You are on page 1of 4

Aluno: César Roberto Pereira Bastos

Professor: William de Sousa Dias
Disciplina: Análise e Viabilidade Econômica e Financeira

Atividade extra-classe envolvendo 3 questões:
Pesquisar sobre como se dá a cobrança das seguintes taxas:
 Taxa de Custódia
Taxa de custódia é uma taxa cobrada mensalmente pelas corretoras para armazenar
os títulos ou ações, de um determinado investidor. Esta taxa pode ser um valor fixo, ou
um percentual sobre o valor dos papéis guardados com o objetivo de cobrir seus
custos operacionais junto à CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia).
A cobrança desta taxa pode variar de acordo com cada corretora. Algumas corretoras
costumam isentar seus clientes desta cobrança. Geralmente a isenção está associada
à quantidade de operações realizadas no mês.
Taxa sobre o valor de custódia – é uma taxa mensal que é cobrada de acordo com as
posições em aberto no último dia útil do mês. Posições inferiores a R$ 300.000,00
estão isentas desta taxa, conforme mostra a tabela.

Faixa de valor Taxa (ano)
R$0,01 a R$300.000,00 Isento
R$300.000,00 a R$1.000.000,00 0,0132%
R$1.000.000,00 a R$10.000.000,00 0,0076%

No Tesouro Direto a Taxa de custódia cobrada pela BM&FBOVESPA é de 0,30% a.a.
sobre o valor dos títulos, referente aos serviços de guarda dos títulos e às informações
e movimentações dos saldos. Essa taxa é provisionada diariamente a partir da
liquidação da operação de compra (D+2). Por ser provisionada diariamente, é cobrada
proporcionalmente ao período em que o investidor mantiver o título, e é cobrada até o
saldo de R$1.500.000,00 por conta de custódia.
Outro incentivo é a redução da taxa de negociação da BM&FBovespa. A partir da
terceira compra realizada pelo agendamento prévio, a porcentagem cai de 0,10% para
0,05%, e caso o cliente opte pelo reinvestimento de seus rendimentos, será isentado
desta taxa de negociação.

 Taxa de Corretagem (tipos)
A taxa de corretagem é cobrada em cada operação de compra e venda de ações e
outros ativos de Bolsa. Ela costuma variar de acordo com o tipo de mercado (à vista,
fracionário etc.) e de operação, que pode ser day trade (quando a compra e venda
ocorre no mesmo dia) ou normal (compra e venda em dias diferentes). Os preços
também mudam de acordo com o tipo de serviço que a corretora disponibiliza.
Algumas corretoras cobram uma taxa de corretagem fixa por ordem de compra e
outras utilizam a tabela Bovespa, cujas taxas são proporcionais à quantia
movimentada (comprada ou vendida).

