;
• Sucessores de Maomé, Califas;
• Grupos principais, Xiitas e Sunitas.

10.
13/04/2010

Invasões Bárbaras e Império Carolíngio

• Invasão de diversos grupos bárbaros: Visigodos, Ostrogodos, Anglo e Saxões,


Vândalos, Francos.
• Igreja Católica: conversão e sobrevivência.

→ Principal grupo (tronco) bárbaro: Germânicos.

• Império Franco: Início com a dinastia Merovíngia, com Clóvis convertido ao


Catolicismo.
• Ponto de partida para aquisição de terras para a Igreja.
• Poder dos “prefeitos de palácio”, ou, major domus.
Prefeito de destaque: Carlos Martel e sua vitória na batalha de Poitiers, freando o
avanço muçulmano pela Europa;

• Pepino, o breve, inicia a dinastia Carolíngia, com um golpe;


• Patrimônio deSão Pedro, início dos territórios pontifícios;
• Sucessor: Carlos Magmo: conquistas, apoio da Igreja e divisão dos territórios em
ducados e marcas;
• Governo e fidelidade, pessoas de confiança em cada divisão (nobres);
• Missi dominici, fiscais do rei.

A divisão do Império: entre os netos de Carlos Magno, tratado de verdun.

11.
13/04/2010

Revisão

• Grécia Antiga

→ Comunidades Gentílicas (início da Grécia Antiga).


→ Invasão dos Dórios: 1ª diáspora Grega (dispersão).
→ 2ª diáspora: fome, por causa do crescimento populacional.

• Póleis

→ Atenas: a pólis cultural.


→ questão da democracia: foi uma “democracia” (vontade da minoria. Só votavam
homens com mais de 18 anos filhos de atenienses) para poucos, escravista, mas de
qualquer forma foi um grande feito.

• Clistenes: Pai da democracia

• Ostracismo: pega exílio de 10 anos (???).

• Oligarquia: governo de poucas pessoas (Esparta).

• Características de Atenas e Esparta (Atenas: democracia / Esparta:


oligarquia).

• Guerra Médica
• Guerra do Peloponeso: guerra civil (grego contra grego). Esparta e aliados X
Atenas e aliados. Vitória de Esparta.

• Conquistas Plebéias

→ 12 tábuas
→ Caluléia
→ Tribuno da Plebe (representadores do povo no senado).

• Clistenes

→ Lutas civis e os Triunviratos: transição do império a república (?)

• 1º Império Romano: Otávio Augusto

→ Pax Romana
→ Política do pão e circo (medida tomada para manter o povo longe do dinheiro??)

• Guerras púnicas: guerras de Roma contra Cartago.

→ Roma vence.
→ Depois, Roma controla o mar mediterrâneo.

• Edito de Milão

→ Nome do documento que dava liberdade do culto aos cristãos de Roma.