You are on page 1of 24

CONCURSO VESTIBULAR 2009

08/12/2008

INSTRUÇÕES

! Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição e assine no local indicado.
! Verifique se os dados impressos no Cartão-Resposta correspondem aos seus. Caso haja alguma irregularidade,
comunique-a imediatamente ao Fiscal.
! Não serão permitidos empréstimos de materiais, consultas e comunicação entre candidatos, tampouco o uso de
livros e apontamentos. Relógios, aparelhos eletrônicos e, em especial, aparelhos celulares deverão ser desligados e
colocados no saco plástico fornecido pelo Fiscal. O não-cumprimento destas exigências ocasionará a exclusão do
candidato deste Processo Seletivo.
! Aguarde autorização para abrir o Caderno de Provas. A seguir, antes de iniciar as provas, confira a paginação.
! As Provas Objetivas são compostas por 40 questões de múltipla escolha, em que há somente uma alternativa
correta. Transcreva para o Cartão-Resposta o resultado que julgar correto em cada questão, preenchendo o
retângulo correspondente com caneta de tinta preta.
! A interpretação das questões é parte do processo de avaliação, não sendo permitidas perguntas aos Fiscais.
! No Cartão-Resposta, anulam a questão: a marcação de mais de uma alternativa em uma mesma questão, as
rasuras e o preenchimento além dos limites do retângulo destinado para cada marcação. Não haverá substituição do
Cartão-Resposta por erro de preenchimento.
! A duração das provas será de 4 (quatro) horas, incluindo o tempo para preenchimento do Cartão-Resposta.
! Ao concluir as provas, permaneça em seu lugar e comunique ao Fiscal.
! Aguarde autorização para devolver, em separado, o Caderno de Provas e o Cartão-Resposta, devidamente
assinados.

2ª fase
08/12

O gabarito oficial provisório estará disponível no endereço eletrônico
www.cops.uel.br a partir das 20 horas do dia 8 de dezembro de 2008.

Barroco Mineiro. J. 20. p. o barroco mineiro é uma arte que traz em si o diálogo entre sua origem e um novo contexto. O lúdico e as projeções do Barroco. 100 anos após o surgimento do Barroco na Europa. que não quer apenas conter a informação estética. analise a figura e responda à questão 2. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. em Ouro Preto (MG). o espectador. III e IV são corretas. São Paulo: Perspectiva. mas sobretudo. o barroco mineiro rompeu com a idéia do barroco universal e se destacou pela ambivalência. sobretudo portugueses. da simples esfera da plenitude intelectual e contemplativa para uma estesia mais franca e envolvente – mais do que isso. c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. GONTIJO. IV. aos conhecimentos e valores.ARTES Leia o texto I e responda à questão 1. III e IV são corretas. comunicá-la sob um alto grau de tensão que transporte o receptor. C. Texto I O estilo barroco chega ao Brasil pelas mãos dos colonizadores. Pintura do forro da nave da Igreja de São Fran- cisco de Assis. M.) (ATAÍDE. ape- lando para os recursos da impressão sensorial. como dos elementos locais espontâneos. São Paulo: FJP/FRM/CEN. 198. (ÁVILA. 1980. L. Nascido da herança européia. Leia o texto II. R.. I. A. para o êxtase dos sentidos sugestionadamente acesos e livres. p. Posto em contato com o clima de efervescência cultural e com as descobertas no campo estético de Minas. II. In: ÁVILA.) 1 / 22 . 167-169. 1983. 1980. como no que diz respeito às idéias. O aspecto social contemporâneo à chegada do barroco a Minas contribuiu para que sua organização fosse caótica e para que as características desse movimento acabassem contrastando com a vida mineira. – recebe influências tanto portuguesas quanto francesas. Isso vai se verificar tanto em relação aos fatores estruturais.) 1 Com base no texto e nos conhecimentos sobre o barroco mineiro. mas o poder instituído pela Academia Nacional de Belas Artes encaminhou o movimento para rumos distintos. considere as afirmativas a seguir. III. d) Somente as afirmativas I. M. a expressão estética tanto deverá corresponder às soli- citações dos elementos transpostos. Os elementos transpostos pelos colonizadores apresentavam em suas raízes algumas semelhanças com o universo mineiro.. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. Em Minas Gerais. G. Desenvolve-se no sé- culo XVIII. R. caracterizando-se como um meio de expressão ao mesmo tempo barroco e mineiro. Texto II Há a propensão para uma forma que se abre em inde- terminação de limites e imprecisão de contornos. p. MACHADO. Barroco mineiro: glossário de arquite- tura e ornamentação. A. São Paulo: Pers- pectiva. e) Somente as afirmativas II. M. Assinale a alternativa correta. (Adaptado: MACHADO. italianas e espanholas.

2 / 22 . b) Enquanto a figura representa a arte colonial brasileira. mas o texto trata do Barroco Baiano. Com isso. 3 Pode-se dizer que a colonização no Brasil só se interioriza a partir da descoberta do ouro em Minas Gerais. a) O texto apresenta as principais características do rococó e a figura refere-se à pintura do Barroco. e) O texto explicita as principais características da pintura barroca tal qual foi praticada em Minas Gerais no século XVIII.2 Sobre o texto e a figura. é correto afirmar. pois a figura é do Barroco Mineiro. a produção cultural também se desloca do Nordeste para o interior do país. analise as imagens e identifique aquelas que pertencem ao Barroco Mineiro do período colonial. d) Somente I. III e IV. d) Tanto o texto como a imagem tratam da arte neoclássica no momento máximo de sua penetração na cultura brasileira como um todo e não sobre algo específico. III e IV. Com base nos conhecimentos sobre a arte no Brasil colonial. c) Não é possível afirmar que o texto e a imagem estejam relacionados ao mesmo assunto. É justamente em Minas Gerais que se encontram os monumentos mais significativos da arte colonial. e) Somente II. b) Somente I e III. (I) (II) (III) (IV) São imagens representativas do Barroco Mineiro do período colonial: a) Somente I e II. muitas delas presentes na obra de Manoel da Costa Ataíde. principal movimento artístico do período colonial brasileiro. c) Somente II e IV. o texto discorre sobre a projeção do barroco na arte concreta e sua busca por um envolvimento mais efetivo e completo do espectador com a obra.

