You are on page 1of 17

www.passecertoconcursos.

com 2015
Venha realizar seu sonho!

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS
Olá amigos Concurseiros! Vamos tratar do Titulo I da Constituição que é composto por
quatro artigos (art. 1º ao 4º) dedicados aos Princípios Fundamentais. No artigo 1º da
Constituição Federal coloca o nome completo do nosso Estado Brasileiro, vejamos:

Art. 1º A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, formada pela união indissolúvel
dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático
de Direito e tem como fundamentos:

O artigo 1º da Constituição Federal, em seu caput, resume a um só tempo, em uma
única sentença, as características mais essenciais do Estado Brasileiro, devemos
observar certas características que o Brasil difere aos outros países.

O Brasil é uma República, essa é a Forma de Governo adotada em nosso País desde 15
de novembro de 1889. Jose Afonso da Silva Preleciona “é o conceito que se refere à
maneira como se dá a instituição do Poder na Sociedade e como se dá a relação entre
Governantes e Governados”.

A República é a forma de governo onde seu chefe é eleito pelo povo ou seus
representantes, tendo a sua chefia uma duração limitada (por um prazo definido na
própria Constituição).

Temos as principais características:

 Mandato por tempo certo;
 Responsabilidade durante o mandato;
 Eleito pelo Povo

Temos, como exemplos, as Repúblicas populares ou democráticas, Repúblicas
Socialistas ou Comunistas e as Repúblicas islâmicas.

Existe também a forma de governo chamada Monarquia, onde o Chefe de Estado exerce
suas atividades com algumas características diferentes da República. Temos a
Monarquia Absolutista ou Monarquia Constitucional.

A forma de Estado adotada no Brasil é de uma federação. A Federação Brasileira é Composta pela União.assegurar a observância dos seguintes princípios constitucionais: a) forma republicana.passecertoconcursos. sistema representativo e regime democrático. os Estados. Art. a).” União Estados . Entretanto. 34. pois se trata de um princípio constitucional sensível (art. ora transcrito: “Art. DF e Municípios conforme o art. 34. ele deve respeito direto a Constituição e as Leis. onde não respondia por crime de Responsabilidade. 18 A organização político-administrativa da República Federativa do Brasil compreende a União. gerando uma responsabilidade. Estados-membros. A Constituição de 1988 não erigiu a forma republicana de governo ao status de clausula pétrea.membros Entes Federativos Distrito Federal Municípios . nos termos desta Constituição. www. todos autônomos.com 2015 Venha realizar seu sonho! Na Monarquia Absolutista que o Chefe de Estado era totalmente ilimitado. o que significa a coexistência. essa monarquia está muito ultrapassada no cenário internacional. exceto para: VII . VII. Cabe salientar que os Estados-membros deverão observar a forma de Governo adotado pela União. Já na Monarquia Constitucional que o Chefe de Estado mesmo sendo hereditário ou com um mandato mais longo. A União não intervirá nos Estados nem no Distrito Federal. que possuem competências próprias discriminadas diretamente no texto Constitucional. em respeito ao princípio Republicano. o Distrito Federal e os Municípios.18 da Constituição Federal. constitui motivo ensejador para intervenção federal. no mesmo território. de unidades dotadas de autonomia política.

Estados – membros Autarquias Distrito federal Fundações Municípios Empresas Públicas Sociedade de Economia Mista Existem três Formas de Estado: Estado unitário. por meio de Lei. pois comumente as provas trocam as características dessas duas. isto é. Soberano. Devemos observar cada um: É Caracterizado pela centralização político – administrativa.passecertoconcursos. em regra. principalmente porque muitos deles não possuem uma vasta extensão territorial que justifique uma separação de poderes em suas divisões internas. que compõem a Federação. possuem um conjunto de competências ou prerrogativas garantidas pela . onde prevalecem as ações de um Governo Central. Possuem autonomia administrativa e financeira União somente. O Brasil em 1824 era Estado unitário por força de seu Art. As assembleias nesses estados. as quaes poderão ser subdivididas. têm uma existência constitucional e suas atribuições são determinadas por ela e não podem ser unilateralmente modificadas pelo governo central. Federação e Confederação.” O Brasil adota a Federação quer dizer que não temos um Poder Central e sim uma descentralização de atividades entre os Entes Federados. Vejamos: Entidades Federativas Entidades Administrativas São os Entes que compõem nosso Estado São criadas. os estados que se unem para constituir a federação são autônomos. como pedir o bem do Estado. A maioria dos países do mundo é formada de Estados unitários. www. 2 que diz: “O seu territorio é dividido em Provincias na fórma em que actualmente se acha. com entidades Administrativas. Como regra geral.com 2015 Venha realizar seu sonho! Não podemos confundir Entidades Administrativas. para executar um serviço.

