Padrão de Desempenho 8

:
Patrimonio Cultural
30 de abril de 2006

Introdurgão
1.

Introdução

1. O Padr ance Standard 8: Cultural Heritage" \l 1 \l patrimoniopatrimônio cultural para as geraturalatuais e futuras. De acordo gerações. Em consonância com a Convenm cosobre a protem copara Proteção do patrimonio culturalPatrimônio Mundial Cultural e natural mundialNatural, este Padrculturalonâncialtbuscatem por objetivo proteger o patrimoniopatrimônio cultural insubstitunâncialtural Heros clientes quanto asobre a proteaal do patrimonio cultural durantedesse patrimônio no curso de suas operamôniocomerciais.empresariais. Alresariais.as exigriais. io noos requisitos do presente Padres de Desempenho quanto, no que se refere ao uso por do patrimônio cultural em um projeto do patrimonio cultural est patrimonio , baseiam-se em parte, nos padrsenio cultural o deteal Herossobre biodiversidade.Biodiversidade Biológica.

Objetivos Proteger o patrimonio patrimônio cultural contra os impactos negativos adversos das atividades de
projetos do projeto e sustentar dar apoio à sua conservaçãopreservação Promover a partilhadistribuição eqtribuiçãodes lturalios decorrentes patrimonios culturais do patrimônio cultural em atividades comerciaisempresariais

do uso de

Âmbito de AplicargãoAplicação
2. A aplicabilidade destedo presente Padres de Desempenho e definidaestabelecida durante o processo de Avaliate osocialidentificação de riscos e ambiental, ao passoimpactos socioambientais, enquanto que a implementasoscoss s eteal Heros clieao cumprimento das exigumprimpara preencher os requisitos deste Padrch de Desempenho osgerida por meio do Sistema de gerenciamento social e ambientalregida pelo sistema de gestão socioambiental do cliente. As exigente. Os requisitos do sistema de gerenciamentogestão de impactos e avalia de impriscos estão descritos no Padrão de Desempenho 1. 3. Para os fins destedo presente Padrão de Desempenho, patrimoniopatrimônio cultural se refere-se às formas tangíveis de patrimonioherança cultural, tais como, por exemplo, sítios e propriedades tangíveis que tenham valor arqueológico (pré-histórico), paleontológico, histórico, cultural, artístico e religiosoe locais com valores arqueológicos (pré-históricos), paleontológicos, históricos, culturais, artísticos e religiosos, bem como característicasa aspectos ambientais naturais do meio ambiente exclusivas que incorporemúnicos, que representem valores culturais, por exemplo,como bosques sagrados. Contudo, para os objetivos fins do parágrafo 11, a seguir, também se 13, infra, incluem-se ainda formas intangíveis de cultura, como, por exemplo, o conhecimento cultural, as tais como conhecimentos, inovações e as práticas das culturais de comunidades que incorporammantêm estilos de vida tradicionais. As exigências desteOs requisitos do presente Padrão de Desempenho se aplicam o patrimonio-se ao patrimônio cultural mesmoquer este tenha ou não sido legalmente protegido ou anteriormente afetado.

Escopo

Requisitos
4. Durante o ciclo de vida do projeto, o cliente considerará impactos potenciais sobre o patrimônio cultural e aplicará as disposições do presente Padrão de Desempenho. Onde não forem aplicáveis os

parágrafos 9–13, o cliente aplicará uma hierarquia de mitigação que não seja protegidafavoreça a prevenção. Onde a prevenção não for viável, o cliente procurará, por lei ou ordem de importância: Reduzir os impactos adversos e implementar medidas de restauração que tenham em vista manter o valor do patrimônio cultural, inclusive a manutenção dos serviços dos ecossistemas necessários para protegê-lo; Restabelecer a funcionalidade do patrimônio cultural, inclusive os serviços dos ecossistemas necessários para protegê-lo, ainda que já tenha sido perturbada anteriormente.em local diferente; e

3.

