Ligas com Memória de Forma

• SMA (Shape Memory Alloys): são ligas metálicas que
recuperam deformações permanentes quando aquecidas
acima de uma certa temperatura (efeito de memória de
forma).
• Materiais: NiTi é a liga mais comum.
• Duas fases estáveis:
– AUSTENITA:
• fase em temperaturas altas
• estrutura cúbica

– MARTENSÍTICA:
• fase em temperaturas baixas
• dutil (facilmente deformável)
• estrutura monoclínica
b
a≠b≠c
α γ
α = γ = 90o ≠ β Fonte: SmartLab, Texas A&M Univ.
c β a 1

monoclínica) • A transformaçào é altamente influenciada pela tensão mecânica aplicada e pela temperatura. e sem ocorrência de difusão.cúbica) em uma fase de menor simetria (martensita . Transformação Martensítica • É uma transformação que ocorre por cisalhamento de planos cristalográficos. por nucleação e crescimento da fase martensítica de uma fase inicialmente austenita . • Ocorre transformação de uma fase de alta simetria (austenita . 2 .

• Neste caso. Fonte: SmartLab.Transformação sem Variação de Forma • Resfriamento sem aplicação de cargas: transformação de austenita para martensita geminada (acomodada) • Com aquecimento. retorna à fase austenítica. praticamente não há variação de forma. Texas A&M Univ. 3 .

Essa deformação é facilmente conseguida. • Entretanto. 4 . como num fio de solda. Transformação após Aplicação de Carga Mecânica • Se for aplicada uma carga mecânica no material na fase martensítica geminada (a baixa temperatura). com o aquecimento acima da temperatura A0f o material recupera sua forma original de fase austenítica. Texas A&M Univ. Fonte: SmartLab. ocorre ocorre uma desgeminação da estrutura com uma deformação correspondente.

Transformação com Aplicação Contínua de Carga Fonte: SmartLab. 5 . Texas A&M Univ.

6 . Texas A&M Univ. Fonte: SmartLab. • É semelhante à elasticidade. sendo chamado pseudoelástico. Comportamento Pseudoelástico • Pode ocorrer transformação de fase a temperaturas austeníticas. • Após a retirada da carga. induzida pela aplicação de uma tensão mecânica. o material recupera seu formato e fase iniciais.

Texas A&M Univ.Curva Tensão . 7 .Temperatura Fonte: SmartLab.

Transformação após Aplicação de Carga Mecânica Fonte: SmartLab. Texas A&M Univ. 8 .

Texas A&M Univ. 9 .Curva Tensão-Deformação-Temperatura do Efeito de Memória de Forma Fonte: SmartLab.

10 . • Após o “treino” o material pode passar para qualquer uma das fases apenas com resfriamento ou aquecimento. SMAs de Duas Vias (efeito bidirecional) • O efeito visto até agora é de uma via. ocorrerá concentração de tensão e formação de defeitos que causarão a formação de dois formatos estáveis. É o “efeito de duas vias”. Está relacionado com a pseudoelasticidade. • Treino:consiste em se fazer o material passar por ciclos de tensionamento e alívio de tensão na fase austenítica (alta temperatura). recupera o formato com o aquecimento (na fase austenítica). ou seja. Com isso. ele poderá recuperar um formato na fase austenítica (aquecimento) e outro formato na fase martensítica (resfriamento). • Se o material for “treinado”.

– muito dependente da temperatura. • Características: – depende da composição da liga. – curva tensão-deformação altamente não-linear e histerética. – também depende da microestrutura (grãos) 11 . ou é conformado e aquecido a uma temperatura bem superior à de transição. Fabricação e Características • Fabricação: esse tipo de material é fabricado em altas temperaturas já no seu formato desejado. – depende do número e da sequência de ciclos de carga termomecânica.

GmbH geminada 12 . Efeito de memória de forma (térmico): transformações entre fase martensítica e austenítica Martensítica desgeminada Austenítica Martensítica Fonte: Memory-Metalle.

GmbH 13 .Aplicação de tensão na fase martensítica: mudança de estrutura de geminada para desgeminada Geminada Desgeminada Fonte: Memory-Metalle.

Pseudo-elasticidade: aplicação de esforços com o material mantido a uma temperatura de fase austenítica Fonte: Memory-Metalle. GmbH 14 .

Filmes Finos de SMA 15 .