O VEREDICTO DE JEOVÁ

No capítulo cinco de seu livro, o profeta Oséias apresenta a sentença divina para o povo
desobediente. Este capítulo nos mostra claramente que, embora Deus seja amor e esteja
sempre disposto a perdoar o homem, também é justiça e irá, inevitavelmente, punir os que
transgredirem Seus preceitos.
INTRODUÇÃO

- Após ter apresentado Deus como alguém disposto a perdoar os pecadores, o profeta Oséias
observou a lamentável situação espiritual de Israel e, agora, traz a sentença, que não tardou a
ser executada, talvez ainda em vida do profeta.

I. AS AUTORIDADES CIVIS E RELIGIOSAS DE ISRAEL

- Logo ao iniciar o capítulo do juízo, que é o capítulo cinco de seu livro, Oséias se dirige, em
primeiro lugar, aos sacerdotes e à casa real, ou seja, aos governantes, à elite política e religiosa
de Israel. Embora não exima o povo em geral de responsabilidade, o profeta não deixa de
mostrar aos líderes que suas responsabilidades são maiores, pois a eles havia sido dada a
função de dirigir o povo e sua direção tinha sido exatamente para a desobediência a Deus. O
mesmo se dá nos dias de hoje seja entre os gentios, seja entre os judeus, seja na igreja do
Senhor -Rm.13:1,4; Lc.12:48;Nm.16:9; Tg.3:1.

OBS: "...O que é ser um líder ? É dominar com democracia um grupo, seja grande ou pequeno,
fazendo com que suas idéias, boas ou más, sejam assimiladas e realizadas... o líder não deve
apenas estudar os assuntos que se lhes apresentam, mas vivê-los e conhecê-los para com eles
vibrar e poder falar a ponto de suscitar a inteligência dos seus mais rudes liderados. Este foi o
segredo de grandes líderes como José do Egito, Moisés, Josué, Davi, Salomõ, George
Washington, Napoleão etc. Estes líderes não ficavam apenas em seus gabinetes, mas iam sentir
e viver os problemas nos próprios locais em que eles aconteciam. Essa atitude do líder não só
fortalece a convicção como o enobrece perante aqueles que com ele trabalham..." (Ailton M. de
CARVALHO. Os dez mandamentos de um líder idôneo para o século XXI, p.14,18-9).

- Ao invés de dirigem o povo para o culto a Deus, as lideranças do reino do norte haviam sido
decisivas para o desvio espiritual do povo. Jeroboão instituíra o culto aos bezerros de ouro de
Betel e de Dã(I Rs.12:26-33), pecado que foi mantido por todos os seus sucessores, sem
exceção alguma, fosse de que dinastia fosse. Já a classe sacerdotal existia exatamente para
manter este "statu quo"(II Cr.11:14,15), ainda que sempre houve um remanescente fiel a Deus,
especialmente os reunidos nas "escolas de profetas"(II Rs.2:3).

- O pecado de Jeroboão, que foi decisivo para o desvio espiritual do reino do norte (Cf. II
Rs.17:20-23), revela-nos que não há possibilidade de comunhão entre a adoração a Deus e a
busca de poder temporal, ou seja, entre o papel da Igreja enquanto agência do reino de Deus e
a procura de um poder político terreno. Jesus recusou o poderio político dentro dos ditames
existentes no mundo(Mt.4:8-10) e devemos imitá-lO, pois somos o Seu corpo(I Co.11:1;
IPe.2:21). Não estamos com isto dizendo que um servo de Deus não possa ocupar um cargo
público ou lhe seja defeso buscá-lo, pois, antes que os líderes sejam tementes a Deus, pois isto,
naturalmente, trará bênçãos para a nação, mas que a Igreja, enquanto organização e cuja tarefa
é a salvação das almas e seu aperfeiçoamento espiritual, jamais pode ter militância político-
partidária, sob pena de inserir, no seu bojo, os mesmos males vividos pelo reino do norte. A
história da igreja está repleta de exemplos de tragédias espirituais advindas após o
comprometimento das lideranças com o poder político. Basta um olhar, ainda que rápido, em
grupos como a Igreja Romana, a Igreja Anglicana, as Igrejas Ortodoxas Grega e Russa etc. etc.
etc.

- Quando há o comprometimento das lideranças com um projeto de poder terreno (chamado de
"poder temporal"), há um desvio de alvo (que é isto senão o que os gregos chamam de
"hamartía", que é nada mais, nada menos que "pecado") e os líderes, que deveriam ser
instrumentos de aperfeiçoamento dos santos(Ef.4:11-15), passam a ser, diz o profeta, em laços
para o povo, em motivo de tropeço, conduzindo os incautos para a perdição - II Pe.2:1-
3,13,14,18-22;Jd.4,16.

- Mispá e Tabor eram lugares em que havia santuários que eram utilizados para a idolatria nos
dias de Oséias. Mispá significa "sentinela" e isto bem demonstra que aqueles que deveriam ser
os incumbidos de advertir e alertar o povo, eram os primeiros a induzirem a população ao erro.
Os líderes devem estar bem cientes de que são responsáveis por trazerem a advertência divina
e que isto lhes será cobrado pelo Senhor quando da prestação de contas ! - Ez.3:16-21; 33.

- Não há limite para o pecado, "um abismo chama outro abismo" ( Sl.42:7). Quando abrimos

estava num caminho sem volta. também faz com que Seu conhecimento seja tornado público.23:8-12.1:6-16.22:8.toda experiência religiosa tem de incluir o senhorio de Cristo. um perigoso estado que pode levar alguém. Ap..61:2. sem o que não alcançaremos o Seu perdão .12:1-14. não queriam ordenar as suas ações conforme os mandamentos do Senhor( Os.7:19-23. de forma irrefutável. nos coloca debaixo de um conceito que se chama senhorio de Cristo. não age arbitrariamente mas estabelece o que os juristas denominam de "devido processo legal".11:29.2:5-8. mantendo uma série de ações e de atitudes que contrariam a Palavra de Deus. Gn. mas não querem o evangelho. querendo dizer o que é o bem e o mal em suas vidas. Entretanto. de arrogância. mesmo. Além disto. Ap. levando.14:13..73:17-20.39:1-3). para que não haja qualquer dúvida sobre a Sua justiça (Cf.. ou seja.. não só permite ao homem que exerça o seu direito de defesa(Cf. de forma completamente independente da Palavra de Deus.22:10). . Tg. OBS: Como disse o pastor Ricardo Gondim em pregação baseada em At.. o reto e supremo juiz de toda a terra ! III. Deus não falha como também não tarda. apresenta as provas de forma indubitável. pois. nosso Deus é o mesmo e a Sua Palavra. Que Deus nos guarde desta situação. que. DEUS CONHECE EFRAIM . chegará o instante em que Deus julgará e dará aos pecadores a justa retribuição pela sua desobediência. Deus é.Entretanto. muitas vezes.22:30. portanto. No momento certo.7:14. Mt. assumindo.O juízo de Deus é perfeito e reto.13:8.a conversão imediatamente nos leva. Sl. que a impiedade e o pecado são vantajosos e não causam qualquer mal aos seus praticantes. em desejo de modificação de vida. Gn..4:27. Mt.queria tão somente o favor de Deus mas não Lhe era obediente. que é somente de Deus(Cf.. .5:6. comprometemos toda a nossa vida e marchamos para o desastre(Ef. Ele passa a ser o Senhor.4:6. indevidamente