You are on page 1of 8

A1

FOLHAEXTRA
E
QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2017 - ED.1701

Á!
LTAR
E FA
AM
NAD
RE
STO
PA
EU
OM

HO
EN
OS
9 5 , 7 Mh z 9 5 , 7 Mh z
W ENCESL AU B R AZ W ENCESL AU B R AZ

QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO O JORNAL DO NORTE PIONEIRO E CAMPOS GERAIS
Versão na internet folhaextra.com
DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA
DE 2017 - ANO 14 - Nº 1701 - R$ 1,00

Marquito continua na presidência da Câmara de Jaguariaíva
O requerimento de suspensão da função ele- que cuidam do caso. A sentença que ordena- toral (TSE) Henrique Neves da Silva, sendo
tiva do vereador José Marcos Pessa Filho, o va a perda do cargo de presidente da câmara que a decisão foi proferida apenas na última
Marquito (PSDB) em Jaguariaíva, teve uma e também de vereador veio por meio de uma semana através da juíza eleitoral Rafaela Mari
nova anulação obtida através dos advogados sentença dada pelo ministro do Tribunal Elei- Turra. Política Página A3

BALANÇO POSITIVO
P ATR I K A. D E MOR AES - F OL H A EX TR A

No mês de janeiro a Sala
do Empreendedor de
W. Braz atendeu mais de
cem microempresários

“ Todos que participam da Sala terão
benefícios, estaremos disponibilizando
maior acesso aos ser iços financeiros, “
além do apoio e orientação em projetos de
desenvolvimento em seus negócios

Adriano Carlos Ferreira- Diretor
do Departamento Comercial

Além de ser criativo o brasileiro também se des-
taca pelo empreendedorismo, para atender a de-
manda dessa classe munícipio de Wenceslau Braz
disponibiliza a Sala do Empreendedor, onde os
rofissionais e ra a am na in orma i a e o
dem formalizar a sua empresa, de forma gratuita,
sim ifica a e sem rocracia . Página A4

SOLIDARIEDADE
CARA DE PAU 5 MILHÕES EM ATRASO
Provopar lança Homem age em lojas da
Prefeitura de Japira
campanha do região furtando roupas
masculinas no provador trabalha para saldar
agasalho em Ibaiti
dívidas em atraso
Até que ponto um criminoso repete
D I V UL G AÇ Ã O sua vítima sem nenhum receio de ser
reconhecido ou preso? Na tarde de
terça-feira (21) em Wenceslau Braz, F OL H A EX TR A

câmeras de segurança registraram a
tentativa de um terceiro furto no mes-
mo local realizado por um homem ain-
a n o i en ifica o Página A5

DEVOLVIDAS
Polícia Militar recupera
motos furtadas
Em operação policial realizada na
manhã de terça-feira (21) em Jaca-
rezinho, nos Bairros Aeroporto, Vila
O Provopar de Ibaiti lançou no dia primeiro de fevereiro, a Leão e Nossa Senhora das Graças,
Campanha do Agasalho 2017. Com o slogan “Leve o calor policiais militares realizaram a prisão
da solidariedade aos que mais precisam”, a campanha, de um indivíduo e recuperaram duas
coordenada pela primeira dama e presidente do Provopar, motocicletas que haviam sido furta-
Flaviana Fadel Carvalho é uma ação realizada com apoio das. Página A5
da Prefeitura e Secretaria de Assistência Social. Pág. A4

Mesmo em meio a contas que ultrapassam os R$ 5
milhões, além de acertar o débito em previdências de
servidores. Walmir também conseguiu acertar as cer-
tidões negativas do município, que o permitirá buscar
recursos junto ao Governo Estadual. Página A3

CARNAVAL NO AZUL
Richa autoriza antecipação do
pagamento da folha de fevereiro
O governador Beto Richa (PSDB) autorizou nesta ter-
ça-feira (21) a antecipação do pagamento da folha do
funcionalismo para sexta-feira (24). A medida vai injetar
R$ 1,7 bilhão na economia na véspera do carnaval e
eneficiar cerca e mi servi ores a ivos, a osen
tados e pensionistas do Estado. Página A3
A2 OPINIÃO QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2017 - ED.1701

Artigo

Por que pessoas inteligentes podem se tornar fascistas?
O fascismo é uma prática mos encontrar a capacidade vo frequentemente algumas excelentes, sei lá, na inteli- Me parece simplista pensar cem a fundo.
que, infelizmente, tem se tor- de empatia - essa qualidade pessoas dando palpites que gência lógico-matemática, na inteligência como algo E muitas vezes, a decisão foi
nado comum no cotidiano de humana que permite que nos me parecem primários ou por exemplo, se prestam a único. “Fulano é inteligente”. tomada mais pela emoção
nossa sociedade, e sua marca coloquemos no lugar do ou- completamente equivocados. dar palpites muito seguros Em que? Não importa: se ele é do que pela razão, e todo o
registrada é a intolerância tro? O que me espanta nesses ca- sobre conjuntura política? formado, pode opinar. esforço de argumentação da
voraz de alguns grupos so- Hoje em dia, é cada vez mais sos é a segurança que as figu- Será que seus diplomas ou Seria esta a gênese do fascis- pessoa é para tentar justificar
ciais contra outros grupos. O comum vermos pessoas que ras apresentam diante de as- seu status na sociedade su- mo? A autorização que um o que ela sente. O fascismo
que chama a atenção, nesse falam com total segurança suntos que elas desconhecem postamente credencia esses diploma oferece? Acho que muitas vezes esconde a mani-
caso, é porque algumas pesso- sobre assuntos que não domi- drasticamente. tipos como aptos para opi- seria reducionista ir por esse festação de instintos básicos,
as supostamente inteligentes nam. Nada anormal em um Aí sou obrigado a citar o cli- nar? Seriam pessoas “estuda- lado, afinal, tem gente sem como o medo, ou a necessida-
compram esse tipo de prática país tão repleto de técnicos de chê de Sócrates: quanto mais das”, “letradas” (inclua aqui diploma que também é fascis- de de segurança.
e vestem a camisa do fascis- futebol. A ironia nessa frase é a pessoa estuda, mais ela seu eufemismo para “jovem ta. Não dá para generalizar. Mas... medo de que? Melhor:
mo sem o menor remorso. que não se acha um Tite em sabe que não sabe. E o oposto Einstein que passou pelo ban- O que une o fascismo tanto de quem?
Algumas pessoas desenvol- qualquer esquina, mas cada disso, claro, são as pessoas co de faculdade”)? dos “inteligentes diploma-
vem mais algumas delas, e palpiteiro de botequim certa- que tem certeza que sabem Não seria mais adequado dos” quanto “daqueles cujo
outras podem se desenvolver mente se considera à altura sobre assuntos que desconhe- considerar que existem vá- conhecimento não pôde ser
menos, ou ficar quase que dos técnicos mais capazes. cem. rias formas de inteligência? absorvido pelo mercado de
atrofiadas. Em algumas áreas que tenho Voltando a teoria do Gard- E que não temos obrigação trabalho” é a disposição de
COMENTE O ASSUNTO.
Em qual inteligência podería- relativo conhecimento, obser- ner: Porque pessoas que são de ser especialistas em tudo? falar sobre o que não conhe- ACESSE FOLHAEXTRA.COM

Olha o
que foi
“ Todos que participam da Sala terão
benefícios, estaremos disponibilizando
maior acesso aos serviços financeiros,
além do apoio e orientação em projetos de
desenvolvimento em seus negócios
“ “ Hoje, o Paraná está com a sua
economia equilibrada e em condições
de manter as contas em dia, bem como
o salário dos servidores públicos

dito!
Adriano Carlos Ferreira- Diretor Beto Richa -
do Departamento Comercial Governador do Paraná

