2/14/2017 Ordenando­o | Negócios | O guardião

 

Ordenando
Foi em 1977 que os ativistas pediram pela primeira vez um boicote à Nestlé por causa de seu marketing
agressivo de leite artificial no mundo em desenvolvimento. Trinta anos depois, a Nestlé e as outras
empresas de leite para bebês terem limpos? Joanna Moorhead viaja a Bangladesh para descobrir

Joanna Moorhead
Terça-feira, 15 de Maio de 2007 08.14 BST

O rosto de Eti Khuman está aninhado no ombro de sua mãe, sua bochecha apoiada contra a
clavícula de Mina. Eti é linda, mas ela é pobre: sua respiração é pesada, e Mina tem o olhar
distraído de uma mãe que está muito preocupada, de fato. A doença de Eti - primeiro vômito,
depois diarréia - atingiu sem aviso. Como todas as mães em Bangladesh , Mina sabia ter medo
de diarréia: neste país, a diarréia pode matar. Então ela não perdeu tempo em trazer sua filha
de oito semanas aqui, para o hospital principal de diarréia perto de sua casa, em Dacca.

Eti foi admitida, e agora ela e Mina estão na ala principal, um quarto sufocante tão cheio de
camas que há pouco espaço para caminhar entre eles. É uma ala geral, mas a maioria dos
pacientes são bebês. Alguns, como Eti, estão sendo prendidos por suas mães: os outro
encontram-se quieto em suas camas unidas aos gotejamentos. Ninguém está chorando: todos
eles são muito fracos para isso.

Vinte e cinco anos atrás, quando o Dr. Iqbal Kabir veio trabalhar neste hospital, os bebês eram
quase desconhecidos como pacientes. Hoje, ele diz, as crianças compõem até 70% das
admissões.

O motivo? Kabir balança a cabeça e aponta para um cartaz na parede acima da cama de Eti. O
mesmo cartaz é exibido, muitas vezes, ao redor da ala. Mostra uma garrafa do bebê, com uma
grande cruz traçada pesadamente através dela. A mensagem é clara. "A mamadeira é
prejudicial", diz Kabir. "Porque os bebês com mamadeira ficam com diarréia, uma vez que a
fórmula deles é misturada com água suja e como suas garrafas não são estéreis. Você sabe
quantos bebês amamentados são admitidos aqui com diarréia?" O número é quase zero.

Eti foi mamadeira quase desde o nascimento: Mina diz que queria amamentar, mas quando ela
teve dificuldades não havia ninguém para dar conselhos ou apoio. A história de Mina era típica
daquelas de muitas das mães que eu conheci em Bangladesh: quando ela bateu problemas e foi
a um médico, a sugestão foi tentar fórmula. Em cirurgias de médicos e farmácias em todo o
país, ao que parece, os profissionais de saúde são rápidos - muito rápido, dizem os defensores
da amamentação - para sugerir a mamadeira como o caminho a seguir.

Kabir está chocada com o seu conto, como ele tem sido chocado muitas vezes antes: em um
mundo perfeito, ele gostaria de ver fórmulas de leite e garrafas removidas das lojas em geral, e
disponível apenas como último recurso, sob prescrição. "Isso soa extremo - mas, em seguida,
soou extremo quando as pessoas falaram pela primeira vez sobre a proibição de fumar.Esta é a
mesma questão - só com bottlefeeding no meu país não é consentimento adultos que morrem,
é bebês minúsculos.

No momento, porém, a raiva de Kabir é direcionada aos fabricantes de fórmulas para bebês.
Como muitos de seus colegas profissionais de saúde, ele acredita que esses fabricantes
https://www.theguardian.com/business/2007/may/15/medicineandhealth.lifeandhealth 1/7

