You are on page 1of 1

 ESTILO PERSA

Jardins bastante elaborados no seu aspecto cênico e utilitário, servindo não só para a
contemplação como também para o deleite daquele povo. Espelhos d’água figuravam em
meio às alamedas onde eram plantadas espécies perfumadas; árvores frutíferas compunham
na paisagem compartilhando a presença de roseiras, jasmins, ciprestes ou murtas no mesmo
espaço, tendo como forração espécies exóticas e floríferas.

 ESTILO EGÌPCIO:
Surgido há mais de 2.000 a. C., originou-se na agricultura, passando a figurar nas casas
mais abastadas como ornamentação. Suas linhas eram bastante simétricas e ordenadas
horizontalmente, sendo a vegetação sempre contida intramuros. Dentre as espécies
utilizadas na composição desses jardins, vamos encontrar figueiras, palmeiras, lótus, e
papiros. O traçado obedecia rigidamente às motivações astrológicas determinadas pelos
sacerdotes, configurando as normas religiosas daquela época.