Prof.

René Gomes Scholz

Portfólio do “Programa Sala de Artes”
na Rádio Escola São Francisco

Trabalho de aluno retratando a atividade da Rádio

2014 – 2015

Apresentação:
O intuito deste trabalho é apresentar detalhes sobre o Programa radiofônico “Sala de
Artes” que foi ao ar entre 2014 e 2015 na Rádio Escola São Francisco, atuante no Centro de
Socioeducação São Francisco. Esta instituição é a maior e mais antiga unidade social
especializada na internação de adolescentes privados de liberdade cumprindo medidas
socioeducativas por decisão judicial.

Vista aérea do CENSE São Francisco, em Piraquara, PR.

A Rádio Escola São Francisco foi instituída pelo Projeto Socioeducativo de
Comunicação que estabeleceu o funcionamento de emissoras de Rádio nos Censes
Paranaenses. Na gestão do Diretor Júlio Botelho, em 2008, foram convidados os
Professores de Artes Plásticas, René Gomes Scholz e o Professor Éverson Lenke Queluz,
de Música, para coordenarem o Projeto. No período entre o convite e a inauguração da
emissora, o Professor de Artes frequentou o curso de Mídias na Educação na Universidade
Federal do Paraná. O trabalho de conclusão de curso resultou no Projeto “Rádio São
Francisco - a Rádio Escola como recurso de mídia para a complementação curricular e
sociabilização participativa” o qual lhe permitiu assumir a coordenação da Rádio na gestão
do Educador Lázaro da Rosa. Para auxiliá-lo, foi destacado o Educador Social responsável
pelo setor de Informática, Dilmar Schmitter, e o Professor de Música já citado. Em junho de
2010 iniciaram-se as transmissões, que prosseguiram até dezembro de 2015.
Desde o princípio houve um esforço por abrir espaço à participação dos alunos.
Com uma programação musical de qualidade e programas produzidos com os ouvintes, ela
tornou-se uma ferramenta educativa respeitada e apreciada pelo público interno.

Sala de Arte com os Professores Éverson Lenke e René Scholz.

b) Justificativa: A Educomunicação é um campo de convergência não só da comunicação
e da educação, mas de todas as áreas das ciências humanas e tem como meta construir a
cidadania a partir do pressuposto básico do exercício do direito de todos à expressão e à
comunicação. Dessa forma, Educomunicar é agir para a criação e o fortalecimento de
ambientes comunicativos, abertos e democráticos, em espaços educativos. Justifica-se
assim a implantação desse projeto, tendo em vista que, a Rádio Escola e a escolarização,
realizam uma atuação, de acordo com as exigências legais favorecendo o protagonismo
juvenil, a desinibição, a capacidade comunicativa, fatores estes condizentes com a função
da Socioeducação.
A deficiência na escolaridade restringe as oportunidades de inclusão dos
adolescentes em cursos de formação profissional; e, posteriormente, as oportunidades no
mercado de trabalho se tornam limitadas. As atividades realizadas na Rádio Escola São
Francisco instrumentalizam tecnicamente esses adolescentes e, portanto, se efetivam como
uma das alternativas para romper com processos de exclusão social. Além disto, a Rádio
funciona também como ferramenta educativa em Arte possibilitando aos Professores e
alunos desenvolver potencialidades artísticas. Também é ferramenta útil a outras disciplinas
curriculares e aos dirigentes da Unidade que podem se comunicar com os internos
transmitindo-lhes conhecimentos, diretivas ou informações. Ela também serve como lazer,
permitindo que se desconstrua o clima sombrio próprio de ambientes prisionais. Nos anos
de funcionamento da emissora ela tem servido à comunicação de mensagens positivas,
espirituais, artísticas, de saúde, humorísticas e filosóficas.
c) O Programa Sala de Arte
O grande problema que se apresentou desde o início do funcionamento desta
emissora foi o fato do estúdio, apesar de bem equipado, ficar no setor administrativo o que
dificultava o acesso dos alunos àquele local. A grande maioria ficava impossibilitada de
participar. O estúdio também era pequeno e se podia atender no máximo dois alunos por

aula. O CENSE contava com aproximadamente cem internos por essa época. Para resolver
esta questão se optou por usar um gravador manual como o da figura abaixo:

Gravador portátil que abriu as portas da emissora a todos os alunos.

Este aparelho deu possibilidade de participação de toda comunidade formada por alunos,
funcionários, professores, familiares e visitantes. Seu uso foi constante e generalizado já
que os outros professores também o adquiriram. Além do gravador foi adotado o uso de um
laptop na Sala de Artes. Com ele e o gravador, paralelamente ao trabalho artístico-plástico,
também se produzia Rádio, conforme houvessem interessados em trabalhar com esse tipo
de “Arte”. Assim, foi possível dar continuidade com a emissora de Rádio apesar da citada
restrição.