apropriações já não foram feitas dessa obra? (MARTINS. existe apenas no museu do Louvre. de certa forma. criar novos significados. cumprem a mesma função. chaveiros e até fazendo propaganda de jeans em revistas? Quantas releituras.. 76-78. A apropriação e a citação de obras de arte. democratiza-a e a torna acessível à grande maioria da popu- lação. impossibilitando as viagens dos artistas brasileiros ao exterior. duas opções que marcam esse período da cultura brasileira. I. fruir e conhecer arte. em virtude da efervescência no campo industrial que fomentava a produção artística. a) Somente as afirmativas I e III são corretas. O aspecto quase sagrado que somente a obra original possui se perde à medida que esta é reproduzida em grande escala. cinzeiros.) 4 Considere as afirmativas a seguir. PICOSQUE. O processo de releitura pressupõe ir além da reprodução. ocorrida no final da década de 1920. Assinale a alternativa correta. d) Somente as afirmativas I. c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. por exemplo. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. especialmente no Rio de Janeiro. IV. tanto na propaganda como na arte. hoje. instituições. mas hoje vemos “Mona Lisas” espalhadas aos milhares. 3 / 22 .] a tecnologia existente hoje fez com que obras de arte se reproduzissem fantasticamente. GUERRA. governos. citações. sobretudo. [. caracteriza-se. Quem já não a viu estampada em cami- setas. A reprodução da obra de arte. Texto III A produção artística chega a nós. II. a) pela arte social e militância política. Didática do ensino de arte: a língua do mundo: poetizar. e) Somente as afirmativas II. Mona Lisa.Leia o texto III. ou de parte delas. III. analise as figuras e responda à questão 4. III e IV são corretas. p. e sua divulgação sofre interferências da mídia. e) pela valorização das artes aplicadas como forma de reação à crise internacional que se refletia na economia local. por isso.. d) por enfraquecer as pesquisas artísticas. c) por levar as questões plásticas trazidas pela primeira fase para o âmbito da contestação social. II e III são corretas. aos milhões pelo mundo. levando o movimento quase à extinção. pois significa reinterpretar e. em Paris. dada a crise internacional de 1929. 1998. São Paulo: FTD. 5 A segunda fase do modernismo brasileiro. dos mais variados modos. b) pela afirmação do movimento em São Paulo.

valorização da forma em detrimento da cor e ausência da gestualidade da artista na pincelada. (AMARAL. Óleo sobre tela. são características marcantes na obra de Anita Malfatti. A. Óleo sobre tela. outro sentido. que permite ao observador iludir-se. (61x51) cm. e) Trata-se de uma pintura ilustrativa. c) A utilização do efeito de claro e escuro para valorizar as formas e destacar a figura do fundo. (110 × 151) cm. 1933. com o fundo. dada a quantidade de efeitos produ- zidos pelas cores utilizadas e pela sensação de perspectiva. 1917. o predomínio do desenho e a intensidade da pincelada dão a este retrato características naturalistas. d) A ocupação do espaço de forma a recriar a relação entre figura e fundo. (MALFATTI.) a) Há. obtida com a utilização de tons. literária. na figura. sugere a luz. O homem amarelo. Segunda Classe. T. assinale a alternativa correta. somada à centralidade e à ausência de tensão espacial. 6 Com base na figura a seguir e nos conhecimentos sobre o movimento em questão. sem que lhe caiba o claro-escuro. b) A figura redefine a ocupação do espaço e recria. predomínio do desenho.) 4 / 22 . Observe a figura a seguir e responda às questões 7 e 8. A deformação do desenho dá-lhe um ritmo expressivo. Coleção Particular.

naquela fase. II. que neste caso se dá em torno de uma pirâmide central. IV. para a paisagem. d) a uma provocação de Di Cavalcanti. por meio da representação de pessoas descalças e franzinas. II e III são corretas. tido como um dos primeiros pintores brasileiros a olhar a pobreza e as condições indignas do povo como temas sociais. Embora em “Segunda Classe” Tarsila aborde o tema da miséria ganhando um sentido mais social e mais realista. “Segunda Classe” retoma as mesmas soluções formais da fase Pau-Brasil. buscando aliar a nossa arte à vanguarda européia. sobretudo. é correto afirmar que a obra se refere a) a revelações diferentes daquelas presentes em “Operários – 1933”. 9 A Semana de Arte Moderna de 1922 tinha como principal objetivo: a) A convicção estética e política de modernizar a arte brasileira. para se aliar a Cândido Portinari. d) Usar o nacionalismo romântico com sua busca por uma “cor local” como principal referência para se criar uma arte nacional. celebrado até então como verdadeira arte nacional. livrando-a da influência européia e buscando criar uma cultura nacional pura. d) Somente as afirmativas I. a fim de sensibilizar os apreciadores e de vender mais trabalhos. e) a um tema comum aos artistas expressionistas modernos. Assinale a alternativa correta. reveladas pela imagem em que tematiza a pobreza. 5 / 22 . mais madura e politizada. feita a Tarsila. o interesse da artista se dirigia. influenciaram a produção de Tarsila tanto em relação ao volume de obras. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. e) Romper com a influência das culturas “primitivas” dos trópicos (ameríndias e africanas). em que a temática se volta para os benefícios do progresso e da individualidade de cada figura presente na imagem. quanto à temática. desafiando-a a representar a pobreza na arte. III. c) Retomar a arte acadêmica como forma de oposição ao barroco. c) às preocupações da artista com as diferenças sociais. b) Celebrar a cultura nacional como base ideológica e romper com as correntes artísticas européias que dominavam a arte brasileira. assimilando e reelaborando alguns de seus aspectos. é mantido o equilíbrio simétrico. b) Somente as afirmativas II e IV são corretas. I. o que move a artista. Assim como em “A Negra” Tarsila resgata a infância na fazenda. a partir dos anos 30. são valores familiares que apontam para a união. com uma outra temática. por meio dos cidadãos de segunda classe. III e IV são corretas. A crise financeira e as redefinições de concepções culturais e políticas por que passava a sociedade bra- sileira. diante de um vagão de trem da segunda classe. b) às preocupações da artista em usar as pessoas de segunda classe no seu trabalho.7 Com base nos conhecimentos sobre o período da obra e os movimentos sociais e artísticos da época. a harmonia. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. outra obra de Tarsila. como um modo de induzir à reflexão sobre as diferenças sociais e difundir o comunismo no Brasil. que gostavam de mostrar em seus trabalhos pessoas maltrapilhas e pobres. em “Segunda Classe”. 8 Com base na obra “Segunda Classe” e nos conhecimentos sobre Modernismo e Tarsila do Amaral. visto que. e) Somente as afirmativas I. considere as afirmativas a seguir.

