You are on page 1of 2

As sete maravilhas do mundo.

Certa vez um professor em uma aula de história, abordou o assunto das sete maravilhas do
mundo antigo, Pirâmide de Quéops, Jardins suspensos da Babilônia, Estátua de Zeus em Olímpia,
Templo de Ártemis em Éfeso, Mausoléu de Halicarnasso, Colosso de Rodes, Farol de Alexandria,
assunto este que gerou um grande interesse dos alunos e discussões calorosas.

Ao final da aula, vendo o tamanho interesse demonstrado pela turma, o mestre pediu aos
estudantes, que fizessem uma lista do que eles consideravam as sete maravilhas. Embora houvesse
algum desacordo entre os alunos, começaram os votos a serem dedicados a várias obras: O Taj Mahal,
A Muralha da China, a Torre Eiffel, O Canal do Panamá, O Grande Canyon, O Empire State Building, A
Basílica de São Pedro e outros

Ao recolher os votos, o professor notou uma estudante muito quieta. A menina não tinha virado
sua folha ainda, levando ao professor a perguntar a ela, se tinha problemas com sua lista. A menina
quieta então respondeu:

- Sim, um pouco. Eu não consigo fazer a lista, porque são muitos.

O professor disse:

- Bem, diga-nos o que você já tem e talvez nós talvez possamos ajudá-la.

A menina hesitou, então leu:

- Eu penso que as sete maravilhas do mundo sejam: Ver, Ouvir, Tocar, Provar, Sentir, Rir e Amar.

A sala então ficou completamente em um silêncio ensurdecedor.

O conto acima Leva a todos nós, a refletir intensamente sobre estes eventos, se não vejamos:

1º) - Não é maravilhoso, quando todos os dias ao acordar e abrimos nossos olhos e vemos o
milagre de um novo dia;

2º) – Não é maravilhoso, poder todos os dias, ouvir o sorriso de seus maridos, esposas, filhos,
filhas, netos, netas, e todos os outros familiares e amigos;

3º) – Não é maravilhoso, ter a saúde de poder esticar seus braços e mãos, e tocar em tudo aquilo
que desejar;

4º) – Não é maravilhoso, poder a cada dia provar das várias experiências, situações, decisões e
dilemas, que a vida nos apresenta, utilizando de nosso direito divino do livre arbítrio, acumulando
maturidade e vivência ao nosso ser;

5º) – Não é maravilhoso, quando podemos sentir, aquele abraço apertado de seus maridos,
esposas, filhos, filhas, netos, netas, e todos os outros familiares e amigos;

6º) – Não é maravilhoso, podermos rir das mais variadas situações cômicas, que a vida e nossos
familiares e entes amados, nos reservam, a cada dia; e

jamais será revivido. mas tudo mesmo. pena que poucas pessoas conseguem enxergar. que os Anjos e Arcanjos do céu cantem em coro. alegrias. nossos cônjuges. posso agora. (11/03). abra seu coração e o seu amor. viver cada dia os seus crescimentos e de suas infâncias. sinta intensamente o calor do abraço deles. de toda as mazelas deste mundo. incondicionalmente. sentir seus abraços e podê-las abraçar. que o Arcanjo São Miguel as guarde e lhes proteja. participar de seus devaneios e imaginações. e poder amá-las infinitamente. ouvir suas gargalhadas e me chamarem de vovô Mario. não é maravilhoso. a todos que lhe são caros e amados. em seus contos e histórias. 7º) – Enfim. saúde. A vocês duas. pois não a felicidade maior do que acordar todos os dias. Letícia e Gabriella. pois um momento vivido. e também antecipadamente a você Gabriella. pela felicidade de vocês duas. de Amar intensamente. com perfeita certeza eleger vocês.” Tendo isto em mente. Vovô Mario. por isso digo: ”abra os olhos e ouvidos de sua alma. minhas netas. rir de suas travessuras. pois a menor distância entre dois corações é um sorriso. Vovô as ama muito. desejo muitas felicidades. familiares e aqueles nos são caros. como as maravilhas do meu mundo. e poder vê-las brincando. sorria do que a vida lhe apresentar. para aqueles ao seu redor e os abrace sempre que puder. e principalmente. que as maiores maravilhas do mundo estão em pequenas coisas de nosso cotidiano. Feliz aniversário Letícia (03/03). com toda ternura do mundo. que o destino colocar em sua vida. viva intensamente tudo. . ternos esta capacidade diferenciada. nos dada pelo Nosso Criador. Logo se vê. Parabéns as duas pelo seus aniversários.