devido aos custos desse tipo de contratação. metais e louças. O caminho natural quando queremos fazer uma reforma é iniciar pela contratação de um profissional para fazer um projeto. tentando prever todas as definições necessárias para cada etapa. sua missão é suprir a falta de informações com planejamento. instalação de pedras nas pias e bancadas. faça uma descrição de todos os profissionais que precisará para concluir cada etapa. • Defina a seqüência que seguirá a obra. onde existir mesmo que uma mínima chance de alterações estruturais é imprescindível a contratação de um engenheiro ou arquiteto para avaliar tais possibilidades. Mas aqui estou considerando pequenas alterações como: mudanças de pontos elétricos. siga os passos: • Saiba o que é realmente mais importante para sua família e o que esperam da reforma. é simular tal situação o mais próximo possível. . Quando não se tem um projeto. seguindo esses passos com atenção e dedicação. • Pronto. Para tanto. com o máximo de detalhes possíveis. quando uma mão de obra terá que realizar seu trabalho tendo que deixar algo preparado para outro serviço subseqüente. ou seja. Lembro que qualquer reforma complexa. as chances de você suprir a falta de um projeto aumentarão significativamente. • Orce todos os serviços pedindo uma relação de materiais com a maior quantidade de informações técnicas. O projeto consiste em um detalhamento de forma técnica de idéias previamente pensadas a partir das necessidades de quem contrata. • Uma vez definida como ficará sua obra concluída. • Liste todas as suas necessidades e depois simule todas aplicadas ao mesmo tempo e avalie o que será viável conter dentro da sua reforma. forro de gesso. Mas como sabemos que na realidade a maioria dos brasileiros não tem essa condição. vamos dar alguns alertas para não cair em ciladas. tanto dos materiais quanto dos serviços. pesquisa e preparação antes de iniciar sua reforma.01 – Vale a pena fazer reforma sem projeto ? Talvez. Procure pensar no que é importante em cada ambiente que passará pela reforma com o máximo de detalhes possível. Analise quando terá serviços cruzados. mas tem que tomar alguns cuidados. A missão para quem não fará sua obra com um projeto em mãos. pintura e marcenaria.

ou ainda uma pintura. Pensando dessa forma. algum detalhe do gesso. Não caia nessa! Não esqueça que o barato pode sair muito caro. . tem o stress e desgaste de ter que ficar pedindo isso ao contratado.. mas. aproveitando que ele já está lá e é baratinho. se seguir o caminho errado. vai parecer que está gastando muito mais dinheiro que deveria. teremos o melhor resultado em cada etapa de nossa obra com um profissional especialista cuidando dela. na segunda nem tanto e muitas vezes acabamos “deixando pra lá pra não estressar” e comprometemos a qualidade final e o prazo da obra.02 – Pedreiro bom é aquele que faz tudo? Sei que as vezes ficamos com vontade de cair nessa tentação de contratar um pedreiro e pedir pra ele faça a elétrica. isso mesmo. que levará numa boa na primeira. pouco a pouco vai perceber a grande cilada em que está se metendo. uma vez que como em qualquer outro ramo de atividade temos que explorar o melhor de cada um. Pois além dos gastos financeiros (materiais) de ter que refazer algo que não ficou do seu agrado. A primeira vista..

