You are on page 1of 1

One way to prove the assertion is to assume that (x) is monotone and notice

the proof actually make use only of the closedness of upper and lower
contour sets. then the proposition is applicable to (x), implying that it has a
continous utility function. thus, by exercise 3.C.2, (x) is continous.

A more direct proof (without assuming monotonicity or using a utility
function) goes as follows. Suppose that there exist two sequences {x} and
{y} in X such that X>y for every n, X-> (...).

Since (xxx) is open, there exists a positive integer N such that y>x for every
n>N. Conceivably, there are two cases on the sequence (y):

Case1: there exists a positive integer n3 such that yn>y (...)

Case 2: there exists a subsequence (xx) such that (XX) for every n. If case 1
applies, then, by proposition 1.b.(iii), we have Yn>Xn for every N>max(xx).
This is a contradiction. If case 2 applies, then there exists a positive integer
m such that k(m)>n2. Since (XXX) is open, there exists a positive integer n4
such that yn>yk(m) for every n>n4. SInce (xxx) is closes, x>y. But since
k(m)>n2, this is a contradiction

Tradução:

Uma maneira de provar a afirmação é assumir que (x) é monótono e
observar a prova realmente fazer uso apenas do fechamento dos conjuntos
de contorno superior e inferior. Então a proposição é aplicável a (x),
implicando que ela tem uma função de utilidade contínua. Assim, pelo
exercício 3.C.2, (x) é contínuo.

Uma prova mais direta (sem assumir a monotonicidade ou usando uma
função de utilidade) é a seguinte. Suponha que existam duas sequências
{x} e {y} em X tais que X> y para todo n, X-> (...).

Uma vez que (xxx) está aberto, existe um inteiro positivo N tal que y> x
para cada n> N. Concebivelmente, existem dois casos na seqüência (y):

Caso 1: existe um inteiro positivo n3 tal que yn> y (...)

Caso 2: existe uma subsequência (xx) tal que (XX) para cada n. Se o caso 1
se aplica, então, pela proposição 1.b. (iii), temos Yn> Xn para cada N> max
(xx). Isso é uma contradição. Se o caso 2 se aplica, então existe um inteiro
positivo m tal que k (m)> n2. Uma vez que (XXX) está aberto, existe um
inteiro positivo n4 tal que yn> yk (m) para cada n> n4. SInce (xxx) é
fechado, x> y. Mas desde k (m)> n2, isso é uma contradição