Segall foi um artista inconstante em suas representações. II.) 6 / 22 . 1951. dando a sensação de que não têm vida. III e IV são corretas. considere as afirmativas a seguir. Com isso fariam circular suas posições políticas e também politizariam o público nessa direção. d) Somente as afirmativas I. Os volumes surgem trazendo junto o caráter e a impostação das figuras. Xilogravura . IV. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.. 1952. São Paulo: Nobel. mar-abr. (KOETZ. O realismo sintético das figuras de Segall faz com que as figuras organizadas em torno de um eixo e nas- cendo de um único bloco representem ação e serenidade simultaneamente. V. II e IV são corretas. Em conseqüência o Clube de Gravura surgiu.) Gonçalves. Assinale a alternativa correta. 1984. 1925. marcas da obra deste artista.) (Adaptado: AMARAL. 1952. A. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. Texto IV No início dos anos 1950. b) Somente as afirmativas I e III são corretas.Danúbio Villamil (PRADO. e) Somente as afirmativas II. III. estão sempre apáticas e inexpressivas. 10 Tendo por base a escultura “Três jovens” e seus conhecimentos sobre a obra de Lasar Segall. 183. 1930-1970. A escultura de Lasar Segall reflete a simplicidade de quem vê através de complexo discernimento de um atento desenhista. primordialmente com o fim de financiar essa publicação. pois ficar encerrado no ateliê fez com que ele perdesse a noção da relação homem/natureza. 1951. (Charqueada. E. alguns artistas interessados em organizar um núcleo de intelectuais com afinidades entre si para fazer circular suas posições de esquerda. Arte para quê? a preocupação social na arte brasileira. Leia o texto IV. criaram a revista “Horizonte”. Lavadeiras das malocas. analise as gravuras e responda à questão 11. A. A obra escultórica de Lasar Segall é muito distinta de sua obra pictórica. I. em Porto Alegre. Revista Linoleogravura.) Horizonte. bem como unir aqueles que acreditavam na arte a serviço de um ideário político definido. pois nesta última suas figuras são desproporcionais. p.

no Rio de Janeiro. IV. publicado no Jornal do Brasil em março de 1959. 7 / 22 . c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. 2 e 3. Assinale a alternativa correta. Esses artistas gaúchos queriam mostrar a importância de representar o cotidiano de modo que a arte servisse para a reflexão sobre as misérias e anseios do povo.11 Com base no texto e nas gravuras. d) Somente as afirmativas I. propõem a exploração espacial como uma de suas estratégias criativas. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. d) Somente 1. c) Somente 3 e 4. 12 As diretrizes do manifesto da arte Neoconcreta. I. vê-se que esses artistas desprezavam a abstração e o surrealismo. o excesso de tradicionalismo foi negativo. seja no tridimensional. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. considere as afirmativas a seguir. devido à grande tiragem de cópias. II. 3 e 4. e) Somente as afirmativas II. b) Somente 1 e 4. III e IV são corretas. por meio da temática rural e urbana. Com base nos conhecimentos sobre o Neoconcretismo no Brasil e nas imagens a seguir. valori- zando o drama do povo pela representação naturalista. assinale a alternativa que indica as obras de arte Neoconcreta brasileiras. Embora esse movimento tenha conseguido chamar a atenção do artista para a sua realidade. III. e) Somente 2. São imagens representativas da arte Neoconcreta brasileira: a) Somente 1 e 2. As gravuras produzidas por esses artistas que pretendiam marcar uma posição política definida tinham pouco valor artístico. Pelas gravuras expostas aqui. seja no aspecto bidimensional. III e IV são corretas.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas. não podem ser movidos em todas as direções. obrigando-a a utilizar mão-de-obra especializada da indústria metalúrgica. Lygia Clark ganhou o prêmio de melhor escultura nacional na VI Bienal de São Paulo. d) Somente as afirmativas I. invadindo o espaço circundante. IV. Feito em metal. III e IV são corretas. Assinale a alternativa correta. A possibilidade de manuseio. uma vez que a) os artistas de tal movimento estavam envolvidos com investigações no campo da filosofia e da arte cinética. IV. No neoconcretismo. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. 15 Em 1961. o que gera uma nova estética a partir de então. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. e) os artistas buscavam a essência dos elementos que constituíam a obra de arte. o tempo é duração e confere ao espectador o papel de completar os trabalhos. a pureza formal e concedendo à arte a liberdade conceitual. em virtude disso. b) o neoconcretismo foi o movimento que lançou mão das investigações de ponta na década de cinqüenta e. II e III são corretas. que constituem uma série de objetos articuláveis. 14 Segundo o crítico de arte Ronaldo Brito. I. II. considere as afirmativas a seguir: I. dessa obra dependia de inúmeros fatores que nem sempre os museus e as galerias permitiam. por meio dos recortes feitos nos materiais. c) os artistas desse movimento estavam empenhados em transformar o trabalho em um feixe de relacionamentos complexos com o observador. intrínseca à forma. a caminho de ser transformado em participante. considere as afirmativas a seguir. d) Somente as afirmativas I. fundamentais para os movimentos artísticos posteriores. sua obra passou a ter gran- des dimensões. Desde que Lygia Clark arrebentou a moldura. o que pode ter dificultado o maior acesso a ela. 8 / 22 . estabeleceu novas relações no âmbito formal. já que era propósito do grupo trazer à tona questões subjetivas. II. e) Somente as afirmativas II. apesar de parecerem permitir uma infinidade de movimentos. pelo fruidor. o movimento neoconcreto brasileiro significa um ponto de ruptura da arte moderna no país. d) o neoconcretismo retoma os ideais clássicos da arte universal de beleza e equilíbrio. com os “Bichos”. assumindo uma busca da tridimensionalidade e deixando a obra mais próxima do próprio espaço do mundo. III e IV são corretas. podendo estes ser pintados. b) Somente as afirmativas II e IV são corretas. II e III são corretas. São pertinentes ao neoconcretismo aspectos relativos ao espaço e ao tempo. O neoconcretismo investigava as relações que as formas escultóricas estabeleciam em si mesmas. III. III. Assinale a alternativa correta. recriando- os e vivenciando em seu tempo as possibilidades do espaço com a obra. Nessa série. abrindo precedente para o desenvolvimento da pesquisa que hoje é desenvolvida em laboratórios científicos. Com base nos conhecimentos sobre os “Bichos” e a obra de Lygia Clark.13 Com base nos conhecimentos sobre o neoconcretismo. conquistando. assim. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. Nas obras de Amílcar de Castro. o material utilizado em “Bichos” permite que o plano seja dobrado. O espaço pode ser denomi- nado campo. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. os planos de metal são unidos por dobradiças e. e) Somente as afirmativas I. fica evidente a elaboração do espaço por meio de formas modulares que se multiplicam no espaço.

concedido à obra “Unidade Tripatida”. Hélio Oiticica. . Lasar Segall. os Bólides. Eliseu Visconti. participou do movimento Neoconcreto. b) Cândido Portinari. 3 e 5.O prêmio da 1ª. d) Cícero Dias. Mais tarde. realizou os Núcleos. Ismael Nery. Bienal de São Paulo.O Neoplasticismo de Mondrian. e) 2. Henrique Bernadelli. Flávio de Carvalho. b) 1. d) 2. c) Tarsila do Amaral. Alfredo Volpi. Vitor Meireles. Victor Brecheret. (1) (3) (2) (5) (4) a) 1. Vicente Monteiro. 4 e 5. Franz Weissmann. c) 1. Rodolfo Amoedo. Amilcar de Castro.A vanguarda russa (suprematismo e construtivismo). Iniciou sua atuação artística a partir das pinturas chamadas de Metaesquemas. 3 e 4. Com base nos conhecimentos sobre a arte nas décadas de 1950 e 1960 e sobre o trabalho de Hélio Oiticica. de 1951. depois de Bilaterais. e) Almeida Júnior. Anita Malfatti. as Invenções e. Os postulados ligados às referências acima confluem no interesse por determinadas proposições estéticas que influenciaram os seguintes artistas brasileiros: a) Ivan Serpa. 17 Considere as três referências a seguir. Guignard. de Max Bill. 2 e 3. os Penetráveis. 9 / 22 . Pedro Alexandrino. . em seguida. 4 e 5. por fim.16 Hélio Oiticica foi um dos representantes da vanguarda artística nacional que transformou a arte a partir dos últimos anos da década de 1950 e nos anos de 1960. José Pancetti. os Parangolés e. Jorge de Lima. . Di Cavalcanti. assinale a alternativa que identifica somente as imagens que pertencem à série Bólides.