" Enquanto falamos Zaman segura uma caneta com o nome de uma marca bem conhecida de leite de fórmula claramente impressa nele: a caneta não é cara.as mais vulneráveis de todas as mães em qualquer lugar. tinha sido impulsionado pelo apoio público de um boicote internacional dos produtos da empresa que parecia mais culpável há 30 anos: a Nestlé.. recebe visitas frequentes de fabricantes de leite. uma das marcas líderes em Bangladesh. também. Assim. se mais mães foram bottlefeeding. Khaliq Zaman é o pediatra do hospital Sajida: sim. A mãe . diz ele. Dar nascimento em um hospital privado em Bangladesh não é apenas para os ricos .ter um bebê aqui custa apenas alguns quilos . por sua vez. eu levá-los para casa e queimá-los".há três ou quatro empresas. O Dr. a empresa .2/14/2017 Ordenando­o | Negócios | O guardião empurram seus produtos de forma muito agressiva. a evidência de Zaman é que a Nestlé e outros fabricantes estão recebendo sua mensagem para as mães. E continuam a ser. "Eu nunca daria esses pedaços de papel para fora . quando uma mãe vem até ele pedir ajuda com a alimentação.que pode ser analfabeta .não cumprem seus requisitos. diz Zaman. diz ele. é que. que eu sempre recomendar a amamentação.theguardian. que hoje publica um relatório sobre a indústria do leite materno. dizem elas. ainda vêm. mas também noutros fabricantes de fórmulas.com/business/2007/may/15/medicineandhealth. dizem os ativistas como o Dr. ratificado pelos Estados membros da Organização Mundial de Saúde e consagrado em Direito em Bangladesh desde 1984.mas é pessoal em hospitais como este. além de fotos do estanho relevante. Mas isso não significa que todos os outros profissionais de saúde fariam o mesmo. e eles vêm em cada duas semanas ou assim". Que são alvejados por representantes das empresas de fórmula. mas os ativistas continuam a denunciá-lo porque.levará então o pedaço de papel (que parece a todos os propósitos um folheto para o produto interessado) a sua loja local ou farmácia. estima que o valor total do leite para bebés e alimentos para bebés Importações vale quase £ 16m por ano em Bangladesh sozinho . alvejados por gigantes empresariais empenhados em esculpir a sua parte de um mercado valioso (Save the Children. mas a doação de todos os presentes aos trabalhadores de saúde é proibida sob o código.a Nestlé trouxe-me um grande bolo no ano novo. violando às vezes as estipulações de um código internacional sobre a comercialização de leite fórmula elaborado em 1981. as mães nos países em desenvolvimento . diz ele. tentam muito . "O seu principal objectivo é recomendar o seu produto. https://www.quando eu tenho um pacote grande o suficiente. um hospital privado como aquele em que Eti nasceu. é muito maior do que isso). incluindo a Nestlé. não apenas na Nestlé. no entanto. Assim. ou se os ativistas têm razão em manter a pressão de todos Nestes anos. vim a Bangladesh para descobrir se a Nestlé mudou o seu comportamento. três décadas após o início do boicote. e pedir esse produto particular apontando a imagem para fora O farmacêutico ou lojista. O código poderia ter terminado o boicote. muitas pequenas almofadas estão espalhadas: cada uma contém folhas com informações sobre leite de fórmula. e agora é uma organização reformada. A idéia. ou simplesmente procurando nas prateleiras um estanho idêntico ao da foto em seu pedaço de papel. alegam eles. aquelas cujos bebês precisam mais do leite materno que poderiam e deveriam estar recebendo gratuitamente . com a sua marca. Eis como: na secretária de Zaman.e muitos outros fabricantes de leite para bebês .mas o potencial. "Os representantes são muito agressivos .lifeandhealth 2/7 . por vezes trazem presentes . é a promoção direta de seus produtos para as mães: e ainda. Esse código. as menos capazes de pagar leite artificial. Na rua do hospital de diarréia está o hospital de Sajida. Apesar das salvaguardas que elas oferecem.mesmo sabendo Eu não estou interessado. algumas empresas dão coisas como canetas e notebooks. ele rasga uma página da almofada e dá-la a ela. Munir Ahmed de Save the Children em Dhaka. fabricantes de Lactogen.