Qual a melhor forma de fazermos um planejamento financeiro para uma reforma? Logo após estar com o projeto em mãos e fazer todos os orçamentos de serviço e materiais ou seguir as dicas do item 1 desse e-book teremos um valor aproximado da obra (lembrando que sempre considere uma margem de segurança. E também podemos considerar alternativas como o Construcard que deverá ser fornecido pelo seu próprio banco e permite financiamentos longos a baixos juros. geralmente aqui se enquadram compras de pequenos valores e a maior parte dos prestadores de serviço. Posso concordar que sem a ajuda de Deus nada vai adiante. mas temos por obrigação fazer a nossa parte. lembrando que o primeiro caso. A partir dessa informação. Aqui se encaixam compras de materiais de baixo valor e matérias básicos.. Talvez nesse item esteja o segredo de ir com sua obra até o fim. • Compras que permitem poucas divisões.. algumas lojas trabalham com cartões ou financiamentos próprios que dividem de 12 a 24 vezes (a baixos juros). Agora é quebrar a cabeça e encaixar tudo isso num fluxo de pagamentos. porém o que mais deveria ser pensado antes de iniciar uma obra. mármore. • Maiores valores. home Center ou grandes lojas especializadas. considerando as etapas de necessidade e o tempo de duração da obra . Nessa categoria podemos incluir. organize as previsões de gastos em 3 categorias: • Pagamentos que terão que ser pagos a vista ou na entrega do serviço. revestimentos. acrescentando um valor extra para cada item como prevenção. iluminação.03 – Você fez o planejamento financeiro ? Aqui estamos falando de um assunto delicado. Sei que existem algumas teorias de que “se não começar nunca vai fazer” ou “começa que Deus ajuda a acabar”. marcenaria. Não ignore nenhum detalhe nessa etapa). Já os valores divididos tem que se encaixar em seus ganhos. até no máximo 5 vezes. os pagamentos a vista ou no ato da entrega de um serviço (nunca pague antecipado) o ideal é ter esses valores reservados antes mesmo de iniciar a obra.

para cada que um passe a previsão de tempo de seu serviço e tudo que precisam esteja preparado para que iniciem o seu trabalho. caindo num ciclo vicioso de gastos extras e atrasos em sua obra. 04 – A obra tem uma seqüência lógica ou segue para onde o vento soprar mais forte? Um erro comum das obras é não termos idéia de que seqüência seguir e confiar apenas na palavra do pessoal da mão de obra que contratamos. O momento de conversarmos com eles é antes de iniciarmos. Sei que talvez nunca tenha feito uma obra. fornecer conteúdo para que consiga ter esse conhecimento) farão com que saiba cada vez mais qual será a seqüência lógica e parar de ter gente batendo cabeça na obra. Tendo muitas vezes que fazer. coerência e pesquisa (esse é o principal intuito de nosso canal. que é quem deverá estar a frente de todas as decisões. . refazer e consertar o que o outro desfez e que teoricamente já estava pronto. mas com um caderno anotado com todas as etapas da obra que deverão acontecer durante a reforma. Tem que ter em mente que a condução da obra sempre será sua.

empréstimos e pagamos o mínimo do cartão. • O que sempre lembro é de fazer este tipo de financiamento de forma planejada e não por impulso. Como financiar minha obra e fazer o dinheiro durar mais? • Não é um momento fácil na vida de ninguém e por mais que passemos um tempo nos preparando. • Mas um dos maiores trunfos que temos hoje é a possibilidade de opções como o Construcard.05 – O dinheiro está acabando e não estou nem na metade.. a reforma depende de um volume de gastos muito grande concentrados em um pequeno espaço de tempo. • Como ensinei no item 3 deste e-book que fala do planejamento financeiro. sem analisar custos de juros da operação e sem tempo de pesquisar a melhor alternativa de crédito.. Mas também tenho certeza que seu banco de relacionamento oferece uma opção similar que te ajudará muito nesse momento. . • Se não tivermos a consciência dos 3 tipos de gastos. acabamos usando nossa reserva de dinheiro na etapa errada e atraídos por um desconto a vista de materiais que poderiam ser divididos em várias vezes. paga somente os juros dos valores utilizados. durante este período. • O ConstruCard é o financiamento que a Caixa oferece para você adquirir materiais de construção. ele pode ser feito e aplicado durante a obra. ficamos sem dinheiro para os pagamentos de serviços e lá na frente usamos cheque especial. com ela rolando. Você tem de 2 até 6 meses para comprar tudo o que precisar e. atitudes que lhe trarão custos com juros num valor muito superior ao desconto que conseguiu no inicio.

