EXPERIÊNCIA 02 – PREPARAÇÃO DE SOLUÇÕES

1. Sinopse teórica.
São infinitas as soluções diferentes formadas a partir de um soluto e de um solvente, pela
variação da proporção entre ambos.
Na tentativa de quantificar essa proporção, surgiram vários tipos de medidas das soluções,
agrupáveis em duas classes:
a) Medidas de título (ou de massa), que expressam uma proporção entre a masa de soluto e a
massa de solvente ou de solução;
b) Medidas de concentração, que expressam uma proporção entre a massa de soluto e o volume
da solução.
Uma medida típica de título é a porcentagem em massa (p):
p

m1
m1
 100 
 100
m
m1  m2

m1 = massa de soluto (g)
m2 = massa de solvente (g)
m = massa de solução (g)

Uma medida típica de concentração é a concentração em quantidade de soluto por unidade de
volume (q), expressa em mols/L:
q

n1
m1

V
M1  V

M1 = massa molar do soluto (g)
V = volume final da solução (L)
n1 = quantidade de soluto (mol)

Um cálculo bastante freqüente é o do volume de solução ácida concentrada necessária para
preparar outra solução mais diluída.
Supondo uma solução final x mols/L com
volume Vf litros:

x

m1
 m1  x  M 1  Vf
M 1  Vf

Considerando y% a porcentagem real de ácido
na solução ácida concentrada:

 y  100

  z  100  m1 / y
 m1  z 

Finalmente, a massa z é convertida em volume
através da densidade d g/mL da solução ácida
concentrada:

d  m / Vc  d  z / V  Vc  z / d

2. Objetivos específicos: O aluno aprenderá a:
a) Aplicar algumas expressões no cálculo da massa de soluto necessária à preparação de soluções;
b) Preparar soluções.
3. Material necessário por grupo de alunos:
Aparelhagem

Reagentes

1 balança
2 balões volumétricos de 50 mL
1 bagueta
2 béqueres de 150 mL
2 espátulas
1 pera de borracha
1 pipeta graduada de 10 mL
1 pisseta

FeSO4  7 H2O
H2SO4 (pureza 98% e densidade 1,84 g/mL)
KMnO4

adicione o volume calculado de H 2SO4 concentrado. usando a pisseta. f) Em um béquer limpo e seco pese a massa calculada de KMnO 4. usando a pisseta. Procedimento: a) Calcule a massa necessária para preparar 50 mL de solução 0. responda o seguinte: a) Escreva a equação balanceada de oxi-redução. que possui 5 g de soluto em 200 mL de solução aquosa. misture com a bagueta até obter uma solução (mistura perfeitamente homogênea).5 mol/L de FeSO4  7 H2O.4. c) Em um béquer limpo e seco pese a massa calculada de FeSO4  7 H2O. Relatório: Em uma folha padrão de relatório. 5. adicione aos poucos os 50 mL da solução ferrosa.8 mol/L. Observe e anote a cor da solução resultante. que será usada como oxidante. depois de misturadas as duas soluções? c) Que massa de soluto deve ser adicionada a 40 g de água para se obter uma solução a 10% em massa? d) Calcule a concentração em quantidade de soluto por volume de uma solução de KMnO 4. homogeneíze a mistura.5 g/mL) necessário para preparar 100 mL de uma solução 0.1 mol/L de KMnO4. que será usada como redutora. g) Transfira o conteúdo do béquer para o balão volumétrico e complete o volume com água destilada até a marca de aferição. b) Qual foi a coloração obtida ao final da experiência. b) Calcule o volume de H2SO4 concentrado necessário para preparar 50 mL de uma solução 0. Observe atentamente a reação: KMnO4 + FeSO4 + H2SO4  K2SO4 + MnSO4 + Fe2(SO4)3 + H2O i) Coloque o restante da solução oxidante. h) Coloque aproximadamente 30 mL da solução de KMnO4 em um béquer limpo. misture com a bagueta até obter uma solução. e) Qual é o volume de ácido sulfúrico concentrado (pureza 60% e densidade 1. realizada nesta experiência. homogeneíze a mistura. e) Calcule a massa necessária para preparar 50 mL de solução 0. d) Transfira o conteúdo do béquer para o balão volumétrico e complete o volume com água destilada até a marca de aferição. sob agitação constante. adicione próximo de 20 mL de água destilada. adicione próximo de 30 mL de água destilada.3 mol/L? . Sob agitação constante.