Exigências
Protergão do PatrimonioIndenizar cultural.
pela perda e/ou diminuição do patrimônio

Proteção do Patrimônio Cultural na ConceprgãoElaboração e na ExecurgãoExecução do Projeto

Práticas Reconhecidas Internacionalmente
Requisitos Gerais
4.5. Alquide cumprir a lei do cumprimento da legislação nacional relevante sobre a concernente à proternentelpatrimoniopatrimônio cultural, incluindo a legislado a evante Internacionalminclusive das leis nacionais dispondo sobre as obrigaobreais Int-sede de acordo com a hospedeiro nos termos da Convendeirsobre a prote a iro nos termos da cionalmente mônio cultupara Proteção do Patrimônio Cultural e Natural Mundial e outras leis internacionais relevantespertinentes, o cliente protegerá e apoiará o patrimoniopatrimônio cultural por meio da adoteg de mediante prdiante reconhecidas internacionalmente para areconhecidas de proteecidao estudoestudos de campo e a documenta e denpatrimoniopatrimônio cultural. Se as exige den Caso os requisitos dos parsitosden7, 8, 9, 10 ou 11 forem–13 sejam aplicmu 11, o cliente contratarte oremte de e aqualificadosdeverá contratar peritos habilitados e experientes para auxiliar na Avaliaerieavaliação 6. Caso o local do projeto do cliente contenha patrimônio cultural ou impeça o acesso a sítios com patrimônio cultural antes acessíveis, o cliente permitirá o acesso ao sítio cultural ou proporcionará uma via de acesso alternativa, observadas as considerações de saúde e segurança de força maior.

Procedimentos de
5.

Descoberta Aleat ó ria em Face de Achados ao Acaso O cliente Achados ao Acasoeconcebersituar e construirplanificar um projeto de modo a evitar dano significativo o patrimonio cultural. Quando o local proposto que evite impactos adversos significativos sobre o patrimônio cultural. O processo de 1 de 3 identificação de riscos e impactos socioambientais deve determinar quando a localização proposta para um determinado projeto estiver fica em aver ado cultural. O que

Padrão de Desempenho 8 – Rev 0.1
Patrimônio Cultural
14 de abril de 2010

Padrão de Desempenho 8:
Patrimonio Cultural
30 de abril de 2006

7. seja descoberto algum patrimonioencontrar patrimônio cultural, seja durante a construnio ou as , seja nas operaa na. Como parte de seu sistema de gestão, o cliente implementará procedimentos de para achados ao acaso na eventualidade da descoberta aleatbertdos ao acaso na por intermédio da Avaliação social e ambiental. O cliente ntermédio da Avaliação riscos e impactos socioade patrimônio cultural. O cliente não interferirá em qualquer achado ao acaso atalquer achado ao acasAvaliaueravaliação por um especialista competente e sejam identificadas asdefinidas afinidasadas aspetenteas exignidasadas asos requisitos do presente Padres de Desempenho.

Processo de Consulta
Quando

Consultas
6.8. Onde um projeto apresentar o potencial depossa afetar o patrimoniopatrimônio cultural, o cliente consultará as comunidades afetadas dentro do pao -sede hospedeiro que usam, ou usaram no, de acordo com a tenham memham viva, com objetivos duradouros para de ter usado, o patrimônio para fins culturais por longo tempo, a fim de identificar o patrimoniouma herança cultural de imports culturaisa as comaono seu processo de tomada de decists culturaisadecisório os pontos de vista das comunidades partes interessadas afetadas a respeito destesobre esse patrimônio cultural. A consulta tambturenvolverl.as agverl. A consulta ulturaisa as comunidades afetadasincumbidas da proteção do patrimoniotambém os órgãos reguladores nacionais ou locais competentes incumbidos de proteger o patrimônio cultural.

RemoturalerPatrimonio Patrimônio Cultural
7.9. NaA maior parte, o patrimonio do patrimônio cultural ônmais bem protegida se preservada nopela preservação em seu local, pois a dado que sua remoção provavelmente resultaroresultaria em danos irreparvaveldano irreparável ou a destruirepado patrimonio cultural.desse legado. O cliente n. cultural. qualquer patrimoniopatrimônio cultural, a menos que as algum, salvo diante das seguintes condições sejam atendidas: Não haja alternativas viáveis, dos pontos de vista técnico ou financeiro, à remoçãoOs Inviabilidade técnica ou financeira de alternativa à remoção Peso maior dos benefícios gerais do projeto superem aem relação à perda do patrimonioprevista de patrimônio cultural esperadadecorrente da remoçãoQualquer remoção do patrimonio Qualquer remoção de patrimônio cultural seja conduzida pela mediante a melhor ta emoção de patri.