a posição de juízes.5:3). é onisciente e.73). Ez. inclusive. I Pe. começa sutilmente. muitas vezes menosprezada e entendida como fruto de uma interpretação atrasada ou de uma má compreensão. que o texto nos fala de transposição de limites. como nos mostra o profeta Amós.3:13-18. na mais completa apostasia( Os.2:1- 5. Não há a menor possibilidade de alguém se dizer arrependido e manter seu modo de vida e seus conceitos.. pode puni-lo em virtude de seus erros. por uma simples brecha. assim. II. pois não aceitam se submeter a Deus. Fp. São pessoas que querem "os benefícios do evangelho".24:35. a começar de suas lideranças. Devemos ser humildes e nos submetermos a Deus..O convertido já começa recebendo ordens(At. até a uma perplexidade e abalo nas convicções do fiel (Cf..22:1-17.Jr.10).12). Diz a versão NVI que os rebeldes estavam "envolvidos". .É interessante verificar que. sem as asas da humilhação. Sem qualquer sombra de dúvida. atemporal (Cf. mas também cria oportunidades para que o homem se converta.Ml. " . Is.II Cr. num primeiro momento. A SOBERBA DO POVO . . portanto.4:10. ao contrário do dito popular. II Sm. de orgulho. Estes estão apenas se enganando e terão a sua rejeição quando do juízo -Mt. ainda que pareça. de uma conduta totalmente alheia e contrária à vontade de Deus. aqui entendida não só a vida libertina. 4:6-13. entretanto. . Afirma o profeta que Deus conhece Israel e." . portanto.Quer ser cristão ? Vai ter de se submeter a .4:11.O arrependimento verdadeiro implica em mudança de atitudes.brecha ao inimigo de nossas almas. também existem aqueles que querem servir a Deus mas a seu modo.Hb. Por isso o povo de Israel (reino do norte) não alcançou o perdão divino .3:15).veja as expressões de Paulo(At. agindo paulatinamente dentro de um período em que oferece ao ser humano o Seu perdão (Cf.5:2).3:9. mas também o adultério espiritual que os caracterizava.Dn.12:1.17.11. nem deixavam a prostituição. já a versão Figueiredo fala que as vítimas haviam "caído no profundo" e a versão em português dos monges de Maredsus (Bélgica) fala que os "perseguidores levaram ao extremo a maldade". pois Deus tem pleno conhecimento dos fatos.6:4-8).13:18-23).14) e a raiz de todos os demais.-Am. É esta a "terra fértil do coração" que acolhe o evangelho( Mt. Oséias nos apresenta um quadro lamentável: o povo tinha ido até o limite da desobediência.7. Além disto.O comportamento destes é de soberba. Hb. 4:9. IPe.. Vemos.Sl. embora Deus de tudo tenha conhecimento.20:11-15).6:16. Deus deu diversas oportunidades para que Seu povo se arrependesse e voltasse atrás em seus delitos e pecados . É este o pecado primeiro do universo(Is.Tg. contemporâneo de Oséias.Atualmente. Como diz conhecida canção da Harpa Cristã. "às alturas santas ninguém voa.10). a ficar além da possibilidade de arrependimento (Cf. em seu programa radiofônico "Reflexões". Diante do comprometimento do povo.. Gn.1:25).

em formalidades ou em sacrifícios mas quer ver corações quebrantados. conforme."(Os.5:4).4:6-13). assim.14:6. é a própria justiça(Jr. Vemos.ordem. adverte-nos sobre a enorme responsabilidade daqueles que desprezarem a Cristo. sem a qual não poderá ver o Senhor( Hb.Por que Deus castigou Israel ? Por que Deus castiga o homem.2:42. os israelitas chegaram até a sacrificar a Deus. durante toda a história da humanidade. Ef. pois não é deste mundo(Jo. 15:18-23. "são como os que traspassamlimites"(Os. como se ficar entre quatro paredes fosse o alvo de uma vida sincera e verdadeira diante de Deus. tem de punir os maus. deve viver separado do pecado.Mesmo após uma série de juízos menores(Am. "seja feita a Tua vontade" e aquelas que Deus diz: "Seja feita a vontade de vocês".. .5:12).. pela morte dos primogênitos no Egito. IPe.12:14).7:9). "cairão pela sua injustiça"(Os.30:21. observação nossa) veio aqui na terra.2:15-17). Deus dá oportunidade para que o povo se arrependa. Assim.5:10). foi ser Senhor do coração de homens e mulheres. a da consciência.51:17.Ao iniciar o aperto. "o espírito de prostituição está no meio deles". alcança guarida em corações uma postura de conformidade com o mundo. pela confusão das línguas. não há outra solução senão o castigo divino. 55:6.um teólogo alemão que disse o seguinte: só existem duas categorias de pessoas na face da Terra. Para uns. pois.23:6. "geraram filhosestranhos"(Os. "viu a sua enfermidade.28:15-64). confissões genuínas de pecados e uma firme decisão de mudança de valores e de comportamentos -Sl.1:11-20. Moisés foi outro que não admitiu viver sem a presença de Deus(Ex.1:13-16. ainda. Pv. necessariamente.1:7.5:5). ..2:1-4. que clamou ao Senhor para que isto não persistisse ocorrendo em sua vida (Cf. igualmente duro e terrível será o julgamento a quem desprezar este tão grande amor -Hb. Sl. mas este Lhe dá as costas. "não conhecem aoSenhor"(Os. I Jo. onde Deus estava advertindo o povo a respeito de seus pecados. . .. o povo persistiu em pecar e a menosprezar o chamado do Senhor ao arrependimento. 4:11-13.46. 10:25-31.. "atualização" ou "remoção de ignorâncias" ou de "doutrinas de homens". Deus não tinha compromisso com estes gestos aparentes -Os. que. entendem ser necessário alguma mudança para que "a mocidade não se perca".2. pelo dilúvio.15:14. algumas vezes. "aleivosamente se houveram contra o Senhor". diferente do homem ímpio. ainda que não tenha prazer em fazê-lo(Ez.28:13. "quis andar após avaidade"(Os. só duas: aquelas que dizem pra Deus. Que tenhamos sempre a presença de Deus em nossas vidas ! . " . "a soberba de Israel testificará no seu rosto"..Is.Js. pelas maldições em virtude do pecado.7.5:13). subiu Efraim à Assíria e enviou ao rei Jarebe. para outros. aliás. nos contentamos que ele seja apenas o nosso Salvador. pelo sacrifício de Cristo no Calvário. a do milênio. nunca verão a alva"( Is. .1:6-16.Não há comunhão entre a luz e as trevas e é por isso que Deus Se retira daqueles que insistem em continuar pecando e não se arrependem de seusatos(Cf. a patriarcal. se ele mesmo se identifica como sendo o amor ( I Jo.. Esta ausência de Deus foi sentida por Davi. diante de tamanha demonstração do amor de Deus.17:16. de forma plena e que nunca antes havia sido tão grandemente sido oferecido ao homem.Dt. Não buscavam a Deus de coração e. O profeta afirma o que Deus viu no coração do povo.12). segue-se o juízo..5:7). Após a manifestação da graça de Deus. não há outra maneira de se agradar a Deus a não ser seguindo a Sua Palavra: " À Lei e ao Testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra.O que Ele (Jesus. será pela Grande Tribulação. Assim. efetivamente menosprezando a soberania de Deus. ou seja.4:8) ? Porque Deus é justo( Is. .17:20. de adaptações a condutas mundanas sob as mais diferentes justificativas e desculpas.33:12-17).. O CASTIGO . IV. 33:16) .Diante de um tal comportamento.12:1.8:20) - Is.Não é por outra razão que o escritor da carta aos Hebreus. já havia previsto por intermédio de Moisés (Cf. Jr. a do governo humano.33:11). Jó 4:17. a saber: "não querem ordenar as suas ações a fim de voltarem para o seu Deus".O servo de Deus é. trata-se de "modernização" da igreja..6:1-8.4:30). a graça.5:5-7. mas seus sacrifícios foram insuficientes pois havia neles um forte desejo de se manterem na sua vida de pecados. Jo. com preocupação.45:24. Não se tem outro caminho. em santificação. que sempre terminaram com um juízo divino (a dispensação da inocência. portanto. será pelo juízo do trono branco).8. durante todas as dispensações.Rm.Deus não tem prazer em rituais. se é amoroso. Uns. o povo do reino do norte (e já.Sl. a lei.29:13.At.. também. o povo do reino do sul) insistia em não deixar de pecar e ainda buscou refúgio no rei da Assíria.A maioria de nós não quer que Ele seja o Senhor de nossas vidas.51:11. cada vez mais. da revelação do amor de Deus ao homem..a sua chaga. Como se percebe. Foi.

. identifica neste monte o local da transfiguração de Jesus. de 562 m de altitude. mãe do imperador Constantino. foi reformulada toda a postura da Igreja Romana a partir de então.Nome de uma colina de certa proeminência localizada cerca de 16 km a sudoeste do mar da Galiléia. iniciada por Helena. A tradição. foi erigido um santuário idólatra. Ali foi erguida a Basílica da Transfiguração pelos frades franciscanos. no vale de Jizreel.ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES SOBRE O COMENTÁRIO DA LIÇÃO OU DO ESBOÇO Ecumenismo . Nos dias de Oséias. O ecumenismo foi a principal novidade apresentada no Concílio Vaticano II e. na seção de estudos bíblicos. com base nele. Tabor .17:21. Veja os quatro artigos a respeito do assunto neste site.doutrina que defende a unidade de todas as igrejas cristãs e que se diz baseada emJo.