Assim como a posição da obra é uma das possibilidades. 1951/52. auto-didata. – sem se apoiarem exteriormente na natureza sensível ou na transformação desta. A precisão geométrica é um fator de clareza e de liberdade nessa obra.MAM e São Paulo - Pinacoteca do Estado. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. IV. II. Partindo do cubo como recurso tridimensional e do quadrado como elemento plano. (90 x 90 x 90) cm. retoma os valores clássicos e com voluptuosidade produz uma obra com caracterís- ticas flexíveis. e) Na arte concreta. III. II e IV são corretas. o que torna a obra concreta. (Max Bill. Pode-se dizer que “Cubo Vazado” é considerado uma das primeiras esculturas construtivas brasileiras. 19 Leia o texto a seguir.F. pela busca da síntese da tridimensiona- lidade e pela rejeição a tudo o que é superficial para se atingir a essência. isto é. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. Com isso. 10 / 22 . assinale a alternativa correta.) I. sem intervenção de um processo de abstração. b) As obras da arte concreta são representações abstratas. Aracy A.18 A obra de Franz Weissmann caracteriza-se: pela exploração do espaço. e) Somente as afirmativas II. O artista. Assinale a alternativa correta. d) As realidades criadas pelas obras concretas não enfatizam a linha e a cor. 1936. o vazio ocupa espaço preenchendo-o. o vazio se torna uma outra dimensão. o artista registra sua individualidade pelos seus sentimentos. Aborda questões que dizem respeito à sua terra natal – a Áustria. o artista desarticula o cubo. a) A arte concreta caracteriza-se pela utilização de elementos da industrialização. Denominamos arte concreta as obras de arte que são criadas segundo uma técnica e leis que lhes são inteiramente próprias. d) Somente as afirmativas I. AMARAL. c) A percepção visual é o principal foco da escultura e da pintura concretas. III e IV são corretas. Rio de Janeiro . Observe a obra “Cubo Vazado” e considere as afirmativas a seguir.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre a arte concreta. presente e sensível. in Projeto Construtivo Brasileiro na Arte (1950-1962). que se abre despojado do seu núcleo e equilibrado em uma de suas arestas. 1977. (WEISSMANN. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. Cubo vazado. Metal amarelo.

) I. Têmpera sobre tela. Esta obra é influenciada pelo construtivismo. (90. III. II. A dinâmica espaço/tempo gerada nesta obra disputa a percepção do olhar. pois trabalha apenas com formas estáticas. W. A obra propaga na abstração as possibilidades de uma nova realidade plástica construída somente com os elementos visuais essenciais. 3) cm. considere as afirmativas a seguir. Assinale a alternativa correta. Esta obra propõe uma contradição. (CORDEIRO. 1 × 95. dando assim a idéia de interrupção.20 Com base na obra “Movimento” e nos conhecimentos sobre Waldemar Cordeiro. e) Somente as afirmativas I. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. III e IV são corretas. b) Somente as afirmativas II e IV são corretas. 11 / 22 . dada a organização das formas e das cores. Movimento. II e III são corretas. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. cujos princípios de uma obra de arte deveriam ser o espaço e o tempo. d) Somente as afirmativas I. 1951. MAC/USP. IV.

o fundamento das monarquias absolutistas. Não tinham chefes. Roma. As organizações políticas do mundo medieval europeu estavam fortemente influenciadas por uma concep- ção laica de mundo constituindo assim. Muitos caçadores-coletores organizaram democracias igualitárias. C. 12 / 22 . (Inscrição Funerária. p. na organização sócio-política das soci- edades contemporâneas. assassinato –. IV. e. Não havia hierarquia política ou corporativa que sonhassem galgar. 1984. o que comprova a seletividade das castas militares na Roma Antiga. assim. mas também quase doenças mentais. foi encarregado pelo imperador Antonio Augusto e pelo divino Verus do abastecimento do exército e ganhou uma lança pura. III. Leia o texto a seguir e responda à questão 22.) 22 Com base no texto e nos conhecimentos sobre as organizações políticas. foi feito por este mesmo imperador procurador da pavimentação das ruas e prefeito dos veículos.C. o que comprova a dissolução das antigas castas da sociedade imperial. por inter- médio de uma eficiente estratégia de propaganda. b) descreve as funções públicas que um homem livre pobre exerceu ao longo de sua vida. Bilhões e Bilhões. chamado também Ceionius e Aelius. liberto de Lucius César. se crimes sérios fossem cometidos – va- mos dizer. No mundo romano do século II d. Trabalho compulsório na Antiguidade. e) representa o dia-a-dia de um homem pobre que. d) descreve o quotidiano de um nobre pertencente à aristocracia. um estandarte e uma coroa mural. Nicomedes. ao longo de sua vida. o que comprova a existência de um processo de mobilidade social na Roma imperial.HISTÓRIA Leia o texto a seguir e responda à questão 21. a ganância e a arrogância eram consideradas não só males sociais. c) trata de um ex-escravo que deixou registrado em seu epitáfio o processo de ascensão econômica e política pelo qual passou ao longo de sua vida. trabalhou como funcionário público. quase não havia roubo e experimentavam pouca inveja.C. o que comprova a eficácia da mobilidade social na Roma republicana. 37. julgava e punia o criminoso. procurador das contas municipais. C. In: CARDOSO. coletivamente. as mulheres tinham um poder político real e tendiam a ser uma influência estabilizadora e moderadora. democracia representativa.) 21 É correto afirmar que o texto a) representa o quotidiano de um aristocrata rural empobrecido e que se tornou funcionário público para sobreviver. Texto VI Os caçadores-coletores em geral não representavam perigo para si mesmos. foi distinguido pelo divino Antonino com o cavalo público e com o sacerdócio de Caenina. pode-se afirmar. 138. Rio de Janeiro: Graal. não representou a eliminação das estruturas hierárquicas partidárias e sindicais. cujas atividades principais durante a República eram a guerra e o comércio o que comprova a impermeabilidade dessa casta aos novos ricos vinculados às atividades agrícolas. foi criado de quarto de Lucius César e preceptor do divino Verus imperador. bem como com o pontificado menor. o bando. O estabelecimento do governo do povo. constituíram a organização sócio-política democrática impondo leis igualitárias aos habitantes do império. São Paulo: Companhia das Letras. indicando uma mobilidade social descendente. p. por vários motivos: suas economias tendiam a ser saudáveis (muitos dispunham de mais tempo livre do que nós): tinham poucas posses por serem nômades. está enterrado aqui com sua mulher Ceionia Laena. os patrícios. Texto V Lucius Aurelius. e teve como decorrência um reforço das corporações. 1998. evidenciando que este se tornou rico e poderoso. II. A democracia de massa como representação sócio-política moderna foi adotada pelo fascismo. influenciados por suas colônias gregas e pelos ensina- mentos de seus filósofos. antes que os meninos começassem a se ocupar das flechas envenenadas. I. com o poder secular. (SAGAN. Século II d. F.