" Ele não aceita que o código não distinga entre pads rasgados e outros tipos de promoção. O ponto. Akhter Rita.para deixar claro para as mulheres se eles precisam de Lactogen 1 (para os bebês mais jovens) ou Lactogen 2 (para os mais velhos). nega que as lágrimas pareçam promover Lactogen. então. o dispositivo é "essencialmente uma medida de segurança. Folhas individuais destes são. como lhe digo. ou que qualquer pedaço de papel que apresenta uma foto de um produto que uma empresa deseja vender é. "Eu conversei com o médico e ele disse para colocá-la em um certo tipo de fórmula. diz ele. é permitido sob o código. Em qualquer país. autor do relatório Save the Children. disse-me que tinha ido a um médico porque estava preocupada com o quanto Mim estava chorando. maternidades e clínicas pediátricas: não parece estranho que a Nestlé seja altamente eficiente para obter sua Rasgão-desliza desliza nas mãos das mães em Bangladesh (havia almofadas da prescrição na abundância em muitos dos lugares que nós visitamos).muitas vezes Lactogen." Desde então. os ativistas questionam o quão realista é pensar que uma empresa como a Nestlé . disse- me que foi aconselhada a começar a mamadeira no primeiro dia de vida do bebê. Na verdade. diz Costanza de Toma. "A verdade é que os fabricantes de fórmulas são inteligentes . ela diz. apesar de passar dois dias visitando hospitais. em começá-los o que poderiam realmente se usar.com/business/2007/may/15/medicineandhealth. sem dúvida. Mesmo no Reino Unido. e as exploram". Em 2006. mas tente Lactogen." (Os especialistas em amamentação alertam que . não vi nenhuma evidência de qualquer literatura patrocinada pela Nestlé para amamentar. as empresas de fórmulas exploram lacunas onde podem. mas apenas após a Fórmula infantil foi prescrita por um médico.que tem enormes quantias de dinheiro amarradas nas vendas de leite de fórmula .. enfermeiros e parteiras são cruciais. Outra jovem. onde a educação pré- natal é mínima e onde o acesso a outras fontes de informação é limitado..dar até mesmo leite artificial prejudica o processo de amamentação). mas particularmente em um país como o Bangladesh. Dado que o código não lhes permite o acesso directo às mães.Ele disse que a fórmula eo leite materno eram muito semelhantes.theguardian. com as mesmas vitaminas. de 13 semanas de idade. Então não é. quando o governo lançou um novo esquema. mãe de Mim.eles procuram áreas cinzentas no código. mãe de Tanjila. "O médico disse para tentar Lactogen . então.As almofadas são distribuídas como informações para os trabalhadores da saúde que .. ela passou a palavra para tentar My Boy. de fato entregue às mães.. de 17 anos. as empresas tornaram-se aptas a canalizar os seus esforços para que os trabalhadores da saúde se tornem lado a lado.por razões de segurança . simplesmente um caso de a Nestlé explorar uma brecha no código internacional? Absolutamente não. para substituir o Welfare Food https://www. Muitas das mulheres que eu conheci disseram que eram precisamente estas pessoas que tinham sugerido um movimento para não apenas a fórmula em geral. diz Tickle: A Nestlé é. quatro de seus amigos tiveram bebês e quando eles encontraram problemas com a amamentação. o Healthy Start. diz ele.além dos perigos da utilização de água suja .2/14/2017 Ordenando­o | Negócios | O guardião Pelo menos três tipos de fórmula da Nestlé estão entre as marcas cujas almofadas de rasgo estão na mesa de Zaman. tanto quanto eu poderia dizer.lifeandhealth 3/7 . mas uma marca específica . que é informação em Como amamentar? E de qualquer forma. propaganda de fato. Robin Tickle. um dos maiores distribuidores privados de informações sobre os bene埘�ícios da amamentação. ele disse dar leite materno também. de 19 anos. as mensagens que as novas mães recebem de médicos. O porta-voz da Nestlé. "Os folhetos da Nestlé com o quadro de Lactogen violam o Código se dado às mães". Samsun Nahar Shenli. diz ele. No entanto. é que os médicos precisam . de 12 semanas.vai se comprometer a divulgar o evangelho "mama é o melhor". e falha ainda. alega.