Ex: Estados Unidos. como por exemplo. com objetivo de assegurar a defesa externa e a Paz interna. . União Estados Distrito Federal Municípios  Autonomia Financeira Cabe a cada Ente Federado (União. Vejamos as autonomias referentes aos Entes em nossa Federação:  Autonomia política Pela participação direta do Povo na escolha dos Seus Representantes.com 2015 Venha realizar seu sonho! constituição que não podem ser abolidas ou alteradas de modo unilateral pelo governo central. www. É a união permanente de vários Estados soberanos. Suíça. República Árabes Unidos. por meio da Eleição. Estados. Distrito Federal e Municípios) buscarem a sua própria fonte de receita e ao mesmo tempo analisar a sua despesa.a forma federativa de Estado.  Autonomia Administrativa Os Entes Federados possuem capacidade de prestar certas competências previstas na própria Constituição Federal.passecertoconcursos. Lembrando que por força do Artigo 60 paragrafo 4º Art. a Lei de Responsabilidade Fiscal. 60 § 4º Não será objeto de deliberação a proposta de emenda tendente a abolir: I . lembrando que sempre observar as previsões Constitucionais e Legais.  Autonomia Legislativa Através do exercício pleno pelo órgão expressamente Constitucional para exercer as funções Legislativas. competências essas ligadas aos Serviços Públicos e a sua própria Gestão.

com valor igual para todos. III .Analista de Controle Externo – Auditoria) A república e a forma federativa de Estado foram arroladas expressamente como cláusulas pétreas pelo constituinte originário. Art. 14.plebiscito. Todo o poder emana do povo. mediante: I . A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto. Previsto na Constituição Federal em seu artigo 14. uma forma de governo e uma forma de Estado. . nos termos desta Constituição.TJ-DF . que deve. secreto. ademais. que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente.referendo. identificam-se como elementos essenciais do regime democrático: O Princípio da maioria.2008 . Tradicionalmente. Na Constituição Federal em seu Art.passecertoconcursos.TCU . 1° Parágrafo único.2008 .com 2015 Venha realizar seu sonho! II . (CESPE . (CESPE . Gabarito: CERTO. Os Poderes Públicos sejam exercidos por representantes do Povo visando assegurar a todos a igualdade material.Analista Judiciário) A expressão República Federativa enuncia. nos termos da lei. universal e periódico. Na Nossa democracia temos nossos Representantes são eleitos pelo Povo para a atividade política.o voto direto. respectivamente. e. Relaciona-se à necessidade de que seja assegurada a participação popular no exercício do Poder.os direitos e garantias individuais. a obtenção de uma igualdade material entre os indivíduos. Gabarito: ERRADO. II . O Estado democrático traduz a ideia de um Estado em que todas as pessoas e todos os Poderes estão sujeitas ao Império da Lei e do direito. o princípio da Liberdade e o Princípio da Igualdade. IV .a separação dos Poderes. www. ter por fim.

1. O sistema de governo é a maneira pela qual o poder político é dividido e exercido no âmbito de um Estado. ocasionalmente. 99. . O Brasil adotou o Imperialismo na Constituição Imperial de 1824 em seu Art. referendo e iniciativa popular). pois há o Princípio Representativo com os institutos da Democracia Direta (plebiscito. politicamente. para denotar um sistema de governo baseado na coerção. Temos como esse Sistema o Presidencialismo.passecertoconcursos. Já no Sistema Parlamentarista ou atividade Parlamentar em que temos a função de Chefe de Estado e Chefe de Governo. Representa. pela extensão do seu território e riqueza dos seus recursos. dependendo se for República Parlamentarista ou Monarquia Parlamentarista. uma tentativa de unir diferentes nacionalidades ou grupos étnicos sob a direção de um governo que. o Parlamentarismo e o Imperialismo. Em determinados Estados o Chefe de Governo desempenhada pelo Primeiro Ministro. onde a função de Chefe de Estado é exercida pelo Presidente ou Monarca.iniciativa popular. A Pessoa do Imperador é inviolavel. vejamos cada um. hereditário ou de sucessão pessoal. A palavra é usada. Constitucional. 3 diz que: “O seu Governo é Monarchico Hereditario. que muita das vezes é escolhido pelo Parlamento. no qual o imperador governa por uma espécie de direito divino. e Sagrada: Elle não está sujeito a responsabilidade alguma. e Representativo. 3. Temos no Sistema de Governo a relação entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo.” Também no Art. www. ainda. forma um grande poder. Foi um dos fatores decisivos na história antiga e moderna.1 Democracia Participativa Podemos concluir que em nosso Estado vigora a denominada democracia semi direta ou Participativa.com 2015 Venha realizar seu sonho! III .

municípios e Distrito Federal (DF). denominado União. o que limita o próprio poder do Estado e garante os direitos fundamentais dos particulares.Analista – Advocacia) A federação é uma forma de governo na qual há uma nítida separação de competências entre as esferas estaduais.passecertoconcursos. www. Gabarito: CERTO (CESPE . forma de governo e regime político. através de plebiscito.2007 . O Poder Executivo é exercido pelo Presidente da República.SERPRO . Deduz-se do texto constitucional que a República Federativa do Brasil é um Estado de Direito. “Art.” Vejamos algumas questões sobre o assunto! (CESPE .com 2015 Venha realizar seu sonho! O Presidencialismo é a Forma de Governo adotado na nossa Constituição Federal de 1988 onde a União é Representada pelo Presidente da República que é Chefe de Governo e Chefe de Estado.2010 .” Devemos observar que no Ato das Disposições Constitucionais Transitórias em seu Art.Técnico Administrativo) A Constituição Federal de 1988 apresenta os chamados princípios fundamentais da República Federativa do Brasil.CBM-DF – Advogado) A Constituição Federal dispõe que a República Federativa do Brasil. 2º chama o eleitorado Brasileiro para decidir qual FORMA DE GOVERNO (REPÚBLICA OU MONARQUIA CONSTITUCIONAL) e o SISTEMA DE GOVERNO (PRESIDENCIALISMO OU PARLAMENTARISMO).2008 . dotadas de autonomia. formada pela união indissolúvel de estados. e o poder público central. constitui-se em Estado Democrático de Direito. a forma (república ou monarquia constitucional) e o sistema de governo (parlamentarismo ou presidencialismo) que devem vigorar no País.MPU . vejamos o art. 2º: “No dia 7 de setembro de 1993 o eleitorado definirá. Esses dizeres constitucionais definem a forma de Estado e a forma de governo. 76. Gabarito: ERRADO . auxiliado pelos Ministros de Estado. que incluem referências a sua forma de Estado. Gabarito: CERTO (CESPE .

formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal. constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos: I .os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa. a fim de incentivar e oferecer condições propícias à efetivas participação política dos indivíduos na condução dos negócios do Estado. concretamente. II . Gabarito: CERTO Continuando o Artigo 1º da Constituição Federal de 1988 que trata dos Princípios Fundamentais. V . Art. ela nesse momento goza de Soberania. e em âmbito internacional. IV . porem a União quando exerce atividades de chefe de Estado.Auditor Federal) A forma republicana de governo não está gravada expressamente como cláusula pétrea na CF. pois os Entes possuem autonomia.TCU . A Cidadania aqui enunciada com a simples atribuição formal de Direitos Políticos.a soberania. Significa que o Poder do Estado Brasileiro. É necessário que o Poder Público atue. O Constituinte está utilizando essa expressão em sentido abrangente. pois está representando a República Federativa do Brasil. 1º A República Federativa do Brasil.a dignidade da pessoa humana. na ordem interna é superior a todas as manifestações de Poder.2011 . www. devemos observar os seus Fundamentos.a cidadania III . visto que pode ser modificada por plebiscito. . Nota-se que a Soberania é um atributo especifico da República Federativa do Brasil. encontra-se em igualdade com os demais Estados independentes.passecertoconcursos.o pluralismo político. e não apenas em sentido técnico jurídico.com 2015 Venha realizar seu sonho! (CESPE .