Professor de Arte e seus alunos

Alunos no estúdio.

.
Local onde fica a Sala de Arte

Notebook usado para produção dos programas

Para a produção dos programas são usados os softwares Audacity e Zararádio, por
serem ferramentas confiáveis e gratuitas.
d) Outras Produções da emissora
- Rádio Teatro – Trazia produções cênicas para Rádio com textos produzidos ou adaptados
pela equipe da Rádio São Francisco.

- Programa Muita Calma nessa Hora: Programa que trouxe pensamentos e músicas
indutores de paz e tranquilidade. Produzido pela Professora Márcia Maria Razera de
Andrade.
- Hora do Conto – onde eram apresentados causos, estórias, fábulas, que tragam sempre
um cunho educativo.
- Programa Momentos Inesquecíveis – destinava-se a apresentar pontos altos da nossa
programação, seja de entrevistas, visitantes, poemas, piadas, etc.
- Sala de Música – O Professor de Música apresenta clássicos da Música que serão em
seguida trabalhados na Oficina de Musicalização.
- Cartas de Humor – Causos e anedotas visando melhorar o humor de todos os ouvintes.
Especiais.
- Curiosidades da Música – Como o próprio nome diz, traz fatos curiosos ligados ao campo
musical.
- Programa “Sou Livre e digo não” – parte do Programa interno de Prevenção ao uso de
Drogas.
- Momento Clássico – Veiculava músicas clássicas - Momento Poético – Traz poemas
declamados por alunos, professores e outros coletados da internet e CDs.
- Entrevistas – Visitantes Ilustres, Professores que queriam passar algum conteúdo
específico de determinada data ou matéria, Pedagogos, Juízes, todos enfim que, que tinham
algo a dizer aos alunos tiveram os microfones abertos e puderam fazê-lo através das ondas
da Rádio São Francisco.
- Falando de Esporte – Programa esportivo feito com a participação de Professores de
Educação Física e eventualmente convidados.
Momento de Sabedoria – Trazia pensamentos cristãos aos alunos. Foi feito pela Educadora
Social Maria Quaresma.
- Programa Saber e ler – Esse programa tinha o objetivo de iniciar os alunos ouvintes nos
conhecimentos a respeito da literatura e leitura, através de explicações sobre o tema,
programa apresentado pela professora Ana Cristina.
e) Equipe da Rádio neste período:
- Prof. René (Artes Plásticas)
- Prof. Adilson Brito (matemática)
- Prof. Éverson Lenke Queluz
- Profª Ana Cristina (Alfabetização)
- Profª Nelzi (Artes Plásticas)
- Prof. Márcio (Matemática)
- Prof. Hubert (Geografia)
- Profª Vera Suzek (Inglês)

- Profª Palmira (Ciências)
- Profª Márcia Razera (Diretora)
- Profª Jucilene Lampa (Coordenadora)
- Educador Emerson Baltazar
- Educador Sérgio
- Educador Rubens
- Educador Rafael Dionísio
f) Participação em Eventos
- Participamos da Bienal Internacional do México de 2014 com duas produções: O
programa Sou Livre e Digo Não, da Professora Palmira e o Saber e Ler da Professora Ana
Cistina. Data da realização: 6 a 10 de outubro de 2014
Site do Evento: Bienal do México

No período anterior a 2014 participamos do Concurso Aprender e Ensinar tecnologias
Sociais, em 2012, onde obtivemos a premiação de ser o Projeto representante pela Região
sul do Brasil no Fórum Social Mundial na Tunísia em 2013. Mais informações em Revista
Fórum . E também participamos na Bienal Internacional de Arte de São Paulo, na Obra
de Arte “Mobile Rádio BSP”, a convite, no dia 27 de 0utubro de 2012, arquivo disponível em:
Mobile-rádio BSP .

g) Produção de CD’s
A Rádio tem uma extensa lista de Cd’s lançados. Como forma de divulgação e distribuição
de sua produção ela a grava e a distribui usando este tipo de mídia em datas
comemorativas e por ocasião de eventos especiais. Se não vejamos:
- Dia das Mães , do Rio, da Consciência Negra, do Professor, Natal, Páscoa, Formaturas,
Eleições, Cápsula do Tempo (2014), Dia do Livro, Banda Cense, Sala de Arte, Canções de
Ninar e nosso último lançamento foi o “Cantores do São Francisco” com uma coletânea de
100 canções gravadas por alunos nestes cinco anos de existência do Projeto.

Capa do CD Cantores do São Francisco com mais de cem canções gravadas em cinco anos

Capa do CD comemorativo dos 50 anos do Cense

Capa do CD da participação de alunos no debate sobre redução da maioridade penal na Universidade
Federal do Paraná

CD de aluno com canções e um programa musical gravadas por ele.