e) Somente as afirmativas II. c) resultaram na hegemonia franco-britânica sobre os mares. In SEBILLOT. p. Leia os textos a seguir e responda à questão 23. e) representaram o triunfo da ciência e da tecnologia resultantes das concepções cartesianas e. b) propiciaram o fim do monopólio que espanhóis e italianos mantinham sobre o comércio das especiarias do oriente através do domínio do mar Mediterrâneo. é correto afirmar que as navegações a) constituíram uma realização sem precedentes na história da humanidade. II e III são corretas. o que prolongou esta hegemonia até o final da Primeira Guerra Mundial. quantos filhos em vão rezaram! Quantas noivas ficaram por casar para que fosses nosso. a) O mercantilismo consistia na liberalização das barreiras nacionais para o comércio. croyances et superstitions de la mer. fazendo com que a colonização das novas terras descobertas dependesse da marinha mercante daquele país para a manutenção das ligações comerciais entre os demais países europeus e suas colônias no restante do mundo.) 23 Com base nos textos e nos conhecimentos sobre o tema da Expansão Marítima dos séculos XV e XVI. 13 / 22 . Portugal e Espanha garantiam para si a maior fatia da riqueza das suas colônias. tornou-se rapidamente uma das principais fontes de acumulação de capital nas colônias e nas metrópoles. 24 Com base nos conhecimentos sobre os sistemas coloniais. Obra poética. Légendes. Paris: 1886. o que. permitiu a realização da acumulação originária de capital e. dada a importância que adquiriu. 82. 1969. Rio de Janeiro: Aguilar. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Devido ao comércio colonial. é correto afirmar. d) propiciaram o domínio da Holanda sobre os mares. visando enriquecer as nações através da livre competição. Texto VII Mais vale estar na charneca com uma velha carroça do que no mar num navio novo. levando a fé cristã aos nativos. a longo prazo.) Ó mar salgado. tais como a ameaça que representava o desconhecido e o fracasso de grande parte das expedições. a serviço do estado português. c) Na América portuguesa. o financiamento do processo de implantação da indústria naval. uma vez que as expedições revelaram os limites do mundo e propiciaram rapidamente formas seguras de transposição oceânica. Holanda e França. privilegiando o mercado externo e abrindo-se ao comércio internacional. b) As 13 colônias inglesas desenvolveram a colonização de exploração. em fins do século XIX. a destruição de lendas e mitos sobre o Novo Mundo. através desta. expandir as fronteiras brasileiras e combater a escravidão indígena. e) O tráfico de escravos africanos. a despeito das tentativas holandesas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. Assinale a alternativa correta. d) Somente as afirmativas I. F. P. deixando os resíduos da opulência para países como Inglaterra. p. quanto do teu sal São lágrimas de Portugal? Por te cruzarmos. conseqüentemente. (Provérbio holandês. 73. uma vez que foram os franceses e os portugueses. uma vez que foram muitos os obstáculos a serem superados nesse processo. as entradas e bandeiras visavam. quantas mães choraram. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. ó mar! (PESSOA. que desapareceram no mar. que realizaram o périplo africano e encontraram o caminho para as Índias. III e IV são corretas.

b) Os conquistadores europeus. um exército pago para combater.25 Com base nos conhecimentos sobre a formação dos estados e a expansão comercial e colonial européia. A teoria política do período sacralizou a figura do monarca. constituía um grande avanço. Com os Estados Nacionais constituídos. é correto afirmar. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. (HUBERMAN. Progressos técnicos na área da navegação. c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. p. o cultivo do campo ficava ao encargo das mulheres. com harmonia. 1977. Holanda. novos territórios foram encontrados. Rio de Janeiro: Zahar.. História da riqueza do homem. sem depender da lealdade de um senhor. a católica. Podia contratar e pagar um exército pronto. sempre a seu serviço. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. e) A conquista empreendida pela Espanha deveu-se à Rainha Isabel de Castela. porque com o dinheiro o rei podia dispensar a ajuda militar de seus vassalos. baseada na autoridade suprema do Papa. Assinale a alternativa correta. Quanto ao trabalho. assim como o desejo de romper o monopólio comercial inglês no Mediterrâneo. 80-81. I. Seria também um exército melhor. Os soldados feudais não tinham preparo. IV. ao se depararem com as populações nativas. porque tinha uma única ocupação: lutar. II. d) Somente as afirmativas I. econômico e científico para empreender expedições mais seguras. a) Dos países que se destacaram no período da expansão ultramarina – Portugal. nem organização regular que lhes permitisse atuar em conjunto. III e IV são corretas. ao passo que os homens cuidavam da parte comercial. Texto VIII [.) 26 Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema. Inglaterra e França – a nação inglesa destacava-se por possuir potencial militar. III e IV são corretas. administrativo e econômico. Por isso. da imprensa e da medicina contribuíram para a viabilidade de tal empreendimento. encontraram culturas muito semelhantes à européia em termos de sistema político. ocupados e colonizados. a Igreja continuou a ocupar um espaço importante dentro dos reinados. os cidadãos estavam prontos a auxiliá-lo com empréstimos em dinheiro. que financiou a expedição de Cristóvão Colombo com o dinheiro de suas jóias – contra a vontade da Inquisição espanhola. Isso era importante. já que afirmava serem os reis escolhidos por Deus para exercer o governo. e sempre pronto quando dele se necessitava. é correto afirmar. A organização de exércitos sob o comando do rei contribuiu para o processo de formação dos Estados Nacionais. III. Em recompensa pela sua ajuda. L.] O rei fora um aliado forte das cidades na luta contra os senhores. 14 / 22 . A decadência da burguesia possibilitou o fortalecimento do poder real e a constituição dos Estados Naci- onais europeus. c) As chamadas “Navegações” ocorreram num contexto de expansão comercial do Oriente. Tudo o que reduzisse a força dos barões fortalecia o poder real. d) Como conseqüência do processo expansionista. Leia o texto a seguir e responda à questão 26. e) Somente as afirmativas II. bem treinado e disciplinado.. As Américas portuguesa e espanhola procuraram transformar esses espaços em centros produtores para complemen- tar e dar continuidade ao seu fluxo comercial.