assinale a alternativa incorreta: . por via legislativa. e) O Pluralismo político. b) A Cidadania. em classes. julgamento em 3-3-1993. seja de forma contraria as condutas políticas votando nulo ou branco. seja como eleitor ou candidato (engajamento partidário). tampouco no próprio Estado. Plenário.Agente de Controle interno) Acerca dos fundamentos da República Federativa do Brasil." (ADI 319-QO. previstos no artigo 1º da Constituição Federal.com 2015 Venha realizar seu sonho! A Constituição consagra. www. e não em qualquer outro referencial. Vejamos alguns exercícios! (IBFC . abusivo que é o poder econômico que visa ao aumento arbitrário dos lucros. nosso Estado como uma organização centrada no ser humano. Gabarito: Letra “D”. pode o Estado. em corporações. regular a política de preços de bens e de serviços. DJ de 30-4-1993. (CONSULPAM . A razão de ser do Estado Brasileiro não se funda na propriedade. para conciliar o fundamento da livre iniciativa e do princípio da livre concorrência com os da defesa do consumidor e da redução das desigualdades sociais. exceto: a) A Soberania. Moreira Alves.SURG .passecertoconcursos. seja por meio da participação popular no processo político. das diversas correntes de pensamentos e grupos representantes de interesses existentes no seio do corpo comunitário. nos processos de formação de vontade geral. assegura que. d) A Prevalência dos direitos humanos. Esse inciso configura o Brasil como um Estado obrigatoriamente Capitalista e. em organizações religiosas. "Em face da atual Constituição. desde logo.2014 . c) A Dignidade da pessoa humana.PC-RJ – Papiloscopista) Todos os enunciados abaixo correspondem a fundamentos da República Federativa do Brasil. Rel. ao mesmo tempo. em conformidade com os ditames da justiça social. nas relações entre Capital e Trabalho será reconhecido o valor social deste ultimo.2014 .) Que a nossa sociedade deve reconhecer e garantir a inclusão. Min.

. exercer as funções de Governo. b) os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa. Função Típica: As funções do legislativo são de legislar e fiscalizar o executivo. Entre os poderes existe uma divisão flexível das funções estatais. Função Atípica: São a legislativa e a de julgamento. além de gerir. Em cumprimento a função fiscalizadora cabe ao Congresso Nacional realizar a fiscalização. www. Assim. o Executivo e o Judiciário. tipicamente. ou Princípio da divisão Funcional do Poder do Estado. o Poder executivo também legisla (expedição de medida provisória) e julgamento (contencioso administrativo). na qual cada poder termina por exercer. evitando a concentração de todo o Poder do Estado nas mãos de uma única Pessoa. Montesquieu publicou a Obra “Do espírito das Leis”. Previsto no Artigo 2º da Constituição Federal. Gabarito: Letra “D”. com atribuições políticas. com três objetivos distintos: intervenção. financeira e orçamentaria. cabe a ele elaborar as normas gerais e abstratas. contábil. c) o pluralismo político. onde identificou três funções distintas pelo Poder Soberano. política e administrativamente. Função Típica: Incumbe.passecertoconcursos. independentes e harmônicos entre si. operacional e patrimonial do Poder executivo. Teve sua ideia na antiguidade Grega por Aristóteles. co-legislativas e de decisão. 2º São Poderes da União. em certa medida todas as funções do estado. o Legislativo.com 2015 Venha realizar seu sonho! a) a dignidade da pessoa humana. a coisa pública. No século XVII e XVIII. e a função administrativa. onde dividia o exercício dessas funções entre órgãos independentes. Este Artigo Consagra o Princípio da Separação dos Poderes. ora transcrito: Art. d) erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais. fomento e prestação do serviço público. No desempenho da função legislativa.

dizer e aplicar o direito às controvérsias a ele submetidas. nenhum Poder (órgão) poderá transferir função que lhe é típica ou expressamente prevista como atípica a outro. não existe supremacia entre os Poderes Legislativo. de observância obrigatória por parte dos administrados. em certas ocasiões. contudo. coercitivamente. sendo cada um dotado de uma função típica. Gabarito: ERRADO Conforme disposto na Constituição Federal de 1988.passecertoconcursos. quando dispõe sobre sua organização interna. como. em caráter definitivo. Função Típica: é a chamada função jurisdicional. www. especialmente. Dessa forma. c) Legislativo possui a atribuição de funções administrativas.TC-DF . por exemplo. de atribuições próprias dos outros. O Legislativo exerce a função administrativa quando dispõe da organização interna e sobre a criação de órgãos públicos. licenças. é INCORRETO afirmar que o Poder a) Judiciário tem como função típica a jurisdicional. (CESPE . diante do princípio da indelegabilidade de atribuições. já na função atípica legislativa quando produz normas aplicáveis no seu âmbito. com base na lei. pela qual lhe compete. Com relação aos poderes do Estado e suas funções. sem excluir. Executivo e Judiciário. . lembre-se de que a Constituição Federal erigiu à categoria de clausula Pétrea a separação dos Poderes.com 2015 Venha realizar seu sonho! Função Atípica: As funções atípicas do Poder Legislativo são administrar e julgar.2014 . no caso de os atos exorbitarem a competência constitucionalmente estabelecida. que consiste no provimento de decisões. exoneração etc). Exemplo: regimento interno dos tribunais. A função de julgamento ocorre.Técnico de Administração Pública) Sendo os poderes da República independentes e harmônicos entre si. o exercício. as ações praticadas pelo Poder Executivo não se submetem ao crivo do Poder Legislativo. b) Executivo tem como funções precípuas a de fiscalizar e controlar a legalidade dos atos emanados pelo Poder Legislativo. submetendo-se apenas excepcionalmente à apreciação do Poder Judiciário. por cada um deles. quando o Senado Federal julga certas autoridades da república no crimes de responsabilidade. Por fim. Função Atípica: na função administrativa quando administra seus bens e serviços de pessoal (férias.

por tempo indeterminado. idade e quaisquer outras formas de discriminação. Gabarito: Letra “B”. possibilitando a todos iguais oportunidades para alcançar o pleno desenvolvimento de sua personalidade. Crime resultante de preconceito. cor. na forma desta Lei. os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça. desse objetivo na busca de erradicar a pobreza temos no art. Art.erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais. pois só podem exercer a sua aplicação após o poder público criar a lei destinando os recursos necessários para implementação das necessidades.C 67/10 Prorrogam-se. . imediata e possivelmente não integral. www. justa e solidária. previsto na Lei 9. raça. Valem como base nas prestações positivas que venham a concretizar a democracia econômica (Jose Afonso da Silva). religião ou procedência nacional. As Normas Programáticas são normas de eficácia limitada. etnia. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I .459/97 art. Gabarito: ERRADO.construir uma sociedade livre. Constata-se que esses objetivos têm em comum assegurar a igualdade material entre os brasileiros. sexo.Analista) As normas programáticas são normas de eficácia contida. IV . 79 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. sem preconceitos de origem.MS .com 2015 Venha realizar seu sonho! d) Legislativo.2013 . tem a função de legislar e fiscalizar. III .garantir o desenvolvimento nacional. 1º Serão punidos. cor. II . o prazo de vigência do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza a que se refere o caput do art. Com efeito. 1º da E.promover o bem de todos. (CESPE . com aplicabilidade direta. exercendo também os controles político-administrativo e financeiro-orçamentário.passecertoconcursos. de forma típica.

são classificadas como a) análogas. b) hermenêuticas.independência nacional. como programas das respectivas atividades.Analista) No tocante à aplicabilidade.TRT 22ºR . c) andrógenas. os direitos humanos prevalecem à própria soberania. assegurando-se que no âmbito interno. as normas constitucionais que não regulam diretamente interesses ou direitos nelas consagrados. os Estados não devem sofrer ingerência na condução de seus assuntos.2010 . pode levar o Brasil a apoiar a interferência de outros Estados naquele. IV . Art. Consagra o Princípio da não subordinação no plano internacional. Obs: nada mais é do que a manifestação da soberania no âmbito internacional II .não-intervenção. V – igualdade entre os Estados. III . d) programáticas. www. pretendendo unicamente a consecução dos fins sociais pelo Estado. e) satisfativas. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios: I . mas que se limitam a traçar alguns preceitos a serem cumpridos pelo Poder Público. Gabarito: Letra “D”.com 2015 Venha realizar seu sonho! (FCC . Respeita-se a soberania de cada um. . São inúmeros exemplos concretamente ocorridos. Em casos de extrema afronta a esses direitos por um Estado.prevalência dos direitos humanos.autodeterminação dos povos.passecertoconcursos.

