O PROFETA OSÉIAS II

INTRODUÇÃO

Diante do exposto na lição anterior, haja vista a degradação espiritual, político-social do povo de
Israel, bem como sua divisão em dois reinos, Deus pela sua infinita misericórdia, levanta seus
Santos Profetas, para que anunciem não apenas o seu juízo ( cito o rei de Tiro), mas também
para que anuncie sua bondade, misericórdia e redenção.

Em meio a estes, surge o profeta Oséias, filho de Beeri, ( Oséias1-1), contemporâneo de Isaias e
Miquéias, pregando uma mensagem dirigida ao reino do Norte, segundo alguns eruditos,
acredita-se que o profeta Oséias, era oriundo do reino do norte, motivo pelo qual conhecia tão
bem os problemas peculiares aquele povo.

I. PERIODO AUREO DA PROFECIA HEBRAICA

Não obstante a envolver-se em fraude, assassinato, roubo, adultério, idolatria e prostituição
espiritual, o povo de Israel, especialmente a tribo do norte, pois ao longo da sua historia vimos o
potencial de seus reis a inclinarem a deuses estranhos, e são considerandos como reis
impiedosos, mostra que não conhece a Deus; assim, enfrentam uma prestação de contas. A
idolatria de Israel, sua corrupção moral, sua tola busca de Alianças políticas com potências
antagônicas, (Egito e Assíria), em vez de Confiar em Deus para ter segurança, levará à
devastação do país e os Sobreviventes serem levados à Assíria. Entretanto Deus tem propósitos
pré-estabelecidos para Israel, desde Abraão, Isaac e Jacó, Oséias insta-se com o povo a pedir o
perdão de Deus, a oferecer os novilhos de seus lábios ( Oséias 14.1-9), e a não mais buscar
proteção em alianças militares e cavalos de guerra. O retorno deles a Deus resultará em cura,
em ele os amar liberalmente e numa condição próspera sob a Sua bênção. Uma das primeiras
profecias de Oséias, é falar que "O Senhor tem uma contenda com os habitantes Da terra" (v.1).
Deus aponta o dedo para o homem e o acusa! Essa expressão "contenda" aparece também no
capítulo 12 de Oséias, em que Deus afirma que tem também uma acusação contra Jacó:( Os
12.4-6). Ele tivera uma forte experiência com Deus tanto em Betel quanto em Peniel, mas
faltava-lhe a conversão! Uma experiência com Deus não é sinal de conversão! Depois
daexperiência com Deus em Betel e de haver lutado com o anjo em Peniel, faltava se converter:
- Oséias é o primeiro dos profetas menores. Não se sabe ao certo se ele era da tribo de Issacar
ou de Rubem. Viveu em Samaria, no reino de Israel, na época dos reis Uzias, Jotam, Acaz,
Ezequias e Jeroboão (esses reis eram de Judah, e não de Israel, onde vivia Oséias).
Ele deve ter vivido muitos anos, mais de 120, porque esta foi, aproximadamente, a duração do
período de todos esses reinados, isto é,do ano 810 ao ano 700 antes de Cristo,
aproximadamente. Pelo trono de Israel desfilaram então alguns reis indignos como Ahab, Joram,
Jezebel e Atalia.
Todos estes acontecimentos foram prelúdios da grande derrota que sofreu o povo hebreu ao cair
em mãos de Senaquerib e Salmanasar, que o levaram cativo para a Assíria. Começou assim o
grande êxodo; os judeus choraram, se desesperaram, procuraram consolo nas palavras dos
profetas, e o judaísmo, como já dissemos, ampliou seu campo. Já não era a religião dopequeno
povo que vivia à margem do Jordão. O Deus dos filhos de Israel, a quem estes haviam
atraiçoado e por isso sofriam o exílio, passou a ser, de Deus de um povo dolorido e prostrado, o
Deus de toda a humanidade. Os exilados haviam rompido o círculo do nacionalismo e
acercavam-se do universalismo; e quando por fim Ciro, destruído já o império assírio, permitiu
aos desterrados que voltassem a seu país, Esdras e Nehemias trabalharam para formar
novamente um povo, ao qual proporcionaram uma moral mais elevada que a anterior.

II. A POSIÇÃO DO LIVRO DE OSÉIAS NO CÂNON SAGRADO

Os profetas, que segundo a Bíblia duraram até João o batista, Foram divididos em dois grupos,
os profetas menores, e profetas maiores.
As profecias de Oséias foram dirigidas ao povo de Israel, prevendo o seu cativeiro. Com afinco,
ele chama a atenção do povo para as desordens que eram comuns na terra naquela época.
Pois em toda a terra de Israel, o povo havia se corrompido, deixando o culto do único Deus,
para adorarem aos ídolos e imagens estranhos, chamados "baalins". Oséias também falou com
a mesma severidade ao povo do reino vizinho, Judah. Ele falou da invasão de Senaqueribe na
terra de Judah e previu que Judah ainda iria sobreviver à destruição de Israel, e isto realmente
aconteceu. - No começo do livro do profeta Oséias, nós lemos que o Senhor mandou que ele
tomasse para si, por esposa, uma mulher pervertida, prostituta. Os filhos nascidos dessa união
sentiriam vergonha por causa da perversão em que vivera sua mãe.
E isto representava muito claramente a situação do povo de Israel: eles haviam traído o Senhor,
pervertendo-se com o culto aos ídolos, servindo-os com suas maldades. Essa infidelidade do
povo para com o Senhor era uma imagem da infidelidade de Samaria e das dez tribos. Porque a

