Utilização de Organismos Vivos no

Controle Biológico
Izabella Pereira Lopes
Luiz Gustavo Ferreira Pessa
Natália Mariana dos Santos

Disciplina de Biologia
Prof.ª. Dr.ª. Ana Maria Flora Vasconcelos

Uma maneira de reverter essa situação é a utilização do controle biológico. Aplicação de grande quantidade de inseticidas (agrotóxicos).Introdução Prejuízos econômicos na agricultura causados por pragas. .

” JÚNIOR et al. 2000 .Definição  “ Fenômeno natural que tem por finalidade a regulação da densidade das populações tanto quanto das pragas como dos organismos implantados no controle biológico.

(Ex: Orius Insidiosus x mosca branca) Parasitoides: são organismos que parasitam outros seres. protozoários e fungos.Inimigos Naturais Patógenos: são microscópicos capazes ou não de causar doenças infecciosas nos seus hospedeiros podendo ser bactérias. obrigatoriamente necessitam de um hospedeiro para se desenvolver. (Ex: Bacillus Subtilis x Meloidogyne) Predadores: estes organismos possuem vida livre. usualmente são maiores que suas presas. (Ex: P. vírus. bliteus x psilídeo-de-concha) .

. Este controle biológico pode ser: clássico.Tipos de Controle Biológico  Controle biológico natural: Envolve ações combinadas de todo o meio ambiente na manutenção das densidades características da população  Controle aplicado: Intervenção do homem. conservativo e aumentativo.

É comercialmente aplicado em grandes áreas e sistemas de cultivo. Controle Aumentativo: Envolve atividades laboratoriais de criação massal dos agentes biológicos. .Tipos de Controle Biológico Controle Clássico: Importação de agentes biológicos de uma determinada região para outra Controle Conservativo: Conservação do ambiente por espécies benéficas que conduz a um melhor controle de pragas.

Presidente Prudente. e verificar os resultados a partir controle convencional (Carbofuran). Aplicação da Bacillus subtilis como agente biológico no controle de nematóides em cana- de-açúcar. no munícipio de Caiabu – SP. .Controle Biológico e Químico de Nematóides em Cana-de-açúcar Usina Alto Alegre – Unidade Florestal.

Nematoides (fitonematoides) São parasitas obrigatórios. Na área analisada encontrou-se a cada 100g de solo 100 nematóides do gênero Pratylenchus e 180 do gênero Meloidogyne. . alimentam-se do conteúdo citoplasmático das células vegetais.

A planta ficam incapaz de absorver nutrientes e água.Doenças Causadas por nematóides Atacam o sistema radicular. Prejudica o desenvolvimento e produção do vegetal. .

. Baixo desenvolvimento e redução na produção. Injetam toxinas e provocam deformações.Gênero Meloidogyne Causam grandes danos no sistema radicular.

Abrem passagens para bactérias e fungos patogênicos.Gênero Pratylenchus Penetram nas raízes causando lesões. . Quando o ambiente fica desfavorável migram para o solo abandonando a raiz.

• Colabora para o desenvolvimento do vegetal. .Bacillus subtilis • Rizobactéria (Gram-positiva). • Atuam desorientando o inimigo.

Metodologia e Resultados • Como foi realizado o programa do controle biológico a partir de Bacillus Subtilis? • Há vantagens em usar o controle biológico? Qual as desvantagens? .