You are on page 1of 1

EXCELENTSSIMO SENHOR JUIZ DO TRABALHO DA SEO

JUDICIRIA DOTRABALHO DE MANAUS AMAZONAS.


HEITOR SAMUEL
Santos, brasileiro, solteiro, desempregado, flho de IsauraSantos, portador da
identidade 559, CPF 202, CTPS (..., PIS (... residente e domi!iliado na"ua
Sete de Setembro, !asa #$ % &anaus% 'ma onas % C)P 999, por
seu ad*ogado +ue estasubs!re*e, *em perante ossa )-!eln!ia propor/
RECLAMAO TRABALHISTA
em a!e de
NIMBUS S.A.
, ins!rita no C1P sob o n3 (..., situada na "ua4eonardo &al!her, .0 0 6
&anaus % 'maonas % C)P 2#0, pelos seguintes atos eundamentos7
1)DA CONTRATUALIDADE
8 re!lamante, portador de def!in!ia, trabalhou a ser*i o da re!lamada do
dia#0:#0:20#2 at; o dia 02:0:20#<, +uando oi dispensado, sem =usta !ausa,
re!ebendo!orretamente sua indenia>o.
2)DA REINTEGRAO
"e+uer a reintegra>o ao emprego por+ue a dispensa do portador de def!i n!
ian>o se e a!ompanhar da !ontrata>o de outro em !ondi >o semelhante,
*iolando o 'rt.9?, @ #3, da 4ei n3 $.2#?:9#.
3)DO DANO MORAL
Auando oi admitido no emprego, ha*ia um a!ordo !om os empregados em
+ue ae-6empregadora en*iaria o !onteBdo de trabalho para o e6mail parti!ular
de !ada um, desde+ue ela pudesse aer o monitoramento, = +ue a
plataorma institu!ional esta*a !omproblema. )m ra >o disso, a empresa te*e a!
esso a di*ersos e6mails !ontendo es!ritos eF8T8S parti!ulares do re!
lamante."e+uer o pagamento de indeni a >o por dano moral em
*irtude domonitoramento inde*ido do e6mail pessoal do trabalhador, erindo a
intimidade, !onorme o'rt. 53, D, da CF:$$, e os artigos 2#, #$E e 92, todos do
CC.
4)DA DE OLUO DOS DESCONTOS
Gurante seu !ontrato, soreu des!ontos a tHtulo de !ontribui >o sindi!al e!
onederati*a, mesmo n>o sendo sindi!aliado.'ssim re+uer de*olu>o do des!
onto eetuado a tHtulo de !ontribui>o!onederati*a, pois o trabalhador n>o era
sindi!aliado, !onorme SBmula EEE, do STF, P1 ##9 TST e 8 # da SGC, do TST.
!)DO AC"MULO #UNCONAL
'pesar de ter assinado a CTPS C8&8 assistente de esto+ue, tamb;m
realia*atareas de analista de !ompras !omo pes+uisas de pre os, em parte
do horrio de trabalho,a pedido do !hee."e+uer um plus salarial pelo e-er!H!io
de un>o estranha em parte do horrio de trabalho, !om base no 'rt. <5E, @ Bni!o,
da C4T.