Mostra que o Brasil tem uma posição de resolver os problemas internacionalmente de forma amena e tranquila. o país foi temporariamente suspenso do bloco. entre a Argentina. . X . Decorre da prevalência dos direitos humanos. O Tratado de Assunção foi um tratado assinado em 26 de março de 1991.O Parágrafo único enuncia um objetivo a ser alcançado pelo Brasil no plano internacional. esse fato tornou possível a adesão da Venezuela como membro pleno do MERCOSUL a partir do dia 31 de julho de 2012.defesa da paz. Em virtude da remoção de Fernando Lugo da presidência do Paraguai.O MERCOSUL é apenas um embrião. Parágrafo único. Vamos fechar essa parte com exercícios! . . Aos Estrangeiros que estejam sendo perseguidos por crime político ou de opinião é concedido a eles asilo político. visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações.com 2015 Venha realizar seu sonho! VI . buscando o dialogo e a solução pacífica. Paraguai e Uruguai.concessão de asilo político. no plano internacional. com o objetivo de criar um mercado comum entre os países acordados formando então. política. social e cultural dos povos da América Latina. www. pois só alcançou a integração econômica.passecertoconcursos.cooperação entre os povos para o progresso da humanidade. Esses Princípios Consubstanciam o reconhecimento da Soberania. como elemento igualador dos Estados. Brasil.solução pacífica dos conflitos.repúdio ao terrorismo e ao racismo. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica. onde o nosso Estado em âmbito internacional é contra qualquer forma de terror e preconceito racial. VII . o que popularmente foi chamado de MERCOSUL (oficialmente Mercado Comum do Sul). VIII . IX .

Oficial) Sobre os objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil.passecertoconcursos. a: a) soberania .2014 .2014 . 02. d) Todos estão corretos.Analista Judiciário) Considerados os princípios fundamentais da Constituição Federal. b) fundamentos da República Federativa do Brasil. Repúdio ao terrorismo e ao racismo Assinale a alternativa CORRETA.SEFAZ/RJ .Analista) No âmbito dos princípios constitucionais aplicáveis ao Estado brasileiro. Construir uma sociedade livre. c) objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil. b) Somente I está incorreto. 03. atua o da federação. em nome do Estado.com 2015 Venha realizar seu sonho! 01. Nesse âmbito. a) Somente III está correto.2013 . d) entes federados que formam a República Federativa do Brasil. www. e) elementos dos Poderes próprios aos entes federados brasileiros. analise os itens abaixo: I. (CEPERJ . (FCC . (UPENET . a “prevalência dos direitos humanos" e a “igualdade entre os Estados" são dois dentre os a) princípios que regem a República Federativa do Brasil nas suas relações internacionais. O pluralismo político II. a União Federal exerce. justa e solidária III. c) Somente I e III estão incorretos.TJ-AP .PM-PE .

c) Voto. qual é o método de seleção do presidente e como se formam. veto e referendo popular. No Parlamentarismo e no Presidencialismo. a) Mandado de segurança. No presidencialismo.Analista) O Parlamentarismo e o Presidencialismo são sistemas ou formas de governo que estruturam o funcionamento. habeas corpus. a composição e a relação entre os Poderes (principalmente. (CS/UFG . entretanto gozam de autonomia ilimitada. referendo e iniciativa popular. o método de seleção do chefe do Poder Executivo nacional são distintos e explicitam a formação dos Poderes em cada um dos sistemas. plebiscito. os Poderes Executivo e Legislativo? a) O presidente é escolhido por eleição direta e os Poderes são formados de maneira independente.com 2015 Venha realizar seu sonho! b) autarquia c) democracia d) simetria e) autonomia 04. ação popular.passecertoconcursos. consulta popular e sanção de projeto de lei.2014 0 TJ/PA .2015 . 06. iniciativa popular e ação civil pública.MS . voto. Executivo e Legislativo) em um país. e) Voto.Analista) Os estados-membros não possuem a soberania. entre si. d) Eleição. (VUNESP . ação popular. www. veto de projeto de lei e ação popular.Auxiliar) Assinale a alternativa que contempla somente instrumentos constitucionais de exercício da soberania popular. (CESPE . 05. . b) Iniciativa popular.2010 .

passecertoconcursos.com 2015 Venha realizar seu sonho! b) O presidente é escolhido por deputados e senadores eleitos diretamente e a formação de um Poder ocorre em dependência da do outro. d) O presidente é escolhido pelo Congresso e a formação dos Poderes ocorre em mútua dependência. 5. 3.ERRADO. 6. www. c) O presidente é escolhido por eleição direta.C.C. Gabarito: 1. 4.A.A . 2.A. mas seu mandato deve ser ratificado pelo Congresso Nacional e os Poderes são formados de maneira interdependente.