You are on page 1of 4
LEIN.° 2.227, DE 12 DE MAIO DE 2008 Cria 0s cargos piiblicos efetivos de Agente Comunitirio de Saiide e de Agente de Combate a Endemias e dé outras providéncias. O PREFEITO DO MUNICIPIO DE SAO LOURENCO DA MATA, no uso de suas attibuigdes conferidas pela Constituigdo Federal e pela Lei Organica do Municipio, faz. saber que a Camara de Vereadores aprovou € eu sanciono a seguinte Lei: ‘Art. 1°. Em atendimento a0 disposto nos parigrafos 4° ¢ 5° do art. 198 da Constituigdio Federal, combinado com o disposto na Lei Federal n° 11.350, de 5 de outubro de 2006, ficam criados na estrutura funcional da Administragdo direta do Poder Executivo, vinculados & Area de Atividades de Saiide, os cargos piblicos de Agente Comunitirio de Satide ¢ de Combate a Endemias, destinados a0 cumprimento das atribuigdes definidas nesta Lei, exclusivamente no ambito do Sistema Unico de Satide - SUS. § 1°. Os ocupantes dos cargos piblicos de Agente Comunitario de Saiide e Agente de Combate a Endemias submetem-se ao regime juridico estabelecido pelo Regime Estatutério e ao Regime de Previdéneia disciplinado pela Lei Municipal N°. 2.162, de 01 de dezembro de 2006, sendo-thes aplicada a legislagdo pertinente aos servidores piblicos efetivos iniegrantes da estrutura funcional da Administragio Direta do Poder Executivo, especialmente o disposto na Lei n? 6.123, de 20 de junho de 1968, inclusive em relagao, no que couber, aos termos do regulamento desta Lei, & matéria disciplinar. § 2°. Os ocupantes dos cargos piblicos de Agente Comunitirio de Saiide e Agente de Combate a Endemias, cujo nivel de escolaridade ¢ o ensino fundamental completo até a 8* série, sero contratados mediante processo seletivo piiblico de provas ou de provas ¢ titulos, conforme dispuser 0 regulamento desta Lei § 3°. A jomada de trabalho didria dos ocupantes dos cargos publicos de Agente Comunitério de Saiide e Agente de Combate a Endemias é de 8 (ito) horas disrias e 40 (quarenta horas) semanais, € 0s seus salirios mensais serio de, no minimo, RS 415, \ Praca Araijo Sobrinho, s/n - Centro - So Lourenco da Mata - PE - CEP. 54735-565- Fone: (81) 3519.1265 Fax: (81) 3525.9437 - CNPJ. 11.251.832/0001-05 (quatrocentos e quinze reais), sem prejuizo de acréscimos a titulo de gratificagdes ou outro qualquer beneficio. § 4°. Ficam criados 120 (cento e vinte) cargos pablicos de Agente Comunitario de Saiide e 50 (cingiienta) cargos de Agente de Combate a Endemias. Art. 2°. Além das exigéncias previstas no art. 1° desta Lei, 0 candidato ao cargo piiblico de Agente Comunitario de Saide deverd preencher os seguintes requisitos: 1 - residir na rea da comunidade em que atuar, desde a data da publicagio do ‘edital do processo seletivo piblico; II - haver concluido, com aproveitamento, curso introdutério de formagio inicial © continuada. Art. 3°, Os candidatos aos cargos piblicos de Agente de Combate a Endemias deverdo obrigatoriamente residir no Municipio de Sao Lourengo da Mata. Art. 4°, As atribuigdes do ocupante do cargo piblico de Agente Comunitirio de Saiide, sem prejuizo de outras a serem definidas no regulamento desta Lei, desenvolvidas em conformidade com as normas técnicas de saiide e de seguranga pertinentes, com as diretrizes do SUS e sob a supervisio da Secretaria Municipal de Sade, consistem em: | - utilizagio de instrumentos para diagnéstico demografico ¢ sécio-cultural da comunidade; T1- promogao de agdes de educagio para a saiide individual e coletiva; II - registro, para fins exclusivos de controle e planejamento das ages de satide, de nascimentos, dbitos, doengas e outros agravos a saiide; TV - estimulo & participagiio da comunidade nas politicas piblicas voltadas para a firea da sande; \V - realizagtio de visitas domiciliares periédicas para monitoramento de situagdes de risco a familia; e VI - participagiio em ages que fortalegam os elos entre 0 setor saiide © outras politicas que promovam a qualidade de vida. Art. 5°, As atribuigdes do ocupante do cargo piblico de Agente de Combate a Endemias, sem prejuizo de outras a serem definidas no regulamento desta Lei, desenvolvidas em conformidade com as normas técnicas de sade © de seguranga pertinentes, com as diretrizes do SUS e sob a supervisio da Secretaria Municipal de Sade, consistem em: | - atividades de vigillincia, prevengdo ¢ controle de doengas ¢ promogao da sai Praga Aratijo Sobrinho, s/n - Centro - Sao Lourengo da Mata - PE - CEP. 54735-565 - Fone: (81) 3519.1265 Fax: (81) 3525.9437 - CNPJ. 11.251.832/0001-05 II - discernimento e execugio das atividades dos programas de controle de zoonoses; II - pesquisa e coleta de vetores causadores de infecgdes ¢ infestagies; IV - vistoria de iméveis e logradouros para eliminagio de vetores causadores de infecgdes e infestagdes; V - remogiio e/ou climinagio de recipientes com focos ou focos potenciais de vetores causadores de infecgdes e infestagdes; VI_- manuseio operagiio de equipamentos para aplicagio de larvicidas e inseticidas; VII - aplicagaio de produtos quimicos para controle e/ou combate de vetores causadores de infecgdes ¢ infestagies; VIII - execug%io de guarda, alimentagao, captura, remogdo, vacinagdo, coleta de sangue ¢ eutandsia de animais; IX - orientagao aos cidadios quanto 4 prevengio e tratamento de doengas transmitidas por vetores; X = participagio em reunides, capacitagdes ténicas ¢ eventos de mobilizagio social; XI - participagio em ages de desenvolvimento das politicas de promogo da ‘qualidade de vida. Art. 6°. Compete & Secretaria Municipal de Satide a definiedo da érea geogrética de atuagiio dos ocupantes dos cargos piblicos de Agente Comunitério de Satide e Agente de Combate a Endemias, observados 0s parimetros estabelecidos pelo Ministério da Sade. Art. 7°. Os profissionais que, na data de publicagdo desta Lei, exergam atividades préprias de Agente Comunitirio de Saiide ¢ Agente de Combate a Endemias, prestando servigos sob a coordenagio da Secretaria Municipal de Satide, néo investidos em emprego ou cargo paiblico, poderiio permanecer no exercicio destas atividades até que seja concluida a realizagao do processo seletivo piblico previsto nesta Lei. § 1°. Excetua-se da regra do caput deste artigo os profissionais em exercicio das atividades proprias de Agente Comunitério de Saade e Agente de Combate a Endemias que se submeteram a processo seletivo autorizado © supervisionado pela Administragao Direta do Poder Executivo até a data da edigio da Emenda Constitucional n° 51, de 14 de fevereiro de 2006, conforme rol a set publicado no Diério Oficial do Municipio. Praga Aratijo Sobrinho, s/n - Centro - So Lourengo da Mata - PE - CEP. 54735-565 - Fone: (81) 319.1265 Fax: (81) 3525.9437 - CNPJ. 11.251.832/0001-05 § 2°. Os profissionais referidos no § 1° deste artigo poder ser investidos nos cargos piblicos de Agente Comunitirio de Satide e Agentes de Combate a Endemias criados nesta Lei, fica instituida a Comissio Especial que ir avaliar em processo administrativo individualizado, que deverd ser criada pela Secretaria de Saiide em até trinta (30) dias a partir da vigéncia desta Lei, na qual obrigatoriamente participem 01 (um) Representante da Secretaria de Saiide; 01 (um) Representante da Secretaria de Administragdo; 01 (um) Representante da Procuradoria do Municipio; 01 (um) Representante do Conselho de Saide; 01 (um) Representante dos ACS; 01 (um) Representante dos ACE, ambos indicados pela categoria; ¢ 01 (um) Representante do Poder Legislative, todos com seus respectivos Suplentes, comissfio essa que emitiré seu posicionamento em forma de resolug&o e, em seguida, submeterd 0 assunto a decisdo final do Prefeito de Sao Lourengo da Mata, ¢ lotados na estrutura funcional da Administrago Direta do Poder Executivo. § 3°. Nao se aplica a exigéncia de escolaridade a que se refere 0 § 2° do art. 1° desta Lei aos que, na data de publicagdo desta Lei, estejam cxercendo atividades préprias de Agente Comunitario de Satide e Agente de Combate a Endemias. Art. 8°. Os agentes comunitirios de saiide ¢ agentes de combate ds endemias que estiverem exercendo a fungio de coordenadores, supervisores fungdes afins, deverio ser efetivados no cargo de Agente Comunitirio de saiide e/ou Agente de Combate as endemias. E serem gratificados enquanto estiverem exercendo a fungi. ; Art. 9", Fica o chefe do poder Executivo autorizado a conceder gratificagiio de insalubridade a0 Agente Comunitirio de Satide e ao Agente de Combate 4s Endemias. Art.10°. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicasio, revogadas disposigBes em contririo, Sao Lourengo da Mata, 12 de maio de 2008, ) 7 ira de Oliveira 7 Prefeito Praga Araijo Sobrinho, s/n - Centro - Sao Louren¢o da Mata - PE - CEP. 54735-565 - Fone: (81) 3519.1265 Fax: (81) 3525.9437 - CNP4J. 11.251.832/0001-05