Artigo Artigo
Sobre animais de estimação e suas lições Por que não dá para ler e
ouvir ao mesmo tempo?
Por LUCIANA LANDIM Por CRISTINA DANUTA
A primeira coisa que eu preciso cos para cães e gatos, de repente a barriguinha peluda pra cima e volta feliz da vida, da cantoria Você coloca o fone de ouvido, pesquisadores era de que o
dizer sobre ter animais de esti- se tornou uma especialista. e aquele olhar pidão, que você da papagaia agitada quando vê liga o som e abre um livro para cérebro teria dificuldades em
mação, como cachorros e gatos Você achava lindinho um cachor- já nem lembra mais o que tinha seu dono chegar. E das vezes em ler. Enquanto vai passando as fazer alguma outra atividade se
é que eles dão trabalho e gastos. ro passeando na rua, e pirava em acontecido. que eles vem pedir carinho, ou páginas, suas músicas preferi- já estivesse muito concentrado
Sim, é uma realidade. Mas você vídeos de gatos, mas agora você Pesquisas diversas apontam as dos insetos que trazem de pre-
das não param de tocar. Mas em algo visual (uma leitura,
deve saber disso, afinal, não fal- é quem passeia com eles e faz ví- vantagens para nossa saúde em sente, pro meu pavor.
tam vídeos e fotos de bichos des- deos sem fim das suas gracinhas. ter um animalzinho. Seja porque A casa está cheia de pelos, e nun- será que você consegue prestar por exemplo).
truindo as coisas aí pela internet. Juro, tem mais foto do meu ca- eles nos fazem sair de casa, seja ca mais ficou limpa por dois dias atenção nas duas coisas ao mes- Depois de uma série de testes,
Mas aqui estão mais algumas li- chorro no meu celular do que da porque nos trazem alegria, nos ti- ou mais como antes. As roupas mo tempo? Depende. eles confirmaram que a “surdez
ções sobre amar e cuidar desses minha sobrinha. Pasmem! ram da rotina, nos matam a ansie- então, nem se fala. Receber os Para entender melhor, vamos por desatenção” ocorre por-
animaizinhos, que tenho apren- A gente reluta em ser diferente, dade e nos curam da depressão. amigos ou uma entrega em casa pensar em dois cenários. No que, de fato, a audição e a vi-
dido desde que adotamos uma em adestrar, a tentar não huma- Parece uma carga danada para nunca mais foi a mesma coisa, primeiro deles, o livro em são (leitura) compartilham um
gata, uma cadela e uma papagaia nizar demais os danados, mas em criaturas que ficam em casa a nos desde que eles chegaram. Mas de questão é de matemática e você mesmo mecanismo de proces-
“trans”. questão de tempo, tá chamando esperar o dia todo. Torcendo por fato, eu talvez não saberia viver
está às vésperas de uma prova samento neural.
Antes de ter animais de estima- a gata de filha e brigando com a um punhado da nossa atenção e sem eles, sem suas traquinagens,
ção, você provavelmente passava cachorra porque ela comeu a ra- do nosso carinho, não? sem suas manias e trejeitos. Acho importante. A matéria é com- Os dois podem funcionar, um
imune a um pet shop, certo? Não ção da “irmã”. Sim, olha lá você Um animal não quer saber se que de tudo que eles fizeram por plicada, cheia de regras, fór- pouco
dava trela pra coisas de bicha- humanizando o bicho, que ape- você está mau humorado, ou se mim, a melhor coisa foi me tor- mulas e variáveis. Sua atenção Agora imagine um segundo
nos, porque afinal, essa não era sar de sentir o carinho, não faz no trabalho as coisas não vão nar mais criança e mais humana, está totalmente focada neste cenário. O livro, na verdade,
sua praia. Mas bastou você virar ideia do que aqueles sons emiti- bem, ele não pede desculpas e como há muito tempo eu não sa- conteúdo dificílimo e que exi- é uma revista que você folheia
tutora de um bichinho que esses dos significam. nem cobra você por aquilo que bia mais. ge bastante energia. A música sem muita atenção. Nos fones,
estabelecimentos viram verda- Ter um animal de estimação é você não pode dar. Ele quer seu Ah, e se você ficou curioso so- de fundo continua tocando, toca uma música a qual você
deiros shopping centers onde a caro, é custoso e não é pra qual- carinho, seu cuidado, estar segu- bre a nossa papagaia trans, aqui
mas você, muito provavelmen- também não tem muito inte-
imaginação da gente corre solta. quer um. Admito que em alguns ro e bem alimentado e o resto está.O papagaio já tem 29 anos, e
Muito embora nossos animais ele se vira - ou então mastiga e é macho, mas atende pelo nome te, não vai saber nem se é um resse. Nesse caso, é possível
momentos de destruição de coi-
não estejam nem aí pra maioria sas pelas quais se tem carinho, destrói, rsrs! de Lora. É apaixonado pelo dono rock ou algo do estilo clássico. até prestar alguma atenção nas
das coisas lá. E aí, você que acha- você tem vontade de voltar atrás Já perdemos as contas dos danos e parece detestar mulheres. Isso acontece porque a audição duas coisas. Você tem consciên-
va que ração era tudo a mesma e continuar gostando deles lá causados, mas também da alegria Logo, somos donos da primeira e a visão (leitura) são processa- cia do que está tocando, pode
coisa e nem sabia que existia tan- nos canais de animais da tv. Mas de uma volta no parque, das vol- papagaia trans já vista (ou não)! das pela mesma região do seu até cantar se souber a letra de
tos tipos de agradinhos e belis- basta uma lambida, um charme, tas pelo telhado que a gata vai dar cérebro. Ou seja, existe ‘espa- cor, e também consegue acom-
ço’ só para uma delas de cada panhar as informações que vão
vez. aparecendo nas páginas da re-
Charge “Não é possível focar plena-
mente nas duas coisas ao mes-
vista.
Vez ou outra, pode até revezar
mo tempo, já que elas vão com- (inconscientemente) sua aten-
petir por essa via cerebral.” ção entre o que lê e a música.
Renato Anghinah, neurologista Mas no momento em que se
da Academia Brasileira de Neu- deparar com uma matéria ou
rologia um trecho que exija atenção,
É por isso, por exemplo, que se você terá que parar de cantar e
você estiver andando de metrô “de ouvir” a música. Só assim
e totalmente envolvido com a conseguirá ler com consciên-
leitura de um romance, corre cia. “Surgiu uma novidade que
sérios riscos de não ouvir a cha- exige atenção, tem competição
mada da sua estação do metrô na via de processamento do cé-
e perder a parada – e só se dar rebro”, reforça Anghinah.
conta disso quando desviar a
atenção das páginas.
Essa condição foi chamada de
“surdez por desatenção” em
um estudo publicado no pe-
riódico internacional Journal COMENTE O ASSUNTO.
of Neurosciencie. A teoria dos ACESSE FOLHAEXTRA.COM
QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2017 - ED.1701
POLÍTICA A3
5 MILHÕES EM ATRASO
Dois Tempos
Prefeitura de Japira trabalha
FINANCIAMENTOS
para saldar dívidas em atraso
D I V UL G AÇ Ã O
Cida pede a Temer
Para superar a crise
financeira e i ar agilidade na liberação
i os m nici ais,
a mir sca rec rsos de empréstimos
n o a e a os
es a ais A governadora em exercício, Cida Borghet-
ti (Pros), reuniu-se com o presidente Michel
G L A U C IO M E N D E S Temer (PMDB), nessa quarta-feira (22), em
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co m
Brasília, para pedir celeridade na análise dos
empréstimos internacionais solicitados pelo
Estado junto ao Banco Interamericano do
O grande desafio nos primeiros Desenvolvimento (BID). A Secretaria do Te-
dias de administração dos novos souro Nacional é responsável pelo aval da
prefeitos eleitos é colocar a casa documentação que prevê financiamentos
em ordem. Eleito com mais de 2 para as áreas de segurança, infraestrutura
mil votos para ser chefe do Exe- urbana e viária.
cutivo em Japira, Walmir Welling-
ton da Silva (DEM) se depara
com uma prefeitura com dívidas
que ultrapassam os R$ 5 milhões, Em menos de dois meses à
mas a aposta dele para superar a frente da prefeitura Walmir
situação será a formação da nova prevê um ano de reestruturação
equipe administrativa competen- (PSB) e Pedro Lupion (DEM) es-
te e comprometida com o muni- tarão direcionando parte de suas
cípio. emendas parlamentares para o PROJETOS NA ÁREA DE ESPORTES
Segundo o prefeito, as dificulda- município.
des financeiras afetam diretamen- Já no início de seu mandato al- Na última semana a Secretaria Municipal de Esportes de Japira
te as áreas da saúde, educação e mir legalizou as certidões nega- apresentou os primeiros projetos esportivos que serão implanta-
infraestrutura do município. “Os tivas do município para adquirir dos. As escolinhas de futebol e futsal, que marcam o início de uma
ônibus que fazem os transportes recursos estaduais. “ á muito série de atividades que serão implantadas. “O Paraná já recebeu a primeira liberação
dos alunos estão sucateados, mas tempo na prefeitura não era pago Os dois primeiros projetos irão atender jovens, de ambos os se-
xos, de 6 a 16 anos. As duas escolinhas terão como professor Fer- dos recursos internacionais direcionados à
estamos colocando as contas em o INSS, tivemos que parcelar essa
dia para iniciar os processos de nando Ferretti que é formado em Educação Física, além de ter segurança pública. Porém, ainda existem ou-
dívida para que pudéssemos es-
licitações para a merenda esco- tar em dia junto ao governo”, re- feito um curso de treinador de Futebol, pela CBF. Segundo o pre- tros financiamentos que requerem o aval da
lar e também para adquirirmos lata Walmir. feito almir serão implantados outros projetos na área de espor- Governo Federal. Destacamos ao presidente
pneus e combustível para a frota Os primeiros passos foram da- tes. “Já temos planejado escolinha de voleibol, futsal, atletismo, Michel Temer a condição financeira do Para-
de veículos municipais”, pontua. dos, para que Japira possa re- zumba, projetos para melhor idade, entre outras ações”, comenta. ná frente aos outros estados e por isso pedi-
almir destacou que está bus- tornar ao trilho do crescimento. e acordo com o secretário de Esportes Ademir indo a, já teve
início os trabalhos da equipe que representará Japira na segunda mos a agilidade no processo”, disse.
cando recursos junto ao Gover- Esse ano será um período de es-
no do Estado e também junto a Mini Copa UNOPAR. “Quero agradecer ao prefeito Walmir pelo A governadora em exercício disse ainda que
truturação e formação da equipe
deputados estaduais para poder administrativa. A retomada do apoio que vem dando para que o esporte seja sempre ativo em o presidente Michel Temer afirmou que prio-
colocar o município em ordem. crescimento é necessária e espe- nosso município”, finaliza Ademir indo a. rizará o pedido do Paraná para que a libera-
Os deputados Alexandre Curi rada pela população japirense. ção total do financiamento seja concluída.
“O presidente acatou a solicitação de uma
forma muito positiva e garantiu atenção es-
APÓS RECURSO pecial para acelerar o processo. Temer tem
administrado o Brasil com responsabilidade,
Marquito continua na presidência principalmente nas ações que envolvem in-
fraestrutura, saúde, habitação, mas especial-

da Câmara de Jaguariaíva mente na atenção à criança”, declarou Cida.