Há também outros problemas: muitas empresas que vendem leite de fórmula em Bangladesh falharam em seu dever legal de se registrar com seu departamento. Mas. "O Unicef deve assegurar que a conformidade com o código se torne uma medida de progresso na implementação dos países da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança". e se você lançar ao redor em clínicas pediátricas do hospital. Swapn Roy. dois dos maiores produtores de fórmulas da Grã-Bretanha . está escrito em letras minúsculas que é um substituto do leite materno e não vai funcionar. "A OMS . parece-me. Muito tentador . e isso torna di埘�ícil acompanhar o que estão fazendo. ela diz. cujas paredes são adornadas com cartazes mostrando bebês saudáveis e os nomes de baby. mas também a legislação do Reino Unido ". colocar pessoas brancas em cartazes como esses envia a mensagem de que é o caminho ocidental. uma reivindicação que não é permitida pelo código. mas nessas palavras essas palavras são muito pequenas. diz o Dr. É uma das muitas maneiras sutis em que a amamentação é prejudicada aqui". "Eu converso com empresas e na minha frente eles parecem ser razoáveis". e não falta de contos tristes. segundo as recomendações da OMS. Estranhamente. No Bangladesh.e se preocupa com a redação das latas. "Mas não estou convencido.2/14/2017 Ordenando­o | Negócios | O guardião Scheme. "A Cow & Gate produziu anúncios dizendo que seu leite para bebês era" o mais próximo do leite materno ". diz Save the Children. fazer coisas erradas. as empresas fórmula rapidamente ganhará terreno. não há certamente falta de mães que bottlefeed seus bebês. Anedótica.é como é policiado. muito astutas". "Então. mas em um mês o número pode chegar a cerca de 89%. diz De Toma. secretário-geral da Fundação Bangladesh Amamentação. empurrar seus produtos de maneiras diferentes. Happi Akther. neste caso).o órgão do governo encarregado de implementar as restrições sobre os fabricantes de fórmulas . diz o relatório de hoje.além de suas muitas áreas cinzentas . "Para muitas pessoas aqui. de 35 anos. Não há escassez de mães. Um dos problemas com o código da OMS . Muitos países. e aos seis meses (idade para a qual. diz ele.. OMS e Unicef poderiam fazer mais. e Heinz publicou um gráfico sugerindo que sua fórmula era próxima ao leite materno E melhor do que as marcas concorrentes. o que os brancos fazem é a coisa certa a fazer". às vezes. A amamentação está diminuindo em Bangladesh? É di埘�ícil dizer. No Instituto de Saúde Pública e Nutrição de Dhaka .. porque as estatísticas não são confiáveis. " ela diz. todos os bebês devem ser amamentados) Talvez 25%. mas poderia ser tão baixo quanto 16%. incluindo o Bangladesh e o Reino Unido. escandalosamente flagrante.muito atraente.a diretora Professora Dra.As duas empresas não só estavam violando o código. muitos profissionais de saúde sentem a maré está mudando contra eles.Leite (não Nestlé. há um sentimento de que se os ativistas de amamentação tirar os olhos da bola por um momento. A publicidade pública dos fabricantes de leite para bebés é explicitamente proibida no código da OMS e na lei de Bangladesh. Fatima Parveen Chowdhury está olhando com desconfiança várias latas de leite de fórmula empilhadas em sua mesa. https://www. Ou mesmo. "O código exige que as empresas coloquem palavras na lata dizendo que não há substituto para o leite materno. deve ser mais ousada em fazer com que as empresas cumpram".lifeandhealth 4/7 . muito técnicas. Acredita-se que cerca de 95% das mães começam a amamentar.com/business/2007/may/15/medicineandhealth. até que o Departamento de Saúde bloqueou. Porque a mamadeira é mais do que uma tragédia de saúde neste país: é também uma tragédia econômica. a melhor maneira. diz Chowdhury.theguardian. Ela franziu o cenho para as imagens de desenho animado na capa . temos que estar atentos.Cow & Gate e Heinz - tentaram usá-lo como uma oportunidade de marketing. mas Ahmed me leva à sala de espera de um doutor em um subúrbio de Dhaka. os bebês nos cartazes são todos brancos: mas Ahmed tem uma explicação. como eu fiz na semana passada. apoiaram as suas exigências com legislação.

Eti está em recuperação. "O que mais eu poderia fazer? Ninguém tinha outras idéias. Save the Children calcula que. Mas a fórmula das empresas. os especialistas em amamentação acreditam que pelo menos 98% das mulheres - mesmo aquelas com dietas nutricionalmente deficientes em países em desenvolvimento como Bangladesh . balançando a cabeça. apesar do código internacional. Dado que os líderes mundiais estão empenhados em reduzir a mortalidade infantil em dois terços até 2015 como um dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio. "O leite gasta todo o nosso dinheiro. juntamente com todos os outros bebês cujas mães eu falei em Bangladesh. continua a minar os esforços dos ativistas. o que é apoiar a amamentação. dado suporte adequado e conselhos. bem como no mundo em desenvolvimento.2/14/2017 Ordenando­o | Negócios | O guardião conversa comigo enquanto ela espera ver um médico sobre o problema da pele escamosa de seu filho de nove meses: Nur foi mamarada. a organização acredita que 3.podem fazer leite suficiente para alimentar seus bebês. que é muito mais barato de comprar do que a fórmula de bebê de marca.a maioria dos quais eram esposas que não trabalhavam. custa ela e seu marido Gias. Mesmo assim. "Eu senti que não tinha leite suficiente". De volta a Dhaka. "Não podemos nos dar ao luxo disso".se as taxas de amamentação foram melhoradas. proteger e promover a amamentação é quase certamente a maior coisa que poderia ser feita para melhorar as taxas de sobrevivência infantil. porque todos estavam muito claros sobre uma coisa.ele diz que cerca de 70% das mães que desistem de amamentar pode obter o seu leite vai novamente. e Mina concordou em tentar iniciar a amamentação novamente. apenas uma disse que começou a usar a fórmula porque precisava voltar ao trabalho.) Para algumas famílias. que é que a amamentação seria Ser preferível à despesa da fórmula e aos perigos da diarréia. diz ela. cujos dois bebês anteriores morreram logo após o nascimento. Ela e sua mãe Mina passaram um tempo com um conselheiro de amamentação.com/business/2007/may/15/medicineandhealth. os montantes gastos em campanhas de "peito é melhor" são diminuídos pelos montantes que os fabricantes de alimentos gastam na promoção dos seus produtos: no Reino Unido. dando conselhos e apoio adequados.) Nur foi alimentado com Lactogen de Mas sua fórmula. diz o Dr. (Das 10 mulheres que entrevistei nas clínicas. diz Happi. £ 10 foi gastado por fabricantes na propaganda e em promover o leite e os alimentos do bebê. diz Happi. Porque a verdade no centro desta história é esta: para bebês como Eti e Nur." (Na verdade.theguardian. a mortalidade infantil em Bangladesh só poderia ser reduzida em quase um terço . Com o apoio certo. "Ou eles recorrem ao uso de leite em pó ordinário. em países como Bangladesh." Todas as mães com quem falei . no hospital de diarréia.800 vidas poderiam ser salvas a cada dia. o fardo de comprar leite de fórmula é simplesmente demais. Se empresas como a Nestlé realmente quiseram fazer o que Tickle diz que querem fazer. desde que ele tinha cerca de um mês de idade. Globalmente. cerca de 800 taka (£ 2) por semana. Kabir está encantado . De acordo com o relatório Save the Children. não há nenhum substituto saudável para a amamentação. teria sido infinitamente melhor se mulheres como a Mina nunca parassem de amamentar. ela diz.lifeandhealth 5/7 . O resultado é bebês cujo leite é pouco mais do que o que você poderia chamar de água branca. para fazê-lo ir mais longe eles usam muito pouco pó". cujos maridos trabalhavam em fábricas ou faziam trabalhos manuais - tinham histórias semelhantes. o que seria mais fácil se as empresas de leite artificial como a Nestlé restringissem seus esforços para vender seus produtos. Roy. coloque-o contra o fato de que Gias ganha apenas £ 6 por semana. que trabalha em uma fábrica de tinturaria de mostarda. Em todo o Ocidente. por exemplo. "Eles não podem dar ao luxo de misturá-lo na proporção necessária.salvando as vidas de 314 crianças todos os dias . Gastou em 2006-7 na promoção da amamentação. há um caminho simples: converter sua eficiente e eficaz rede de representantes de vendas em uma rede igualmente eficiente e eficaz de assessores de amamentação . https://www. não há dúvida de que bebês como Eti Khuman e Nur Akther seriam amamentados. E se isso não soa muito. Dr.