seria levado de roldão pelos declives. de um lado. levando-os às revoluções socialistas. provocou o descontentamento dos trabalhadores. Leia o texto a seguir escrito pelo antropólogo Claude Lévi-Strauss com base em observações que fez viajando pelo Norte do Paraná. p. no riacho que corria ao fundo de cada vale. o qual. de outro. elaborada após as independências.. que visava ao estabelecimento do monopólio co- mercial com as colônias ibéricas. dez. 1996. b) A invasão francesa na Espanha contou com a simpatia da Inglaterra e da Prússia que buscavam acabar com o monopólio espanhol no comércio com as colônias americanas. é correto afirmar.] era impossível saber se existia vida na região: os lotes compridos encostavam. O resultado dessas lutas foram sentidos por todas as classes sociais envolvidas. a manutenção do Pacto Colonial pela metrópole deixava à margem do processo a classe dominante colonial. escraviza- dos desde o período da conquista e expropriados de suas terras – ejidos. que conduziu as revoluções nas diversas regiões e contribuiu com a quebra da exclusividade comercial entre a metrópole e a ex-colônia..] germinavam entre os troncos das grandes árvores [.. perto da água. d) O Pacto Colonial. a) O motivo para as independências e conseqüente formação dos Estados Nacionais americanos pode ser encontrado na experiência política do Pacto Colonial imposto pela Inglaterra. b) Os movimentos de independência que aconteceram nas diversas regiões da América hispânica contaram com a participação de camponeses. Rosa Freire d’Aguiar. na estrada. c) Assim que terminaram as lutas pelas independências na América hispânica. e) No período das lutas pela emancipação na América portuguesa. foi responsável pelo enriquecimento dos produtores de merca- dorias na América. as primeiras colheitas sempre fabulosas [. uma vez que estes podiam contar com um mercado consumidor e distribuidor de seus produtos. sem a interferência da Espanha. Tristes trópicos.. sobressaiu-se a figura do caudilho. a) A forma de organização econômica das colônias das Américas portuguesa. junto com o outro que alimentava a floresta desaparecida cujas raízes fariam falta para retê-lo. São Paulo: Companhia das Letras. vinte ou trinta para que essa terra de Canaã adquirisse o aspecto de uma paisagem árida e devastada? (LÉVI-STRAUSS. Texto IX Quando se percorria a região a cavalo ou de caminhão [. o que contribuiu ainda mais para a crise do sistema colonial. hispânica e anglo-saxônica refletia os interesses dos setores mercantis das respectivas metrópoles e. que se iniciou a colonização. e) No caso da América espanhola. de imediato. 28 Baseado nos conhecimentos sobre a formação dos Estados Nacionais americanos. As chuvas de inverno se encarregariam de decompô-las em húmus fértil. cresceu a classe dos produtores de matérias-primas e de bens de consumo.. 27 Com base nos conhecimentos sobre a crise do sistema colonial. C. nas primeiras décadas do século XX. A burguesia que havia se constituído nas colônias era a principal consumi- dora desta produção. que se baseava no livre comércio.) 15 / 22 .. A Constituição Americana. a ‘derrubada’ foi subindo lentamente a encosta [. formalizou e legalizou o direito de todos à liberdade. Quantos anos. líder militar e proprietário de terras. d) A conformação dos Estados Nacionais veio em auxílio dos nativos. em especial pelos trabalhadores rurais nativos. denominados “índios de caráter dócil”. mas foi embaixo.. por contrastar com as perspectivas da nova ideologia liberal do século XIX. nos primeiros vinte anos do século XIX. que puderam reaver parte da terra que lhes pertencia. c) Nas Américas. em função de um comércio intercolonial intenso e vantajoso. Trad. a elite crioula assumiu o poder político das regiões recém-independentes e não empreenderam mudanças que proporcionassem a todas as classes usufruir dos resultados da emancipação.]. que era produtora e tinha interesse na liberdade de comércio e na condução dos seus negócios.] no fundo dos vales.. 113. assinale a alternativa cor- reta. e responda à questão 29. indígenas e burgueses. à igualdade racial.

II e III são corretas. e) Somente as afirmativas II. In: ALMEIDA. B.. Assinale a alternativa correta. 1997. II. IV. A previsão feita pelo autor. São Paulo: Ática. M. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. I. Novara. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. concretizou-se ao final do século XX. A derrubada da floresta no alto das colinas e a manutenção de vegetação rasteira nos fundos de vale faz com que a chuva leve pelos declives o húmus. cujo resultado inevitável seria a desertificação de áreas onde anteriormente existiam florestas. causando o assoreamento dos mananciais. Embora houvesse nos anos de 1930 uma crença generalizada no progresso e na inesgotabilidade dos recursos naturais. T. 2002. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. Geografia.L.) 16 / 22 . III e IV são corretas. III. p. (Atlante geografico metodico De Agostini. 30 Analise o mapa a seguir. considere as afirmativas. RIGOLIN.29 Com base no texto e nos conhecimentos sobre os processos de colonização. A deterioração do meio ambiente – com a derrubada de florestas que provoca a erosão – surge originaria- mente no desenvolvimento agrícola da sociedade capitalista. 319. das conseqüências de um processo colonizador predatório. Instituto Geográfico De Agostini. havia também grupos sociais que se indagavam sobre as conseqüências ambientais do desenvolvimento. d) Somente as afirmativas I.

