You are on page 1of 11
ISEL Mecanica dos Solos 1° Epoca de Exame 2011-01-21 PARTE TEORICA A.oy tol (2,0 Val) 1. Considere dois solos que, através do sistema de classificagao unificado, foram classificados com 05 simbolos CH e GW. Diga qual o tipo de solo a que corresponde cada um dos referidas s{mbolos. Diga ainda que ensaios terdo sido necessérios para permitir a determinagio dos referidos simbolos de classificagao e descreva sucintamente um deles. (1,0 Val) 2. Diga o que entende pelos seguintes indices Fisicos de um solo: (2,0 vat) (2,0 val) (1,0 vat) + Porosidade; ~ Peso Volimico Saturado; = Peso Voltimico Aparente Seco; + Grau de Saturagso; - Densidade das particulas. 3. Diga quais as diferencas entre os trés ensaios de compressio triaxial tipo UU, CU e CD, relativamente, quer ao modo de execucao de cada um deles, quer também aos parémetros que se podem determinar. 4. Diga qual a metodologia que devera seguir para determinar o Coeficiente de Permeabilidade de um solo (k), apés a realizaco de um ensaio em edémetro. Refira-se em particular as construcdes gréficas e aos calculos a efectuar para obtengao do k. 5. Diga o que entende por Grau de Consolidacao e por Factor Tempo. ISEL, 21 de Janeiro de 2011 (Classificacao: 8,0 valores / Duracao do teste: 45m) ISEL : MecAnica dos Solos 1? Epoca de Exame 2011-01-21 PARTE PRATICA 1. Considere que sera executado um aterro de grandes dimensdes sobre o terreno representado na figura © referido aterro ira funcionar como pré-carga, de forma a methorar as caracteristicas resistentes da camada de argila, e serd executado directamente sobre a superficie do terreno existente, sendo composto or material granular que deverd ser compactado de forma a atingir um grau de compactacao de cerca de 95%, a que correspondera um peso volumico total médio de cerca de 21 kN/m’, que se desenvolveré em toda a sua extensio com uma espessura de 4m. oo SEE Gap OD FEE PE NE Depésitos de Cobertura ‘Yj = 16,9 N/m? am Argila Saturada Y-a2num? 1.610" mvs “18m (1,5val)—_ Represente os diagramas das tenses verticats (Totais, Intersticiais e Efectivas), ao longo dos estratos, logo apés a execucdo répida do aterro. 2. Para controlar os assentamentos que irdo ocorrer na camada de argila, foi retirada uma amostra indeformada de um furo de sondagem a 2,8 m de profundidade, a qual foi submetida a um ensaio edométrico tendo sido determinada curva de compressibilidade que se junta em anexo e calculado o Indice de Vazios “in situ” de @) = 0,80. (1,5 val) 2.1 - Calcule a tensdo de pré-consolidacdo da argila e diga como a designaria quanto ao processo de consolidacao ocorrido. (1,5 val) 2.2 - Calcule o assentamento total a longo prazo, que o aterro ira provocar na camada argila. 3. Para o desenvolvimento de um projecto com vista a captacdo e distribuigao de Aguas serd necesséria a construgao de uma barragem de terras em aterro. Assim, foi desencadeada uma campanha de prospeccao, de forma a avaliar a existéncia de potenciais zonas de empréstimo para exploracao de solos. A partir da analise laboratorial de uma das amostras identificadas obtiveram-se os seguintes resultados: Ensaio de peneiracao: Pt=500g Peneiro 10 20 40 60 100 200] Peso Retido (g) 72,6 83,4 58,2 67,4 61,3 mn | Ensaio da Concha de Casagrande: 7 Capsula N° 7 a 5 43 Peso da cépsula (8) 368 | 301 | 22 | 405 “Amostra himida + cépsula (g) | 175,1 | 1832 | 190.0 | 179,4 Amostra seca + cépsula tg) | 124,0 | 130,5 | 1386 | 1318 N° de pancadas 2 18 35 6 Ensaio do Limite de Plasticidade: Ensaio 1 z 3 4 @ 92 | 196 | 189 | 176 Ensaio de compactagao “Proctor Modificado”: "ys (N/m?) 20,50 | 20,98 | 21,19 | 20,38 | 18,89 o %) no | 10 | wr | 79 | 6A (1,0 val) 3.1 - Trace a curva granulométrica do soto. (1,0 val) 3.2 - Determine os respectivos Limites de Atterberg. (1,0 val) 3.3 - Determine os parametros de compactaco obtidos no ensaio “Proctor Modificado”. 