CD da solenidade de Formatura dos alunos nos cursos Profissionalizantes

CD com coletânea de Programas Sala de Artes

h) Repercussão na imprensa e Internet:
- Jornal Gazeta do Povo – Curitiba PR 08/01/2014 : Adolescentes infratores soltam a voz em
programa de Rádio
http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/adolescentes-em-conflito-com-a-leisoltam-a-voz-em-programa-de-radio-92h1zqzrdryocrgfug4ad9zym
- Revista Fórum : Seis Professores brasileiros na Tunísia
http://www.revistaforum.com.br/2013/03/27/seis-professores-brasileiros-na-tunisia/
- Radio Vaticano – 26 de março de 2013 : Criatividade brasileira no Fórum Social Mundial
http://br.radiovaticana.va/storico/2013/03/26/a_criatividade_brasileira_no_f%C3%B3rum_soc
ial_mundial_ou%C3%A7a!/bra-676872
- Reportagem no Site Instituto Claro – Embratel
https://www.institutoclaro.org.br/blog/projeto-de-radio-da-formacao-cultural-e-tecnica-para-

alunos-de-curitiba/
- Reportagem na TV Educativa do Paraná (E- Paraná) 03/11/2014
https://www.youtube.com/watch?v=dtDx4DFZNNo
- Radio Escola São Francisco no Programa de TV “Balanço Geral”
https://www.youtube.com/watch?v=42Cow4O__cU
- Prêmio Boas Práticas da Socioeducação – Secretaria da Justiça e Direitos Humanos do
Estado do Paraná – 2015
https://radioatividadenaescola.wordpress.com/2015/12/14/radio-escola-sao-francisco-ganhamais-um-premio/
- Radioatividade na Escola – Site de divulgação das atividades educomunicativas do
Professor René Scholz
https://radioatividadenaescola.wordpress.com/programa-sala-de-arte-portfolio/

i) Museu do Cense São Francisco
Paralelamente ao trabalho com a Rádio o Professor René criou e manteve o acervo do
Museu Histórico e Artístico da Cense São Francisco, com objetivo de preservação da
memória da instituição. Assim, a Rádio tem fornecido a possibilidade de registro histórico
através das entrevistas e depoimentos dos componentes de sua comunidade. Além disto
houve a preocupação em destinar parte da memória digital disponível em nossos
computadores , para registrar imagens digitalizadas das fotos coletadas através de
campanha específica entre os funcionários . Assim, o acervo da imagens soma mais de
duas mil fotos de variados períodos que registram parte da história do São Francisco.

j) Conclusão

Esse foi o percurso do Programa Sala de Arte que por sua vez faz parte de um
fenômeno cultural novo na paisagem socioeducativa brasileira – a utilização da
Educomunicação na Socioeducação. Na verdade, o Programa em questão, foi a ponta de
lança da Rádio e a ferramenta encampada pelos professores para envolver seus alunos no
processo educativo. Através dele formaram-se os quadros que participaram, fizeram e
aconteceram durante esses cinco anos de trabalho, diversão e arte dentro de um Centro de
socioeducação.
Toda essa produção se encontra sob estudo da academia. O Professor René está
cursando Mestrado em Educação pela Universidade Federal e escrevendo uma monografia
com título: “Educomunicação & Socioeducação: a implantação e desenvolvimento da Rádio

escola São Francisco, 2008-2015”, com orientação da Professora Doutora Rosa Maria Dalla
Costa. Os objetivos da pesquisa são verificar as intenções educomunicativas, as estratégias
de implantação, funcionamento e gerenciamento da Rádio Escola do Centro de
Socioeducação São Francisco entre os anos de 2008 e 2015 através da análise da
documentação gerada por suas atividades (Relatórios e Diários). Dessa forma pretende
contribuir com outros professores, educadores sociais e autoridades que, por força da
vontade ou do destino, se aventurem pelos caminhos da educomunicação aplicada à
socioeducação.

g) Referências Bibliográficas:
CURY, Munir (Org). Infância e cidadania. S. Paulo: InorAdopt, 1998.
FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? São Paulo: Paz e Terra, 1992.
GADOTTI, Moacir. Concepção dialética da educação: Um estudo introdutório. 10. Ed. São
Paulo: Cortez, 1997.
GOMES, Conceição. A escola e o estatuto da criança e do adolescente. Universidade
Estadual de Londrina, 1997.
GOMIDE, Paula. O menor infrator. 2. Ed. Curitiba: Juruá, 1999.
MAKARENKO, Anton S. Problemas da educação escolar. Moscou, URSS: Progresso,
1986.