You are on page 1of 2

Acadêmico: Mikael Macedo Costa

Matrícula: 1615280023

No dia 20 de outubro de 2016 às 14 (quatorze) horas, na Universidade
Federal do Amazonas, o professor doutor Sérgio Freire fez uma palestra com
tema sendo a medida provisória 746 e as mudanças que ela trás a educação.
O professor abordou inicialmente a estrutura da educação básica, em
seguida abordou a motivação que levou a criarem essa medida provisória,
sendo a insatisfação de como o ensino médio estava, pois não apresentava os
resultados esperados, o currículo aparentava ser muito extenso, além da idade
escolar esta 42% errada. Desta forma a MP 746 vem com o objetivo de criar
uma nova forma de organização do ensino médio, aumentando também a
jornada escolar de 800 horas para 1400 horas.
Com a chegada dessa medida, aconteceriam mudanças na LDB (lei de
diretrizes e bases), houve mudanças nelas, como no artigo 24 onde a o
aumento progressivo da carga horária, que já foi citada, além de restringir o
ensino de artes e educação física no ensino fundamental, fazendo obrigatório a
língua inglesa a partir do sexta ano do EF.
Além desse artigo outros também foram alterados, como o artigo 26 e
também o 36, o qual foi mudado o currículo do ensino médio, onde o primeiro 1
ano e meio seria destinado ao currículo normal, e o próximo 1 ano e meio teria
linguagens e matemática obrigatoriamente, mas de resto seria opcional para
que o aluno tenho um foco maior, pois o ensino médio era visto como
superficial, devido a grande quantidade de matérias.
Foi alterado também o artigo 44, onde esse primeiro 1 ano e meio deverá
ter o conteúdo apenas que está presente no BNCC, o artigo 61 também
mudou, onde os profissionais com notório saber, podem lecionar no ensino
técnico profissional, o artigo 62 diz agora que a formação de docentes, terá
como referência a BNCC, além dessas outras mudanças não tão significativas,
foi a lei 11.494/2007, a qual iria acomodar o ensino técnico profissionalizante e
além disso seria dado o prazo de 2 anos para que os cursos se adequassem
as formações da MP, onde todas essas implementações só tem previsão para
2019, desde que ocorra tudo dentro dos previstos.

o ensino superior tem novas formas de se ter acesso. filosofia e educação. foi o fato de que o aluno ao fazer uma determinada disciplina pode obter interesse por ela. é a mudança do ensino médio sem ter discutido a valorização dos professores e a infraestrutura. de como ficará a educação daqui a 20 anos. pois algo que o professor citou. pois afeta a nossa vida de maneira significativa. além de que o fato da educação está sendo discutida já é um grande avanço. tiveram alguns aspectos positivos. para assim podermos transformá-lo em conhecimento. e de acordo com o professor é catastrófica a situação. onde retira de forma obrigatória essas disciplinas do ensino médio. que me chamou bastante à atenção. e desta forma nos posicionarmos a respeito disso. além de não considerarem também a distribuição de renda. Assim o professor doutor Sérgio Freire. e o fato da própria MP fragmentar o ensino. termina sua palestra falando de simulações. Com todas essas mudanças. caso essa medida provisória aprovada. . pois são problemas importantes e delicados que parecem ter sido negligenciados. Outro aspecto problemático foi a retirada de sociologia. como o aumento da carga horária do ensino médio. após isso ele fala sobre o que devemos fazer tendo em mente esse assunto todo que ele explanou. e alguns aspectos problemáticos é o fato de se usar uma MP (medida provisória) para alterar o processo educacional. onde ele diz para estudarmos e aprendermos mais sobre esse assunto tão delicado e importante. Outros problemas abordados. o qual foi a mudança que houve no artigo 26. Com os aspectos positivos aparecem os negativos. então ele escolhendo a disciplina que quer dar atenção pode acabar perdendo alguma disciplina que se identificasse.