en ença e or enava a sa a o car o oi eci i a e maneira FUTURO
monocr ica e rever i a or in er os o os a vo a os e e esa
Paraná é o segundo
Estado que mais investiu
D I V UL G AÇ Ã O
D A R E D A Ç Ã O votos para colocar outro presi-
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co m dente no lugar de Marquito na
Câmara, processo que ocorreria
O requerimento de suspensão da na última terça-feira (21), contu- em educação em 2016
função eletiva do vereador José do com o acolhimento do Agra-
Marcos Pessa Filho, o Marquito vo, foi momentaneamente sus-
(PSDB) em Jaguariaíva, teve uma penso. No mesmo dia aconteceu O Paraná investiu R$ 9,86 bilhões em edu-
nova anulação obtida através dos a sessão legislativa que foi presi-
advogados que cuidam do caso. dida normalmente por Marquito.
cação em 2016, 15,3% mais do que os R$
A sentença que ordenava a per- O vereador teve seu registro de 8,55 bilhões aplicados em 2015. Com isso, o
da do cargo de presidente da candidatura cassado pela Justiça Estado foi o segundo maior em volume de
câmara e também de vereador Eleitoral da Comarca de Jagua- recursos destinados para a área, perdendo
veio por meio de uma sentença riaíva. O TSE entendeu ser nula apenas para São Paulo, com R$ 31,1 bilhões.
dada pelo ministro do Tribunal a convenção do PSDB realizada Em termos de crescimento, também foi o se-
Eleitoral (TSE) Henrique Neves gados é chamado de “Agravo Re- ação dos advogados, o processo sob a presidência de Marquito
da Silva, sendo que a decisão foi gimental”, usado para impugnar será reanalisado e votado agora em julho do ano passado.
gundo com melhor resultado, atrás apenas
proferida apenas na última sema- decisões tomadas individualmen- pelos membros da Corte Supe- Ele aguarda a decisão da justiça de Tocantins, cujas despesas com educação
na através da juíza eleitoral Rafa- te, no caso de Marquito, o minis- rior. com anseio de que a situação se cresceram 20,5%, mas em volumes bem
ela Mari Turra. tro do TSE expediu uma senten- Se a decisão do ministro fosse resolva. mais modestos – de R$ 886,3 milhões, em
O interposto usado pelos advo- ça monocrática. om o acato da mantida, haveria recontagem de 2015, para R$ 1,07 bilhão.
Os dados são da Secretaria do Tesouro Na-
cional (STN), ligada ao Ministério da Fazenda
CANARVAL NO AZUL e foram compilados pelo Instituto Parana-

Richa autoriza antecipação do
ense de Desenvolvimento Econômico Social
(Ipardes).
O ranking foi elaborado com base nos resul-
pagamento da folha de fevereiro tados apresentados pelas 25 unidades da fe-
deração que enviaram relatórios anuais para
D I V UL G AÇ Ã O
STN. Os dados na área de educação contem-
A E N muitos estados estão com difi-
re p o rta g e m @ f o l h a e xt r a .co m culdades para pagar seus fun- plam os gastos totais com a área de cada Es-
cionários, no araná a situação é tado, incluindo desde folha de pagamento,
diferente. “Todo esforço feito pe- despesas de custeio, campanhas educativas
los paranaenses e pelo governo e investimentos, como construção de es-
O governador Beto Richa (PSDB) estadual durante a implantação colas, por exemplo. O volume inclui gastos
autorizou nesta terça-feira (21) a das medidas de ajuste fiscal valeu com todas as esferas da educação, do ensino
antecipação do pagamento da fo- a pena”, disse. “ oje, o araná
lha do funcionalismo para sexta- está com a sua economia equili- básico ao superior.
-feira (24). A medida vai injetar brada e em condições de manter “O Paraná investe bastante e vem amplian-
R$ 1,7 bilhão na economia na as contas em dia, bem como o do os recursos destinados para o setor. A di-
véspera do carnaval e beneficiará salário dos servidores públicos”, ferença é expressiva em relação aos outros
cerca de 266 mil servidores ati- afirmou o governador. Estados, especialmente os de economia com
vos, aposentados e pensionistas Nos últimos cinco anos, o au- tamanho similar, como o Rio Grande do Sul”,
do Estado. O pagamento do salá- mento da folha do Estado foi de
rio dos servidores é feito sempre 84,2%, sobretudo em razão de lembra Julio Suzuki Júnior. De acordo com
no último dia útil do mês, que reajustes concedidos aos servi- dados da STN, o Rio Grande do Sul investiu
em fevereiro seria na segunda- dores. Os pagamentos têm sido R$ 3,96 bilhões em 2016, 8,6% menos do que
-feira (27). feitos em dia ou, como agora, os R$ 4,34 bilhões investidos no ano anterior.
Richa destacou que, enquanto antecipando o depósito.
A4 CIDADES QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2017 - ED.1701

BALANÇO POSITIVO Mais Sáude
No mês de janeiro a Sala do Empreendedor de
W. Braz atendeu mais de cem microempresários Os perigos dos
Pessoas aposentadas e trabalhadores com registro em carteira anabolizantes
também podem abrir ou legalizar seus pequenos empreendimentos
P ATR I K A D E MOR AES - F OL H A EX TR A
ONDE TUDO COMEÇOU
G L A U C IO M E N D E S
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co m
Adriano destaca que Por volta de 1935, descobriu-se o efeito da
tendência é aumentar o testosterona no corpo humano. Como pri-
número de participantes
meira consequência, as pesquisas aponta-
da Sala do Empreendedor
Ao analisar o perfil da população vam o hormônio masculino como responsá-
brasileira fica claro que são pes- vel pelas características sexuais secundárias
soas empreendedoras e criativas, no homem como a produção de esperma-
pois mesmo em tempos difíceis o tozoides, entre outros fatores. Resultados
brasileiro não desiste de seus ne- posteriores da presença da testosterona
gócios e aproveitam da situação
para se adequar a atual realidade. também foram constatados, como melhora
oje no rasil os microempreen- na disposição e favorecimento na recupera-
dedores, considerados o novo ção da atividade física. Bem próximo dessa
perfil empresarial do país, se des- descoberta, ocorreu o anúncio das drogas
tacam no cenário econ mico. esteroides anabolizantes em 1938 onde já
No munícipio de enceslau raz,
para atender esse novo grupo de se tinha a produção delas.
empresários, disponibiliza a cha-
mada Sala do Empreendedor, REAIS INDICAÇÕES
onde os profissionais que traba-
lham na informalidade podem apoio e orientação em projetos mais o S mposto Sobre ir- croempreendedor. “Aquelas pes- Os anabolizantes possuem vários usos clíni-
legalizar sua empresa, de forma de desenvolvimento em seus ne- culação de ercadorias e Servi- soas que são aposentadas ou que
gratuita, simplificada e sem buro- gócios”, explica o diretor do e- cos, tendo como função principal a reposi-
ços , cujo valor vária de acordo trabalham registrados podem
cracia. partamento omercial, Adriano com a atividade. abrir a sua microempresa, não há ção da testosterona nos casos em que, por
Além de sair da informalidade, arlos erreira. Somente no mês de janeiro fo- restrições, a pessoa só terá que algum motivo patológico, tenha ocorrido
os que participam do projeto omo empresa, o empreendedor ram realizados mais de cem aten- pagar a taxa para a previdência e um déficit desse hormônio. Muitos similares
terão a oportunidade de receber que mantém a contribuição com dimentos. Segundo Adriano, os o S”, explica Adriano. da testosterona são usados em tratamento
assistência de consultores espe- a previdência social, ganha o di- trabalhos do primeiro semestre ara os interessados em partici-
reito de se aposentar tanto por médico, como nos casos de deficiência de
cializados do Sebrae, por meio deste ano serão direcionados par da sala do empreendedor,
de orientações profissionais. idade quanto por invalidez, auxí- para aumentar a participação dos podem comparecer na Rua Ex- testosterona, problemas testiculares, câncer
ambém serão ofertados cursos lio-doença e salário-maternidade. microempreendedores na sala e pedicionários n , no mesmo de mama, angioedema hereditário, anemia
de especialização e de capacita- Segundo o coordenador Adriano visitas s empresas já cadastradas endereço da Acebraz, em horário aplástica, endometriose grave e estímulo do
ção. “ odos que participam da o pequeno empresário paga para a atualização de seus dados. comercial. aiores informações crescimento em caso de puberdade mascu-
Sala terão benefícios, estaremos do salário mínimo ao NSS nsti- odo comerciante e trabalhador das atividades da sala do empre-
tuto Nacional do Seguro Social , lina tardia. Além do uso médico, eles têm
disponibilizando maior acesso informal que fatura até R mil endedor basta consultar o site
aos serviços financeiros, além do a fim de assegurar os benefícios, por ano pode se tornar um mi- portaldoempreendedor.gov.br. a propriedade de aumentar os músculos e,
por esse motivo, são muito procurados por
atletas ou frequentadores de academia que
SOLIDARIEDADE querem melhorar o desempenho e a apa-
rência física. O uso estético não é indicação

Provopar lança campanha médica, portanto é ilegal e ainda acarreta
problemas à saúde.

do agasalho em Ibaiti INJEÇÃO OU VIA ORAL

Caixas de coletas estão As pessoas podem doar nas cai- odó resentes, araíso odas, possível de roupas, calçados e Há uma série de drogas esteroides anaboli-
em todas agências xas de coletas nas agências do oja piranga, arambolas oda agasalhos para suprir as necessi- zantes fabricadas nos dias de hoje. A apre-
bancárias e cooperativas taú, radesco, agência e , nfantil, nopar e armácia ul- dades das famílias que precisam. sentação mais comum é em ampolas para
anco do rasil, aixa Econ mi- tifarma. Assim, na época do frio, diminuir
de crédito no município injeção intramuscular em estado oleoso.
ca ederal, Sicoob, Sicredi, re- O objetivo da ampanha do Aga- o sofrimento daqueles que não
salho é coletar o maior número
Alguns deles também são produzidos para
sol, refeitura unicipal, RAS, tem como se aquecer.
D A A S S E S S O R IA uso via oral, existe ainda apresentações
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co m como pomadas, cremes cicatrizantes e ade-
sivos. “Há uma série de veículos para admi-
nistração das drogas, dose e concentração
do princípio ativo. Porém, a base dos medi-
O rovopar de baiti lançou no camentos é sempre a mesma: uma modifi-
dia primeiro de fevereiro, a am- cação da testosterona”, esclarece Dr Felipe
panha do Agasalho . om o Corcini.
slogan “ eve o calor da solidarie-
dade aos que mais precisam”, a
EFEITOS COLATERAIS
campanha, coordenada pela pri-
meira dama e presidente do ro-
vopar, laviana adel arvalho é Por trás dos aparentes resultados desejá-
uma ação realizada com apoio da veis, os anabolizantes provocam uma série
refeitura unicipal e Secretaria de comprometimentos à saúde daqueles
de Assistência Social. que os usam sem indicação clínica, entre
A ação envolve as agências ban- eles está o aumento do colesterol ruim (LDL)
cárias e cooperativas de créditos e diminuição do colesterol bom (HDL), so-
do município em conjunto com brecarga hepática que gera infecções e até
as lojas odó resentes, araíso câncer no fígado, hepatite medicamentosa,
odas, oja piranga, arambo-
alterações do tecido cardíaco que podem
las oda nfantil, nopar e ar-
mácia ultifarma. Primeira dama Flaviana Fadel Carvalho ao lado de colaboradores da campanha levar a arritmias. Acne, mudanças de com-
portamento e aumento de agressividade
também são consequências do uso de ana-
bolizantes. Queda de cabelos e diminuição
da produção de espermatozoides são outras
alterações que acometem os homens, assim
como o aparecimento de mamas e redução
dos testículos.
A preocupação em relação aos riscos con-
centra-se na evidência acerca das possíveis
associações entre o abuso de androgênio e
uma função hepática anormal, já que o fí-
gado é o responsável, quase que exclusivo,
pelo metabolismo dos androgênios. Em ca-
sos extremos, o fígado pode ficar tão debili-
tado e falhar – ou, então, favorecer uma he-
morragia intra-abdominal e o paciente pode
vim ao óbito em questão de horas.