para não quebrar se fica com uma obra novinha e com fios pendurados. preveja a potencia do equipamento. • E qualquer outro ponto que exija passagem de cabos: dados. mas definir modelos e os locais que serão instalados) e comandos de interruptores. tanto novos como qualquer alteração tem que ser planejado. . os pontos de elétrica. Então a dica é definir previamente. canos sobrando. essa é a chave para evitarmos esse tipo de erro: PREVER DETALHES. etc. mangueiras. 06 – Como evitar quebra- quebra de itens já realizados na obra? Não posso dizer que existe uma fórmula mágica que garante que nunca mais acontecerá isso dentro de sua obra. portanto. dreno e tudo que gera quebra para fazê-la de forma antecipada. antena de TV. alarmes. • Pontos de hidráulica. escultura ou mesmo algum detalhe de seu agrado). mesmo antes de iniciar a obra os seguintes itens: • Todos os pontos de iluminação (não esqueça dos pontos que precisam de destaque como um quadro. cabe aplicar no seu planejamento de seqüência de mão de obra todos os rasgos pertinentes para que não tenha que fazer isso posterior a algum tipo de acabamento ter sido instalado ou pior ainda. porém. • Caso tenha pretensões de instalar ar condicionado. caneleta externa. tomadas (não precisa comprar os eletrodomésticos. mesmo que só fará depois de algum tempo da obra já acabada. tubulação. A maioria das vezes que isso ocorre é por conta de algo que não foi previsto. Uma vez que já tenha previsto todo e qualquer ponto que existirá um dia. temos várias medidas que podem ser tomadas para minimizar essa situação tão desagradável. fora as famosas “gambiarras”.

foque na solução. Para ser um bom líder. sendo assim. as previsões. converse com as pessoas envolvidas sempre com o intuito de encontrar a melhor solução possível. quais podem trabalhar simultaneamente e principalmente o que é necessário de preparação para cada uma iniciar seus trabalhos. sem arrogância. possíveis problemas que poderão surgir e assim por diante. mais vai conhecer a obra. os matérias que serão aplicados. evite focar no problema. temos dois pontos importantes: busque sempre harmonizar as equipes e saiba mais que todos sobre sua obra. mas quando ocorrerem. e quanto mais trabalhar encima do planejamento. Sobre a harmonização das equipes. evitando assim fofocas e desmotivações que podem gerar desleixos em outros momentos de sua obra. nunca transpareça fraqueza para eles e sim segurança. a seqüência. isso lhe trará o status de líder. os custos. então pontualmente a mão de obra vai saber muito mais que você naquela aplicação técnica dela. te cabe a posição de líder. como? A obra terá um tempo determinado. . E agora? Como abordei no item 4 você sempre tem que estar na frente da obra. os detalhes. primeiro saiba claramente a ordem que elas entrarão na obra. Todos os esforços são para que aconteça o mínimo de erros possíveis. caçando e jogando a culpa de uma pra outra equipe.07 – Cada tipo de mão de obra fala uma língua. mas como um todo o maior conhecimento é seu. para que um bom clima perpetue em sua obra.

consiga conduzir o vendedor para atender aos seus gostos e preferências. Aproveite esse momento para descobrir marcas de preferência do instalador e já pesquise marcas alternativas. ou seja. pesquise e estude. Como fugir dessa cilada: Tenha a lista de materiais de compra daquela loja o mais detalhado possível. ir ao mercado sem uma lista de compras. dúvidas que deverão ser respondidas por quem te fez a lista. modelos. formato. pesquise. Resumindo. quando for para uma loja. não decida na hora. A sua reforma funciona exatamente da mesma forma. visite outra loja e esclareça antes de tomar a decisão de compra. capacidade. Tente fazer uma cotação prévia por telefone ou e-mail. veja do que gosta. vá várias vezes às lojas. Procure comparativos de preços fazendo cotações em alguns lugares. acabamento não vá para loja com a cabeça “em branco”. pergunte. tudo isso antes de ir a loja comprar. Quando se tratar de escolha de “gosto”. designer. tamanhos. se prepare para fazer suas compras. . não compre nada em uma loja por impulso ou por um medo que o vendedor quiser colocar na sua cabeça. E qual o resultado disso: gastos além do que deveria e provavelmente vai comprar algo de que não precisa ou no mínimo que não essencial. Se ficar com alguma dúvida. Uma obra tem gastos de valores bem altos e relevantes. munido de informações para que o vendedor não empurre mercadorias em você e nem que fique tentado a aproveitar “promoções” que não te servem. Estude combinações. se é aplicável e combina com o contexto do ambiente. onde envolvem cores. essa fase te permitira ir preparado para uma eventual negociação de preços ou para equiparar preços de marcas similares. no caso de a loja não trabalhar com determinada marca. para que ao chegar para o momento de orçamento ou compra. cores. pois ali surgirão as dúvidas de modelos. porque alem de economia essa atitude vai te dar um resultado final que vai agradar ao seu bolso e ao conforto de sua família. envolva as pessoas que vão decidir junto a você. Provavelmente a primeira lista que a mão de obra te passar não estará repleta de informações. 08 – Quando vou a uma loja compro o que gosto ou o que o vendedor quer me vender? Tem um erro básico que muitas famílias caem mensalmente. precisa estar preparado. então mesmo que pareça básico e obvio vou relembrar aqui.

