CROMATOGRAFIA EM CAMADA DELGADA CCD

24/06/2010 Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado 1

Método que utiliza diversas técnicas que tem como objetivo principal a separação de substâncias de uma mistura, com fins analíticos ou preparativos, muito utilizado em laboratórios industriais, de pesquisa e de ensino.

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

2

As técnicas cromatográficas utilizam uma fase estacionária e uma fase móvel.

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

3

A fase estacionária é formada de um material escolhido para reter de forma diferenciada os componentes da amostra que se deseja separar.

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

4

A fase móvel é o material que se desloca pela fase estacionária, arrastando os componentes da amostra.

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

5

Análise do produto: comparativo com o padrão ou matéria prima de reação. Fleque Principal: produto. Fleque Paralelo: subprodutos ou resíduos. Solvente: acetona e água.
24/06/2010 Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado 6

Mergulho: 2- 5 mm na fase móvel. Capilaridade: separação dos fleques ou manchas. Afinidade do fleque: eluente e placa.

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

7

Subida do eluente: secar = ar comprimido Revelação do fleque: camara ultravioleta (C.O 264 – 366nm) nitrozação (NaNo2) solução de diazônio

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

8

CONSEQUÊNCIAS DAS NOSSAS ATITUDES

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

9

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

10

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

11

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

12

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

13

Amostra muito concentrada. Amostra muito diluída. Contaminação da micropipeta.

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

14

SUDAN AZUL 673 PADRÃO

SUDAN AZUL 673 CONTAMINADO

SUDAN AZUL 673 CONTAMINADO

MP não reagida

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

15

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

16

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

17

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

18

Bazasol Verde 20L sa Condensação/Oxidação

CH3 CH3 CH2 CHO N CH2 CH3 + C CH3 CH2 CH2 N

CH3 CH2 N CH2 CH3

2

+

N,NN,N-DIETILANILINA
+

BENZALDEÍDO
CH3 CH2 CH3 CH2 N CH3 CH2 N
+

CH2

CH3

+

½ O2

+

HCl Eisenkomplex Tetracloro benzoquinona C

OXIGÊNIO

ÁCIDO CLORÍDRICO

BAZASOL VERDE 20L 24/06/2010 Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado 19

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

20

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

21

Bazasol Vermelho 72L Reação

CH3 H3C N CH3 CH3 C + N CHO CH3 C CH3 CH2 + H3C C OH O N CH3 N CH3 CH3 C C CH3 CH

N,NN,N-P-DIMETILAMINO BENZALDEÍDO

TRIBASE

ÁCIDO ACÉTICO

BAZASOL VERMELHO 72L

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

22

Vídeo
Cromatografia em papel filtro

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

23

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

24

O grande desafio humano é resistir à sedução do repouso, pois nascemos para caminhar e nunca para nos satisfazer com as coisas como estão. A insatisfação é um elemento indispensável para quem, mais do que repetir, deseja criar, inovar, refazer, modificar, aperfeiçoar. Assumir esse compromisso é aceitar o desafio de construir uma existência menos confortável, porém ilimitada e infinitamente mais significativa e gratificante.
24/06/2010 Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado 25

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

26

24/06/2010

Ademir A. Sampaio - Pedagogo/ Técnico Especializado

27

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful