You are on page 1of 2

Bombeamento em poços de águas profundas

APLICAÇÃO:
É utilizado quando os poços atingem profundidades consideráveis. Os
principais exemplos de poços em águas profundas são:
- Sistemas de abastecimento de água potável;
- Manutenção do nível do aquífero em instalações de mineração para
permitir o trabalho em galerias a grandes profundidades;
- No rebaixamento do nível de água em obras de escavações para
fundações;
TIPOS DE BOMBEAMENTO:
São utilizados dois sistemas de bombeamento nesses casos de poços
tubulares profundos:
1- Bombas de eixo prolongado

FUNCIONAMENTO: O motor fica na superfície do terreno, e o eixo,
apoiado em mancais dispostos ao longo de um tubo, aciona a bomba,
cujo rotores (centrífugos radiais, hélico-axiais e axiais) ficam imersos
na água do lençol subterrâneo. Geralmente estas bombas possuem
vários estágios. Podendo possuir até mais de 50 estágios (cada
passagem por um rotor difusor) e tem sido empregada para
profundidades de mais de 300 metros.

Bombas de múltiplos estágios: Essas bombas têm a característica de
somar as alturas parciais de cada um de seus rotores, não
considerando as perdas. Assim, são indicadas para instalações de alta
pressão e de grande altura de elevação.

CUIDADOS: Necessitam de mancais de escora especiais para
suportar, além do peso do seu próprio eixo e rotores, o empuxo axial.
Os mancais de apoio lateral são de borracha, lubrificados a água ou
de metal blindado. É exigido verticalidade do poço, água limpa que
não contenha areia para que os mancais não sejam danificados.

RENDIMENTO: Motores elétricos, diesel e turbina a vapor. Bombas
de boa qualidade alcançam 80%.

Quando não possuirmos o catálogo do fabricante, para termos ideia
do diâmetro externo da carcaça da bomba do eixo prolongado,
podemos utilizar a fórmula proposta por Babbit:
Usada para dimensionar o diâmetro externo da carcaça da bomba.
D = 6550 ∙ Q0, 154 ∙ H0, 256 ∙ n-0, 678
D – diâmetro externo, em milímetros;
Q – descarga em litros por minuto;

Inicialmente utilizadas em poços de petróleo profundos e estreitos onde os motores ficavam submersos em óleo. Desta forma.Sistema de bombas com motor imerso (motobombas submersíveis ou bombas submersas) FUNCIONAMENTO: Motor de forma alongada. ficando imerso no poço. TIPOS DE BOMBAS: Bombas com motor seco: protegido por um encamisamento. os quais recebem então isolamento especial. em metros. Valor superior em dois cm ao da carcaça da bomba. e a energia é levada ao motor por um condutor elétrico à prova d’ agua. . dispensamos o uso de mancais laterais de apoio e mancais de escoras especiais. refrigerando. Bombas com motor molhado: a água pode atingir os enrolamentos. ligado diretamente ao conjunto da bomba. em volta do qual a água passa. Consideramos o diâmetro comercial imediatamente acima do calculado. Em alguns tipos. OBS: Adota-se para o tubo de revestimento (câmara de bombeamento). Ou podemos utilizar esta tabela: 2. H – altura manométrica correspondente a um estágio. o conjunto fica suspenso por um cabo de aço. n – número de rotações por minutos do motor.