Regras Gerais para Avaliações no Curso de Relações

Internacionais da UFRJ
(aprovadas na 38ª Reunião Ordinária do Colegiado de RI e
aplicáveis a partir do segundo semestre de 2014)
O Curso de Relações Internacionais seguirá as determinações do CEG
(Resolução CEG 15/71), as regras adotadas por conselhos superiores e pelo
Colegiado do Curso de Relações Internacionais e deverão ser seguidas por
todos os professores que ministram aulas no curso.

CONDIÇÕES DE APROVAÇÃO
A avaliação de rendimento escolar dos alunos é realizada por várias formas
de verificação de aprendizagem (provas, exercícios, relatórios, projetos,
frequência ou outros), que são estabelecidos pelo docente responsável e
devem ser divulgadas no início do semestre letivo.
A escala de aferição do aproveitamento será representada por notas de 0
(zero) a 10 (dez), arredondando-se para o valor mais próximo com apenas
uma casa decimal.
A média semestral mínima para a aprovação direta é 6,0 (seis). Os alunos
que obtiverem média igual ou inferior a 3,0 (três) não terão direito a prova
final e serão reprovados. Caso não atinja a média acima, o aluno será
submetido à prova final. A média final será a soma (média aritmética
simples) da média semestral com a nota da prova final, que terá que
totalizar no mínimo 5,0 (cinco).
A frequência às aulas é obrigatória a todos os alunos regularmente
matriculados na disciplina. O não cumprimento desta determinação acarreta
o risco de reprovação, de acordo com a lei vigente no país (Lei de Diretrizes
e Bases da Educação). O aluno de graduação de Relações Internacionais
será aprovado na disciplina quando satisfizer, simultaneamente, as
seguintes condições:
 apresentar o mínimo de 75% (setenta e cinco por cento) de
frequência às aulas; obtiver média semestral mínima de 6,0 (seis), ou
alcançar média mínima de 5 (cinco) entre a soma da primeira média
(1º Verificação e 2º Verificação) e a Prova Final.

PROVA FINAL
A Prova Final será a última oportunidade de o aluno obter a média de
aprovação na disciplina, ou seja, média 5,0 (cinco).
A prova deverá ser aplicada após a divulgação da média das verificações
anteriores e só poderá ser realizada em no mínimo 72 (setenta e duas)
horas após a divulgação dos resultados.
Será realizada preferencialmente no horário da disciplina.
SEGUNDA CHAMADA

Caso isso não ocorra. ou se o aluno não estiver presente no dia da vista. em requerimento na Secretaria Acadêmica.O professor deverá conceder a segunda chamada de qualquer avaliação aos alunos. . A segunda chamada deverá ser realizada preferencialmente no horário de aula. procurar o professor pessoalmente para pedir alteração da nota ou revisão da correção.antes da data prevista para realização da nova verificação. a mesma deverá ser concedida em até 10 (dez) dias úteis após a divulgação da nota. Serão aceitos como justificativa: (a) casos médicos com atestado. (b) casos de gestação a partir do oitavo mês e licença-maternidade. No caso de solicitação de vista por escrito. (c) serviço militar. quando por ausência devidamente justificada passar por análise e for comprovada a impossibilidade de realização da mesma. A solicitação deverá ser feita por escrito num prazo de 02 (dois) dias úteis a partir da vista de prova. em primeiro lugar. sendo essa revisão uma reanálise da correção da(s) questão(ões) solicitada(s) pelo mesmo à luz dos critérios e/ou gabarito e/ou distribuição de pontos utilizados pelo professor responsável pela disciplina. (d) convocação para júri. e (e) participação em atividades científicas. A Prova Final não substituirá qualquer outra prova não realizada. de acordo com a Resolução CEG 04/96. desportivas ou artísticas relacionadas com o curso. esta poderá ser solicitada por escrito. A segunda chamada deverá ser solicitada na Secretaria Acadêmica em formulário próprio devidamente preenchido e acompanhado dos documentos comprobatórios da justificativa apresentada. DIVULGAÇÃO As notas ou médias obtidas pelos alunos nas verificações devem ser divulgadas pelo professor em um período máximo de até 3 (três) dias . em prazo não superior a 3 (três) dias úteis após a realização da prova. Os alunos têm direito à vista de qualquer prova ou avaliação que confira nota na divulgação dos resultados e devem. REVISÃO DE NOTAS (RESOLUÇÃO CEG 04/96) O aluno terá direito a revisão de qualquer avaliação.ou 72 (setenta e duas) horas . Os resultados devem ser divulgados pelo professor da disciplina no horário da aula. no prazo de 48 (quarenta e oito) horas úteis após a divulgação do resultado.

Em caso de aprovação do recurso. Em última instância. o Conselho Deliberativo de Relações Internacionais constituirá banca formada por 3 (três) docentes para implementação da solução do caso. RECURSO (RESOLUÇÃO CEG 04/96) O aluno que discordar da decisão resultante dos procedimentos previstos em qualquer dos artigos descritos acima. a ser diretamente encaminhado ao Conselho Deliberativo do Curso de Relações Internacionais. . excluindo sábados. na forma de requerimento padrão. poderá solicitar recurso junto à Coordenação do curso. devidamente fundamentada e justificada. caberá recurso final. domingos e feriados deste prazo. na forma anteriormente descrita.A solicitação deverá ser feita por requerimento na secretaria acadêmica do curso. A solicitação deverá ser entregue na Secretaria do Curso de Relações Internacionais. indicando a(s) questão(ões) para análise. até 24 (vinte e quatro) horas após a divulgação da mesma.