Gestão Participativa Comitês de Bacias Hidrográficas

Sistema Nacional / Estadual de Gestão de Recursos Hídricos
Conselho

Governo

Gestor

“Parlamento das águas”

Ente Executivo

CNRH Nacional

MMA

ANA

SRH

Estado

CERHI

SEA

INEA

Comitês Federais Bacias Comitês Estaduais Agências de Bacia / Delegatárias

INEA / GEAGUA
MISSÃO DO INEA - Proteger, conservar e recuperar o meio ambiente para promover o desenvolvimento sustentável.

GEAGUA – Gerência de Apoio a Gestão das Águas Negócio e Razão de Ser
• Negócio - Apoio institucional, técnico e administrativo aos colegiados (Comitês e CERHI) integrantes do Sistema Estadual de Gestão das Águas, articulação com os colegiados integrantes do Sistema Nacional de Gestão de Águas.

Razão de ser - Assegurar os processos participativos na implementação da Política Estadual de Recursos Hídricos.

Legislação Federal
Lei 9.433/1997 - Institui a Política Nacional de Recursos Hídricos, cria o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos.

Fundamentos da Política Nacional de Recursos Hídricos:
•A água é um bem de domínio público; •A água é um recurso natural limitado, dotado de valor econômico; •A gestão dos recursos hídricos deve sempre proporcionar o uso múltiplo das águas; •A bacia hidrográfica é a unidade territorial para implementação da Política Nacional de Recursos Hídricos e atuação do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos; •A gestão dos recursos hídricos deve ser descentralizada e contar com a participação do Poder Público, dos usuários e da sociedade civil.

Legislação Estadual do Rio de Janeiro
Lei 3.239/1999 – Cria a Política Estadual de Recursos Hídricos, cria o Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos, regulamenta a Constituição Estadual e dá outras providencias.

Objetivos da Política Estadual de Recursos Hídricos:
•Promover a harmonização entre os múltiplos e competitivos usos da água, e a limitada e aleatória disponibilidade, temporal e espacial.

Legislação Estadual do Rio de Janeiro
Instrumentos da Política Estadual de Recursos Hídricos: •Plano Estadual de Recursos Hídricos (PERHI); •Programa Estadual de Conservação e Revitalização de Recursos Hídricos (PROHIDRO); •Planos de bacia Hidrográfica (PBH’S); •Enquadramento dos Corpos de Água em Classes, segundo os usos preponderantes dos mesmos; •Outorga do direito de uso dos recursos hídricos; •Cobrança aos usuários, pelo uso dos recursos hídricos; •Sistema Estadual de Informações sobre Recursos Hídricos (SEIRHI).

Legislação Estadual do Rio de Janeiro
Decreto 35.724/2004 - Dispõe sobre a Regulamentação do art. 47 da Lei nº 3.239, de 02 de agosto de 1999, que autoriza o Poder Executivo a instituir o Fundo Estadual de Recursos Hídricos – FUNDRHI.
Constituem recursos do FUNDRHI: •As receitas originárias da cobrança pela outorga sobre o direito de uso de recursos hídricos; •As multas arrecadadas decorrentes de ações sobre uso dos recursos hídricos; •O produto da arrecadação da divida ativa decorrente de débitos com a cobrança pelo uso de recursos hídricos; •As dotações consignadas no Orçamento Geral do Estado e em créditos adicionais; •As dotações consignadas no Orçamento Geral da União e nos dos Municípios, e em seus respectivos créditos adicionais; •Os produtos de operações de crédito e de financiamento, realizadas pelo Estado, em favor do Fundo;

Legislação Estadual do Rio de Janeiro

Lei 4.247/2003 - Dispõe sobre a cobrança pela utilização dos Recursos Hídricos de domínio do Estado do Rio de janeiro. A cobrança pelos usos de recursos hídricos sujeitos a outorga pelo Estado do Rio de Janeiro obedecerá às diretrizes e aos critérios definidos na presente lei e será implementada pelo órgão responsável pela gestão e execução da política estadual de recursos hídricos, exercida pelo inea.

Legislação Estadual do Rio de Janeiro

Lei 5.234/2008 – Altera a lei 4.247/2003, que dispõe sobre a cobrança pela utilização dos Recursos Hídricos de domínio do Estado do Rio de janeiro. •De acordo com o artigo 6º, no mínimo 70% dos recursos arrecadados pela cobrança pelo uso da incidente sobre o setor de saneamento serão obrigatoriamente aplicados em ações voltados ao saneamento.

Legislação Estadual do Rio de Janeiro
Lei 5.639/2010 – Dispõe sobre os Contratos de Gestão entre o órgão gestor e executor da Política Estadual de Recursos Hídricos e Entidades Delegatárias de funções de Agência de Água relativos a gestão de recursos hídricos de domínio do Estado. •A área de atuação da entidade delegatária será a mesma de um ou mais comitês, nas respectivas regiões hidrográfica. Objetivo da Lei: Descentralizar a gestão dos recursos hídricos, promovendo de forma continuada melhorias nas questões ambientais da bacia hidrográfica.

Dominialidade dos corpos d’água

Águas Federais rios atravessando mais de um estado ou outro país

Águas estaduais: águas subterrâneas e rios situados inteiramente no território de um único estado, exceto aqueles reservados em obras da União
Águas estaduais Águas federais

Regiões Hidrográficas do Estado do Rio de janeiro

Comitê Baía de Guanabara e dos Sistemas Lagunares de Maricá e Jacarepaguá Região Hidrográfica – RH V
Complexidades - Região urbana, desenvolvimento industrial, poluição dos corpos d’água, área de abrangência grande, difícil topografia. Lagoa de Maricá Complexo lagunar de Jacarepaguá
fonte:amarelinha comunicações visuais

Baía de Guanabara

Gestão Participativa - Comitês
• Comitê de bacia: colegiado político constituído pelo Poder Público, usuários e sociedade civil que deve promover debate das questões relacionadas aos recursos hídricos, articular a atuação de entidades intervenientes, aprovar o plano de bacia e acompanhar a sua execução, e aprovar critérios e cobrança pelo uso da água. • Importância da criação do Subcomitê da Bacia Hidrográfica de Jacarepaguá: Devido as complexidades existentes na Bacia Hidrográfica da Baía de Guanabara, está sendo discutido pelo Comitê Baía de Guanabara a criação do subcomitê, ideia que o órgão gestor (inea) pactua.

Gestão Participativa Agência de Bacia / Delegatárias

Agência de Bacia / Delegatárias: braço executivo dos comitês de bacia, responsável pela atualização do balanço hídrico, disponibilidade de água e cadastro de usuários da bacia e pela operacionalização da cobrança pelo uso dos recursos hídricos, mediante delegação, entre outras funções.

Processo de criação de um Comitê
1. Identificação e caracterização do Público Alvo 2. Elaboração da lista de Lideranças 3. Visitas Específicas aos Municípios

Sociedade Civil Organizada Órgão Gestor Municipal, Estadual e Federal Usuário da Água 4. Contato individual com Atores

5. Reunir os Atores/ Governo, Soc.Civil e Usuário 9. Reuniões Regionalizadas (nas bacias) 8. Realização de fóruns

6. Formar Equipe Mobilizadora ou grupo de trabalho 7. Divisão de tarefas

10. Oficina para Nivelamento de Informações

11. Formação da Comissão Pró-Comitê

12. Reconhecimento da Comissão pelo CERHI

13. Estruturação do CBH

16. Criação pelo Governo do Estado - Decreto

15. Solicitação de criação ao CERHI

14. Aprovação junto a Comunidade

Gestão Participativa Projeto:

Educação Ambiental para Gestão das Águas do Estado do Rio de Janeiro

Experiência positiva na gestão participativa em 5 Regiões Hidrográficas do Estado do Rio de Janeiro.

Gestão Participativa
Objetivo: Desenvolver um programa de mobilização e educação ambiental para gestão das águas através da formação de Jovens Gestores Ambientais com duas equipes distintas entre si: - Equipe 1: Monitoramento da qualidade da água e - Equipe 2: Apoio ao Controle da ocupação e conservação da FMP.

Gestão Participativa
Alunos observam o curso do rio e escolhem o ponto para o monitoramento da qualidade da água.

Gestão Participativa
Expedições - Monitoramento da Água.

Alunos acompanhados da técnica utilizam o KIT para monitoramento da qualidade da água. No ponto de coleta os alunos foram estimulados a observarem o ambiente, com referência especial à FMP.

Gestão Participativa

O Projeto Agenda Água na Escola encontra-se em fase de licitação para mais quatro Regiões Hidrográficas, entre elas está a Região Hidrográfica da Baía de Guanabara – RH V.

Gestão Participativa Apresentação:
Monica Santos Apoio Administativos aos Comitês (21) 2334-9660 GEAGUA/DIGAT/INEA Glaucia Freitas Sampaio Gerência de Apoio a Gestão das Águas (21) 2334-9658 / 2334-9659

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful