You are on page 1of 8

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS

Laboratório de Controle e Inspeção
Curso Engenharia Metalúrgica

Relatório de Controle e Inspeção
Ensaio de Microdureza pelo Método Vickers

Professor: Ubirajara Domingos de Castro

Alunos:
Cícero Medeiros Viana
Lucas Silva Gouthier Caldas
Nilton Calzavara Moreno

Belo Horizonte
21 de Março de 2017

Cícero Medeiros Viana Lucas Silva Gouthier Caldas Nilton Calzavara Moreno Controle e Inspeção R elatório apresentado ao programa de graduação em Engenharia Metalúrgica da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais como requisito parcial para a aprovação na disciplina Lab. Orientador: Ubirajara Domingos de Castro. de Controle e Inspeção. Belo Horizonte 2017 .

......... 2 2.....................................1 Materiais utilizados.............................................................................2 3........ QUESTÕES PROPOSTAS.................................................... ANÁLISE DE RESULTADOS..................................5 ........................... CONCLUSÃO............................................................................................................................................................... 2 3..........................4 6.....2 Procedimento experimental................................................................................................................................................................................... REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS......2 4...................... INTRODUÇÃO.................................4 5...... PARTE EXPERIMENTAL...................................................................4 7.............................................................. OBJETIVOS................................................................................... 1 Sumário 1......2 3..........

e complementar essa avaliação a partir da análise micrografica da amostra. #220.2 mm em função do aumento do tamanho das impressões).  Solução de XX. Essa preparação visa minimizar irregularidades superficiais (carepas.1 mm (nas duas últimas medidas. OBJETIVOS O principal objetivo da prática é avaliar o perfil de microdureza da camada superficial de uma engrenagem pelo método Vickers. 2 1. Foram estabelecidos 30 segundos de contato do penetrador com a peça. o tempo de contato do penetrador com a superfície da amostra. 3. e distância entre as medições de 0. INTRODUÇÃO 3. ampliação de 400x. carga de 1kg. riscos. Os dados de distância em relação à extremidade e a diagonal da impressão foram anotados.2 Procedimento experimental A amostra de aço (engrenagem) foi recebida com a superfície previamente preparada para realização do ensaio de microdureza Vickers. a amostra foi levada ao microdurômetro para obtenção da primeira impressão. pontos de oxidação. a ampliação da lente e a distância progressiva de uma medida em relação a outra (da superfície ao centro da peça). #400 e #600. Inicia-se o ensaio determinando padrões do processo como carga a ser utilizada.  Amostra de Aço (Engrenagem). (Polimento)  Microscópio óptico/ eletrônico de varredura. . cementada superficialmente e temperada. etc. a distância entre as medições foi aumentada para 0. 2.1 Materiais utilizados  Microdurômetro (Dureza Vickers). (Ataque químico)  Disco giratório com solução de alumina/pasta de diamante. #320.  Lixas com granulometrias de #120. PARTE EXPERIMENTAL 3.) para que o ensaio tenha os resultados mais fiéis possíveis. Com essas definições.

7mm e 0. #220. a amostra foi submetida em sequência a cinco lixadeiras rotativas com as seguintes granulometrias: #120. #320. 0.1 mm e esse foi repetido com distâncias de 0.4 mm. finalizou-se o ensaio de microdureza Vickers e retomou- se o processo de preparação de amostras para que essas estejam prontas para análise em microscópio óptico. assim esses valores da diagonal medidos foram divididos por dois. 0.3 mm. 0. Depois de lixada e polida. #400 e #600.2 mm.5 mm. A amostra foi levada ao microscópico óptico e os resultados tanto do ensaio de microdureza quanto da micrografia revelada serão objetos de estudo . de acordo com as tabelas da apostila usada. Nesta etapa. a amostra foi lavada e seca com o auxílio de um secador e álcool comum. que consiste no ataque químico da amostra que foi imersa na solução de XX com o intuito de revelar a microestrutura do material. Esse procedimento garante a eficácia da próxima etapa. fez-se a conversão de unidades para obtenção do valor de microdureza. O primeiro procedimento foi feito com distância de 0. 0.9 mm até que a variação dos valores de microdureza obtidos na conversão indicasse uma estabilização. Obtidos todos os dados. Com a obtenção dos valores de distância e diagonal. Como as etapas de lixamento não são suficientes para a obtenção de uma superfície espelhada e com um bom acabamento superficial. 3 Nota-se que a ampliação de 400x gerou uma diagonal com o dobro do tamanho em relação aos padrões do microdurômetro (operado com 200x de ampliação). foi utilizado um disco giratório coberto por pasta de diamante para polimento.

2 0.7 0. R: . 4 4.3 0.0615 490 0.084 263 0. ANÁLISE DE RESULTADOS Os dados medidos no ensaio de microdureza Vickers foram expressos na Tabela 1.0425 1027 0. QUESTÕES PROPOSTAS 1.044 958 0.9 0.Faça um gráfico representativo do perfil de microdureza da camada superficial da engrenagem.1 0.1005 182 0. Distância (mm) Diagonal (mm) HV 0.1005 182 Tabela 1: Relação dos dados obtidos no ensaio de microdureza Vickers.5 0.4 0.051 713 0. CONCLUSÃO 6. 5.

Quais as causas de erro no método de ensaio de microdureza? R: Os erros nos ensaios de microdureza normalmente são ocasionados por erro de medida das diagonais. 5.4 0. . O objetivo é que a camada superficial obtenha dureza superior ao seu núcleo.7 0.Qual a espessura aproximada dessa camada? R: 3.5 0.8 0. 4.9 1 Distância da extremidade da peça (mm) 2. devido ao seu pequeno tamanho quando aplicadas cargas pequenas.3 0. uma vez que a utilização de uma maior ampliação necessita de uma superfície mais bem polida.Como podem ser explicadas as variações de dureza ao longo da camada? R: Quanto mais ao centro da peça. deformações na superfície correspondem à grande parte dos erros. menor será a dureza no local.2 0. 5 Microdureza Vickers x Distância da Extremidade da Peça 1200 1000 800 600 Microdureza Vickers (HV) 400 200 0 0 0. que conserva sua tenacidade. R: A cementação é um processo termoquímico que consiste em adicionar carbono à camada superficial de uma peça. Isso acontece pelo fato da área ao centro da peça possuir menor quantidade de carbono do que as extremidades.1 0. Além disso.Faça uma pequena pesquisa sobre cementação.6 0.

ed. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CASTRO.. LEITE. de Paula. 8. Curso de ensaios não-destrutivos dos metais. e é aquecida durante tempo e temperatura pré-determinados. podendo ser líquido ou gasoso (mais utilizado). . A temperatura elevada permite a transferência dos átomos de carbono para a superfície da peça por meio de reações químicas. a amostra ela é envolvida em um "cemento". RETHWISCH. 6 Durante o processo. Metalografia. David G. Paulo G. Ensaios Mecânicos e Tratamentos Térmicos: Manual de Laboratório – engenharias. 7. William D. Ciência e engenharia de materiais: uma introdução. Ubirajara Domingos. CALLISTER.