Dr Felipe R. Corcini
Farmacêutico bioquímico
QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2017 - ED.1701
CIDADES A5
BRAZ FOLIA
Esportes
Carnaval brazense será realizado com verba
destinada a Secretaria de Cultura e Turismo
fevereiro, o arnaval raz olia,
Em estádio vazio,
G IL M A R A A . D A S IL V A tem como prioridade fomentar a correta. “ esmo em meio a crise
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co m recheado de diversas atrações o
evento começa a partir das 18h,
cultura, incentivar, promover la-
zer e entretenimento em datas
não podemos deixar de realizar
os trabalhos que envolvem nossa
Paraná perde e
Londrina garante
no Espaço hico. comemorativas, além de consoli- pasta, pois cada Secretaria tem
A criação do evento veio através dar a interação entre a Secretaria seus respectivos planejamentos
dos atuais representantes da Se- e comerciantes locais. Esta par- e verbas, assim sendo estaremos
O carnaval é considerado uma
das festas mais populares, anima-
cretaria de ultura e urismo.
“ ivemos o intuito de fazer o que
ceria entre ambos é uma grande
conquista, pois assim garantem
utilizando a verba destinada ao
entretenimento do município”,
o 1º lugar
das e representativas do Brasil, é a população almejava, pensando mais comércios envolvidos em esclarece a secretária.
uma manifestação popular que em atingir um todo, então junta- entidades como: escolas munici- O intuito da elaboração do car- O Paraná Clube perdeu por 2 a 1 para o Lon-
acontece de diferentes formas mente com a administração do pais e estaduais, hospital e casa naval é movimentar a cidade e a drina, nessa terça-feira (21), no Estádio do
em várias regiões do país, depen- município e associações conse- de acolhida. economia local. Não há expecta- Café, pela 3ª rodada da Primeira Liga. Com
dendo do contexto histórico e guimos a formação do evento”, A situação de crise pela qual o tiva de público, o maior objetivo o resultado, o time do Interior terminou em
sociocultural de cada lugar. cita arile assani, secretária da Brasil se encontra leva dúvidas é priorizar o comércio local e
Em comemoração a este feriado, ultura. 1º lugar do Grupo 4, com nove pontos está
aos cidadãos que questionam se envolve-los em eventos, manten-
acontecerá nos dias 26 e 27 de A Secretaria de ultura e urismo a atitude de elaborar o evento é do o divertimento da população. classificado. A equipe da capital só disputou
dois jogos e tem três pontos. Em jogo adia-
do da 2ª rodada, ainda vai enfrentar o Figuei-
D I V UL G AÇ Ã O

Reunião com o comércio rense, em 2 de março, na Vila Capanema.
local sobre carnaval de rua O Paraná tem um jejum de 17 anos nesse
duelo. A última vez que venceu o Londrina
Na última segunda-feira (20), se reuniram
na Secretaria de ultura e urismo os pro- fora de casa foi em 2000, pelo Paranaense,
prietários de lanchonetes, escolas e enti- por 1 a 0. Depois daquele confronto, foram
dades para discutir os últimos detalhes do nove confrontos, com seis vitórias do Londri-
carnaval de rua. na e três empates.
A programação de domingo (26) contará
O técnico Wagner Lopes completou oito jo-
com a banda gaúcha hama riola, grupo
de jovens com música gospel, a dupla serta- gos no comando do Paraná, agora com cin-
neja Jaque e Jaine e j’s. co vitórias, um empate e duas derrotas.
Na segunda-feira (27) haverá uma banda de
show infantil, grupo de jovens da igreja da
paz, o encerramento será com a banda Es-
tágio inal e j’s. Coritiba tira lições de
2016 e alerta para jogo
RADAR “perigoso” contra o ASA
A participação do Coritiba na Copa do Brasil
PREJUÍZO de 2016 foi bem abaixo do que a torcida al-
viverde esperava. Sob o comando do técni-
Homem age em lojas da região furtando co Gilson Kleina, a equipe foi eliminada logo
na 2ª fase da competição, após uma derrota
roupas masculinas no provador e um empate com o Juventude. No jogo de
ida, o Coxa perdeu por 1 a 0, fora de casa, e
ficou no 2 a 2 no Couto Pereira dando adeus
Segundo informações, ele já fez vítimas em Siqueira Campos, Wenceslau
ao torneio. Nesta quinta-feira(23), o time re-
Braz e Arapoti; enquanto saqueia as lojas um comparsa o aguarda no carro cebe o ASA-AL, às 21h30, pela segunda fase.
D A R E D A Ç Ã O
D I V UL G AÇ Ã O
Após a frustração pela desclassificação, o
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co m Coxa acredita que há muitas lições a serem
tiradas do tropeço recente. Titular no jogo
contra o Juventude, o goleiro Wilson relem-
Até que ponto um criminoso re- bra o duelo e espera que todos no clube pos-
pete sua vítima sem nenhum re- sam aprender com os erros e não repeti-los.
ceio de ser reconhecido ou pre-
so? Na tarde de terça-feira (21) Na visão do camisa 84, a equipe não pode,
em Wenceslau Braz, câmeras de por exemplo, perder gols jogando em casa.
segurança registraram a tentativa
de um terceiro furto no mesmo
local realizado por um homem
ainda não identificado.
CBF veta estádio do
Segundo testemunhas, ele age
em toda região, mas no municí-
PSTC e manda jogo com
pio brazense vem uma vez por
ano e não deixa pistas de quem
rendo do local e entrou em um
carro que o aguardava em uma
geralmente calças, enquanto
prova vai depositando diversas
das da mesma forma.
Em uma das ações em comércios São Paulo para Londrina
seja ou de onde vem. or volta rua paralela. roupas dentro de sua vestimenta. brasenses ele chegou a levar dez
das 11h50 ele tentou agir em O veículo VW- Fox prata foi iden- Quando sai do provador, pede calças jeans, que totalizaram um
duas lojas, na segunda a ação tificado pelas c meras da rua. para ir até o carro para pegar prejuízo de aproximadamente R$
já era reincidente, pois já havia O modus operandi do indivíduo sua carteira, já em seu veículo , mil.
furtado duas vezes o estabeleci- consiste em entrar em lojas de ele descarrega toda “mercadoria” A olícia ivil e o Serviço Reser-
mento. roupas em dias e horários de bai- que coletou no provador. Em al- vado da olícia ilitar já estão co-
orém ao ser reconhecido pelas xo movimento. Ao ser atendido guns casos, ele ainda volta para letando imagens para identificar
funcionárias, o homem saiu cor- ele solicita roupas masculinas, provar mais coisas, que são furta- o suspeito.

D I V UL G AÇ Ã O

DEVOLVIDAS

Polícia Militar
recupera motos Depois de Cuiabá e Cornélio Procópio agora
é a vez de Londrina ser o local escolhido para

furtadas a partida entre PSTC x São Paulo, pela Copa
do Brasil. Problemas em laudos para autori-
zação da partida na Arena Pantanal, no Mato
D A R E D A Ç Ã O do no meio policial por envol-
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co m vimento em furtos de motos.
Grosso, e no Ubirajara Medeiros, casa do
Na ocasião, populares haviam PSTC, obrigaram o jogo ser transferido para
informado que o homem estava o Estádio do Café. A partida está prevista
Em operação policial realizada transitando em alta velocidade para o dia primeiro de março.
na manhã de terça-feira (21) em com uma motocicleta sem placas A determinação de local foi publicada na
Jacarezinho, nos Bairros Aero- pelo bairro.
porto, Vila Leão e Nossa Senho- Em averiguação constataram que
CBF nesta terça-feira. Segundo a entidade,
ra das Graças, policiais militares as motocicletas estavam com a Federação Paranaense de Futebol (FPF) in-
realizaram a prisão de um indiví- chassi e numeração do motor formou que a Polícia Militar não tem capa-
duo e recuperaram duas motoci- suprimidos. O indivíduo recebeu cidade de garantir a segurança no estádio
cletas que haviam sido furtadas. voz de prisão e foi encaminhado Ubirajara Medeiros, que tem capacidade
Um indivíduo foi preso e duas motos recuperadas O indivíduo preso já é conheci- delegacia local.
para 2,2 mil pessoas.
A6 EDITAIS QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2017 - ED.1701

ARAPOTI JABOTI

P OR TAR I A Nº 6 4 7 / 2 0 1 7 F UND O MUNI CI P AL D E SAÚ D E AR AP OTI - P R P OR TAR I A N.º 2 7 / 2 0 1 7 d e 0 8 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 .
R UA OND I NA B UENO SI Q UEI R A Nº 1 8 0 CENTR O CÍ V I CO O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , Est a d o d o P a r a n á ,
Sú m u l a : No m e i a Co m i sã o d e Si n d i câ n ci a . CEP 8 4 .9 9 0 - 0 0 0 / F ONE ( 4 3 ) 3 5 1 2 - 3 0 0 0 n o u so d e su a s a t r i b u i çõ e s q u e l h e sã o co n f e r i d a s p o r L e i :
CNP J Nº 0 9 .2 7 7 .7 1 2 / 0 0 0 1 - 2 7
R E S O L V E:
AV I SO D E CH AMAMENTO P Ú B L I CO
OP R EF EI TO MUNI CI P AL D E AR AP OTI , n o u so d e su a s a t r i b u i çõ e s Ar t . 1 º . D e si g n a r , o se r v i d o r Se l m o Ca r va l h o d o s Sa n -
le g a is e ; E d ita l In e x ig ib ilid a d e n º 0 0 1 /2 0 1 7 . t o s, R G n º 6 .5 0 0 .2 7 5 - 6 CP F Nº 0 2 2 .6 8 9 .4 3 9 - 8 4 , n o p e r í o d o
Co n si d e r a n d o p e d i d o d a Se cr e t a r i a Mu n i ci p a l d e Assi st ê n ci a So ci a l P r o c e s s o n º 0 0 8 /2 0 1 7 . d e 0 9 / 0 2 / 2 0 1 7 a 3 1 / 1 2 / 2 0 1 7 , a p r o f e so r e f e t i vo e xt r a o r d i n á r i o
a tra vé s d o Of í ci o os b n ° . 9 8 / 2 0 1 7 . O b j e t o : Cr e d e n ci a m e n t o d e p e so a j u r í d i ca p a r a p r e st a çã o d e se r vi ço s n a á r e a p o r 8 ( o i t o ) h o r a s co m p a g a m e n t o p r o p o r ci o n a l t e n d o co m o
de saúde para realização de exames de ultrassonografia e tomografia com r e f e r ê n ci a a a t u a l r e m u n e r a çã o p e r ce b i d a n o p a d r ã o e f e t i vo
f o r n e ci m e n t o d e e q u i p a m e n t o s, m a t e r i a i s e e q u i p e t é cn i ca vi sa n d o a t e n d e r a s
R ESOL V E d o m e sm o .
n e ce si d a d e s d a Se cr e t a r i a Mu n i ci p a l d e Sa ú d e .
Ar t . 2 º . Essa p o r t a r i a e n t r a r á e m vi g o r n e sa d a ta .
P r a oz d e C r e d e n c i a m e n t o : D o d i a 0 1 d e m a r ço d e 2 0 1 7 , e st e n d e n d o - se a té a s
Ar t . 1 º - No m e a r Co m i sã o Esp e ci a l d e Si n d i câ n ci a p a r a a p u r a r f a t o s 1 7 h 0 0 m i n d o d i a 1 5 d e m a r ço d e 2 0 1 7 . R e g i st r e - se , P u b l i q u e - se e Cu m p r e - se .
o co r r i d o s e n vo l ve n d o a se r vi d o r a p o r t a d o r a d e m a t r í cu l a f u n ci o n a l os b In fo r m a ç õ e s e R e t ir a d a d o E d ita l : Ma i o re s in fo rm a õç e s p o d e rã o se r o b t i d a s n a G a b i n e t e d o P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , 0 8 d e f e ve r e i r o d e
n ° .4 0 7 7 . R u a On d i n a B u e n o Si q u e ir a , n º 1 8 0 - Ce n tro Cí vi co , Ar a p o ti, P a ra n á , t e l e f o n e s: 2 0 1 7 .
(4 3 ) 3 5 1 2 - 3 0 0 0 /3 0 0 1 , n o h o r á r io d a s 0 8 h 0 0 m in à s 1 1 h 3 0 m in e d a s 1 3 h 0 0 m in à s V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A
Ar t . 2 º - A co m i sã o d e n º 0 5 / 2 0 1 7 se r á co m p o st a p e l o s es g u i n t e s 1 7 h 3 0 m in / si t e : w w w .a ra p o t i .p r .g o v .b r / e m a i l : l i ci ta ca o @ a ra p o t i .p r .g o v .
se r vi d o r e s: P R EF EI TO MUNI CI P AL
D a ta E d ita l: 2 2 /0 2 /2 0 1 7 .

P r e is d e n t e – Ta m i r i s Cr i st i n a d e G õ e s Al m e i d a – R G n ° . 9 .4 7 5 .7 8 2 - 7 P OR TAR I A N.º 2 8 / 2 0 1 7 d e 0 8 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 .
Me m b r o – D o u g l a s R e n a n Ur i a s d e So u za – R G n ° . 9 .9 7 2 .8 4 6 - 9 Sú m u l a : D e si g n a r P r o f e so r ( a ) p a r a Su b st itu -
Me m b r o – Cl a r a I sa b e l d o s Sa n t o s – R G n ° . 6 .6 3 4 .0 3 1 - 7
JABOTI i çã o Te m p o r á r i a e
e st a b e l e ce o u t r a s p r o vi d ê n ci a s.
Ar t . 3 º - A co m i sã o d e Si n d i câ n ci a i n ts i t u i d a n o a r t i g o a n t e r i o r d e ve rá O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , Est a d o d o P a r a n á , n o u so d e
a p r e se n t a r su a s co n cl u sõ e s n o p r a zo d e 3 0 ( t r i n t a ) d i a s. su a s a t r i b u i çõ e s q u e l h e sã o co n f e r i d a s p o r L e i :
P OR TAR I A N.º 2 2 / 2 0 1 7 d e 0 8 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 . R E S O L V E:
Ar t . 4 º - A co m i sã o Esp e c i a l d e Si n d i câ n ic a a q u e se r e f e r e e st a p o r - Sú m u l a : D e si g n a r P r o f e so r ( a ) p a r a Su b st i t u - Ar t . 1 º . D ESI G NAR , a se r vi d o r a Ca r i n a Ta m b o l o ,
t a r i a d e ev r á es g u i r a L e i Mu n i ci p a l 4 1 1 / 1 9 9 3 – Est a t u t o d o s Se r vi d o r e s i çã o Te m p o r á r i a e p r o f e so r a e f e t i va d e 2 0 h o r a s, CP F Nº 0 7 0 .1 8 7 .0 6 9 - 9 8 e
Mu n i ci p a i s, p a r a oc n d u ãç o d o s t r a b a l h o s r e a l i za d o .s e st a b e l e ce o u t r a s p r o vi d ê n ci a s. R G Nº 1 0 .2 2 1 .5 3 2 - 0 p a r a su b st i t u i r a Se r vi d o r a Al i n e Mo ra e s
O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , Est a d o d o P a r a n á , n o u so d e Al ve s , co n f o r m e Ar t . 1 8 d o Est a t u t o d o Ma g i st é r i o n o p e r ío d o
Ar t . 5 º - Est a P o r t a r i a e n t r a r á e m vi g o r n a d a t a d e us a p u b l i ca çã o , su a s a t r i b u i çõ e s q u e l h e sã o co n f e r i d a s p o r L e i : . d e 0 9 / 0 2 / 2 0 1 7 a 0 6 / 0 4 / 2 0 1 7 , p o r 2 0 h o r a s, co r r e sp o n d e n te a o
r e vo g a n d o - se a s d i ps o is õç e s e m co n t r á r i o , p u b l i q u e - es . R E S O L V E: p i so i n i ci a l d o p r o f e so r.
Ar t . 1 º . D ESI G NAR a Se r vi d o r a Z i l d a P e r e i r a L e i t e , Ar t . 2 º . Essa p o r t a r i a e n t r a r á e m vi g o r n e st a d a t a .
P a oç Mu n i ci p a l V e r e a d o r Cl a u d i r D i a s No ov hc a d l o . p r o f e so r a e f e t i va d e 2 0 h o r a s, CP F Nº 8 9 7 .4 1 9 .0 0 9 - 5 3 e R e g i st r e - se , P u b l i q u e - se e Cu m p r e - se .
G a b i n e t e d o P r e f e i t o , 2 2 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 . R G Nº 4 .8 8 7 .2 3 0 - 1 , p a r a su b st i t u i r a Se r vi d o r a , L u ci n é i a d e G a b i n e t e d o P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , 0 8 d e f e ve r e i r o d e
So u za , co n f o r m e Ar t . 1 8 d o Est a t u t o d o Ma g i st é r i o n o p e r í o d o 2 0 1 7 .
B R AZ R I Z Z I d e 0 9 / 0 2 / 2 0 1 7 a 2 5 / 0 5 / 2 0 1 7 , p o r 2 0 h o r a s, co r r e sp o n d e n t e a o V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A
P r e fe ito p i so i n i ci a l d o p r o f e so r. P R EF EI TO MUNI CI P AL
Ar t . 2 º . Essa p o r t a r i a e n t r a r á e m vi g o r n e st a d a d a t a .
R e g i st r e - se , P u b l i q u e - se e Cu m p r e - se .
G a b i n e t e d o P r e f e i t o d e Ja b o t i , 0 8 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 . P OR TAR I A N.º 2 9 / 2 0 1 7 d e 1 5 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7
P OR TAR I A Nº 6 4 8 / 2 0 1 7
V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , Est a d o d o P a r a n á , n o u so d e
P R EF EI TO MUNI CI P AL su a s a t r i b u i çõ e s q u e l h e sã o co n f e r id a s p o r L e i:
Sú m u l a : P r o r r o g a o p r a oz p a r a oc n cl u sã o d o s t r a b a l h o s d a Co m i sã o
R E S O L V E:
Esp e ci a l d e Si n d i câ n ci a os b n ° . 0 1 / 2 0 1 7 , n o m e a d a p e l a P o r t a r i a
Ar t . 1 º D ESI G NAR , a se r vi d o r a D a l va B r o ca d e Al m e i d a , CP F :
6 3 5 /2 0 1 7 .
P OR TAR I A N.º 2 3 / 2 0 1 7 d e 0 8 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 . 7 6 3 .5 1 7 .5 0 9 - 2 0 , o cu p a n t e d o ca r g o d e Au xi l i a r d e Se r vi ço s
Sú m u l a : D e si g n a r P r o f e so r ( a ) p a r a Su b st itu - G e r a i s, d e st a Mu n i ci p a l i d a d e p a r a r e sp o n d e r p e l a f u n çã o d e
O P R EF EI TO D O MUNI CÍ P I O D E AR AP OTI , n o u so d e su a s a t r i b u i çõ e s
i çã o Te m p o r á r i a e En ca r r e g a d a d o Se t o r d e Se r vi ço s d a Cl í n i ca Od o n t o l ó g i ca
le g a is e ; Sí m b o l o - F G - 5 , co n f o r m e L e i Co m p le m e n ta r 0 1 /2 0 1 2
e st a b e l e ce o u t r a s p r o vi d ê n ci a s.
CONSI D ER AND O a co m p l e xi d a d e d o s d o cu m e n t o s a se re m a n a l i sa d o s Ar t .º 2 º .Est a P o r t a r i a e n t r a r á e m vi g o r a p a r t i r d e st a d a ta .
O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , Est a d o d o P a r a n á , n o u so d e
e ; G a b i n e t e d o P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , 1 5 d e f e ve r e i r o d e
su a s a t r i b u i çõ e s q u e l h e sã o co n f e r i d a s p o r L e i :
CONSI D ER AND O a n e ec si d a d e d e p r o ce d e r à n o av o i t i va e ; R E S O L V E: 2 0 1 7 .
CONSI D ER AND O o p e d i d o e ax r a d o p e l o P r e is d e n t e d a Co m i s sã o Ar t . 1 º . D ESI G NAR , a se r vi d o r a Am a n d a Si q u e i r a F r e i r e , V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A
a t r a vé s d o Of í ci o so b n ° . 0 0 2 / 2 0 1 7 . p r o f e so r a e f e t i va d e 2 0 h o r a s, CP F Nº 0 5 8 .3 1 8 .6 4 9 - 1 0 e R G P R EF EI TO MUNI CI P AL
Nº 8 .0 7 4 .6 8 5 - 7 p a r a su b st i t u i r a Se r vi d o r a Er i ca Ti e n e Na g a ta
R ESOL V E d e P a i va , co n f o r m e Ar t . 1 8 d o Est a t u t o d o Ma g i st é r i o n o
p e r í o d o d e 0 9 / 0 2 / 2 0 1 7 a 0 6 / 0 4 / 2 0 1 7 , p o r 2 0 h o r a s co r r e sp o n - P OR TAR I A N.º 3 2 / 2 0 1 7 d e 2 1 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 .
Ar t .1 ° - P r o r r o g a r p o r m a i s 3 0 ( t r i n t a ) d i a s o p r a oz p a r a a oc n c l u ãs o d o s d e n t e a o p i so i n i ci a l d o p r o f e so r. O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , Est a d o d o P a r a n á , n o u so d e
t r a b a l h o s d a Co m i sã o Esp e ci a l d e Si n d i câ n ci a d e n ° . 0 1 / 2 0 1 7 d e vi d a - Ar t . 2 º . Essa p o r t a r i a e n t r a r á e m vi g o r n e st a d a t a . su a s a t r i b u i çõ e s q u e l h e sã o co n f e r i d a s p o r L e i :
m e n te n o m e a d a p e la P o r ta r ia 6 3 5 /2 0 1 7 . R e g i st r e - se , P u b l i q u e - se e Cu m p r e - se . R E S O L V E:
G a b i n e t e d o P r e f e i t o d e Ja b o t i , 0 8 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 . Ar t . 1 º . I NTER R OMP ER a p e d i d o , l i ce n ça p a r a t r a t a r d e i n t e r -
Ar t . 2 ° - D e ve a Asse so r i a d e G a b i n e t e , t o m a r a s m e d i d a s ca b í ve is V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A e se s p a r t i cu l a r e s p e l a P o r t a r i a 7 8 / 2 0 1 6 d e 0 1 d e j u n h o d e
para oficialização deste ato. P R EF EI TO MUNI CI P AL 2 0 1 6 , d a se r vi d o r a Al i n e Mo r a e s Al ve s, CP F : 0 6 9 .7 0 3 .9 3 9 - 0 9 ,
R G 1 0 .0 0 6 .8 2 4 - 9 , o cu p a n t e d o ca r g o d e P r o f e so r a , d e st a
Ar t .3 ° - Est a P o r t a r i a e n t r a r á e m iv g o r n a d a t a d e su a p u b l i ca ç ã o , P OR TAR I A N.º 2 4 / 2 0 1 7 d e 0 8 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 . m u n i ci p a l i d a d e , b a se a d o n o a r t .1 1 2 , § ú n i co d a L e i 3 3 d e 3 0
r e vo g a n d o - es a s d i sp o si õç e s e m oc n t r á r i o . d e ju n h o d e 1 9 9 4 , a p a r tir d e 0 1 /0 6 /2 0 1 6 .
Sú m u l a : D e si g n a r P r o f e so r ( a ) p a r a Su b st i t u -
i çã o Te m p o r á r i a e Ar t .º 2 º . Est a P o r t a r i a e n t r a r á e m vi g o r a p a r t i r d a d a t a d e su a
P a oç Mu n i ci p a l V e r e a d o r Cl a u d i r D i a s No ov hc a d l o . p u b l i ca çã o .
G a b i n e t e d o P r e f e i t o , 2 2 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 .
e st a b e l e ce o u t r a s p r o vi d ê n ci a s.
G a b i n e t e d o P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , 2 1 d e f e ve r e i r o d e
O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , Est a d o d o P a r a n á , n o u so d e 2 0 1 7 .
B R AZ R I Z Z I su a s a t r i b u i çõ e s q u e l h e sã o co n f e r i d a s p o r L e i : V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A
P r e fe ito R E S O L V E: P R EF EI TO MUNI CI P AL
Ar t . 1 º . D ESI G NAR , a se r vi d o r a An d r é i a Cr i st i n a d a Cu n h a
P i n t o So u sa , p o r t a d o r a d o CP F : 9 7 7 .0 7 3 .1 7 9 - 0 4 e R G
D e cr e t o Nº 4 4 1 8 / 2 0 1 7 AV I SO D E L I CI TAÇ Ã O
6 .5 7 6 .7 7 8 - 3 , p r o f e so r a e f e t i va d e st a m u n i ci p a l i d a d e , p a r a
P R EG Ã O P R ESENCI AL N. º 1 6 / 2 0 1 7
su b st i t u i r a Se r vi d o r a Ja n a i n a Ma t e u s V i d a l , co n f o r m e Ar t .
Sú m u l a : Exo n e r a es r vi d o r d o q u a d r o d e P e so a l n a Ad m i n i st r a çã o EX CL USI V O P AR A ME - EP P
1 8 d o Est a t u t o d o Ma g i st é r i o n o p e r í o d o d e 0 9 / 0 2 / 2 0 1 7 a
P ú b l i ac d o Mu n i cí p i o . (Resumo para fins de publicação)
3 1 / 1 2 / 2 0 1 7 , p o r 2 0 h o r a s, co r r e sp o n d e n t e a o p i so i n i ci a l d o
OP R EF EI TO MUNI CI P AL D E AR AP OTI , ESTAD O D O P AR ANÁ , u s - p r o f e so r. Ar t . 2 º . Es sa p o r t a r i a
O F UND O MUNI CI P AL D E SAÚ D E D E JA B OTI , Est a d o d o
a n d o d e su a s a t r i b u i çõ e s le g a is e ; e n t r a r á e m vi g o r n e st a d a t a .
P a r a n á , t o r n a p ú b l i co q u e f a r á r e a l i az r l i ci t a çã o , co n f o r m e
Co n si d e r a n d o o Ar t . 4 0 d a L e i Mu n i ci p a l 4 1 1 / 1 9 9 3 e ; R e g i st r e - se , P u b l i q u e - se e Cu m p r e - se .
se g u e :
Co n si d e r a n d o o p e d id o d a se r vi d o ra . G a b i n e t e d o P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , 0 8 d e f e ve r e i r o d e
2 0 1 7 .
D ECR E T A: 1 - MOD AL I D AD E: P r e g ã o P r e es n ci a l n º . 1 6 / 2 0 1 7 . TI P O D E
V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A
L I CI TAÇ Ã O: Me n o r P r e ço P o r I t e m .
P R EF EI TO MUNI CI P AL
Ar t i g o 1 º - F i ca e xo n e r a d a a p a r t i r d o d i a 2 8 d e f e ev r e i r o d o oc r r e n t e
a n o , a s e r vi d o r a Ca r o l i n a R i b a s, p o r t a d o r a d o R G n º 1 0 .1 1 7 .9 4 7 - 8 e 2 – OB JE TO: Se l e ãç o d e P r o p o st a e n tre o s p ro p o n e n te e n -
CP F n º 0 5 9 .9 4 6 .7 2 9 - 0 4 d o ca r g o d e P is có l o g a . P OR TAR I A N.º 2 5 / 2 0 1 7 d e 0 8 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 . q u a d r a d o s co m o Mi cr o e m p r e sa e Em p re sa d e P e q u e n o P o rte ,
Sú m u l a : D e si g n a r P r o f e so r ( a ) p a r a Su b st i t u i çã o d e a co r d o co m o a r tig o 4 8 d a L e i Co m p le m e n ta r n º 1 2 3 /2 0 0 6
Ar t i g o 2 º - D e ve a D i vi sã o Ad m i n i st r a t i va t o m a r a s m e d i d a s n e ce sá r ia s Te m p o r á r i a e e a l t e r a çã o d a d a p e la L e i Co m p l e m e n ta r n º 1 4 7 /2 0 1 4 , vi sa n d o
para a oficialização deste ato. e st a b e l e ce o u t r a s p r o vi d ê n ci a s. Aq u i si çã o d e m o t o r d e st i n a d o a o ve í cu l o F o r d Tr a n si t p l a ca
O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , Est a d o d o P a r a n á , n o u so d e AW V 9 2 3 0 .
Ar t i g o 3 º - Est e D e cr e t o e n t r a e m iv g o r n e st a d a t a , r e vo g a n d o - se a s su a s a t r i b u i çõ e s q u e l h e sã o co n f e r i d a s p o r L e i :
d i sp o is ç õ e s e m co n t r á r i o , p u b l i q u e - se . R E S O L V E: 3 - AB ER TUR A D OS ENV EL OP ES: D i a 1 3 / 0 3 / 2 0 1 7 à s 0 9 : 3 0
Ar t . 1 º . D ESI G NAR , a se r vi d o r a Ma r i a Ap a r e ci d a d e n a P r e f e i t u r a Mu n i ci p a l d e Ja b o t i .
P a oç Mu n i ci p a l V e r e a d o r Cl a u d i r D i a s No ov hc a d l o .
Ol i ve i r a Sa n t o s, CP F Nº 8 2 2 .1 7 4 .7 5 9 - 9 1 e R G Nº 4 .9 6 8 .6 5 5 -
G a b i n e t e d o P r e f e i t o , 2 2 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 .
2 , p r o f e so r a e f e t i va d e 2 0 h o r a s, p a r a su b st i t u i r a Se r vi d o r a 4 – I NF OR MAÇ Õ ES COMP L EMENTAR ES: D e p a rta m e n to
B R AZ R I Z Z I Cl e o n i ce d e Si q u e i r a , co n f o r m e Ar t . 1 8 d o Est a t u t o d o Ma g - d e L i ci t a çã o , P r e f e i t u r a Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , n a P r a aç Mi n a s
P r e fe ito i st é r i o n o p e r í o d o d e 0 9 / 0 2 / 2 0 1 7 a 3 1 / 1 2 / 2 0 1 7 , p o r 2 0 h o r a s, G e r a i s, 1 7 5 , n o h o r á r io d a s 0 8 h 0 0 m in h à s 1 1 h 0 0 m in .e d a s
co r r e sp o n d e n t e a o p i so i n i ci a l d o p r o f e so r. 1 3 h 0 0 m in h à s 1 6 h 0 0 m i n . Ed i t a l Co m p l e t o n o si te w w w .j a b o t i .
Ar t . 2 º . Essa p o r t a r i a e n t r a r á e m vi g o r n e st a d a t a . p r .g o v .b r .
F UND O MUNI CI P AL D E SAÚ D E R e g i st r e - se , P u b l i q u e - se e Cu m p r e - se .
R UA P L ACÍ D I O L EI TE Nº 1 4 8 CENTR O CÍ V I CO G a b i n e t e d o P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , 0 8 d e f e ve r e i r o d e
CEP 8 4 .9 9 0 - 0 0 0 / F ONE ( 4 3 ) 3 5 1 2 - 3 0 0 0 Ed i f í ci o d a P r e f e i t u r a Mu n i ci p a l d e Ja b o ti, 2 2 /0 2 /2 0 1 7 .
CNP J Nº 0 9 .2 7 7 .7 1 2 / 0 0 0 1 - 2 7 2 0 1 7 .
V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A Jo ã o An t o n i o Ju ve n t i n o d e Si q u e i r a ,
EX TR ATO 1 º TER MO AD I TI V O P R EF EI TO MUNI CI P AL Pregoeiro Oficial
Co n t r a t o n ° : 2 2 5 / 2 0 1 6 - F MS. P o r ta r ia n º 0 2 /2 0 1 7 .
P r e g ã o n ° : 4 1 / 2 0 1 6 - F MS.
Co n t r a t a n t e : F u n d o Mu n i ci p a l d e Sa ú d e . P OR TAR I A N.º 2 6 / 2 0 1 7 d e 0 8 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7 .
Co n t r a t a d a : P R OMEF AR MA R EP R ESENTAÇ Õ ES COMER CI AI S. O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , Est a d o d o P a ra n á , R ESUL TAD O D A L I CI TAÇ Ã O P R EG Ã O P R ESENCI AL
Ob j e t o : O p r e se n t e Te r m o Ad i t i vo o b j e t i va a a l t e r a çã o co n t r a t u a l 0 5 /2 0 1 7
com vistas ao equilíbrio econômico financeiro sobre o valor do item n o u so d e su a s a t r i b u i çõ e s q u e l h e sã o co n f e r i d a s p o r L e i:
(resumo para fins de publicação)
R E S O L V E:
r e l a ci o n a d o a b a i xo , n o s t e r m o s d o § 5 ° , I n ci so I I “ d ” , d o a r t . 6 5 d a L e i O Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Jaboti
n º 8 .6 6 6 / 9 3 . Ar t . 1 º . D e si g n a r , a se r vi d o r a P o l i a n a d e So u za Si l - co m u n i ca o R e su l t a d o d a L i ci t a çã o Ti p o P r e g ã o P r e se n ci a l n .
Ite m ve i r a , CP F Nº 0 8 0 .6 3 7 .5 4 9 - 3 0 , R G 1 0 .0 6 6 .4 1 1 - 9 , n o p e río d o
D e scr i ç ã o 0 5 / 2 0 1 7 co m a b e r t u r a d i a 1 3 / 0 2 / 2 0 1 7 à s 0 9 h 0 0 m i n , q u e t e ve o
V a l o r Un i t á r i o L i ci t a d o d e 0 9 / 0 2 / 2 0 1 7 a 3 1 / 1 2 / 2 0 1 7 , p r o f e so r a e f e t i va e xt r a o r d in á r ia se g u i n t e o b j e t o : Aq u i si çã o d e u m m o t o r co m p l e t o , r e vi sa d o , i n -
V a l o r To t a l Ad i t i va d o p o r 1 6 ( d e ze se i s) h o r a s co m p a g a m e n t o p r o p o r ci o n a l te n d o st a l a d o d e st i n a d o a o ve i cu l o F o r d Tr a n si t m o d e l o JA ED I Tu r b o
V a lo r F in a l/ co m o r e f e r ê n ci a a a t u a l r e m u n e r a çã o p e r ce b i d a n o p a d rã o 1 6 P - 1 2 5 CV P l a ca AW V - 9 2 3 0 a n o e m o d e l o 2 0 1 3 .
R e a j u st a d o R $ e f e t i vo d a m e sm a .
Ar t . 2 º . Essa p o r t a r i a e n t r a r á e m vi g o r n e st a d a ta . A l i ci t a çã o e m e p í g r a f e r e su l t o u F R ACASSAD A.
3 2 7 5 – OMEP R AZ OL 2 0 MG COMP R I MI D O
0 ,0 3 7 R e g i st r e - se , P u b l i q u e - se e Cu m p r e - se .
Ja b o t i , 2 2 d e f e ve r e ir o d e 2 0 1 7 .
0 ,0 0 3 G a b i n e t e d o P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ja b o t i , 0 8 d e f e ve r e ir o d e
0 ,0 4 0 2 0 1 7 . Jo ã o An t o n i o uJ ev n t i n o d e Si q u e i r a
Disposições finais: Permanecem inalteradas as demais cláusulas do V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A P r e g o e ir o
Co n t r a t o Or i g i n a l a q u e se r e f e r e o p r e se n t e Te r m o Ad i t i vo . D a t a d a P R EF EI TO MUNI CI P AL P o r ta r ia n .0 2 /2 0 1 7
Assi n a t u r a : 0 1 / 0 2 / 2 0 1 7 .
QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2017 - ED.1701
EDITAIS A7
JUNDIAÍ DO SUL PINHALÃO

