1/3

DECRETO Nº 67/2009.

REGULAMENTA O
PROCESSO DE
LIBERAÇÃO DE
SERVIDORES
MATRICULADOS EM CURSO
REGULAR DE ENSINO
FUNDAMENTAL, MÉDIO E SUPERIOR,
PARA FINS DE ESTÁGIO
CURRICULAR, BEM COMO OS
MATRICULADOS EM PÓS-
GRADUAÇÃO LACTU E STRICTU
SENSO, MESTRADO E DOUTORADO.

O PREFEITO MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DAS NEVES, usando das atribuições que lhe
são conferidas pelo artigo 95, inciso VI, da Lei Orgânica do Município, considerando:

- o disposto no artigo 136 § 1º, da Lei Complementar nº 39/2006, que "Dispõe sobre o
Estatuto dos Servidores Públicos da área de Educação do Município de Ribeirão das
Neves";

- o disposto no artigo 125 § 1º, da Lei Complementar nº 38/2006, que "Dispõe sobre o
Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Ribeirão das Neves - MG.", DECRETA:

Art. 1ºSerá concedido horário especial ao servidor estudante, quando comprovada a
incompatibilidade entre o horário escolar e o da repartição, sem prejuízo do exercício do
cargo.

Parágrafo Único - Beneficiar-se-ão do regime tratado neste artigo, somente os servidores
matriculados em curso regular de ensino Fundamental, Médio e Superior, para fins de
estágio curricular, bem como os matriculados em Pós-Graduação Lactu e Strictu Senso,
Mestrado e Doutorado.

Art. 2ºPara a concessão do horário especial é necessário que o interessado preencha o
formulário próprio, de acordo com o modelo em anexo, comprometendo-se a compensar o
número de horas liberadas em um período de até (06) seis meses após o início da atividade
acadêmica.

§ 1º Tal formulário deve conter a assinatura da Superintendência à qual o servidor está
subordinado.

§ 2º Ao formulário deve ser anexado declaração da instituição de ensino, informando os

LeisMunicipais.com.br - Decreto 67/2009

Decreto 67/2009 .requerimento do interessado com a antecedência mínima de 15 (quinze) dias. § 1º Caso a atividade acadêmica seja interrompida antes do prazo registrado no formulário de solicitação.br . não sendo computado nas 40 (quarenta) horas semanais. a solicitação que não acarretar prejuízo ao município. o horário das aulas. considerando-se a disponibilidade do funcionário estudante para compensar as horas em que se ausentou do trabalho para a realização da atividade acadêmica. a chefia imediata deverá ser comunicada imediatamente.com. domingos e feriados. respeitada a carga semanal legal. pela Superintendência à qual o servidor está subordinado.comprovação do horário das aulas. III . 6º funcionário foi liberado. bem como a observação de que o curso ou as disciplinas cursadas não são oferecidos no horário noturno. 3ºA liberação de funcionário para a realização de atividade acadêmica durante o horário de trabalho será condicionada a um acordo prévio com sua chefia imediata referente à compensação da devida carga horária de trabalho. serão Art. Caso haja qualquer mudança na realização da atividade acadêmica para a qual o Art. 2/3 dias e horários de início e término da atividade acadêmica. IV . seja quanto ao horário de sua realização ou quanto à sua duração.o horário de descanso mínimo será de uma hora. II . § 3º Será deferida.deverá ser cumprido no período de 8:00 às 17:30 horas. mediante declaração firmada pelo estabelecimento de ensino em que se encontre matriculado. II . 5º obedecidos os seguintes requisitos: I . uma nova solicitação deverá ser providenciada e um novo acordo quanto ao cumprimento da carga horária de trabalho deverá ser feito.anuência das chefias mediata e imediata. Art. III . nem aos sábados. atendida a necessidade do serviço. Art. na qual deverá constar o período letivo.deverá ser compensado mediante acréscimo da jornada. Para definição do horário especial.não poderá ter turno superior a 06 (seis) horas corridas. § 2º A liberação do funcionário para a realização de atividades acadêmicas poderá ser cancelada a qualquer momento caso haja algum prejuízo do serviço prestado à população LeisMunicipais. 4º A concessão do horário especial depende da observância dos seguintes requisitos: I . não podendo a compensação ocorrer durante o recesso regimental.

este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. 7ºRevogadas as disposições em contrário. 3/3 ou caso o funcionário interessado não cumpra o acordo realizado previamente com sua chefia imediata para o cumprimento da carga horária de trabalho.br . Ribeirão das Neves.com. Art.Decreto nº 67/2009 .Ribeirao das Neves-MG LeisMunicipais. WALACE VENTURA ANDRADE PREFEITO MUNICIPAL Download: Anexo . em 07 de julho de 2009.Decreto 67/2009 .