Carta para o Higo

“Ostra Feliz não faz pérola” (Rubem Alves)

Olá Higo, irmão e amigo!

Muito me alegro em poder contribuir para sua jornada rumo ao alto, independente
da vocação que abrace. Permaneço questionando-me acerca do que dizer e se assim o devo
fazer. Aventuro-me, sobretudo, arrisco-me!
Convido Rubem Alves para esta conversa, poeta, psicanalista, pedagogo, ensaísta,
cronista, teólogo, apaixonado pela vida e pelo sagrado, muito tem a nos dizer. Quero fazer
das minhas palavras indicações para maiores e melhores reflexões que se pretendem fazer-
te pensar a fim de persista ao encontro de soluções criativas.
Sem delongas, principio dizendo: “Não há sacerdote sem comunidade, e não há
comunidade sem sacerdote (em sentido e unção dados pela pia batismal, pela qual, todos
fomos e somos convidados a sê-lo). Proponho três linhas para refletirmos melhor o que
tenho a indicar-lhe como visão pessoal a respeito de sua missão. Não se esqueça: são
palavras amadoras (de quem ama e de quem principia ensaios).
Creio que devemos, muito bem, trabalhar três espíritos fundamentais na formação
perene de quem ousa estar à frente de um povo conduzindo-lhe a Deus permanentemente.
São eles: Espírito de Liderança, de Escuta e de Comunidade.

Espírito de Liderança - Te observo como um grande sábio Higo, sabedor dos santos e das
belezas da nossa Igreja. Deves sempre cultivar isso com grande afinco e desejo de poder
levar novas e outras pessoas a experimentar toda essa beleza. Mas sempre devemos
acautelar-nos. Não podemos constranger e nem mesmo escandalizar os pequeninos (cf. Mc
9, 41-50). Toda beleza deste mundo precisa ser interiorizada, passar do intelecto para o
coração, somente assim seremos sábio para além de sabedores. Observo em você uma
grande euforia que por ora positiva, poderá prejudicar sua ação como condutor do povo de
Deus. Por que digo isso? Temo que a liderança exacerbada afaste o líder dos seus liderados
e, sobretudo, que o pastor se afaste de suas ovelhas, já que caminha mais rápido rumo à
terra prometida. (Penso que saberá interpretar isso da melhor forma). Não falo da liderança
que a sociedade capitalista nos apresenta, esses fantasiados de coachings, de metas e
organogramas. Não este, mesmo que tal modelo possa também nos ensinar. Falo de uma
liderança ativa e silenciosa, perspicaz e serena... Jesus Cristo: eis o teu modelo. E nunca se
esqueça: O seu Lugar não é o pódio (cf. “Sucesso” In: Rubem Alves).

Espírito de Escuta – “O ato de ouvir exige humildade de quem ouve. E a humildade está
nisso: saber, não com a cabeça, mas com o coração, que é possível que o outro veja
mundos que nós não vemos. Mas isso, admitir que o outro vê coisas que nós não vemos,
implica reconhecer que somos meio cegos... Vemos pouco, vemos torto, vemos errado.
Bernardo Soares diz que aquilo que vemos é aquilo que somos. Assim, para sair do círculo
fechado de nós mesmos, em que só vemos nosso próprio rosto refletido nas coisas, é
preciso que nos coloquemos fora de nós mesmos. Não somos o umbigo do mundo. E isso é
muito difícil: reconhecer que não somos o umbigo do mundo! Para se ouvir de verdade, isso

a práxis lamenta. acho que deves optar por uma experiência em alguma comunidade cujos carismas se aproximem aos teus. te farão muito bem. Por isso. cerceado à Deus. que é diferente do que penso. nossa essência é transcendental: é divina! Não acredito em padres. do povo. Por isso afirmo: Desejaria que todos pudessem viver experiência de comunidade (Seja religiosa ou leiga) para que experimentem a beleza.de Deus). e não bebam da nave. (Rubem Alves) Espírito de Comunidade – Acredito ser fundamental fazer-nos cristãos com pés e asas.”. Mas esse silêncio não é verdadeiro. troque os seus pensamentos pelos meus. Mas isso jamais acontece. Consider(ações) finais: Bem. Não hesite em recuar quando a vida lhe pedir que o faças. Acredito que isso é fundamental. Mas necessitamos essencialmente ter asas. A presença dos irmãos que vivenciam diferentes jornadas pessoais. Minhas opiniões! É claro que eu acredito que as minhas opiniões são a expressão da verdade. Aquilo que você disse não é o que eu diria. depois de terminada a sua fala eu ficaria em silêncio. É norma de boa educação ficar em silêncio enquanto o outro fala. Basta que eu me ouça a mim mesmo. acredito. diga a verdade. Desejo-te um caminho muito lindo. rsrs): 1 – Coragem: Coração que age! Tendes força e coragem. trocaria meus pensamentos por outros.33) . os conflitos. Jo 16. portanto está errado.coração aproximado . Pelo qual poderemos libertar novos escravizados. (E não por falta de escala que te delegue alguma função. Pés para que sejamos conduzidos a um intenso engajamento social para o qual a sociedade nos interpela. SIM. quanta coisa poderia dizer. que não se assentem no banco da Igreja para ser corpo de Cristo em meio ao seu povo.Ostra feliz não faz pérola: Apaixone-se por tua vida. a grandiosidade. que me é estranho. poderemos saber mais de Deus. Não vou perder tempo ruminando o que você disse. então. consagrados e consagradas que se façam puramente do presbitério. ainda que provisoriamente. persevere na oração e na meditação.. lideranças. as oportunidades. Se eu não acreditasse na verdade daquilo que penso. “No Mundo tereis aflições e tribulações. somente no seio de uma comunidade religiosa. a obediência. Infelizmente. mas por opção de realizar a experiência de Deus ocultando-se aos olhares alheios. volte a si mesmo quantas vezes for necessário. 2. mas tendes coragem e bom ânimo: EU VENCI O MUNDO” (cf. E se falo é para fazer com que aquele que me ouve acredite em mim. inspire-se nas menores coisas. e expondo-se ao olhar misericordioso . as nossas opiniões. mas resumo em três desejos e reflexões toda essa obra (sempre inacabada. acredito fielmente nisto. É apenas um tempo de espera: estou esperando que ele termine de falar para que eu. observo que por mais que o seminário nos instrua para isso. para ruminar aquilo que ele disse. para nos colocarmos dentro do mundo do outro. A resposta vem sempre rápida e imediata. abandonando estruturas e hierarquias. meu irmão. tua vida é vocação! Saiba saborear todos os momentos de solidão e . da nossa realidade. os desafios e o tesouro que é estar em convivialidade e harmonia com os irmãos. A resposta rápida quer dizer: “Não preciso ouvi-lo. A prova disto está no seguinte: se levo a sério o que o outro está dizendo.. Teu dom é precioso.é. é preciso colocar entre parêntesis.

Plenifique-se NELE! Viva entusiasmado.. 2015 Referências ALVES. com consciência. consciência e melhores desejos para uma plena vida. “deus”. prudência.sofrimento... Estar entusiasmado é estar pleno de Deus. “inspiração divina”. É preciso olhar para além do cenário circundante e de fato enxergar novas perspectivas. SEM QUE NOS FAÇA PASSAR TAMBÉM” (cf.. é necessário que se ela se incomode.. Rubem.. 2 ed. O fruto belo de uma ostra só é logrado se sofre. Referenciando Rubem Alves e já me despedindo.Entusiasmo: Religioso ou Arquidiocesano: Seja de Deus. de ENTHEOS.. Cada face carrega consigo cacos submersos em diferentes realidades. possessão por um deus”. estar em êxtase”. “estar inspirado ou possuído por um deus. formada por IN-.rsrs) Sempre nos movemos. Rubem Alves). eu mesmo.07 de agosto... “em”. “divinamente inspirado. do Grego ENTHOUSIASMOS. abrir nossas janelas. Sobre o termo: “Entusiasmo”: Ela vem do Latim ENTHUSIASMUS. Mas não abandone as ricas experiências que poderá colecionar de ambos. Por isso devemos. Ostra feliz não faz pérola. Basta que oriente este movimento. 3 . Ostra Feliz não faz pérola. do verbo ENTHOUSIAZEIN. 2014. “NADA PASSA POR NÓS. (Cf. São Paulo: Planeta. Afinal. Com Enorme carinho. para onde Ele queira que vás. A vida extrapola nossa condição limitada de existir. João Victor da Fonseca Oliveira (Amigo Intercessor) + Nascimento de Higo Dias (Sacramentado pelo Batismo) Belo Horizonte . . costumo dizer que vivemos dentro de um caleidoscópio. É a reação desta dor que gera impulsos e belezas.. + THEOS.