da mesma maneira o Senhor chamava de volta para Si o povo de Israel. Cap. Os filhos nascidos foram chamados de Jizreel (que quer dizer: "Deus dispersará"). "ami"= povo meu). prósperos. por esposa. nem tampouco fazem parte do seu canom. o Senhor os aceitaria novamente e os faria novamente Seu povo. Os filhos nascidos dessa união sentiriam vergonha por causa da perversão em que vivera sua mãe. Pois assim como ele. A imagem usada para representar a infidelidade de Israel era. e que nós venhamos a adora-lo não "apenas no poço de Jacó. andai nele. ou em Jerusalém". fala que o Senhor mandou que ele tomasse para si. prostituta.2. uma imagem forte. " E ouvireis uma que por de traz de ti dirá: Este é o caminho. tem se usado-a para a proliferação de evangelhos sociais. fala da depravação do povo. Eles são ameaçados com duro julgamento. parafraseando a bíblia. Cap. que segue após outros deuses. " Porque as coisas que se manifestam são sombras das que aconteceram no futuro". aos que quisessem voltar a ter o Senhor como seu único Deus. Segundo o comentarista da lição em curso. é que nos faz refletir. é considerada como tipo do relacionamento entre Deus e Israel. este livro tem 14 capítulos e 197 versículos. Oremos pois para que a Igreja de Cristo aqui na terra hoje. ouviam ou viam coisas que não agradavam ao Senhor. que nada tem a ver com as sagradas escrituras. mas claramente.3. "ruamá"= misericórdia). a Misericórdia Divina estava sempre apelando para que eles voltassem e deixassem a sua iniqüidade. ou em Samaria. unida ao Senhor seu Deus. pervertendo-se com o culto aos ídolos. E isto representava muito claramente a situação do povo de Israel: eles haviam traído o Senhor.C. Entretanto Oséias também transmitiu a mensagem de arrependimento. III . pervertida.4. havia tomado para si uma mulher indigna e a tornou sua esposa.O profeta apela ao povo para que abandone a idolatria e fala dos castigos que ameaçavam cair sobre Israel. "sabemos muito pouco sobre a vida do profeta Oséias". Deixaram a união com a Lei e o amor de Deus e uniram-se aos males e falsidades. entretanto vale ressaltar. realmente. Oséias.Deus oferece Sua misericórdia aos que se arrependem. mas depois essa nação se desviou vergonhosamente e foi após os falsos deuses e suas próprias maldades.nação de Israel era como que a esposa. uma mulher ímpia. Os filhos nascidos foram chamados de Jizreel (que quer dizer: "Deus dispersará"). O Livro de Oséias foi escrito entre 785 e 725 a. Deus aparece como o esposo. mas era a que melhor mostrava a condição espiritual perversa do povo quando abandonou os mandamentos Divinos. Nos primeiros capítulos do seu livro o profeta Oséias. esqueciam-se do que disse o profeta. pois aqueles infiéis não eram mais o povo de Deus. CONCLUSÃO É preciso que se faça um estudo. mas que venhamos a adora-lo em Espírito e em Verdade. seu povo. mas depois essa nação se desviou vergonhosamente e foi após os falsos deuses e suas próprias maldades. pois Deus não teria misericórdia da casa de Israel. para que se manifeste . e o último foi Lo-Ami ("Lo"= não. vemos que é possível manter integridade e compromisso com a palavra de Deus. No último capítulo deste livro podemos ver as promessas de bem que o amor e a Misericórdia do Senhor fazia a Israel. unida ao Senhor seu Deus. Mesmo assim. Deixaram a união com a Lei e o amor de Deus e uniram-se aos males e falsidades. que o conteúdo de informações bíblicas que se tem catalogado a respeito deste ilustre personagem bíblico. que diga-se de passagem tem sido motivo de charlatanismo em muitos lugares da terra . pois mesmo numa época tenebrosa da qual o profeta foi uma constante. desafiando a misericórdia do Senhor. A Igreja deles seria novamente a chamada "esposa" do Senhor. seja um contraste da historia de Israel. e o último foi Lo-Ami ("Lo"= não. pois aqueles infiéis não eram mais o povo de Deus. Oséias. os outros eram: Lo-Ruamá ("Lo"= não. Os que se arrependessem de sua infidelidade e voltassem. "ruamá"= misericórdia). sua vida familiar. servindo-os com suas maldades. pois o povo seria disperso para outras terras por causa de suas impiedades. infiel. Israel como a esposa idolatra.O profeta chama a atenção do povo por causa de seus pecados. os outros eram: Lo-Ruamá ("Lo"= não. rebelde. Porque a nação de Israel era como que a esposa. e ainda. Veja Oséias 2:18-23.A VIDA PESSOAL DO PROFETA OSÉIAS.. mas muitas das vezes. pois o povo seria disperso para outras terras por causa de suas impiedades. pois Deus não teria misericórdia da casa de Israel. seguia por estas coisas. pervertida. Cap. e não obstante ao seu pecado. sem vos desviardes nem para a direita ou para a esquerda. essas promessas sempre foram uma força constante que impulsionou o povo a seguir rumo ao Senhor. Fala também da restauração que Deus lhes prometia. "ami"= povo meu). para se ter pelo menos noção das sombras e tipologia bíblica. Essa infidelidade do povo para com o Senhor era uma imagem da infidelidade de Samaria e das dez tribos.

que a graça e a fé. e continuemos a servir ao Senhor. germine abundantemente em nossas vidas levando-nos a uma dimensão de prosperidade espiritual. " Grandes coisas fez o Senhor por nós. e que o sacrifício salvífico de Jesus ecoe cada vez mais forte em nossos corações. para quando ele voltar nos achar servindo assim. que daremos nós ao Senhor por todos os benefícios que nos tem feito? .em nós a gloria de Deus. afinal. por isto estamos alegres". e ainda venhamos a dizer com entusiasmo. amplamente solidificada nos estatutos da palavra de Deus.