Patrimonio
Patrimônio Cultural Cr í tica Crítico
8. O patrimonio cultural crítica consiste em (i) herança reconhecida internacionalmente das comunidades que usam ou usaram, de acordo com a memória viva, o patrimonio cultural com objetivos culturais duradouros; e (ii) áreas de patrimonio cultural protegidas por lei, incluindo aquelas propostas pelos governos-sede como tendo essa designação. 9.10. O cliente nel procederá a qualquer alteração significativa de, nem danificara, ou removercaou alterara qualquer alteração signifqualquer patrimoniopatrimônio cultural crulturacrítico. Em circunstqualquer alteração , quando em que um projeto impacte de forma significativa um projeto puder danificar significativamente um patrimonio cultural crr significativpatrimônio cultural crítico, cujo dano ou perda puder colocar em riscoameace a sobrevivcar em riscoítico,econômica dasde comunidades dentro do paco,anfitridahospedeiro que usarem o patrimoniousam a herança

2

Padrão de Desempenho 8 – Rev 0.1
Patrimônio Cultural
14 de abril de 2010

cultural para fins culturais duradouros, o cliente deverlie(i) cumprir as exigfins ccumprirá os requisitos do pará os re6, acima8, supra; e (ii) conduzir uma negociar umanterá negociações de boa f boaaçõesociaç a participação informada das -fé com as comunidades afetadas e o resultado bemsucedido dessa negociapação informada das e, nemdocumentará sua participação informada e o resultado positivo das negociações, devendo ser apropriadamente mitigados quaisquer outros impactos sobre o patrimoniopatrimônio cultural crulturadevem ser atenuados de maneira apropriadacrítico, com a participados de maneira apropriadaente e, nemain 10. 11. As a s de patrimoniocom patrimônio cultural protegidas por leilegalmente protegido sgalmente protegidode maneira aproa preservate conservação do patrimoniopatrimônio cultural, fazendo-sesendo necess-se protegidode maneira apropriadasquer projetos que possam ser permitidos de acordo com as leis nacionais aplicáveis venham a instalar-se nessas a ins. amparados pela legislação nacional aplicável. Em circunstâncias nas quais umem que o projeto proposto se localizeestiver situado dentro de uma to allegalmente protegida por lei ou em de uma zona de isolamento definida por lei-tampão legalmente demarcada, o cliente, além das exiglegalmente demarcada, dos requisitos referentes ao patrimônio cultural crulturamencionadas anteriormentecrítico mencionados no par mencio9, o cliente cumprirment11 acima, preencherá os seguintes exiguintes requisitos: Cumprir as regulamentações de patrimonio cultural local ou nacional Observância de regulamentos nacionais e locais estabelecidos dispondo sobre o patrimônio cultural ou os de planos de manejogestão da área protegida Consultar os Consultas aos patrocinadores e os administradoresgestores da toresistradore, asàs comunidades locais e a outros investidores importantes a respeitointeressados acerca do projeto proposto 2 de 3

Padrão de Desempenho 8:
Patrimonio Cultural
30 de abril de 2006

ImplementarImplementação de programas adicionais, se conforme apropriado, para promover e melhorar as metasaprimorar os objetivos de preservaçãoconservação da servaçãoosr e .

Utilizargão de Patrimonio Uso do Patrimônio Cultural pelono Projeto
11. Quando um 12. Onde o projeto propuser o uso depropõe usar para fins comerciais os recursos culturais, conhecimento, conhecimentos, inovações ou práticas de comunidades locais que incorporammantêm estilos de vida tradicionais, o cliente informará essas comunidades sobre: (i) seus direitos perantesegundo a legislação nacional; (ii) o escopoalcance e a natureza da proposta dedo desenvolvimento comercial proposto; e (iii) as conseqüências potenciais possíveis consequências desse desenvolvimento. O cliente não dará continuidade a essaprosseguimento à mencionada comercialização a menos que: (i (ii) entre em uma negociaçãonegociações de boa -fé com as comunidades locais afetadas que incorporammantêm estilos de vida tradicionais; (ii) documente suaa participação informada dessas comunidades e o resultado bem-sucedido da negociaçãopositivo das negociações; e (iii) permita o compartilhamento justo e eqüitativogaranta

3

3 de 3

Padrão de Desempenho 8 – Rev 0.1
Patrimônio Cultural
14 de abril de 2010

uma participação justa e equitativa dos benefícios da comercialização desse conhecimento, inovação ou prática, conforme de tais conhecimentos, inovações ou práticas, em conformidade com seus costumes e tradições.

4

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful