Guia de Nutrição para o Fisiculturismo

Total em calorias 5330 calorias (obviamente divididas em 5-6 refeições
diárias)

Baseando-se nesta dieta, principalmente na década passada, culturistas consumiram
grandes quantidades de arroz, macarrão, batatas, Gainers 3000 e 3 milhões. Muitos se
tornaram mais musculosos e definidos, havendo aqueles que aumentavam ainda mais a
ingestão de carboidratos e reduziam a quase zero a quantia de gordura e ainda assim
obtinham resultado. O que sucede, no entanto, é que para a maioria de nós mortais esta
fórmula tem apenas adicionado mais tecido adiposo e a conseqüência é uma correria antes
da competição para definir para o apronto ou para não passar vergonha em temporada de
praia e com isso, além da gordura, vai-se boa parte da massa muscular conquistada a duras
penas.
Acontece que para a maioria de nós, menos favorecidos metabolicamente, o consumo
constante e elevado de carboidratos torna o metabolismo lento para a utilização de gorduras,
pois sempre existe glicogênio proveniente dos carboidratos à disposição na corrente
sangüínea. Com o tempo, o organismo perde a capacidade de utilizar gordura como fonte de
energia.
De qualquer forma, esta ainda é a dieta mais comum entre culturistas e tem a
vantagem de ser simples, além de ser fácil de se iniciar e a mais barata e saborosa, porque
carboidratos são mais atrativos ao paladar, porém esta pode não ser a melhor dieta para
você, a não ser que você seja um destes privilegiados metabolicamente. Analise as outras
propostas.

7.2. DIETA ISOMÉTRICADE DAN DUCHAINE

Dan Duchaine, uma espécie de guru da musculação nos Estados Unidos, introduziu
esta dieta depois de verificar que muitos atletas da musculação, ele inclusive, estavam se
tornando gordos com a dieta tradicional, alta em calorias.
Como o nome revela, esta é uma dieta baseada na ingestão de partes iguais de
carboidratos, proteínas e gorduras. Não precisa ter iguais partes em todas as refeições, mas
no somatório de todas. Neste caso, para uma dieta com o total de 2400 calorias:

200 gr de carboidratos = 800 cal
200 gr de proteínas = 800 cal
90 gr de gorduras = 800 cal
total em calorias 2400 cal dividas
em 5-6 refeições

Esta quantidade total de calorias deve ser ajustada para mais ou para menos,
dependendo da fase do treinamento e das necessidades calóricas de cada um. Esta dieta
fará com que um indivíduo de 100Kg que realiza um treino adequado, perca peso. Talvez
seja adequada também para um indivíduo de 70Kg.
Basicamente, se compararmos com a dieta anterior, o percentual de carboidratos cai
quase que pela metade (33%), a proteína continua a mesma e a gordura aumenta.
Neste caso, toma-se como base a quantia de gordura que um culturista normalmente
consome, gordura essa já contida em carnes (mesmo que magras), ovos (mesmo que só a
clara), cereais em outros alimentos como decorrência natural, o que atinge a casa dos 10%-

12