You are on page 1of 1

O termo bioética e um neologismo que resulta da juncão de duas palavras gregas

:
bio que que dizer vida e ethos relativo a ética. Este termo foi introduzido pela
primeira vez pelo biólogo e medico oncologista van rensslaer potter, em 197 1,
na sua obra bioética: ponte para o futuro, como ética da vida, ou seja, o estudo
sistemático da condu ta humana na área das ciências da vida e cuidados de
saúde, enquanto essa conduta e examinada a luz dos princípios morais e valores.
Com o tempo, o termo bioético foi-se aprimorando de tal modo que, nos nossos
dias, o mesmo ganhou uma significação mais profunda.
Como tema de nariz filosófico, a bioética começa a consolida-se apos a
segunda guerra mundial, quando, chocado com as praticas abusivas e desumanas
dos médicos nariz nos campos de concentração, o ocidente cria um código para por
um fim a tais estudos. Tal código tinha como principio fundamental o respeito
pela vida dos seres animados, em geral, e sobretudo, a dos homens, julgando-se
necessário que o progresso da ciência e da técnica fosse controlado e
acompanhado, em nome da consciência e da humanidade, no que diz respeito aos
efeitos que podem provocar no mundo e na sociedade.
Em 1974, o tribunal de Nuremberga, que julgou os crimes cometidos na
segunda guerra mundial, criou um código no qual se reconhece a dignidade de
todos os seres humanos, independentemente da raça ou da cultura, e prescreve
que nenhuma experiencia cientifica pode ser realizadas em seres humanos sem o
consentimento dos mesmos. E importante que o homem perante os progressos da
técnica e da ciência, tome decisões éticas de maneira a salvaguardar e possibilitar
um mundo humanizado.