You are on page 1of 6

1

HIDRÁULICA

PROF. M. Sc. LUIZ HENRIQUE POLEY – lhpoley@gmail.com

CAPÍTULO 1: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HIDRÁULICA

1 – INTRODUÇÃO

MECÂNICA DOS FLUIDOS → Estuda o equilíbrio e movimento dos fluidos e
suas interações com os sólidos.

HIDRÁULICA → Ramo da Mecânica dos Fluidos direcionada para os
problemas práticos e seus métodos de resolução envolvendo a água e
demais líquidos.

HIDRODINÂMICA: Estudo dos líquidos em movimento

RAMOS DA HIDROSTÁTICA: Estudo dos líquidos em repouso
HIDRÁULICA
HIDROMETRIA: Medição de vazões nos escoamentos

2 – SISTEMAS DE UNIDADES

Todo sistema de unidades é construído fixando-se algumas grandezas como
unidades fundamentais.

Os principais sistemas de unidades utilizados na Hidráulica são:

Sistema Internacional (SI) → Unidades fundamentais massa (Kg)
tempo (s)
comprimento (m)
temperatura (K)

A unidade de força no SI é o Newton.

conforme a figura abaixo: 4 – PROPRIEDADES DOS FLUIDOS 4. o fluido “espalha”.1 – MASSA ESPECÍFICA (ρ) Razão entre a massa e o volume: . 3 – DEFINIÇÃO DE FLUIDO FLUIDO → Substância que se deforma continuamente sob a ação de uma tensão de cisalhamento. ou seja. 2 Sistema Gravitacional Inglês → Unidades fundamentais força (lbf) tempo (s) comprimento (ft) temperatura (R) (Rankine) Sistema Técnico Inglês → Unidades fundamentais força (lbf) massa (lbm) tempo (s) comprimento (ft) temperatura (R) (Rankine) Sistema Métrico Absoluto (CGS) → Unidades fundamentais massa (g) tempo (s) comprimento (cm) temperatura (K) A unidade de força no Sistema Métrico é o Dina.

2 – DENSIDADE (d) Razão entre a massa específica do fluido em questão e a da água a 4⁰ C e condições de atmosfera padrão: d = ρ/ ρH2O Importante nos cálculos: ρH2O = 103 kg/m3 ou 1. 3 No sistema gravitacional inglês a massa específica tem unidade slug/ft3 4.4 – VISCOSIDADE (µ) Medida da resistência do fluido ao escoamento.3 – PESO ESPECÍFICO () Produto da massa específica pela gravidade: No sistema gravitacional inglês o peso específico tem unidade lbf/ft3 4. .94 slug/ft3 4.

01P Gravitacional inglês: slug/ft.6 – TENSÃO SUPERFICIAL () Resultado das interações intermoleculares do líquido. . Em tubos de pequeno diâmetro. sendo muito utilizado o submúltiplo centipoise (cP) → 1cP = 0.s A razão entre a viscosidade e a massa específica define a viscosidade cinemática:  = µ/ ρ Unidades: m2/s (SI) e stoke (Sistema métrico) 4. a tensão superficial produz a chamada ascensão capilar. 4 A viscosidade é definida em função da equação abaixo:  = Tensão de cisalhamento µ = Viscosidade du/dy = Gradiente de velocidade Unidades: SI: Pa.s Sistema Métrico: poise (P). A tensão superficial produz o “efeito película” nas moléculas do líquido.

R = raio do tubo . 5 Mosquito sustentado pelo “efeito película” da água. Menisco formado em tubo de ensaio A ascensão capilar pode ser calculada pela equação: Tensão superficial  = ângulo de contato líquido/sólido.

.3mm.65 cP.s 2 – Considere duas placas infinitas separadas por uma camada de fluido de espessura 0. Obtenha sua viscosidade cinemática se sua viscosidade absoluta é 5 x 10-3 Pa.3 m/s. 6 g = gravidade ρ = massa especifica EXERCICIOS (RESOLVIDOS EM AULA): 1 – A massa específica de um óleo é 850 Kg/m3. Determine a tensão na placa em lb/ft2. Obtenha sua densidade. A placa superior se movimenta com velocidade de 0. O perfil de velocidade do fluido e linear. A viscosidade do fluido e de 0.