quanto tempo vai durar. busque se auto conhecer. mas se tudo foi pensado e preparado dessa forma desde o inicio. não tem jeito. o tempo que vou ter que despender para essa nova fase. que é resultado final. constrói bonito". o resultado de sua obra te permitira decorar aos poucos dando a sua cara e sua personalidade. o tempo de obra se torna pequeno. porque o dinheiro e os gastos de tempo e energia irão acontecer.09 – A obra vai ter meu estilo? É claro que quando falamos em reforma e em obra o que mais nos vem a cabeça é: quanto vou gastar. mas que seja para um resultado excelente. vamos dizer uns 5 ou 10 anos. depois de quebra-quebra. Pode ser que ao acabar sua reforma não tenha grana para decorar igual as revistas. achando que não merece uma linda casa e que isso não é importante. A mensagem que deixo para não cair nessa cilada é: se permita. Tem uma frase que gosto muito e mostra bem o que estou querendo dizer: "O mesmo tijolo que constrói feio. Porque se vacilar durante o processo. Procure na internet. as dores de cabeça que as contratações e administração de mão de obra me trará. revistas com referencias de obras acabadas e decoradas como gostaria que ficasse a sua e caminhe nesse sentido. descubra qual o seu estilo. bagunça. nunca perca o foco. . Mas o que acabamos por esquecer é de definir o que é mais importante: qual nossa expectativa ao final da obra? Qual o resultado que esperamos? Afinal. uma reforma durará de 6 meses a 1 ano e se compararmos a quanto tempo vai usufruir dos benefícios da reforma. não vai adiantar se arrepender quando estiver pronta e não do seu agrado. sujeira. Para chegar ao fim com uma casa ou apartamento com sua cara. quais são suas preferências. naquela fase de fazer contas. Desde o inicio da reforma.

apartamento. o dinheiro. Então não caia nesse erro. o inicio de uma nova fase. mas sim um processo pelo qual sua casa. . comércio. consultório vai passar para atender alguma necessidade ou na buscar de evoluir e melhorar um determinado ambiente existente. não se perca no caus de uma obra. pense. pense nas conseqüências. se organize. ou seja. considere o tempo. estude muito para ter as definições de como quer que fique. tanto de duração da obra quanto sua disponibilidade para administrá-la. Uma reforma nunca pode ser considerada um meio ou um fim.10 – Sei como minha obra vai começar mas não sei como vai terminar Com toda certeza essa frase por si só mostra que se isso estiver passando pela sua cabeça tem algo de muito errado. nas pessoas envolvidas ou onde terei que ficar durante a obra. e se prepare bem antes de começar. ou seja. curta o momento e valorize o esforço de todos para atingir essa conquista. faça muitas e muitas contas para levar sua obra até o fim. passar por um processo de reforma é uma vitória na vida de cada um e de cada família. que nas dicas anteriores te mostrei algumas formas de se preparar antes que ele acabe. qual o resultado esperado e nunca esqueça. o mais importante da reforma é o recomeço que vai te proporcionar.

KARINA PASSARELLI Reforma Sem Mistérios Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio Fala a respeito da Karina e do que é o reforma sem misterio 10 ERROS CLÁSSICOS QUE VOCÊ DEVE SABER NA HORA DE REFORMAR 2016 .