JUNDIAÍ DO SUL - PARANÁ
DECRETO 122/2016
EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº012/2017
Processo Seletivo Simplificado 001/2017
Súmula: Abre Crédito Adicional Suplementar no orçamento geral do exercício de 2016 e dá outras providencias.
O prefeito Municipal de Jundiaí do Sul, Estado do Paraná, no uso de
O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com a LEI 1416/2016 de
suas atribuições que lhe são conferidas por Lei.
07 de janeiro de 2016:
CONSIDERANDO a Lei Municipal Nº495/2016, observando-se o
regime previsto no Decreto-Lei Nº5. 452/43 e o Edital do Processo
Art. 1º. - Fica autorizado ao Poder Executivo Municipal a abertura de Crédito Adicional Suplementar, no Orçamento Geral do Mu-
Seletivo Simplificado Nº001/2017.
nicípio, no exercício de 2016, no valor de R$ 70.000,00 (setenta mil reais), conforme segue:
RESOLVE:
I – CONVOCAR o candidato abaixo relacionado, classificado no
Processo Seletivo Simplificado Nº 001/2017, destinado a suprir a 04 – VIAÇÃO E OBRAS PUBLICAS
demanda na rede pública de ensino: Professor para Ensino Fundamen- 03 – URBANISMO
tal (20 horas), conforme Classificação Final Homologada e publicada 15.451.0008.1.042 – INFRAESTRUTURA URBANA-RIAS E AVENIDAS
em jornal datado de 27/01/2017, para comparecer no Departamento 082-4.4.90.61.00.00.00.00-1000-Aquisição de imóveis.....................................R$ 70.000,00
Municipal de Educação no dia 23 de fevereiro as 14:00h. TOTAL...............................................................................................................R$ 70.000,00
RELAÇÃO DO CONVOCADO: Art. 2º . – Para cobertura do crédito aberto no artigo anterior, serão utilizados recursos provenientes da redução de dotação con-
PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL forme abaixo:
16º Maria do Carmo de Oliveira REDUÇÃO
O candidato classificado e convocado que não comparecer e no dia e 05 – EDUCAÇÃO
horário marcado para assumir a vaga será remetido para o final da 03 – FUNDO MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO
lista.
12.365.0005.2.022 – MANUT DAS UNIDADES ESCOLARES
Jundiaí do Sul, 22 de fevereiro de 2017.
Eclair Rauen 167-3.1.90.11.00.00.00.00-1000-Venc e vantagens fixas pessoal civil............R$ 70.000,00
Prefeito TOTAL............................................................................................................R$ 70.000,00
Art. 3º. - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Rosemary Camargo de Andrade Edifício da Prefeitura Municipal de Pinhalão, em 30 de dezembro de 2016.
Diretora do Departamento Municipal de Educação

