Asterisk é um poderoso software livre que permite transformar um ordinário PC numa poderosa

central telefónica multi protocolo. É licenciado através de uma licença do tipo GPL - Gnu Public
License. A Digium, empresa que promove o Asterisk, investe em ambos, o desenvolvimento do
código fonte e em hardware de telefonia de baixo custo que funciona com o Asterisk. O Asterisk
funciona sobre uma plataforma Linux ou outras plataformas Unix com ou sem hardware
conectando à rede pública de telefonia.
O Asterisk permite conectividade em tempo real entre a
rede pública de telefonia e redes VoIP. A rede pública de
telefonia é frequentemente referida pela sua sigla em
inglês PSTN (Public Switched Telephony Network).
O Asterisk integra telefones, computadores, Rede LAN e a
Internet numa única plataforma. Baseado em tecnologias
abertas e protocolos padrões de mercado, este sistema tem
as funcionalidades de correio de voz, correio electrónico,
atendimento automático, unidade de resposta audível
(URA), distribuição automática de chamadas (DAC) e
integração entre telefonia e computadores, além da
conectividade com o PBX da empresa e com a rede
pública de telefonia comutada (STFC) e móvel.

Características do sistema:
• Sistema de telefonia IP-PBX;
• Distribuidor Automático de Chamadas (DAC);
• Unidade de Resposta Audível (URA);
• Correio de Voz com integração com o correio electrónico;
• Relatório e estatísticas das chamadas;
• Facilidade de administração e gestão através da Web;
• Compatível com os PBX’s analógicos;
• Compatível com os telefones digitais IP;
• Conectividade com troncos analógicos e digitais;
• Sistema voltado para pequenas e médias empresas.

Funcionamento do Asterisk:
O Asterisk interliga-se com a rede de dados através de uma porta Ethernet de 100Mbps, com a
possibilidade de activar um firewall e fazer o controle de banda para os telefones IPs, caso seja
necessário.

Para interligar-se com o PBX
Analógico ou STFC, o
Asterisk possui vários tipos de
modelos de placas, com
interfaces FXS, FXO, E1, T1
e PRI. É possível também
utilizar qualquer produto VoIP
padrão de mercado, como por
exemplo do fabricante Sipura,
Linksys, Grandstream,
Mediatrix, Micronet ou outro
qualquer, tanto para portas
FXS como para portas FXO.
A figura mostra um exemplo de uma empresa utilizando o sistema Asterisk, onde todos os
telefones IPs locais e de sites remotos conectam-se ao servidor VoIP localizado na matriz
através da Internet. Como exemplo de mobilidade, o IPFone utilizado na Residência tem
acesso a todos os ramais da empresa, incluindo os ramais analógicos da central PBX, sendo
possível também capturar uma linha telefónica de qualquer PBX, tanto na matriz com nos
sites remotos.