4. Considere uma amostra de um soto saturado com um Peso Vollimico Aparente de 20,8 kN/m3, (2,0 val) Qual serd o seu Teor em Agua sendo a Densidade das suas particulas de 2,65. 5. Considere que foi realizado um ensaio de compressao triaxial tipo CU com 3 amostras duma argila saturada, tendo-se obtido os seguintes resultados: (upay | PressHe Aplicada | Pressio Aplicada [Pressdo intersticial na Camara ina Prensa na Rotura, Amostra A 100 213 32 Amostra B 200 376 z Amostra C 350 672 69 (1,5 val) 5.1 ~ Determine os parmetros resistentes do solo, quer totais quer efectivos. (1,0 val) 5.2 - Calcule a pressio intersticial verificada na rotura da Amostra B. Duracéo do teste: 1h30m ISEL, 21 de Janeiro de 2011 a Turma: Aluno N° (ies) 0 00 ‘ 100 08 o7 3 Numero de goipes / Profuadtdade MS. - 1? Epoca de Exame (21-01-2011) L Ee RES DA PARTE PRATICA 1 = 21 kNim3 x 4 m= 84 kPa °. wu 241 19908 08 pts 169 9782 4 BS=oE yi=02+ 10-102 ona. asr72 104 sa72 ora ie2eno 4100180 a7 72198 or 0 Go= 2992 O'0= 16,9. x08 + 8.2x2,0= 29,92 kPa o> Op >a 22 130 kPa =078 Of=G'o+ A’ =29.94 84 AH=HoxAe / (1+e0) = Solo NORMALMENTE CONSOLIDADO 13.9 kPa Ae 11 x 002/ (140.80) = e(C) = 0,42 x eo = 0,34 80 - 0,78 = 0,02 12cm 3.1° "Ensaio de peneiracao: 2 Peso Total(g)= 500 Penciro 10 20 0 © 100 | _200 Peso Retida( g) 726 aa | 582 [ oa | os | 71 Peso Passado( a) ar saa [zee | ote | 157 | 064 % Passado a5s% | oae% | 72% | 437% | stan | 17.2% Curva Granulométrica Son 28 a rs 3.2 Ensaio da Concha de Casagrande: [Capsula ne 7 zi 5 a [Amostra Hamida + Capsuia (a) | 1751 | 183.2 190 175.4 [Amostra seca + Capsula (6) wa [1305 | 1386 | 1378 Peso da Capsula (a) 38.8 | 39.1 a2 40,5 ~ Peso de agua (a) sit | 27 S14 478 Peso das Particulas (g) 52 | 914 96.4 913 [Teor em agua ( % ) soo% | s7.m% | saa% | 52.1% IN? de pancadas 2 18 35, 5 ae Limite de Liguidez | 60% 50% 56% Teor em Agua 54% 52% 36% 32 33 Ensaio do Limite de Plasticidade: Ensaio 1 2 3 4 oH) 92 | 196 18,9 [Limite de Plasticidade: 19% Indice de Plasticidade: 37% Ensaio de compactacao “Proctor Modificado”: [Peso Volumico total (Nim) o3_[ 298 | 219 | 2038 | 1889 [Teor em agua (%) 7m a 70,1 79) ot [Peso Volmico Seco(kNim') | 14,30 | 1890 | 19.25 | 19 | 17.80 ‘Boot = 9.7% Curva de Compactagao: { Yamax = 19,30 kNim? Curva de Compactacéo 19,30 19,10 18,90 18,70 18,50 18,30 18,10 17,90 17,70 17,50 Peso Volumico Seco 50 60 70 80 90 100 140 120 130 ‘Teor em agua 4: c we Xohaneancho CARAS or. sil Cs CBN mp 2rtecle catuecdl : Vow) A ore ) w Le) | p08 2 2ejs Vet tO /s = 492-965 / Ww A eP oo vs ~ 1a | W = og ~A0 2 210" 10,9 = 46,2 ve wh0 = a) Ware vurx 40 = ve Ws = 26,5V5 = pee «965° (er 109 = 38 x100 =~ 20% v/s A4,2 ALL Kas 4 Pressio | Pressto | Pressio a ra jeessticat| os | ot | o's | oft (Pa }] camara | Prensa | na Rotura Amosta A wo | as | a too | ors |e | oa Amostra B 200 | ave 2 zo | se | 2 ? ‘AmasttaC so | s7 | 60 aso | soae | car | 959 wy Tensbes Totais: = 25° 30 kPa 9 ° Tensoes Efectivas: = 28° @ co 30 kPa Fone Aorcsttes FE: oh