CLAUDINEI BENETTI
PINHALÃO Prefeito Municipal

HOMOLOGAÇÃO ARAPOTI
O Prefeito Municipal, no uso de suas atribuições legais e tendo
CONV OCAÇ Ã O P AR A EX AMES AD MI SSI ONAI S Nº 0 6 - CONCUR SO P Ú B L I CO 0 0 1 / 2 0 1 6
em vista o Parecer Jurídico sobre a Inexigibilidade de Licita-
ção n°. 04/2017 de 21/02/2017. O P r e f e i t o Mu n i ci p a l d e Ar a p o t i , B r a z R i zi , t o r n a p ú b l i ca a co n vo ca çã o p a r a a o s Exa m e s Mé d i co s Ad m i si o n a i s, co n fo r m e ite m 1 3 d o Ed i t a l
0 1 / 2 0 1 6 e co n d i çõ e s p r e vi ts a s n e se e d ita l.
RESOLVE:
Homologar o certame a favor do proponente: I – D AS D I SP OSI Ç Õ ES P R EL I MI NAR ES

CERSOSIMO & VRIESMAN LTDA-EPP, CNPJ: 1 . D OS EX AMES MÉ D I COS AD MI SSI ONAI S
08.948.912/0001-00, da cidade de Pinhalão - PR, vencendo
1 .1 . Os e xa m e s m é d i co s a d m i si o n a i s se r ã o r e a l i za d o s a o s ca n d i d a t o s co n si d e r a d o s a p r o va d o s n e st e Co n cu r so P ú b l i co , i n scr i t o s n o ca rg o d e
no item único, perfazendo o valor total de R$ 15.000,00 Té cn i co e m En f e r m a g e m .
(Quinze mil reais).
. . O não comparecimento aos exames m dicos admissionais agendados ou a inexist ncia de conclusão sem ustificativas comprovadas e dentro
Gabinete do Prefeito Municipal de Pinhalão d o p r a zo p r e vi st o , ca r a ct e r i za r ã o d e si st ê n ci a d o p r o ce so e e n se j a r ã o e l i m i n a çã o d o ca n d i d a t o d o co n cu r so .
Em 22 de Fevereiro de 2017.
SERGIO INACIO RODRIGUES 1 .3 . Se r ã o r e a l i za d o s o s se g u i n t e s e xa m e s:

Prefeito Municipal
CAR G O EX AME

IBAITI Té cn i co e m En f e r m a g e m
Cl í n i co , Acu i d a d e V i su a l , An t i H B S, H B SAG , H e m o g r a m a Co m p l e t o , H e p a t i t e C – An t i H CV
(pesquisa ou dosagem) ífilis g e ífilis gM.

2 – D a d a t a , d o h o r á r i o e d o l o ca l d e AG END AMENTO D OS EX AMES MÉ D I COS AD MI SSI ONAI S e l a b o r a t o r i a i s
p r e f e i t u r a m u n i ci p a l d e i b a i t i 2 .1 . Os e xa m e s m é d i co s a d m i si o n a i s es r ã o r e a l i za d o s p e l a Sa u d a x Me d i ic n a e Se g u r a n ça d o Tr a b a l h o , co m i n st a l a çõ e s n a R u a Jo sé Nu n e s d e
e st a d o d o p a r a n á So u za , n ° 9 3 0 , Ce n t r o , Ar a p o t i / P R ( j u n t o a B r a si l Se g ) , co n f o r m e d e scr i t o a b a i xo :
Avi so d e l i ci t a çã o - P r e g ã o p r e se n ci a l
Ed i t a l n º 0 0 6 / 2 0 1 7 2 .1 .1 . R e a l i za çã o e a g e n d a m e n t o d o s Exa m e s:
P r o ce so Ad m i n i st r a t i vo n º 0 7 3 / 2 0 1 7 D a ta : 2 4 /0 2 /2 0 1 7
OB JE TO: AQ UI SI Ç Ã O D E COMB USTÍ V EI S, COM AB ASTEC- I n í ci o d o a g e n d a m e n to : 8 h
M OD RO D DO RO O R DO P R Ca n d i d a t o s: d e scr i t o s n o s An e ox s I e I I .
ATEND ER À S NECESSI D AD ES D A SECR ETAR I A D E AD MI NI ST-
2 .2 . Nã o h a ve r á se g u n d a ch a m a d a p a r a r e a l i za çã o d o s e xa m e s so b n e n h u m a h i p ó t e se .
R AÇ Ã O G ER AL , SECR ETAR I A D E ED UCAÇ Ã O, SECR ETAR I A D E
. . O candidato deverá comparecer ao local munido do original de um dos seguintes documentos de identificação: dula de dentidade (R ) ou
ASS. SOCI AL , SECR ETAR I A D E AG R I CUL TUR A P ECUÁ R I A, MEI O
arteira de rgão ou onsel o de lasse ou arteira de rabal o e Previd ncia ocial ( P ) ou ertificado Militar ou arteira acional de abili-
AMB I ENTE E TUR I SMO E SECR ETAR I A D E OB R AS, V I AÇ Ã O E t a çã o o u P a sa p o r t e , d e n t r o d o p r a zo d e va l i d a d e .
SER V I Ç OS UR B ANOS, P AR A MANUTENÇ Ã O D OS SER V I Ç OS 2 .4 . No a t o d o e xa m e , o ca n d i d a t o d e ve r á a si n a r o Te r m o d e Co m p a r e ci m e n t o .
P O OM P R P OD OR DOR OM 2 .5 . Os ca n d i d a t o s se r ã o e n ca m i n h a d o s p e l a Sa u d a x p a r a o s l o ca i s d e r e a l i za çã o d o s e xa m e s l a b o r a t o r i a i s.
SED E D ENTR O D O P ER Í METR O UR B ANO D E I B AI TI / P R , 2 .6 . O d e scu m p r i m e n t o d o d e scr i t o n o s su b i t e n s a n t e r i o r e s p o d e r á a ca r r e t a r a e l i m i n a çã o d o ca n d i d a t o d e st e ce r t a m e .
conforme especificações e denominações constante no ermo
d e R e f e r ê n ci a d o p r e se n t e Ed i t a l . CR I TÉ R I O D E JU L G AMENTO: ANEX O I
Me n o r P r e ço P o r i t e m
V a l o r MÁ xi m o d a P r o p o st a : R $ 1 .8 9 6 .2 5 3 , 4 0 ( Um Mi l h ã o , Oi t o ce n - O M RM M
t o s e No ve n t a e Se i s Mi l , D u ze n t o s e Ci n q u e n t a e Tr ê s R e a i s e
Q u a r e n t a Ce n t a vo s) . P r o t o co l o d o s e n ve l o p e s P r o p o st a e H a b i l i - lassificação No m e
t a çã o : a t é a s 0 9 : 0 0 ( n o ve h o r a s) d o d i a 1 3 / 0 3 / 2 0 1 7 ( t r e ze d i a s d e
*2 6 Er i ca Cr i st i n a Sa n t a n a
m a r ço d e 2 0 1 7 ) . Cr e d e n ci a m e n t o : a t é a s 0 9 : 0 0 ( n o ve h o r a s) d o d i a
1 3 / 0 3 / 2 0 1 7 ( t r e ze d i a s d e m a r ço d e 2 0 1 7 ) . Ab e r t u r a d a L i ci t a ç ã o : Ob s: Ch a m a m e n t o e m co n f o r m i d a d e co m o i t e m 5 .1 e 5 .2 d o e d i t a l 0 0 1 / 2 0 1 6
a s 0 9 : 0 0 ( n o ve h o r a s) d o d i a 1 3 / 0 3 / 2 0 1 7 ( t r e ze d i a s d e m a r ço d e
ANEX O I I
2 0 1 7 ) . L o ca l d a r e a l i za çã o d a l i ci t a çã o : Sa l a d e R e u n i õ e s d o P a ço
Mu n i ci p a l , P r a ça d o s Tr ê s P o d e r e s n º 2 3 , CEP 8 4 .9 0 0 - 0 0 0 , I b a i t i ,
Est a d o d o P a r a n á . O M RM M
R e t i r a d a d o Ed i t a l : D i sp o n í ve l n a í n t e g r a n o si t e d o Mu n i cí p i o d e
lassificação No m e
I b a i t i n o e n d e r e ço e l e t r ô n i co w w w .i b a i t i .p r .g o v .b r , o u so l i ci t a d o vi a
e - m a i l n o e n d e r e ço e l e t r ô n i co l i ci t a i b a i t i @ h o t m a i l .co m , o u j u n t o a o 8 Ar l e a n a V i e i r a P a d i l h a I zi d o r o
D e p a r t a m e n t o d e Co m p r a s e L i ci t a çõ e s d a P r e f e i t u r a Mu n i ci p a l d e
Ib a iti/P r. P OM P ereador DRD O O D O em de evereiro de .
I b a i t i , vi n t e e t r ê s d i a s d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 7
An t o n e l y d e Cá si o Al ve s d e Ca r va l h o B r a z R i zi
P r e f e i t o Mu n i ci p a l P r e f e i t o Mu n i ci p a l
A8 GERAL QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2017 - ED.1701

BOM EXEMPLO
Campanha leva 25 moradores
D I V UL G AÇ Ã O
ximo. O Hemocentro de Jaca-
rezinho abastece toda a região,

de W. Braz para doar sangue
mas não é raro ter problemas
de baixo estoque de sangue,
então precisamos colaborar
Prefeito do município, Paulo Leonar, e para que não falte sangue para
primeira-dama também participaram da campanha quem precisar”, destaca o
prefeito de Wenceslau Braz,
D A A S S E S S O R IA município para doar sangue no além de incentivar a cultura da Paulo Leonar (PDT), que tam-
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co m Hemocentro em Jacarezinho, doação de sangue nos morado- bém doou sangue junto com a
na manhã desta quarta-feira res de Wenceslau Braz. primeira-dama, Maria Cristina
(22). “Essas ações serão constantes Moreira.
Uma campanha em parceria A ação teve como objetivo re- em nosso município. Quere- O diretor do Hemocentro de
entre a prefeitura de Wences- forçar o estoque de sangue do mos incentivar os moradores Jacarezinho, Antônio Carlos da
lau Braz e o Hospital São Se- Hemocentro de Jacarezinho, a doarem sangue, a ter atos de Almeida, o Tomate, agradeceu
bastião levou 25 moradores do que abastece a toda a região, cidadania e cuidado com o pró- ao prefeito pela iniciativa.

Related Interests