You are on page 1of 15

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS (EXTENSIVO)

Observe o texto e as imagens abaixo:

Prof. Kleber

O Museu do Grand Palais, em Paris, abriga uma exposição que reúne obras do artista plástico Pablo Picasso e de outros grandes nomes da pintura que inspiraram o gênio espanhol, como Manet, Cézanne, Van Gogh, Vélazquez, Rembrandt e Goya.

Picasso e os mestres reúnem 210 obras realizadas entre o século XVI e 1971, pertencentes a grandes museus internacionais e coleções particulares.

A mostra é considerada um dos maiores eventos culturais deste ano na França, porque representa uma rara oportunidade para ver, reunidos em único local, quadros de Picasso ao lado de obras-primas da pintura ocidental. [ ] ...

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS (EXTENSIVO) Observe o texto e as imagens abaixo: <a href=PICASSO E OS MESTRES ... Prof. Kleber O Museu do Grand Palais, em Paris, abriga uma exposição que reúne obras do artista plástico Pablo Picasso e de outros grandes nomes da pintura que inspiraram o gênio espanhol, como Manet, Cézanne, Van Gogh, Vélazquez, Rembrandt e Goya. Picasso e os mestres reúnem 210 obras realizadas entre o século XVI e 1971, pertencentes a grandes museus internacionais e coleções particulares. A mostra é considerada um dos maiores eventos culturais deste ano na França, porque representa uma rara oportunidade para ver, reunidos em único local, quadros de Picasso ao lado de obras-primas da pintura ocidental. [ ] ... Picasso e os mestres reúnem obras do mestre espanhol inspiradas em quadros famosos. Na foto, a versão de Picasso (dir.) para o quadro A Infanta Margarita , de Vélazquez. " id="pdf-obj-0-16" src="pdf-obj-0-16.jpg">

Picasso e os mestres reúnem obras do mestre espanhol inspiradas em quadros famosos. Na foto, a versão de Picasso (dir.) para o quadro A Infanta Margarita, de Vélazquez.

O quadro Madame Moitessier (esq.), feito por Ingres em 1856 serviu de inspiração para a obrahttp://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://1.bp.blogspot.com 01 – É fato notório que Pablo Picasso e o Cubismo, por ele inaugurado, tenham influenciado toda a história da arte moderna. Entretanto, o próprio artista espanhol sofreu influências de outros grandes mestres. Analisando as pinturas acima, você diria que as intertextualidades produzidas por Picasso estavam visando apenas um deboche, irreverência para com as obras originais? Explique. Não. É verdade que o humor faz parte do comportamento modernista de Picasso. Porém, uma outra virtude desta releitura é trazer o clássico sob um outro ponto de vista, mais radical e arrojado para os padrões da época (quebrar com os padrões clássicos) valendo-se de novas técnicas. Observe o comercial abaixo: " id="pdf-obj-1-2" src="pdf-obj-1-2.jpg">

O quadro Madame Moitessier (esq.), feito por Ingres em 1856 serviu de inspiração para a obra Grande nu no sofá vermelho (dir.) que Picasso produziu em 1929.

01 É fato notório que Pablo Picasso e o Cubismo, por ele inaugurado, tenham influenciado toda a história da arte moderna. Entretanto, o próprio artista espanhol sofreu influências de outros grandes mestres. Analisando as pinturas acima, você diria que as intertextualidades produzidas por Picasso estavam visando apenas um deboche, irreverência para com as obras originais? Explique.

Não. É verdade que o humor faz parte do comportamento modernista de Picasso. Porém, uma outra virtude desta releitura é trazer o clássico sob um outro ponto de vista, mais radical e arrojado para os padrões da época (quebrar com os padrões clássicos) valendo-se de novas técnicas.

Observe o comercial abaixo:

CITROËN XSARA PICASSO MUITO CONFORTO E ALTA TECNOLOGIA FONTE <a href=: http://www.citroen.com.br/xsara_picasso/?utm_source=google&utm_medium=adword&utm_campaign=xasara_picasso_ad word 02 – Nesta propaganda, há uma interessante articulação entre a palavra Picasso e a imagem do automóvel. Aponte alguma característica atribuída pela propaganda que comprove a articulação entre a linguagem verbal e não verbal. A qualidade e o conforto do carro são marcas deste automóvel que mais parece uma obra de arte, assinada por Picasso . Leia os poemas abaixo: OLHOS VERDES (Gonçalves Dias) São uns olhos verdes, verdes, Uns olhos de verde-mar, Quando o tempo vai bonança; Uns olhos cor de esperança, Uns olhos por que morri; Que ai de mim! Nem já sei qual fiquei sendo Depois que os vi! " id="pdf-obj-2-2" src="pdf-obj-2-2.jpg">

CITROËN XSARA PICASSO MUITO CONFORTO E ALTA TECNOLOGIA

02 Nesta propaganda, há uma interessante articulação entre a palavra Picasso e a imagem do automóvel. Aponte alguma característica atribuída pela propaganda que comprove a articulação entre a linguagem verbal e não verbal.