as forças da antiga ordem ainda estavam suficientemente dispostas e poderosas para resistir e retardar o curso da história.) 17 / 22 . entre os países da África negra. Angola e Moçambique. este foi o setor mais duramente atingido pela conversão da Europa rural em industrial. Embora perdendo terreno para as forças do capitalismo industrial. alimentos. O mar Mediterrâneo. à exceção da Rússia. (MAYER. a partir de 1917. resolvido a impor a sua primazia. designava na antigüidade o domínio sócio-político pretendido e exercido pelos romanos na costa africana banhada pelo mar. que havia sido sua incubadora. 31 Sobre a Revolução Industrial nos séculos XVIII e XIX. na qual os anti- gos servos rurais foram transferidos para as indústrias urbanas. III. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. é uma região extremamente estratégica para o domínio militar devido ao escoamento do petróleo extraído da península arábica. bebidas). c) Embora detivessem o poder político. e) Por não haver complementaridade entre a atividade industrial e a pecuária (gado bovino. a) Uma condição indispensável para a transição do artesanato para a manufatura e desta para a indústria moderna foi a concentração da propriedade dos meios de produção nas mãos do capitalista. financiada pelos pequenos proprietários rurais. p. Por toda a Europa. sofreram intensos conflitos militares no século XX. Mesmo assim. 1987. Assinale a alternativa correta. II. III e IV são corretas. A Grande Guerra foi antes a expressão da decadência e queda da antiga ordem. onde se desmoronou o antigo regime mais obstinado e tradicional. tendo em vista os conhecimentos referentes à construção das Pirâmides depositados na biblioteca de Alexandria. e) Somente as afirmativas II. considere as afirmativas. que do explosivo crescimento do capitalismo industrial. Leia o texto a seguir e responda à questão 32. A. Texto X A Grande Guerra de 1914 foi uma conseqüência da remobilização contemporânea dos anciens regimes da Europa. b) O crescimento industrial na Inglaterra resultou em um processo conhecido como “segunda servidão”. lutando para prolongar sua vida. Com base no mapa e nos conhecimentos sobre a importância política e econômica dos continentes africano e asiático ao longo dos séculos. 13-14. chamado no Império Romano de “mare nostrum”. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. O estreito de Gibraltar. localizado entre a Eritréia e o Irã. depois de estruturada essa base. se necessário recorrendo à violência. no mar Vermelho. ovino). A força da tradição: a persistência do Antigo Regime. promover o fascismo e contribuir para a retomada da guerra total em 1939. IV. sendo esta. en- volvendo grande parte de sua população nos princípios doutrinários de tendência socialista. O Egito representa. ex-colônias portuguesas. aquele que mais se destaca tecnologicamente. após 1918-1919 as forças da permanência se recobraram o suficiente para agravar a crise geral da Europa. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. tanto a burguesia rural como a aristocracia urbana não possuíam capitais que possibilitassem o desenvolvimento da Revolução Industrial. d) Somente as afirmativas I. d) A industrialização na Grã-Bretanha iniciou-se com a instalação de indústrias de bens de capital (aço e maquinário) e. portanto. visando ao aumento de produtividade das mesmas. I. as pressões de uma guerra prolongada afinal abalaram e romperam os alicerces da velha ordem entricheirada. II e III são corretas. São Paulo: Companhia das Letras. é correto afirmar. partiu-se para a produção de bens de consumo semi-duráveis e não duráveis (tecidos.

b) resultou do confronto entre as forças da permanência e as forças de mudança. como a Alemanha e a Áustria. 33 Compreender o processo revolucionário socialista ocorrido na Rússia de 1917 implica discernir historicamente os seus autores e as atitudes assumidas por eles. pode-se afirmar. b) O processo revolucionário leninista colocou um ponto final no período feudal soviético dos Petrogrados. organizador das barricadas sindicais na Praça Vermelha. exilado na Rússia. criado por Marx e Engels em pleno vigor da lei de exceção imposta pelo Czar Nicolau II. bem como disciplinando as relações capitalistas. d) Marx e Bakunin elaboraram os princípios revolucionários de uma sociedade socialista. se integraram ao exército vermelho chefiado por Kerensky. III e IV são corretas. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. especialmente depois do triunfo da Revolução Russa. na revolução. considere as afirmativas a seguir. assumiu o poder no processo revolucionário expulsando o Czar e nomeando como seu líder no congresso socialista. d) Somente as afirmativas I. política pela qual o Estado Nacional interveio na economia. estendendo-se dos Estados Unidos para todos os países capita- listas. criaram o terreno pro- pício ao surgimento e à expansão dos regimes totalitários do final do século. c) foi conseqüência do triunfo da indústria sobre a manufatura. e) Proudhon. levando ao choque das potências capitalistas imperialistas. injetando recursos públicos em reformas sociais e econômicas. estabelecendo a estratégia da guerra total contra o exército branco. Após a Primeira Guerra Mundial. IV. O excesso de intervenção dos Estados Nacionais na economia foi a principal causa da Grande Depressão. Assinale a alternativa correta. do escravismo decadente e do capitalismo em ascensão. foram auxiliadas em sua reconstrução econômica pelas potências vencedoras. tendo apoiado os comunistas russos. 18 / 22 . vencendo assim a guerra revolucionária. O impacto da Crise de 1929 foi mundial. Trotski. II. desenvolvidos ou não. Inglaterra e França. Stalin. III e IV são corretas. a Grande Depressão começou a ser combatida através do New Deal. I. as nações derrotadas. com pesados investimentos nos setores de energia e siderurgia. é correto afirmar que a Primeira Guerra Mundial a) teria sido resultado dos conflitos entre as forças da antiga ordem feudal e as da nova ordem socialista. tornando-se adversários. isto é. c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. a) O partido comunista russo. o que provocou uma concorrência em nível mundial. no entanto. organizou os operários em sindicatos comunistas que. unindo os co- merciantes revolucionários das principais cidades e os camponeses como anteriormente havia ocorrido na Revolução francesa de 1789. ao desestimular o crescimento econômico da iniciativa privada. e) engendrou o nazi-fascismo. adotou táticas de guerrilha de elevada eficácia sócio-política. distanciaram-se. Nos Estados Unidos. devido aos inten- sos debates entre eles sobre a forma como o processo deveria ocorrer. pois a burguesia européia.32 De acordo com o texto. c) O comandante do exército bolchevique. 34 Com base nos conhecimentos sobre a crise econômica mundial do período de 1929. e) Somente as afirmativas II. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. III. d) foi produto de um momento histórico específico em que as mudanças se processavam mais lentamente do que fazem crer os historiadores que tratam a guerra como resultado do imperialismo. Desta forma.