Os que têm fundos com investimentos em ações.90 por ordem  Taxa de Carregamento A taxa de carregamento. Híbrida: a cobrança ocorre tanto na entrada (no ingresso de aportes ao plano). Ela serve para cobrir despesas de corretagem e administração. Essa taxa é a mais frequentemente cobrada e é normalmente expressa em percentual ao ano (% a. Postecipada: incide somente em caso de portabilidade ou resgates. e pode variar de acordo com as condições comerciais do plano contratado. É decrescente em função do tempo de permanência no plano. Como você pode ver. No mercado há três formas de taxa de carregamento. menor será a taxa de carregamento antecipada. Essa taxa é cobrada sobre uma parcela da rentabilidade do fundo que exceda a variação de um índice de desempenho previamente determinado. menor a taxa. salvo quando destinados a investidores qualificados . Porém. Para os Fundos das classes CVM curto prazo. criado para o seu plano. Esta taxa é decrescente em função do valor do aporte e do montante acumulado. quanto na saída (na ocorrência de resgates ou portabilidades).Tipo de operação Autoatendimento Day trade Até R$10 mil Entre R$10 mil e Acima de R$50 R$50 mil mil R$8 por ordem R$10 por ordem R$12 por ordem Posição R$14.  Taxa de Performance Além da taxa de administração. Outros atrelam esse percentual ao saldo investido: quanto maior o volume aplicado.  Taxa de Administração A taxa de administração financeira é cobrada pela tarefa de administrar o dinheiro do fundo de investimento exclusivo. há uma provisão diária e assim o valor da cota publicado diariamente pelo gestor já está líquido de taxa de administração. Na maioria dos casos. a cobrança dessa taxa não ultrapassa 5% sobre o valor de cada contribuição que você fizer. Nos dois casos. não deixe de pesquisar antes de escolher seu plano de previdência. quanto maior o tempo de permanência. Ou seja. existem produtos que extinguem a cobrança dessa taxa após certo tempo de aplicação. normalmente têm taxas um pouco maiores do que aqueles que investem apenas em renda fixa. por serem mais complexos. menor será a taxa. o efetivo pagamento ocorre mensalmente. contudo. essa taxa cai com o passar do tempo. chamado de benchmark. Ou seja. Para efeito de débito. incide sobre cada depósito que é feito no plano. e remunera o bom desempenho do fundo de investimento.a) sobre o patrimônio líquido do fundo. dependendo do plano contratado. São elas: Antecipada: incide no momento do aporte. desde que previsto em seu regulamento. Na maioria dos casos. de forma a premiar os investidores que mantêm seus recursos aplicados por um período mais longo de tempo. podendo chegar a zero. referenciado e renda fixa é vedada a cobrança de taxa de performance. quanto maior o valor do aporte ou quanto maior o montante acumulado. caso o objetivo de superar o seu benchmark seja alcançado. um fundo de investimento pode cobrar também taxa de performance.

Os emolumentos são cobrados pela BM&FBovespa através de uma taxa fixa para cada tipo de operação. tem incidência de 0. têm uma tributação fixa de imposto de renda de 15% sobre o lucro. que incidem sobre os fundos de investimento de curto prazo e de longo prazo.0275% de Liquidação e 0.02% de Liquidação e 0. sendo 0. As operações normais. sendo 0.  Emolumentos Os emolumentos são taxas de negociação e liquidação que incide na compra e venda direta de ações. dependendo do prazo que o dinheiro do investidor permanece aplicado no fundo de investimento.5% Acima de 180 dias 20% Imposto de Renda sobre os Fundos de Investimento de Longo Prazo Prazo IR (%) Até 180 dias 22. compra e venda de ações efetuadas em pregões distintos.005% de Emolumentos. Os fundos de investimento de ação.ou.  Imposto de Renda sobre investimentos financeiros A alíquota de imposto de renda (IR) varia de acordo com o tipo de fundo de investimento e incide sobre o total de rendimento das aplicações. somente no caso dos fundos renda fixa.005% de Emolumentos. Para as operações realizadas durante os leilões de abertura. São os chamados come-cotas. O imposto de renda que incide sobre estes fundos varia de 22. A grande maioria dos fundos de investimento sofre dedução de imposto de renda na fonte. que é debitada apenas no momento do resgate do investimento.5% De 181 até 360 dias 20% De 361 até 720 dias 17.5% Acima de 720 dias 15% . de fechamento e em Ofertas Públicas de Aquisição (OPA).0325%. se tiverem o compromisso de obter o tratamento fiscal destinado a fundos de longo prazo na regulamentação fiscal vigente. entretanto. tem a incidência de 0.025%. A tabela em destaque resume bem a diferença dos emolumentos de acordo com o tipo de operação. em dois períodos do ano.5% a 15%.0070%. o valor da tarifa de negociação será de 0. compra e venda de um ativo em um mesmo dia. Imposto de Renda sobre os Fundos de Investimento de Ações Prazo IR (%) Independente do prazo de aplicação 15% Imposto de Renda sobre os Fundos de Investimento de Curto Prazo Prazo IR (%) Até 180 dias 22. Já as operações de daytrade.