A qualidade e o conforto do carro são marcas deste automóvel que mais parece uma obra de arte, assinada por Picasso .

Leia os poemas abaixo:

OLHOS VERDES

(Gonçalves Dias)

São uns olhos verdes, verdes, Uns olhos de verde-mar, Quando o tempo vai bonança; Uns olhos cor de esperança, Uns olhos por que morri; Que ai de mim! Nem já sei qual fiquei sendo Depois que os vi!

Como duas esmeraldas, Iguais na forma e na cor, Têm luz mais branda e mais forte, Diz uma vida, outra morte; Uma loucura, outra amor. Mas ai de mim! Nem já sei qual fiquei sendo Depois que os vi!

[ ] ...

VIOLA QUEBRADA

(Ary Kerney e Mário de Andrade)

Quando da brisa no açoite a frô da noite se acurvou

fui s’incontrá co’a Maróca, meu amor.

Eu tive n'arma um choque duro, quando ao muro, já no escuro, meu oiá andou buscando a cara dela e não achou

Minha viola gemeu. Meu coração estremeceu. Minha viola quebrou. Meu coração me deixou.

Minha Maróca resolveu, prá gosto seu, me abandoná, pruquê o fadista nunca sabe trabaiá. Isso é bestêra, que das frô que bria e chera a noite inteira vem dispois a fruta que dá gosto de saborear.

Pru causa dela sou um rapaz muito capaz de trabaiá, os dia inteiro e as noites inteira capiná. Eu sei carpir pruquê minh'arma tá arada e loteada capinada co’as foiçada dessa luz do seu oiá.

(CATELAN, Álvaro & COUTO, Ladislau. De repente, a viola. Goiânia: Kelps, 2005, p.46)

03 - Os poemas acima tratam de amor, entretanto valendo-se de estilos e estéticas diferentes. Qual dos dois apresenta uma estrutura moderna? Quais são as suas características mais evidentes?

O 2º poema apresenta tendências modernistas por valorizar a linguagem oral na verdade, uma linguagem rural, do brasileiro do interior, alguém marginalizado pelas elites burguesas e parnasianas do começo do século XX.

04 - Na passagem Diz uma vida, outra morte; / Uma loucura, outra amor., podemos notar uma figura de linguagem bastante evidente. Qual é a figura? Qual a sua importância para a construção do poema?

A figura é a Antítese e ela contribui para dar mais conflito aos sentimentos do eu lírico.

Leia o fragmento abaixo, extraído da Carta de Pero Vaz de Caminha:

"(

)

Ali andavam entre eles três ou quatro moças bem novinhas e gentis, com cabelo mui

... pretos e compridos pelas costas e suas vergonhas tão altas e tão saradinhas e tão limpas das cabeleiras que de as nós muito bem olharmos não tínhamos nenhuma vergonha."

Observe agora este poema de Oswald de Andrade:

AS MENINAS DA GARE

Eram três ou quatro moças bem moças e bem gentis Com cabelos mui pretos pelas espáduas E suas vergonhas tão altas e tão saradinhas Que de nós as muito bem olharmos Não tínhamos nenhuma vergonha

Gare: em francês, significa estação de trem. No início do século XX, período que viveu e produziu o poeta Oswald de Andrade, esta palavra referia-se a um ponto de encontros, na estação da Sé - zona de prostituição da cidade de São Paulo.

05 – Apesar de muito parecidos, os textos foram produzidos com sentidos diferentes. a) Qual é

05 Apesar de muito parecidos, os textos foram produzidos com sentidos diferentes.

  • a) Qual é a vanguarda europeia que influenciou na construção do poema acima? Cubismo.

  • b) Explique o efeito alcançado com a intertextualidade produzida por Oswald de Andrade.

Irônico, irreverente e parodiador, Oswald de Andrade recriou poeticamente em "As meninas da gare" um trecho da carta de Pero Vaz Caminha a Dom Manuel. As palavras da carta e do poema são praticamente as mesmas, mas o sentido é diferente. Caminha fala da inocência das índias, tanta inocência que elas tinham que de olhar as suas vergonhas, ele não sentia vergonha. Já o poeta, ao dar um títudo (As meninas da gare), muda a semântica: gare, em francês, significa estação de estrada de ferro, ou seja, as meninas eram as prostitutas e, justamente por serem prostitutas, não sentia vergonha de muito

bem olhar suas vergonhas.

 

Leia:

 

“[

]

contrastando com o clima eufórico da burguesia, também vamos encontrar o

Leia o poema abaixo, de Augusto de Campos:

FONTE : <a href=www.maristas.org.br/colegios Leia o poema abaixo, de Augusto de Campos: 06 - Que nova palavra é formada a partir da dispos ição da palavra “luxo”? Lixo. 07 - Considerando forma e conteúdo do poema, além das considerações iniciais da questão, dê uma interpretação coerente ao poema. Pelo jogo de palavras paronomásicas, compreendemos que o poeta modernista tece uma crítica à sociedade influenciada pela vida burguesa. O luxo dessa sociedade é algo descartável, desnecessário na visão do escritor que sugere, ainda, que este seja colocado no lixo. Observe a imagem abaixo para responder as questões 08 e 09: " id="pdf-obj-6-8" src="pdf-obj-6-8.jpg">
  • 06 - Que nova palavra é formada a partir da disposição da palavra “luxo”?

Lixo.

  • 07 - Considerando forma e conteúdo do poema, além das considerações iniciais da questão,

dê uma interpretação coerente ao poema.

Pelo jogo de palavras paronomásicas, compreendemos que o poeta modernista tece uma crítica à sociedade influenciada pela vida burguesa. O luxo dessa sociedade é algo descartável, desnecessário na visão do escritor que sugere, ainda, que este seja colocado no lixo.

Observe a imagem abaixo para responder as questões 08 e 09:

08 – Na tira acima, a esposa de Salvador Dali esbraveja com o marido a respeito

08 Na tira acima, a esposa de Salvador Dali esbraveja com o marido a respeito do relógio que ficou torto pela terceira vez. Esta manifestação representa, metonimicamente, o comportamento social do começo do século XX com relação às novidades estéticas das vanguardas europeias. As pessoas, em geral, não compreendiam completamente as novidades destes trabalhos tão radicais. No Brasil, Monteiro Lobato ficou conhecido por ter agido como a esposa de Dali com relação a uma exposição expressionista de 1917. Explique o ocorrido e como ele contribuiu para o surgimento da Semana de Arte Moderna de 1922.

Vários fatores contribuíram para que a Semana de Arte Moderna de 1922 fosse realizada. Em 1912, Oswald de Andrade, influenciado por uma viagem à Europa, escreveu críticas à pintura nacional produzida até aquele período. Lasar Segall, em 1913 foi para São Paulo e apresentou um estilo novo, moderno, expressionista. Em 1917, Anita Malfatti fez uma exposição de seus trabalhos, sendo duramente criticada por Monteiro Lobato. Devido a isto, jovens artistas começaram a se unir para dar uma resposta não só a Monteiro Lobato, como também a todos aqueles que não compreenderam a iniciativa de Anita, a busca de uma identidade nacional por meio de uma linguagem expressionista. A Semana de Arte Moderna ocorreu de 11 a 18 de janeiro de 1922 no Teatro Municipal de São Paulo. O objetivo desta mostra foi apresentar as novas tendências artísticas que já haviam despontado na Europa as vanguardas artísticas. Num período de agitações no Brasil, os intelectuais pretendiam abandonar velhos valores

estéticos, adotando um novo estilo que valorizasse o que era nacional (o que já era uma proposta de Anita Malfatti).

  • 09 - Ainda sobre a tira, explique as características surrealistas encontradas na pintura de

Salvador Dali.

O relógio pintado por Dali é uma mistura de relógio (real) com alguma coisa mole, tornando o objeto surreal, típico de um clima onírico, de sonho.

10

Quais

são as vanguardas europeias, quando e onde surgiram

e

quais

as

que

inflluenciaram diretamente a Semana de Arte Moderna de 1922 aqui no Brasil.

Cubismo (surgiu na França em 1907) Futurismo (surgiu na França em 1909) Expressionismo (surgiu, simultaneamente, na Alemanha e na França em1910) Dadaísmo (surgiu na Suíça em 1916) Surrealismo (surgiu na França em 1924). Dentre elas, apenas o Cubismo, Futurismo e Expressionismo foram fortes influências para as manifestações modernistas da nossa Semana de Arte Moderna.

EXERCÍCIOS DE MÚLTIPLA ESCOLHA

  • 01 - Crítico feroz do Modernismo, grande incentivador da disseminação da cultura,

defensor dos valores e riquezas nacionais; conhecido, particularmente, pela sua grande obra

infantil, em que se destacam os personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo. O nome do autor a que se refere a alternativa acima é:

  • a) Lima Barreto

  • b) José Lins do Rego

  • c) Monteiro Lobato

  • d) Mário de Andrade

  • e) Cassiano Ricardo

GABARITO: C

  • 02 Fundador do Futurismo, ele cantava o dinamismo e a modernidade em seu Manifesto

Futurista, combatendo os academicismos e os rigores da estética clássica em vigor até o

final do século XIX. Seu nome é:

  • a) Fillipo Tomaso Marinetti

  • b) André Breton

  • c) Tristan Tzara

  • d) Pablo Picasso

  • e) Paul Gauguin

GABARITO: A

  • 03 O Expressionismo surgiu, simultaneamente, em dois países europeus em 1910. São

eles:

  • a) Suíça e França

  • b) França e Dinamarca

  • c) U.R.S.S. e França

  • d) Alemanha e França

  • e) Itália e Alemanha

GABARITO: D

  • 04 Aponte as características que são frequentes no Futurismo:

    • a) Cores distorcidas e linguagem subjetiva;

    • b) Movimento e dinamismo;

    • c) Arte da destruição e da improvisação;

    • d) Fragmentações geométricas e colagens simultâneas;

    • e) Comportamento infantil e terrorismo cultural.

GABARITO: B

  • 05 - Quanto às características do Expressionismo analise os itens abaixo e marque a

ÚNICA alternativa INCORRETA.

  • a) (

) Enquanto o Impressionismo se preocupava com as sensações de luz, os

expressionistas tinham como preocupação e objetivo retratar as emoções e angústias do

homem.

  • b) (

) O artista não representava apenas o que via, mas também o que ele sentia em relação

ao fato que estava sendo retratado.

  • c) ( X ) Para os expressionistas representar o movimento era sempre o ideal.

  • d) (

) Para alcançar seus objetivos os expressionistas chegavam a deformar as figuras.

06 - Sobre o Expressionismo julgue os itens que se seguem em (C) para os certos e (E) para os errados:

  • 1. ( C ) O Expressionismo foi um movimento em reação ao Impressionismo, ou seja foi

uma mudança no estilo de arte.

  • 2. ( C ) Expressar as emoções humanas era uma das características do Expressionismo.

  • 3. ( E ) Os expressionistas são considerados os principais deformadores da realidade.

4.

(

E

) A pintura expressionista é considerada uma pintura bela por fugir

tradicionais de equilíbrio da composição.

às

regras

07 - Assinale a alternativa em que se encontram preocupações estéticas da Primeira Geração Modernista:

  • a) “Não entrem no verso culto o calão e solecismo, a sintaxe truncada, o metro cambaio, a

indigência das imagens e do vocabulário do pensar e do dizer.”

  • b) “Vestir a Ideia de uma forma sensível que, entretanto, não terá seu fim em si mesma,

mas que, servindo para exprimir a Idéia, dela se tornaria submissa.”

  • c) “Minhas reivindicações? Liberdade. Uso dela; não abuso.” “E não quero discípulos. Em

arte: escola = imbecilidade de muitos para vaidade dum só.”

  • d) “Na exaustão causada pelo sentimentalismo, a alma ainda tremula e ressoante da febre

do sangue, a alma que ama e canta porque sua vida é amor e canto, o que pode senão fazer

o poema dos amores da vida real?”

  • e) “O poeta deve ter duas qualidades: engenho e juízo; aquele, subordinado à imaginação,

este, seu guia, muito mais importante, decorrente da reflexão. Daí não haver beleza sem

obediência à razão, que aponta o objetivo da arte: a verdade.”

GABARITO: C

Leia:

O alpinista

de alpenstock

desceu

nos Alpes

08

- O texto acima, capítulo do romance Memória Sentimentais de João Miramar,

08 - O texto acima, capítulo do romance <a href=Memória Sentimentais de João Miramar , " id="pdf-obj-11-10" src="pdf-obj-11-10.jpg">

exemplifica uma tendência do autor de:

  • a) Procurar as barreiras entre poesia e prosa, utilizando estilo alusivo e elíptico.

  • b) Explorar o poema em forma de prosa, satirizando as manifestações literárias do Pré-

modernismo.

  • c) Buscar uma interpretação lírica de seu país, explorando a forca sugestiva das palavras.

  • d) Utilizar o poema-piada, para satirizar tudo o que não fosse nacional.

  • e) Procurar “ser regional e puro em sua época”, negando influências das vanguardas

GABARITO: A

  • 09 - “Chamado de rapsódia por Mário de Andrade, o livro é construído a partir de uma série

de lendas a que se misturam superstições, provérbios e anedotas. O tempo e o espaço não

obedecem a regras de verossimilhança, e o fantástico se confunde com o real durante toda a narrativa. A afirmação faz referência à obra

  • a) O rei da vela.

  • b) Calunga.

  • c) Macunaíma.

  • d) Memórias sentimentais de João Miramar.

  • e) Martim Cererê.

GABARITO: C

  • 10 - Leia o texto atentamente.

Na feira-livre do arrebaldezinho

um homem loquaz apregoa balõezinhos de cor:

“O melhor divertimento para as crianças!”

– Em redor dele há um ajuntamento de menininhos pobres…

Não é característica presente na estrofe acima:

  • a) Valorização de fatos e elementos do cotidiano.

  • b) Utilização do verso livre.

  • c) Linguagem despreocupada, sem palavras raras.

  • d) Preocupação social.

  • e) Metalinguagem.

GABARITO: E

11 - Macunaíma obra-prima de Mário de Andrade é um dos livros que melhor representam a produção literária brasileira do século XX. Sua principal característica é

  • a) traçar, como no Romantismo, o perfil do índio brasileiro como protótipo das virtudes

nacionais.

  • b) ser um livro em que se encontram representados os princípios que orientam o movimento

modernista de 22, dentre os quais o fundamental é a aproximação da literatura à música.

  • c) analisar, de modo sistemático, as inúmeras variações sociais e regionais da língua

portuguesa no Brasil, destacando em especial o tupi-guarani.

  • d) ser um texto em que o autor subverte, na linguagem literária, os padrões vigentes, ao

fazer conviver, sem respeitar limites geográficos, formas linguísticas oriundas das mais

diversas partes do Brasil.

  • e) exaltar, de forma especial, a cultura popular regional, particularmente a representativa do

Norte e Nordeste brasileiro.

GABARITO: D

12 - Macunaíma é um “herói sem nenhum caráter”, porque

  • a) vive sonhando com riqueza fácil e, para obtê-la, lança mão de qualquer recurso.

  • b) não é um ser confiável.

  • c) ainda não encontrou sua própria definição, sua identidade.

  • d) não tem firmeza de personalidade, nem segurança em suas decisões.

  • e) n.d.a.

GABARITO: C

13

- Macunaíma é uma obra plural, composta, na medida em que

  • a) obedece às características circulares e fechadas do romance psicológico.

  • b) como toda obra tradicional, observa a linearidade da narrativa onde cada personagem age

em separado.

  • c) aproxima técnicas românticas das modernas na estruturação do romance como um todo.

  • d) no corpo da narrativa, dá um tratamento único para cada personagem apresentada.

  • e) tal como numa rapsódia, trata de vários temas ao mesmo tempo, entrelaçando-os numa

rede múltipla de cores e sons os mais diversos.

GABARITO: E

  • 14 - A respeito do livro Macunaíma, é correto afirmar que

    • a) a história se passa predominantemente na capital paulista, daí porque o livro pode ser

considerado uma crônica do cotidiano paulistano.

  • b) o episódio de base da narrativa consiste na perda e reconquista da muiraquitã.

  • c) o livro é uma sátira ao Brasil através da reconstituição fiel de fatos históricos retidos na

memória do autor.

  • d) a obra faz uma leitura do Brasil sob a ótica do colonizador.

  • e) o processo de criação do livro não mantém nenhum vínculo com qualquer obra

anteriormente escrita.

GABARITO: B

  • 15 - A afirmação dos elementos locais, do Brasil, estão presentes em Macunaíma, de Mário

de Andrade. Sobre o livro é incorreto afirmar que

a)

Macunaíma é um “anti-herói”, com características como o individualismo e a

malandragem.

b)

o livro aproveita as tradições míticas dos índios; seus irmãos são Maanape e Jiguê.

c)

aproveita também ditados populares, obscenidades, frases feitas, com fatores traços de

oralidades;

d)

o livro foi chamado de rapsódia e é uma obra central do movimento modernista.

e)

o livro não satiriza certos padrões de escrita acadêmica e não trabalha elementos de um

“caráter” brasileiro.

GABARITO: E