HISTÓRIA DO JAZZ

Prof. Dr. Nelson Neves

Jazz: Década de 1960
•  Toda a década de 1960 foi um período de grande
turbulência em todo o mundo, um momento de
turbulência social e política nos Estados Unidos,
um período de guerra e violência no exterior.
•  Guerra do Vietnã e a consequente derrota dos
EUA que provocou a 'Síndrome do Vietnã' em
seus cidadãos e sua sociedade, causando
profundos reflexos na sua cultura.

muitas vezes. . •  Embora geralmente considerado avant-garde. muitas vezes religioso. uma característica comum era a insatisfação com as limitações do bebop. raízes e ênfase na improvisação coletiva. descartando mudanças de acordes fixos ou tempos. •  Músicos do free jazz tentaram alterar. •  Embora a música de compositores do free jazz variasse muito. o hard bop e jazz modal que se desenvolveram na década de 1940 e 1950. o free jazz também tem sido descrito como uma tentativa de voltar o jazz aos seus primórdios.1960-1970 Avant-Garde e Free Jazz •  O Free Jazz é uma abordagem ao jazz que foi desenvolvido pela primeira vez em torno de 1950 a 1960. estender ou quebrar convenções do jazz.

"a coisa nova" ou "música para fora".Cont. •  O termo de avant-garde designa as pessoas que estão à frente de seus pares em relação ao desenvolvimento dos mais novos e atuais processos de criação. muitas vezes meramente chamados de "avant-garde". swing. . •  O termo avant-garde tem sido aplicado em escritos e comentários recentes sobre história do jazz como se fosse um estilo em si mesmo. tais como Dixieland. os novos tipos de jazz durante os anos de 1960 e 1970 foram. •  Eles são considerados mais como inovadores em vez de imitadores. ou bop. •  Em vez de receber nomes originais.

o termo tem também sido aplicado a improvisação. que é livre de práticas convencionais de qualquer tipo. Eric Dolphy. Albert Ayler. •  Outros pioneiros importantes incluem Charles Mingus. . Joe Maneri e Sun Ra. •  Até certo ponto. •  Free jazz está fortemente associado com as inovações de Ornette Coleman 1950 e Cecil Taylor e os trabalhos posteriores do saxofonista John Coltrane. •  Free Jazz é outro rotulo preso a alguns dos estilos de jazz avant-garde de 1960. •  O termo "free jazz" normalmente se refere à prática de improvisação musical que está livre de progressão de acordes predefinida.cont. não apenas práticas em matéria de progressões de acordes ou tempos. Archie Shepp.

•  Além disso. que contém improvisações coletivas simultâneas por duas bandas que tentam permanecer livres da tonalidade predefinida. uma porção substancial dessa música tem melodia predefinida. e tempo. •  Mas o termo free jazz pode ser enganador porque muito pouco da música é totalmente livre de tempo. progressões de acordes. tonalidade ou distinções tradicionais entre solistas e acompanhantes. ou outras estruturas. melodia.Cont. organização de temas. . •  Um modelo para grande parte desta música é o álbum de 1960 de Coleman chamado: Free Jazz.

cont. •  Outra razão para a escassez de pianistas no free jazz é que poucos pianistas estavam confortáveis improvisando sem as sugestões de acordes ou tonalidades. não podiam funcionar quando tais opções de progressões de acordes e as formas de música foram removidos. •  A maioria dos grupos de free jazz passaram a omitir o piano porque. o pianista de jazz tinha assumido um papel de providenciar as progressões de acordes. e restrições criadas pela progressões de acordes predefinidas eram exatamente o que estes músicos estavam tentando libertar-se. . tendo sido os guardiões harmônicos por tanto tempo. historicamente. •  Foi como se.

. •  Características do free jazz são inerentes à liberdade de acordes do que progressões de acordes predefinidas. •  Estas características são incluídas aqui porque elas são identificadas mais com os músicos free de avant- garde do que com músicos ligados ao bop ou ao cool.Cont. foi pioneiro em muitas técnicas típicas do free jazz. acreditando ao invés nas as linhas melódicas improvisadas livremente que deveriam servir como base para a progressão harmônica em suas composições. mais notavelmente sua rejeição de mudanças de acordes pré-estabelecidos. •  Coleman por exemplo.

•  Em segundo lugar.Cont. •  O rótulo de "free jazz" foi muitas vezes aplicado à música de alta energia e texturas densas que mantiveram atividade turbulenta por longos períodos. por vezes. a improvisação de texturas. assumiu maior importância do que o desenvolvimento de melodias. •  .

•  Alguns músicos do free jazz tornaram-se tão firmemente identificados com essa “energia” que o rótulo de “free jazz” foi muitas vezes ligado a alta-tensão. •  Em terceiro lugar. Havia em muitas performances uma qualidade ou senso de inacabadas.eletrônica de qualquer tipo. . não apenas o tipo em que tonalidades predefinidas e formas de música estavam ausentes.Cont. •  Free jazz sinalizou um fim a longa e complicada pratica do uso das semicolcheias que refletiam o movimento de progressões de acordes favoritos em padrões convencionais no bop. música não. a concepção dos músicos free sobre melodia mostrou um afrouxamento das práticas bop. •  Fraseado foi muitas vezes mais fragmentado.

Embora hoje "free jazz" é o termo geralmente usado. •  De particular interesse são os seus primeiros álbuns para a Atlântico. •  Alguns dos trabalhos do baixista Charles Mingus também foram importantes no estabelecimento do free jazz.Cont. muitos outros termos foram usados para descrever o movimento vagamente definido. Tijuana Moods. e seu mais conhecido Pithecanthropus Erectus. incluindo "avant- garde". a canção-título das quais continha uma seção em que tudo era improvisado livremente em um estilo sem relação com melodia ou estrutura do acorde. . como o Palhaço.

. Steve Lacy. tais como ESP Disco e BYG Actuel. que continua "a tradição dos anos 50 para os anos 60 do modo free-jazz". Eugene Chadbourne. no qual "os músicos podem tocar livremente sobre modos estruturados. •  Keith Johnson do Allmusic descreve um gênero "Modern Criativa". muito free jazz foi lançado pelos estabelecidos selos. bem como independentes. Tim Berne. como Prestige.Cont. Bill Frisell. e Ray Anderson no gênero. Blue Note. Ornette Coleman. e Impulse. Henry Kaiser. Cecil Taylor. •  Durante seu início e meados dos anos 60. Johnson inclui John Zorn. ou tocar apenas sobre qualquer coisa“.

Charles Mingus •  Charles Mingus .Exemplos: •  Ex: Ornette Coleman .Lonely Woman •  Ornette Coleman – Congeniality •  Ornette Coleman ~ Free Jazz •  Pithecanthropus Erectus .The Clown •  Charles mingus Hora Decubitus •  Cecil Taylor: Montreux 1974 •  Cecil Taylor .Free Improvisation #3 •  Cecil Taylor Trio 1995 .

Cont.Bitches Brew •  Eric Dolphy . •  Miles Davis .Hidden Spheres .Out to Lunch! (1964) •  Sun Ra .

youtube.com/watch? v=8bRTFr0ytA8 •  https://www.com/watch? v=x8fwzixNZvE .youtube.com/watch? v=TkcHSgfDdkI •  https://www.youtube.com/watch? v=RMOIX1FgB_8 •  https://www.youtube.Youtube •  https://www.com/watch? v=DNbD1JIH344 •  https://www.youtube.

youtube.youtube.com/watch? v=8bRTFr0ytA8 •  https://www.com/watch? v=w5swOSTab3Y •  https://www.youtube. •  https://www.youtube.com/watch? v=EstPgi4eMe4&list=RDEsdkKnTB2vI&index= 2 •  https://www.Cont.com/watch? v=zWWxqgVFtQk&index=3&list=RDEsdkKnTB 2vI .com/watch? v=EsdkKnTB2vI&list=RDEsdkKnTB2vI#t=187 •  https://www.youtube.

youtube.youtube.youtube.com/watch? v=cklbhkm1HrE •  https://www.com/watch? v=dc7qiosq4m4&index=4&list=PL43ECF7DC84 EE24B9 •  https://www.Cont.com/watch? v=x_qcrxP8TMQ . •  https://www.

Fusion •  Nesta etapa do desenvolvimento do jazz. uma multiplicidade de estilos estão ocorrendo aqui. Corrente Radical . Corrente Conservativa •  b. •  3 principais correntes musicais: •  a. Corrente Progressiva •  c.

e a partir deste momento. •  A ideia do FUSION. Brasileiros. . •  A partir deste momento. América do Sul. Europa. etc.Fusão •  Ate entao. Africanos. começou a olhar e se abrir para as influencias de outras culturas como por exemplo: cultura Asiática. etc. se abriria par uma serie de propostas. o jazz estava limitado mais especificamente aos Americanos. começou durante este período onde músicos estavam procurando por novas ideias filosóficas e começaram a tocar com músicos Asiáticos.

Cont. . •  Um exemplo da Corrente Conservativa seria o próprio Stan Gets tocando seu Sax Tenor ainda dentro do estilo Cool. •  O Fusion ocorreria quando ele adicionou a Bossa Nova ao Jazz.