como também um motivo para tantas adesões dos indivíduos ao regime nazista de Hitler. os partidos fascistas perderam poder. as experiências históricas fascistas na Alemanha e na Itália tiveram violenta oposição das suas burguesias industriais e financeiras. realizando a mesma função. com a garantia de saúde. mostra não somente uma prática violenta e cruel. não havia mais limites políticos internos para o que se tornava. e) Depois de chegarem ao governo. caracteristicamente. c) O nazismo. a reconstrução física e a restauração política da Alemanha e do Japão efetuaram-se sem apoio ou investimento de capital internacional. educação e seguridade social. a) Nos fascismos alemão e italiano. Führer). (HOBSBAWM. 37 Considere as afirmativas. a perseguição dos alemães aos judeus. pg. b) Os fascismos originaram-se do socialismo e. mas. As organizações paramilitares do nazismo (tropas de assalto) e do fascismo italiano (squadristi) nasceram para substituir os partidos fascistas enfraquecidos. pela defesa nacional (exacerbando o racismo e a xenofobia) e por um Estado policial. devido ao seu caráter nacionalista. e na verdade (como na Itália) por iniciativa do velho regime. elegendo a Alemanha como a única pátria e território dos alemães. mobilizador de massas. Tem consigo o gérmen da guerra e é fortemente amparado pela propaganda. ou seja. embora na Itália e na Ale- manha se explorasse muito a retórica de se “tomar as ruas” e “marchar sobre Roma”. A violência de caráter militar e psicológica configura-se em base de sustentação dos regimes totalitários. O totalitarismo. a partir da década de 1980. e) O custo menor da mão-de-obra e a conquista de novos mercados consumidores foram dois dos principais motivos para a expansão das grandes corporações capitalistas nos países pobres e/ou em desenvolvimento. c) A revolução feminina do pós-guerra implicou a valorização profissional das mulheres. uma vez no poder. Texto XI [. d) A partir da década de 1990.) 36 Com base no texto e nos conhecimentos sobre os fascismos na Itália e na Alemanha. ou a eliminação de todos os rivais. que passaram a ganhar. é correto afirmar.. São Paulo: Companhia das Letras. o centro da ação política deslocava-se das aristocracias econômicas e/ou políticas para o partido único. A Era dos Extremos: o breve século XX (1914-1991). através de pesada carga tributária. A transferência total de poder. E. a) Após o final da Segunda Guerra Mundial. de uma forma “constitucional”. uma vez realizada. Nos dois casos o fascismo chegou ao poder pela conivência com. os países mais ricos do mundo abriram suas fronteiras para trabalhadores estrangeiros sem qualificação. e tomava posse completamente onde podia.. não reivindicava territórios de outros países. 1995. O nazismo é um regime considerado totalitário. caracterizou as políticas capitalistas neoliberais. 35 Sobre a economia internacional após a Segunda Guerra Mundial. ele se recusava a jogar segundo as regras dos velhos jogos políticos. culminando com o holocausto. como punição por terem causado o conflito.] em nenhum dos dois Estados fascistas o fascismo “conquistou o poder”. 19 / 22 . mais do que os homens. d) Os fascismos italiano e alemão estimulavam a luta de classes e os conflitos industriais entre o capital (burguesia) e o trabalho (proletariado). Leia o texto a seguir e responda à questão 36. Caracteriza-se pelo poder forte e autoritário (sujeição da população). a desenfreada ditadura de um supremo “líder” populista (Duce. por este motivo. A novidade do fascismo era que. 130. em média. no século XX. com a globalização e a abertura de fronteiras comerciais. I. é correto afirmar. b) A manutenção do “Estado de Bem-Estar” (Welfare State). II. demorou mais na Itália que na Alemanha (1933-4). teve um êxito incontestável. No caso da Alemanha.

IV. Dessa forma. considere as afirmativas a seguir. desenvolve umas e outras. III e IV são corretas. b) Somente as afirmativas III e IV são corretas. Assinale a alternativa correta. e a instauração de regimes totalitários na Europa fez recrudescer as tentativas de implementar uma outra realidade histórica. Os regimes totalitários nasceram no final da II Guerra Mundial com a finalidade de evitar que o poder caísse nas mãos da esquerda. II. regional. que havia distribuído terras para os camponeses. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. sob o regime de Joseph Stalin. recriando-se em outros níveis. c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. III. O. III e IV são corretas. A sociedade global. As mesmas condições que alimentam a interdependência e a integração alimentam as desigualdades e contradições. c) Somente as afirmativas I e II são corretas. Contando com o apoio de setores burgueses e liberais de oposição à ditadura de Fulgêncio Batista. com a intenção de restringir a democracia e impedir uma crise do mundo capitalista. O temor ao “perigo vermelho” e a conseqüente disseminação da proposta socialista apontava para o estabelecimento de uma nova ordem mundial. 2003. e) Somente as afirmativas II. III e IV são corretas. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. I. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. opositora ao imperia- lismo norte-americano. por meio da organização da luta de classe contra os proprietários dos meios de produção (burguesia e latifundiários). que lideraram o movimento social em direção ao socialismo. O nazismo e o fascismo nasceram como uma ofensiva à Revolução Russa. II e IV são corretas. A concepção marxista de revolução socialista enfatiza a direção proletária do processo revolucionário. a) Somente as afirmativas I e III são corretas. promovida por Lenin durante a revolução bolchevique. pode-se considerar que esse projeto político configura-se em uma obra de poucos homens. A coletivização das terras na União Soviética. Texto XII A globalização não apaga nem as desigualdades nem as contradições que constituem uma parte impor- tante do tecido da vida social nacional e mundial. a Revolução Cubana. em aliança com a burguesia industrial. III. com novos ingredientes. e) Somente as afirmativas II. em seu início. d) Somente as afirmativas I. em âmbito tribal. efetuou-se contra a reforma agrária anterior. d) Somente as afirmativas I. 38 Sobre as revoluções contemporâneas. Ao contrário.) 20 / 22 . 127. Assinale a alternativa correta. continental e global. (IANNI. IV. Leia o texto a seguir e responda à questão 39. nacional. p. A Revolução Chinesa foi desencadeada pelos operários das grandes cidades industriais. não possuía o caráter socialista.

conseguiu baixar a inflação. d) Somente as afirmativas I. II e III são corretas. Em seu governo deu-se o início da abertura política de uma forma lenta e gradual. III. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. então Ministro do Planejamento. que o AI-5 foi revogado. aumentar o valor dos salários e pagar mais da metade do valor da dívida externa do Brasil. Com o processo de abertura política. quando o PT (Partido dos Trabalhadores) colocou o nome de Luis Inácio Lula da Silva para concorrer à presidência. pois ela garante o estabelecimento de regimes democráticos no mundo. c) Num mundo globalizado. II. 40 Considere as afirmativas a seguir sobre o Brasil contemporâneo. O General João Batista Figueiredo foi o sucessor do presidente Ernesto Geisel e deu continuidade ao processo de abertura política do Brasil. As diferenças ideológicas e pessoais ficaram mais explícitas no pleito de 1982.39 Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema globalização. e) Somente as afirmativas II. no ano de 1979. a) A importação do cinema norte-americano e da literatura européia configura-se em um dos aspectos da globalização que afeta positivamente o Terceiro Mundo. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. que é parte integrante das sociedades. b) A revolução tecnológica constitui-se na grande conquista da era da globalização. a desigualdade. IV. ao mesmo tempo. 21 / 22 . as eleições no Brasil voltaram a ser democráticas. seletiva. assumiu a presidência o general Ernesto Geisel. a política econômica do país foi marcada pelas benesses do milagre econômico. A partir de 1980. pois não envolve todas as regiões. permitindo que os cidadãos tivessem liberdade relativa para voltar a se manifestar politicamente. é correto afirmar. Delfim Neto. I. Foi no final de seu mandato. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. e) A globalização caracteriza-se pela valorização das culturas locais visando à criação e à implantação de democracias multiculturais nas Américas e na Ásia. Em 1974. III e IV são corretas. Assinale a alternativa correta. desaparece em função do desen- volvimento igualitário da relação de produção material e cultural. atividades e segmentos sociais. d) A globalização constitui-se em um fenômeno de abertura das economias rumo a uma integração mundial e é. A eleição de Figueiredo mostrou que o país começava a seguir uma outra orientação política ao derrotar o candidato linha dura das Forças Armadas.