Ibfan e. fundador da maior empresa de alimentos e bebidas do mundo. Mas. latas de fórmula estavam sendo vendidas com as instruções na língua errada para as mulheres sendo alvo. Esta semana. A Nestlé está preocupada com o efeito do boicote sobre suas vendas ou imagem pública. dando amostras gratuitas de seus produtos e direcionando mulheres diretamente através de campanhas publicitárias.lifeandhealth 6/7 . dizem que eles visam a empresa porque alegam ter violado o código mais do que Qualquer outra empresa em todo o mundo. Com um mercado tão grande em jogo. O boicote rapidamente se espalhou para a Europa. · Fontes: babymilkaction. E as receitas de publicidade em toda a mídia estão caindo https://www. a Nestlé concordou em implementar o código. Mais pessoas estão lendo o Guardian do que nunca. teve início o apelo ao boicote de todos os produtos Nestlé nos EUA.. 30 anos depois.como líder de mercado . a International Baby Food Action Network (Ibfan) alegou que as empresas de leite para bebês estavam inundando os serviços de saúde no mundo em desenvolvimento com suprimentos gratuitos e de baixo custo eo boicote da Nestlé foi retomado no ano seguinte.. e no sábado os manifestantes se reunirão fora da sede da empresa para mostrar uma força em favor de uma causa que se recusa a vá embora.mesmo que em alguns países as mulheres não tivessem o acesso à água limpa para misturar acima a fórmula com. e também que . Em 1984. Ninguém argumenta que a Nestlé é a única empresa a ter estado envolvida em práticas menos do que perfeitas . sentimentos continuam a correr alto. os usuários de um site britânico para pais. em um caso judicial notório.. o mercado de leite em fórmulas havia se transformado em uma indústria no valor de bilhões de dólares em todo o mundo e A Nestlé foi um dos principais players. é reconhecido como o inventor do leite de fórmula .2/14/2017 Ordenando­o | Negócios | O guardião A história do boicote da Nestlé Henri Nestlé. Em 2000. em 1977.org Desde que você está aqui . Quando foi lançado (na forma alterada) na Suíça com o título Nestlé Kills Babies. Em 1981. a Assembléia Mundial da Saúde (órgão de decisão da OMS) adotou o Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno.mas os ativistas afirmam que muitos aspectos do código continuam sendo violados e argumentam que os consumidores ainda devem boicotar a empresa. A caridade War on Want publicou um panfleto chamado The Baby Killer em 1974.org e ibfan. temos um pequeno favor a pedir. a Netmums. mas muito menos estão pagando por ele. No ano seguinte. Em alguns casos. A mensagem do marketing era que a fórmula era tão saudável quanto o peito . . e o boicote foi oficialmente suspenso pelos grupos que mais fizeram para promovê-lo. no Reino Unido. como resultado do boicote.theguardian. em 1867. Ele finalmente ganhou o caso. mas foi uma vitória pírrica: a organização responsável pela publicação da brochura na Suíça foi condenada a pagar apenas uma multa simbólica. Mas em 1988. chamando-o de "exigência mínima" para ser adotado "na sua totalidade". o grupo de campanha Baby Milk Action. o executivo-chefe da Nestlé disse que a empresa garantirá que os rótulos tenham sempre instruções na língua apropriada . a gigante de alimentos começou um processo legal.deve ser um exemplo . Estas alegações vieram primeiramente à proeminência no atrasado 1970s. as empresas de fórmulas foram acusadas de agir de forma calculada para minar as mães que amamentam . No final do século 20..com/business/2007/may/15/medicineandhealth. levaram seus fundadores à tarefa depois que o site concordou com um acordo de patrocínio com a Nestlé.

nosso futuro seria muito mais seguro. leva muito tempo. que gostam. Torne-se um Supporter Faça uma contribuição Tópicos Saúde Bangladesh Ásia Central e do Sul Reutilizar este conteúdo https://www. ajudam a pagar por isso. O jornalismo investigativo independente do Guardian.com/business/2007/may/15/medicineandhealth. informado pelos nossos valores. Se todos que lêem nossos relatórios. dinheiro e trabalho árduo para produzir. Então você pode ver por que precisamos pedir sua ajuda. especialmente diante de falsas notícias e "fatos alternativos".lifeandhealth 7/7 . Mas nós o fazemos porque acreditamos no poder de um relato honesto e profundo.theguardian.2/14/2017 Ordenando­o | Negócios | O guardião rapidamente.